Você está na página 1de 8

PÚBLICO•QUINTA-FEIRA, 9 OUTUBRO 2003

Autarcas do PSD com


muitas dúvidas sobre a área
metropolitana de Braga
Apenas Vila Verde e Barcelos dão adesão a nova estrutura como certa e Celorico de Basto
admite virar-se definitivamente para o Baixo Tâmega P50
HUGO DELGADO

A “MAIOR MANIFESTAÇÃO
TEMPO HOJE ESTUDANTIL” DE QUE
Céu limpo. Vento fraco. HÁ MEMÓRIA EM BRAGA
Estudantes foram recebidos pelo
A REACÇÃO
governador civil, que prometeu enviar
as suas reivindicações ao Governo
Câmara de Famalicão
apresenta queixa-crime Uma mancha de quase quatro mil estudantes
fez parar o trânsito nas ruas de Braga, desde a
contra MAF Universidade do Minho (UM), em Gualtar, até
ao governo civil, no centro da cidade, na “maior
A Câmara de Famalicão apresentou on- manifestação estudantil de que há memória na
tem uma queixa-crime na Procuradoria academia minhota”, nas palavras do presiden-
da República, junto do tribunal local, te da Associação Académica da UM (AAUM),
contra o MAF – Movimento de Apoio Vasco Leão. Universitários trajados, pintados,
a Agostinho Fernandes, por difamação, envergando a camisola de curso ou à paisana,
ofensa a pessoa colectiva e falsificação tudo valeu para protestar contra a nova Lei de
de documento. A queixa, rubricada pelo Bases do Financiamento do Ensino Superior,
presidente da edilidade, Armindo Costa, em particular no que diz respeito às propinas,
garante que a carta de rescisão do contra- à acção social, e contra a desresponsabilização
to de uma funcionária apresentada em 29 do Governo nestas matérias.
de Setembro, em conferência de impren- O número de estudantes vindos de Braga e
sa do MAF, pelo ex-presidente da câmara, Guimarães era tal (superou os números das ma-
o socialista Agostinho Fernandes, é falsa, nifestações de qualquer outra academia) que a
já que o é também a assinatura que nele marcha poderia ser confundida com o habitual
consta da directora do Departamento cortejo académico, não fossem os cartazes e os
Administrativo e Financeiro, Maria hinos académicos pouco habituais, com as pa-
Isabel Pinto Vieira. lavras de ordem: “Durão não tens educação” ou
Na ocasião, Agostinho Fernandes acu- “Lynce na rua, a desGraça continua”.
sou a câmara de despedir uma funcioná- Os alunos pararam em frente ao governo
ria por motivos políticos, tendo apresen- civil, decididos a não arredar pé enquanto não
tado um ofício do município onde se dizia conseguissem uma audiência com o governador
que tal se devia ao adiamento da entrada civil de Braga, José Araújo, objectivo que não
em vigor do POCAL, Plano de Contabili- tardou a ser conseguido, provocando a dispersão
dade para as Autarquias Locais. de todos os estudantes.
No documento entregue no Ministé- Vasco Leão revelou-se muito satisfeito com a
rio Público e a que a agência Lusa teve grande mobilização dos universitários e com o
acesso, Armindo Costa afirma que o facto de tudo ter decorrido ordeiramente: “Toda
ofício de rescisão do contrato de uma a academia está de parabéns, porque não houve
trabalhadora é forjado, e não tem nome, exageros, o que só vem contradizer aqueles que
nem data, e número de registo, para além afirmam que os estudantes não se sabem organi-
de a assinatura ser falsa. zar e são um bando de desordeiros”.
Armindo Costa entregou documentos De facto, toda a marcha decorreu sem proble-
comprovativos da verdadeira assina- mas, com a colaboração da PSP, que foi cortando
tura daquela responsável, totalmente a circulação, por onde os estudantes passaram.
diferente da que consta no documento Um facto reconhecido pelo próprio governador
apresentado por Agostinho Fernandes, civil, que congratulou o presidente da AAUM pela
e afiança que o papel timbrado da autar- forma como a manifestação tinha decorrido.
quia em nada se assemelha actualmente Na audiência com os dirigentes associativos,
com o que foi apresentado. José Araújo prometeu entregar uma carta dos
O presidente da câmara, eleito pela estudantes ao primeiro-ministro e à ministra
coligação PSD/PP, garante que, com a da Ciência e Ensino Superior, Maria da Gra-
total implementação do POCAL, foram ça Carvalho, contendo a argumentação dos
dispensadas três funcionárias contra- estudantes contra o conjunto de legislação da
tadas a prazo, sublinhando que não se acção social, a Lei de Bases de Financiamento
tratou de nenhum despedimento, já que do Ensino Superior e a lei de autonomia das
se extinguiu o motivo para que haviam universidades. ■ ISABEL GERALDES FREIRE
sido contratadas.
Assim sendo, acusa o MAF e incertos
de agirem “com propósitos malévolos,
visando denegrir a imagem, a honra e
a consideração do seu presidente e da
AIMINHO CONFIANTE NA REVISÃO DO MAPA DAS ZONAS DEPRIMIDAS
câmara municipal”. ■ c1f08ccb-a999-437b-b215-b3e4f5d6f44c
P50
5 0 LO C A L
PÚBLICO•QUINTA-FEIRA, 9 OUT 2003

AIMinho confiante
Autarcas PSD do distrito em revisão do mapa de
de Braga reticentes regiões deprimidas
O presidente da Associação
Industrial do Minho, António
no vai mesmo alterar o mapa,
voltou ontem a repisar a mesma

em relação à AMM FOTOS DE HUGO DELGADO


Marques, saiu ontem de um
pequeno-almoço de trabalho
com Daniel Bessa confiante
numa “revisão”, por parte do
Governo, do mapa das regiões
ideia, embora garantisse não
ter nenhuma informação con-
creta que apontasse para essa
mudança, exigida nos últimos
dias pelos autarcas do Alto
DISTRITAIS DE PS E PSD com acesso ao Programa de
Recuperação de Áreas e Secto-
Minho, que. “É o que me vai na
alma”, confessou o líder dos in-
REUNIRAM-SE res Deprimidos (PRASD), uma dustriais minhotos, que voltou
solução que, na sua perspectiva, também a argumentar que “se
permitiria corrigir um “erro”, a o pacto de desenvolvimento re-
Quatro dos seis não inclusão do Alto Minho no gional estivesse a funcionar isto
roteiro das zonas a apoiar prio- [a não inclusão do Alto Minho
presidentes de câmara ritariamente. Marques fez ques- no PRASD] não se passaria”.
sociais-democratas tão de mostrar ao economista Espero que isto sirva de lição
reconhecem ter ainda o pacto de desenvolvimento para alguns agentes”, insistiu,
regional, e ficou com a certeza numa referência
muitas dúvidas. de que as estratégias definidas Também o Conselho Empre-
Celorico inclina-se no relatório de Bessa para o sarial do Vale do Lima (Ceval)
para o Tâmega e PRASD em relação ao Minho manifestou “incredulidade”
Esposende diz que está “encaixam perfeitamente” nos pelo facto da região não ter
projectos da AIMinho, como o sido incluída no rol das mais
tudo em aberto Silicon Valley, por exemplo. deprimidas e de intervenção
A não inclusão do Minho-Li- prioritária, que na versão do
ALEXANDRE PRAÇA* ma no PRASD foi precisamente autor deveriam ser Trás-os-
um dos temas de conversa entre Montes e Alto Douro, Cávado/
A maioria dos presidentes Marques e o autor do relatório Ave, Tâmega, Beira Interior,
de câmara do PSD no dis- do PRASD, que o PÚBLICO ten- Pinhal Interior Norte/Pinhal
trito de Braga confessa ter tou também contactar, mas sem Interior Sul e Alentejo. Para a
ainda muitas dúvidas sobre sucesso. António Marques, que Ceval, essa “irresponsabilidade
a criação de uma área metro- já no dia anterior tinha frisado sem precedentes” pode dificul-
politana na região. Enquanto em declarações ao PÚBLICO a tar o acesso a incentivos para o
Barcelos e Vila Verde dão sua convicção de que o Gover- desenvolvimento. ■
como certa a adesão a essa
nova estrutura, Famalicão, José Manuel Fernandes e Joaquim Barreto os líderes distritais do PSD e do PS reuniram-se
Esposende, Terras de Bouro
e Celorico de Basto demons-
ontem pela primeira vez para falar sobre a área metropolitana
Euro 2004 em Braga
tram algumas resistências
– conforme o PÚBLICO cons-
tatou numa ronda efectuada
e Albertino Mota e Silva (Ce-
lorico de Basto) preparam
uma espécie de “excursão
“Processo está bem
encaminhado”
Também Esposende ainda
Em Terras de Bouro, An-
tónio Afonso não encara
optar por uma alternativa à
com “ligação directa”
junto dos autarcas “laran-
ja” –, numa altura em que
autárquica” a Évora, onde vai
decorrer, nos dias 21 e 22 des-
não tem certezas. Apesar
de reconhecer que a adesão
AMM – até porque é com a
zona do Cávado que tem as
ao S. João
os líderes das distritais do te mês, um seminário sobre à AMM é a “prioridade” do maiores “afinidades” –, mas A Câmara de Braga reuniu-se 18 e 23 de Junho.
PS – que controla oito dos esta matéria, promovido pela concelho, João Cepa – que não confessa que, para tomar uma pela quarta vez com as entida- No fórum devia ter-se escolhi-
14 municípios do distrito Associação Nacional de Mu- esconde algum desalento pela decisão, precisa de “mais al- des que a si se associaram para do o desenho do sino que servirá
– e do PSD voltaram ontem nicípios. E reconhecem que falta de ambição do Governo guma informação para ver a elaboração de um programa de logótipo da cidade. Só que o
a encontrar-se para discutir a reunião com o secretário nesta matéria – vai dizendo se as dúvidas existentes são conjunto de animação da cida- elevado número de empresas de
a questão, reafirmando que de Estado da Administração que “está tudo em aberto”, dissipadas”. Necessidades de, tendo em vista o Euro 2004. design interessadas fez com que
o processo poderá estar con- Local, Miguel Relvas – que nomeadamente a possível semelhantes sente o presiden- As actividades não foram total- o prazo de candidatura fosse
cluído até ao final do ano. decorreu em Agosto – não foi integração na Área Metropo- te da Câmara de Famalicão. mente definidas e o logótipo de prorrogado até 30 de Novembro.
Estas reticências provindas suficientemente esclarecedo- litana do Porto ou na comu- Armindo Costa mostra-se “in- promoção (desenho do sino) A 6 de Dezembro, o “sino” será
dos autarcas sociais-democra- ra para os tranquilizar. nidade urbana que a Valima clinado” a integrar a AMM, não foi escolhido como estava apresentado com o calendário
tas são, no mínimo, surpreen- “Precisamos de argumen- (Associação de Municípios do mas sempre vai dizendo que previsto – a reunião decisiva oficial, que promete muito: es-
dentes, dado que foi a distrital tos mais convincentes para Vale do Lima) vai constituir. a autarquia “não está com- será a 6 de Dezembro. Mas já pectáculos musicais, bailado,
do PSD que mais incentivou poder decidir”, confessa O autarca do PSD lamenta prometida” com nenhum for- é certo que haverá exposições teatro, percursos temáticos,
a criação da Área Metropo- Albertino Silva, enfatizan- mesmo que os dez concelhos mato descentralizador, em- de fotografia sobre o novo es- iniciativas gastronónimas, ro-
litana do Minho (AMM) – a do que está em curso uma do distrito de Viana do Cas- bora desconfie do futuro peso tádio na Casa dos Crivos e os teiros culturais, concertos de
designação oficial ainda não “verdadeira revolução admi- telo não tenham avançado político e reivindicativo das eventos de rua serão planeados carrilhões e futebol robótico.
está totalmente definida, nistrativa”. Perante as infor- com uma comunidade – tal comunidades urbanas. de forma a “levar as pessoas di- Assegurados estão exposi-
admitindo-se que possa vir a mações actuais, o presidente como defendia a respectiva Neste contexto, apenas Vi- rectamente do estádio para os ções fotográficas sobre o novo
chamar-se Baixo Minho. Uma celoricense mostra-se mesmo distrital do PS –, pois, nesse la Verde e Barcelos assumem, arraias das festas de S. João”. estádio na Casa dos Crivos e no
intenção que se confrontou, inclinado a rejeitar a AMM: caso, Esposende “pensaria abertamente, já ter decidido Na reunião, estiveram as “for- BragaParque, um calendário
inicialmente, com a oposi- “O Baixo Tâmega precisa de seriamente em aderir” a esse aderir à AMM. “Temos di- ças vivas” da cidade: o municí- de lazer pequeno e usável ao
ção declarada de alguns dos um tratamento de choque, projecto. mensão suficiente para criar pio e a Região de Turismo Verde pescoço (disponível em hotéis,
principais presidentes eleitos que contemple programas uma área metropolitana que Minho, associações representa- agências de viagens, rent-a-cars,
pelo PS – o mais contundente específicos para se poder de- integre preferencialmente tivas dos comerciantes (ACB), etc.) e boas-vindas às selecções
terá sido Mesquita Machado, senvolver. Porventura, nós todos os concelhos do distri- indústrias (AIMinho), hotela- que ficarem alojadas em Braga,
de Braga –, mas que acabou teríamos mais vantagens em Aplanado o caminho to”, sublinha Fernando Reis, ria e restauração (Unishor), organizadas por escolas a desig-
“amaciada”, há cerca de um criar uma comunidade urba- pelo lado do PS, adiantando que “lamentaria academias (Universidade do nar e tendo em conta as cores
mês, durante um encontro em na ou intermunicipal no Bai- ainda sobram, e não compreenderia” que Minho e Universidade Católica dos equipamentos das equipas.
que os oito autarcas deram xo Tâmega – eventualmente Celorico viesse a recusar par- Portuguesa), museus (D. Diogo As entidades presentes na reu-
“luz verde” à constituição alargada ao Vale do Sousa
agora, algumas ticipar. “Não conheço ne- de Sousa, dos Biscainhos, Pio nião pretendem ser uma espé-
da AMM, considerando que – do que em aderir à AMM, incertezas no campo nhuma alternativa a este mo- XII e Mosteiro de Tibães), espa- cie de “conselho municipal” e
não sendo a solução “ideal” onde os nossos interesses po- do PSD: é necessário delo”, atira José Manuel Fer- ços comerciais (BragaParque), influenciar a agenda cultural
é, contudo, a “possível” (ver dem ser mais abafados e não nandes, de Vila Verde, asse- transportes urbanos (TUB/EM), do município.
PÚBLICO de 13/09/03). ser tão acautelados”, sustenta
aprofundar o debate gurando que o processo de Instituto Português da Juventu- Henrique Moura, presiden-
Aplanado o caminho pelo Albertino Silva. Actualmente, sobre esta opção criação da AMM está “bem de, Fundação Cultural Bracara te da RTVM, dissipou de vez
lado do PS, ainda sobram, Celorico integra a Associa- para se poder avaliar encaminhado” e que “todos Augusta, Cabido da Sé e Associa- a ideia de um hotel no monte
agora, algumas incertezas no ção de Municípios do Baixo as vantagens para os municípios do distrito de- ção de Festas de S. João. de Picoto antes do Euro. “Já
campo do PSD: é necessário Tâmega – juntamente com vem aderir, ainda que alguns Vítor Sousa, vereador da câ- teve quatro ou cinco projectos,
aprofundar o debate sobre es- Amarante, Marco de Canave- cada concelho, possam ser mais entusiastas mara e presidente da comissão não será feito tão cedo”, escla-
ta opção para se poder avaliar ses, Baião, Mondim de Basto reclamam, em do que outros”. Depois do en- que organiza as festividades receu, revelando o interesse de
as vantagens para cada conce- e Cabeceiras de Basto. Este uníssono, quatro contro de ontem com Joaquim sanjoaninas, prometeu uma uma cadeia internacional em
lho, reclamam, em uníssono, último concelho vai integrar Barreto, líder da distrital do decoração de ruas “arrojada”. montar um complexo hoteleiro
quatro dos seis presidentes a AMM e Mondim, apesar de
dos seis presidentes PS-Braga, Fernandes vai Já o vereador do Turismo, Jor- após o campeonato, sendo que
“laranja”. De tal forma, que pertencer ao distrito de Vila “laranja”. reunir-se, em breve, com ge Matos, adiantou que a priori- a possibilidade mais verosímil
Armindo Costa (Famalicão), Real, também já manifestou os seus colegas eleitos pelo dade “é encaminhar as pessoas (embora sem confirmação ofi-
João Cepa (Esposende), Antó- esse desejo (ver PÚBLICO de PSD. ■ *COM ÂNGELO TEIXEI- directamente do estádio para o cial) é o Formula 1 Hotel. ■ MA-
nio Afonso (Terras de Bouro) 31/07/03). RA MARQUES arraial”, no final dos jogos, dias TILDE ROCHA DIAS
LO C A L 51
PÚBLICO•QUINTA-FEIRA, 9 OUT 2003

LUÍS EFIGÉNIO

PROPRIETÁRIOS Vereadora
DE MORADIA
INUNDADA EXIGEM incomoda maioria
INDEMNIZAÇÃO
Vivenda de Ponte do
PSD/CDS
Bico, na margem do
Cávado, foi destruída
pelas cheias de Março
da Câmara de
de 2001
Famalicão
Os proprietários de uma vi- Edna Cardoso (PSD) da em reunião de câmara, e o
venda em Ponte do Bico, Bra- acusou o presidente presidente remeteu o assunto
ga, na margem esquerda do para o gabinete de Assuntos
rio Cávado, pedem 650 mil Armindo Costa de ter Júridicos. Edna revelou ontem
euros de indemnização a uma “subscrito calúnias” que teve de fazer dois requeri-
mini-hídrica, que culpam pela contra ela mentos para conhecer o teor do
inundação ocorrida em Março parecer jurídico, que qualificou
de 2001, disse à agência Lusa como “ uma encomenda bem
fonte judicial. ÂNGELO TEIXEIRA MARQUES feita”, referindo-se ao facto de
Segundo a fonte, o casal pro- Os trabalhadores da empresa pararam em solidariedade com os colegas suspensos não prever qualquer sanção
prietário sustenta que as águas A crispação no seio da maioria para o funcionário.
submergiram até ao telhado a
casa, situada no lugar do Outei-
ro, mesmo ao lado da Estação
de Tratamento de Águas de
Greve mobiliza PSD/CDS que governa a Câma-
ra de Vila Nova de Famalicão
voltou ontem a fazer-se sentir
em plena reunião do executivo.
Armindo Costa adiantou
que foram analisadas as entre-
vistas, e que o Departamento de
Assuntos Jurídicos concluiu

trabalhadores da Tarf
Braga, e derrubaram um dos pi- A vereadora Edna Cardoso, que “não havia matéria” para
lares do rés-do-chão, obrigando eleita pelo PSD, criticou o processo disciplinar. O presi-
– segundo os queixosos – à sua facto de na maioria “ninguém dente da câmara acrescentou
demolição e reconstrução. ter levantado um dedo em so- que “nunca” encomendaria o
Consideram que a Sociedade lidariedade com a vereadora teor de um parecer jurídico no
Eléctrica do Douro Litoral, Lda, Empresa de Guimarães Ontem ainda, numa nota a questão da empresa de têx- eleita” depois de “ter sido ca- que foi secundado por Durval
que construiu e explora a mini- enviada ao nosso jornal, teis-lar e apelou ao funcioná- luniada em praça pública”. A Tiago, vereador com o pelou-
-hídrica, não procedeu à abertu-
diz que processos a gerência da empresa (de rios para que “não confiem acusação visava principalmen- ro do Contencioso. “Não sei
ra das comportas – apesar de se disciplinares a 80 quem o PÚBLICO tentou, na entidade patronal”. “A te o líder da autarquia, mas foi como era na altura na gestão
ter dado um violento temporal trabalhadores vão ser sem sucesso, obter uma administração da Tarf está a proferida ao lado de Jorge Pau- do seu pelouro [Edna], mas
que obrigou as barragens do levados até ao fim posição desde o início deste coagir os trabalhadores”, fri- lo Oliveira, vice-presidente da no meu não funciona assim”,
sistema Cávado-Rabagão a processo) nega a existência sou o responsável pela USB câmara, e também concelhia disse Tiago, que representa o
abrirem as suas –, nem to- de salários em atraso “nos que acusou ainda o sindicato social-semocrata, estrutura CDS/PP. A vereadora reagiu
mou quaisquer medidas de EMÍLIA MONTEIRO termos da legislação em têxtil (que faz parte da União que se tem mantido à margem lembrando o seu percurso na
emergência para evitar que vigor” e adianta que, apesar de Sindicatos de Braga) de do conflito entre a vereadora lista e atirou mesmo aos seus
a barragem sustesse as águas Os trabalhadores da empre- da greve, os “processos disci- não ter acautelado os direitos socil-democrata e o presiden- colegas de executivo com o
e viesse a inundar a vivenda. sa têxtil Tarf, em S. Jorge de plinares, em qualquer caso, dos funcionários. “Quando os te da câmara. facto de ser “a vereadora que
O processo teve já julgamento Selho, Guimarães iniciaram seguirão os seus termos”. trabalhadores paralisaram, Recorde-se que Armindo vocês escolheram”.
marcado pela Vara Mista do ontem uma greve por tempo o sindicato não acautelou Costa retirou os pelouros que Antes já Edna Cardoso tinha
Tribunal Cível, mas a morte indeterminado que tem por USB admite falta como deveria os seus direi- estavam atribuídos à verea- dado sinais de que a fricção com
de um dos cônjuges fez com que objectivo principal apoiar de informação tos”, referiu Adão Mendes. E dora – uma histórica do PSD a maioria não esmoreceu. Na
aguarde agora pela conclusão os cerca de 80 funcionários aos trabalhadores continua: “Se tivessem sido local –, mas esta manteve-se discussão sobre a criação de
da respectiva habilitação de a quem a empresa instaurou Os trabalhadores mantêm acautelados os direitos dos no executivo, e ontem profe- uma comissão que prepare o
herdeiros. As teses dos queixo- um processo disciplinar com os seus protestos também trabalhadores, agora mão riu um discurso muito amar- programa de comemorações
sos são contestadas pela compa- vista ao despedimento. De quanto à actuação do Sindi- haveria qualquer processo go para com o presidente da da passagem dos 800 anos do
nhia de seguros Bonança – em resto, os cerca de 250 tra- cato Têxtil do Minho e Trás- disciplinar”. câmara: “Fui escolhida para concelho, a vereadora do PSD
nome da sociedade – alegando balhadores queixam-se de os-Montes, uma vez que, tal O líder dos sindicalistas uma lista por uma pessoa que registou que todos os membros
que a casa foi construída em ainda não terem recebido como o PÚBLICO noticiou bracarenses referiu também já conhecia há muito tempo e da comissão são funcionários
leito de cheias e que, naquele o subsídio de férias nem o ontem, os 80 funcionários que, no caso da Tarf, o “sindi- que acaba por subscrever todas da câmara. “Ao excluir a so-
dia, o rio teria subido sempre ordenado do mês de Setem- da Tarf alvo de processos cato poderia e deveria desde as calúnias que foram ditas a ciedade civil dá-se um passo
a uma cota superior à da casa, bro, faltando também pagar disciplinares acusam quer há vários meses manter su- meu respeito”, lamentou a ve- atrás no que tem sido a prática
mesmo que a mini-hídrica não 25 por cento do ordenado a delegada sindical da em- cessivos pré-avisos de greve, readora numa alusão directa a da autarquia”, frisou, apesar de
estivesse no local. de Agosto. Ontem de ma- presa quer os responsáveis renováveis mensalmente”. Armindo Costa. ter aprovado a proposta. Pela
Na queixa, o casal afirma nhã, nem todos aderiram pelo sindicato têxtil de não “Assim, sempre que os sa- Edna Cardoso reagia assim mesma razão Sousa Lopes (PS)
ainda que os responsáveis da à paralisação, mas fonte do os terem informado devi- lários não fossem pagos ou ao facto de o presidente da câ- preferiu abster-se.
mini-barragem não procede- Sindicato Têxtil do Minho damente. “Se soubessemos fossem pagos às prestações, mara ter subscrito o resultado Passado o incómodo no seio
ram à limpeza e à desmata- e Trás-os-Montes, garantiu que, por estar parados cinco os trabalhadores poderiam de um inquérito realizado às da maioria, a reunião teve a sua
ção da zona a montante da que a greve continuará “por dias, mesmo picando o cartão fazer greve sem qualquer declarações, prestadas ao PÚ- discussão mais acesa na apre-
albufeira, sustentando que, tempo indeterminado” e e permanecendo no interior problema”, finaliza Adão BLICO, pelo director do Depar- ciação da terceira proposta de
por isso, os ramos e troncos irá “até ás últimas conse- da fábrica, as consequências Mendes. De resto, nos próxi- tamento Cultural. Este acusou revisão do orçamento deste
acumulados nas paredes da quências”. De resto, ao que eram estas nunca teriamos mos dias, a própria USB vai a vereadora de, quando tinha ano. O presidente da câmara
mini-hídrica contribuíram tudo indica, aquela estrutura paralisado”, garantiu um analisar o caso “a fundo” os pelouros da Educação e argumentou que a “passagem”
para que as águas ficassem sindical estará já “a preparar trabalhador. Adão Mendes, e “se se provar que houve Cultura, ter tentado “criar uma de dois milhões e cem mil eu-
retidas e as margens fossem outras formas de luta”. coordenador da União de desvios por parte de alguns câmara paralela” e de deixar ros da rubrica de despesas de
inundadas. Referem que as Na origem dos 80 processos Sindicatos de Braga (USB), delegados sindicais, serão “os papéis acumularem-se”. capital (investimento) para
correntes poderosas que se disciplinares, que levaram pronunciou-se ontem sobre penalizados por isso”. ■ “Fez processos disciplinares e as despesas correntes tinha,
fizeram sentir na zona pro- à imediata suspensão dos inquéritos e demonstrava que em grande parte, justificação
vocaram, junto às paredes da trabalhadores, está uma não confiava em ninguém. Che- com o pagamento de compar-
mini-hídrica, um efeito de re- paralisação feita pela quase Problemas desde 1996 gou a assinar uma ordem de ticipações à Associação de
moinho, que ajudou à subida totalidade dos funcionários serviço em que me proibia de Municípios do Vale do Ave,
da cota máxima das águas. da Tarf, durante cinco dias, relacionar com o Gabinete de à empresa Águas do Cávado,
A casa onde viviam ficou em sinal de protesto pelo Sendo uma das mais antigas e mais emblemáticas Apoio à Presidência”, disse ao aumento dos gastos com
em ruína total, tendo de ser não pagamento de salários. empresas da região do Vale do Ave, a Tarf foi, durante então aquele director de de- electricidade e transporte es-
construída a partir do zero, Contudo, apesar de quase muitos anos, “rainha” dos têxteis-lar. Os problemas partamento. colar. Muito diferente foi o en-
posto que a corrente destruiu todos os trabalhadores te- começaram em 1996 quando começou a haver salários Tais declarações visavam tendimento de Mário Martins
também a piscina e todo o rem aderido à paralisação, em atraso. Nessa altura, a gestão foi entregue a Mário responder a uma entrevista (MAF), que apontou o reforço
recheio, incluindo diversas apenas 80 receberam a carta Coelho, que ainda hoje se mantém em funções. Num de Edna Cardoso, na qual a financeiro para despesas co-
máquinas e equipamentos ali informando que lhes havia complexo processo que envolveu organismos estatais, vereadora revelava que, por mo “prémios, condecorações
armazenados. A companhia sido instaurado um processo foi ainda envolvida uma sociedade de capital de risco três vezes, tinha pedido ao e ofertas”, com “propaganda”
de seguros rebate a argumen- disciplinar. Das oito dezenas, que tomou parte activa na gestão da empresa. Pelo presidente da câmara que não e “indemnizações por cessão
tação dos queixosos, dizendo em comum, os operários têm meio de processos judiciais, de tentativa de abandono renovasse a comissão de servi- de funções”, para argumentar
que a casa se encontra em apenas o facto de terem todos da empresa por parte da sociedade de capital de risco, ço ao director departamento, que a maioria está a desviar-se
leito de cheia, vulnerável a mais de 40 anos e da maioria os problemas mantiveram-se, agudizando-se mesmo mas que este “tinha toda a da promessa de reduzir as des-
inundações devido à subida ter sido já contactada pela até aos dias de hoje. Com uma assembleia de credores cobertura do presidente, que pesas correntes e aumentar o
das águas do rio, a qual é in- administração da empresa marcada para o dia 4 de Novembro, tudo indica que seja era a que me faltava”. volume de investimento. Por
dependente da existência ou no sentido de rescindirem o mesmo decretada a falência de uma das empresas que A questão desta troca de isso, o MAF votou contra e o
não da barragem. ■ LUSA contrato de trabalho. já foi exemplo de sucesso no Vale do Ave. palavras públicas foi suscita- PS absteve-se. ■
LO C A L 53
PÚBLICO•QUINTA-FEIRA, 9 OUT 2003

As conquistas
CRONOLOGIA Polícia apreende
de Gaia ao Porto Julho de 2001 – Metro do Porto e El Corte Inglés
estabelecem contactos com vista a eventuais
reajustes nas instalações da futura estação da
munições numa casa
“A minha obrigação é querer o melhor para Gaia,
o melhor para os gaienses, seja o Futebol Clube do
Porto, seja o Corte Inglés, seja amanhã o Benfica,
Avenida de França, depois de já terem sido inicia-
das as negociações com a Refer para a cedência
do direito de superfície dos terreno contíguos.
de Vale de Cambra
o Sporting, a Microsoft, seja tudo aquilo que esta-
mos a procurar trazer para Gaia”, referiu ontem 17 de Setembro de 2001 – O presidente da Câmara
MEIO MILHAR ções da PSP aveirense.
A verdade é que o edifício
casa e vende armas para o
estrangeiro, recebendo parte
Luís Filipe Menezes, exibindo alguns dos galhar- do Porto, Nuno Cardoso, defende a instalação do DE CARTUCHOS já era olhado com desconfi- em dinheiro vivo”. “E tem um
detes das conquistas ao Porto. Se, por um lado, o El Corte Inglés na Baixa e tenta negociar a mudan- ança por alguns que por ali milhão de cartuchos num ar-
autarca se terá deixado levar pelo entusiasmo, ça de local com a cadeia espanhola. passavam. Fernando Oliveira mazém na zona industrial de
perspectivando um futuro digno da SuperLiga, O material estava arrendou o prédio há 11 meses Santa Maria da Feira, onde a
por outro, esqueceu algumas da vitórias alcan- 1 de Outubro de 2001 – A Refer e a cadeia espa- e sabia que a cave albergava GNR vai comprar armas de
çadas do outro lado do rio Douro. Como o Teatro nhola El Corte Inglés ultimam as negociações armazenado de forma “paletes e paletes de munições”. defesa”, acrescentou.
Experimental do Porto, que tem a sua sede em sobre a cedência do direito de superfície sobre ilegal. Há gente que “Descarregavam esse material, Desde o final do ano passado
Gaia. Ainda que na sua “folha” constem alguns terrenos na zona da Boavista por um período conta que o empresário aqui por baixo da casa”, referiu. que o negociante de Vale de
golos adiados ou alguns remates falhados. de 99 anos, num investimento que ronda os 4,5 E isso não o preocupava? “Ia-se Cambra tem um armazém, on-
Se olharmos para o registo de “entradas” no milhões de contos.
guarda pólvora ao pé aguentando até aquilo rebentar. de também funciona um sítio
concelho de Vila Nova de Gaia, muitas delas estão de casa Mas um belo dia, se calhar eu e de venda ao público, na zona
directamente relacionadas com saídas do Porto. 12 de Dezembro de 2001 – A Associação de Co- todos os vizinhos iríamos ter de industrial do Roligo, em Santa
Veja-se o caso do Teatro Experimental do Porto, merciantes emite um comunicado manifestan- SARA DIAS OLIVEIRA nos preocupar”, comentou. Maria da Feira, denominado
cuja sede se encontra actualmente no antigo do-se contra a instalação do El Corte Inglés no “Constou que o proprietá- “Cacicambra”. Neste local,
edifício da Junta de Freguesia de Mafamude. A Porto. O prédio tem três andares e rio do prédio vendia armas e está tudo em ordem. Segundo
mudança aconteceu depois de a companhia se alberga um café, um restau- tinha ali pólvora. Parece que o relações-públicas da Direc-
deparar com um incêndio nas instalações do Dezembro de 2001 – A Direcção-Geral do Comér- rante e uma pensão, com um agora já não o fazia porque ção Nacional da PSP, Hipólito
Porto e passar vários meses a vaguear de sala em cio e Concorrência autoriza a instalação de uma único nome: “A Boa Estrela”. tinha havido uma denúncia e Cunha, “o armeiro está legal”,
sala, sem que nenhum apoio tivesse surgido da unidade comercial de dimensão relevante (UCDR) O local fica no centro da fre- ele teve de ir para Santa Ma- com dez depósitos aprovados.
margem direita do Douro. Quanto à instalação do El Corte Inglés com 42 mil metros quadrados guesia de Macieira de Cam- ria da Feira”, contou um mo- “Tem alvará de armeiro e de
do centro de estágio do Futebol Clube do Porto, na freguesia de Cedofeita, no Porto. bra, em Vale de Cambra. Ao rador de Macieira de Cambra, importador e vendedor de ar-
construído num terreno entre as freguesias de lado, há mais casas, e em fren- acrescentando: “Já vi carregar mas e munições”. Hipólito Cu-
Olival e Crestuma, a versão já é diferente. Apesar 12 de Fevereiro de 2003 – A Câmara do Porto te também. É, portanto, um pólvora em coisas que pare- nha adianta que ainda este
da reconhecida luta pelo propõe ao El Corte Inglés o Palácio dos Correios sítio bastante movimentado. ciam bidões de cerveja, de ano foi efectuada uma vistoria
A FRASE equipamento – a câmara como alternativa à Boavista. A Brigada de Fiscalização de um palheiro que o dono desse ao local e as normas de segu-
ofereceu o terreno e en- Armas e Explosivos da PSP de prédio tem ao lado de casa. Há rança estão a ser cumpridas.
trou na sociedade que 14 de Fevereiro de 2003 – A Associação Comercial Aveiro, em colaboração com a camiões que param lá”. Ou seja, o empresário tem o
“A minha construiu o centro –, este do Porto defende a instalação do El Corte Inglés GNR de Vale de Cambra, apre- Mas não é tudo. “Há noites material guardado nas devi-
também poderia ter fica- na cidade do Porto, dando preferência à locali- endeu ontem cerca de meio em que um carro, com perto das condições, no espaço situ-
obrigação do sediado na Trofa ou na zação na Baixa. milhar de cartuchos para caça de 300 quilos de pólvora, fica ado em Santa Maria da Feira.
é querer o Maia, dada a indisponibi- que estavam armazenados de estacionado em frente ao edi- O PÚBLICO tentou entrar em
melhor para lidade de encontrar uma 16 de Fevereiro de 2003 – A Associação de forma ilegal na cave do edifí- fício. É uma bomba que ali contacto com o proprietário do
área de grandes dimen- Comerciantes do Porto encomenda um estudo a cio. A não-existência de uma está”, afirmou ainda alguém edifício em Macieira de Cambra
Gaia, seja o sões livre no Porto. uma empresa de consultadoria sobre o impacte licença para o material levou a quem o assunto não passou e do “Cacicambra”, José Silva,
FC Porto, seja As conquistas de Me- que a abertura da loja teve em Lisboa. à apreensão das munições por despercebido. E continuou: mas o empresário não se mos-
o Corte Inglés, nezes no campo das artes
não se ficam pelo teatro. 20 de Fevereiro de 2003 – O PÚBLICO avança com
parte das autoridades que as
transportou para as instala-
“O dono do prédio guarda
pólvora num palheiro em
trou disponível para prestar
quaisquer declarações. ■
seja amanhã O autarca também piscou a hipótese da instalação da unidade comercial do
o Benfica, o os olhos à sétima arte, El Corte Inglés em Vila Nova de Gaia.
ainda que o projecto pa-
Sporting, a reça esquecido. Em 1999, 13 de Março de 2003 – Rui Rio insiste na propos-
Microsoft.” o presidente da Câmara ta de instalação da unidade na Baixa do Porto,
de Gaia mostrava-se dis- afirmando, no entanto, que “o El Corte Inglés não
LUÍS FILIPE MENEZES posto a ceder um espaço pode ser localizado no Porto a qualquer preço”.
Presidente da Câmara à cooperativa Cinema
de Gaia Novo, organizadora do 23 de Julho – Em contradição com a posição de
Fantasporto, para aí ins- Rui Rio, presidente da Câmara do Porto, o vere-
talar uma espécie de “grande supermercado ador das Actividades Económicas da autarquia
cultural”. O protocolo era assinado em 2001, portuense, Fernando Albuquerque, defende a
mas, tal como ontem Mário Dorminsky confir- instalação do El Corte Inglés na Boavista.
mou ao PÚBLICO, a instituição permanece na
Cidade Invicta “à espera que algumas obrigações Última semana de Julho – O director-geral do
que constam do protocolo sejam cumpridas”. El Corte Inglés reúne-se com o presidente da
Passando para um “dois-em-um” que junta a Câmara de Gaia, Luís Filipe Menezes, que lhe
arte ao ensino numa só instituição, no início de manifesta toda a disponibilidade para construir
2002 Luís Filipe Menezes também manifestou uma loja com 40 mil metros quadrados na Avenida
publicamente a disponibilidade para ajudar a da República.
Faculdade de Belas-Artes do Porto (FBAP) a
resolver o problema de instalações. A Câmara 29 de Agosto – El Corte Inglés apresenta pedido
de Gaia propunha ao estabelecimento de ensino de transferência para Vila Nova de Gaia do al-
um acolhimento “total ou parcial” num imóvel vará de instalação – já cedido para a freguesia
localizado no centro histórico. Paralelamente, a de Cedofeita – à Direcção-Geral do Comércio e
Câmara de Gaia nunca escondeu as suas ambi- Concorrência (DGCC).
ções em construir no munícipio “a nova centra-
lidade da Área Metropolitana do Porto”. Casos 12 de Setembro – Na assembleia geral da As-
como a construção do Complexo Desportivo de sociação de Comerciantes do Porto, 90 por cento
Pedroso poderiam ter ficado por isso mesmo. Mas dos associados manifestaram-se contra a insta-
Menezes tentava ir mais longe e dotava o equipa- lação do El Corte Inglés em qualquer ponto da
mento de uma pista de “tartan” e capacidade para Área Metropolitana do Porto.
receber 15 mil espectadores, num investimento
de três milhões de euros. Neste contexto, notava 18 de Setembro – Rui Rio afirma que desconhe-
que o estádio tinha condições para acolher, por ce o pedido de transferência do El Corte Inglês à
exemplo, um Campeonato da Europa de Atletis- DGCC para se instalar em Gaia. O autarca insiste
mo, e anunciava que a casa – de acordo com um na proposta da Baixa do Porto e adianta: “Seria
protocolo estabelecido com o Comité Olímpico uma atitude medíocre da minha parte se viesse a
Português – iria servir de centro de estágio para alterar a minha posição por critérios de rivalidade
os atletas olímpicos nacionais. com outros concelhos”.
O caso do El Corte Inglés é, no entanto, exem-
plar, sendo que a cadeia espanhola nunca escon- 19 de Setembro – A Associação Comercial
deu a sua preferência pelo Porto, mas acabou por do Porto/Câmara de Comércio e Indústria do
se transferir para Gaia. Vitória de Gaia ou der- Porto (ACP/CCIP) lamenta a oportunidade
rota do Porto? Eis uma questão possível. Prova- perdida para a Baixa. Rui Moreira, presidente
velmente, a resposta mais justa é: ambas. E, já da ACP/CCIP, considera o “dossier” encerrado
agora, o que se passou com as negociações do e o “desfecho inevitável”, não se opondo à já
grupo espanhol com Matosinhos? ■ ANDREA previsível instalação da cadeia na Avenida da
CUNHA FREITAS República em Gaia.
U T I L I DA D E S LO C A L 6 1
PÚBLICO•QUINTA-FEIRA, 9 OUT 2003

FA R M Á C I A S

BRAGA OUTRAS LOCALIDADES Póvoa de Lanhoso - Matos


S. Permanente S. Permanente Vieira
Pipa (São João do Souto) - R. Arcos de Valdevez - Valença - Jardim
do Souto, 10 - Tel. 253262457 Arcuense Viana do Castelo - Moderna
Nuno Barros - Calçada de Barcelos - Moderna Vieira do Minho - Martins
Real, 4-6 - Tel. 253623708 Cabeceiras de Basto - Vila Nova de Famalicão
Moutinho - Nogueira, até às 22h
GUIMARÃES Caminha - Torres - Cameira
S. Permanente Esposende - Monteiro Vila Verde - Medeiros
Praça (São Paio) - R. de Paio Fafe - Sousa Alves Vizela - São Miguel (Caldas
Galvão, 30 - Tel. 253517931 Monção - Codeço de Vizela)
até às 22h Paredes de Coura - Da
Vieira de Castro (Cruz da Calçada
Argola-Mesão Frio) - Rua Cruz Ponte da Barca - Moderna
D´Argola, 179 - Tel. 253438140 Ponte de Lima - Brito

TELEFONES

112
NÚMERO Póvoa de Varzim - 252 624 608
NACIONAL 291 500 Vila do Conde - 252 631 464
DE SOCORRO
Ponte de Lima - 258 909 200 Viana Castelo - 258 822 168
Terras de Bouro - 253 350 110 Delegação da Polícia
PSP Valença - 251 809 000 Marítima
Braga - 253 200 420 Viana do Castelo - 258 Esposende - 253 961 222
Barcelos - 253 802 570 800 840 Caminha - 258 719 070/5
Guimarães - 253 513 334 Municipais Viana do Castelo Comando da Zona Marítima
Vila Nova de Famalicão - 253 - 258 840 400 do Norte - 229 952 785
373 375 Viatodos - 252 961 438
Ponte de Lima
Nº Azul: 808 200 208 258 941 113
Vieira do Minho - 253 647 129
Vila do Conde - 252 631 333
CENTRAL
DE CAMIONAGEM
Viana do Castelo Celorico de Basto - 255 Braga - 253 209 400
258 822 022 321 223 Barcelos - 253 814 310
Vila do Conde Vila Verde - 253 310 390 Guimarães - 253 516 229
252 631 170 Vila Praia de Âncora - 258 Famalicão - 252 323 820
Comando Porto 911 125 Viana do Castelo - 258 825047
222 003 245 Vizela - 253 584 293 Fafe - 253 599265
Divisão de Trânsito Riba de Ave - 252 982 339 Arcos de Valdevez - 258
223 325 260 515124
SERVIÇO NACIONAL
BOMBEIROS DE BOMBEIROS CP
Sapadores de Braga - 253 218 851 096 Braga - 253 278 552
264 077 Barcelos - 253 811 2443
Voluntários de Braga - 253 CRUZ VERMELHA Famalicão - 252 312 539
200 430 Braga - 253 262 402 Viana do Castelo - 258 825 001
Barcelos - 253 802 050 Gerês - 253 391 660
Barcelinhos - 253 831 338 Prado - 253 921 151 PROTECÇÃO CIVIL
Guimarães - 253 515 444 Macieira de Rates - 252 Nacional – 214 165 100
Famalicenses 982 330 Braga – 253 201 350
252 322 555 Viana do Castelo - 258 821 821 Viana do Castelo
Arcos de Valdevez 258 829 819
258 520 300 HOSPITAIS
Amares - 253 993 569 Braga - 253 209 000 PROTECÇÃO À FLORESTA
Caldas das Taipas Barcelos - 253 809 200 Número Nacional - 117
253 576 114 Guimarães - 253 515 040
Esposende - 253 969 110 Póvoa de Varzim - 252 Serviço de Informação
Fafe - 253 598 111 690 600 às Vítimas de Violência
Fão - 253 981 189 Vila do Conde - 252 642 525 Doméstica – 800 20 21 48
Monção - 251 652 063 Vila Nova de Famalicão - 252
Paredes de Coura - 251 300 800 SOS Grávida
780 300 Ponte de Lima (Conde de 808 201 139 (das 10h às 18h)
Ponte da Barca Bertiandos) - 258 909 500
258 452 107 SOS Criança
Póvoa de Lanhoso CAPITANIAS Instituto de Apoio à Criança – 217
253 639 240 Póvoa de Varzim - 252 931 617 (das 9h30 às 18h30)

MINHO FORA DE HORAS


R E S TAU R A N T E S
PEDRA FURADA
BARES
EL ROCK BAR O rock por excelência. Na região não sensação de bem-estar que proporciona a
DISCOTECAS
DISCOTECA SEREIA DA GELFA
Fica numa aldeia de Barcelos, O rock é rei e a especialidade da casa há nenhum bar que consagre tanta quem o visita. Há sempre jornais disponíveis Conhecida desde sempre como
Pedra Furada. Tem comida caseira: vem servido em copos pequenos. Uma “devoção” a este tipo de música. Aliás, e aos domingos há música ao vivo. Aberto uma discoteca de Domingo à tarde,
cozido à portuguesa, rojões à moda das casas mais antigas da noite do centro o Rockastros é um festival deste tipo de todos os dias até às 2h00. transformou-se, depois de remodelada,
do Minho, Pica no Chão (arroz de histórico. Misture-se com a clientela música que o Norte do país já consagrou. Tel: 969675253 num espaço da moda. Poucos são os
frango) – só por encomenda –, bons jovem, experimente os ‘shots’ que são Fica na estrada de Barcelos-Viana do que, saindo ao Sábado à noite, no Alto-
vinhos e um serviço cinco estrelas. especialidade da casa e, se não perder Castelo. É bom para se estar, ouvir e falar BAR VAN GROGH Minho resistem a dar um pézinho de
É casa de se comer e estar bem. Faz o equilíbrio, mexa-se ao som da melhor de rock and roll. É o bar irmão de outra casa histórica da dança na agora renovada Sereia.
parte dos roteiros gastronómicos música alternativa. Avenida de Margarida Queirós cidade, o Tasquilhado. Mais pequeno, o Van Gelfa, Vila Praia de Âncora
do Minho. Praça de Santiago, centro histórico de Forjães Grogh é alternativa dos que gostam de se Aberta à sexta-feira e sábado
Rua Nova – Pedra Furada Guimarães Tel. 253 871 339 abastecer ao balcão mas preferem consumir 24/6 horas
Barcelos Aberto todos os dias, das 14h00 às 2h00 Horário - das 22 às 4 horas ao ar livre, numa das praças emblemáticas
Tel. 252 951 144 Fecha à segunda-feira do centro histórico de Guimarães VATICANO
Descanso semanal – Segunda-feira CAFÉ TEATRO Praça de Santiago É um dos locais mais procurados no
ao jantar É um espaço que veio para ficar em Viana BUDA BAR Aberto todos os dias, das 14h00 às 19h00 e Norte do país. Recebe frequentemente
do Castelo. Aberto há muito pouco tempo, o Fica na zona histórica de Viana e é dos bares das 21h00 às 2h. Encerra segundas à noite os melhores DJ portugueses, que
ADEGA DO FORNO Café Teatro veio colmatar uma lacuna, que mais antigos da cidade, estando aberto passam nas grandes discotecas
Apúlia é terra de pescadores e de existia em termos do movimento cultural ininterruptamente há cinco anos. É um dos BAR DO IPJ portuguesas. É um espaço com uma
peixe. São inúmeros os restaurantes da cidade. Situado paredes meias com o poisos preferidos dos estudantes, em tempo Ponto de paragem obrigatório para quem arquitectura interior de vanguarda,
que por ali vendem o fruto do esforço antigo Teatro Sá de Miranda, prima pela de aulas, mas a faixa etária da sua clientela gosta de ambientes diversificados, o bar mas onde vão todos. À sexta-
dos homens do mar, mas o senhor montra de jornais e revistas disponíveis varia entre os 17 e os 60 anos. A música do IPJ funciona como uma espécie de -feira é a noite da mulher –, aos
João, o proprietário da Adega do e pela animação variada com que brinda varia conforme o ambiente e a ‘caipirinha’ é instituição na cidade de Viana. Por lá sábados, os “viciados” na batida da
Forno, foi predestinado para escolher a clientela, sobretudo, ao fim de semana. uma das suas especialidades. param jornalistas e todo o tipo de artistas, noite e, ao domingo à tarde, os mais
e assar robalos, sargos e rodovalhos. Espectáculos de teatro e música e Rua de Gago Coutinho, Viana do Castelo à mistura com estudantes, noctívagos e novos.
É apenas uma adega, mas muito declamação de poesia e prosa são uma Funciona das 22 horas às 4 horas clientes ocasionais. O bar de convida à Rua de Cândido da Cunha, Barcelos
frequentada, e se peixe se deve constante. O palco está aberto à revelação Encerra ao domingo contemplação, que pode passar pelas obras Tel. 253 826 434
comer à beira do mar, no senhor de novos talentos. de arte das muitas exposições que por lá www.vaticano-club.pt
João marca a diferença. No Verão, HUGO DELGADO Rua de Sá de Miranda, Viana do Castelo IATE CLUBE- MARINA BAR passam, à leitura de um ou outro jornal e Horário – fins-de-semana e vésperas
serve um melão casca de carvalho Tel. 258 813424 Um excelente espaço com vista para o rio revista e à conversa, sempre sonorizadas de feriados, das 24h00 às 6h00 e ao
espectacular. Aberto todos os dias Lima, situado junto à antiga ponte de Eiffel por música mais para o alternativo. domingo à tarde
Avenida da Praia De sexta a domingo encerra às 3 horas que o atravessa. Pode ser procurado a Rua do Poço, Viana do Castelo
Apúlia Encerra uma hora mais cedo nos qualquer hora do dia. Distribuído por uma Tel. 258 826 879
Tel. 253 982 647 restantes dias área coberta e outra ao ar livre, o bar prima Funciona das 9 horas às 2 horas
Não fecha KASTROSBAR pela sua localização, pela paisagem e pela Encerra ao domingo
6 2 LO C A L R OT E I R O

CINEMA
PÚBLICO•QUINTA-FEIRA, 9 OUT 2003

“Jet Lag”

Ela foge de um homem que acredita já não amar. Ele corre atrás de uma mulher que acha
que ainda ama. Ele viaja em primeira classe num avião entre Nova Iorque e Munique.
Ela parte para o México em classe económica. Ele está deprimido, mas recusa-se a admi-
ti-lo. Ela olha de frente os erros da sua vida. Ela é divertida e extrovertida. Ele é fechado,
discreto, taciturno. Nem Félix nem Rosa estão preparados para se encontrar.
Porto, Cinema Nun´Álvares. Sessões às 14h30, 17h, 19h30 e 22h

SALAS PORTO
21h40 Sala 7 - 13h25, 16h, 18h35, Sala 1 - 21h30, 24h
Terapia de Choque 21h15, 24h Doidos à Solta: Quando
de Peter Segal, M12. American Pie - O Harry Conheceu Lloyd
Sala 3 - 13h40, 16h10, 18h40, f Castello Lopes- Casamento de Troy Miller, M6.
21h Central Shopping de Jesse Dylan, M12. Sala 2 - 13h30, 16h, 18h30
BRAGA
Central Shopping-R. Stos Pousada, 290 . Sala 8 - 13h55, 16h30, 19h, Nascido Para Ganhar
Um Golpe Em Itália T. 225102785
de F. Gary Gray, M12. 21h35, 23h50 de Gary Ross, M6.
Ken Park - Quem és Tu?
Sala 4 - 13h50, 16h40, 19h10, Sala 2 - 21h10, 00h30
f Bragaparque de Larry Clark, M18.
VILA NOVA
21h30 Terapia de Choque
R. dos Congregados, S. Victor. T. Sala 1 - 14h, 16h, 18h, 21h45
Piratas das Caraíbas - A de Peter Segal, M12.
253250310 Piratas das Caraíbas - A
Sala 3 - 13h50, 16h20, 18h50,
DE GAIA
Terapia de Choque Maldição do Pérola Negra Maldição do Pérola Negra
de Gore Verbinski, M12. 21h25, 00h20
de Peter Segal, M12. de Gore Verbinski, M12.
Sala 5 - 16h, 21h20 Liga de Cavalheiros
Sala 1 - 14h40, 17h10, 19h40, Sala 2 - 14h, 17h, 21h15
Operação Especial f AMC Extraordinários
22h10, 00h40 American Pie - O
de Antoine Fuqua, M16. Casamento Arrábida Shopping T. 223778800 de Stephen Norrington, M12.
Um Golpe Em Itália Sala 4 - 14, 16h30, 19h10,
de F. Gary Gray, M12. Sala 5 - 13h10, 18h50 de Jesse Dylan, M12. Liga de Cavalheiros
American Pie - O Sala 3 - 13h45, 16h, 18h15, Extraordinários 21h40, 00h10
Sala 2 - 14h15, 16h45, 19h15, American Pie - O
21h45, 00h15 Casamento 21h30 de Stephen Norrington, M12.
de Jesse Dylan, M12. Operação Especial Sala 1 - 14h20, 16h10, 16h45, Casamento
Piratas das Caraíbas - A de Jesse Dylan, M12.
“Inocente ou Culpado?”, com Kevin Spacey no principal papel Maldição do Pérola Negra Sala 6 - 14h, 16h50, 19h, de Antoine Fuqua, M16. 18h40, 19h15, 21h40, 22h15,
21h10 Sala 4 - 13h45, 16h15, 18h30, 00h30, 01h Sala 5 - 14h20, 16h50, 19h05,
de Gore Verbinski, M12.
21h30 Terapia de Choque 21h20, 23h40
Sala 3 - 15h20, 18h20, 21h20,
00h20 f S. Mamede Legalmente Loira 2 de Peter Segal, M12. Legalmente Loira 2
de choque para controlar Bruce, O Todo-Poderoso R. Dr. José Sampaio. T. 253412402
de Charles Herman-Wurmfeld, Sala 2 - 16h, 18h30, 21h45, de Charles Herman-Wurmfeld,
Doidos à Solta: Quando
EM ESTREIA ataques de raiva. Dave
começa por tentar fugir ao
De Tom Shadyac. Com
Jennifer Aniston, Jim Carrey,
Harry Conheceu Lloyd
de Troy Miller, M6.
Liga de Cavalheiros
Extraordinários
M12.
Sala 5 - 14h15, 16h15, 18h15,
00h30
Legalmente Loira 2
M12.
Sala 6 - 14h25, 17h, 19h20,
tratamento, mas o especialista Morgan Freeman. EUA. de Stephen Norrington, M12. 21h45 de Charles Herman- 21h45, 23h55
Sala 4 - 13h30, 18h40, 00h35
Liga de Cavalheiros muda-se para a sua casa... Sala 1 - 16h30, 21h45 Liga de Cavalheiros Wurmfeld, M12. Operação Especial
2003. 101m. Com. M6. Jim Nascido Para Ganhar
Extraordinários AMC, Bragaparque, Extraordinários Sala 3 - 14h15, 16h30, 18h35, de Antoine Fuqua, M16.
Carey é Bruce, um repórter de Gary Ross, M6. f Sto. António
De Stephen Norrington. Com BragaShopping, Castello de Stephen Norrington, M12. 21h50, 24h Sala 7 - 13h10, 15h50, 18h25,
televisivo que nunca está Sala 4 - 15h35, 21h30 R. de Sto. António. T. 253519160
Naseeruddin Shah, Peta Lopes-GuimarãesShopping, Sala 6 - 13h45, 16h, 18h15, Um Golpe Em Itália 21h05, 00h05
satisfeito e que passa a vida Liga de Cavalheiros Algures em África
Wilson, Sean Connery. EUA. Castello Lopes-Póvoa de 21h30 de F. Gary Gray, M12. Piratas das Caraíbas - A
a reclamar, acabando por Extraordinários de Caroline Link, M12.
2003. 110m. Acç, FC. M12. Varzim, Fórum Aveiro, Sala 4 - 15h40, 19h, 22h, Maldição do Pérola Negra
ser despedido. Depois de de Stephen Norrington, M12. Sala 1 - 15h10, 18h10, 21h10
Allan Quatermain, o maior Foz Plaza, GaiaShopping, Sala 5 - 14h, 16h30, 19h, f Charlot 00h45 de Gore Verbinski, M12.
muito praguejar e mandar Legalmente Loira 2 Rotunda da Boavista - Centro Comercial Herói Sala 8 - 14h30, 18h10, 21h15,
aventureiro do mundo, é o MaiaShopping, Millenium- 21h30, 24h
vir com Deus, por causa de Charles Herman-Wurmfeld, Brasília. T. 226097210
de Zhang Yimou, 00h15
líder de uma legião de super- Coimbra, NorteShopping, Operação Especial Quaresma
de todos os azares que lhe M12. Sala 5 - 16h05, 18h25, 21h20, Um Golpe Em Itália
heróis capazes de proezas que NorteShopping. de Antoine Fuqua, M16. de José Alvaro Morais,
acontecem, o Todo-Poderoso Sala 2 - 15h30, 18h30, 21h30 23h55 de F. Gary Gray, M12.
o mundo nunca viu. A equipa Sala 6 - 13h35, 16h20, 19h05, Sala 1 - 21h30
resolve aparecer-lhe à frente American Pie - O Preto e Branco Sala 9 - 13h45, 16h10, 18h45,
EM CARTAZ
é transportada para Veneza 21h50, 00h35
e delegar-lhe as suas tarefas. Casamento de José Carlos Oliveira, M12. 21h35, 00h25
para evitar que um louco American Pie - O f Cidade do Porto

TEATRO
chamado Fantom saboteie Talvez assim Bruce perceba de Jesse Dylan, M12. Sala 6 - 15h50, 18h15, 21h45,
Casamento Shopping Center Cidade do Porto - R.
a conferência dos líderes que não é nada fácil... AMC, de Jesse Dylan, M12. Sala 3 - 15h20, 18h20, 21h20 Gonçalo Sampaio. T. 226009164 00h10
mundiais e destrua a cidade. Adeus Lenine! Fórum Aveiro, GaiaShopping, Liga de Cavalheiros Operação Especial
Sala 7 - 15h10, 17h30, 19h50,
VIANA DO
Têm apenas nove horas De Wolfgang Becker. Com Glicínias, MaiaShopping, 22h10, 00h30 Extraordinários de Antoine Fuqua, M16.
para salvar o mundo. AMC, Daniel Brühl, Katrin Saß, NorteShopping. de Stephen Norrington, M12. Sala 7 - 15h45, 18h35, 21h55,
Maria Simon. ALE. 2003. f BragaShopping
CASTELO
Sala 1 - 14h30, 17h, 19h30,
BRAGA
Bragaparque, Castello Lopes- Piratas das Caraíbas - A 00h45
Central Shopping, Castello 121m. ComDra. M12. Outono Maldição do Pérola Negra BragaShopping - Av. Central 33. T. 22h Nascido Para Ganhar
Lopes-Girassolum, Castello de 1989. Pouco antes da De Gore Verbinski. Com Geoffrey
253208000 Um Golpe Em Itália de Gary Ross, M6.
queda do Muro de Berlim, a Operação Especial de F. Gary Gray, M12. Sala 8 - 15h55, 19h05, 22h05,
Lopes-GuimarãesShopping, Rush, Johnny Depp, Keira de Antoine Fuqua, M16. f Verde Viana f TeCA - Teatro
Castello Lopes-Póvoa de mãe de Alex tem um ataque C. C. 1º de Maio - Pç. 1º de Maio. T. Sala 2 - 14h20, 16h50, 19h20, 01h Carlos Alberto
cardíaco e entra em coma. Knightley. EUA. 2003. 133m. Sala 1 - 21h30
Varzim, Castello Lopes-S. 258829932 21h50 Adeus Lenine! R. das Oliveiras, 43, Tel. 223395050
Quando finalmente acorda, Ave. M12. Para o capitão Jack Preto e Branco
Mateus, Cidade do Porto, Piratas das Caraíbas - A Quaresma de Wolfgang Becker, M12. 21h30, até 18 de Outubro
no Verão de 1990, a RDA Sparrow, as águas cristalinas das de José Carlos Oliveira, M12. de José Alvaro Morais,
Cine Cidade Nova, Cinema Maldição do Pérola Negra Sala 9 - 16h45, 19h30, 22h15, No Campo
deixou de existir e Berlim está Caraíbas e os mares de todo o Sala 1 - 14h50, 17h05 Sala 3 - 13h30, 15h30, 17h30, 00h55
de Barcelos, Cinemax, de Gore Verbinski, M12. de Martin Crimp. Co-produção
totalmente transformada. Alex, Mundo são palco das maiores Quaresma 19h40, 21h30 American Pie - O
GaiaShopping, Glicínias, Sala 1 - 15h30 Assédio e TNSJ
determinado a protegê-la, aventuras. Mas o capitão de José Alvaro Morais, Adeus Lenine! Casamento
MaiaShopping, Millenium-
decide não lhe contar que o Barbossa intromete-se no Sala 2 - 14h45, 17h, 21h40 de Wolfgang Becker, M12. de Jesse Dylan, M12.
BARCELOS VILA NOVA DE
Coimbra, New Lineo Cinemas
Muro caiu e consegue criar caminho de Jack, ao roubar-lhe Ararat Sala 4 - 14h10, 16h40, 19h10, Sala 10 - 14h, 16h20, 18h45,
Viseu, NorteShopping, S.
um mundo de forma a que ela o seu navio – o “Pérola Negra” de Atom Egoyan, M12. 21h40 21h30, 00h15
Mamede.
Quaresma
De José Alvaro Morais. Com
não saiba da reunificação das
Alemanhas. AMC, Cidade
– e, em seguida, atacar a cidade
de Port Royal, para raptar o
Sala 3 - 19h
Legalmente Loira 2 f Cinema de
Barcelos
f Nun´Álvares
Piratas das Caraíbas
- A Maldição do Pérola GAIA
do Porto. governador e a sua filha. de Charles Herman-Wurmfeld, R. Guerra Junqueiro, 4585. T. 226092078
Negra
Beatriz Batarda, Filipe Cary,
Básico Ken Park - Quem és Tu? M12. Campo 25 de Abril. T. 253813597 Jet Lag
de Gore Verbinski, M12. f Mon Ami
Rita Durão. POR. 2003. 95m. Liga de Cavalheiros de Danièlle Thompson, M12.
Dra. David é casado, tem De John McTiernan. Com De Larry Clark. Com James Sala 3 - 14h45, 17h, 21h40, Sala 11 - 14h30, 16h, 18h,
Largo dos Aviadores
23h35 Extraordinários Sala 1 - 14h30, 17h, 19h30, 21h30, até 8 de Novembro
uma filha pequena e está a Connie Nielsen, John Ransone, Stephen Jasso, 19h, 21h15, 22h, 00h20, 01h
American Pie - O de Stephen Norrington, M12. 22h Meu Amigo dos Aviadores
poucos dias de partir para o Travolta, Samuel L. Jackson. Tiffany Limos. Holanda/EUA/ Confiança
Casamento Sala 1 - 15h30, 21h45 pela Companhia de Teatro Os
estrangeiro com a família. EUA/CAN. 2003. 98m. Thr. FRA. 2002. 96m. Dra. M18. de James Foley, M12.
MATOSINHOS
M12. Depois de “Pulp Fiction“, de Jesse Dylan, M12. Nascido Para Ganhar Últimos
Mas com a morte do avô, ele Depois do polémico “Kids“ Sala 12 - 16h15, 18h30,

ARTE
John Travolta e Samuel Sala 4 - 14h55, 17h05, 19h05, de Gary Ross, M6.
tem ainda que regressar à e de “Bully“, Larry Clark 21h30, 00h15
L. Jackson voltam a estar 21h30, 23h40 Sala 2 - 15h30, 21h45 Identidade Misteriosa
terra. E uma viagem que era (juntamente com Ed Lachman)
para durar o tempo de um juntos no grande ecrã. Um Um Golpe Em Itália f NorteShopping de James Mangold, M16.
volta a pintar o retrato
VILA NOVA DE
funeral acaba por transformar- comando de elite composto de F. Gary Gray, M12. NorteShopping. T. 229571500 Sala 13 - 16h30, 18h45,
impiedoso de um grupo de Sala 5 - 14h50, 17h, 19h15, Terapia de Choque
se numa estadia de vários por seis soldados sai em 00h25
adolescentes americanos, e 21h40, 23h50
FAMALICÃO BRAGA
dias. BragaShopping, Charlot, missão de treino, mas apenas de Peter Segal, M12. Doidos à Solta: Quando
dois homens regressam. Os das suas vidas pautadas pela Terapia de Choque Sala Vip - 13h35, 16h10, Harry Conheceu Lloyd
Cidade do Porto.
Terapia de Choque outros supostamente estão violência, sexo, amor e ódio. de Peter Segal, M12. 18h40, 21h40 de Troy Miller, M6.
De Peter Segal. Com Adam mortos. Um agente federal Mas desta vez os adolescentes Sala 6 - 14h55, 17h05, 19h10, f New Lineo Terapia de Choque Sala 14 - 15h50, 18h20, f Galeria aRTE
Sandler, Jack Nicholson, do Departamento Anti-Droga não estão sozinhos e a 21h30, 23h35 Cinemas V. N. de de Peter Segal, M12. 21h40, 00h20 D’ARTES
Marisa Tomei. EUA. 2003. começa a investigar o caso, objectiva do fotógrafo abre-se Liga de Cavalheiros Famalicão Sala 2 - 13h35, 16h10, 18h40, Ken Park - Quem és Tu? Lg. de S. Francisco, 26 2º, Tel. 253612473
106m. Com. M12. Depois de mas vai entrar em conflito para enquadrar também Extraordinários R. Talvai. T. 258317684 21h40, 00h20 de Larry Clark, M18. 14h - 19h30 e 21h30 - 23h, até
um mal-entendido à bordo de directo com a investigadora do os pais e as famílias dos de Stephen Norrington, M12. American Pie - O Casamento Liga de Cavalheiros Sala 15 - 16h50, 19h10, 10 de Outubro
um avião, um tímido homem Gabinete Oficial do Exército. adolescentes. AMC, Castello Sala 7 - 14h55, 17h10, 19h20, de Jesse Dylan, M12. Extraordinários 22h20, 00h40 Pintura de Sandra Ferro e Victor
de negócios é obrigado pelo AMC, Cine-Teatro Messias, Lopes-Central Shopping, 21h50, 24h Sala 1 - 15h30, 17h30, 19h30, de Stephen Norrington, M12. Básico Neves
tribunal a fazer uma terapia Estúdio Gemini, Sandim. Millenium-Oita. 22h Sala 3 - 13h30, 16h20, 18h50, de John McTiernan, M12.
f Museu da Imagem
GUIMARÃES A Floresta Mágica 21h30, 00h15 Sala 16 - 16h25, 19h15,
de Ángel de la Cruzde Manolo Piratas das Caraíbas - A 21h50, 00h35
Campo das Hortas, 36,
Maldição do Pérola Negra Tel. 253278633
AS ESTRELAS DO PÚBLICO Gómez, M4.
de Gore Verbinski, M12.
Inocente ou Culpado? 12h - 19h, até 19 de Outubro
f Castello Lopes- Sala 2 - 15h15 (V.Port.) de Alan Parker, M16. Cuspindo a Barlavento
Kathleen Luís M. Mário J. Vasco GuimarãesShopping Iguana Azul Sala 4 - 14h, 17h20, 21h10, Sala 17 - 16h05, 18h55,
00h25 fotografia de Manuel Sendón
Gomes Oliveira Torres Câmara GuimarãesShopping-Lugar das Lameiras, de Michael Radford, M16. 21h55, 00h50 (consequências do petroleiro
Creixomil. T. 253520170 Operação Especial Bruce, O Todo-Poderoso
Sala 2 - 17h, 19h15, 21h “Prestige” na costa da Galiza)
Adeus Lenine @@@ @@@ - @@@ Nascido Para Ganhar de Antoine Fuqua, M16. de Tom Shadyac, M6.
de Gary Ross, M6. Um Golpe Em Itália Sala 5 - 13h40, 16h25, 19h15,
Herói - @ @@ @ de F. Gary Gray, M12. Sala 18 - 16h15, 18h40,
Liga de Cavalheiros - - @ -
Sala 1 - 18h30
Legalmente Loira 2 Sala 3 - 15h45, 18h15, 21h50
Piratas das Caraíbas - A
22h05, 00h50
Bruce, O Todo-Poderoso
22h05, 00h25
BARCELOS
Preto e Branco - @ { @ de Charles Herman-Wurmfeld, de Tom Shadyac, M6. f GaiaShopping
M12. Maldição do Pérola Negra Sala 6 - 13h45, 19h10 GaiaShopping. T. 223791705 f Biblioteca
Quaresma - @@@ @@@@ @@@ de Gore Verbinski, M12. Municipal (sala de
Sala 1 - 13h20, 16h20, 21h50 Nascido Para Ganhar Bruce, O Todo-Poderoso
Um Golpe em Itália - - - @ Liga de Cavalheiros Sala 4 - 15h30, 18h30, 21h30 de Gary Ross, M6. de Tom Shadyac, M6. exposições)
Terapia de Choque - @ - - Extraordinários Sala 6 - 16h10, 21h35, 00h40 Sala 1 - 14h10, 16h40, 19h 10h - 18h, até 12 de Outubro

{ A evitar @ Dispensável @ @ A ver @ @ @ A não perder @ @ @ @ Imprescindível @ @ @ @ @ Obra-prima


de Stephen Norrington, M12.
Sala 2 - 13h30, 16h30, 19h20, VIZELA Um Golpe Em Itália
de F. Gary Gray, M12.
Preto e Branco
de José Carlos Oliveira, M12.
I Mostra de Arte Jovem
colectiva de pintura, desenho,
R OT E I R O LO C A L 6 3

HOJE
PÚBLICO•QUINTA-FEIRA, 9 OUT 2003

Arte de ser médico

“... chegar à emoção por via de forma e cor ou textura e


atingir o seu sonho”. A arte dos médicos ou o rigor ci-
rúrgico ao serviço da arte. A Casa dos Crivos inaugura
hoje uma exposição colectiva de artistas médicos.

Em Braga, na Casa dos Crivos, às 18h30. Até dia 28

(permanente) R. Miguel Bombarda, 624, 226084448 15h - 20h 10h - 24h, até 30 de Novembro
técnica mista, serigrafia e 15h - 19h30, até 13 de
Mar Alto Memórias Vivas da A Descoberta de um Turista
escultura Novembro
fotografia de Jean Gaumy Imprensa fotografia de Pedro Guimarães
Humus (permanente)
CELORICO
f Clube BCP escultura de Xawery Wolski 15h - 20h, até 11 de Janeiro f Silo - Espaço
R. de Sá da Bandeira
V PortoCartoon Cultural
f Galeria Atlântica
DE BASTO
15h - 19h, até 25 de Outubro exposição mundial de R. de Sara Afonso, 105-107
Colectiva de óleo, acrílico, R. da Galeria de Paris, 67, (NorteShopping) Senhora da Hora, Tel.
Tel. 223393260 caricatura 229571362
aguarela e cerâmica
10h - 12h30 e 15h - 19h30, até 13h - 14h30 e 17h - 23h, até 9 de
f Núcleo do f Museu Nacional
f Cooperativa 15 de Novembro Soares dos Reis Novembro
Museu Nacional da Árvore Mágica Sombra - Fotografia
Memórias R. de D. Manuel II (Palácio das
Imprensa Mexicana
S. Silvestre Gémeos (Junto da Biblioteca
R. de Azevedo de Albuquerque, 1, pintura de Domingos Pinho Carrancas), Tel. 223393770
Tel. 222076010 fotografia de Pedro Tzontemoc e
Municipal), Tel. 255320360 10h - 18h
09h - 23h, até 22 de Outubro f Galeria Casa Esta é a Cabeça de São Nirvana Paz
10h - 12h e 14h - 19h Trabalhos Recentes D’Eros

MÚSICA
História da Imprensa Pantaleão
pintura de Justino Alves R. Firmeza, 570, Tel. 223406202
Inauguração às 18h30
de Celorico de Basto Artistas Premiadas na 11h - 20h, até 22 de Outubro
(permanente) Real Fábrica de Louça,
Bienal de Cerveira Provocações II
Ao Rato
Benedita Kendall, Catarina arte erótica de Ana Borg

GUIMARÃES Machado e Cristina Guise


f Culturgest
f Galeria do Paláci
Jardins do Palácio de Cristal,
f Parque de
Serralves
R. de Bartolomeu Velho, 141, PORTO
(Galeria do Ed. Tel. 226081000
f Paço dos Duques 10h - 18h, até 12 de Outubro
Tel. 226156500
de Bragança da Caixa Geral de 10h - 22h f FNAC
Depósitos) Oceania Ser Árvore e Arte; Um R. de Santa Catarina, 73 (Edifício
R. do Conde D. Henrique,
Tel. 253412273 Av. dos Aliados, 104, pintura de Manuel Casal Jardim Catóptrico Palladium), Tel. 223403200
09h30 - 12h30 e 14h - 17h30 Tel. 222098100 Aguiar esculturas de Alberto 17h00
Pintura e escultura de José de 10h - 18h, até 27 de Dezembro Moonspell
f Galeria Fernando Carneiro e Ângelo de Sousa
Guimarães (permanente) Um+Dois+Mil (às 21h30 na Fnac
Santos (permanente)
de Nelson Leirner NorteShopping)
R. de Miguel Bombarda, 526,
f Pavilhão Rosa
VIANA DO f Epicentro Tel. 226061090
Mota
MATOSINHOS
Caminho da Fonte de Cima, 30, Loja 130 10h - 12h30 e 15h - 19h30, até
R. de D. Manuel II (Palácio de Cristal),
11 de Novembro
CASTELO
Foz do Douro, Tel. 226168749
Tel. 226007277
15h - 19h30 Pintura de René Bertholo 10h - 23h, até 21 de Dezembro
Diversidades Os Dinossauros Chegaram f B Flat
colectiva de objectos de arte e f Galeria Módulo R. de Ló Ferreira, 251,
f Museu do Traje Av. da Boavista, 854, ao Porto
Pç. da República, Tel. 258800171
design de Ana Sobral, Andreia organização do Museu de 23h30
Tel. 226094742
até 31 de Outubro Quelhas, Carla Solheiro, História Natural da Faculdade Quintas Alternativas
15h - 20h, até 23 de Outubro
O Ouro Que se Vende em Cristina Jorge, Daniel David, de Ciências, Universidade do Wipeout
Pintura de Maria João Salema
Viana do Castelo Joana Gil, Leonel Cunha, Porto e Câmara Municipal
Mário Janeiro, Rute Marcão
VILA NOVA DE
f Galeria Nasoni do Porto
e Vamelo R. da Galeria de Paris, 80,

VILA NOVA DE f Espaços JUP


Tel. 223393260
10h - 12h30 e 15h - 19h30, até
f Pinguim
R. de Belomonte, 67,
GAIA
FAMALICÃO
R. de Miguel Bombarda, 187 15 de Novembro Tel. 223326062
15h - 19h Vestígios até 12 de Outubro
Possibilidade de Defesa pintura de Domingos Pinho Para Lá da Porta Aberta f Hard Club
pintura de Nikola Raspopovic Cais de Gaia, 1158, Tel. 223753819
f Casa das Artes fotografia de cena de Filipe
Parque de Sinçães, Tel. 252371297 f Galeria Pedro Silva 21h00
10h - 13h e 15h - 19h, até 12 f Esteta Galeria Oliveira Dimmu Borgir + Hipocrisy
R. de Sousa Viterbo, 28, 1º (Junto ao
de Outubro Mercado Ferreira Borges), Tel. 222007449
Calçada de Monchique, 3, f Quadrado Azul + Norther DR

OUTROS
Tel. 222002334 R. de Miguel Bombarda, 435,
Mulher e Actriz 10h - 12h30 e 15h - 19h, até 18
Isabel de Castro 15h - 20h, até 31 de Outubro Tel. 226097313
de Outubro Cidades 10h - 12h30 e 15h - 19h30, até
f Casa das Artes Pintura de Glória Gonçalves fotografia de Maria Bleda e 25 de Outubro
(Foyer e Cave) f FNAC José Maria Rosa Escultura de Sebastião
Um conjunto de 48 obras de
Parque de Sinçães
09h - 13h e 15h - 19h, até 17
de Outubro
Alguns Filmezinhos
R. de Santa Catarina, 73 (Edifício
Palladium), Tel. 223403200
10h - 21h, até 15 de Novembro
O Sexto Continente
f Inter-Atrium
Av. da Boavista, 3041,
Tel. 226155295
10h30 - 13h, 15h30 - 20h e 22h
Resende
f Quasiloja
R. Ribeiro de Sousa, 225/229,
Tel. 228306205
PORTO Um serão
f Espaço Maus
arte da autoria de pintores
naturais ou residentes em
Macau está em exibição na
artes plásticas

PORTO
fotografia de Xavier Desmiers/
Rapho
f Fundação de
Serralves (Parque)
- 24h, até 30 de Outubro
Um olhar sobre a criança
pintura de Lourdes Leite
14h30 - 19h, até 28 de Outubro
Wanna Fly!
Companhia Singapura
Hábitos
num
R. de Passos Manuel, 178 4º,
22h
Pelo Lado do Invisível
Casa de Cultura de Melga-
ço. “Um Serão no Jardim da
Primavera” é uma agremia-
ção de “trabalhos seleccio-
f Arte & Manifesto
R. do Breyner, 346, Tel. 222080553
10h - 12h30 e 14h30 - 19h, até
R. de Serralves, 977,
Tel. 226175124
14h - 20h, até 12 de Outubro
Sound Chambers
f Museu de Arte
Contemporânea de
Serralves
R. de D. João de Castro, 210,
f Sala Maior
R. de Miguel Bombarda, 498,
Tel. 226054172
10h - 12h30 e 15h - 19h30, até
jardim...
lançamento do livro de Luís
Bizarro Borges
nados de artistas do núcleo
de Pintura Contemporânea
do Círculo dos Amigos da

Rivoli de Macau
1 de Novembro Tel. 226156500 12 de Novembro
instalação 10h - 22h, até 12 de Outubro Secret Knowledge Cultura, instituição que
Existence - A Poem desde a sua nascença sou-
instalação e escultura de Bahk f Galeria André Los Alamos Project pintura de Nuno Medeiros
Seonghi Viana de William Eggleston be congregar os pintores
10h - 22h, até 26 de Outubro f Serpente -
Rua Cândido dos Reis, 30 Galeria de Arte residentes de Macau mais
f Arterisco 10h - 12h30 e 15h - 19h30 Pintura/Desenho, 1964- Teatro Municipal
R. de Anibal Cunha, 84 lj. 7, sensíveis às linguagens da
Rua Miguel Bombarda Secrets in the Light of Day 2003
10h - 12h30 e 15h - 19h30, até de António Sena
Tel. 222080368 modernidade e à simbiose
colectiva 15h - 19h, até 8 de Novembro

5filmes
31 de Outubro 10h - 22h, até 31 de Dezembro de valores estéticos”, expli-
Pulp
“Incursões” f Galeria Visões e Utopias: pintura de Paula Moreira cou Jorge Rangel, presiden-
pinturas de Carla Leitão e Arthobler.com Desenhos do Museu te do Instituto Internacional
Paulo Espinha de Arte Moderna, Nova f Trindade - Galeria de Macau, sobre a origem da
Iorque de Arte de
f Casa Jorge de
Sena PORTÁFRICAS f Museu dos
R. Miguel Bombarda, 200,
Tel. 222088528
Nicolas Philibert exposição.
Há obras de todos os es-
III ENCONTRO DE Transportes e
R. do Bonjardim, 495/501,
CULTURAS - PORTO 2003 11h - 13h e 14h - 19h, até 5 de tilos e para todos os gostos,
Tel. 220007950 Comunicações
21h00
Novembro pintura, desenho, gravura
09h - 17h30, até 16 de Outubro R. Nova da Alfândega (Edifício da É a vida...
Colectiva de pintura Biblioteca Municipal Alfândega), Tel. 223403000 e fotografia. A linha condu-
pintura de Gisela Castro
Almeida Garrett Inauguração às 18h00 tora é a naturalidade ou a
f Centro Português De 8 a 12 de Outubro 150 Anos do Primeiro Selo residência dos artistas em
de Fotografia/
Edifício da Cadeia
Português
MAIA Le Pays des EXPOSIÇÃO Macau. A partir daqui é a
21h00 10h - 12h e 14h - 18h
surpresa. O entrecruzar das
da Relação
Campo Mártires da Pátria,
Abertura do PortÁfricas O Automóvel no Espaço
e no Tempo; Memória do f Forum
Sourds “Um Serão no Jardim culturas ocidental e oriental
Tel. 222076310 – Inauguração da Pç. do Município, Tel. 229408643
exposição de Artes Edifício da Alfândega da Primavera” garante a originalidade das
15h - 18h, até 30 de Novembro 15h - 19h, até 19 de Outubro
Notícias do Mundo: a Plásticas “Fronteiras (permanente) O Teatro Municipal Artistas contemporâneos de Macau obras. “No fundo, o que se
Crepúsculos de Outono
selecção de John Pilger Contestadas: jovens 10h - 12h e 14h - 18h Na Casa da Cultura de Melgaço pretende é evidenciar simbo-
Comunicação do
pintura de Manuel Ramos Rivoli oferece uma
Viagem aos Mares artistas africanos” Até dia 2 de Novembro licamente a função das artes
Boreais 21h30 Conhecimento e da entrada dupla aos De 2.ª a 5.ª das 9h00 às 12h30 na fraternização ecuménica
fotografia de Eduardo Lopes
Porta do Paraíso,
Ângelo Torres e Mussá
d´Aude (contadores de
Imaginação
(permanente) MATOSINHOS primeiros cinco leitores e das 14h às 18h00
À 6.ª das 9h00 às 12h30
dos homens e na moção esca-
tológica da unidade do Mun-
Manikarnika Ghat que apresentarem este
estórias) f Museu Nacional f NorteShopping/ e das 14h às 00h30 do”, resume Jorge Rangel. ■
fotografia de Júlio Matos 22h00 da Imprensa FNAC jornal nas bilheteiras.
Colecção Fotográfica Maria Alice (música) E.N., 108 nº 206 (Ao Freixo), R. de Sara Afonso, 105 lj 206 (Senhora da
Ao sábado das 15h às 00h30 CÉLIA MARQUES AZEVEDO
António Pedro Vicente Tel. 225304966 Hora), Tel. 229571650
6 4 LO C A L SECÇÂO 64
PÚBLICO•QUINTA-FEIRA, 9 OUT 2003 PÚBLICO•DATA

A FECHAR
PÚBLICO MINHO

Delegação de Braga: Rua de S. Marcos, 126, 1.º/2.º 4700-306


Braga; Tel: 253 202650; Fax 253 617983 ; E-mail: braga@publico.pt
Delegação de Guimarães: Rua da Rainha D. Maria II, 138, 1.º
4810-277 Guimarães; Tel: 253 415759; Fax: 253 511097;
E-mail: guimaraes@publico.pt

AG E N DA

NOVO HOSPITAL DE BRAGA EM DEBATE


Debate público organizado pelo Bloco de Es-
querda sobre a construção do novo hospital
de Braga. Os intervenientes são Henrique
Botelho, do BE, Ricardo Rio, do PSD, e Mi-
guel Brito, do PP.
Em Braga, no Auditório do Conservatório de
Música Calouste Gulbenkian, às 21h30

ANO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA


A propósito do Ano Europeu da Pessoa com
Deficiência, o Governo Civil de Braga está a
organizar um ciclo de seminários. O de hoje
analisa as “Ajudas técnicas e novas tecno-
logias para a mobilidade e comunicação”.
No mesmo espaço há uma exposição que
envolve 12 empresas, sobre o mesmo tema.
Em Guimarães, no pavilhão Multiusos, às
10h00

FESTA DAS COLHEITAS


O secretário de Estado do Desenvolvimento
Rural, Bianchi de Aguiar, inaugura as obras
de requalificação de dois caminhos agrícolas
(da Senra à Granja e Regadas à Fonte Arcada)
que servem as Freguesias de Barbudo, Turiz e
Laje. Bianchi de Aguiar vai, ainda, inaugurar
oficialmente a Festa das Colheitas – XII Feira
Mostra dos Produtos Locais de Vila Verde que
dura até dia 12.
Em Vila Verde, nos paços do concelho, a
partir das 16h00

VIANA NA TURISPORT
A Câmara Municipal de Viana do Castelo
faz-se representar com um “stand” de pro-
moção turística na feira Turisport - XII Salão
PAULA ABREU
de Turismo, Desporto e Desenvolvimento
Rural, na Galiza. O evento decorre até ao

A “ÁGUA SANTA” DE SERZEDELO


próximo dia 12.
Na Galiza, em Sileda, na Feira Internacional
de Galicia

“25 ANOS DE PALAVRAS”


Apresentação da obra “25 Anos de Palavras”,
de Artur F. Coimbra, com a presença de José
Manuel Mendes, presidente da Associação
Portuguesa de Escritores. O livro é apresen-
A fama da fonte da Senhora o estádio em obras, o Moreirense As análises periódicas à quali- tado pela editora Labirinto com o apoio da
dos Montes, no concelho treinava no campo do Serzedelo dade da água são mandadas fazer Câmara Municipal de Fafe.
de Guimarães, já passou e a fonte era mesmo ali ao lado. Sem parecer ter fim, pela junta de freguesia, já que, se- Em Fafe, no Estúdio Fénix, às 21h30
as fronteiras da freguesia e
“Agora, como já não treinamos a água que corre na gundo o presidente, a “Delegação
em Serzedelo, bebemos água de de Saúde de Guimarães deixou RECEPÇÃO AO CALOIRO
é mesmo apontada como mesa, mas, de facto, antes, duran-
fonte, em Serzedelo, de fazer análises porque não tem Apresentação do cartaz oficial da Recepção
responsável pela subida de te e depois de subirmos de divisão tem já fama de capacidade financeira para supor- ao Caloiro 2003 da Universidade do Minho.
divisão do Moreirense
era aquela a nossa bebida”, finali- ser “milagrosa”. tar os custos”. Assim sendo, cabe Em Braga, na sede da Associação Académi-
za Manuel Machado. Primeiro, porque “fez à autarquia saber da qualidade da ca da Universidade do Minho, às 16h00
Que se saiba, entre os clubes água e, segundo os resultados das
EMÍLIA MONTEIRO de futebol que vão buscar água à o Moreirense subir análises, ela é “puríssima”.
famosa fonte está também, embora de divisão” e depois Sem parecer ter fim, a água que
A fama parece ser maior do que de forma esporádica, o próprio Ser- corre na fonte, em Serzedelo, tem já DIZ-SE
porque, segundo os
o proveito, mas a verdade é que zedelo, quem sabe, na esperança fama de ser “milagrosa”. Primeiro,
a água da fonte da Senhora dos de obter melhores resultados
moradores, “cura porque “fez o Moreirense subir de “O presidente da Câmara de Guimarães
Montes, no lugar de Passos de Ci- desportivos. algumas doenças” divisão” e depois porque, segundo os mente ostensivamente à União Europeia
ma, em Serzedelo, Guimarães, já é Naquela freguesia de Guimarães moradores, “cura algumas doenças”. sobre a propriedade do Estádio D. Afonso
conhecida em quase todo o Norte a população já está habituada ao “A gente quando está adoentada ou Henriques com o fim de obter financia-
de Portugal. De manhã à noite, de- corre-corre de e para a fonte que fica
“A gente quando maldisposta bebe um copito de água mentos comunitários, assume-o em plena
zenas de pessoas carregadas com na encosta do Santuário da Senhora está adoentada ou e começa logo a melhorar”, diz uma Assembleia Municipal, não acontece nada
garrafões, muitas vezes em car- dos Montes. “Já vi donos de restau- maldisposta bebe um moradora que, habituada a esperar e até mostra orgulho no facto (e o Ministério
rinhas e até em tractores, levam rantes a ir lá buscar água”, disse ao copito de água e começa na fila para conseguir encher um Público assobia para o lado)”
água da fonte até às suas casas, PÚBLICO António Gonçalves, que garrafão. Para além da fonte que FRANCISCO SAMPAIO, In “Jornal de
cafés e até mesmo infantários e mora perto da fonte. De resto, entre logo a melhorar” serve o público, há outras duas Notícias”
lares de idosos. Contudo, são os os moradores de Serzedelo não falta “saídas” de água para os chamados
clubes de futebol que mais fama quem garanta ver “com frequência “consortes” ou os antigos herdeiros “Por que é que os vimaranenses, não sendo
têm dado à água. Os jogadores e quase diária carrinhas de infantá- da fonte. Recorde-se que, durante irracionais, não se apercebem que o enorme
técnicos do Moreirense Futebol rios e lares” a encher garrafões de anos, aquela água era usada quase valor exemplar da falsidade praticada pelo
Clube foram dos primeiros a be- água para as crianças e os idosos. só para regar, servindo apenas para seu presidente da câmara é proporcional-
ber da emblemática água da fonte José Carlos Barroso, presidente da abastecer meia dúzia de casas. Ago- mente dissolutora de toda a vida social, uma
da Senhora dos Montes. E, depois Junta de Serzedelo, só bebe daquela ra, a disputa pelo líquido chega a ser vez que mostra, com trombetas e fanfarras,
de começarem a beber, subiram à água. “É muito boa, sabe muito bem problemática. Sobretudo, ao final do que tudo é possível e tudo é legítimo (...)?”
Super Liga de Futebol, onde ainda e é melhor que a água que se com- dia e ao fim de semana, formam-se IDEM, Ibidem
continuam. pra engarrafada, diz o autarca. Das filas de carros e, consequentemente,
“Foi quase uma coincidência” 12 fontes existentes na freguesia, só filas de pessoas à espera de conseguir
– referiu ao PÚBLICO Manuel Ma- três é que têm água potável. E a da encher as garrafas e os garrafões. E
chado, o treinador do Moreirense Senhora dos Montes, de acordo com o lema é : “Se fez bem aos jogadores
– ”mas, a verdade é que bebemos o autarca, é, “de longe, a melhor de- do Moreirense também fará bem a
muita água daquela fonte”. Com las todas”. c1f08ccb-a999-437b-b215-b3e4f5d6f44c toda a gente”. ■

Interesses relacionados