Você está na página 1de 2

Atletismo

Vencedor da São Silvestre considera difícil a vitória


Luanda - O vencedor da São Silvestre de Luanda edição 2008, o etíope Ibrain Cashu Jeilan, que
cronometrou nos 15 quilómetros o tempo de 43:38 minutos, reconheceu que a conquista do título
foi muito difícil entre os quatro primeiros classificados, porque cada um deles poderia vencer a

prova.

"A prova foi muito difícil porque a vitória só foi conquistada nos último segundos e todos os
adversários apresentaram uma boa replica, pelo que todos estão de parabéns", argumentou.

Classificação

1 – Ibrain Cashu Jeilan (etíope) 43:38 minutos


2 - Tony Wamulwa (Zâmbia) 43:40
3 – Nasir Husen (etíope) 43:40
10 – Tiago Baptista (Angola) 45:46

Atletismo
Seleccionador nacional surpreendido com classificação dos
angolanos
Luanda - O seleccionador nacional de atletismo, Lázaro João, disse hoje (quarta-feira), em
Luanda, ter ficado surpreendido com a classificação alcançada dos atletas da selecção nacional,
nomeadamente Avelino Dumbo e Ernestina Paulino, na 53ª edição da
São Silvestre de Luanda.

Ao falar à Angop, o treinador disse que a preparação efectuada na cidade do Lubango, província
da Huíla, dava-lhe garantias de que os atletas Avelino Dumbo e Ernestina Paulino ficariam bem
posicionados no “podium” como era a meta principal.

"Não sei o que se passou com os atletas na prova que eu considero difícil porque os corredores
estrangeiros estiveram em grande nível, por isso destacaram-se nos três primeiros lugares nas
duas classes", realçou.

Avelino Dumbo ficou na 19ª posição, enquanto Ernestina Paulino foi a quarta classificada.

O atleta Tiago Baptista, do Recreativo do Libolo do Kwanza Sul, obteve a melhor classificação
nacional na classe masculina na corrida pedestre São Silvestre, ao ocupar a 10ª posição com o
tempo de 45 minutos e 46 segundos, em quinze quilómetros.

A prova, bastante disputada pelos ocupantes do podium, teve como vencedor o etíope Ibrahin
Jeilan, que totalizou 43 minutos e 38 segundos, seguido de Tony Amulwa, da Zâmbia (43.39) e do
seu compatriota Nasiri Husain, com menos um segundo (43.40).

Na classe feminina, a melhor angolana foi a atleta Ernestina Paulino, da selecção nacional, que
ocupou o quarto lugar, com o tempo de 51 minutos e 12 segundos.

A queniana Grace Momany revalidou o título com 48m. 50s, enquanto a etíope Mamuty Daska
conquistou a segunda posição (50m.52s) e Angelina Mutuku, igualmente do Quénia, terminou no
terceiro posto, com 51 minutos e seis segundos.

Para além de Tiago Baptista, o Recreativo do Libolo fez-se representar por dois etíopes, cujos
resultados, ainda desconhecidos, podem se considerar aquém dos desejados.