Você está na página 1de 6

PLANO DE ENSINO – APRENDIZAGEM

ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR INÁCIO CASTILHO


Área de conhecimento: Língua Portuguesa Nº de eaulas
Aut. de Funcionamento: Decreto-Lei nº 22.997 de 29/08/1983 semanais:
Decreto-Lei nº 26.718 de06 aulas
12/03/1987 Anos: 6º Ano - Ensino Fundamental
Rua Professora Juci Carmo Garcia nº 65 – Bairro Sta. Luzia – Uberlândia – CEP 38.408-768
Ano Letivo : 2018 Fone: (34) 3225-1104 Período: 1º, 2º, 3º
E-mail: escola.167541@educacao.mg.gov.bre 4º bimestres
Professora: Karla Cristina de Souza Cardoso Ensino Fundamental, Médio Regular e EJA -Diurno e Noturno

JUSTIFICATIVA

Segundo os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs), o ensino de Língua Portuguesa deve preparar o aluno para a vida qualificando-o para o aprendizado permanente e para o
exercício da cidadania. Se a linguagem é atividade interativa em que nos constituímos como sujeitos sociais, preparar para a vida significa formar locutores/autores e interlocutores capazes de
usar a língua materna para compreender o que ouvem e leem e para que se expressem em variedades e registros de linguagem pertinentes e adequados a diferentes situações
comunicativas. Tal propósito implica o acesso à diversidade de usos da língua, em especial às variedades cultas e aos gêneros de discurso do domínio público, que as exigem, condição
necessária ao aprendizado permanente e à inserção social. Qualificar para o exercício da cidadania implica compreender a dimensão ética e política da linguagem, ou seja, ser capaz de
refletir criticamente sobre a língua como atividade social capaz de regular - incluir ou excluir - o acesso dos indivíduos ao patrimônio cultural e ao poder político.
O aluno precisa aprender e apreender a escrita e a leitura como forma de interpretar e conhecer a si mesmo e ao mundo. Ele necessita saber usar a língua materna em diferentes
situações ou contextos para inserir-se na sociedade e conquistar seu espaço no mercado de trabalho. O jovem contemporâneo não pode correr o risco de ser mal interpretado numa sociedade
que cobra caro pela omissão. Ou se tem personalidade e se é autêntico, ou as pessoas dirão o que deve ser feito. A língua é a identidade de uma nação. Ensiná-la é também resgatar o
patriotismo, valorizar o que é nosso, colocar em prática a cidadania e preparar o jovem para a vida.

OBJETIVO GERAL

Estimular e oferecer dados para que o aluno desenvolva a capacidade de ler e compreender informações referentes ao conteúdo programático, contribuindo assim, para formação do
indivíduo por meio da linguagem e dentro das variedades do discurso, sendo capaz de um eficaz exercício da cidadania na sociedade e na comunidade em que vive.
Desenvolver a oralidade e a escrita nas suas variadas situações de uso funcional, valorizando as variedades linguísticas, bem como a norma culta, em situações que esse
conhecimento for necessário. Ao ensinar a língua portuguesa, é preciso desenvolver no aluno as capacidades de saber localizar e utilizar materiais que circulam em seu meio, apropriar-se das
funções da comunicação em diferentes modalidades, interagir e se envolver nas situações e demonstrar comportamento de leitor e produtor de texto.

CEREJA, Willian Roberto & Magalhães, Thereza Cochar. Português/Linguagens – 6º Ano. 9ª. Ed. Reformulada. São Paulo, Editora Saraiva, 2015.

BRASIL. Secretaria de Educação e Cultura. Cadernos CBC (Língua Português). Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: terceiro e quarto ciclos do ensino
fundamental: língua portuguesa/ Secretaria de Educação Fundamental. – Brasília : MEC/SEF, 1998. 106 p.
MATERIAL DIDÁTICO DE APOIO

1º BIMESTRE
EIXO CONTEÚDO HABILIDADES METODOLOGIA RECURSOS AVALIAÇÃO
TEMÁTICO Unidade I – Capítulo 1 ao 3.
 Conto popular.  Ler textos de diferentes gêneros considerando o pacto de  Aula expositiva.  Livros literários e textos  Produção
 Estudo do texto: compreensão, recepção dos mesmos.  Leitura silenciosa: diversos. ilustrada de texto
EIXO I: interpretação.  Reconhecer o objetivo comunicativo (finalidade ou função aluno.  Dicionário. ( em grupo).
 Produção de texto: um conto sociocomunicativa) do texto.  Leitura oral:  Pesquisa exploratória:  Atividade
Leitura, maravilhoso.  Reconhecer informações explícitas em um texto. professora contos e músicas individual e em
compreensão  O dicionário - palavras no  Sintetizar informações de um texto em função de determinada  Exercícios de populares. grupo.
e produção de contexto: para escrever com solicitação. compreensão e  Jornais e revistas.  Ditado
textos expressividade.  Recriar textos narrativos lidos ou ouvidos em textos do mesmo interpretação.  Recursos audiovisuais:  Produção textual.
gênero.  Reescrita de textos. vídeo, músicas.
 Lápis e pincéis coloridos.
 Filme: O Jardim Secreto.
 Linguagem - ação e interação:  Reconhecer semelhanças e diferenças entre a fala e a escrita  Aula expositiva.  Livro didático.  Atividade
 tipos de linguagem; quanto a condições de produção, usos, funções sociais e  Exercícios de fixação  Gramática normativa. individual e em
 interlocutores; estratégias de textualização. e revisão.  Data show: slides. dupla.
 a linguagem e os códigos.  Trava-línguas  Textos diversos:  Atividade
 As variedades linguísticas:  Estudo dirigido. narrativas, poemas, extraclasse.
 Reconhecer funções da fala e da escrita em diferentes suportes
 norma-padrão e variedade de  Jogos com letras e tirinhas.  Prova bimestral.
e gêneros
prestígio; palavras.  Testes
 tipos de variação linguística e  Escuta de texto. complementares.
EIXO II: preconceito social;  Reconhecer diferenças sintáticas de estruturação de frases
 as variedades linguísticas e entre o português padrão e o português não padrão.
Linguagem e contextos de uso.
Língua  Texto, discurso, gêneros do
discurso:  Mostrar uma atitude crítica e não preconceituosa em relação ao
 intencionalidade discursiva; uso de variedades linguísticas e estilísticas.
 os textos e os gêneros do
discurso.  Usar as convenções da língua escrita produtiva e
 Fonema e letra. autonomamente, entendendo as diferenças entre o sistema
 Emprego da letra “h”.
fonológico e o sistema ortográfico.

 Reconhecer as funções comunicativas da capa de um livro  Estudo dirigido.  Livros literários e  Atividade
EIXO III:
 O conto maravilhoso.
literário: identificar a obra e o destinatário previsto, estabelecer  Narrativa oral: alunos. paradidáticos. individual.
pactos de leitura, motivar a leitura da obra.  Recursos audiovisuais:  Atividade
A Literatura e vídeo, músicas, narrativas extraclasse.
outras  Reconhecer a ilustração de livros literários como um texto em
orais.  Prova bimestral.
manifestações diálogo com o texto verbal.
culturais  Recontar ou criar contos ou textos dramáticos, atualizando a
figura da feiticeira e/ou fada.

2º BIMESTRE
EIXO CONTEÚDO HABILIDADES METODOLOGIA RECURSOS AVALIAÇÃO
TEMÁTICO
Unidade II – Capítulo 1 ao 3.

 Estudo do texto: compreensão,  Analisar mudanças na imagem dos interlocutores de um texto ou  Aula expositiva.  Jornais e livro didático.  Produção de texto.
EIXO I: interpretação. interação verbal em função da substituição de certos índices  Leitura silenciosa:  Dicionário.  Atividade individual
 Produção de texto: história em contextuais e situacionais (marcas dialetais, níveis de registro, aluno.  Recursos audiovisuais: e em grupo.
Leitura, quadrinhos. jargão, gíria) por outros.  Leitura oral: vídeo, músicas.
compreensão  Leitura expressiva do texto.  Reconhecer o objetivo comunicativo (finalidade ou função professora  Recorte de jornais e
e produção de  O diálogo: para escrever com sociocomunicativa) do texto.  Exercícios de colagem.
textos adequação.  Selecionar informações para a produção de um texto, compreensão e
considerando especificações (de gênero, suporte, destinatário, interpretação.
objetivo da interação...) previamente estabelecidas.  Produção escrita e
 Reconhecer a organização temática de um texto, identificando a ilustrada: alunos.
ordem de apresentação das informações no texto.
 Interpretar efeitos de sentido decorrentes de variedades
linguísticas e estilísticas usadas em um texto.

 O substantivo:  Reconhecer sintagmas substantivos, adjetivos em uma frase.  Aula expositiva.  Livro didático.  Atividade individual
 classificação;  Interpretar, em frases apresentadas, o valor semântico de  Dinâmicas de grupo.  Data show: slides. e em dupla.
 uso na construção do texto. constituintes de sintagmas nominais e adjetivos.  Exercícios de  Textos diversos:  Atividade
 O adjetivo:  Reconhecer e usar mecanismos de flexão nominal, produtiva e fixação e revisão. narrativas, poemas, extraclasse.
 classificação; autonomamente.  Jogos com letras e tirinhas.  Prova bimestral.
EIXO II:  uso na construção do texto.  Usar a norma padrão de flexão nominal e adjetiva em situações palavras.  Testes
 Flexão do substantivo e adjetivo: comunicativas e gêneros textuais que a exijam.  Escuta de texto. complementares.
Linguagem e  gênero e número.  Reconhecer marcas do relacionamento entre as palavras de uma
Língua  uso na construção do texto. frase
 Dígrafo e encontro consonantal.  Produzir frases com estrutura adequada à situação comunicativa e
 Encontros vocálicos. ao gênero textual.

 Reconhecer e usar as fases ou etapas da descrição em um texto  Estudo dirigido.  Jornais e livro didático.  Atividade individual
EIXO III:
 História em quadrinhos.
ou sequência descritiva.  Varal e/ou cartazes.  Recursos audiovisuais: e em grupo.
 Recriar descrições lidas ou ouvidas em textos deste gênero. vídeo, músicas.  Atividade
A Literatura e relatados dentro de um texto ou sequência descritiva. extraclasse.
outras  Prova bimestral.
manifestações
culturais

3º BIMESTRE

EIXO CONTEÚDO HABILIDADES METODOLOGIA RECURSOS AVALIAÇÃO


TEMÁTICO
Unidade III – Capítulo 1 ao 3.

 Estudo do texto: compreensão,  Identificar o destinatário previsto para um texto a partir do suporte  Aula expositiva.  Livro didático.  Produção de
EIXO I: interpretação. e da variedade linguística (+culta/-culta) ou estilística (+formal/- texto: relato
Leitura,  Produção de texto: a carta  Recursos audiovisuais:
formal) desse texto.  Leitura silenciosa: pessoal.
compreensão pessoal, os gêneros digitais, e o vídeo, músicas.
 Inferir o significado de palavras e expressões usadas em um texto. aluno.  Atividade
e produção de e-mail.  Textos internet.
 Reconhecer recursos lexicais e semânticos usados em um texto e  Leitura oral: individual e em
textos  A descrição: escrevendo com  Mídias sociais: blog, e-
seus efeitos de sentido. professora grupo.
expressividade. mails.
 Integrar informação verbal e não verbal na compreensão e na  Exercícios de
 Leitura expressiva do texto.
produção de textos, produtiva e autonomamente. compreensão e
 Relacionar sons, imagens, gráficos e tabelas a informações verbais interpretação.
explícitas em um texto.
 Reconhecer o objetivo comunicativo (finalidade ou função
sociocomunicativa) do texto.
 Flexão dos substantivos e  Aula expositiva.  Livro didático.  Atividade
EIXO II:  Reconhecer e usar mecanismos do grau de flexão nominal e
adjetivos:
adjetivo, produtiva e autonomamente.  Dinâmicas de grupo.  Data show: slides. individual e em
Linguagem e  grau dos substantivos e grupo.
 Usar a norma padrão quanto ao uso do grau de flexão nominal e  Exercícios de fixação  Textos diversos: narrativas,
Língua adjetivos; e revisão. poemas, tirinhas.  Atividade
adjetiva em situações comunicativas e gêneros textuais que a
 uso na construção do texto. exijam.  Jogos com letras e extraclasse.
 O artigo: palavras.  Prova bimestral.
 Reconhecer e usar mecanismos de classificação e flexão do
 classificação e flexão; artigo e numeral, produtiva e autonomamente.  Escuta de texto.  Testes
 uso na construção do texto. complementares.
 Usar a norma padrão de classificação e flexão do artigo e numeral
 O numeral: em situações comunicativas e gêneros textuais que a exijam.
 classificação e flexão.  Reconhecer marcas do relacionamento entre as palavras de uma
 uso na construção do texto. frase
 Divisão silábica.  Produzir frases com estrutura adequada à situação comunicativa
 Sílabas: átonas e tônicas. e ao gênero textual.
 Palavras oxítonas, paroxítonas e
proparoxítonas.

 O relato pessoal.  Reconhecer e usar focos enunciativos (pontos de vista) adequados  Estudo dirigido.  Internet.  Atividade
EIXO III: A
Literatura e  O diário: blog e twitter. aos efeitos de sentido pretendidos.  Exercícios de fixação  Recursos de mídia social: individual e em
 Reconhecer e usar, em um texto, estratégias de representação de e revisão. interatividade. grupo.
outras seus interlocutores (vozes locutoras e alocutários).  Relato oral ou  Atividade
manifestações  Interpretar efeitos de sentido decorrentes da representação ou da escrito. extraclasse.
culturais não representação, em um texto, de suas vozes (locutoras ou  Prova bimestral.
sociais) e alocutários.

4º BIMESTRE

EIXO CONTEÚDO HABILIDADES METODOLOGIA RECURSOS AVALIAÇÃO


TEMÁTICO
Unidade IV – Capítulo 1 ao 3.
 Estudo do texto: compreensão,  Correlacionar aspectos temáticos de um texto.  Aula expositiva.  Livro didático.  Produção de texto:
interpretação.  Usar, em um texto, recursos lexicais e semânticos adequados aos  Leitura silenciosa:  Jornais e revistas. cartaz e exposição
EIXO I:  Produção de texto: cartaz e efeitos de sentido pretendidos. aluno.  Lápis e pincéis coloridos. oral..
Leitura, exposição oral.  Relacionar sons, imagens, gráficos e tabelas a informações verbais  Leitura oral:  Textos diversos.  Atividade individual
compreensão  Unidade e sentido ao texto: implícitas em um texto. professora e em grupo.
e produção coesão e coerência.  Reconhecer, em um texto, estratégias e/ou marcas explícitas de  Exercícios de
de textos  Leitura expressiva do texto. intertextualidade com outros textos, discursos, produtos culturais ou compreensão e
linguagens e seus efeitos de sentido. interpretação.
 Reconhecer o objetivo comunicativo (finalidade ou função
sociocomunicativa) do texto.
 Selecionar informações para a produção de um texto,
considerando especificações (de gênero, suporte, destinatário,
objetivo da interação...) previamente estabelecidas.
 Pronomes:  Aula expositiva.  Livro didático.  Atividade individual
 Reconhecer e usar o pronome pessoal, produtiva e
 pronomes e coesão textual; autonomamente.  Dinâmicas de grupo.  Data show: slides. e em grupo.
 classificação;  Exercícios de fixação  Textos diversos: narrativas,  Atividade
 Reconhecer diferenças de uso do pronome pessoal entre o
 uso na construção do texto e revisão. poemas, tirinhas. extraclasse.
EIXO II: português padrão (PP) e o português não padrão (PNP).
 Acentuação:  Jogos com letras e  Prova bimestral.
Linguagem e  Distinguir os usos padrão e não padrão de vozes verbais e seus
 Oxítonas, monossílabos efeitos de sentido, em uma frase ou sequência textual palavras.  Testes
Língua tônicos e proparoxítonas;  Escuta de texto. complementares.
apresentada. Reconhecer marcas do relacionamento entre as
 uso na construção do texto. palavras de uma frase
 O verbo:  Produzir frases com estrutura adequada à situação comunicativa
 Conjugações e flexões; e ao gênero textual.
 uso na construção do texto.
 Interpretar efeitos de sentido decorrentes de variedades linguísticas  Estudo dirigido.  Internet.  Atividade individual
EIXO III:  Texto de opinião
e estilísticas usadas em um texto.  Exercícios de fixação  Jornais e revistas. e em grupo.
A Literatura e  Cartaz
e revisão.  Atividade
outras  Exposição oral  Reconhecer posicionamentos enunciativos presentes em um texto
 Exposição oral e extraclasse.
manifestaçõe e suas vozes representativas.
escrita.  Prova bimestral.
s culturais
CONCLUSÃO
Este Planejamento foi elaborado de acordo com o CBC, conforme Legislação vigente e em consonância com o novo livro didático. Considerando-se que a observação contínua dos alunos no decorrer do ano é
passível de imprevistos, serão admitidas modificações a qualquer tempo, em nome da flexibilidade que se presume fazer parte do lema de instituições empreendedoras e humanizadas, e desde que estas
modificações beneficiem a aprendizagem discente.
A ordem dos conteúdos também poderá ser alterada caso o professor identifique a necessidade de rever conceitos básicos ainda não assimilados pelos alunos e cujo domínio seja essencial para a progressão
nos estudos. Nossas metas são ambiciosas, mas será o ritmo de cada aluno e o perfil de cada turma que nos darão a extensão de nossos passos e a melhor direção a seguir, ainda que isso signifique intervir
por meio de outros recursos metodológicos e suspender temporariamente os planos traçados aqui.