Você está na página 1de 28
Animais que já foram eternizados no Hall da Fama ABQM Desde sua origem, a raça
Animais que já foram eternizados no Hall da Fama ABQM
Desde sua origem, a raça Quarto de Milha tornou-se
ao longo dos anos um ponto de referência mundial
entre todas as espécies equinas, fruto de suas
inúmeras qualidades genéticas, como a marcante
estrutura morfológica, velocidade, docilidade e,
principalmente, por sua versatilidade em executar
funções atléticas nas mais variadas modalidades.
No Brasil, alguns exemplares fizeram e ainda
fazem parte da história, tornando-se ícones na
reprodução e que mereceram ser homenageados
pela ABQM no Hall da Fama.
2011
Bianca EB33
Caracolito
Cromita MA 10
Dash For Cash Jr
2012
El Zorrero
Feature Ferrari
Shady Leo
Signed To Fly
2013
Eternaly Fred
Holland Ease
Keys To The Moon
Sanjay
2014
Apollo VM
Don Diego Bars
Melodys Dun It
Shady Apolo Bars
2015
For Tears Only
Jazzy Jay
Mr Jay Bee Dee
Trouble Two Times

Conheça o Cavalo Quarto de Milha

Origem do Quar to de Mi l ha

História

A raça Quarto de Milha foi a primeira a ser desenvolvida na América. Ela surgiu nos Estados Unidos por volta do ano de 1600. Os primei- ros animais foram trazidos da Arábia e Turquia para a América do Norte pelos exploradores e comerciantes espanhóis. Os garanhões escolhidos eram cruzados com éguas que vieram da Inglaterra. O cruzamento produziu cavalos compactos, com músculos fortes, po- dendo correr distâncias curtas mais rapidamente do que qualquer outra raça. O cavalo foi se especializando no trabalho com o gado. Nos finais de semana os colonizadores se divertiam promovendo corridas nas ruas das vilas e pelas estradas dos campos, perto das plantações, com distância de um quarto de milha (402 metros), origi- nando o nome da raça do cavalo.

milha (402 metros), origi- nando o nome da raça do cavalo. Wimpy, o cavalo americano precursor

Wimpy, o cavalo americano precursor da raça

Padrão Racial

Características: Cavalo muito versátil, dócil, rústico e inteligente, com altura média de 1,52m, cabeça pequena, fronte ampla, perfil reto, olhos grandes e bem afastados. Pescoço piramidal com linha supe- rior reta, dorso e lombo curto, garupa levemente inclinada, peito profundo, membros fortes e providos de excelente musculatura. Influências: Cavalo Espanhol - Contribuiu para a agilidade e solidez da constituição; e Cavalo Puro Sangue Inglês - Melhorou a velocidade, a conformação e o movimento.

e solidez da constituição; e Cavalo Puro Sangue Inglês - Melhorou a velocidade, a conformação e
Pelagens Oficiais Alazão É a pelagem mais comum da raça Quarto de Milha. Trata-se de
Pelagens Oficiais Alazão É a pelagem mais comum da raça Quarto de Milha. Trata-se de

Pelagens Oficiais

Alazão

É a pelagem mais comum da raça Quarto de Milha. Trata-se de animais com todo o corpo coberto por pelos de tonalidade aver- melhada. Os membros, crina e cauda possuem a mesma tonali- dade. O cruzamento entre animais alazães, obrigatoriamente gera produtos alazães.

animais alazães, obrigatoriamente gera produtos alazães. Castanho Animais castanhos possuem uma to- nalidade no corpo

Castanho

Animais castanhos possuem uma to-

nalidade no corpo bem avermelhada,

e os membros crina e cauda pretos. É

segunda pelagem mais comum nos animais da raça.

a

É segunda pelagem mais comum nos animais da raça. a Tordilho Caracteriza-se pela infiltração progressiva de
É segunda pelagem mais comum nos animais da raça. a Tordilho Caracteriza-se pela infiltração progressiva de

Tordilho

Caracteriza-se pela infiltração progressiva de pelos brancos no ani- mal. Comumente os primeiros pelos brancos começam a aparecer na região da cabeça e se espalham por todo o corpo do animal conforme ele se desenvolve. Os animais nascem com uma pelagem base e conforme ficam mais velhos os pelos brancos vão aumentando de forma anteroposterior. Para um animal ser tordilho, obrigatoriamente um de seus genitores também deve ser tordilho.

Zaino

É a pelagem em que pelos pretos e castanhos se entre- meiam, dando uma tonalidade geral escura, com regiões como bochechas, axilas, flancos e virilhas com tonalidade amareladas, mais claras que as demais partes do corpo.

Baio

amareladas, mais claras que as demais partes do corpo. Baio Essa pelagem caracteriza-se pelo corpo ser
amareladas, mais claras que as demais partes do corpo. Baio Essa pelagem caracteriza-se pelo corpo ser
amareladas, mais claras que as demais partes do corpo. Baio Essa pelagem caracteriza-se pelo corpo ser

Essa pelagem caracteriza-se pelo corpo ser de tonalidade amarelada ou doura- da, e possuir a crina, cauda e membros pretos. Os animais de pelagem baia po- dem, também, apresentar zebruras nas perdas e a lista de burro no dorso.

Baio Amarilho

É caracterizado por tonalidade amarelo-

-dourado no corpo e membros e a crina

e cauda um tom mais claro, podendo chegar ao branco.

Conheça as outras pelagens oficiais no Portal da ABQM: www.abqm.com.br

outras pelagens oficiais no Portal da ABQM: www.abqm.com.br Conhecendo a ABQM Tudo começou em 1955, quando
Conhecendo a ABQM
Conhecendo
a ABQM

Tudo começou em 1955, quando a Swift-King Ranch (SKR) importou seis animais dos Estados Unidos para o Brasil, vindos de sua matriz norte- -americana no Texas, a famosa King

Ranch. À medida que vários pecua- ristas e outros homens de negócios ti- veram a oportunidade de conhecer os animais Quarto de Milha, começaram a pressionar a SKR para que lhes ven- dessem alguns exemplares. A compa- nhia atendeu a poucos criadores, ven- dendo um número reduzido de potros. Em 15 de agosto de 1969, foi fundada

a Associação Brasileira de Criadores

de Cavalo Quarto de Milha (ABQM), no Parque da Água Branca, em São Paulo, onde se encontra atualmente.

da Água Branca, em São Paulo, onde se encontra atualmente. A criação da entidade veio ao

A criação da entidade veio ao encontro

dos anseios de um grupo de criadores entusiastas e visionários, que vislum- braram no Quarto de Milha americano

uma raça forte, versátil e apta a cons- truir uma história de sucesso no Brasil.

A missão da ABQM é a de fomentar

a raça em todo território nacional por meio de realizações de eventos e apoio a núcleos e associações

afiliadas, preservando seu padrão e prestando serviços com excelência, gerando valores para os asso- ciados, criadores, colaboradores e sociedade.

Nas últimas décadas, a raça Quarto de Milha assumiu a liderança do mercado equestre nacional, mostrando vários recordes:

• 97,9 mil proprietários de animais, sendo destes 28 mil associados da ABQM.*

• 480 mil animais registrados na ABQM.*

• Mercado: Foram promovidos 173 leilões, com a venda de 6.082 exemplares da raça, totalizando R$

263,9 milhões e valores médios de R$ 43,4 mil. (Fonte: Dados fornecidos pelas leiloeiras de varias regiões do país).

• A mão de obra empregada nos haras que possuem animais da raça Quarto de Milha chega em torno

de 300 mil trabalhadores, entre eles tratadores, treinadores, cavalariços, jóqueis, veterinários, zootec- **

nistas, ferradores, tratoristas, carpinteiros, etc

• As premiações distribuídas em eventos oficiais e oficializados pela ABQM, em 2015, passaram de R$ 4 milhões, fomentando a raça por todo o país.***

*Números referentes até 30 de novembro de 2015. (Fonte: Stud Book/Portal ABQM) **Números referentes até 30 de novembro de 2015. (Fonte: Revista QM/Portal ABQM) ***Números referentes até 30 de novembro de 2015. (Fonte: Esportes/Portal ABQM)

O que preciso saber antes de ter

um cavalo Quarto de Milha?

Antes de adquirir um cavalo, o potencial dono deve colocar para si mesmo algumas questões. Ter um cavalo implica que dispensemos algum tempo para tratar dele e que ele possa estar alojado em uma propriedade rural, em condições de recebê-lo, em um centro de treinamento ou uma hípica, pois estes fatores são importantes para o bem-estar do animal. A presença de um veterinário durante o processo de avaliação e compra do cavalo é muito importante.

Você precisa saber para qual atividade pretende usar esse cavalo.

• Em Competições/Esporte Equestre

Por se tratar de animais muito versáteis, vêm ganhando destaque em diversas modalidades, tais como: três tambores, prova de rédeas, seis balizas, laço, corrida, entre outras.

destaque em diversas modalidades, tais como: três tambores, prova de rédeas, seis balizas, laço, corrida, entre
• Para o Trabalho Na lida com o gado, locomoção em áreas rurais e nos

• Para o Trabalho

Na lida com o gado, locomoção em áreas rurais e nos trabalhos agrícolas, pois possuem impressi- onante senso de boi, que os ameri- canos chamam de cow sense.

• Para o Lazer

O cavalo Quarto de Milha é um dos equinos mais dóceis e inteligentes do mundo. Com seu trote longo e suave muitas pessoas estão à pro- cura para o seu dia a dia, para o la- zer em família e para o divertimento do final de semana.

zer em família e para o divertimento do final de semana. • Para a Equoterapia Nos
zer em família e para o divertimento do final de semana. • Para a Equoterapia Nos

• Para a Equoterapia

Nos tratamentos de crianças e adultos, devido às suas carac- terísticas naturais de morfolo- gia, versatilidade e, mais impor- tante, pela docilidade do Quarto de Milha.

É natural os compradores se tornarem mais exigentes e estarem sempre em busca de qualidade do melhor animal para a sua modalidade. É muito importante que os interessados estejam atentos a esse mercado.

Como obter informações sobre o Quarto de Milha?

Procure conhecer e obter informações sobre o cavalo Quarto de Milha, o que o ajudará a tomar uma decisão mais acertada. A ABQM possui diversos meios de comunicação onde você pode obter essas informações.

Revista Quarto de Milha Órgão de divulgação desde 1984 que se tor- nou fundamental fonte
Revista Quarto de Milha
Órgão de divulgação desde 1984 que se tor-
nou fundamental fonte cultural e histórica da
raça, sendo reconhecido com grande credi-
bilidade no setor por seu conceito editorial,
criando um forte vínculo com criadores,
competidores, treinadores, mídia e todos
os envolvidos com a indústria do cavalo no
mundo. Veiculação de seis edições anuais
com tiragem de 8 mil exemplares cada.
TV Quarto de Milha
Mídia eletrônica que tem como objetivo
mostrar imagens de toda a versatilidade,
beleza estrutural, docilidade e rapidez do
cavalo Quarto de Milha que o torna o pre-
ferido da família brasileira. Com progra-
mas semanais inéditos e exclusivos que
mostram importantes reportagens dos
principais eventos esportivos e o merca-
do da raça. A TV Quarto de Milha é uma
realização da ABQM, produção do Horse
Brasil e veiculação do Canal Terra Viva,
transmitido todas as terças e quintas às
20h30. Você também pode assistir aos
programas no site da ABQM.
Portal da ABQM Dinâmico e atualizado, é abas- tecido diariamente com infor- mações e imagens
Portal da ABQM
Dinâmico e atualizado, é abas-
tecido diariamente com infor-
mações e imagens sobre tudo
o que acontece no universo do
Quarto de Milha.
www.abqm.com.br
Redes Sociais O Twiter (twitter.com/abqm_oficial) e o Facebook (facebook.com/abqmoficial) proporcionam aos usuários se
Redes Sociais
O Twiter (twitter.com/abqm_oficial) e o Facebook (facebook.com/abqmoficial)
proporcionam aos usuários se atualizarem com publicações, permitindo que
compartilhem e expressem suas ideias com críticas e sugestões.

Ter um cavalo é muito caro?

O mundo equestre dispõe de muitas opções de compra e acomodações de animais. Sempre haverá
O mundo equestre dispõe de muitas opções de compra e acomodações de animais. Sempre haverá
uma opção que caberá no seu bolso. É importante sempre pensar:
• Genética
O valor de um cavalo está diretamente ligado à sua qualidade genética e ao seu desempenho. Isto é,
ser filho (a) dos grandes animais ganhadores da raça e também ao seu próprio desempenho esportivo
comprovado nas pistas. Desta forma, o preço de cada animal pode variar bastante conforme sua gené-
tica, sua idade, seu gênero e sua beleza. Pelagens diferenciadas são bastante procuradas em função
do efeito visual e também o seu desempenho nas pistas, quando já for um animal em idade para ser
treinado. Dessa forma, fica fácil escolher seu primeiro Quarto de Milha de acordo com o investimento
que você pretende fazer.
• Cuidados
Todas essas variáveis devem ser analisadas antes de adquirir um animal. Há também alguns gastos
que devem ser levados em conta, como a alimentação, ferraduras, remédios, vitaminas, custo com
médico veterinário, tratadores, entre outros, além dos equipamentos, como sela, arreios, etc
• Responsabilidade
Todas essas contas devem ser colocadas na ponta do lápis antes de se tomar qualquer decisão, e vale
lembrar que o animal deve ser sempre muito bem tratado. Criar cavalos não só é uma atividade que
envolve muito prazer, mas também uma grande responsabilidade.
muito prazer, mas também uma grande responsabilidade. Como comprar um Quarto de Milha? • Criadores e
Como comprar um Quarto de Milha? • Criadores e Proprietários Diversos criadores em seus haras
Como comprar um Quarto de Milha?
• Criadores
e
Proprietários
Diversos criadores em seus haras e proprietários da raça promovem venda de animais o ano inteiro,
você poderá visitar o estabelecimento para conhecer os animais, o modelo da criação e a sanidade
do plantel, para verificar a idoneidade e qualidade da criação de seu animal. Alguns criadores também
aceitam negociar o valor da compra a prazo.
• Leilões
Outra forma de adquirir os animais é através de leilões, que comumente são vendas a prazo. Há diver-
sas modalidades de leilões (virtuais e presenciais, quase todos transmitido pelas TVs do Agronegócio),
de acordo com a atividade do animal e o valor genético, influenciando no seu preço.
• Arrendamento
É possível também arrendar um cavalo de um proprietário, oficializar essa transferência regularmente
na ABQM por um tempo definido pelo arrendador e o arrendatário. Desta forma, você terá um animal
por um período estipulado, e a negociação é feita diretamente com o dono original do animal. É uma
maneira interessante para conhecer o animal e a raça.
• Centros
de
Treinamentos
Existem também os centros de treinamento onde você poderá alocar seu animal e além de dispor de
toda a estrutura, manejo sanitário e treinamento que você mesmo pode fazer. Lembrando sempre que,
como em toda a prática esportiva, o treinamento dos animais e dos cavaleiros é muito importante para
aprimorar o desempenho de ambos nas provas.
Quem pode me orientar? • Té cnicos C re denciados da AB QM - Inspetores
Quem pode me orientar?
• Té cnicos
C re denciados
da
AB QM
- Inspetores - São responsáveis por fazer a inspeção zootécnica, certificação das datas informadas,
análise da morfologia para verificar se o animal está enquadrado no padrão racial e acompanhamento
dos tramites de registro do animal no Stud Book da ABQM.
-
Juízes Oficiais - São responsáveis pelo julgamento das modalidades, analisando criteriosamente
o
desempenho do cavalo e do competidor durante a prova, seguindo sempre o regulamento oficial.
Profissionais
da
área
Zootecnistas, veterinários, agrônomos, treinadores e assessores especializados.
• Núcleos
do
Cavalo
Quarto
de
Milha
Nossos núcleos estão espalhados por todo o Brasil, procure um próximo a sua região.
• ABQM
Sempre à disposição para esclarecimentos.

Quais são os Núcleos do cavalo Quarto de Milha?

Os Núcleos são braços avançados da Associação e trabalham em conjunto com a ABQM, contribuin-
Os Núcleos são braços avançados da Associação e trabalham em conjunto com a ABQM, contribuin-
do com a missão de fomentar a raça e as modalidades equestres em todo o território brasileiro. Para
saber mais sobre os Núcleos que estão próximos da sua região, acesse o site www.abqm.com.br e
veja as formas de contato.

Comprei um Quarto de Milha. O que fazer?

O vendedor obrigatoriamente e você também precisam informar a transação do cavalo à ABQM, atra-
O vendedor obrigatoriamente e você também precisam informar a transação do cavalo à ABQM, atra-
vés da Guia de Transferência de Propriedade, para que o cavalo seja registrado em seu nome. A
ABQM é responsável pelo registro genealógico dos cavalos Quarto de Milha, o que prova a sua des-
cendência e quem é o seu proprietário.

Quais Vantagens eu tenho em ser um Associado da ABQM?

• Desconto de até 50% na Tabela de Emolumentos pelos serviços solicitados no Stud Book
• Desconto de até 50% na Tabela de Emolumentos pelos serviços solicitados no Stud Book
• Participar das provas oficiais e oficializadas pela ABQM
• Votar e ser votado nas eleições para escolha do Conselho de Administração, Diretoria Executiva e
Conselho Fiscal (conforme regras estatuárias) podendo ocupar cargo diretivo.
• Receber gratuitamente a revista Quarto de Milha impressa e digital, malas diretas, informativos e
circulares.
• Participar de cursos, palestras, comercializar animais em leilões oficiais e competir, concorrendo a
prêmios em dinheiro, troféus e etc., nas provas oficiais realizadas pela ABQM.

Gostei, quero me associar! Quais os procedimentos?

Acesse o Site www.abqm.com.br e clique no botão Fique Sócio, preencha as informa- ções solicitadas
Acesse o Site www.abqm.com.br e clique no botão Fique Sócio, preencha as informa-
ções solicitadas e, após pagar a anuidade do plano escolhido, receberá sua carteirinha de Associado
da ABQM e terá acesso a todos os benefícios.

Quero participar das provas. Preciso comprar um cavalo?

Também é possível através do arrendamento oficializado na ABQM, para que o animal esteja no
Também é possível através do arrendamento oficializado na ABQM, para que o animal esteja no nome
do competidor pelo tempo determinado pelo arrendatário e o arrendador.

Não tenho experiência, vou competir com quem é experiente?

A ABQM dispõe de diversas categorias de competidores para que a disputa ocorra com nível
A ABQM dispõe de diversas categorias de competidores para que a disputa ocorra com nível de
experiência semelhante. Inicialmente, sugere-se que o competidor participe de provas na Categoria
Amador Principiante (nesta modalidade ele poderá, inclusive, montar em cavalos de terceiros). A se-
guir, poderá participar da Categoria Amador (19 anos ou mais), neste caso o cavalo tem que ser de
sua propriedade ou arrendado. Há também as categorias para os jovens (18 anos ou menos), além
desta possui também a Categoria Jovem dividida por idade: Jovem A de 11 anos ou menos, Jovem B
de 12 a 14 anos e a Jovem C de 15 a 18 anos (para que um competidor mais velho não concorra com
um muito novo), e a Jovem Principiante para aqueles que estão começando nas provas equestres.

Quais são as provas existentes e onde posso competir?

São mais de 400 provas anualmente oficializadas pela ABQM. Em algumas regiões do país, certas
São mais de 400 provas anualmente oficializadas pela ABQM. Em algumas regiões do país, certas
modalidades são mais praticadas. Exemplos: No Nordeste, a Vaquejada é muito valorizada e agora
começa também o Tambor. No Centro Oeste, as provas de Laço Comprido são bem concorridas.
Para começar, o ideal seria participar de provas realizadas por Núcleos do Quarto de Milha mais próxi-
mos de sua cidade e depois em provas maiores de Associações de Modalidades ou Oficiais da ABQM.

Quais são os Eventos Oficiais da ABQM?

São ao todo nove eventos anuais da Raça no Brasil, os únicos em lugar determinado e fixo são os eventos da Corrida, que são realizados no Jockey Clube do próprio Quarto de Milha, em Sorocaba. Os demais podem ser rotativos, sendo que os três eventos maiores das modalidades de Trabalho e Con- formação, são realizado em Avaré, mas podem também ser organizados em outros recintos, desde que ofereçam as condições exigidas pela ABQM.

Campeonato Nacional – Conformação e Trabalho

Avaré/SP: Parque de Exposições Dr. Fernando Cruz Pimentel (EMAPA).

Congresso -Brasileiro Conformação e Trabalho

Avaré/SP: Parque de Exposições Dr. Fernando Cruz Pimentel (EMAPA).

Potro do Futuro, Copa dos Campeões e Derby – Conformação e Trabalho

Avaré/SP: Parque de Exposições Dr. Fernando Cruz Pimentel (EMAPA).

Congresso & Derby Brasileiro – Vaquejada

Nordeste.

Potro do Futuro & Campeonato Nacional – Vaquejada

Nordeste.

South America Rancing Challenge – Corrida

Jockey Club de Sorocaba: Rodovia Presidente Castelo Branco, km 86,5 -Sorocaba – SP, local exclusivo do Quarto de Milha.

GP ABQM Potro do Futuro de Corrida e GP Rei e Rainha da Velocidade – Corrida

Jockey Club de Sorocaba: Rodovia Presidente Castelo Branco, km 86,5 - Sorocaba – SP, local exclusivo do Quarto de Milha.

Campeonato Nacional & Potro do Futuro – Laço Comprido

Campo Grande/MS.

Congresso Brasileiro – Laço Comprido

Esteio/RS: Expointer: Av. Independência – Novo Esteio, Esteio – RS.

Quais são as modalidades que o Quarto de Milha participa?

Quais são as modalidades que o Quarto de Milha participa? Pela sua versatilidade, o Cavalo Quarto

Pela sua versatilidade, o Cavalo Quarto de Milha proporciona aos cavaleiros as opções de várias modali- dades de provas com muita qualidade e competitividade. Atualmente a ABQM possui 21 modalidades.

Três Tambores A modalidade dos Três Tambores é uma das competições de velocida- de mais
Três Tambores
A modalidade dos Três Tambores é
uma das competições de velocida-
de mais emocionante entre todas as
provas cronometradas do Quarto de
Milha. Os competidores correm contra
o cronômetro, seguindo um percurso
que consiste em 3 tambores dispostos
triangularmente. Eles podem esco-
lher o lado para começar o percurso,
tanto o direito como o esquerdo do 1º
tambor. Após contorná-lo, segue em
sentido ao 2º tambor e na sequência
fazer o círculo final em volta do 3º tam-
bor. A partir daí, em linha reta e com
grande velocidade segue até atingir a
fotocélula para completar o percurso
em menor tempo. É permitido tocar
nos tambores, mas, se algum tambor
cair durante o percurso da prova, uma
penalidade de 5 segundos será acres-
cida por tambor derrubado.
Vaquejada Essa modalidade é mui- to praticada nas regiões Norte e Nordeste do País, onde
Vaquejada
Essa modalidade é mui-
to praticada nas regiões
Norte e Nordeste do País,
onde os vaqueiros parti-
cipam em dupla formada
pelo conjunto denominado
de puxador e esteira. O
cavaleiro esteira terá que
controlar o boi desde a
saída do brete e passará
o rabo da rês para o pu-
xador que fará sua derru-
bada dentro de uma área
estabelecida (entre duas
faixas pintadas de cal com
um vão de 9 metros). Este
trabalho só será válido se
o boi ao cair estiver com
as 4 patas para cima e se
levantar totalmente dentro
das faixas sem tocá-las.
Laço em Dupla Essa é uma prova de velocidade e habilidade e consiste em uma
Laço em Dupla
Essa é uma prova de velocidade e habilidade e consiste em uma dupla de cavaleiros laçar uma rês;
o primeiro laçando pela cabeça e o segundo laçando pelos pés, num tempo máximo de 30 (trinta)
segundos. Será considerada vencedora a dupla que fizer o trabalho em menor tempo. Cada cavaleiro
poderá usar 1 (um) laço, porém, o laçador do Pé não poderá laçar a Cabeça e vice-versa.
Laço Cabeça e Pé
Ambas são provas de julga-
mento técnico onde o cavalo é
avaliado de acordo com a sua
capacidade de auxiliar o cava-
leiro a laçar o boi, seja pela ca-
beça ou pelo pé. São avaliadas
4 manobras: brete, corrida, tra-
balho com o laço e finalização.

Laço Individual Cronometrado e Técnico

Laço Individual Cronometrado e Técnico Essa prova testa a habilidade do cavalo em seguir o bezerro

Essa prova testa a habilidade do cavalo em seguir o bezerro na mesma velocidade, dando ao cavaleiro a melhor posição para laça-lo. Quando o bezerro é solto do seu brete, o cavalo deve correr em sua direção, seguir a velocidade do bezerro e se posicionar onde o cavaleiro possa jogar sua corda. O laçador, então, joga seu laço e quando o bezerro é pego, o cavalo deve parar rapidamente. Enquanto o cavaleiro desmonta e derruba o bezerro para amarra-lo em três de suas pernas, o cavalo deve se manter parado e quieto (mas atento) e manter a corda esticada.

- Técnico: É avaliada a melhor laçada dentro dos 30 segundos de prova. O laçador pode fazer apenas

uma laçada. O limite de tempo é a partir do momento em que a rês deixa o brete até quando o laçador sinaliza que completou a prova. Embora o laçador sinalize encerrando a laçada, o cavalo continua a ser julgado até o cavaleiro montar e tocar o cavalo para frente.

- Cronometrado: É avaliada a laçada mais rápida. Essa é uma prova de velocidade, medida ao cro-

nômetro e consiste em um cavaleiro laçar uma rês de 80 a 100 quilos, aproximadamente, e amarra-lo em três de suas pernas.

Rédeas Desempenhar a função de rédeas em um ca- valo não significa apenas guiá-lo, mas
Rédeas
Desempenhar a função de rédeas em um ca-
valo não significa apenas guiá-lo, mas tam-
bém dominar todos os seus movimentos. Em
Rédeas é pedido ao cavaleiro para executar
um dos 13 percursos existentes pré-estabe-
lecidos, os quais incluem: manobras prescri-
tas de esbarros, spins (giros sobre si de 360
graus), rollbacks (esbarro com mudança de
direção em 180 graus saindo ao galope), mu-
dança de mão e círculos ao galope. O cavalo
deve ser voluntariamente guiado com pouca
ou nenhuma resistência.

Apartação

guiado com pouca ou nenhuma resistência. Apartação Cavalo e cavaleiro devem se mover calmamente para dentro

Cavalo e cavaleiro devem se mover calmamente para dentro do rebanho, apartar um animal, dirigi-lo ao centro da arena e mantê-lo afastado do rebanho. O cavaleiro deve impedir que o boi, já apartado, retorne ao resto do rebanho. Tudo isso acontece num tempo limite de 2 ½ minutos.

Laço Comprido Armada

Essa é uma prova de habilidade campeira e consiste em um cavaleiro laçar a rês pelos chifres dentro de um limite de 100m, sendo vencedor o que fizer o maior número de laçadas. O laçador não pode maltratar a rês perseguida e o animal de sua montaria em nenhuma situação. Quando o animal rodar após a rês estar laçada, a armada será considerada válida quando cerrar em forma de 8 (oito) entran- do a argola em um dos chifres ou cerrando com 2 (duas) voltas no chifre ou cabeça.

Laço Comprido Técnico

O cavalo de Laço Comprido Técnico será julgado em seu comportamento no brete, na velocidade dirigida ao boi, em seu posicionamento ao boi ao abrir e reduzir sua velocidade para facilitar o laçador em sua armada, no trabalho em retornar rápido ao boi e conduzi-lo ao funil (saca-laço). É considerada uma boa corrida: o cavalo que mantenha o controle de velocidade e chegue no boi rapidamente, se posicione levemente à esquerda do boi aguardando o momento de o laçador lançar sua armada.

no boi rapidamente, se posicione levemente à esquerda do boi aguardando o momento de o laçador
Ranch Sorting Ranch Sorting é uma prova baseada na prática de separa- ção de gado
Ranch Sorting
Ranch Sorting é uma
prova baseada na
prática de separa-
ção de gado (bezer-
ros, bois e novilhas),
onde a agilidade, su-
tileza e habilidades
em trabalhar com
gado são fundamen-
tais. É uma prova
cronometrada em
que uma equipe de
dois cavaleiros mon-
tados deve transpor-
tar
de um curral para
o
outro, no menor
tempo, o total de 12
cabeças de gado na ordem numérica pré-determinada pelo locutor. Vencerá a equipe que separar o
maior número de bois em menor tempo.

Team Penning

o maior número de bois em menor tempo. Team Penning Essa popular prova cronometrada é baseada

Essa popular prova cronometrada é baseada nas tarefas originais dos cowboys e seu trabalho nas fazendas. Como o próprio nome diz, um time de três cavaleiros deve isolar (separar) três cabeças de gado iden- tificados com os mesmos números (Ex: n º5 ou nº 7, ou ainda com faixas da mesma cor) do rebanho e então colocá-las em um curral do lado oposto da arena, no menor tempo possível, sendo no máximo em 90 segundos.

Corrida As corridas do Quarto de Milha são disputadas nas seguintes distâncias: 201 mts, 275
Corrida
As corridas do Quarto de Milha são disputadas nas seguintes distâncias: 201 mts, 275 mts, 301 mts,
320 mts, 365 mts, 402 mts e 503 mts. Por ser o cavalo imbatível nessas distâncias, originou-se o nome
da Raça Quarto de Milha (402 mts = 1/4 de milha).
As corridas são disputadas em diversos estados do Brasil e é a única modalidade no Quarto de Milha
que oficialmente é praticada exclusivamente por profissionais, os jóqueis.
Working Cow Horse
por profissionais, os jóqueis. Working Cow Horse O cavalo de Working Cow Horse é uma combinação

O cavalo de Working Cow

Horse é uma combinação de habilidade em Rédeas com

o senso de gado. Com essa

prova, testa-se a destreza aplicável ao trabalho de lidar com o gado nas fazendas. Na primeira parte da prova, de rédeas, o cavalo deve seguir um percurso onde são requeridos: mudanças de mão, spins e esbarros. Na parte de trabalho com o rebanho, um boi é solto sozi- nho na arena. Primeiramen- te, o cavalo deve contê-lo

na ponta final da arena, de-

monstrando sua habilidade. Então, o cavalo deve dirigir

o boi beirando a cerca da arena, virando-o em ambas as direções. É por isso que essa parte da prova é corretamente chamada de “Trabalho de Cerca”. Finalmente, o cavalo deve mover o bovino para o centro da arena, fazendo círculos ao redor do boi em ambas as direções.

Conformação

O propósito da prova é preservar o padrão racial do cavalo Quarto de Milha, selecio- nando-se os exemplares mais perfeitos, de acordo com sua semelhança ao padrão ideal e que sejam a melhor combinação dos se- guintes itens: equilíbrio, estrutura correta, características raciais e sexuais e muscula- tura bem distribuída. Trata-se de uma prova onde os indivíduos devem ser comparados entre si, de acordo com sua divisão de idade e sexo, sempre levando em conta o cavalo ideal.

de idade e sexo, sempre levando em conta o cavalo ideal. Seis Balizas A prova de
Seis Balizas A prova de Seis Balizas coloca o cava- lo Quarto de Milha como
Seis Balizas
A
prova de Seis Balizas coloca o cava-
lo
Quarto de Milha como um esquiador
deslizando em seus esquis em forma
de zigue-zague. Essa corrida contra o
cronômetro testa a agilidade e veloci-
dade do cavalo. O percurso consiste
em uma série de 6 balizas distantes
6,40 mts uma da outra, nas quais ca-
valo e cavaleiro vão trançando (costu-
rando) as balizas em alta velocidade.
O cavalo corre até o final delas, vira na
última e retorna trançando para fora e
para dentro. Então, ele faz o contorno
na baliza da frente e volta costurando
as balizas novamente, até atingir a úl-
tima. Neste ponto, ele completa o giro
e volta em linha reta paralela à fila das
balizas em direção à linha de chegada
a toda velocidade.

Cinco Tambores

Inicia com uma fase classificatória, onde os competidores fazem o trajeto individualmente, e quando são
Inicia com uma fase classificatória, onde os competidores fazem o trajeto individualmente, e quando
são tomados os seus tempos, os quais serão utilizados como critério para a próxima passagem em
duplas. Dois cavaleiros partem em uma corrida de 8 m paralelamente aos tambores, contornam o
último tambor e voltam costurando os tambores seguindo o trajeto da prova, vira no último e, em alta
velocidade, segue até o final da marca do trajeto. Será ganhador aquele que vencer o último concor-
rente na dupla final. A prova consiste em fazer no menor tempo possível o trajeto.
Performance Halter Performance Halter é uma prova destinada somente aos competidores das classes Aberta, Amador
Performance Halter
Performance Halter é uma prova destinada somente aos competidores das classes Aberta, Amador e
Jovem. Nesta prova seleciona-se os melhores animais de performance (Trabalho) e de boa estrutura
morfológica e conformação levando-os ao julgamento de Halter (Conformação).
Maneabilidade e Velocidade Agilidade e velocidade são os requisitos neces- sários para os competi- dores.
Maneabilidade e Velocidade
Agilidade e velocidade
são os requisitos neces-
sários para os competi-
dores. A prova constará
de um percurso com-
posto de movimentos,
escolhido entre 14 itens.
Exemplo: um salto (80
cm) no terço inicial da
pista; um coração ou
margarida; um recuo;
um oito ou uma baliza;
um esbarro e um rodo-
pio e no máximo 3 tam-
bores. O percurso total
não poderá ultrapassar
250 metros e vencerá
a prova o conjunto que
completar em menor
tempo.

Western Pleasure

o conjunto que completar em menor tempo. Western Pleasure Um bom cavalo de Western Ple -

Um bom cavalo de Western Ple- asure deve ser como o próprio nome diz: ”Um prazer em se mon- tar”, ter uma passada solta com extensão razoável, mantendo sua conformação. Os participantes competem juntos, caminhando em volta do perímetro da arena

e pede-se para andarem a pas-

so, a trote e ao galope e mudar a direção do cavalo. Será avaliado

o cavalo de acordo com sua mo-

vimentação e conforto proporcio- nando ao cavaleiro os diversos

andamentos.

Breakaway Roping Categoria que está disponível apenas para as Classes Feminina e Jovem Principiante com
Breakaway Roping
Categoria que está disponível apenas para
as Classes Feminina e Jovem Principiante
com 13 anos ou menos, tratando-se de uma
prova onde o competidor laça o bezerro pelo
pescoço e freia causando o rompimento do
fio (barbante) que prende seu laço ao pito da
sela. Prova cronometrada com tempo máxi-
mo de 30 segundos.

Bulldog

cronometrada com tempo máxi- mo de 30 segundos. Bulldog Dois cavaleiros partem atrás de um boi.

Dois cavaleiros partem atrás de um boi. Quem fica à direita faz o trabalho de esteira, uma forma de garantir que o boi não abra sua corrida. O cavaleiro que fica do lado contrário desce do cavalo em movimento em cima da cabeça do boi, derrubando-o e virando seu pescoço no chão. Vence quem fizer o trabalho no menor tempo.

Existem premiações para os competidores?

Existem premiações para os competidores? Sim, nas provas oficiais da ABQM além da premiação em dinheiro
Sim, nas provas oficiais da ABQM além da premiação em dinheiro os competidores recebem fivelas
Sim, nas provas oficiais da ABQM além da premiação em dinheiro os competidores recebem fivelas
e troféus. Já nas provas oficializadas e promovidas por entidades filiadas à ABQM e por grupos de
criadores da raça, os mesmo itens são entregues além de motos, automóveis entre outros prêmios.
O valor distribuído depende do tamanho de cada prova e o número de conjuntos inscritos em cada
categoria.
Existe um ranking dos competidores? Se você é associado da ABQM e está participando de
Existe um ranking dos competidores?
Se você é associado da ABQM e está participando de provas oficiais ou oficializadas, dependendo de
sua colocação, você ganha pontos num sistema chamado Registro de Mérito. O Registro de Mérito
pode ser conseguido em Corrida, Trabalho ou Conformação, em provas realizadas nas classes Aber-
ta, Amador e Jovem. Os animais
registrados também são pontua-
dos. No site da ABQM você tem
toda a informação do resultado
de todas as provas e pontuação.
Ao final do ano, a ABQM home-
nageia os campeões de cada
modalidade, num evento cha-
mado ABQM Awards.

Projeto Equoterapia. Como ajudar?

Projeto Equoterapia. Como ajudar? O projeto de responsabilidade so - cial da ABQM, o EQUO ABQM,

O projeto de responsabilidade so- cial da ABQM, o EQUO ABQM, com três anos de existência, tem

o intuito de promover gratuitamen-

te o desenvolvimento, reabilitação

e melhorar a qualidade de vida de

pessoas com necessidades especiais, bus- cando o aumento da capacidade e potenciali- dade física, psíquica, educativa e social.

O Papel do Cavalo Quarto de Milha

O

ramenta de trabalho, ele é o principal tera- peuta! Além de todas as suas características naturais, a mais marcante para contribuir com esse tipo de trabalho é a docilidade, que se encaixa perfeitamente no perfil requerido para um ótimo cavalo de Equoterapia.

cavalo não é um mero instrumento ou fer-

Faça parte do nosso Projeto!

Ficou com dúvida? Quer mais informações?

Estamos sempre prontos para atendê-lo e ajudar no que for necessário. ABQM Telefone: (11) 3864-0800
Estamos sempre prontos para atendê-lo e ajudar no que for necessário.
ABQM
Telefone: (11) 3864-0800
Endereço: Rua Dona Germaine Burchard, 355 – 05002-061 – Água Branca – São Paulo/SP
Revista Quarto de Milha
Telefone: (11) 3330-6290/ 3330-6292 / 3330-6294
TV Quarto de Milha
Telefone: (15) 3202-6763/ 3221-4419
Portal ABQM
www.abqm.com.br
Acompanhe a ABQM nas redes sociais
Facebook: facebook.com/abqmoficial /
Twitter: twitter.com/abqm_oficial
Material de divulgação produzido em janeiro/2016 - Administração: Fábio Pinto da Costa
Personagens eternizados no Hall da Fama ABQM Desde 2011, a ABQM vem realizando justas homenagens
Personagens eternizados no Hall da Fama ABQM
Desde 2011, a ABQM vem realizando justas
homenagens aos que fizeram e farão parte
eternamente da história do Quarto de Milha,
aqueles que desde o início contribuíram,
tanto como criadores ou como profissionais,
para o desenvolvimento da raça em todo o
Brasil. Entre as pessoas que honrosamente
participaram de selecionadas listas
elaboradas pela Associação, entraram
para o “Hall da Fama” (até 2015):
2011
Euclydes Aranha Netto
Heraldo de Araújo Pessoa
José Eugênio de Rezende Barbosa
King Ranch do Brasil
2012
Gianni Franco Samaja
José Aprígio Brandão Vilella
Marco Antônio Toledo de Souza
Sérgio Luiz Rodovalho Nouguès
2013
Francisco Carlos Furquim Corrêa
Gilson Vieira Diniz
José Nelson Fakri
Sérgio Paes de Almeida
2014
Antônio Renato Prata
Eduardo Pacheco Borba
Fauzet Farha
Jayme de Jesus Rodrigues
2015
Eloi Medeiros Loureiro
José Macário Perez Pria
Olival Tenório Costa
Samir Jubran