Você está na página 1de 3

Centro De Terapia Holística Mãos Que Curam

Aluno: Jhonathas de Morais Reis

Coluna vertebral

A coluna vertebral é formada por 33 vértebras, sendo 24 pré-sacrais


(cervicais, torácicas e lombares), cinco vértebras sacrais e o cóccix, que é
formado por quatro vértebras, e por completo se estende do crânio até a pelve.
São nomeadas de acordo com a letra do nome da região onde estão situadas,
bem como suas posições na coluna. A primeira região é a cervical, que se
estende desde a base do crânio até próximo a parte posterior abaixo do pescoço,
contando com 8 vertebras nomeadas de C mais o número da ordem em que
seguem. Após a área cervical localiza-se a área torácica que é composta por 12
vértebras denominadas de T mais o número de acordo com sua posição na
coluna. Logo após, vem a região lombar, que por sua vez é composta por 5
vértebras (L), e na sequência região sacral (S) com 5 vértebras e região
coccígea.
A principal função da coluna vertebral é a sustentação músculo
esquelética do tronco e a garantia de postura, assim como a proteção da medula
espinhal e raízes nervosas. Desse modo, destaca-se a importância da saúde da
coluna para que suas funções sejam de fato exercidas.
Há diversos males que afetam a coluna e costas como um todo,
deficitando a saúde de quem é acometido, levantando não somente questões
orgânicas, mas também psicológicas.
Entre os males mais comuns que acometem a saúde global do ser, estão:
a fibromialgia, a hérnia de disco e a dor crônica.
A fibromialgia é uma síndrome em que a pessoa acometida sente dores
por diversas partes do corpo, incluindo articulações, músculos e ossos. As áreas
mais afetadas ou os chamados “pontos de dor” são a região da coluna cervical,
a coluna torácica e articulações.
A hérnia de disco é uma alteração no disco intervertebral da coluna que
provoca o extravasamento de parte do disco, gerando assim dor entre as
vértebras que comprimem o disco extravasado. Não existe uma localização mais
comum na coluna para uma hérnia aparecer, pois desde a C-1 (Cervical 1) até a
L-5 (Lombar 5) existem discos entre as vértebras.
A dor crônica é uma condição originaria de vários fatores, entre eles,
orgânicos e psicológicos. Quando a dor torna-se crônica, há indícios de que
disfunções orgânicas acometem alguma parte do sistema nervoso, surgindo
juntamente com alguma doença músculo esquelética. Desse modo, todas as
doenças músculo esqueléticas podem se tornar a condição de dor crônica se
não tratadas.
Referências

AIRES, Elaine. O que é Dor Crônica e principais tipos. Tua Saúde. 2018.
Disponível em: <https://www.tuasaude.com/o-que-e-dor-cronica/>. Acesso em:
09 nov. 2018.

AULA de Anatomia.com. Coluna vertebral. Aula de Anatomia.com. 2018.


Disponível em: < https://www.auladeanatomia.com/novosite/sistemas/sistema-
esqueletico/coluna-vertebral/>. Acesso em: 09 nov. 2018.

PINHEIRO, Marcelle. Tudo sobre Hérnia de disco. Tua Saúde. 2018.


Disponível em: <https://www.tuasaude.com/hernia-de-disco/>. Acesso em: 09
nov. 2018.

REDAÇÃO. Fibromialgia: o que é, causas, sintomas e tratamentos. Minha Vida.


2018. Disponível em: <https://www.minhavida.com.br/saude/temas/fibromialgia>. Acesso
em: 09 nov. 2018.

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. Coluna vertebral. Mundo educação. 2018.


Disponível em: <https://mundoeducacao.bol.uol.com.br/biologia/coluna.htm>.
Acesso em: 09 nov. 2018.