Você está na página 1de 42

NORMAS DA ABNT

Associação Brasileira de Normas


Técnicas

NBR 6023/2002
NBR14724/2002
NBR 10520/2002
APRESENTAÇÃO

A ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas – é o Fórum


Nacional de Normalização. As normas Brasileiras, cujo conteúdo é de
responsabilidade dos Comitês Brasileiros (ABNT/CB) e dos Organismos de
Normalização Setorial (ONS), são elaboradas por Comissões de Estudo
(ABNT/CE), formadas por representantes dos setores envolvidos, delas
fazendo parte: produtos, consumidores e neutros (universidades, laboratórios
e outros).
Os projetos de Norma Brasileira, elaborados no âmbito dos
ABNT/CB e ONS circulam para Consulta Pública entre os associados da
ABNT e demais interessados.
NBR 6023
Informação e documentação – referências – Elaboração

9Esta norma especifica os elementos a serem incluídos em referências.

9Fixa a ordem dos elementos das referências e estabelece convenções para


transcrição e apresentação da informação originada do documento e/ou
outras fontes de informação.

9 Destina-se a orientar a preparação e compilação de referências de


material utilizado para a produção de documentos e para inclusão em
bibliografias, resumos, resenhas e outros.
Elementos essenciais & elementos complementares

Monografia no todo (livros, dissertações, teses etc...)


Dados essenciais:
•Autor;
•Título e subtítulo;
•Edição (número);
•Imprenta (local: editora e data).
Ex:
SCHAFF, Adam. História e verdade. 5. ed. São Paulo: Martins
Fontes, 1991.

Dados complementares:
•Descrição física (número de páginas ou volumes), ilustração, dimensão;
•Série ou coleção;
•Notas especiais;
•ISBN.

GOMES, L.G.F. Novela e sociedade no Brasil. Niterói: EdUFF,


1998, 137 p., 21 cm (Coleção Antropologia e Ciência Política, 15).
ISBN 85-228-0268-8.
Partes de monografias

Dados essenciais:
•Autor da parte referenciada;
•Título e subtítulo da parte referenciada, seguidos da expressão "In:" ;
•Referência da publicação no todo (com os dados essenciais);
•Localização da parte referenciada (páginas inicial e final).
Ex:
SANTOS, F.R. dos. A colonização da terra do Tucujús. In:________.
História do Amapá, 1º grau. 2. ed. Macapá: Valcan, 1994. cap. 3, p.
15-24.

GRANATH, L.; MEJARE. I.; RAADAL, M. Cárie dentária. In: KOCH, G. et al.
Odontopediatria. 2. ed. São Paulo: Ed. Santos, 1995. p. 154-184.

Dados complementares:
•Descrição física;
•Série;
•Notas especiais;
•ISBN.
Publicações Periódicas no todo

Dados essenciais:
•Título do periódico, revista, boletim;
•Local de publicação, editora, data de inicio da coleção e data de encerramento da
publicação, se houver.

Ex:
BOLETIM GEOGRÁFICO. Rio de Janeiro: IBGE, 1943-1978.

•Dados complementares:
•Periodicidade;
•Notas especiais (mudanças de título ou incorporações de outros títulos, indicação de
índices);
•ISSN.

Ex:
REVISTA BRASILEIRA DE GEOGRAFIA. Rio de Janeiro: IBGE,
1939-.Trimestral. Absorveu Boletim Geográfico do IBGE. Índice
acumulado, 1939-1983. ISSN 0034-723X.
Fascículos, suplementos, números especiais com título próprio

Dados essenciais:
•Título da publicação;
•Título do fascículo, suplemento, número especial;
•Local de publicação, editora;
•Indicação do volume, número, mês e ano e total de páginas.

Ex:
VEJA. São Paulo: Editora Abril, v. 31, n. 1, jan. 1998. 98 p. *Fascículo

EXAME. Melhores e maiores: as 500 maiores empresas do Brasil, São Paulo: Editora
Abril. jul. 1997. 120 p.

Dados complementares:
•Nota indicativa do tipo do fascículo, quando houver (p. ex.: ed. especial);
•Notas especiais.
Ex:

CONJUNTURA ECONÔMICA. As 500 maiores empresas do Brasil.


Rio de Janeiro: FGV, v.38, n. 9, set. 1984. 135 p. Edição especial.
Partes de publicações periódicas (Artigos)

Dados essenciais:
•Autor do artigo;
•Título do artigo, subtítulo (se houver);
•Título do periódico, revista ou boletim;
•Título do fascículo, suplemento, número especial (quando houver);
•Local de publicação;
•Indicação do volume, número, mês e ano e páginas inicial e final;
•Período e ano de publicação.

Ex:
TOURINHO NETO, F. C. Dano ambiental. Consulex-Revista
Jurídica, Brasília, DF, ano 1, n. 1, p. 18-23, fev. 1997.

ESPOSITO, I. et al. Repercussões da fadiga psíquica no trabalho e na empresa.


Revista Brasileira de Saúde Ocupacional, São Paulo, v. 8, n. 32, p. 37-45,
out./dez. 1979.

Dados complementares:
•Nota indicativa do tipo de fascículo quando houver (p. ex.: ed. especial);
•Notas especiais.
Artigos em jornais

Dados essenciais:
•Autor do artigo;
•Título do artigo, subtítulo (se houver);
•Título do jornal;
•Local de publicação;
•Data com dia. mês e ano;
•Nome do caderno ou suplemento, quando houver;
•Página ou páginas do artigo referenciado.
Ex:
OLIVEIRA, W. P. de. Judô: Educação física e moral. O Estado de Minas, Belo
Horizonte, 17 mar. 1981. Caderno de esporte, p. 7.

Dados complementares
•Seção;
•Caderno ou suplemento.
Ex:

NAVES, P. Lagos andinos dão banho de beleza. Folha de S. Paulo,


São Paulo, 28 jun. 1999. Folha Turismo, Caderno 8, p. 13.
Aspectos gráficos
Espaçamento: as referências devem ser digitadas, usando espaço simples entre as
linhas e espaço duplo para separá-las.
Margem: As referências são alinhadas somente à margem esquerda.

Maiúsculas: usa-se maiúsculas ou caixa alta para:

9Sobrenome do autor;
9Primeira palavra do título quando esta inicia a referência ( ex: O MARUJO);
9Entidades coletivas (na entrada direta);
9Nomes geográficos (quando anteceder um órgão governamental da administração:
Ex: BRASIL. Ministério da Educação);
9Títulos de eventos (congressos, seminários, etc.).

Grifo: usa-se grifo, itálico ou negrito para:

9Título das obras que não iniciam a referência;


9Título dos periódicos;
9Nomes científicos, conforme norma própria.
Pontuação:

9Usa-se ponto após o nome do autor/autores, após o título, edição e no final da


referência;
9Os dois pontos são usados antes do subtítulo, antes da editora e depois do termo In:;
9A virgula é usada após o sobrenome dos autores, após a editora, entre o volume e o
número, páginas da revista e após o título da revista;
9O ponto e vírgula seguido de espaço é usado para separar os autores;
9O hífen é utilizado entre páginas (ex: 10-15) e, entre datas de fascículos seqüenciais
(ex: 1998-1999);
9A barra transversal é usada entre números e datas de fascículos não seqüenciais
(ex: 7/9, 1979/1981);
9O colchete é usado para indicar os elementos de referência, que não aparecem na
obra referenciada, porém são conhecidos (ex: [1991]);
9O parêntese é usado para indicar série, grau (nas monografias de conclusão de curso
e especialização, teses e dissertações) e para o título que caracteriza a função e/ou
responsabilidade, de forma abreviada. (Coord., Org., Comp.). Ex: BOSI, Alfredo (Org.)
9As reticências são usadas para indicar supressão de títulos. Ex: Anais...
AUTORIA
Um Autor
SCHÜTZ, Edgar. Reengenharia mental: reeducação de hábitos e programação
de metas. Florianópolis: Insular, 1997. 104 p.

Dois Autores
SÓDERSTEN, Bo; GEOFREY, Reed. International economics. 3. ed.
London: MacMillan, 1994. 714 p.

Mais de três Autores


BRITO, Edson Vianna, et al. Imposto de renda das pessoas físicas: livro
prático de consulta diária. 6. ed. atual. São Paulo: Frase Editora, 1996. 288
p.

Autor Desconhecido
PROCURA-SE um amigo. In: SILVA, Lenilson Naveira e. Gerência da vida:
reflexões filosóficas. 3. ed. Rio de Janeiro: Record, 1990. 247. p. 212-213.

Pseudônimo:
ATHAYDE, Tristão de [Alceu Amoroso Lima]. Debates pedagógicos. Rio de
Janeiro: Schmidt, 1931.
Organizadores, compiladores, editores, adaptadores etc.
BOSI, Alfredo (Org.). O conto brasileiro contemporâneo. 3. ed. São Paulo: Cultrix,
1978. 293 p.
Autor Entidade Coletiva (Associações, Empresas, Instituições).
UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Instituto Astronômico e Geográfico. Anuário
astronômico. São Paulo, 1988. 279 p.
BIBLIOTECA NACIONAL (Brasil). Bibliografia do folclore brasileiro. Rio de
Janeiro: Divisão de Publicações, 1971. Rio de Janeiro: Divisão de Publicações, 1971.

Órgãos governamentais
BRASIL. Ministério do Trabalho. Secretaria de Formação e Desenvolvimento
Profissional. Educação profissional: um projeto para o desenvolvimento
sustentado. Brasília: SEFOR, 1995. 24 p.
IMPRENTA (Local, Editora e Data)
Local
nome do local (cidade), deve ser indicado tal como aparece na obra referenciada.
Quando houver homônimos, acrescenta-se o nome do estado ou país.
Viçosa, MG Viçosa, RN
Quando o Local e a Editora não aparecem na publicação mas é conhecido, indicar entre
colchetes.
[São Paulo: Nobel]
Quando o Local e a Editora não são conhecidos, indicar entre colchetes.
[S. l. : s. n.]
S. l: sine loco s. n: sine nomine

Editora
quando o editor é o mesmo autor, não mencioná-lo como editor. Quando houver mais
de uma editora, indica-se a que aparecer com maior destaque na folha de rosto, as
demais podem ser também registradas com os respectivos lugares.
Rio de Janeiro: Makron; São Paulo: Nobel
Data
[ 1981 ou 1982] um ano ou outro

[1995?] data provável

[1995] data certa não indicada na obra

[ entre 1990 e 1998] use intervalos menores de 20 anos

[ca.1978] data aproximada

[199-] década certa

[199?] década provável

[19--] para século certo

[19--?] para século provável


MODELOS DE REFERÊNCIA

Monografias consideradas no todo

AUTOR DA OBRA. Título da obra: subtítulo. Número da edição. Local de


Publicação: Editor, ano de publicação. Número de páginas ou volume.
(Série). Notas.
Livro

DINA, Antonio. A fábrica automática e a organização do trabalho. 2. ed.


Petrópolis: Vozes, 1987. 132 p.

Dissertações e Teses

AUTOR. Título: subtítulo. Ano de apresentação. Número de folhas ou volumes.


Categoria (Grau e área de concentração) - Instituição, local.

RODRIGUES, M. V. Qualidade de vida no trabalho. 1989. 180 f.


Dissertação (Mestrado em Administração) - Faculdade de Ciências
Econômicas, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 1989.
Partes de Monografias

AUTOR da parte. Título da parte. Termo In: Autor da obra. Título da obra.
Número da edição. Local de Publicação: Editor , Ano de publicação. Número ou
volume, se houver, páginas inicial-final da parte, e/ou isoladas.

Capítulos de livros

NOGUEIRA, D. P. Fadiga. In: FUNDACENTRO. Curso de médicos do trabalho.


São Paulo, 1974. v.3, p. 807-813.

Partes isoladas

MORAIS, Fernando. In:______. Olga. São Paulo: Alfa-Omega, 1979. p. 90, 91, 96,
175, 185.
Publicações periódicas

Consideradas no todo

Coleções

TITULO DO PERIÓDICO. Local de publicação (cidade): Editora, ano do primeiro e


último volume. Periodicidade. ISSN (Quando houver).

TRANSINFORMAÇÃO. Campinas: Puccamp. 1989-1997. Quadrimestral.


ISSN: 0103-3786

Fascículos

TÍTULO DO PERIÓDICO. Titulo do fascículo. Local de publicação (cidade):


Editora, volume, número, mês e ano. Notas

GAZETA MERCANTIL. Balanço anual 1997. São Paulo, n. 21, 1997. Suplemento.

EXAME. Melhores e maiores: as 500 maiores empresas do Brasil, São Paulo:


Editora Abril. jul. 1997. Suplemento.
Partes de publicações periódicas

Artigo de Revista

AUTOR DO ARTIGO. Título do artigo. Título da Revista,Local de Publicação,


Número do Volume, Número do Fascículo, Páginas inicial-final, mês e ano.

ESPOSITO, I. et al. Repercussões da fadiga psíquica no trabalho e na


empresa. Revista Brasileira de Saúde Ocupacional, São Paulo, v. 8, n.
32, p. 37-45, out./dez. 1979.

Artigo de jornal

AUTOR DO ARTIGO. Título do artigo. Título do Jornal, Local de Publicação,


dia, mês e ano. Número ou Título do Caderno, seção ou suplemento e,
páginas inicial e final do artigo.

OLIVEIRA, W. P. de. Judô: Educação física e moral. O Estado de Minas, Belo


Horizonte, 17 mar. 1981. Caderno de esporte, p. 7.

SUA safra, seu dinheiro. Folha de S. Paulo, São Paulo, 17 ago. 1995. 2. cad. p. 9.
Referências Legislativas
Constituições
PAÍS, ESTADO ou MUNICÍPIO. Constituição (data de promulgação). Título. Local:
Editor, Ano de publicação. Número de páginas ou volumes. Notas.
Ex:
BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil:
promulgada em 5 de outubro de 1988. São Paulo: Saraiva, 1990. 168 p. (Série
Legislação Brasileira).

Leis e Decretos
PAÍS, ESTADO ou MUNICÍPIO. Lei ou Decreto , número, data (dia, mês e ano).
Ementa. Dados da publicação que publicou a lei ou decreto.
Ex:
BRASIL. Decreto n. 89.271, de 4 de janeiro de 1984. Dispõe sobre documentos e
procedimentos para despacho de aeronave em serviço internacional. Lex: Coletânea de
Legislação e Jurisprudência, São Paulo, v. 48, p. 3-4, jan./mar.,1. trim. 1984. Legislação
Federal e marginália.
Documentos Eletrônicos

Monografias consideradas no todo (On-line)


AUTOR. Título. Local (cidade): editora, data. Disponível em: < endereço>. Acesso em:
data.
Ex:
O ESTADO DE SÃO PAULO. Manual de redação e estilo. São Paulo, 1997. Disponível
em: <http://www1.estado.com.br/redac/manual.html>. Acesso em: 19 maio 1998.

Publicações Periódicas consideradas no todo (On-line)

TÍTULO DA PUBLICAÇÃO. local (cidade): Editora, volume, número, mês, ano.


Disponível em: <endereço>. Acesso em: data.

Ex:
CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, Brasília, v. 26. n.3, 1997. Disponível em :
<http://www.ibict.br/cionline/>. Acesso em: 19 maio 1998.
Artigos de Periódicos (On-line)

AUTOR. Título do artigo. Título da publicação seriada, local, volume, número, mês
ano. Paginação ou indicação de tamanho. Disponível em: <Endereço.>. Acesso em:
data.

Ex:
MALOFF, Joel. A internet e o valor da "internetização". Ciência da Informação, Brasília,
v. 26, n. 3, 1997. Disponível em: <http://www.ibict.br/cionline/>. Acesso em: 18 maio
1998.

Artigos de Jornais (On-line)

AUTOR. Título do artigo. Título do jornal, local, data de publicação, seção, caderno ou
parte do jornal e a paginação correspondente. Disponível em: <Endereço>. Acesso em:
data.

Ex:
TAVES, Rodrigo França. Ministério corta pagamento de 46,5 mil professores. O
Globo, Rio de Janeiro, 19 maio 1998. Disponível em:<http://www.oglobo.com.br/>.
Acesso em: 19 maio 1998.
Outros tipos de documentos
Filmes e Vídeos

TÍTULO. Autor e indicação de responsabilidade relevantes (diretor, produtor, realizador,


roteirista e outros). Coordenação (se houver). Local: Produtora e distribuidora, data.
Descrição física com detalhes de número de unidades, duração em minutos, sonoro ou
mudo, legendas ou de gravação. Série, se houver. Notas especiais.

O NOME da rosa. Produção de Jean-Jaques Annaud. São Paulo: Tw Vídeo distribuidora,


1986. 1 Videocassete (130 min.): VHS, Ntsc, son., color. Legendado. Port.

PEDESTRIANT reconstruction. Produção de Jerry J. Eubanks, Tucson: Lawuers & Judges


Publishing. 1994. 1 videocassete (40min.): VHS. NTSC, son., color. Sem narrativa. Didático.

Fotografias

AUTOR (Fotógrafo ou nome do estúdio) Título. Ano. Número de unidades físicas: il.
ou il.color ; dimensões.

KELLO, Foto & Vídeo. Escola Técnica Federal de Santa Catarina. 1997.
1 álbum (28 fot.): il. color.; 17,5 x 13 cm.
Entrevistas

NOME DO ENTREVISTADO. Título. Referência da publicação. Nota de entrevista

MELLO, Evaldo Cabral de. O passado no presente. Veja, São Paulo, n.


1528, p 9-11, 4 set. 1998. Entrevista concedida a João Gabriel de Lima.

Entrevista gravada

Os elementos essenciais são: compositor(es) ou intérprete(s), título, subtítulo (se houver),


outras indicações de responsabilidade (entrevistadores, diretor artístico, produtor etc.), local,
gravadora (ou equivalente), data, especificação do suporte em características físicas e
duração. Quando necessário, ao final da referência, acrescentam-se notas relativas a outros
dados.

SILVA, L.I.L. da. Luiz Inácio Lula da Silva: Depoimento [abr.1991].


Entrevistadores: V. Tremel e M. Garcia. São Paulo: SENAISP,
1991. 2 fitas cassete (120 min), 33/4 pps, estéreo. Entrevista
concedida ao Projeto Memória do SENAI-SP.
Homepage

AUTOR. Título. Informações complementares ( Coordenação, desenvolvida por,


apresenta..., quando houver etc...). Disponível em:. <Endereço>. Acesso em: data.

Ex:

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA. Biblioteca Universitária. Serviço de


Referência. Catálogos de Universidades. Apresenta endereços de Universidades
nacionais e estrangeiras. Disponível em: <http://www.bu.ufsc.br>. Acesso em: 19 maio
1998.
Ordenação das referências

Os mais utilizados em trabalhos técnicos e científicos são: numérico (ordem de citação


no texto) e alfabético.

Autor repetido

FREYRE, G. Casa grande & senzala: formação da família brasileira


sob regime de economia patriarcal. Rio de Janeiro: J. Olympio, 1943.
2 v.

______. Sobrados e mocambos: decadência do patriarcado rural


no Brasil. São Paulo: Ed. Nacional, 1936.

Autor e título repetido

FREYRE, G. Sobrados e mocambos: decadência do patriarcado


rural no Brasil. São Paulo: Ed. Nacional, 1936. 405 p.

______.______. 2. ed. São Paulo: Ed. Nacional, 1938. 410 p.


Localização

As referências podem vir:

•Em listas após o texto, antecedendo os anexos;

•No rodapé;

•No fim do capítulo;

•Antecedendo resumos, resenhas e recensões, quando publicadas


independentes do texto.
NBR14724/2002

NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO


DE TRABALHOS ACADÊMICOS

Estas normas são aplicadas para: dissertação, teses e trabalhos de


conclusão de curso.
A norma abarca toda o desenvolvimento de um trabalho. Em
específico vamos apresentar sobre:

9Capa
9Sumário
9Formatação gráfica

Os demais elementos pré-textuais: lombada, folha de rosto,


errata, folha de aprovação, dedicatória, agradecimentos, epígrafe,
resumo na língua vernácula, resumo em língua estrangeira, lista de
ilustrações, lista de tabelas, lista de abreviaturas e siglas, lista de
símbolos; textuais: introdução, desenvolvimento e conclusão; e os
pós-textuais: glossário, apêndice e anexos, não vistos nessa
apresentação poderão ser encontrados em:
www.bu.ufsc.br/design/Grafica.html
Capa

Elemento obrigatório, sobre o qual se imprimem as informações


indispensáveis à indicação do trabalho, na seguinte ordem:

•Nome da instituição (opcional);

•Nome completo do aluno;

•Título do trabalho;

•Subtítulo se houver;

•Cidade da instituição onde o documento deve ser apresentado;

•Ano de depósito (data da entrega)


Ex:
Sumário

Consiste na enumeração das principais divisões, seções e outras partes do


trabalho, na ordem em que aparecem no texto, acompanhadas da página inicial. As
divisões devem estar numeradas em algarismos arábicos, a partir da introdução até
as referências. Havendo subdvisões, deve ser adotada a numeração progressiva em
número arábico de caracteres.

Ex:
Formatação gráfica

•O texto deve ser digitado em espaço: 1,5 exceto as referências que devem ter espaço 1.
•Fonte: tamanho 12 para o texto, exceto para citações diretas com mais de três linhas, notas
de rodapé, paginação e legendas das ilustrações que podem ser digitadas em tamanho
menor.
•Tipos itálicos são usados para nomes científicos e expressões latinas
•Citações longas, notas, referências e resumos em vernáculo ou língua estrangeira devem
ser digitados em espaço simples.
•Títulos das seções e são separados do texto por (um espaço duplo ou dois espaços
simples).
•Deve ser utilizado o justificado no texto.
•Impressão papel branco A4 de boa opacidade e de qualidade que permite impressão e
leitura.
•Margens do texto: esquerda e superior: 3 cm; direita e inferior: 2 cm.
•Todas as folhas a partir da folha de rosto devem ser contadas, porém não numeradas. A
numeração deve se iniciar a partir da INTRODUÇÃO folhas em branco ao início de capítulos
não devem ser contadas para efeito de paginação.
•Os títulos das seções primárias, devem iniciar em folha distinta. Destacam-se
gradativamente os títulos das seções, utilizando-se os recursos de negrito, itálico, caixa alta
ou versal.
• Abreviaturas e siglas devem ser colocadas por extenso quando aparecerem pela primeira
vez no texto.
NBR10520
Citações em documentos

“Citar é como testemunhar num processo. Precisamos estar sempre em condições


de retomar o depoimento e demonstrar que é fidedigno Portanto, a referência
bibliográfica deve ser exata e precisa como também averiguável por todos”

(Umberto Eco, 1977)

Citação é a menção, no texto, de uma informação colhida de outra fonte.


Pode ser direta, indireta e citação de citação.

Citação direta

É a transcrição textual dos conceitos de um autor consultado.

Exemplo:

De acordo com as conclusões de Marshall (1980, p. 249) “da mesma forma que
não se pode afirmar se é a lâmina inferior ou superior de uma tesoura que corta
uma folha de papel, também não se pode discutir se o valor e os preços são
governados pela utilidade ou pelo custo de produção”
Citações mais longas deve figurar abaixo do texto, em bloco recuado de
4 cm da margem esquerda, com letra de tamanho menor e sem aspas.
Citação indireta

É a transcrição livre do texto do autor consultado. As citações indiretas ou


parafraseadas dispensam o uso de aspas duplas e do número de páginas.

Exemplo:

A produção acadêmica sobre varejo no Brasil fica muito a quem da importância do


segmento na economia (ANGELO; SILVA, 1993).
Citação em notas de rodapé

As notas de rodapé têm por finalidade prestar esclarecimentos ou tecer


considerações que não devam ser incluídas no texto para que não haja
interrupção da sequência lógica da leitura. Devem ser reduzidas ao mínimo
necessário e situar-se em local próximo ao texto. Não é aconselhável no final
dos capítulos ou da publicação. Devem estar localizadas na margem inferior da
mesma página onde ocorre a chamada numérica recebida no texto. São
separadas do texto por um traço contínuo de 4 cm e digitadas em espaço
simples com caracteres entre si. As notas de rodapé devem ser usados
algarismo arábicos, na entrelinha superior do texto, sem parênteses.
Há dois tipos de notas de rodapé: bibliográficas e explicativas
Bibliográficas: Indicam textos relacionados com as afirmações contidas no
trabalho, remetendo o leitor a outras partes do trabalho ou outros trabalhos para
a comparação de resultados. Incluem também a tradução de citações feitas em
língua estrangeira ou indicação de língua original de citações traduzidas.
É muito comum, em notas de rodapé, o uso de termos, expressões e
abreviaturas latinas. Entretanto, essas expressões devem ser evitadas porque
dificultam a leitura. Elas só podem ser utilizadas quando fizerem referência às
notas de uma mesma página ou em páginas confrontantes. A primeira citação de
uma obra em nota de rodapé deve ter a sua referência completa. São elas:

•Ibidem ou ibid = na mesma obra

•Idem ou id. = do mesmo autor

•Op. Cit. = na obra citada

•Loc, cit = no lugar citado

•Et seq. = seguinte ou que se segue

•Passim = aqui e ali; em vários trechos ou passagens

•Cf. = confira

•Sic = assim mesmo, desta maneira


Explicativas: referem-se a comentários ou observações pessoais do autor:
concessão de bolsas, nomes de instituições e endereços. São também usadas
para indicar dados relativos a comunicações pessoais, a trabalhos apresentados e
não publicados.

EX:
REFERÊNCIAS:

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Informação e


documentação - Citações em documentos. NBR 10520/2002. Rio de
Janeiro, 2002.
______. Informação e documentação – Trabalhos acadêmicos, NBR
14724/2005. Rio de Janeiro, 2005.
______. Informação e documentação – Referências. NBR 6023/2002. Rio
de Janeiro, 2002.