Você está na página 1de 3

INSTRUÇÃO DE TRABALHO

Código Título Data

IT.MC.02-05 Locação de Fundações Agosto/11

1. Objetivo

Este documento tem por objetivo descrever a sistemática da atividade de locação de fundações nas obras.

2. Aplicação

Esta Instrução de Trabalho aplica-se durante a etapa de execução das fundações em obras.

3. Responsabilidade

3.1 Do Departamento Técnico

3.1.1 Elaborar os registros/ planilhas de locação e conferir os dados de campo dos registros.

3.1.2 Arquivar e controlar a documentação técnica referente às estruturas.

3.2 Da Topografia

3.2.1 Efetuar a locação conforme documentação técnica, preencher os registros quando aplicável e
enviar para o Departamento Técnico.

Nota: É de responsabilidade de todos os envolvidos cumprir os requisitos ambientais e de segurança e


saúde no trabalho, conforme campo 6 desta instrução.

4. Descrição do Procedimento

4.1 Ações e Responsabilidades

4.1.1 Antes do início dos trabalhos, o topógrafo deverá solicitar ao Departamento Técnico a
documentação técnica contendo os dados de projeto correspondentes à estrutura a ser locada.

4.1.2 Para a execução das atividades o topógrafo poderá utilizar tanto o Teodolito quanto a Estação Total.

4.1.3 A locação das fundações deverá ser precedida da conferência da locação do projeto.

4.2 Locações de Funcações

4.2.1 Generalidades.

• Para iniciar a locação, o terreno deve estar limpo e arrasado até as cotas definidas para
execução das fundações.

Definir a referência de nível (RN) da obra e a referência pela qual será locada a estrutura, que poderá ser
um eixo, uma lateral alinhada ou um ponto locado por topografia.

• Procedera a conferência de eixos e divisas, verificando as distâncias entre eixos e divisas.

Executar os gabaritos que, além da garantia do esquadro, devem ter seus lados alinhados e nivelados.
Quando o terreno apresentar caimento elevado o gabarito deve ser feito em degraus, acompanhando a
configuração em planta, sempre em perfeitos nível, esquadro e alinhamento. Os gabaritos devem estar a
uma distância mínima de 50 centímetros da face da edificação.

Para conferência da ortogonalidade (esquadro) recomenda-se a montagem da estação total ou teodolito

FO.SIG.29-02 1/3
INSTRUÇÃO DE TRABALHO
Código Título Data

IT.MC.02-05 Locação de Fundações Agosto/11

• Após a marcação dos pontos e esticamento das linhas, define-se a posição os elementos
estruturais, marcando com auxílio de um prumo o centro (no caso de elementos de seção
circular) ou os vértices dos elementos estruturais, delimitando suas faces ( no caso de elementos
poligonais) através da cravação de piquetes.

• A obra pode ter RN (relação nível do mar) verdadeira ou uma cota arbitrária, é importante definir
com o coordenador da obra as demarcações, colocando marcos com proteção.

• Após o término dos serviços o topógrafo envia os registros ( quando aplicável ) devidamente
preenchidos para o Departamento Técnico, que confere os dados, se necessário efetua os
cálculos complementares e providencia o arquivamento.

4.2.2 - Locação de Fundações de Torres Estaiadas - LT.

O topógrafo loca os pontos P1 e P2 ( projeção no solo dos pontos de fixação do Estai na torre) a partir do
Piquete de Centro da estrutura com o auxilio de trena e Estação Total.

A partir dos pontos P1 e P2 com auxilio da Estação Total ou o Teodolito e a Mira, o topógrafo loca os
Pontos de Fincamento A, B, C e D. No prolongamento dos segmentos formados por P1A, P1B, P2C e P2D
são locados os centros das fundações dos estais.

Quando da locação do Piquete de Centro, o topógrafo loca os Pontos de Referência para posterior
nivelamento do fundo da cava.

O Bloco Central é locado a partir do Piquete de Centro, locando-se os quatro vértices da cava com o auxilio
de trena de aço ou estação total

4.2.3 - Locação de Fundações de Torres Autoportantes - LT.

• O topógrafo instala o Teodolito ou a Estação Total no Piquete de Centro da estrutura (torre) e


loca os Pontos de Amarração. Estes são perpendiculares entre si em todos os casos, tanto para
torre em alinhamento como em bissetriz ou anotar os ângulos formados entre a obra e os pontos
de amarração.

• No caso de fundações circulares em tubulão loca-se apenas os pontos centrais das fundações,
através do FO.MC.80 - Planilha de Locação de Cavas de Tubulão. No caso de fundações
poligonais, com o auxilio de trena, locam-se os pontos dos vértices da cava, através do
FO.MC.65 – Planilha de Locação de Sapata. Em todos os casos anotam-se os desníveis entre o
marco central da torre e o centro das cavas.

5. Medidas Prevencionistas de Segurança do Trabalho e Meio Ambiente

Ver APT relativa à atividade.

6. Controle de Registros

FO.MC.80 - Planilha de Locação de Cavas de Tubulão


FO.MC.65– Planilha de Locação de Cavas de Sapata

7. Anexos

Não Aplicável

8. Glossário

FO.SIG.29-02 2/3
INSTRUÇÃO DE TRABALHO
Código Título Data

IT.MC.02-05 Locação de Fundações Agosto/11

Cota: Distância vertical ou diferença de nível com referência a um plano arbitrário, ou ao nível médio do
mar.

Gabarito: Polígono de lados ortogonais que circunscreve a edificação a ser locada.

Piquete de Centro: É o Piquete que representa o centro da estrutura ( torre) projetado no solo e usado como
RN de cota arbitrária igual a 100,00, para o controle de altimetria dos pés da torre.

9. Referências

NBR 5422 – Projeto de Linhas Aéreas de Transmissão de Energia Elétrica


NBR 6122 – Projeto e Execução de Fundações

10. Histórico

Histórico

Data Revisão Modificação


08/10/2004 0 Esta IT cancela e substitui o documento IT-CON-007-1
28/09/2006 1 Re-emissão
Exclusão dos itens: 4-Providências e Cuidados Preventivos; 7-Controle de
30/03/2007 2 Processos; 8-Fluxograma; 9-Calibração e Ajustes, conforme SGP/PP/006.
Revisão e criação de registros.
26/01/2009 3 Alteração da máscara e do layout, conforme TSTB/IT/0616-1.
Alteração de codificação de TSTB/IT/0531 para IT.MC.02, e formulários de registro
06/10/2010 4 TSTB/FO/05104 para FO.MC.80 e TSTB/FO/0565 para FO.MC.65. Mudança de
layout.

04/08/2011 5 Alteração de layout e migração do padrão TSTB para TIC.

11. Formalização do documento

Curitiba, 04 de Agosto de 2011.

Robson Fernando de Lima Marcelo Biguetti


Responsável Aprovação

FO.SIG.29-02 3/3

Interesses relacionados