Você está na página 1de 19

MARINHA DO BRASIL

SERVIÇO DE INATIVOS E PENSIONISTAS DA MARINHA

MANUAL DE RECADASTRAMENTO

2008
Anexo (9), da Circ no 7/2008 da DGPM.

MARINHA DO BRASIL
SERVIÇO DE INATIVOS E PENSIONISTAS DA MARINHA

RIO DE JANEIRO, RJ.


Em 28 de julho de 2008.

MANUAL DE RECADASTRAMENTO

Assunto: Recadastramento de militares inativos, servidores civis aposentados, ex-


combatentes, anistiados políticos e seus respectivos pensionistas, que recebem
pensão à conta do Tesouro Nacional, pertencentes ou vinculados à Marinha do
Brasil.

Referências: a) SGM-302 (1ª revisão), Vol. II, anexo J;


b) Port no 05, de 03FEV2000, do ComOpNav;
c) Lei no 9.527, de 10DEZ1997;
d) Dec no 2.251, de 12JUN1997; e
e) Dec no 2.729, de 10AGO1998.

Anexos: A) modelo de Ficha de Recadastramento de Inativos e Pensionistas;


B) relação das Organizações Militares de Apoio e Contato (OMAC);
C) modelos de Cartas de Convocação para Recadastramento; e
D) modelo do Termo de Responsabilidade para acesso ao SIPEM.

1 – PROPÓSITO
Estabelecer normas e procedimentos para a realização do recadastramento de militares
inativos, servidores civis aposentados, ex-combatentes, anistiados políticos e seus respectivos
pensionistas, que recebem pensão do Tesouro Nacional, e que sejam vinculados à Marinha do
Brasil.
Primordialmente, a atividade de recadastramento tem por finalidade verificar se o inativo ou
pensionista continua vivo e, por conseguinte, possui o requisito essencial para percepção do
benefício e possibilitar a atualização de dados cadastrais dos inativos e pensionistas junto ao
SIPM.
O recadastramento, realizado periodicamente pelo SIPM e pelas OREC, abrange as seguintes
atividades:
a) recadastramento do pessoal que comparece espontaneamente à OREC, no mês de
aniversário ou para requerimento de alteração de dados cadastrais, ou ainda do pessoal que se
manifesta por escrito ao SIPM para essa finalidade, dentro das formalidades legais exigidas;
b) convocação para recadastramento, por carta aos inativos e pensionistas cadastrados no
SIPM que não compareceram espontaneamente no mês de seu aniversário;
c) verificação da autenticidade da documentação apresentada;
d) atualização de dados no SIPEM;
e) informação ao órgão responsável pelo pagamento, para bloqueio do benefício dos inativos
e pensionistas que deixaram de se recadastrar; e
f) encaminhamento à DCoM da relação do pessoal que foi retirado do SISPAG/SIAPE.
2 – CONCEITOS
2.1 – INATIVOS E PENSIONISTAS, ou simplesmente BENEFICIÁRIOS
Para efeito deste Manual, serão assim denominados os militares inativos, servidores civis
aposentados, ex-combatentes, anistiados e seus respectivos pensionistas, que recebem pensão do
Tesouro Nacional, vinculados à Marinha do Brasil, cujo Órgão de Controle seja o Serviço de
Inativos e Pensionistas da Marinha (SIPM).

2.2 – PENSIONADOS
São aqueles que recebem pensão alimentícia de militares ou civis e, por conseguinte, não
são administrados pelo SIPM, mas sim pela Pagadoria do Pessoal da Marinha (PAPEM), não
sendo, portanto, abrangidos pelas normas deste Manual.

2.3 – OREC (Organização Recadastradora)


Fica definida como qualquer OM da MB credenciada para efetuar a atividade de
recadastramento de inativos e pensionistas.

2.4 – OMAC (Organização Militar de Apoio e Contato)


Tais OM são habilitadas a exercer a função de elementos de contato e são responsáveis
pelo relacionamento com os inativos e pensionistas que residam fora da área do Rio de Janeiro e
municípios circunvizinhos (Grande Rio), onde o órgão responsável por tal contato é o SIPM.
Essas OM estão habilitadas a exercer algumas atividades descentralizadas pelo SIPM, incluindo o
recadastramento e a disseminação de conhecimentos às demais OREC. Sendo assim, uma OMAC
é sempre uma OREC, porém o contrário não se aplica.

2.5 – OREC ON LINE


Trata-se da OREC que possui acesso ao SIPEM (Sistema de Inativos e Pensionistas da
Marinha) via “web” (intranet).

2.6 – OREM (Órgão Recadastrador Extra-Marinha)


Fica definido como qualquer outro órgão externo ao ambiente da MB, por meio do qual se
processe o recadastramento, na forma prevista neste Manual.

2.7 – SIPEM (Sistema de Inativos e Pensionistas da Marinha)


Sistema informatizado em banco de dados que contempla as informações cadastrais
consolidadas dos inativos e pensionistas.

3 – LEGISLAÇÃO APLICADA
O documento em referência a estabelece a relação das Organizações Militares que exercem a
função de OMAC.
Subsidiariamente, nos casos em que os inativos e pensionistas residam em localidades muito
afastadas das OMAC, o contato dos inativos e pensionistas poderá ser efetuado por meio da OM
mais próxima de sua residência, que deverá ser orientada pelas OMAC, sobre as tarefas que
deverão cumprir em relação ao mencionado pessoal. O documento em referência b define a
jurisdição de todas as OM subordinadas ao Comando de Operações Navais.
A Lei no 9.527, de 10DEZ1997 e os Decretos no 2.251, de 12JUN1997 e no 2.729, de
10AGO1998 tratam da obrigatoriedade de recadastramento para os inativos e pensionistas no
âmbito da Administração Pública Federal.

4 – PROCESSAMENTO DO RECADASTRAMENTO
4.1 – FICHA DE RECADASTRAMENTO
O recadastramento processar-se-á por meio do preenchimento do modelo de Ficha de
Recadastramento constante do Anexo A. O preenchimento da Ficha de Recadastramento será
efetuado de acordo com as instruções contidas na própria ficha. Os seguintes pontos merecem
atenção, por ocasião do preenchimento da ficha:
a) obtenção da matrícula financeira do inativo ou pensionista diretamente no Bilhete de
Pagamento, observando se há dígito verificador (9º dígito) no caso de NIP (SISPAG);
b) preenchimento do nome completo e filiação, conforme constante da cédula de
identidade;
c) preenchimento do CPF, efetuando quando possível, consulta na página da Receita
Federal (www.receita.fazenda.gov.br). Nos casos de CPF inválido ou cancelado, o inativo ou
pensionista deve providenciar a regularização junto aos Órgãos competentes, o que não impede
o recadastramento.
Quando o recadastramento for efetuado em OREC ON LINE, a Ficha de Recadastramento
será preenchida diretamente no SIPEM – Requisição de Recadastramento, via "intranet", por
meio de acesso à página do SIPM (www2.sipm.mb), com as informações verificadas na
documentação original apresentada pelo inativo ou pensionista, qual seja: original ou cópia
autenticada de documento de identificação com foto o mais recente possível, CPF, comprovante
de residência e título de eleitor (quando couber), sendo somente o primeiro deles obrigatório. A
inserção de dados no Módulo de Recadastramento deverá, ainda, obedecer aos códigos existentes
na Relação das OMAC (Anexo B), observada a jurisdição da OREC ON LINE.
Após essa fase, a Ficha de Recadastramento deverá ser impressa, sendo ainda conferida e
assinada pelo inativo ou pensionista e pelo agente recadastrador. A OREC ON LINE deverá
enviar as fichas impressas e assinadas para a Divisão de Recadastramento do SIPM, que irá
proceder à conferência do recadastramento e ao arquivo das fichas. Não será necessário enviar
ao SIPM cópia da documentação apresentada pelo servidor recadastrado, ficando o agente
recadastrador responsável pela conferência da mesma, exceto para os casos de
recadastramento por procuração, tutela ou curatela.
Para as OREC que não tenham acesso “ON LINE” ao SIPEM, o documento em tela será
preenchido, assinado e enviado à OMAC de sua jurisdição, que digitará no sistema e o
encaminhará posteriormente ao SIPM, para conferência. No caso de OREC situada fora do País,
os documentos de recadastramento porventura lavrados serão enviados diretamente ao SIPM.
Caso o recadastramento seja efetuado por OREM, cumprir o estabelecido no inciso 4.3.3.
No caso em que o inativo ou pensionista não possa assinar a ficha, será aposta sua
impressão digital no formulário, sendo necessária, nesse caso, a assinatura de duas testemunhas
apresentadas pela mesma pessoa no ato de recadastramento. As testemunhas deverão apresentar
originais e cópias (identidade/CPF/comprovante de residência) e serem qualificadas no
formulário, em campos próprios.
Nos casos de recadastramento presencial, tanto por OREC como por OREM, será
imprescindível a qualificação e a assinatura do agente recadastrador, nos campos pertinentes da
Ficha de Recadastramento.
Os agentes recadastradores devem ter atenção especial quanto ao estado da documentação
apresentada na ocasião do recadastramento, bem como sua validade, quando for o caso.
Documentos em mau estado de conservação, rasurados, com as fotografias deterioradas, ou com
alteração de fisionomia que cause incerteza no reconhecimento dos inativos/pensionistas e com
prazos de validade vencidos não devem ser aceitos. Caso necessário, os inativos e pensionistas
deverão ser encaminhados ao órgão identificador pertinente para confeccionar nova identidade,
antes de ser feito o seu recadastramento.
Em caso de dúvida quanto ao recadastramento, o recadastrador deverá efetuar o
recadastramento manual e coletar elementos para pesquisa maior no SIPM, tais como colher
impressões digitais dos dez dedos e foto de frente e perfil. Encaminhar mensagem informando
nome do inativo/pensionista, matrícula financeira e o número da papeleta de contato que enviou a
Ficha de Recadastramento.

4.2 – DOCUMENTO DE IDENTIFICAÇÃO


São aceitos para fins de recadastramento, além da Carteira de Identidade, a Carteira
Nacional de Habilitação, Passaporte e as carteiras de órgãos profissionais, desde que tenham foto
o mais recente possível.

4.3 – LOCAIS DE RECADASTRAMENTO


4.3.1 – No Rio de Janeiro e municípios circunvizinhos (Grande Rio):
O atendimento para o recadastramento presencial será efetuado no Setor de Atendimento
do SIPM, ou nos postos avançados deste Serviço eventualmente instalados em outras OM.

4.3.2 – Fora da área do Grande Rio:


O atendimento para recadastramento será prestado, prioritariamente, pelas OMAC, sob
orientação do ComDN ao qual elas se encontram subordinadas.
Entretanto, nos casos em que os beneficiários atendidos residam em localidades muito
afastadas das OMAC, qualquer OM mais próxima de sua residência poderá efetuar o
recadastramento, desde que autorizada pelo Comando de área a que estiver subordinada e sob a
orientação técnica da OMAC de sua jurisdição. Nesse caso, a OM assumirá o papel de OREC.
As Adidâncias Navais e as Comissões Navais no Exterior serão também consideradas
OREC. Nesse caso, a orientação técnica para recadastramento será prestada diretamente pelo
SIPM.

4.3.3 – Nas localidades onde não haja OM da Marinha:


O recadastramento presencial poderá ser realizado por uma OREM, nas seguintes
condições:
a) entidade conveniada com o SIPM para este fim, se houver;
b) repartição pública ou unidade do Exército e da Força Aérea existente no local - nesse
caso, o inativo ou pensionista que desejar se recadastrar poderá entrar em contato direto com o
citado órgão ou com o SIPM, por meio de correspondência escrita, "e-mail" ou telefone; e
c) Quando em país estrangeiro, por meio das Representações Diplomáticas, - nesse caso o
beneficiário deverá comparecer a um desses locais solicitando a formalização do seu
recadastramento, que deverá ser encaminhado ao SIPM.

5 – MODALIDADES DE RECADASTRAMENTO
5.1 – TIPO 1 - RECADASTRAMENTO PRESENCIAL PELO PRÓPRIO
É a modalidade de recadastramento onde o beneficiário comparece pessoalmente ao órgão
recadastrador, portando documento de identificação com foto o mais recente possível.
Sempre que exeqüível, deve ser dada preferência à execução dessa modalidade de
recadastramento, pelo seu alto grau de confiabilidade e pela sensível redução que ela acarreta na
margem de possíveis erros da atividade.
Nos casos em que o beneficiário for representado legalmente por outrem (Procurador,
Tutor ou Curador) e comparecer ao recadastramento juntamente com tal representante, ainda
assim o recadastramento será considerado como PRESENCIAL PELO PRÓPRIO.
Quando se tratar de recadastramento por Tutela com a presença do tutelado, e se este tiver
completado dezesseis anos, deverá assinar a Ficha de Recadastramento sendo ratificado pelo
tutor.
No caso de recadastramento para maior de 16 (dezesseis) e menor de 18 (dezoito) anos, o
pensionista e o representante legal assinam, este assistindo o recadastrado. Sendo menor de 16
(dezesseis) anos, somente o representante legal assina. Excetuam-se destas regras os menores de
18 (dezoito) anos emancipados.

5.2 – TIPO 2 - RECADASTRAMENTO PRESENCIAL POR REPRESENTANTE LEGAL


É a modalidade de recadastramento onde apenas o representante legal do beneficiário
comparece à OREC, sem se fazer acompanhar desse.

5.2.1 – Representantes Legais - são representantes legais dos inativos e pensionistas, para efeito
de recadastramento, seus eventuais Procuradores, Tutores ou Curadores.
Nos recadastramentos feitos nessa modalidade, o Procurador, Tutor ou Curador do inativo
ou pensionista, com as respectivas procurações ou certidões, firmará Termo de Responsabilidade
perante o órgão recadastrador (constante na Ficha de Recadastramento do Anexo A),
comprometendo-se a comunicar qualquer evento que altere a condição de sua representação.

5.2.2 – Procuração - é o documento emitido pelo inativo ou pensionista, que outorga poderes
para que outra pessoa compareça em seu lugar ao ato do recadastramento. Para efeito de
recadastramento, de acordo com a legislação vigente, a procuração somente poderá ser aceita nas
hipóteses de moléstia grave, impossibilidade de locomoção ou ausência. Caberá aos
recadastradores providenciar o cadastramento dos procuradores no SIPEM.
Na hipótese de procurações em decorrência de moléstia grave ou impossibilidade de
locomoção, será solicitado atestado, relatório ou laudo, firmado por médico especializado,
contendo o nome completo do inativo ou pensionista e a assinatura do profissional, com o
respectivo número de registro no Conselho Regional de Medicina da localidade.
A ausência do inativo ou pensionista pode acontecer estando o mesmo no País, em outro
local que não o de sua residência, ou mesmo no exterior. Nesse caso, serão anexados à
procuração os documentos probatórios que justifiquem a ausência.
Nos casos de ausência, deve-se considerar, preferencialmente, a possibilidade de
efetuar-se o recadastramento por correspondência, por uma OREC do local onde se
encontra o beneficiário, se houver, ou mesmo por uma OREM prevista no item 4.3.3 deste
Manual, para os casos de localidades onde não haja OM da MB.
As procurações são individuais e não podem ser substabelecidas para os fins de
recadastramento.
Poderão ser aceitas procurações por Instrumento Público (lavrada em cartório) ou
Particular (apenas com reconhecimento da firma do outorgante em cartório) para efeito de
recadastramento. Tais procurações, entretanto, deverão outorgar expressamente, ao procurador,
poderes específicos para representação junto ao órgão de recadastramento da Marinha. A
procuração deverá ter sido emitida há, no máximo, 1 (um) ano.

5.2.3 – Tutela e Curatela - são documentos emitidos por autoridade judiciária competente, com
o propósito de estabelecer um representante legal para determinada pessoa. Essa necessidade de
representação pode ser decorrente de menoridade do beneficiário (estabelece-se, nesse caso, a
Tutela, sendo nomeado um Tutor), ou decorrente de problemas de ordem física ou psicológica do
beneficiário, acarretando incapacidade de gestão responsável de sua própria vida (estabelece-se,
nesse caso, a Curatela, sendo nomeado um Curador).
Em ambos os casos, no ato do recadastramento, o tutelado e o curatelado devem estar
presentes juntamente com seus respectivos Tutores ou Curadores, exceção feita apenas nos casos
em que o tutelado ou curatelado apresente problemas de saúde que inviabilizem a sua locomoção,
condição esta que deverá ser comprovada pelo pertinente Atestado Médico.
As Tutelas e Curatelas terão seus prazos condicionados às respectivas Certidões emitidas
pelo Poder Judiciário.

5.3 – TIPO 3 - RECADASTRAMENTO POR AUTENTICIDADE


É a modalidade em que o recadastramento se processa por meio de envio de
correspondência firmada pelo beneficiário ao SIPM, dentro das formalidades legais exigidas.
Deve ser adotada quando o recadastramento presencial não for exeqüível, ou seja, quando não
houver na localidade ou nas proximidades da residência do inativo ou da pensionista uma
OREC, OMAC ou OREM (item 4.3.3), impossibilitando esse tipo de recadastramento.
A declaração expressa do beneficiário de sua prova de vida e de seus dados cadastrais de
endereço presume-se verdadeira, quando firmada pelo próprio ou por seu procurador bastante,
sob as penas da Lei.
Sendo assim, para efetivação do recadastramento, basta que o beneficiário, no mês de seu
aniversário, preencha o modelo de Ficha de Recadastramento do Anexo A, segundo as instruções
contidas na própria ficha, reconhecendo sua firma em cartório por AUTENTICIDADE, e a envie
ao SIPM. O modelo em tela poderá ser obtido pelo beneficiário por meio de acesso à página do
SIPM na internet (www.sipm.mar.mil.br). A fim de garantir a entrega, recomenda-se que o
modelo seja encaminhado por correspondência registrada.
O recadastramento por Autenticidade poderá ser feito, ainda, se o beneficiário estiver em
viagem ou mesmo residir no exterior, desde que haja órgãos autenticadores locais com fé pública,
que possam reconhecer a firma do beneficiário, por AUTENTICIDADE. Na ocorrência desta
hipótese, o texto do reconhecimento da firma consignado na Ficha de Recadastramento deverá
ser traduzido, caso emitido em língua estrangeira, por tradutor juramentado.

5.4 - TIPO 4 - RECADASTRAMENTO DE INATIVOS EXERCENDO ATIVIDADES EM OM


Os militares da reserva ou reformados que estejam desempenhando atividades em OM
terão seus recadastramentos anuais realizados automaticamente pelo SIPM, no mês de
aniversário.
No caso de inativo que esteja exercendo atividade como voluntário, a OM do mesmo
deverá encaminhar mensagem solicitando o seu recadastramento, no mês de aniversário.

5.5 - TIPO 5 - RECADASTRAMENTO POR CRUZAMENTO DE BASES DE DADOS


CADASTRAIS
Está prevista, na legislação pertinente, a possibilidade de recadastamento por cruzamento
de bases de dados cadastrais dos sistemas informatizados do Governo Federal, em observância ao
princípio da economicidade.
Na Marinha, essa modalidade de recadastramento somente será efetuada pelo SIPM, que
possui acesso às ferramentas pertinentes.
Os cruzamentos dos cadastros de pagamento no SISPAG e no SIAPE serão efetuados em
relação aos bancos de dados de óbitos da Dataprev, ao cadastro de pessoas físicas da Secretaria
de Receita Federal e ao cadastro de eleitores do Tribunal Superior Eleitoral, além de outros
bancos de dados eventualmente julgados pertinentes para esse cruzamento.

6 – CONVOCAÇÃO POR CORRESPONDÊNCIA


No caso dos inativos e pensionistas que não se recadastraram no mês de seu aniversário
em quaisquer das modalidades anteriormente citadas, as seguintes providências serão adotadas
pelo SIPM:
a) envio de carta, de postagem simples, por mala direta, ao inativo ou pensionista (Anexo
C), com prazo inicial de 15 dias, para realização do recadastramento;
b) findo o prazo inicial fixado, no caso de não atendimento à convocação, será postada
nova carta no mesmo modelo da anterior, porém desta vez com Aviso de Recebimento (AR),
fixando novo prazo de 15 dias para este atendimento;
c) persistindo a ausência de informações constantes das alíneas a e b acima descritas, será
comandado o bloqueio do pagamento que não deverá ultrapassar o prazo máximo de dois meses;
e
d) findo o prazo de dois meses e não ocorrendo o recadastramento, o pagamento será
suspenso pelo prazo máximo de três meses, após, será comandado a retirada do pagamento.
O procedimento constante da alínea a, poderá ser executado pela OMAC por solicitação
do SIPM.

7 – ALTERAÇÕES DE DADOS NO SISTEMA


Eventualmente, os usuários poderão comparecer ao SIPM, OMAC ou OREC para solicitar
alterações de dados cadastrais, tais como: endereço, CEP, endereçamento de envio do bilhete de
pagamento e outros.
Nesse caso, devem ser adotados os seguintes procedimentos:
a) NO CASO DO RECADASTRAMENTO DO BENEFICIÁRIO ESTAR EM DIA: o
beneficiário poderá solicitar as alterações pertinentes por correspondência ao SIPM com
declaração firmada em cartório, reconhecida a firma por AUTENTICIDADE, ou por meio de
comunicação à OMAC da jurisdição, que deverá alterar os dados solicitados diretamente no
sistema, ou ainda por meio da página do SIPM na INTERNET; e
b) NO CASO DO RECADASTRAMENTO DO BENEFICIÁRIO NÃO ESTAR EM DIA: o
beneficiário será orientado a proceder o recadastramento, segundo uma das modalidades
existentes e, concomitantemente, alterar os dados solicitados.

8 – ALTERAÇÃO NAS DECLARAÇÕES DE BENEFICIÁRIOS E DEPENDENTES


Por ocasião do recadastramento anual, o atendente deverá verificar junto ao inativo militar se
houve ou não alteração de beneficiários e dependentes, a fim de alertá-lo quanto da necessidade
de atualizar as respectivas Declarações.

9 – ACESSO AO SIPEM
9.1 – Operações disponíveis nas OMAC/OREC
a) CONSULTAS:
- consulta requisição (por número, CPF, NIP, matrícula financeira, nome e data);
- consulta pessoa (por número da requisição, CPF, NIP, matrícula financeira, nome,
pasta do instituidor e LOC); e
- consulta documento (por número, CPF, NIP, nome, número da requisição e data).

b) REQUISIÇÕES:
- Recadastramento – permite registrar o recadastramento de um inativo ou pensionista;
- Cadastro de Procuração – permite cadastrar uma procuração;
- Falecimento - permite registrar o falecimento de um inativo ou pensionista; e
- Atualização Cadastral - permite efetuar alterações no cadastro do inativo ou
pensionista.

9.2 – CREDENCIAMENTO
Nos casos de recadastramento efetuado nas modalidades presenciais, somente pessoal
devidamente credenciado pelas OREC responsáveis estará habilitado a efetuá-lo, em qualquer
tipo de situação, devendo sempre portar a Carteira de Identidade da Marinha do Brasil e o crachá
expedido pela OREC.
O acesso ao SIPEM é autorizado, primordialmente, para as OMAC/OREC; e
O credenciamento deverá ser solicitado ao SIPM, obrigatoriamente, por ofício, devendo ser
encaminhado o Termo de Responsabilidade constante do Anexo D, disponível na página do
SIPM (http://www.sipm.mb– link SIPM-40), assinado pelo usuário solicitante e seu encarregado.

9.3 – DESCREDENCIAMENTO
O descredenciamento deverá ser solicitado por mensagem ou ofício, tão logo cesse a
necessidade de utilização pelo usuário, sendo obrigatório no seu desembarque.

10 – PERIODICIDADE PARA A REALIZAÇÃO DE RECADASTRAMENTO


O recadastramento será efetuado anualmente, obrigatoriamente no mês de aniversário do
inativo ou pensionista, mediante seu comparecimento ao SIPM ou à OMAC/OREC mais próxima
de sua residência, ou ainda conforme as demais modalidades citados no item 5 deste Manual.

11 – VISITAS DE ADESTRAMENTO
Cabe ao SIPM realizar, periodicamente, visitas às OMAC, com a finalidade primordial de
padronizar procedimentos relativos ao recadastramento.

As visitas deverão ter o seguinte enfoque principal:


I) disseminar normas e procedimentos sobre o recadastramento;
II) adestrar o pessoal que realiza as atividades relativas ao recadastramento quanto aos
procedimentos e uso do SIPEM; e
III) avaliar as dificuldades encontradas pelo pessoal que realiza essas tarefas.

Secundariamente serão realizadas as seguintes atividades:


a) uniformizar os procedimentos e expor casos concretos; e
b) atualizar os conhecimentos sobre a legislação vigente e que norteiam as habilitações
à pensão militar, civil e de ex-combatentes.

As OMAC, por sua vez, deverão disseminar as orientações recebidas nas visitas às demais
OREC de sua jurisdição, podendo realizar visitas a essas OREC, caso julguem necessário.
Caberá ao SIPM encaminhar, para aprovação do DPMM, até 30 de novembro de cada
ano, a Programação Anual de Visitas de Adestramento a ser realizada no exercício seguinte.

Independentemente da programação aprovada, as OMAC poderão solicitar, por


mensagem ao SIPM com informação à DPMM, visitas extraordinárias, explicitando os motivos.
Das visitas de adestramento realizadas serão gerados relatórios simplificados, para
posterior encaminhamento à DPMM.

12 – CONSIDERAÇÕES FINAIS
Verificada a situação cadastral no CPF do Banco de Dados da Receita Federal, serão
retirados de pagamento os militares inativos, servidores civis aposentados, ex-combatentes,
anistiados políticos e seus respectivos pensionistas, que se encontrarem suspensos ou
pendentes de regularização. Esta verificação dar-se-á em 05 de junho e 05 de dezembro de cada
ano.

13 – VIGÊNCIA
Este Manual de Recadastramento entra em vigor na presente data.

HUGO CAVALCANTE NOGUEIRA


Capitão-de-Mar-e-Guerra (IM)
Diretor do SIPM
ASSINADO DIGITALMENTE
Manual do Recadastramento
Carimbo do Anexo A (3)
órgaõ MARINHA DO BRASIL
recadastrador SERVIÇO DE INATIVOS E PENSIONISTAS DA MARINHA TIPO DE
FICHA DE RECADASTRAMENTO DE INATIVOS E PENSIONISTAS RECADASTRA-
MENTO

OM/ÓRGÃO RECADASTRADOR: DATA: _____ / _____ / ______

1 -DADOS DO RECADASTRADOR:
NOME:

IDENTIDADE: ÓRGÃO EMISSOR:

2 - DADOS DO RECADASTRADO:
INATIVO INATIVO PENSIONISTA PENSIONISTA EX- PENSIONISTA
MILITAR CIVIL MILITAR CIVIL COMBATENTE EX-
COMBATENTE

NOME:
POSTO/GRAD.: MATRÍCULA FINANCEIRA: CPF
N.º IDENTIDADE: O. EMISSOR : NASC. :
RESIDÊNCIA: BAIRRO:
MUNICÍPIO: UF: CEP: TEL:
TÍTULO DE ELEITOR :
VÍNCULO COM INSTITUIDOR (para pensionistas) :
REMESSA BP: ( ) RESIDÊNCIA AG. BANCÁRIA ( ) E-MAIL:

3 - DADOS DO INSTITUIDOR DE PENSÃO (QUANDO FOR O CASO):


NOME:
POSTO/GRAD.: MATRÍCULA FINANCEIRA: DATA DE FALECIMENTO:
MÃE DO INSTITUIDOR:

IMPRESSÃO DIGITAL
Declaro sob as penas da Lei, que verifiquei a Declaro sob as penas da Lei, que os dados informados
documentação apresentada, achando-a conforme. neste formulário correspondem a expressão da
verdade.

________________________________________ ________________________________________
ASSINATURA DO RECADASTRADOR ASSINATURA DO RECADASTRADO
4 - DADOS DAS TESTEMUNHAS (NO CASO DE ASSINATURA POR IMPRESSÃO DIGITAL):
NOME DA 1ª TESTEMUNHA:
N.º IDENTIDADE: O. EMISSOR : NASC. : CPF:
ENDEREÇO: TEL:
NOME DA 2ª TESTEMUNHA:
N.º IDENTIDADE: O. EMISSOR : NASC. : CPF:
ENDEREÇO: TEL:

________________________________________ ________________________________________
ASSINATURA DA 1ª TESTEMUNHA ASSINATURA DA 2ª TESTEMUNHA

-A–1-
5 - DADOS DO REPRESENTANTE LEGAL (QUANDO FOR O CASO):
PROCURADOR TUTOR CURADOR
PROCURADOR TUTOR CURADOR
NOME DO REPRESENTANTE LEGAL:
IDENT.: DATA DE EMISSÃO: O. EMISSOR: CPF:
PAI:
MÃE:
RESIDÊNCIA: BAIRRO:
MUNICÍPIO: UF: CEP: TEL:
PROCURAÇÃO/TUTELA/CURATELA:
DATA DA EMISSÃO: DATA QUE EXPIRA:
NÚMERO: ATO: LIVRO: FOLHA:

TERMO DE RESPONSABILIDADE
Pelo presente Termo de Responsabilidade, comprometo-me a comunicar ao SIPM qualquer evento que possa anular a presente
procuração, no prazo de trinta dias, a contar da data que o mesmo ocorra, principalmente o óbito do outorgante, mediante apresentação da
respectiva certidão.
Estou ciente que o descumprimento do compromisso ora assumido, além de obrigar a devolução de importâncias recebidas
indevidamente, quando for o caso, sujeitar-me-á às penalidades previstas nos artigos 171 e 299, ambos do Código Penal.
CÓDIGO PENAL:
Art. 171- Obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante
artifício, ardil ou qualquer outro meio fraudulento.
Art. 299- Omitir, em documento público ou particular, declaração que dele devia constar, ou nele inserir ou fazer inserir declaração
falsa ou diversa da que devia ser escrita, com o fim de prejudicar direito, criar obrigação ou alterar a verdade sobre fato juridicamente relevante.
Validade da Procuração para efeito de Recadastramento. a validade da procuração é de (01) um ano no máximo). A data de
comparecimento do outorgante da procuração, tutelado ou curatelado para recadastramento presencial deverá ocorrer no prazo de 6
(seis) meses a contar da data do presente recadastramento.

DATA DO PRÓXIMO RECADASTRAMENTO: __________/______________/____________.

Declaro sob as penas da Lei, que verifiquei a Declaro sob as penas da Lei, que os dados informados
documentação apresentada, achando-a conforme. neste formulário correspondem a expressão da verdade.

________________________________________ ________________________________________
ASSINATURA DO RECADASTRADOR ASSINATURA DO REPRESENTANTE LEGAL
OBS: 1-Preencher preferencialmente com LETRA DE FORMA.
2-A falta da assinatura em um dos campos a ela destinado deve ser OBRIGATORIAMENTE justificada, para que o
recadastramento possa ser validado.

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ __ _ _ _ (DESTACAR E ENTREGAR AO RECADASTRADO)_ _ _ _ _ _ _ _ __ _ _ _ _ _ __ _ _ _ _

COMPROVANTE DE RECADASTRAMENTO:
OM : DATA: ______/_______/______.

NOME DO RECADASTRADO: IDENT.:


DATA DE RETORNO DO INATIVO/PENSIONISTA: ______/_______/______.
NOME DO RECADASTRADOR : NIP:
ASSINATURA DO RECADASTRADOR:
OBS: Deverá ser entregue ao inativo/pensionista Recadastrado ou seu Representante Legal.

-A-2-
INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO DA FICHA DE RECADASTRAMENTO

CAMPOS PREENCHIMENTO
CARIMBO DO ÓRGÃO Somente nos casos de recadastramento nas modalidades presenciais e
RECADASTRADOR domiciliar.
TIPO DE Reservado para preenchimento pela OM responsável pela digitação no
RECADASTRAMENTO sistema.
OM/ÓRGÃO Somente preencher nos casos de recadastramento nas modalidades
RECADASTRADOR: presenciais e domiciliar.
DATA Preencher com a data de realização do recadastramento.
DADOS DO Os campos deverão ser preenchidos com os dados do agente que proceder ao
RECADASTRADOR recadastramento, nos casos de recadastramento nas modalidades presenciais
e domiciliar.
DADOS DO RECADASTRADO Todos os campos desde “NOME” até “TÍTULO DE ELEITOR” devem ser
preenchidos.
O campo “TIPO DE VÍNCULO” deverá ser preenchido apenas por
pensionistas, indicando seu vínculo com o instituidor da pensão (viúva, ex-
esposa, companheira, filho, enteado, irmão (ã), pai, mãe, neto(a), etc).
O campo “REMESSA BP” deverá ser preenchido com o local de preferência
para envio do bilhete de pagamento do beneficiário.
DADOS DO INSTITUIDOR DA Os campos deverão ser preenchidos com os dados do instituidor da pensão,
PENSÃO quando for o caso.
O campo “POSTO/GRAD” será preenchido com a patente do militar ou com
a categoria funcional do servidor civil, quando for o caso.
CAMPO ASSINATURA DO Somente será assinado nos casos de recadastramento nas modalidades
RECADASTRADOR presenciais e domiciliar.
CAMPO IMPRESSÃO Somente será utilizado em caso do beneficiário recadastrado estar
DIGITAL impossibilitado de assinar, por qualquer motivo.
CAMPO ASSINATURA DO Sempre deverá ser assinado, exceto nos casos de recadastramento por
RECADASTRADO Representante Legal.
DADOS DAS TESTEMUNHAS Somente será utilizado em caso do beneficiário recadastrado estar
E CAMPOS ASSINATURAS impossibilitado de assinar, por qualquer motivo, tendo sido aposta sua
DAS TESTEMUNHAS impressão digital no campo próprio.
DADOS DO Somente serão preenchidos nos casos de recadastramento por Representante
REPRESENTANTE LEGAL Legal (presencial ou por correspondência).
DATA DO PRÓXIMO Somente serão preenchidos nos casos de recadastramento por Representante
RECADASTRAMENTO Legal (presencial ou por correspondência), com data posterior em seis meses
a contar do recadastramento em questão.
CAMPOS ASSINATURA DO Somente serão assinados nos casos de recadastramento na modalidade
RECADASTRADOR E presencial por Representante Legal.
ASSINATURA DO
REPRESENTANTE LEGAL
CAMPOS DE Somente serão preenchidos e assinados pelo recadastrador nos casos de
COMPROVANTE DE recadastramento nas modalidades presenciais e domiciliar. Caso o
RECADASTRAMENTO recadastramento tenha sido efetuado pelo próprio, a data de retorno será no
próximo aniversário do mesmo. Em caso de ter sido efetuado o
recadastramento por Representante Legal, a data será seis meses após o
recadastramento em tela.

-A-3-
Manual de Recadastramento
Anexo C (4)

MARINHA DO BRASIL
SERVIÇO DE INATIVOS E PENSIONISTAS DA MARINHA
Ed. Almirante Tamandaré - 2º andar
Praça Barão de Ladário, s/nº - Centro
CEP 20091-000 - Rio de Janeiro - RJ.
Tel.: (21) 2104-6390 - 72@sipm.mar.mil.br

Rio de Janeiro, ______ de ________________ de ______.


«Tratamento»
«Posto»
«Nome»
«Endereço», «Nr», «Complemento», «Bairro»
CEP : «CEP» - «Cidade» - «UF»

Assunto: Recadastramento Anual

Senhor Almirante,

1. Participo a V. Exa. que, em cumprimento ao Decreto nº 2.251/97, é necessário que todo inativo e
pensionista proceda ao RECADASTRAMENTO ANUAL, no mês de seu aniversário, sendo esta condição
imprescindível à continuidade de recebimento dos benefícios.

2. Como não consta em nossa Base de Dados o recadastramento de V. Exa. referente a este ano,
solicito o comparecimento no SIPM ou em um dos Postos de Recadastramento abaixo relacionados, no prazo
máximo de 15 dias, portando documento de identificação o mais recente possível, a fim de regularizar sua
situação. Caso contrário, seu benefício poderá ser BLOQUEADO. Caso V. Exa. já tenha realizado o seu
recadastramento após a data de emissão desta carta, solicito desconsiderá-la.

-AMBULATÓRIO DE CAMPO GRANDE - Rua Elias Lobo, nº 488 - Campo Grande - 2ª à 6ª feira - 08:00h às 12:00h e 13:00h às 16:00h
-AMBULATÓRIO ILHA DO GOVERNADOR - Praia da Guanabara, s/nº - Bananal - 3ª e 5ª feira - 08:00h às 12:00h e 13:00h às 16:00h
-AMBULATÓRIO NITERÓI - Rua Barão de Jaceguai, s/nº - Ponta da Areia - 2ª à 6ª feira - 08:00h às 12:00h e 13:00h às 16:00h
-AMBULATÓRIO NAVAL DE NOVA IGUAÇÚ - Rua Brocoió s/nº, Marapicú-Nova Iguaçu -2ª, 4ª e 6ª feira-08:00h às 12:00h e 13:00h às 16:00h
-AMBULATÓRIO NAVAL DA PENHA -Av. Brasil, 10.946 – PróximoViaduto Lobo Júnior - 3ª e 5ª feira - 08:00h às 12:00h e 13:00h às 16:00h
-CASA DO MARINHEIRO) - Av. Brasil nº 10.592 – Penha - 2ª a 6ª feira - 08:00h às 12:00h e 13:00h às 16:00h
-CLUBE NAVAL CHARITAS EM NITERÓI - Av. Carlos Ermelindo Marins, nº 68 – Charitas - 3ª feira - 08:00h às 12:00h e 13:00h às 16:00h
-CLUBE NAVAL PIRAQUÊ (somente para sócios)-Av. Borges de Medeiros, nº 2364-Lagoa-5ª feira-08:00h às 12:00h e 13:00h às 16:00h
-CLUBE NAVAL-Sede Social-CABENA(somente para sócios)-Av. Alte. Barroso, nº 63 - 17º Andar, Sala 27-Centro-2ª a 6ª feira-13:00h às 19:00h
-HOSPITAL NAVAL MARCÍLIO DIAS - Rua Cezar Zama, nº 185 - Lins de Vasconcelos - 2ª a 6ª feira - 08:00h às 12:00h e 13:00h às 16:00h
-POLICLÍNICA NAVAL N. Sra. DA GLÓRIA - Rua Conde de Bonfim, nº 54 – Tijuca - 3ª e 5ª feira - 08:00h às 12:00h e 13:00h às 16:00h

3. Maiores esclarecimentos poderão ser prestados pelos telefones 2104-6390, 2104-6380 ou ainda pelo
“site” www.sipm.mar.mil.br.

Respeitosamente,

HUGO CAVALCANTE NOGUEIRA


Capitão-de-Mar-e-Guerra (IM)
Diretor

-C-1-
MARINHA DO BRASIL
SERVIÇO DE INATIVOS E PENSIONISTAS DA MARINHA
Ed. Almirante Tamandaré - 2º andar
Praça Barão de Ladário, s/nº - Centro
CEP 20091-000 - Rio de Janeiro - RJ.
Tel.: (21) 2104-6390 - 72@sipm.mar.mil.br

Rio de Janeiro, ______ de ________________ de ______.


«Tratamento»
«Posto»
«Nome»
«Endereço», «Nr», «Complemento», «Bairro»
CEP : «CEP» - «Cidade» - «UF»

Assunto: Recadastramento Anual

Senhor Almirante,

1. Participo a V. Exa. Que, em cumprimento ao Decreto nº 2.251/97, é necessário que todo inativo e
pensionista proceda ao RECADASTRAMENTO ANUAL, no mês de seu aniversário, sendo esta condição
imprescindível à continuidade de recebimento dos benefícios ou proventos.

2. Como não consta em nossa Base de Dados o recadastramento de V. Exa., solicito o comparecimento
a uma Organização Militar de Apoio e Contato da Marinha (OMAC), no prazo máximo de 15 dias, portando
documento de identificação o mais recente possível, a fim de regularizar sua situação. Caso contrário, seu
benefício ou proventos poderá ser BLOQUEADO. Caso V. Exa. Já tenha realizado o seu recadastramento
após a data de emissão desta carta, solicito desconsiderá-la.

3. Maiores esclarecimentos poderão ser prestados pelos telefones 2104-6390, 2104-6380 ou ainda pelo
“site” www.sipm.mar.mil.br, onde consta a relação completa da Organização Militar de Contato (OMAC)
distribuídas pelos vários Estados do Brasil.

Respeitosamente,

HUGO CAVALCANTE NOGUEIRA


Capitão-de-Mar-e-Guerra (IM)
Diretor

-C-2-
MARINHA DO BRASIL
SERVIÇO DE INATIVOS E PENSIONISTAS DA MARINHA
Ed. Almirante Tamandaré - 2º andar
Praça Barão de Ladário, s/nº - Centro
CEP 20091-000 - Rio de Janeiro - RJ.
Tel.: (21) 2104-6390 - 72@sipm.mar.mil.br

Rio de Janeiro, ______ de ________________ de ______.


«Tratamento»
«Posto»
«Nome»
«Endereço», «Nr», «Complemento», «Bairro»
CEP : «CEP» - «Cidade» - «UF»

Assunto: Recadastramento Anual

Prezado (a) Sr (a),

1. Incumbiu-me o Diretor do Serviço de Inativos e Pensionistas da Marinha de participar a Vossa


Senhoria que, em cumprimento ao Decreto nº 2.251/97, é necessário que todo inativo e pensionista proceda ao
RECADASTRAMENTO ANUAL, no mês de seu aniversário, sendo esta condição imprescindível à
continuidade de recebimento dos benefícios.

2. Como não consta em nossa Base de Dados o recadastramento de Vossa Senhoria referente a este
ano, solicito o comparecimento no SIPM ou em um dos Postos de Recadastramento abaixo relacionados, no
prazo máximo de 15 dias, portando documento de identificação o mais recente possível, a fim de regularizar
sua situação. Caso contrário, seu benefício poderá ser BLOQUEADO. Caso Vossa Senhoria já tenha
realizado o seu recadastramento após a data de emissão desta carta, solicito desconsiderá-la.

-AMBULATÓRIO DE CAMPO GRANDE - Rua Elias Lobo, nº 488 - Campo Grande - 2ª à 6ª feira - 08:00h às 12:00h e 13:00h às 16:00h
-AMBULATÓRIO ILHA DO GOVERNADOR - Praia da Guanabara, s/nº - Bananal - 3ª e 5ª feira - 08:00h às 12:00h e 13:00h às 16:00h
-AMBULATÓRIO NITERÓI - Rua Barão de Jaceguai, s/nº - Ponta da Areia - 2ª à 6ª feira - 08:00h às 12:00h e 13:00h às 16:00h
-AMBULATÓRIO NAVAL DE NOVA IGUAÇÚ - Rua Brocoió s/nº, Marapicú-Nova Iguaçu -2ª, 4ª e 6ª feira-08:00h às 12:00h e 13:00h às 16:00h
-AMBULATÓRIO NAVAL DA PENHA -Av. Brasil, 10.946 – PróximoViaduto Lobo Júnior - 3ª e 5ª feira - 08:00h às 12:00h e 13:00h às 16:00h
-CASA DO MARINHEIRO) - Av. Brasil nº 10.592 – Penha - 2ª a 6ª feira - 08:00h às 12:00h e 13:00h às 16:00h
-CLUBE NAVAL CHARITAS EM NITERÓI - Av. Carlos Ermelindo Marins, nº 68 – Charitas - 3ª feira - 08:00h às 12:00h e 13:00h às 16:00h
-CLUBE NAVAL PIRAQUÊ (somente para sócios)-Av. Borges de Medeiros, nº 2364-Lagoa-5ª feira-08:00h às 12:00h e 13:00h às 16:00h
-CLUBE NAVAL-Sede Social-CABENA(somente para sócios)-Av. Alte. Barroso, nº 63 - 17º Andar, Sala 27-Centro-2ª a 6ª feira-13:00h às 19:00h
-HOSPITAL NAVAL MARCÍLIO DIAS - Rua Cezar Zama, nº 185 - Lins de Vasconcelos - 2ª a 6ª feira - 08:00h às 12:00h e 13:00h às 16:00h
-POLICLÍNICA NAVAL N. Sra. DA GLÓRIA - Rua Conde de Bonfim, nº 54 – Tijuca - 3ª e 5ª feira - 08:00h às 12:00h e 13:00h às 16:00h

3. Maiores esclarecimentos poderão ser prestados pelos telefones 2104-6390, 2104-6380 ou ainda pelo
“site” www.sipm.mar.mil.br.

Atenciosamente,

ANIELE COSTA DE SOUZA


Primeiro-Tenente (T)
Encarregada da Divisão de Recadastramento

-C-3-
MARINHA DO BRASIL
SERVIÇO DE INATIVOS E PENSIONISTAS DA MARINHA
Ed. Almirante Tamandaré - 2º andar
Praça Barão de Ladário, s/nº - Centro
CEP 20091-000 - Rio de Janeiro - RJ.
Tel.: (21) 2104-6390 - 72@sipm.mar.mil.br

Rio de Janeiro, ______ de ________________ de ______.


«Tratamento»
«Posto»
«Nome»
«Endereço», «Nr», «Complemento», «Bairro»
CEP : «CEP» - «Cidade» - «UF»

Assunto: Recadastramento Anual

Prezado (a) Sr (a),

1. Incumbiu-me o Diretor do Serviço de Inativos e Pensionistas da Marinha de participar a V. Sa. que,


em cumprimento ao Decreto nº 2.251/97, é necessário que todo inativo e pensionista proceda ao
RECADASTRAMENTO ANUAL, no mês de seu aniversário, sendo esta condição imprescindível à
continuidade de recebimento dos benefícios ou proventos.

2. Como não consta em nossa Base de Dados o recadastramento de V. Sa., solicito o comparecimento a
uma Organização Militar de Apoio e Contato da Marinha (OMAC), no prazo máximo de 15 dias, portando
documento de identificação o mais recente possível, a fim de regularizar sua situação. Caso contrário, seu
benefício ou proventos poderá ser BLOQUEADO. Caso V. Sa. já tenha realizado o seu recadastramento após
a data de emissão desta carta, solicito desconsiderá-la.

3. Maiores esclarecimentos poderão ser prestados pelos telefones 2104-6390, 2104-6380 ou ainda pelo
“site” www.sipm.mar.mil.br, onde consta a relação completa da Organização Militar de Contato (OMAC)
distribuídas pelos vários Estados do Brasil.

Atenciosamente,

ANIELE COSTA DE SOUZA


Primeiro-Tenente (T)
Encarregada da Divisão de Recadastramento

-C–4-
Manual do Recadastramento
Anexo D

MARINHA DO BRASIL
SERVIÇO DE INATIVOS E PENSIONISTAS DA MARINHA
TERMO DE RESPONSABILIDADE
CONTROLE DE ACESSO AO SISTEMA DE INATIVOS E PENSIONISTAS DA MARINHA

I - IDENTIFICAÇÃO DA OM SOLICITANTE
OM INDICATIVO NAVAL

ENDEREÇO TELEFONE FAX

II - IDENTIFICAÇÃO USUARIO DA OM

NOME COMPLETO POSTO/GRADUAÇÃO

MATRÍCULA( NIP) CPF TELEFONE FAX

III - OPERAÇÃO SOLICITADA: ( ) CONSULTA


( ) CONSULTA E REGISTRO DE REQUISIÇÕES

IV - ESPECIFICAÇÃO - SISTEMA/SUBSISTEMA E AUTORIZAÇÃO

APLICATIVO Arquivo de Acesso/Autorização


SIPEM Acesso ao Sistema de Informações de Inativos e Pensionistas da Marinha

V - NOTIFICAÇÃO DE ATENDIMENTO DA SOLICITAÇÃO

DECLARO QUE NESTA DATA A OPERAÇÃO SOLICITADA FOI EFETUADA.


_________________________________________________ DATA: ___________________________________
ASSINATURA DO CADASTRADOR

VI - TERMO DE RESPONSABILIDADE
Declaro estar ciente da habilitação que me foi conferida e das penalidades cabíveis pela não observância dos compromissos assumidos.
Inciso X, do artigo 5º da Constituição da República Federativa do Brasil.
Comprometo-me a:
a) zelar pelo sigilo absoluto de minha senha;
b) acessar o sistema do SIPM, somente por necessidade de serviço ou por determinação expressa de superior hierárquico;
c) não revelar, fora do âmbito profissional, fato ou informação de qualquer natureza de que tenha conhecimento por força de minhas atribuições;
d) manter a absoluta cautela quando da exibição de dados em tela, impressora ou, ainda, na gravação em meios eletrônicos, a fim de evitar que
deles venham a tomar ciência pessoas não autorizadas;
e) não me ausentar do terminal sem encerrar a sessão de uso do sistema, garantindo assim a impossibilidade de acesso indevido por pessoas não
autorizadas;
f) responder, em todas as instâncias, pelas conseqüências das ações ou omissões de minha parte que possam por em risco ou comprometer a
exclusividade de conhecimento da minha senha ou das transações as quais esteja habilitado; e
g) providenciar o meu descredenciamento tão logo cesse a minha necessidade de acesso ao sistema, sendo obrigatório no meu desembarque.

_______________________________________ _______________________________________________________
Local e Data Assinatura (Oficial Responsável pelo Setor)

_______________________________________ ______________________________________________________
Local e Data Assinatura (Usuário órgão)