Você está na página 1de 12

28/06/2017

Ana = em partes ; Tomia = cortar

ANATOMIA HUMANA É a ciência que estuda a organização e


estrutura do corpo humano.

Prof. Geraldo

Crânio
Cabeça
Face
Pescoço

Tórax
Tronco
Abdome
Corpo
Humano Raiz Ombro
Superior Braço
Parte livre Antebraço
Mão
Membros
Raiz Quadril
Inferior Coxa
Parte livre Perna

POSIÇÃO ANATÔMICA
PLANOS ANATÔMICOS
•Posição ereta (ortostática)
• Pés juntos: apontando para frente, Frontal

olhar dirigido para o horizonte


•Braços ao longo do tronco e estendidos,
palmas das mãos voltadas para frente Horizontal

•Face palmar: para frente


•Polegares: para fora
Mediano
•Termos “direita e esquerda”: são aqueles
do indivíduo estudado

1
28/06/2017

SUPERIOR OU PROXIMAL

INFERIOR OU DISTAL

Termos de posição e direção


• Termos de Relação:
• Anterior / Ventral / Frontal: na
direção da frente do corpo.
• Posterior / Dorsal: na direção das
costas (traseiro).

•Superior / Cranial: na direção da parte


superior do corpo.
•Inferior / Caudal: na direção da parte
inferior do corpo.

Sistemas do corpo humano


• Sistema nervoso: coleta, transfere e processa
• Sistema circulatório: circulação do sangue como informação com o cérebro e nervos
coração e vasos sanguíneos.
• Sistema digestivo: processamento do alimento
• Sistema respiratório: os órgão usados para com a boca, estômago e intestinos.
inspiração e o pulmão.
• Sistema endócrino: comunicação interna do
• Sistema urinário: os rins e estruturas envolvidas corpo através de hormônios.
na produção e excreção da urina.
• Sistema sensorial: representado pelos sentidos
• Sistema reprodutor: os órgãos sexuais
• Sistema tegumentar: pele, cabelo e unhas
• Sistema ósseo: suporte estrutural e proteção
• Sistema muscular: proporciona o movimento ao
através dos ossos.
corpo.

2
28/06/2017

O sistema cardiovascular
consiste no sangue, no coração e
SISTEMA CIRCULATÓRIO nos vasos sanguíneos.

A função básica do sistema Circulação Pulmonar - leva


cardiovascular é a de levar sangue do ventrículo direito do
material nutritivo e oxigênio às coração para os pulmões e de
células. O sistema circulatório é volta ao átrio esquerdo do
um sistema fechado, sem coração.
comunicação com o exterior,
Circulação Sistêmica - é a
constituído por tubos, que são
maior circulação; ela fornece o
chamados vasos, e por uma
bomba percussora. suprimento sanguíneo para
todo o organismo.

CORAÇÃO
A primeira corrente sai do ventrículo direito Coração tem forma de cone => do tamanho do punho
através do tronco pulmonar e se dirige ao fechado
pulmão. O sangue oxigenado é levado para O coração fica apoiado sobre o diafragma, perto da linha
média da cavidade torácica, no mediastino, a massa de
pelas veias pulmonares e lançado no átrio
tecido que se estende do esterno à coluna vertebral; e entre
esquerdo e em seguida para o v. esquerdo. os revestimentos (pleuras) dos pulmões. Cerca de 2/3 de
massa cardíaca ficam a esquerda da linha média do corpo.
A outra corrente sai do v. esquerdo (pela
A extremidade pontuda do coração é o ápice, dirigida para
aorta) e chega a todos os tecidos.
frente, para baixo e para a esquerda. A porção mais larga do
coração, oposta ao ápice, é a base, dirigida para trás, para
cima e para a direita.

Limites do Coração: A superfície Pericárdio: a membrana que


anterior fica logo abaixo do reveste e protege o coração.
esterno e das costelas. A
superfície inferior é a parte do Miocárdio: é a camada média e
coração que, em sua maior parte a mais espessa do coração. É
repousa sobre o diafragma, composto de músculo estriado
correspondendo a região entre o cardíaco.
ápice e aborda direita.
Endocárdio: é a camada mais
interna do coração.

3
28/06/2017

Configuração Interna:

O coração possui quatro câmaras: dois


átrios e dois ventrículos. Os átrios (as
câmaras superiores) recebem sangue; os
ventrículos (câmaras inferiores)
bombeiam o sangue para fora do
coração.
Entre os a. e os v. existem orifícios Diástole é o relaxamento do
com dispositivos orientadores da músculo cardíaco, é quando
corrente chamados de valvas. os ventrículos se enchem de
sangue, neste momento as
valvas atrioventriculares
estão abertas e as
semilunares estão fechadas.

SISTEMA LINFÁTICO
Tipos de vasos:
• Formado por vasos e órgãos linfóides e nele
Artérias: tubos cilindróides elásticos em
circula a linfa (sistema de drenagem).
que o sangue circula centrifugamente em
relação ao coração • Os vasos linfáticos associam aos linfonodos.
Também formado pelo baço e timo.
Veias: tubos nos quais os sangue circula
centripetamente em relação ao coração.

Capilares: vasos microscópicos,


interpostos entre artérias e veias.

4
28/06/2017

SISTEMA RESPIRATÓRIO NARIZ


A função do sistema respiratório é realizar a troca de gases
O nariz é uma protuberância situada no centro da face, sendo sua
com o ar atmosférico, assegurando permanente concentração de
parte exterior denominada nariz externo e a escavação que
oxigênio no sangue, necessária para as reações metabólicas, e em
apresenta interiormente conhecida por cavidade nasal.
contrapartida servindo como via de eliminação de gases residuais,
que resultam dessas reações e que são representadas pelo gás
carbônico. O nariz externo tem a forma
Este sistema é constituído pelos tratos de uma pirâmide triangular
(vias) respiratórios superior e inferior. O trato de base inferior e cuja a
respiratório superior é formado por órgãos face posterior se ajusta
localizados fora da caixa torácica: nariz verticalmente no 1/3 médio
externo, cavidade nasal, faringe, laringe e da face.
parte superior da traquéia. O trato respiratório As faces laterais do nariz
inferior consiste em órgãos localizados na apresentam uma saliência
cavidade torácica: parte inferior da traquéia, semilunar que recebe o
brônquios, bronquíolos, alvéolos e pulmões. nome de asa do nariz.

O ar entra no trato respiratório através de duas aberturas A cavidade nasal é a escavação no interior do nariz, ela é
chamadas narinas. Em seguida, flui pelas cavidades nasais que subdividida em dois compartimentos um direito e outro esquerdo.
estão revestidas por mucosa respiratória. O septo nasal separa Cada compartimento dispõe de um orifício anterior que é a narina e
essas duas cavidades. Os pelos do interior das narinas filtram um posterior denominado coana. As coanas fazem a comunicação
grandes partículas de poeira que podem ser inaladas. Além disso, a da cavidade nasal com a faringe. É na cavidade nasal que o ar
cavidade nasal contêm células receptoras para o olfato. torna-se condicionado, ou seja, é filtrado, umidecido e aquecido.

A cavidade nasal contêm


várias aberturas de
drenagem, pelas quais o
muco dos seios
paranasais é drenado. Os
seios paranasais
compreendem os seios
maxilares, frontal,
etmoidal e o esfenoidal.

FARINGE

A faringe é um tubo que começa nas coanas e estende-se para


baixo no pescoço. Ela se situa logo atrás das cavidades nasais e
logo a frente às vértebras cervicais. Sua parede é composta de
músculos esqueléticos e revestida de túnica mucosa. A faringe
funciona como uma passagem de ar e alimento.

A faringe é dividida em três regiões


anatômicas:
 nasofaringe,
 orofaringe,
 laringofaringe.

5
28/06/2017

LARINGE

A laringe é um órgão curto que conecta a faringe com a traquéia.


Ela se situa na linha mediana do pescoço, diante da quarta, quinta
e sexta vértebra cervicais.

A laringe tem três funções:

 Atua como passagem para o ar durante a respiração;

 Produz som, ou seja, a voz (por esta razão é chamada de caixa


de voz);

Impede que o alimento e objetos estranhos entrem nas estruturas


respiratórias (como a traquéia).

A laringe desempenha função na produção de som, que resulta na TRAQUÉIA


fonação. Na sua superfície interna, encontramos uma fenda
ântero-posterior denominada vestíbulo da laringe, que possui A traquéia é um tubo de 10 a 12,5cm de comprimento e
duas pregas: prega vestibular (cordas vocais falsas) e prega vocal 2,5cm de diâmetro. Constitui um tubo que faz continuação à
(cordas vocais verdadeiras). laringe, penetra no tórax e termina se bifurcando nos 2 brônquios
principais. Ela se situa medianamente e anterior ao esôfago, e
apenas na sua terminação, desvia-se ligeiramente para a direita.

O arcabouço da traquéia é constituído aproximadamente por


20 anéis cartilagíneos incompletos para trás, que são denominados
cartilagens traqueais.
Inferiormente a traquéia se bifurca, dando origem aos 2 brônquios
principais: direito e esquerdo.

BRÔNQUIOS

Os brônquios principais fazem a ligação da traquéia com os


pulmões, são considerados um direito e outro esquerdo. A traquéia
e os brônquios extrapulmonares são constituídos de anéis
incompletos de cartilagem hialina, tecido fibroso, fibras musculares,
mucosa e glândulas.

Os brônquios principais entram nos pulmões na região chamada


HILO. Ao atingirem os pulmões correspondentes, os brônquios
principais subdividem-se nos brônquios lobares.

Os brônquios lobares subdividem-se em brônquios


segmentares, cada um destes distribuindo-se a um segmento
pulmonar.

6
28/06/2017

Os brônquios dividem-se respectivamente em tubos cada vez


menores denominados bronquíolos. As paredes dos bronquíolos
contém músculo liso e não possuem cartilagem.
Os bronquíolos continuam a se
ramificar, e dão origem a minúsculos
túbulos denominados ductos alveolares.
Estes ductos terminam em estruturas
microscópicas com forma de uva
chamados alvéolos.
Os alvéolos são minúsculos
sáculos de ar que constituem o final das
vias respiratórias. Um capilar pulmonar
envolve cada alvéolo. A função dos
alvéolos é trocar oxigênio e dióxido de
carbono através da membrana capilar
alvéolo-pulmonar.

PULMÕES

Os pulmões são órgãos essenciais na respiração. São duas Ápice do Pulmão: Está voltado cranialmente e tem forma levemente
vísceras situadas uma de cada lado, no interior do tórax e onde se arredondada. Apresenta um sulco percorrido pela artéria subclávia,
dá o encontro do ar atmosférico com o sangue circulante, ocorrendo denominado sulco da artéria subclávia. No corpo, o ápice do pulmão
então, as trocas gasosas (HEMATOSE). Eles estendem-se do atinge o nível da articulação esterno-clavicular
diafragma até um pouco acima das clavículas e estão justapostos às
costelas.
O pulmão direito é o mais espesso e mais largo que o
esquerdo. Ele também é um pouco mais curto pois o diafragma é Base do Pulmão: A base do pulmão apresenta uma forma côncava,
mais alto no lado direito para acomodar o fígado. apoiando-se sobre a face superior do diafragma. A concavidade da
base do pulmão direito é mais profunda que a do esquerdo (devido
O pulmão esquerdo tem uma à presença do fígado).
concavidade que é a incisura cardíaca.

Cada pulmão têm uma forma que


lembra uma pirâmide com um ápice, uma base,
três bordas e três faces.

Pleuras:
É uma membrana serosa de dupla camada que envolve e protege
Divisão: cada pulmão.

Os pulmões apresentam características morfológicas diferentes. A camada externa é aderida à parede da cavidade torácica e ao
diafragma, e é denominada Pleura Parietal (reflete-se na região do
O pulmão direito apresenta-se constituído por três lobos divididos hilo pulmonar para formar a pleura visceral). A camada interna, a
por duas fissuras. Uma fissura obliqua que separa lobo inferior dos Pleura Visceral reveste os próprios pulmões (adere-se intimamente à
lobos médio e superior e uma fissura horizontal, que separa o lobo superfície do pulmão e penetra nas fissuras entre os lobos).
superior do lobo médio.
Entre as pleuras visceral e parietal encontra-se um pequeno espaço,
O pulmão esquerdo é dividido em um lobo superior e um lobo inferior a cavidade pleural, que contém pequena quantidade de líquido
por uma fissura oblíqua. lubrificante, secretado pelas túnicas. Esse líquido reduz o atrito entre
as túnicas, permitindo que elas deslizem facilmente uma sobre a
outra, durante a respiração.

7
28/06/2017

Hilo do Pulmão:

A região do hilo localiza-se na face mediastinal de cada pulmão


sendo formado pelas estruturas que chegam e saem dele, onde
temos: os brônquios principais, artérias pulmonares, veias
pulmonares, artérias e veias bronquiais e vasos linfáticos.

SISTEMA URINÁRIO
 As atividades orgânicas resultam na
decomposição de proteínas, lípides e formação de
produtos que devem ser eliminados para o meio
exterior.
 A urina é um dos veículos de excreção com
que conta o organismo. Assim, o sistema urinário
compreende os órgãos responsável pela formação
da urina: rins, ureteres, bexiga e uretra.

Órgãos do Sistema Urinário tem a forma de um grão de feijão, apresentando


duas faces, anterior e posterior, e duas bordas,
Rim medial e lateral. Suas duas extremidades, sup. e
inf. são denominadas pólos e, sobre o pólo
 É um órgão par, abdominal localizado superior, situa-se a glândula supra-renal.
posteriormente ao peritônio parietal, o que o
identifica como retroperitoneal.

 Os rins estão situados à direita e à esquerda


da coluna vertebral, ocupando o direito uma posição
inferior em relação ao esquerdo, em virtude da
presença do fígado à direita.

8
28/06/2017

Ureter
A borda medial do rim
apresenta uma fissura  É definido como um tubo muscular que
vertical, o hilo, por onde
une o rim á bexiga.
passam o ureter, artéria e
veia renais, linfáticos e
nervos. Estes elementos  Em virtude do seu trajeto, distinguem-se
constituem, em conjunto, duas partes:
o pedículo renal.
Abdominal e pélvica.

Uretra
Bexiga
 Constitui o último segmento das vias
 É uma bolsa situada posteriormente à
urinárias. Difere nos dois sexos, mais em
sínfise púbica e que funciona como
ambos é um tubo mediano que estabelece a
reservatório de urina.
comunicação entre bexiga urinária e o meio
 O fluxo continuo de urina que chega exterior.
pelos ureteres é transformado, graças a ela,
em emissão periódica (micção).  No homem é uma via comum para
 No sexo masc. o reto se coloca-se micção e ejaculação, enquanto na mulher,
posteriormente a ela; no sexo fem. entre o serve apenas à excreção da urina.
reto e a bexiga, situa-se o útero.

SISTEMA REPRODUTOR
Tanto o espermatozoide como o óvulo
caracterizam-se por apresentar somente a metade do
número de cromossomos encontrados normalmente nas
células que constituem o corpo humano.

9
28/06/2017

Sistema Genital Masculino


Os órgãos do sistema genital masculino são os
testículos ducto deferente, ducto ejaculatório e uretra,
as glândulas sexuais acessórias próstata, vesículas
seminais e diversas estruturas de suporte, incluindo o
escroto e o pênis. Os testículos (gônadas masculinas)
produzem espermatozoide e secretam hormônios
(testosterona). O sistema de ductos transporta e
armazena esperma, auxiliando na maturação e o
conduz para o exterior. O sêmen contém esperma mais
as secreções das glândulas sexuais acessórias.

O testículo é um órgão O epidídimo, estende-


par, situado numa bolsa se longitudinalmente na
escroto, localizada trás borda posterior do
do pênis. testículo.

Nos testículos encontramos grande quantidade Os espermatozóides


de finos ductos, de calibre quase capilar, são ai armazenados até
denominados túbulos seminíferos contorcidos, o momento da
onde se formam os espermatozoides. ejaculação.

As vesículas seminais são duas bolsas


O ducto deferente é um membranosas lobuladas, colocadas entre o fundo da
longo e fino tubo par. É bexiga e o reto, obliquamente acima da próstata,
uma continuação do que elaboram um líquido para ser adicionado na
epidídimo. secreção dos testículos.
O funículo espermático
esquerdo é mais longo, o
que significa que o Secretam um líquido que contém frutose e proteínas,
testículo esquerdo vitamina C. A natureza alcalina do líquido ajuda a
permanece em nível mais neutralizar o ambiente ácido da uretra masculina e
baixo que o direito. trato genital feminino, que, de outra maneira, tornaria
inativos e mataria os espermatozoides.

10
28/06/2017

A próstata é um órgão pélvico, ímpar. Consiste em


musculatura lisa e tecido fibroso, mas também
contém glândulas, cuja secreção é acrescentada ao
Uretra: tem cerca de 20cm. Inicia-se na bexiga, líquido seminal.
atravessa a próstata. Possui 3 partes:
- Prostática: quando atravessa a próstata Sua base está encostada no
- Membranosa: quando atravessa o assoalho da colo da bexiga e a primeira
pelve porção da uretra perfura-a
longitudinalmente pelo seu
- Esponjosa: localizada no corpo esponjoso do centro, da base ao ápice.
pênis

Pênis: órgão masculino da cópula. Formado


por dois cilindros superiores: corpos No plano frontal em que os corpos cavernosos
cavernosos do pênis e o inferior: corpo terminam anteriormente, o corpo esponjoso
esponjoso do pênis. apresenta uma dilatação essa denominada
glande. O rebordo que contorna a base da
glande recebe o nome de coroa da glande.
No ápice da glande encontramos um orifício,
que é o óstio externo da uretra.

Envolvendo a parte livre do pênis encontramos


uma pele fina e deslizante, conhecida por
prepúcio.

Escroto: bolsa situada atrás do pênis e abaixo da


sínfise púbica. É divido por um septo em dois
compartimentos, cada um contendo um
testículo.

11
28/06/2017

Sistema Genital Feminino


Tubas uterinas: transportam os óvulos até o útero. É
Ovários: produzem os gametas femininos
um tubo de luz estreita incluído na borda superior do
(óvulos) e hormônios. São fixos no mesovário à ligamento largo do útero
face posterior do ligamento largo do útero

Útero: é o órgão que aloja o embrião. Tem a forma de Vagina: órgão de cópula feminino. É um tubo
uma pera invertida e 4 partes: fundo, corpo, istmo e cujas paredes se tocam. Comunica-se
cérvix. O corpo se comunica com as tubas, o fundo fica superiormente com a cavidade uterina através
acima. A região estreita é o istmo que termina no
do óstio do útero e inferiormente abre-se no
cérvix. O útero possui três camadas: endométrio,
miométrio e perimétrio. vestíbulo da vagina através do óstio da vagina.
A cavidade uterina e a vagina constituem no
conjunto o canal do parto.
Nas virgens o óstio da vagina é fechado
parcialmente pelo hímen.

Órgãos genitais externos:


• Monte púbico: elevação mediana anterior a sínfise
púbica
• Lábios maiores: duas pregas cutâneas alongadas.
Após puberdade apresentam hiperpigmentadas e
cobertas por pelos.
• Lábios menores: duas pregas cutâneas, localizadas
medialmente aos lábios maiores.
• Estruturas eréteis: clitóris
• Glândulas vestibulares maiores: são duas,
localizadas na proximidade do vestíbulo da vagina.

12