Você está na página 1de 6

CORREÇÃO - LISTA EXERCICIO N2

Professor: ANDREZA B. CASSETTARI


Curso: ENGENHARIA DE PRODUÇÃO
Disciplina: PROJETO E DESENVOLVIMENTO DE
PRODUTO

1) Quais são as variáveis mais importantes em uma análise Make or Buy?


A análise de make-or-buy, ou seja, decidir entre fazer internamente ou comprar, é um procedimento que
procura orientar a decisão de aquisição com base no custo-benefício das duas opções.
Variáveis importantes neste processo:
• Maior segurança de prazos e controle de tecnologia,
• comprar em um fornecedor pode significar acesso a um bem ou serviço de alguém com maior
competência específica para realizá-lo, a um menor custo.
• gestão do portfólio de projetos e produtos quanto a suas relações estratégicas com fornecedores.

2) Na fase de Lançamento, há informações estratégicas que são atualizadas, mas essas informações são
coletadas inicialmente, em qual fase? Cite 3 dessas informações relevantes.
Basicamente, todas as informações financeiras são atualizadas neste momento:
• Custos/orçamento
• Valores do mercado do produto e da empresa (Market share), tanto em reais quanto em
percentuais
• Preço- alvo do produto
• Custo de vendas
3) Em relação à atividade genérica de “lições aprendidas” na fase de lançamento, qual a alternativa melhor
descreve os resultados de realiza-la?
a. Identificação de possíveis problemas (resposta correta)
b. Escolha das pessoas responsáveis pelo controle
c. Desenvolvimento de planos de contingência
d. Desenvolvimento do sistema de monitoramento
e. Rememorar todos os dados acumulados no arquivo sobre o novo produto.
4) Na fase do lançamento, uma atividade específica é a “preparação da campanha de marketing”. Com base no
modelo de Rozenfeld, marque a alternativa que corresponde à principal fonte de informações para realização
da campanha:
a. O novo produto a ser lançado
b. Público alvo (resposta correta)
c. Concorrência
d. Revendedores
e. Fornecedores

5) Quando há dificuldades técnicas para a produção de um novo produto, quais são as ferramentas e ações
realizadas na fase de Preparação da Produção para que a fabricação do produto ocorra?
Na fase de preparação da produção é possível identificar uma série de problemas que, poderiam influenciar
negativamente a produção corrente do produto.
Dessa forma, técnicas como as listas abaixo são utilizadas para eliminar ou pelo menos, minimizar possível
problemas:
• FMEA
• MSA - Measurement System Analysis (Análise dos Sistemas de Medição)
• Avaliação da capacidade e disponibilidade dos recursos disponíveis para a produção)
• Avaliação dos resultados critérios de avaliação
• Análise dos parâmetros críticos do processo

6) O planejamento logístico é um dos processos críticos na fase de Preparação da Produção. Por quê? Cite 3
problemas encontrados no início da produção relacionados à logística.
Nesta fase, toda a cadeia logística, ou Supply Chain, devido a necessidade de movimentações interna e
externa, é de extrema importância para o sucesso do novo produto, por isso é considerado um processo
crítico.
Possíveis problemas no processo logístico na fase de preparação da produção:
• Movimentação interna inadequada, gerando atrasos nas entregas
• Entregas fora do local pré-definido na instalação fabril
• Excesso de movimentação, devido a layout inadequado
• Problemas burocráticos com os lotes entregues, como por exemplo, Nota Fiscal com erros,
gerando problemas na área de recebimento.
DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS SOB UMA PERSPECTIVA SUSTENTÁVEL: UM ESTUDO
DE METODOLOGIAS E FERRAMENTAS
Contexto

De acordo com pesquisa apresentada em Manget; Roche e Munnich (2009), diversos são os fatores que os consumidores
consideram importante/muito importante para uma empresa ser sustentável. Como apresentado na Figura 1, 73% dos
pesquisados acreditam que é importante/muito importante a corporação apresentar um bom histórico ambiental, por exemplo.

Ainda, de acordo com a pesquisa realizada com 1000 pessoas em diferentes países e apresentada em Manget; Roche e Munnich
(2009), a definição de produto verde é consideravelmente incerta. A Figura 5 evidencia em que os pesquisados concordam ou
concordam fortemente ser um produto verde quando apresentados a uma lista de características, tais como produtos recicláveis
ou reutilizáveis.
E quanto as razões para se investir em sustentabilidade, as empresas consideram:

E quanto às abordagens utilizadas para o desenvolvimento de produtos sustentáveis, todas apresentam foco no desenvolvimento
de produtos que consideram requisitos de desempenho, custos e impactos nas fases posteriores do ciclo de vida. De acordo
com Zancul e Rozenfeld (2009), tal visão é conhecida por Life Cycle Engineering (LCE).

Como se pode notar, Thorpe (2009) propõe que o Clean Production seja atingido em etapas. Como será mencionado adiante, a
implantação progressiva de processos de desenvolvimentos de produtos sustentáveis é defendida por Hopkins (2010).
Problematica

De acordo com Bonini; Gorner e Jones (2010), mais de 50% das principais empresas do mundo acreditam que a sustentabilidade
exerce fundamental importância em diversas áreas do setor empresarial, tais como desenvolvimento de novos produtos,
desenvolvimento de reputação e na estratégia da empresa como um todo. Apesar disso, apenas 30% dos dirigentes afirmam
que suas empresas procuram ativamente oportunidades para investir em sustentabilidade. Ainda conforme Bonini; Gorner e
Jones (2010), uma potencial causa para essa baixa porcentagem é a falta de uma definição clara de tal conceito, dado que
apenas 20% dos executivos entrevistados em pesquisa responderam entender claramente o conceito de sustentabilidade.

Adaptado de: Nako, Thiago H. DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS SOB UMA PERSPECTIVA SUSTENTÁVEL: UM
ESTUDO DE METODOLOGIAS E FERRAMENTAS. 2010. Disponível em http://pro.poli.usp.br/wp-
content/uploads/2012/pubs/desenvolvimento-de-produtos-sob-uma-perspectiva.pdf.

7) Segundo o autor, no gráfico 1, 73% dos pesquisados acreditam que é importante/muito importante a
corporação apresentar um bom histórico ambiental. Porque, na prática, isso não acontece? Liste os fatores
que você considerar na sua resposta.

Na prática é possível verificar que, embora a pesquisa do artigo demonstre que 73% dos pesquisadores
acreditam ser importante ter um bom histórico ambiental, as empresas no Brasil, apenas cumprem a
legislação vigente.
Há mercado específicos em que há uma preocupação ambiental maior, pois os consumidores têm suas
decisões de compras afetadas e, consequentemente, para essas empresas competirem adequadamente em
seus mercados, elas passam a realizar processos como, de Logística Reversa. Um exemplo é a indústria de
celulares, que há alguns anos, tem feito um esforço com bons resultados, no recolhimento em suas lojas de
baterias e celulares usados.

8) Embora os entrevistados compreendam o significado de “sustentabilidade” e considerem importante o tema,


no gráfico 8, o principal motivo para desenvolver produtos sustentáveis segundo a pesquisa, é
“manter/aumentar a reputação corporativa”. Porque? Justifique sua resposta.

Embora o modelo de Rozenfeld trate, tecnicamente do processo de Desenvolvimento de Produtos, uma


família de um determinado produto ou serviço, influência na marca da empresa.
Por isso, as organizações consideram mais importante a questão ambiental, quando este aspecto afeta a
imagem ou reputação corporativa. O próximo passo é tomar ações específicas para associar a marca à uma
postura ambientalmente correta.

9) Qual fase da metodologia de PDP de Rozenfeld considera as abordagens DFX? Há interação entre as abordagens
“verdes” listadas na tabela 3 e o DFX clássico do PDP? Escolha um DFX e comente sua interação com as
abordagens verdes.

Há diverssos fatores da gestão ambiental e da produção de um produto que se relacionam e é possíve


identificar uma forte correlação entre meio ambiente e o modelo clássico de PDP, pois como o modelo é
baseado em processos que, diversos desses processos são diretamente afetados por questões ambientais.
Como por exemplo, atendimento à normas expecíficas (ISO14001), legislação local, reutilização de materiais
durante o processo produtivo que culminam em redução de custos.

DFR – Desig for Recycling (Projeto para Reciclagem): no caso específico do DFR, ao final do ciclo de vida do
produto, há empresas que se preocupam em desenvolver processos que garantam a captura de seus
produtos usados. Há vários casos nas indústrias, como a Volvo, que na Suécia, tem um programa de compra
de carros usados com mais de 10 anos. Esses carros são reciclados e voltam às concessionárias como carros
de “reuso”, com valores 40% mais baixos que os modelos novos.

10) Considere a figura 17 e responda porque desenvolver produtos verdes pode tornar a sociedade “verde”.

A figura 17 demostra aspectos relevantes em 4 fases específicas para o desenvolvimento de uma sociedade
verde: Processos, Produtos, Sistemas Fechados e Sociedades Verdes.

Ao analisar esta figura, é possível verificar que, somente é possível concretixar uma sociedade verde, após
passar pelas 3 fases anteriores. Pode-se considerar que há fatores culturais e comportamentais de uma
sociedade que levam à uma maturidade elevada, e consequentemente, consumidores que valorizam e
estejam dispostos a pagar por produtos “verdes”. Neste momento, há uma mudança radical nas 2 fases
iniciais, sendo possível chegar a fase 4 – Sociedades Verdes.