Você está na página 1de 2

Departamento de Engenharia Elétrica - UFES

Instalações Elétricas Prediais- ELE08514

ALGORITMO PARA DIAGRAMAÇÃO DE PROJETO ELÉTRICO

De posse da planta baixa da edificação a realizar o projeto elétrico:

I – Das cargas a alimentar


1) Faça a localização dos pontos de luz e potências associadas (NBR5410);
2) Atribua aos pontos de luz os interruptores adequados;
3) Faça a localização dos pontos de força (tomadas) TUG e TUE, com potências
se for o caso (NBR5410).
4) Verifique a possibilidade de agrupar interruptor e tomada na mesma descida, e
também opostas em uma mesma parede (“back-to-back).
5) Agrupe as cargas em circuitos, conforme instruções para um bom projeto e
normas.

II – Do Quadro de Distribuição
1) Localize o QD preferencialmente em área não nobre nem onde o acesso poderá
ser impeditivo, mas com maior densidade de carga. Dê preferência à copa,
cozinha, corredor. Atrás de uma porta geralmente é local naturalmente de
pouca visibilidade.
2) Em caso de duas opções similares, selecione aquela que fica mais próxima da
medição.

III – Dos Eletrodutos


1) Inicie ligando todos os pontos de luz entre si (a solução será revista
posteriormente).
2) Ligar os pontos de luz aos seus interruptores.
3) Conectar pontos de força ao pontos de luz próximo, ou a outro ponto de força
já conectado a um ponto de luz. O emprego de eletrodutos na parede ou pelo
piso é possível e recomendada. Equilibrar as opções: piso, parede e teto.
4) Nenhum vão contínuo de eletroduto deve ter mais de 15m, sendo que cada
curva de 90o reduz 3m na permissão (NBR5410, 6.2.11.1.6-b).
5) não colocar mais que 5 ligações nas caixas dos pontos de luz (4 é um bom
número).
6) Alguns eletrodutos poderão ser eliminados ou introduzidos na etapa da
funcionalidade.

IV - Dos Condutores (Funcionalidade)


1) Cada circuito (F+N ou FF) deve ter seu número anotado sobre os condutores.
2) Cada ponto de luz só precisa ter uma “entrada” de condutor de proteção (PE ou
terra), vindo de algum ponto!
3) O condutor PE deve atingir todos os pontos (luz e tomadas!); interruptores
apenas em caso metálico ou local extrno (avaliar).
4) Cada circuito deve sair do QD somente uma vez, isto é, através de um único
eletroduto.
5) As tomadas e pontos de luz devem ser atendidas por um caminho de
eletrodutos o mais curto possível.
6) Não alocar mais que 7 condutores em um único eletroduto.
7) Verificar e criticar a quantidade de eletrodutos inicialmente previstos; se
necessário, eliminar ou introduzir algum.
8) Para o retorno da campainha, sugere-se usar as letras: x, y e z (para até 3
campainhas).
9) Anotar letras nos retornos (a, b, c, etc) apenas dentro de um mesmo ambiente
(quarto, sala, etc) ou quando houver possibilidade de confusão na interpretação
da funcionalidade. Não há necessidade de usar letras em ordem crescente para
todo e qualquer retorno do projeto.

Interesses relacionados