Você está na página 1de 15

TÉCNICA VOCAL II

2017.2
PREPARAÇÃO
3.1 - Considerações
Preliminares
3.1 - CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES: EDUCAÇÃO MUSICAL
➤ O trabalho de técnica vocal não desenvolve
apenas condições e habilidades vocais de
coralistas. Promove também mudanças em suas
estruturas internas de sensibilidade e
conhecimento.
➤ A partir do momento em que os referenciais e
parâmetros de uma pessoa são questionados, ou
mesmo alterados, modifica-se o equilíbrio em
relação a si mesma e ao seu meio.
3.1 - CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES: EDUCAÇÃO MUSICAL
➤ Se, por um lado, esse desequilíbrio é desejável e
necessário para aprendizagem, por outro lado
exige cautela por parte de quem está propondo
situações que o provoquem.
➤ Isso implica a condição de que o professor de
técnica vocal seja, antes de mais nada, um
educador musical.
3.1 - CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES: O EDUCADOR MUSICAL
➤ Educador é aquele que está comprometido com a
aprendizagem de seu educando; livre, portanto, da
sua própria necessidade de autoafirmação como
cantor.
➤ Ser educador musical é algo mais do que ser um
artista de palco.
➤ Ser educador musical requer:
➤ Talento
➤ Preparo pedagógico
➤ Vocação para ensinar
3.1 - CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES: O MÚSICO
➤ O educador musical precisa ser um bom músico.
➤ Ele deve ter:
➤ Experiência de performance
➤ Domínio de conteúdos musicais
➤ O conhecimento musical possibilitará a
execução das vocalises como se fossem obras de
arte em miniatura, promovendo sensibilidade
estética a partir da vivência prática.
3.1 - CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES: O PSICÓLOGO
➤ É aconselhável que esse profissional de preocupe
em adquirir conhecimentos de psicologia.
➤ Nem todas as pessoas se candidatam aos coros
com o único e exclusivo objetivo de cantar.
Muitas vezes elas são motivadas pela busca de
um grupo social.
➤ O mais importante de todo trabalho com corais
amadores é codificar em canção todos os sonhos
e anseios a partir de uma experiência musical
estruturada.
3.1 - CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES: O REGENTE
➤ Não existe possibilidade de sucesso no trabalho
coral quando regente e professor de técnica
vocal não buscam os mesmos objetivos através
de procedimentos que se harmonizem e se
reforcem mutuamente.
➤ O ensaio é tão importante quanto o concerto.
➤ A experiência do fazer música em conjunto
através da voz é o código de comunicação
comum a todos e ponto de intersecção entre
todas as diferenças individuais.
3.1 - CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES: INTEGRAÇÃO
➤ Sugere-se que todas as sessões de técnica vocal e
todos os ensaios iniciem por momentos de integração
entre todos os presentes.
➤ Se não houver um espaço oficial para a atualização de
interesses e um procedimento intencional de
desligamento desses assuntos e de centração no
ensaio, tais assuntos permanecerão latentes e de
forma desleal e sorrateira perturbarão todo o trabalho.
➤ Outro desafio é compatibilizar graus distintos de
musicalidade assim como de conhecimentos anteriores
e ambições musicais.
PREPARAÇÃO
3.2 - Massoterapia aplicada
a voz
TAREFA PARA O DIA 18/09

Faça o fichamento do marco teórico do


capítulo 4 do livro Técnica Vocal para
Coros de Helena Coelho (p. 25-27).