Você está na página 1de 6

AULA 02 – AGENTES PÚBLICOS

CONCEITO DE AGENTE PÚBLICO


“São todas as pessoas físicas incumbidas, definitiva ou transitoriamente, do exercício de alguma função
estatal”. (Hely Lopes Meirelles)
“É toda pessoa física que presta serviços ao Estado e às pessoas jurídicas da Administração Indireta”. (Maria
Sylvia Zanella Di Pietro)
Art. 2º, Lei 8.429/92 – “Reputa-se agente público, para os efeitos desta lei, todo aquele que exerce, ainda
que transitoriamente ou sem remuneração, por eleição, nomeação, designação, contratação ou qualquer
outra forma de investidura ou vínculo, mandato, cargo, emprego ou função nas entidades mencionadas no
artigo anterior.”

CLASSIFICAÇÃO DOS AGENTES PÚBLICOS

 Agentes políticos

 Agentes administrativos

 Agentes honoríficos

 Agentes delegados

 Agentes credenciados

*Conforme posição de Hely Lopes Meirelles

 AGENTES POLÍTICOS

 Componentes do Governo nos seus primeiros escalões

 Atuam com plena liberdade funcional

 Prerrogativas e responsabilidades próprias, estabelecidas na Constituição e em leis especiais

Exemplos: Chefes de Executivo (Presidente da República, Governadores e Prefeitos) e seus auxiliares


imediatos (Ministros e Secretários Estaduais e Municipais), Senadores, Vereadores e Deputados.
OBS: Sobre os Magistrados, Membros do Ministério Público e Ministros dos Tribunais de Contas, são
considerados agentes políticos por Hely Lopes Meirelles, mas não por Maria Sylvia Zanella Di Pietro.
 AGENTES ADMINISTRATIVOS

 Vínculo profissional

 Sujeição à hierarquia funcional

 Regime jurídico determinado pela entidade estatal

Exemplos: Servidores Públicos, empregados públicos e temporários.

Art. 37. A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito
Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e
eficiência e, também, ao seguinte: (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998)
I - os cargos, empregos e funções públicas são acessíveis aos brasileiros que preencham os requisitos
estabelecidos em lei, assim como aos estrangeiros, na forma da lei; (Redação dada pela Emenda
Constitucional nº 19, de 1998)
II - a investidura em cargo ou emprego público depende de aprovação prévia em concurso público de provas
ou de provas e títulos, de acordo com a natureza e a complexidade do cargo ou emprego, na forma prevista
em lei, ressalvadas as nomeações para cargo em comissão declarado em lei de livre nomeação e exoneração;
(Redação dada pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998)
III - o prazo de validade do concurso público será de até dois anos, prorrogável uma vez, por igual período;
IV - durante o prazo improrrogável previsto no edital de convocação, aquele aprovado em concurso público
de provas ou de provas e títulos será convocado com prioridade sobre novos concursados para assumir cargo
ou emprego, na carreira;
V - as funções de confiança, exercidas exclusivamente por servidores ocupantes de cargo efetivo, e os cargos
em comissão, a serem preenchidos por servidores de carreira nos casos, condições e percentuais mínimos
previstos em lei, destinam-se apenas às atribuições de direção, chefia e assessoramento; (Redação dada
pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998)
VI - é garantido ao servidor público civil o direito à livre associação sindical;
VII - o direito de greve será exercido nos termos e nos limites definidos em lei específica; (Redação dada pela
Emenda Constitucional nº 19, de 1998)
VIII - a lei reservará percentual dos cargos e empregos públicos para as pessoas portadoras de deficiência e
definirá os critérios de sua admissão;
IX - a lei estabelecerá os casos de contratação por tempo determinado para atender a necessidade
temporária de excepcional interesse público;
(...)
Art. 41. São estáveis após três anos de efetivo exercício os servidores nomeados para cargo de provimento
efetivo em virtude de concurso público. (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998)
§ 1º O servidor público estável só perderá o cargo: (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 19, de
1998)
I - em virtude de sentença judicial transitada em julgado; (Incluído pela Emenda Constitucional nº 19, de
1998)
II - mediante processo administrativo em que lhe seja assegurada ampla defesa; (Incluído pela Emenda
Constitucional nº 19, de 1998)
III - mediante procedimento de avaliação periódica de desempenho, na forma de lei complementar,
assegurada ampla defesa. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998)
§ 2º Invalidada por sentença judicial a demissão do servidor estável, será ele reintegrado, e o eventual
ocupante da vaga, se estável, reconduzido ao cargo de origem, sem direito a indenização, aproveitado em
outro cargo ou posto em disponibilidade com remuneração proporcional ao tempo de serviço. (Redação dada
pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998)
§ 3º Extinto o cargo ou declarada a sua desnecessidade, o servidor estável ficará em disponibilidade, com
remuneração proporcional ao tempo de serviço, até seu adequado aproveitamento em outro cargo.(Redação
dada pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998)
§ 4º Como condição para a aquisição da estabilidade, é obrigatória a avaliação especial de desempenho por
comissão instituída para essa finalidade. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998)

 AGENTES HONORÍFICOS

 Convocados, designados ou nomeados

 Exercício transitório

 Condição cívica ou honorabilidade

Exemplos: Mesários eleitorais, jurados.

 AGENTES DELEGADOS

 Particulares que exercem, em nome próprio, determinadas atividades, por sua conta e risco

 Fiscalizados pelo poder delegante

Exemplos: Leiloeiros, tradutores, intérpretes públicos, notários e registradores.


 AGENTES CREDENCIADOS

 Representam a Administração em determinado ato ou atividade específica

 Remunerados pelo poder credenciante

Exemplos: Artista ou cientista que representa o País em evento internacional.

OBS: Agentes Públicos: Segundo a Profª Di Pietro

. Agentes políticos
Servidores estatutários
. Servidores em sentido amplo Empregados públicos
Servidores temporários

requisição, nomeação ou designação (funções relevantes)


. Particulares em colaboração delegação do Poder Público
Gestores de negócios (espontaneamente, emergências)
. Militares

EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO (BANCAS DIVERSAS)

(TÉCNICO JUDICIÁRIO / TRE-MS / 2013 / CESPE)


01 Considera-se agente público aquele que exerce, mesmo que transitoriamente, cargo, emprego ou função
pública, sempre mediante remuneração pelo serviço prestado.

(ADMINISTRADOR / MS / 2013 / CESPE) Acerca dos agentes públicos, julgue os itens subsequentes.
02 Senadores, deputados e vereadores são considerados agentes políticos.

(ANALISTA TÉCNICO-ADMIN./ MS / 2013 / CESPE) No que tange a agentes públicos, julgue os itens
subsecutivos.
03 Os magistrados, agentes políticos investidos para o exercício de atribuições constitucionais, têm plena
liberdade funcional no desempenho de suas funções, bem como prerrogativas próprias e legislações
específicas.
(TÉCNICO / MPU / 2013 / CESPE) Acerca dos agentes públicos, julgue os próximos itens.
04 Os ministros de Estado são considerados agentes políticos, dado que integram os mais altos escalões do
poder público.

(TÉCNICO JUDICIÁRIO / TRT-8ª REGIÃO / 2013 / CESPE)


05 Os servidores nomeados para cargo de provimento efetivo em virtude de concurso público poderão
adquirir a estabilidade após três anos de efetivo exercício, sendo condição para a aquisição da referida
estabilidade avaliação especial de desempenho por comissão instituída para essa finalidade.

(INVESTIGADOR DE POLÍCIA / PC-BA / 2013 / CESPE) Com relação ao regime constitucional aplicável à
administração pública, julgue os itens subsequentes.
06 É condição necessária e suficiente para a aquisição da estabilidade no serviço público o exercício efetivo
no cargo por período de três anos.

(DELEGADO DE POLÍCIA / PC-BA / 2013 / CESPE) Com relação aos agentes públicos, julgue os itens
subsequentes.
07 Para que ocorra provimento de vagas em qualquer cargo público, é necessária a prévia aprovação em
concurso público.

(AGENTE DE POLÍCIA / PC-DF / 2013 / CESPE) Julgue os itens a seguir, concernentes à administração pública.
08 Os cargos em comissão e as funções de confiança podem ser preenchidos por livre escolha da autoridade
administrativa entre pessoas sem vínculo com a administração pública.

(TÉCNICO / MPU / 2013 / CESPE) Acerca dos agentes públicos, julgue os próximos itens.
09 Admite-se a realização, pela administração pública, de processo seletivo simplificado para contratar
profissionais por tempo determinado para atender a necessidade temporária de excepcional interesse
público.

(NÍVEL SUPERIOR - DIREITO / MC / 2013 / CESPE)


10 O regime jurídico dos agentes públicos contratados por tempo determinado é celetista, logo esses
agentes são considerados empregados públicos.

(TÉCNICO / CNJ / 2013 / CESPE) Consoante à agentes públicos, julgue os itens que se seguem.
11 Considere que determinado cidadão tenha sido convocado como mesário em um pleito eleitoral. Nessa
situação hipotética, no exercício de suas atribuições, ele deve ser considerado agente político e, para fins
penais, funcionário público.

(ANALISTA JUDICIÁRIO / ÁREA JUDICIÁRIA / TRE-MS / 2013 / CESPE) No que se refere aos agentes e
servidores públicos, julgue os próximos itens.
12 Compreendem a categoria de servidores públicos, em sentido amplo, os servidores estatutários, os
empregados públicos e os servidores temporários.

(NÍVEL SUPERIOR - DIREITO / MC / 2013 / CESPE) Julgue os itens subsecutivos.


13 Um artista consagrado contratado para representar o Brasil em um congresso internacional é um agente
credenciado, que é também considerado funcionário público para fins penais.

(AUXILIAR TÉCNICO DE CONTROLE EXTERNO / TCE-PA / 2016 / CESPE) No que concerne aos agentes públicos,
julgue os próximos itens.
14 A definição de servidor público, em sentido amplo, engloba os empregados públicos e servidores
temporários.
15 Por manter com o Estado vínculo de natureza diferenciada, os militares não integram a categoria de
agentes públicos.

(CONHECIMENTOS BÁSICOS – NÍVEL SUPERIOR / CGM JOÃO PESSOA-PB / CESPE CEBRASPE / JANEIRO-2018)
No que se refere ao regime jurídico dos agentes administrativos, julgue os itens que se seguem.
16 A garantia constitucional de permanecer no cargo público após três anos de efetivo exercício denomina-
se efetividade.

17) (ESCRIVÃO DE POLÍCIA / PC-MA / 2018 / CESPE-CEBRASPE) De acordo com a CF, as funções de confiança
A devem ser preenchidas exclusivamente por servidores estáveis e ocupantes de cargo efetivo.
B destinam-se a atribuições de coordenação que demandem relação de confiança pessoal.
C devem ser preenchidas por servidores de carreira nos percentuais mínimos previstos em lei.
D podem ser preenchidas indistintamente por servidores ou não servidores, e seus ocupantes são
demissíveis ad nutum.
E destinam-se apenas às atribuições de direção, chefia e assessoramento.

GABARITO
01 ( E ) 02 ( C ) 03 ( C ) 04 ( C ) 05 ( C ) 06 ( E )
07 ( E ) 08 ( E ) 09 ( C ) 10 ( E ) 11 ( E ) 12 ( C )
13 ( C ) 14 ( C ) 15 ( E ) 16 ( E ) 17 ( E )

“Eu perdi mais de 9 mil tiros livres em minha carreira. Eu perdi quase 300 jogos. Em 26 vezes e tive a bola
do jogo e perdi. Eu falhei uma e outra vez em minha vida. E é por isso que eu consegui” (Michael Jordan)