Você está na página 1de 3
TRANSFERENCIA DE FASE RESERVA COM CHAVES SECCIONADORAS MONOPOLARES. DATA: 04/12/14 A aplicação mais comum de

TRANSFERENCIA DE FASE RESERVA COM

CHAVES SECCIONADORAS MONOPOLARES.

DATA: 04/12/14

COM CHAVES SECCIONADORAS MONOPOLARES. DATA: 04/12/14 A aplicação mais comum de chaves secionadoras monopolares

A aplicação mais comum de chaves secionadoras monopolares motorizadas de Alta tensão, são sua aplicação para manobras de transferência de fases reservas em banco de transformadores.

Banco de transformadores.

A necessidade de aplicação dos bancos de transformadores no sistema elétrico é o

atendimento da premissa do sistema de transmissão, da continuidade dos serviços de transmissão de energia mesmo considerando uma contingência simples (N-1).

Isto posto uma falha em um transformador não pode afetar a continuidade dos serviços, a solução mais econômica para o atendimento do critério (N-1) geralmente é a aplicação de bancos monofásico com uma fase reserva (3+1), ao invés de 2 x Transformadores trifásico.

Transferência de fase reserva.

Para minimizar o tempo de transferência do equipamento reserva, que as vezes pode ser feita

através da movimentação física do transformador através de sistema de arraste sobre trilhos,

ou com a conexão e desconexão dos cabos manualmente do barramento da Subestação, é

comum a aplicação de chaves monopolares motorizadas, dos lados de alta e baixa do transformador, por exemplo (500/230) kV.

Chaves seccionadoras

A configuração mais comum para transferência de chaves é a (3+3) sendo 3 chaves de fechamento horizontal (Normalmente a do tipo AV) e 3 chaves de fechamento vertical em tubo (Normalmente a SSP), para uso do transformador reserva.

DIAGRAMA UNIFILAR Princípio de funcionamento. Na condição normal a manobra do transformador é feito a

DIAGRAMA UNIFILAR

DIAGRAMA UNIFILAR Princípio de funcionamento. Na condição normal a manobra do transformador é feito a partir

Princípio de funcionamento.

DIAGRAMA UNIFILAR Princípio de funcionamento. Na condição normal a manobra do transformador é feito a partir

Na condição normal a manobra do transformador é feito a partir das chaves secionadora de fechamento horizontal, e a fase reserva fica ligada diretamente a um barramento em tubo

transversal, na eventual substituição de uma fase, a chave de fechamento horizontal é aberta

e a montante fecha-se a chave seccionadora de fechamento vertical permitindo dessa forma

a energização da fase reserva, conforme arranjos abaixo;

PLANTA – Banco de transformador e chaves monofásicas Chave BT – AV, manobra Trafo Chave
PLANTA – Banco de transformador e chaves monofásicas Chave BT – AV, manobra Trafo Chave
PLANTA – Banco de transformador e chaves monofásicas
Chave BT – AV,
manobra Trafo
Chave BT – SSP,
transferência de
fase reserva
Chave AT – SSP,
transferência de
fase reserva
Chave AT – AV,
manobra Trafo

CORTE – Banco de Transformador e chaves monofásicas

Chave AT – SSP, transferência de fase reserva Chave AT – SSP, transferência de fase
Chave AT – SSP,
transferência de
fase reserva
Chave AT – SSP,
transferência de
fase reserva
Chave BT – AV,
manobra Trafo

Chave BT – SSP, transferência de fase reserva

Centro de Negócios de Subestações - CNS

Claudinei H. Santana

WEG Transmissão & Distribuição

Fone: 55 11 5053-2391

Aplicação

Cel.: 55 11 9-8262-9512

Fax: 55 11 5052-4212

e-mail/MSN: claudineis@weg.net