Você está na página 1de 138

Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

Política, ética e religião Ensino Secundário ― Unidade Lectiva 1


COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS: 1. Reconhecer, à luz da mensagem cristã, a dignidade da pessoa humana; 2. Questionar-se
sobre o sentido da realidade; 3. Equacionar respostas à questão do sentido da realidade, a partir da visão cristã do mundo;
4. Organizar uma visão coerente do mundo; 5. Interpretar produções culturais (literárias, pictóricas, musicais ou outras)
que utilizam ou aludem a perspectivas religiosas ou a valores éticos; 6. Interpretar criticamente episódios históricos e fac-
tos sociais, a partir de uma leitura da vida fundada em valores humanistas e cristãos; 8. Relacionar o fundamento religioso
da moral cristã com os princípios, valores e orientações para o agir humano, propostos pela Igreja; 9. Organizar um univer-
so coerente de valores, a partir de um quadro de interpretação ética humanista e cristã; 10. Mobilizar princípios e valores
éticos para a orientação do comportamento em situações vitais do quotidiano; 11. Propor soluções fundamentadas para si-
tuações de conflito de valores morais a partir de um quadro de interpretação ética humanista e cristã; 12. Relacionar-se
com os outros com base nos princípios de cooperação e solidariedade, assumindo a alteridade e diversidade como factor
de enriquecimento mútuo; 13. Reconhecer a relatividade das convicções pessoais, como contributos de aproximação à ver-
dade; 21. Interpretar textos sagrados fundamentais de religiões não cristãs, extraindo significados adequados e relevan-
tes; 23. Interpretar textos fundamentais da Bíblia, extraindo significados adequados e relevantes; 24 Reconhecer as impli-
cações da mensagem bíblica nas práticas de vida quotidiana; 25. Interpretar produções estéticas de temática cristã, de
âmbito universal e local; 26. Apreciar produções estéticas de temática cristã, de âmbito universal e local.

GESTÃO E PLANIFICAÇÃO
Blocos de tempo: ____
Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

1. Organizar um • A comunidade políti-


universo de va- ca
lores em torno  Finalidade ética
da dignidade da organização
humana, dos di- política: o bem co-
reitos dela de- mum e a afirma-
correntes, bem ção da dignidade
como do princí- da pessoa e dos
pio do bem co- direitos dela de-
mum. (comp. 1, correntes

1
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

4 e 9)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

2. Propor soluções  Autoridade políti-


fundamentadas ca, dever de obe-
para situações diência, objecção
em que o dever de consciência e
de obediência à direito à resistên-
autoridade ex- cia
terior entra em
conflito com o
dever de obe-
decer à própria
consciência.
(Comp. 6 e 11)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

3. Questionar-se  Democracia vs
sobre a dimen- sistemas autocrá-
são ética da de- ticos
mocracia vs sis-
temas autocrá-
ticos, a partir
da interpreta-

2
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

ção crítica de
episódios histó-
ricos e factos
sociais, equaci-
onando respos-
tas a partir da
visão humanis-
ta e cristã da
vida. (Comp. 2,
3, 4 e 6)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

4. Reconhecer a  Democracia, con-


relatividade das sensos e relavitis-
concepções mo
pessoais, por
oposição a con-
cepções relati-
vistas, e a ne-
cessidade de
criar consensos
com vista à paz
social. (Comp.
13)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Conteúdos Experiências de Aprendizagem Avalia-

3
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

das Competências ção

5. Valorizar a in-  A sociedade civil,


tervenção soci- o princípio da sub-
al e a participa- sidiariedade, a co-
ção na constru- operação, a soli-
ção da socieda- dariedade social e
de, com base o voluntariado
nos valores da
cooperação e
da solidarieda-
de. (Comp. 9 e
12)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

6. Interpretar pro-  As minorias e os


duções cultu- seus direitos
rais sobre situa-
ções de discri-
minação vividas
pelas minorias.
(Comp. 5 e 6)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

4
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

7. Interpretar tex- • A comunidade inter-


tos bíblicos que nacional
fundamentem a  Act 17,24-28: To-
pertença de to- dos os seres hu-
dos os seres manos são filhos
humanos a uma de Deus e formam
comunidade uma comunidade
humana global,
reconhecendo
as suas implica-
ções na vida
quotidiana.
(Comp. 8, 23 e
24)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

8. Interpretar e  A vocação univer-


apreciar produ- sal do Cristianis-
ções estéticas mo
sobre a voca-
ção universal
do Cristianismo.
(Comp. 25 e
26)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Conteúdos Experiências de Aprendizagem Avalia-

5
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

das Competências ção

9. Organizar um  Comunidade inter-


universo de va- nacional e valores
lores que per-  Centralidade
mita reconhe- da pessoa hu-
cer a igual dig- mana
nidade de todas  Unidade de to-
as pessoas e de dos os povos e
todos os povos de todas as
e os deveres de pessoas: o
cooperação e bem comum
solidariedade universal
internacionais  Relação entre
com vista ao nações funda-
bem de todos. da nos valores
(Comp. 1, 4, 9 e éticos: verda-
12) de, justiça, so-
lidariedade e li-
berdade

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

10. Questio-  O direito inter-


nar-se sobre a nacional: ga-
finalidade de rantia de rela-
um direito in- ção justa
ternacional e a  Atentados ao
sua aplicação direito interna-

6
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

concreta, equa- cional: a inge-


cionando res- rência injustifi-
postas funda- cada nas ques-
mentadas. tões internas
(Comp. 2, 3 e de uma nação;
4) desrespeito pe-
los direitos das
11. Interpre- minorias; ex-
tar produções ploração de-
culturais, episó- senfreada dos
dios históricos recursos da
ou factos soci- terra por pou-
ais em que o di- cos países; o
reito fundamen- recurso à guer-
tal dos povos e ra para resol-
das pessoas é ver conflitos; a
violado. (Comp. corrida ao ar-
1, 5 e 6) mamento;
inobservância
dos pactos in-
ternacionais; a
perseguição re-
ligiosa…

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

12. Organizar  A igualdade


uma visão do entre todas as
mundo em que nações e a não

7
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

todos os povos submissão de


têm direito a nenhuma (so-
gerir o seu futu- berania, auto-
ro. (Comp. 4) determinação
e autonomia):
valorização da
expressão da
diversidade

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

13. Questio-  A soberania


nar-se sobre a nacional não é
necessidade e um bem abso-
legitimidade de luto: será justi-
intervenção in- ficada a inge-
ternacional em rência de ou-
contextos naci- tras nações ou
onais, equacio- de organiza-
nando respos- ções internaci-
tas a partir de onais em pro-
valores éticos blemas nacio-
humanistas e nais?
cristãos.
(Comp. 2, 3 e
6)

Blocos de tempo: ____

8
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

14. Valorizar  Organizações in-


organizações ternacionais:
internacionais  ONU e seus or-
que visam a cri- ganismos; ne-
ação de condi- cessidade de
ções para a re- criação de um
alização de to- poder interna-
dos os seres cional, por to-
humanos, atra- dos reconheci-
vés da sua in- do, que sirva o
tervenção soli- bem de toda a
dária, no res- humanidade
peito pela di- (promoção da
versidade. paz, da justiça,
(Comp. 12) etc.)
 Conselho da
Europa
 NATO
 ONG’s
 Etc.

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

15. Mobilizar  Cooperação com


os valores éti- vista ao desenvol-
cos fundamen- vimento, à luta

9
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

tais e as formas contra a pobreza


de actuação e contra os male-
mais eficazes fícios do endivida-
com vista ao mento externo, à
desenvolvimen- promoção da paz,
to humano de da justiça social e
todos os povos da solidariedade
e de todas as
pessoas.
(Comp. 1, 4, 9,
10 e 12)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

16. Interpre- • A relação política/re-


tar episódios ligião ao longo da
históricos e fac- história e no tempo
tos políticos e actual em diferen-
religiosos em tes latitudes
que se verifi-  A confusão do pla-
cam diversos ti- no político com o
pos de relações plano religioso: o
entre o poder Estado confessio-
político e as es- nal e a discrimina-
truturas das ção a grupos mi-
instituições reli- noritários
giosas. (Comp.  O caso de S. To-
4 e 6) más Moro
 A subserviência

10
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

17. Questio- da religião em re-


nar-se sobre a lação ao poder
legitimidade político e a liber-
dos vários tipos dade da Igreja
de relação, a  A subserviência
partir de valo- do poder político
res éticos hu- em relação ao re-
manistas e cris- ligioso e a autono-
tãos, equacio- mia das funções
nando respos- políticas
tas fundadas.  A separação da
(Comp. 2, 3, 4 e religião e do Esta-
9) do: laicidade, au-
tonomia, indepen-
18. Interpre- dência, neutrali-
tar textos sa- dade do Estado,
grados de reli- colaboração…
giões não cris-  O Estado contra
tãs em que se as instituições re-
equacionam ligiosas: laicismo,
formas de rela- indiferença, ateís-
ção entre o po- mo de Estado…
der político e a  A liberdade da re-
religião. (Comp. ligião frente ao
21) Estado e a liber-
dade do Estado
frente à religião

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

11
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

19. Interpre- • A separação das


tar textos bíbli- águas ― o ideal do
cos sobre a se- Evangelho: «Dai a
paração entre o César o que é de
poder político e César e a Deus o
a religião, reco- que é de Deus»: Mc
nhecendo as 12,13-17
suas implica-
ções práticas.
(Comp. 23 e
24)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

20. Mobilizar • Ser construtor da


os valores éti- sociedade com base
cos pertinentes nos valores éticos
à construção de universais: o bem
uma sociedade comum, a solidarie-
mais humana e dade, a cooperação,
mais justa em etc.
que todos vêem
os seus direitos
assegurados.
(Comp. 9, 10 e
12)

12
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

SUGESTÃO DE INTERDISCIPLINARIDADE: Alemão Continuação 10.° e 11.° ― A Alemanha, país reunificado, a Alemanha,
país dividido. Antropologia 12.° ― O poder e as suas formas, dominação, ideologia, visões do mundo, resistência, conflito e
movimentos sociais. Clássicos da Literatura 12.° ― Excertos de «A Utopia» de Tomás Morus. Filosofia 10.° ― A dimensão
ético-política da acção humana e dos valores. Francês 12.° ― Moments de ruptures et de construction de la démocratie. Geo-
grafia C 12.° ― O papel das organizações internacionais. História A 11.° ― A evolução democrática do sistema representativo.
História B 10.º ― O Antigo Regime: estratificação social e poder absoluto; uma estratificação assente no privilégio e garantida
pelo absolutismo régio de direito divino; a recusa do absolutismo e os novos princípios de organização social em Inglaterra: valor
do indivíduo, livre iniciativa, tolerância, separação dos poderes; o iluminismo: a apologia da razão; o primado da ciência; a evolu-
ção democrática do sistema representativo nos Estados liberais; os excluídos da democracia representativa; as aspirações de li-
berdade nos Estados autoritários e os movimentos de unificação nacional. Inglês Continuação 11.º ― Democracia na era glo-
bal. Literaturas de Língua Portuguesa 12.º ― Literatura moçambicana: «CRAVEIRINHA José. 1999. Obra Poética. Caminho. Lis-
boa»; «NOGAR Rui. 1982. Silêncio Escancarado. Edições 70. Lisboa». Literatura Portuguesa: [selecção de textos poéticos ou em
prosa sobre temáticas desta unidade]. Ciência Política 12.º ― As ideias políticas no quadro do Estado moderno; questões rela-
tivas à organização do Estado; globalização e governança global; guerra e terrorismo. Sociologia 12.º ― O fenómeno da globa-
lização.

Valores e ética cristã Ensino Secundário ― Unidade Lecti-


va 2
COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS: 1. Reconhecer, à luz da mensagem cristã, a dignidade da pessoa humana; 2. Questionar-se
sobre o sentido da realidade; 3. Equacionar respostas à questão do sentido da realidade, a partir da visão cristã do mundo;
4. Organizar uma visão coerente do mundo; 5. Interpretar produções culturais (literárias, pictóricas, musicais ou outras)
que utilizam ou aludem a perspectivas religiosas ou a valores éticos; 6. Interpretar criticamente episódios históricos e fac-
tos sociais, a partir de uma leitura da vida fundada em valores humanistas e cristãos; 8. Relacionar o fundamento religioso
da moral cristã com os princípios, valores e orientações para o agir humano, propostos pela Igreja; 9. Organizar um univer-
so coerente de valores, a partir de um quadro de interpretação ética humanista e cristã; 10. Mobilizar princípios e valores
éticos para a orientação do comportamento em situações vitais do quotidiano; 11. Propor soluções fundamentadas para si-
tuações de conflito de valores morais a partir de um quadro de interpretação ética humanista e cristã; 13. Reconhecer a
relatividade das convicções pessoais, como contributos de aproximação à verdade; 14. Identificar o núcleo central consti-
tutivo da identidade do Cristianismo, particularmente do Catolicismo; 23. Interpretar textos fundamentais da Bíblia, ex-
traindo significados adequados e relevantes; 24. Reconhecer as implicações da mensagem bíblica nas práticas de vida
quotidiana; 25. Interpretar produções estéticas de temática cristã, de âmbito universal e local; 26. Apreciar produções es-
téticas de temática cristã, de âmbito universal e local.

13
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

GESTÃO E PLANIFICAÇÃO
Blocos de tempo: ____
Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

1. Questionar-se • Significados das pa-


sobre o sentido lavras «ética» e
das palavras «moral»
«ética» e «mo-
ral» e a sua re-
levância para a
relação do indi-
víduo consigo
próprio e com
os outros,
equacionando
respostas ade-
quadas. (Comp.
2 e 3)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

2. Interpretar pro- • Definição de valor


duções cultu- • Tipologias de valo-
rais sobre di- res
versos tipos de  Valores económi-
valores, de for- cos: prosperidade
ma a organizar / miséria; resulta-

14
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

uma visão coe- do / fracasso


rente do mun-  Valores biológicos:
do, fundada saúde / doença;
numa visão hu- vida / morte
manista e cristã  Valores intelectu-
da vida. (Comp. ais: verdade / fal-
1, 4, 5 e 9) sidade; perspicá-
cia intelectual /
3. Interpretar criti- ineficácia intelec-
camente episó- tual; consciência
dios históricos de si / inconsciên-
e factos sociais cia de si
que evidenciem  Valores da sensi-
uma hierarquia bilidade: agrada-
de valores sem bilidade / desa-
apoio numa vi- gradabilidade;
são humanista prazer / dor; ami-
e cristã da vida, zade / indiferença
procedendo à ou inimizade;
sua avaliação amor (sentimen-
ética. (Comp. 4, to) / desamor ou
6, e 9) ódio…
 Valores da vonta-
de: força de ca-
rácter / pusilani-
midade; constân-
cia / inconstância;
livre arbítrio / in-
capacidade para
decidir
 Valores estéticos:
beleza / fealdade;
bom gosto / mau

15
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

gosto
 Valores sociais:
coesão / desagre-
gação; ordem /
anarquia; prospe-
ridade social / de-
cadência social;
capacidade de re-
lação / tempera-
mento associal;
perfil de liderança
/ incapacidade
para liderar; inici-
ativa / passivida-
de
 Atitudes e valores
ético-morais: o
bem / o mal; a fe-
licidade / a infeli-
cidade; sabedoria
/ incapacidade
para discernir; co-
ragem / cobardia;
autodomínio / agir
de acordo com
pulsões primárias;
mansidão / agres-
sividade; magna-
nimidade / mes-
quinhez; equidade
/ tratar os outros
com base em pre-
conceitos e este-

16
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

reótipos; a verda-
de / a mentira; a
liberdade / o con-
dicionamento de-
terminista; a justi-
ça / a injustiça; o
amor (querer e
agir para o bem
do outro) / o
egoísmo e o ódio;
sinceridade / ocul-
tar do outro a ver-
dade; fidelidade
ou lealdade / infi-
delidade ou desle-
aldade; confiança
/ desconfiança;
humildade ou mo-
déstia / altivez;
entrega de si /
egocentrismo; fra-
ternidade e soli-
dariedade / indife-
rença à situação
do outro…
 Valores religiosos:
amor à Transcen-
dência / indiferen-
ça; fé / descrença;
seguir a Cristo /
recusar a relação
pessoal com Cris-
to; procurar e

17
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

obedecer à vonta-
de de Deus / de-
sobediência a
Deus…

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

4. Organizar um  Problematização
universo de va- da questão da hi-
lores fundado erarquia de valo-
numa visão hu- res
manista e cristã  Os valores ético-
da vida. (Comp. morais são abso-
9) lutos ou relativos?

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

5. Interpretar criti- • Sistemas éticos que


camente produ- se organizam em
ções culturais torno da seguinte fi-
relacionadas nalidade:
com sistemas  Obrigação externa
éticos diversifi- (normas, leis, he-
cados. (Comp. teronomia)
4 e 6)  O prazer (hedonis-
mo, epicurismo)

18
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

 A felicidade (Aris-
tóteles, S.
Tomás…)
 Harmonia interior
(estoicismo)
 O dever pelo de-
ver (Kant: autono-
mia da vontade li-
vre)
 A utilidade (utilita-
rismo)
 O altruísmo (fazer
o bem aos outros
porque reverte a
nosso favor)
 A liberdade (ab-
surdo ― Sartre;
luta contra os va-
lores vigentes ―
revolucionários;
factor de destrui-
ção ― niilismo)
 O exercício da ra-
zão que é capaz
de discernir entre
o bem e o mal ou
como se deve agir
em cada circuns-
tância
 Construção de
uma nova huma-
nidade
• Fundamentações da

19
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

ética sem referência


ao Transcendente e
fundamentação da
ética com referência
ao Transcendente

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

6. Relacionar o • Valores éticos e éti-


fundamento re- ca cristã:
ligioso da ética  O amor a Deus e
cristã com os ao próximo
princípios basi-  A realização do
lares que orien- reino de Deus
tam o agir cris-  A imitação ou o
tão. (Comp. 8, 9 seguimento de
e 14) Cristo

7. Interpretar e
apreciar produ-
ções estéticas
que evidenciem
os princípios
basilares do
agir cristão.
(Comp. 25 e
26)

20
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

8. Interpretar tex- • Sl 15(14): Ser hós-


tos bíblicos so- pede na casa de
bre orientações Deus é praticar o
éticas funda- bem
mentais e reco-
nhecer as suas
implicações na
vida quotidiana.
(Comp. 23 e
24)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

9. Tomar decisões • O juízo moral e a to-


alicerçadas em mada de decisão: a
juízos morais avaliação das con-
fundamenta- sequências, da in-
dos. (Comp. 9 e tenção própria, dos
10) valores implicados e
dos princípios éticos
fundamentais

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Conteúdos Experiências de Aprendizagem Avalia-

21
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

das Competências ção

10. Questio- • Alguns casos con-


nar o funciona- cretos de valoração
mento dos mei- ética
os de comuni-  Ética dos meios
cação social e de comunicação
equacionar res- social
postas funda-  Lucro e audiên-
das em valores cias vs o res-
éticos. (Comp. peito pela dig-
2, 3 e 9) nidade humana
(o direito à in-
11. Interpre- formação e à
tar criticamente formação)
factos sociais  Processos de
relacionados construção da
com os proces- informação
sos específicos  Publicidade: re-
dos meios de lação entre
comunicação propaganda e
social e as suas eficácia real do
consequências. produto; o con-
(Comp. 6 e 9) sumismo e a
criação de ne-
12. Propor so- cessidades ar-
luções funda- tificiais; inva-
das numa ética são de todos
humanista e os espaços, pú-
cristã para situ- blicos e priva-
ações de confli- dos; intensida-
to de valores no de do som
âmbito da actu- (contraste na

22
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

ação dos meios TV entre os


de comunica- programas e a
ção social. publicidade);
(Comp. 11) cortes abrup-
tos dos progra-
mas para intro-
dução de publi-
cidade…
 Ocultamento
de partes da
verdade (omis-
são)
 Linguagem da
emoção epidér-
mica, sem ape-
lo ao espírito
crítico; o sen-
sacionalismo
(só o que per-
turba: a morte,
a violência, o
sexo, etc.) e as
suas repercus-
sões na visão
da sociedade e
das instituições
 Processo de co-
lonização cul-
tural (o produ-
to de língua in-
glesa)
 Confusão entre
o real e a fic-

23
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

ção
 Autoridade dos
MCS sobre as
consciências
 Simplificação e
banalização de
situações com-
plexas para
acompanhar as
taxas de audi-
ência
 A suposta
exaustividade
 Ser o primeiro
a dar a notícia,
independente-
mente da fragi-
lidade da infor-
mação obtida
 A fácil culpabi-
lização pública
sem provas e
os efeitos so-
bre a vida pes-
soal
 Dar conta não
só dos factos
mas da sua
evolução pos-
terior (a «ale-
gada» acusa-
ção vs o «es-
quecimento»

24
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

da absolvição)
 A violação da
privacidade
 Os debates: o
incentivo ao
conflito, ao ex-
tremar de posi-
ções; a recusa
em ouvir o ou-
tro; não permi-
tir ao outro que
termine o seu
raciocínio…

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

13. Reconhe-  A relatividade


cer a relativida- das aproxima-
de dos pontos ções de cada
de vista pesso- pessoa à ver-
ais, excluindo dade: os factos
qualquer abso- e a sua inter-
lutização dos pretação estão
mesmos, numa intimamente li-
procura hones- gados; a ne-
ta e permanen- cessidade de
te da verdade. explicitar as
(Comp. 13) afirmações que
correspondem

25
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

a um ponto de
vista, sem as
fazer passar
por verdades
absolutas

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

14. Mobilizar  Necessidade


a atitude críti- de desenvolver
ca, o distancia- o espírito críti-
mento em rela- co; o desapego
ção às sensa- às sensações
ções imediatas, imediatas; a
a atitude de so- ascese (utilizar
briedade e de apenas na me-
renúncia ao que dida do neces-
é humanamen- sário) e a re-
te devastador núncia ao que
para orientar o é humanamen-
comportamento te devastador,
pessoal frente superficial, etc.
aos meios de
comunicação
social. (Comp.
10)

Blocos de tempo: ____

26
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

15. Questio-  Pena de morte e


nar-se sobre o dignidade da vida
sentido da pena humana
de morte e  Fenomenologia
equacionar res- do problema
postas funda-  O caso portu-
mentadas. guês
(Comp. 2 e 3)

16. Interpre-
tar criticamente
episódios histó-
ricos e factos
sociais relacio-
nados com a
aplicação da
pena de morte
(Comp. 6 e 9)

17. Interpre-
tar produções
culturais relaci-
onadas com po-
sições críticas
frente à pena
de morte.
(Comp. 5 e 6)

Blocos de tempo: ____

27
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

18. Propor so-  Razões para a


luções funda- manutenção
mentadas para da pena de
o conflito entre morte
os valores da  Razões para a
segurança e da abolição da
justiça e os va- pena de morte:
lores da digni- o princípio do
dade e inviola- direito funda-
bilidade da vida mental à vida e
humana, o per- da proibição da
dão sem limi- tortura, de pe-
tes, o amor ab- nas ou trata-
soluto de Deus mentos desu-
por cada pes- manos ou de-
soa, etc. gradantes nas
(Comp. 1, 11 e declarações de
14) direitos; razões
retiradas da
mensagem
cristã

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

19. Mobilizar  Defender a dig-


o princípio da nidade humana

28
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

dignidade hu- até ao limite,


mana para a sem esquecer
defesa de con- o direito à se-
dições sociais gurança
mais justas e
fraternas, em
conformidade
com os princípi-
os de uma ética
humanista e
cristã. (Comp.
10)

SUGESTÃO DE INTERDISCIPLINARIDADE: Antropologia 12.° ― Universalização dos valores, universalidade dos direitos hu-
manos e multiculturalidade. Espanhol Continuação 12.° ― Televisão, cinema, teatro. Filosofia 10.° ― A acção humana: análi-
se e compreensão do agir, os valores: análise e compreensão da experiência valorativa, necessidade de fundamentação da mo-
ral, a manipulação e os meios de comunicação de massa. Filosofia 11.° ― O impacto da sociedade da informação na vida quoti-
diana. Francês 11.° ― Information et communication: globalisation, séduction, manipulation, vie privée/droit à l’information. Ge-
ografia C 12.° ― Circulação da informação. História A 12.° ― A evolução dos media: os novos centros de produção cinemato-
gráfica; o impacto da TV e da música no quotidiano; a hegemonia de hábitos socioculturais norte-americanos. Inglês Continua-
ção 10.º ― Os Media e a comunicação global; comunicação e ética; Os jovens de hoje: valores, atitudes, comportamentos. Lite-
ratura Portuguesa: [selecção de textos poéticos ou em prosa sobre temáticas desta unidade].

Ética e economia Ensino Secundário ― Unidade Lectiva 3


COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS: 1. Reconhecer, à luz da mensagem cristã, a dignidade da pessoa humana; 2. Questionar-se
sobre o sentido da realidade; 3. Equacionar respostas à questão do sentido da realidade, a partir da visão cristã do mundo;
4. Organizar uma visão coerente do mundo; 5. Interpretar produções culturais (literárias, pictóricas, musicais ou outras)
que utilizam ou aludem a perspectivas religiosas ou a valores éticos; 6. Interpretar criticamente episódios históricos e fac-
tos sociais, a partir de uma leitura da vida fundada em valores humanistas e cristãos; 8. Relacionar o fundamento religioso
da moral cristã com os princípios, valores e orientações para o agir humano, propostos pela Igreja; 9. Organizar um univer-

29
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

so coerente de valores, a partir de um quadro de interpretação ética humanista e cristã; 10. Mobilizar princípios e valores
éticos para a orientação do comportamento em situações vitais do quotidiano; 11. Propor soluções fundamentadas para si-
tuações de conflito de valores morais a partir de um quadro de interpretação ética humanista e cristã; 12. Relacionar-se
com os outros com base nos princípios de cooperação e solidariedade, assumindo a alteridade e diversidade como factor
de enriquecimento mútuo; 14. Identificar o núcleo central constitutivo da identidade do Cristianismo, particularmente do
Catolicismo; 23. Interpretar textos fundamentais da Bíblia, extraindo significados adequados e relevantes; 24. Reconhecer
as implicações da mensagem bíblica nas práticas de vida quotidiana; 25. Interpretar produções estéticas de temática cris-
tã, de âmbito universal e local; 26. Apreciar produções estéticas de temática cristã, de âmbito universal e local.

GESTÃO E PLANIFICAÇÃO
Blocos de tempo: ____
Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

1. Organizar um • A Doutrina Social da


universo de va- Igreja
lores fundado  Principais etapas
nos princípios do seu desenvol-
fundamentais vimento
da Doutrina So-  Contexto histórico
cial da Igreja. e social na génese
(Comp. 1, 4, 9, dos principais do-
12 e 14) cumentos
 Princípios propos-
2. Interpretar fac- tos: a dignidade
tos históricos e da pessoa huma-
sociais que esti- na; o bem co-
veram na base mum; a subsidia-
da elaboração riedade e a parti-
da doutrina So- cipação; a solida-
cial da Igreja. riedade; a justiça;
(Comp. 6, 1, 9 e a verdade
14)

30
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

3. Relacionar o
fundamento re-
ligioso da ética
social cristã
com os princípi-
os adoptados
na Doutrina so-
cial da Igreja.
(Comp. 8, 9 e
14)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

4. Organizar uma • A vida económica


visão coerente  Relação econo-
da actividade mia/princípios éti-
económica a cos
partir de uma  As finalidades da
concepção éti- actividade econó-
ca da vida. mica (a produção
(Comp. 1, 4 e de riqueza, o lu-
9) cro…) e sua finali-
dade última (a re-
5. Propor soluções alização da pes-
fundamentadas soa humana)
para situações  Desenvolvimento
onde se mani- económico e bem-
feste o conflito estar social e pes-

31
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

entre objectivos soal


económicos e
princípios éti-
cos. (Comp. 11)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

6. Questionar-se  Empréstimo vs
sobre a situa- usura
ção de endivi-  As possibilidades
damento das do empréstimo a
famílias e das juros
nações e equa-  A dependência
cionar respos- inaceitável das
tas fundadas pessoas, famílias
em valores e países
como a dignida-
de das pessoas,
o direito ao
bem-estar e a
solidariedade.
(Comp. 2, 3, 4,
9 e 12)

7. Interpretar fac-
tos sociais em
que se jogue o
conflito entre o
direito à obten-

32
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

ção do valor
emprestado e
dos juros cor-
respondentes e
o direito a cons-
truir o seu futu-
ro sem entra-
ves significati-
vos à realização
pessoal e colec-
tiva. (Comp. 6 e
11)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

8. Questionar-se  A distribuição dos


sobre a situa- bens: riqueza e
ção da distribui- pobreza a nível
ção desigual pessoal e planetá-
dos bens pelas rio
pessoas e pelas  As causas da po-
sociedades, breza (pessoal ou
equacionando nacional): os bai-
respostas fun- xos níveis de edu-
dadas em valo- cação escolar; a
res ético-mo- pertença a certos
rais. (Comp. 1, grupos mais fragi-
2, 3 e 4) lizados; o endivi-
damento; o neo-

33
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

9. Interpretar pro- colonialismo eco-


duções cultu- nómico; a corrup-
rais sobre a dis- ção e a má gestão
tribuição desi- dos bens públicos
gual dos bens, e dos emprésti-
suas causas e mos recebidos;
consequências. etc.
(Comp. 4, 5 e  O princípio do
9) destino universal
dos bens e o direi-
10. Interpre- to à propriedade
tar criticamente privada
factos sociais  A opção preferen-
que evidenciem cial pelos pobres:
a injusta distri- a solidariedade
buição dos como valor cen-
bens. (Comp. 4, tral
6 e 9)

11. Relacio-
nar o funda-
mento religioso
da ética cristã
com os princípi-
os do destino
universal dos
bens, da opção
preferencial pe-
los pobres, da
solidariedade e
cooperação.
(Comp. 8, 9, 12
e 14)

34
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

12. Mobilizar  Participação na


os valores e dignificação da
princípios éti- pessoa pobre
cos analisados
para a orienta-
ção do compor-
tamento em si-
tuações de ur-
gente dignifica-
ção das pesso-
as. (Comp. 10)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

13. Distinguir  Pobreza material


o fundamento vs atitude de po-
religioso do ide- breza espiritual
al de «pobreza
espiritual» das
situações de
pobreza materi-
al e do conse-
quente desafio

35
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

à consciência
de cada cristão.
(Comp. 4, 8 e
9)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

14. Interpre-  O rico insensato e


tar textos bíbli- a confiança em
cos sobre a re- Deus: Lc 12,13-34
lação do ser hu-
mano com os
bens materiais,
reconhecendo
as suas implica-
ções na vida
quotidiana.
(Comp. 14, 23 e
24)

15. Interpre-
tar produções
estéticas relaci-
onadas com a
temática dos
textos bíblicos
analisados.
(Comp. 25 e
26)

36
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

16. Questio-  Actividade econó-


nar-se sobre o mica e utilização
impacto do de- racional dos re-
senvolvimento cursos naturais. O
económico no impacto da econo-
meio ambiente mia no meio am-
e equacionar biente. O uso imo-
respostas fun- derado dos recur-
damentadas. sos. O conceito de
(Comp. 2, 3, 4 e desenvolvimento
9) sustentável.

17. Interpre-
tar produções
culturais sobre
o impacto da
actividade eco-
nómica no meio
ambiente, a
partir de uma
visão humanis-
ta e cristã do
mundo. (Comp.
1, 4, 5 e 9)

18. Propor so-

37
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

luções funda-
mentadas para
situações de
conflito entre,
por um lado, o
desenvolvimen-
to económicos
e o bem-estar
dele decorrente
e, por outro
lado, a preser-
vação do meio
ambiente.
(Comp. 4, 9 e
11)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

19. Organizar  O consumo e os


um universo de direitos do consu-
valores a res- midor
peito das ques-  Instituições de de-
tões do consu- fesa do consumi-
mo, fundado dor: DECO…
numa visão hu-  O livro de recla-
manista e cristã mações
da vida. (Comp.
4 e 9)

38
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

20. Interpre-
tar criticamente
factos sociais
que ponham
em causa os di-
reitos do consu-
midor. (Comp. 4
e 6)

21. Propor so-


luções funda-
mentadas para
situações de
conflito entre
os direitos co-
merciais e os
direitos do con-
sumidor.
(Comp. 4, 9 e
11)

22. Mobilizar
valores éticos e
direitos funda-
mentais para
orientação do
comportamento
em situações
concretas de
defesa dos seus
direitos en-
quanto consu-
midor. (Comp.

39
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

4, 9 e 10)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

23. Interpre-  O consumismo (o


tar produções vício do consumo,
culturais relaci- independente-
onadas com o mente das neces-
consumismo ou sidades reais) vs o
o uso sóbrio uso sóbrio das
dos bens, orga- coisas
nizando um uni-  Centrar a vida no
verso de valo- «ter» ou no
res humanista e «ser»? No consu-
cristão. (Comp. mo para benefício
5 e 9) próprio ou no hu-
manismo solidá-
24. Propor so- rio?
luções funda-
mentadas para
situações onde
se evidencie o
conflito entre a
centração da
vida no «ter»
ou no «ser».
(Comp. 11 e
14)

40
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

25. Mobilizar
os valores da
sobriedade e da
solidariedade
no uso dos
bens em situa-
ções concretas
da vida. (Comp.
10, 12 e 14)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

26. Interpre-  A globalização


tar factos eco- económico-finan-
nómico-sociais ceira: efeitos be-
e políticos rela- néficos e riscos. O
cionados com desenvolvimento
os processos de integral e solidá-
globalização e rio
a sua repercus-
são no desen-
volvimento co-
lectivo e na feli-
cidade pessoal,
com base em
princípios e va-
lores éticos hu-
manistas e cris-
tãos. (Comp. 1,

41
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

4, 6 e 9)

SUGESTÃO DE INTERDISCIPLINARIDADE: Alemão Continuação 10.° ― Poluição ambiental: causas e soluções / A estratifica-
ção social: poder, recursos e desigualdade social, desigualdade, democracia e cidadania. Geologia 11.° e 12.° ― Exploração
sustentada de recursos geológico. Economia A 10.°- 11.° ou 11.°-12.° ― Necessidades e consumo, rendimentos e repartição
dos rendimentos. Economia C 12.° ― As desigualdades actuais de desenvolvimento, a globalização e a regionalização económi-
ca do mundo, o desenvolvimento e os recursos ambientais: o crescimento económico moderno e as consequências ecológicas, o
funcionamento da economia e os problemas ecológicos, o desenvolvimento e os direitos humanos. Espanhol Continuação 11.°
― Meio ambiente. Espanhol Iniciação 10.° ― O consumo: compras, presentes. Espanhol Iniciação 11.° ― O consumo: ali-
mentação e outros aspectos a seleccionar. Espanhol Iniciação 12.° ― O consumo: vestuário e outros aspectos a seleccionar.
Filosofia 11.° ― A industrialização e o impacto ambiental; Geografia A 10.º ― Os recursos naturais de que a população dis-
põe: usos, limites e potencialidades. Geografia A 11.° ― A valorização ambiental em Portugal e a política ambiental comunitá-
ria. Geografia C 12.° ― O sistema mundial contemporâneo, o Terceiro Mundo e a emergência das semi-periferias, circulação de
capitais, comércio internacional de bens e de serviços, um acesso desigual ao desenvolvimento: emprego e exclusão social,
fome e má nutrição, pobreza e saúde, Problemas ambientais globais e internacionais, ambiente urbano. Geologia 12.° ― O Ho-
mem como agente de mudanças ambientais: aquecimento global; exploração de minerais e de materiais de construção e orna-
mentais, contaminação do ambiente; exploração e modificação dos solos; exploração e contaminação das águas, que cenários
para o século xxi? Mudanças ambientais, regionais e globais. História A 11.° ― As propostas socialistas de transformação revo-
lucionária da sociedade. História A 12.° ― Permanência de focos de tensão em regiões periféricas: degradação das condições
de existência na África subsaariana; etnias e Estados; descolagem contida e endividamento externo na América latina; Afirmação
do neo-liberalismo e globalização da economia; rarefacção da classe operária; declínio da militância política e do sindicalismo,
ambiente. História B 10.º ― A confiança nos mecanismos auto-reguladores do mercado. As crises do capitalismo. Inglês Con-
tinuação 11.º ― Ameaças ao ambiente; o jovem e o consumo (hábitos de consumo, criação da imagem, publicidade e marke-
ting, defesa do consumidos, ética da produção e comercialização dos bens. Inglês Iniciação 11.º ― O ambiente e o consumo.
Literaturas de Língua Portuguesa 12.º ― Literatura angolana: «VIEIRA Luandino. s/d. Luuanda. Edições 70. Lisboa»; «NETO
Agostinho. 1974. Sagrada Esperança. Sá da Costa. Lisboa». Literatura Portuguesa: [selecção de textos poéticos ou em prosa
sobre temáticas desta unidade]. Psicologia B 12.º ― Eu nos contextos (modelo ecológico do desenvolvimento). Sociologia
12.º ano ― O fenómeno da globalização; consumo e estilos de vida; ambiente, riscos e incertezas; pobreza e exclusão social.

A civilização do amor Ensino Secundário ― Unidade Lectiva 4


COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS: 1. Reconhecer, à luz da mensagem cristã, a dignidade da pessoa humana; 2. Questionar-se
sobre o sentido da realidade; 3. Equacionar respostas à questão do sentido da realidade, a partir da visão cristã do mundo;

42
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

4. Organizar uma visão coerente do mundo; 5. Interpretar produções culturais (literárias, pictóricas, musicais ou outras)
que utilizam ou aludem a perspectivas religiosas ou a valores éticos; 6. Interpretar criticamente episódios históricos e fac-
tos sociais, a partir de uma leitura da vida fundada em valores humanistas e cristãos; 8. Relacionar o fundamento religioso
da moral cristã com os princípios, valores e orientações para o agir humano, propostos pela Igreja; 9. Organizar um univer-
so coerente de valores, a partir de um quadro de interpretação ética humanista e cristã; 10. Mobilizar princípios e valores
éticos para a orientação do comportamento em situações vitais do quotidiano; 12. Relacionar-se com os outros com base
nos princípios de cooperação e solidariedade, assumindo a alteridade e diversidade como factor de enriquecimento mútuo;
13. Reconhecer a relatividade das convicções pessoais, como contributos de aproximação à verdade; 14. Identificar o nú-
cleo central constitutivo da identidade do Cristianismo, particularmente do Catolicismo; 21. Interpretar textos sagrados
fundamentais de religiões não cristãs, extraindo significados adequados e relevantes; 23. Interpretar textos fundamentais
da Bíblia, extraindo significados adequados e relevantes; 24. Reconhecer as implicações da mensagem bíblica nas práticas
de vida quotidiana; 25. Interpretar produções estéticas de temática cristã, de âmbito universal e local; 26. Apreciar produ-
ções estéticas de temática cristã, de âmbito universal e local.

GESTÃO E PLANIFICAÇÃO
Blocos de tempo: ____
Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

1. Interpretar pro- • A humanidade reali-


duções cultu- za-se no
rais sobre a re- indivíduo/pessoa
alização da hu- (EU), na sua relação
manidade en- com o outro (TU) e
quanto EU, TU na criação de laços
e NÓS. (Comp. de comunhão colec-
4 e 5) tivos (NÓS)

2. Questionar-se
sobre o sentido
das relações in-
terpessoais e
das organiza-
ções de vária

43
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

ordem enquan-
to obstáculos
ou promotores
da realização
da humanida-
de, equacionan-
do respostas
fundamenta-
das. (Comp. 2,
3 e 4)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

3. Reconhecer no • O outro como pes-


outro um TU no soa com quem eu
qual habita um me encontro; o ou-
EU plenamente tro que é um TU
digno que inter- com quem me rela-
pela à relação ciono (não um ob-
fraterna e soli- jecto, mas uma pes-
dária. (comp. 1, soa); a abertura ao
4 e 12) outro naquilo que
ele é; a solidarieda-
de e fraternidade…

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

44
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

4. Reconhecer no • O EU como manifes-


EU um ser pes- tação autêntica da
soal cuja condi- pessoa ao outro
ção de possibili-
dade de realiza-
ção passa pela
relação inter-
pessoal e pela
abertura autên-
tica ao outro.
(Comp. 1 e 4)

5. Reconhecer que
a aceitação da
relatividade das
próprias convic-
ções, atitudes e
formas de agir
é condição para
a autenticidade
da relação com
os outros.
(Comp. 13)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

6. Reconhecer que • O NÓS como comu-


a pertença a nidade, resultante
uma comunida-

45
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

de, cujos mem- do encontro entre


bros permane- pessoas que se re-
cem livres, e a conhecem mutua-
participação na mente livres
sua construção
são elementos
essenciais para
a realização
pessoal. (Comp.
1 e 4)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

7. Questionar-se • A relação inautênti-


sobre a existên- ca: a mentira, a
cia de relações subjugação do outro
inautênticas e aos meus interes-
as formas da ses, a infidelidade…
sua manifesta-
ção, equacio-
nando respos-
tas adequadas,
a partir de uma
antropologia
humanista e
cristã. (Comp.
2, 3 e 4)

8. Interpretar pro-

46
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

duções cultu-
rais sobre rela-
ções inautênti-
cas, a partir de
uma visão hu-
manista e cris-
tã. (Comp. 4 e
5)

9. Interpretar,
com bases
numa visão hu-
manista e cris-
tã, factos histó-
ricos e sociais
que expressem
formas de rela-
ção inautêntica.
(Comp. 4 e 6)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

10. Organizar • A comunidade base-


um universo de ada nos valores hu-
valores que ori- manos: verdade, re-
ente a acção conhecimento do
para a constru- valor humano do
ção de comuni- outro, fidelidade (a
dades autênti- si, aos outros)

47
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

cas, fundadas • O diálogo como ati-


no diálogo, na tude fundamental
cooperação, na na construção da ci-
solidariedade e vilização do amor
no amor.
(Comp. 1, 4, 9 e • Exemplos de vivên-
12) cia do amor frater-
no: Comunidade de
Sant’Egídio…

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

11. Interpre- • Formas de expres-


tar textos sa- são das relações in-
grados de tradi- terpessoais nas reli-
ções religiosas giões não cristãs
não cristãs que
exprimam for-
mas de enten-
der as relações
interpessoais.
(Comp. 21)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

12. Interpre- • Deus é amor (1Jo

48
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

tar textos bíbli- 4,7ss)


cos sobre o • O amor: o manda-
amor como va- mento central da
lor cristão cen- mensagem cristã:
tral na forma de Mc 12,28-34
entender a rela- • O mandamento
ção religiosa e novo (Jo 13,34-35)
humana.
(Comp. 23 e
24)

13. Interpre-
tar e apreciar
produções esté-
ticas cristãs so-
bre o amor.
(Comp. 25 e
26)

14. Identificar
o fundamento
religioso da ati-
tude cristã do
amor. (Comp. 8
e 14)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

15. Mobilizar • Como construir uma

49
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

o valor do civilização do amor?


amor, da soli-  As relações inter-
dariedade e da pessoais na pers-
justiça para ori- pectiva do amor;
entação do a vida como dom
comportamento de si
em situações  As questões soci-
vitais do quoti- ais e a construção
diano. (Comp. de uma civilização
1, 4, 9, 10 e 12) planetária centra-
da no amor
 O respeito pelos
direitos dos outros
e a prática da jus-
tiça

SUGESTÃO DE INTERDISCIPLINARIDADE: Espanhol Continuação 10.°, 11.° ― Juventude. Espanhol Iniciação 10.° ― O
‘eu’ e os outros: identificação e gostos pessoais, as relações humanas: família, amigos, colegas. Espanhol Iniciação 11.° ― O
‘eu’ e os outros: descrição, interesses e preferências, as relações humanas: família, amigos e outras pessoas da comunidade. Es-
panhol Iniciação 12.° ― O ‘eu’ e os outros: aspirações, emoções e sentimentos, as relações humanas: família, amigos, pessoas
da comunidade, grupos de jovens, afinidades, relações de respeito e amizade. Literaturas de Língua Portuguesa 12.º ― Lite-
ratura angolana: «LARA Alda. 1984. Poemas. Vertente. Porto». Literatura Portuguesa: [selecção de textos poéticos ou em prosa
sobre temáticas desta unidade]. Sociologia 12.º ― Globalização; família e escola.

Os novos movimentos religiosos Ensino Secundário ― Unidade Lectiva 5


COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS: 1. Reconhecer, à luz da mensagem cristã, a dignidade da pessoa humana; 2. Questionar-se
sobre o sentido da realidade; 3. Equacionar respostas à questão do sentido da realidade, a partir da visão cristã do mundo;
4. Organizar uma visão coerente do mundo; 5. Interpretar produções culturais (literárias, pictóricas, musicais ou outras)
que utilizam ou aludem a perspectivas religiosas ou a valores éticos; 6. Interpretar criticamente episódios históricos e fac-
tos sociais, a partir de uma leitura da vida fundada em valores humanistas e cristãos; 9. Organizar um universo coerente

50
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

de valores, a partir de um quadro de interpretação ética humanista e cristã; 10. Mobilizar princípios e valores éticos para a
orientação do comportamento em situações vitais do quotidiano; 11. Propor soluções fundamentadas para situações de
conflito de valores morais a partir de um quadro de interpretação ética humanista e cristã; 12. Relacionar-se com os outros
com base nos princípios de cooperação e solidariedade, assumindo a alteridade e diversidade como factor de enriqueci-
mento mútuo; 13. Reconhecer a relatividade das convicções pessoais, como contributos de aproximação à verdade; 14.
Identificar o núcleo central constitutivo da identidade do Cristianismo, particularmente do Catolicismo; 15. Identificar o nú-
cleo central constitutivo das principais confissões religiosas; 16. Distinguir os elementos convergentes dos elementos di-
vergentes das principais confissões religiosas, cristãs e não cristãs; 17. Assumir uma posição pessoal frente ao fenómeno
religioso e à identidade das confissões religiosas; 18. Agir em conformidade com as posições assumidas em relação ao fe-
nómeno religioso, no respeito pelos valores fundamentais do diálogo e da tolerância; 19. Promover, na sua prática de vida,
o diálogo ecuménico como suporte essencial para a construção da paz entre os povos e da unidade do Cristianismo, mobi-
lizando conhecimentos sobre a identidade de cada confissão religiosa cristã; 20. Promover, na sua prática de vida, o diálo-
go inter-religioso como suporte essencial para a construção da paz entre os povos, mobilizando conhecimentos sobre a
identidade de cada confissão religiosa não cristã; 21. Interpretar textos sagrados fundamentais de religiões não cristãs, ex-
traindo significados adequados e relevantes; 23. Interpretar textos fundamentais da Bíblia, extraindo significados adequa-
dos e relevantes; 24. Reconhecer as implicações da mensagem bíblica nas práticas de vida quotidiana.

GESTÃO E PLANIFICAÇÃO

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

1. Questionar-se • Seitas ou novos mo-


sobre o sentido vimentos religiosos?
da existência Clarificação dos ter-
de novos movi- mos e aproximação
mentos religio- às realidades que
sos e sobre a pretendem expres-
distinção entre sar
o conceito de • Razões da prolifera-
«seita» e o con- ção de novos movi-
ceito de «novos mentos religiosos

51
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

movimentos re- • Razões da adesão


ligiosos», equa- pessoal a novas for-
cionando res- mas de espirituali-
postas adequa- dade
das. (Comp. 2,
3 e 4)

2. Interpretar epi-
sódios históri-
cos e factos so-
ciais, bem
como razões de
natureza indivi-
dual, que expli-
cam a existên-
cia de novos
movimentos re-
ligiosos. (Comp.
4, 6 e 9)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

3. Identificar crité- • Critérios de discer-


rios de autenti- nimento: alienação
cidade religio- vs respeito pela li-
sa, com base berdade individual;
em princípios manipulação do tex-
humanistas e to sagrado vs inter-
cristãos, equa- pretação não pre-

52
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

cionando res- conceituosa; en-


postas adequa- clausuramento vs
das a situações abertura ao mundo
de conflito de exterior; o religioso
valores. (Comp. ao serviço do lucro
1, 9 e 11) financeiro vs a au-
tenticidade religiosa
como prioridade
fundamental…

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

4. Questionar-se • Caracterização dos


sobre o sentido principais movimen-
das crenças e tos:
das práticas  Testemunhas de
dos novos mo- Jeová
vimentos religi-  Mórmones ― Igre-
oso, equacio- ja de Jesus Cristo
nando respos- dos Santos dos Úl-
tas fundamen- timos Dias
tadas, com  Igreja dos Adven-
base em princí- tistas do 7.° Dia
pios éticos hu-  Igrejas cristãs de
manistas e cris- raiz protestante:
tãos. (Comp. 1, Anabaptistas,
2, 3 e 4) Baptistas, Evan-
gélicos
5. Interpretar pro-  Igreja Maná

53
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

duções cultu-  Igreja Universal


rais relaciona- do Reino de Deus
das com os no-  New Age ― Nova
vos movimen- Idade
tos religiosos.  Baha’i
(Comp. 5)  Hare Krishna
 Etc.
6. Interpretar epi-
sódios históri- Nota: Apresentam-se
cos e factos so- os elementos
ciais que expli- essenciais de
quem a origem cada grupo, so-
e desenvolvi- bretudo os se-
mento de cada guintes: origem
movimento reli- e desenvolvi-
gioso estudado. mento históri-
Comp. 6) co; doutrinas;
práticas; pers-
7. Propor solu- pectiva da Igre-
ções, funda- ja Católica
mentadas em
princípios éti-
cos humanistas
e cristãos, para
situações de
conflito de valo-
res morais, re-
lacionados com
as práticas de
determinados
movimentos re-
ligiosos. (Comp.
11)

54
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

8. Identificar o nú-
cleo central
constitutivo da
identidade de
cada movimen-
to religioso es-
tudado. (Comp.
15)

9. Identificar o nú-
cleo central do
Cristianismo,
particularmente
do Catolicismo,
estabelecendo
os pontos de
convergência e
de divergência
em relação às
crenças e práti-
cas dos movi-
mentos religio-
sos estudados.
(Comp. 14 e
16)

10. Interpre-
tar textos sa-
grados dos mo-
vimentos religi-
osos estudados
que ilustrem a

55
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

sua identidade.
(Comp. 21)

11. Interpre-
tar adequada-
mente textos
bíblicos que se
relacionem com
perspectivas
adoptadas pe-
los novos movi-
mentos religio-
sos, reconhe-
cendo as suas
implicações.
(Comp. 23 e
24)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

12. Promover, • É possível o diálogo


na medida do ecuménico ou inter-
possível, o diá- religioso com os no-
logo ecuménico vos movimentos re-
e inter-religioso ligiosos?
para a promo-
ção da paz e da
justiça no mun-
do. (Comp. 19 e

56
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

20)

13. Cooperar,
a nível individu-
al e, quando
possível, a nível
institucional,
com os novos
movimentos re-
ligiosos, com
vista à promo-
ção da paz e da
justiça, sem
dissolver a pró-
pria identidade
e dentro dos li-
mites do respei-
to pela alterida-
de. (Comp. 12)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

14. Organizar • A Verdade e a Tole-


um universo de rância
valores que in-  Verdade absoluta
tegre a verdade e conhecimento
absoluta, os li- da verdade: dog-
mites do conhe- matismo, relativis-
cimento huma- mo, cepticismo,

57
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

no da verdade relatividade do
e a tolerância conhecimento hu-
para com con- mano
cepções dife-  Verdade e tolerân-
rentes. (Comp. cia: os limites hu-
9 e 13) manos ao conhe-
cimento da verda-
15. Interpre- de e os limites da
tar criticamente tolerância
as várias con-
cepções da ver-
dade e as suas
consequências
sobre a acção
humana.
(Comp. 6 e 9)

16. Propor so-


luções para si-
tuações de con-
flito entre, por
um lado, o va-
lor da verdade
e, por outro, o
valor da liber-
dade individual,
da dignidade da
pessoa e da to-
lerância na re-
lação interpes-
soal. (Comp.
11)

58
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

17. Interpre-  A verdade do pon-


tar textos bíbli- to de vista cristão
cos que reflic-  Deus é a verda-
tam sobre a de (Ex 34,4-5;
verdade, reco- 2Sm 7,28)
nhecendo as  Jesus é a verda-
suas implica- de (Jo
ções na prática 1,9.14.17;
da vida quotidi- 8,31-32; 14,6;
ana. (Comp. 14, 18,37-38)
23 e 24)  A verdade con-
siste em prati-
car a vontade
de Deus (Sl
15[14],1-2; Tg
2,18.22; 2Jo 3-
6)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

18. Mobilizar  Procurar a verda-


os valores da de e ser tolerante:
verdade, da to- uma tarefa infinita
lerância e da

59
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

cooperação, no
respeito pela
dignidade hu-
mana, para ori-
entação do
comportamento
em situações
do quotidiano.
(Comp. 1, 10 e
12)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

19. Questio- • O que falta fazer


nar-se e equaci- para que a Igreja
onar respostas Católica seja cada
adequadas à vez mais um lugar
necessidade de de encontro com
construção de Deus e com os ou-
comunidades tros?
que possam  Reforço da experi-
proporcionar a ência comunitária
experiência de da fé
encontro com  Promoção da ex-
Deus e com os periência espiritu-
outros, no âm- al pessoal
bito da Igreja  O religioso como
Católica. apelo ao coração
(Comp. 2, 3 e  Reforço da forma-

60
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

14) ção (especialmen-


te bíblica)
 Acolhimento das
pessoas e criação
de espaços e mo-
mentos em que
possam pôr as
suas dúvidas
 Abertura à partici-
pação laical na
vida eclesial
 (…)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

20. Assumir • Tomada de decisões


uma posição fundamentadas e
pessoal frente coerência entre o
às propostas que se decidiu e o
dos novos mo- comportamento
vimentos religi- posterior, sempre
osos e agir em nos limites do res-
conformidade peito pela liberdade
com as posi- alheia, da tolerância
ções assumi- e do diálogo.
das, mobilizan-
do os valores
da verdade, da
liberdade e da

61
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

tolerância.
(Comp. 10, 17 e
18)

SUGESTÃO DE INTERDISCIPLINARIDADE: Antropologia 12.° ― A religião na vida social: o sagrado e o profano, magia e reli-
gião, mitos e cosmologias, a diversidade das religiões, politeísmo e monoteísmo, as instituições religiosas, religiosidades no mun-
do contemporâneo. Filosofia 10.° ― A dimensão religiosa: análise e compreensão da experiência religiosa, a paz mundial e o
diálogo inter-religioso. Filosofia 11.° ― Realidade e verdade: a plurivocidade da verdade, convicção, tolerância e diálogo ― a
construção da cidadania. Francês 10.° ― Expérience et parcours: insertion social, marginalisation. História A 12.° ― Dinamis-
mos socioculturais: revivescência do fervor religioso e perda de autoridade das Igrejas; individualismo moral e novas formas de
associativismo; hegemonia da cultura urbana. Literaturas de Língua Portuguesa 12.º ― Literatira brasileira: «ANDRADE Carlos
Drumond de. 2001. Antologia Poética. Dom Quixote. Lisboa»; «MORAIS Vinicius de. 2001. Antologia Poética. Dom Quixote. Lisboa»;
«BANDEIRA Manuel. 1966. Libertinagem. In Estrela da Vida Interior. José Olympio. Rio de Janeiro». Literatura Portuguesa: [selec-
ção de textos poéticos ou em prosa sobre temáticas desta unidade].

Um sentido para a vida Ensino Secundário ― Unidade Lectiva 6


COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS: 1. Reconhecer, à luz da mensagem cristã, a dignidade da pessoa humana; 2. Questionar-se
sobre o sentido da realidade; 3. Equacionar respostas à questão do sentido da realidade, a partir da visão cristã do mundo;
4. Organizar uma visão coerente do mundo; 5. Interpretar produções culturais (literárias, pictóricas, musicais ou outras)
que utilizam ou aludem a perspectivas religiosas ou a valores éticos; 6. Interpretar criticamente episódios históricos e fac-
tos sociais, a partir de uma leitura da vida fundada em valores humanistas e cristãos; 7. Relacionar os dados das ciências
com a interpretação cristã da realidade; 8. Relacionar o fundamento religioso da moral cristã com os princípios, valores e
orientações para o agir humano, propostos pela Igreja; 9. Organizar um universo coerente de valores, a partir de um qua-
dro de interpretação ética humanista e cristã; 10. Mobilizar princípios e valores éticos para a orientação do comportamento
em situações vitais do quotidiano; 11. Propor soluções fundamentadas para situações de conflito de valores morais a partir
de um quadro de interpretação ética humanista e cristã; 12. Relacionar-se com os outros com base nos princípios de coo-
peração e solidariedade, assumindo a alteridade e diversidade como factor de enriquecimento mútuo; 14. Identificar o nú-
cleo central constitutivo da identidade do Cristianismo, particularmente do Catolicismo; 16. Distinguir os elementos con-
vergentes dos elementos divergentes das principais confissões religiosas, cristãs e não cristãs; 21. Interpretar textos sa-
grados fundamentais de religiões não cristãs, extraindo significados adequados e relevantes; 23. Interpretar textos funda-
mentais da Bíblia, extraindo significados adequados e relevantes; 24. Reconhecer as implicações da mensagem bíblica nas

62
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

práticas de vida quotidiana; 25. Interpretar produções estéticas de temática cristã, de âmbito universal e local; 26. Apreci-
ar produções estéticas de temática cristã, de âmbito universal e local.

GESTÃO E PLANIFICAÇÃO

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

1. Questionar-se • O que é o sentido


sobre o sentido da vida?
da realidade e • O sentido e os senti-
equacionar res- dos
postas funda-
mentadas.
(Comp. 2 e 3)

2. Interpretar, a
partir de uma
concepção hu-
manista e cris-
tã, produções
culturais que
reflictam sobre
o sentido da
vida humana.
(Comp. 1, 4 e
5)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Conteúdos Experiências de Aprendizagem Avalia-

63
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

das Competências ção

3. Organizar um • Viver o presente e


universo de va- projectar-se no futu-
lores, em torno ro (a esperança)
da esperança,
que projecte o
ser humano
numa visão ao
mesmo tempo
lúcida e opti-
mista do futuro.
(Comp. 4 e 9)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

4. Tomar opções • Opções fundamen-


fundamentais tais
direccionadas • Opções fundamen-
para a realiza- tais e realização
ção pessoal. pessoal
(Comp. 4 e 9)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

5. Identificar a vo- • Vocação e sentido

64
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

cação primordi- da vida


al de cada ser  A vocação primor-
humano, a par- dial: a vida; a fé
tir da afirmação religiosa e a fé
da sua dignida- cristã, em particu-
de. (Comp. 1 e lar; a felicidade e
4) a qualidade de
vida; a perfeição
ética

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

6. Mobilizar os va-  A aprendizagem


lores do traba- escolar como va-
lho, do esforço lor em si mesmo
para alcançar (valorização da
objectivos, da pessoa) e como
aquisição de preparação para a
cultura e saber vida profissional:
para a orienta- a importância do
ção do compor- empenho e do es-
tamento em forço pessoal
contexto esco-
lar e para a pre-
paração do fu-
turo. (Comp. 9
e 10)

65
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

7. Organizar um  A vocação profis-


universo de va- sional
lores que con-
ceba a vocação
profissional
como factor de
realização pes-
soal e como for-
ma de partici-
pação na cons-
trução da socie-
dade. (Comp.
9)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

8. Questionar-se  A vocação e a
sobre o sentido partilha de vida: o
da existência matrimónio, o ce-
de várias for- libato por amor do
mas concretas Reino de Deus:
de viver a vida vida sacerdotal,
e equacionar vida consagrada…
respostas rele-
vantes. (Comp.

66
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

2, 3 e 4)

9. Interpretar e
apreciar produ-
ções estéticas
sobre as formas
vocacionais es-
pecíficas, iden-
tificando o seu
sentido. (Comp.
9, 25 e 26)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

10. Interpre-  A escolha da pes-


tar produções soa com quem se
culturais sobre quer construir o
os critérios de futuro
escolha da pes-
soa com quem
se pretende
partilhar a vida,
numa relação
matrimonial, a
partir de uma
visão humanis-
ta e cristã da
realidade.
(Comp. 5 e 9)

67
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

11. Questio- • Quando a vida pare-


nar-se sobre si- ce não ter sentido
tuações de ne- (situações de confli-
gação pessoal to de valores):
do sentido da  A tristeza, a de-
vida, equacio- pressão e o de-
nando respos- sespero
tas adequadas  O suicídio
à luz da digni-  A eutanásia
dade da vida
humana.
(Comp. 1, 2 e
3)

12. Interpre-
tar produções
culturais relaci-
onadas com si-
tuações de ne-
gação do senti-
do da vida.
(Comp. 5)

13. Propor so-


luções funda-
mentadas para

68
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

situações de
conflito entre o
valor da liber-
dade pessoal e
o valor da vida
humana, à luz
de uma visão
do mundo hu-
manista e cris-
tã. (Comp. 9 e
11)

14. Interpre-
tar criticamente
episódios histó-
ricos e/ou fac-
tos sociais que
se relacionam
com situações
de negação do
sentido da vida
humana, à luz
de uma pers-
pectiva huma-
nista e cristã.
(Comp. 6 e 9)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

69
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

15. Relacio- • A morte e o sentido


nar a concep- da vida:
ção da morte  Interpretações da
como facto na- morte
tural com a vi-  Morte e ressurrei-
são da morte ção
como negação  Ressurreição e re-
das principais encarnação
aspirações do
ser humano.
(Comp. 7)

16. Interpre-
tar produções
culturais sobre
o sentido da
morte, à luz da
mensagem cris-
tã. (Comp. 1 e
5)

17. Interpre-
tar criticamente
episódios histó-
ricos e/ou fac-
tos sociais que
revelem uma
visão desvalori-
zadora da vida
humana, por se
proceder a uma
discriminação
das pessoas e

70
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

dos grupos so-


ciais. (Comp. 1,
4 e 6)

18. Interpre-
tar e apreciar
produções esté-
ticas sobre
morte e ressur-
reição, a partir
da perspectiva
cristã sobre o
futuro absoluto
do ser humano.
(Comp. 25 e
26)

19. Interpre-
tar textos sa-
grados de tradi-
ções religiosas
não cristãs so-
bre a reencar-
nação e o desti-
no definitivo do
ser humano,
identificando os
elementos con-
vergentes e di-
vergentes em
relação à esca-
tologia cristã.
(Comp. 16 e

71
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

21)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

20. Identificar • O sentido religioso


Deus como o da vida: Deus, o
grande horizon- grande horizonte de
te de sentido e sentido
o fundamento • Sl 22(21): A paixão
de um agir que do justo, a experiên-
promova a dig- cia da ausência de
nidade huma- Deus e a procura de
na, numa ópti- Deus como sentido
ca religiosa e último
cristã da vida.
(Comp. 4, 8, 9 e
14)

21. Interpre-
tar textos bíbli-
cos sobre o
sentido da vida
à luz da experi-
ência da morte
ou de situações
propiciadores
de negação do
sentido, reco-
nhecendo as

72
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

suas implica-
ções na vida
quotidiana.
(Comp. 14, 23 e
24)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

22. Mobilizar • Dar sentido à vida:


os valores da a entrega, a dádiva
dádiva de si, do de si, o amor, a re-
amor, da recon- conciliação, a soli-
ciliação, da soli- dariedade, a promo-
dariedade, en- ção dos outros…
tre outros, para
orientação do
comportamento
em situações
vitais que ne-
cessitam de
atribuição de
sentido. (Comp.
1, 9, 10 e 12)

SUGESTÃO DE INTERDISCIPLINARIDADE: Alemão Iniciação 10.°, 11.° e 12.° ― A escola; o trabalho. Alemão Continuação
10.°, 11.° e 12.° ― Vida profissional / A família e o parentesco. Espanhol Continuação 10.°, 11.° ― Escolha de uma profissão.
Espanhol Continuação 12.° ― Os jovens e o futuro. Filosofia 10.° ― A religião e o sentido da existência: a experiência da fini-
tude e a abertura à transcendência, a dessacralização do mundo e a perda do sentido. Inglês Iniciação 10.º ― Identificação pes-

73
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

soal, a família, a casa e a escola. Literatura Portuguesa: [selecção de textos poéticos ou em prosa sobre temáticas desta unida-
de].

Ciência e tecnologia Ensino Secundário ― Unidade Lecti-


va 7
COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS: 1. Reconhecer, à luz da mensagem cristã, a dignidade da pessoa humana; 2. Questionar-se
sobre o sentido da realidade; 3.Equacionar respostas à questão do sentido da realidade, a partir da visão cristã do mundo;
4. Organizar uma visão coerente do mundo; 5. Interpretar produções culturais (literárias, pictóricas, musicais ou outras)
que utilizam ou aludem a perspectivas religiosas ou a valores éticos; 6. Interpretar criticamente episódios históricos e fac-
tos sociais, a partir de uma leitura da vida fundada em valores humanistas e cristãos; 7. Relacionar os dados das ciências
com a interpretação cristã da realidade; 9. Organizar um universo coerente de valores, a partir de um quadro de interpre-
tação ética humanista e cristã; 10. Mobilizar princípios e valores éticos para a orientação do comportamento em situações
vitais do quotidiano; 11. Propor soluções fundamentadas para situações de conflito de valores morais a partir de um qua-
dro de interpretação ética humanista e cristã; 14. Identificar o núcleo central constitutivo da identidade do Cristianismo,
particularmente do Catolicismo; 16. Distinguir os elementos convergentes dos elementos divergentes das principais confis-
sões religiosas, cristãs e não cristãs; 21. Interpretar textos sagrados fundamentais de religiões não cristãs, extraindo signi-
ficados adequados e relevantes; 23. Interpretar textos fundamentais da Bíblia, extraindo significados adequados e relevan-
tes; 24. Reconhecer as implicações da mensagem bíblica nas práticas de vida quotidiana; 25. Interpretar produções estéti-
cas de temática cristã, de âmbito universal e local; 26. Apreciar produções estéticas de temática cristã, de âmbito univer-
sal e local.

GESTÃO E PLANIFICAÇÃO

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

1. Questionar-se • Relação Ciência/Re-


sobre a relação ligião
entre os sabe-

74
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

res e métodos  O determinismo


das ciências e cientista e a liber-
as visões do dade e dignidade
mundo religio- do ser humano
sas, equacio-  O materialismo
nando respos- «cientista»: a ex-
tas fundamen- plicação materia-
tadas. (Comp. lista da vida, em
2, 3 e 4) geral, e do ser hu-
mano, em particu-
2. Equacionar a lar
relação entre  A ausência de
uma visão ma- causas misterio-
terialista e de- sas nos fenóme-
terminista do nos naturais: a
mundo e uma dessacralização
visão humanis- do mundo natural
ta e cristã, fun-  A ordem e a racio-
dada na digni- nalidade do uni-
dade da pes- verso vs o acaso
soa. (Comp. 1, como hipótese ex-
4 e 7) plicativa
 A rejeição da hi-
3. Interpretar epi- pótese «Deus»
sódios e factos como factor expli-
históricos que cativo na ciência
testemunhem a  Outros eventuais
relação de ten- pontos de conflito
são entre uma entre ciência e re-
visão religiosa e ligião
cristã do mun-
do e uma visão
considerada ci-

75
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

entífica. (Comp.
4, 6 e 7)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

4. Relacionar os  A historiografia e
dados das ciên- a sua relação com
cias humanas, as narrativas reli-
especialmente giosas.
no que se refe-  A questão dos gé-
re às pesquisas neros discursivos
historiográficas e da sua relação
e às pesquisas com a interpreta-
sobre géneros ção dos textos bí-
literários e dis- blicos
cursivos, com a
questão da ver-
dade bíblica.
(Comp. 4 e 7)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

5. Questionar-se  A origem do ser


sobre a relação humano e a evo-
entre os dados lução das espéci-
das ciências es vs o criacionis-

76
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

acerca a ori- mo, numa visão li-


gem do ser hu- teral da Bíblia
mano e do uni-  A visão científica
verso e os da- sobre a origem do
dos bíblicos. universo
(Comp. 2, 4 e  Is 64,7: Deus é o
7) criador do ser hu-
mano
6. Formular res-  Sl 136(135),1-9; Jr
postas funda- 10,6.10a.11-13.16
mentadas às A origem do uni-
questões enun- verso e a doutrina
ciadas que inte- da criação
grem a visão da
ciência e a
mundividência
religiosa.
(Comp. 3, 4 e
7)

7. Interpretar tex-
tos sagrados de
tradições religi-
osas não cristãs
sobre a origem
do ser humano
e do universo,
identificando
sobretudo os
pontos de con-
vergência em
relação à visão
cristã. (Comp.

77
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

16 e 21)

8. Interpretar tex-
tos bíblicos so-
bre a origem do
ser humano e
do universo, re-
conhecendo as
suas implica-
ções na inter-
pretação do
mundo. (Comp.
14, 23 e 24)

9. Interpretar e
apreciar produ-
ções estéticas
sobre a origem
do ser humano
e do universo.
(Comp. 14, 25 e
26)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

10. Interpre- • Ciência, tecnologia


tar produções e desenvolvimento
culturais que  A ciência e as
reflictam sobre suas aplicações

78
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

as aplicações ao serviço do
da ciência. bem-estar huma-
(Comp. 4 e 5) no e da qualidade
de vida
11. Organizar  O desenvolvimen-
uma visão do to tecnológico
mundo que in- como progresso
tegre os benefí- humano vs a pos-
cios das aplica- sibilidade de «cri-
ções científicas ação» do «ser hu-
e assuma uma mano unidimensi-
posição crítica onal»
face à redução
unidimensional
do ser humano.
(Comp. 1, 4 e
9)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

12. Mobilizar  A necessidade de


dimensões an- retorno à interiori-
tropológicas di- dade, à importân-
versificadas (in- cia da relação in-
telectual, afec- terpessoal e à so-
tiva, social, es- briedade frente ao
piritual, entre consumismo
outras), inte-
grando-as, para

79
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

a vivência de
uma vida com
sentido. (Comp.
4, 9 e 10)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

13. Questio- • A aplicação das des-


nar-se sobre os cobertas científicas
efeitos nefastos e os seus efeitos eti-
das aplicações camente relevantes:
científicas,  sobre a natureza:
equacionando crise no relaciona-
respostas fun- mento do ser hu-
damentadas. mano com a natu-
(Comp. 2, 3 e reza A necessida-
4) de de salvaguar-
dar o ambiente
14. Propor so-  sobre o ser huma-
luções funda- no: fecundação
mentadas para medicamente as-
situações de sistida, engenha-
conflito entre, ria genética e ma-
por um lado, o nipulação genéti-
valor do conhe- ca
cimento e do • O valor ético do res-
progresso e, peito pelo ser hu-
por outro, a dig- mano e, consequen-
nidade da pes- temente, promoven-

80
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

soa. (Comp. 1, do ambientes e con-


4, 6, 9 e 11) dições que tornem
possível a qualidade
15. Interpre- da vida humana,
tar produções como orientador
culturais que das aplicações da
expressem a ciência
ambiguidade
das aplicações
científicas.
(Comp. 5 e 9)

16. Mobilizar
valores éticos
na resolução de
situações pro-
blemáticas re-
sultantes do co-
nhecimento ci-
entífico e da
sua aplicação.
(Comp. 1, 4, 9 e
10)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

17. Mobilizar • A religião tem de


conhecimentos estar necessaria-
e valores para mente contra o pro-

81
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

estabelecer gresso científico e


uma relação tecnológico?
positiva e inte- • O desafio da ética e
gradora entre a da religião à criativi-
perspectiva reli- dade científica e
giosa e a pers- tecnológica, face ao
pectiva científi- dever do respeito
ca, que inclua a pela vida e dignida-
formulação de de humanas
sínteses, a dis- • Que síntese pode o
tinção dos pla- homem religioso fa-
nos e o olhar zer para integrar os
mutuamente resultados e os mé-
crítico. (Comp. todos da ciência, da
1, 4, 9 e 10) tecnologia e os va-
lores religiosos?

SUGESTÃO DE INTERDISCIPLINARIDADE: Alemão Continuação 10.° e 11.° ― As novas tecnologias. Antropologia 12.° ―
Mecanismos da evolução, genoma humano, evolução humana/Sociedades industriais, indústria, território e ambiente/Tecnologias
da informação e comunicação. Biologia 11.° e 12.° ― Mecanismos de evolução: evolucionismo vs fixismo, selecção natural, se-
lecção artificial e variabilidade. Geologia do 11.° e 12.° ― A necessidade de identificar e compreender os principais materiais e
fenómenos geológicos para prevenir e remediar muitos dos problemas ambientais; Os perigos da construção em leitos de cheia e
da extracção de inertes no leito dos rios; A necessidade de o homem intervir de forma equilibrada nas zonas costeiras, isto é,
respeitando a dinâmica do litoral; a necessidade de não construir em zonas de risco de movimentos em massa, respeitando re-
gras de ordenamento do território. Espanhol Continuação 11.° ― Meio ambiente. Filosofia 10.° ― A responsabilidade ecoló-
gica. Filosofia 11.° ― A tecnociência e a ética, a manipulação genética, a investigação científica e os interesses económico-polí-
ticos, a ciência, o poder e os riscos. Física e Química A 10.° ― Breve história do universo: a teoria do big-bang e as suas limita-
ções; outras teorias, agentes da alteração da concentração de constituintes vestigiais da atmosfera: agentes naturais, agentes
antropogénicos, acção de alguns constituintes vestigiais da atmosfera nos organismos, dose letal, o ozono na estratosfera, situa-
ção energética mundial e degradação da energia. Física e Química A 11.° e 12.° ― Química e indústria: equilíbrios e desequilí-
brios, água gaseificada e água da chuva: acidificação artificial e natural provocada pelo dióxido de carbono, chuva ácida. Fran-
cês 11.° ― Science, technologie et environnement: recherche scientifique, applications, éthique, qualité de vie. Geografia A
11.° ― A revolução das telecomunicações e o seu impacto nas relações interterritoriais, A valorização ambiental em Portugal e a

82
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

política ambiental comunitária. Geografia C 12.° ― Problemas ambientais globais e internacionais, ambiente urbano. Geologia
12.° ― O Homem como agente de mudanças ambientais: aquecimento global; exploração de minerais e de materiais de constru-
ção e ornamentais, contaminação do ambiente; exploração e modificação dos solos; exploração e contaminação das águas, que
cenários para o século xxi? Mudanças ambientais, regionais e globais. História A 11.° ― A expansão da revolução industrial: no-
vos inventos e novas fontes de energia, a ligação ciência-técnica. História A 12.° ― Séc. xx, a descrença no pensamento positi-
vista e as novas concepções científicas; primado da ciência e da inovação tecnológica; revolução da informação; ciência e desafi-
os éticos. Inglês Continuação 10.º ― O mundo tecnológico. Inglês Continuação 11.º ― Ameaças ao ambiente; questões de
bioética. Literatura Portuguesa: [selecção de textos poéticos ou em prosa sobre temáticas desta unidade]. Psicologia B 12.º
― A genética, o cérebro e a cultura. Química 12.º ― Combustíveis, energia e ambiente. Sociologia 12.º ― Ambiente, riscos e
incertezas.

Igualdade de oportunidades Ensino Secundário ― Unidade Lectiva 8


COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS: 1. Reconhecer, à luz da mensagem cristã, a dignidade da pessoa humana; 2. Questionar-se
sobre o sentido da realidade; 3. Equacionar respostas à questão do sentido da realidade, a partir da visão cristã do mundo;
4. Organizar uma visão coerente do mundo; 5. Interpretar produções culturais (literárias, pictóricas, musicais ou outras)
que utilizam ou aludem a perspectivas religiosas ou a valores éticos; 6. Interpretar criticamente episódios históricos e fac-
tos sociais, a partir de uma leitura da vida fundada em valores humanistas e cristãos; 8. Relacionar o fundamento religioso
da moral cristã com os princípios, valores e orientações para o agir humano, propostos pela Igreja; 9. Organizar um univer-
so coerente de valores, a partir de um quadro de interpretação ética humanista e cristã; 10. Mobilizar princípios e valores
éticos para a orientação do comportamento em situações vitais do quotidiano; 11. Propor soluções fundamentadas para si-
tuações de conflito de valores morais a partir de um quadro de interpretação ética humanista e cristã; 12. Relacionar-se
com os outros com base nos princípios de cooperação e solidariedade, assumindo a alteridade e diversidade como factor
de enriquecimento mútuo; 14. Identificar o núcleo central constitutivo da identidade do Cristianismo, particularmente do
Catolicismo; 19. Promover, na sua prática de vida, o diálogo ecuménico como suporte essencial para a construção da paz
entre os povos e da unidade do Cristianismo, mobilizando conhecimentos sobre a identidade de cada confissão religiosa
cristã; 20. Promover, na sua prática de vida, o diálogo inter-religioso como suporte essencial para a construção da paz en-
tre os povos, mobilizando conhecimentos sobre a identidade de cada confissão religiosa não cristã; 23. Interpretar textos
fundamentais da Bíblia, extraindo significados adequados e relevantes; 24. Reconhecer as implicações da mensagem bíbli-
ca nas práticas de vida quotidiana; 25. Interpretar produções estéticas de temática cristã, de âmbito universal e local; 26.
Apreciar produções estéticas de temática cristã, de âmbito universal e local.

GESTÃO E PLANIFICAÇÃO

83
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

1. Identificar o • Igual dignidade e


fundamento re- valor de todas as
ligioso da igual pessoas: criadas por
dignidade de Deus à sua imagem
todas as pesso- e semelhança, por-
as e dos direi- tadoras dos mes-
tos dela decor- mos direitos funda-
rentes, inde- mentais
pendentemente
das suas carac-
terísticas pes-
soais e identitá-
rias. (Comp. 1,
8 e 14)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

2. Organizar um • A afirmação dos di-


universo de va- reitos humanos:
lores éticos, es-  Os direitos políti-
truturado em cos, os direitos so-
torno dos direi- ciais e culturais e
tos humanos, os direitos colecti-
que ofereça vos

84
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

uma visão do  O dever e a res-


mundo huma- ponsabilidade de
nista e cristã cada pessoa: o
(Comp. 4 e 9) respeito pelos di-
reitos dos outros
 A universalidade,
a inviolabilidade e
a inalienabilidade
dos direitos
 Instituições de de-
fesa dos direitos
(ex.: Amnistia In-
ternacional, Asso-
ciações de defesa
da vida
humana…)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

3. Questionar-se • As diferenças de gé-


sobre as dife- nero, raça, cor, for-
renças entre ma de pensar, etc.,
pessoas e as interpretadas com
formas como base em estereóti-
são interpreta- pos e preconceitos
das, equacio- que conduzem à
nando respos- discriminação ou
tas adequadas com base na ideia
a partir de uma de que a diferença é

85
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

visão humanis- enriquecedora das


ta e cristã. pessoas e das socie-
(Comp. 2, 3 e dades
9)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

4. Interpretar pro- • Panorâmica sintéti-


duções cultu- ca de algumas situ-
rais relativas a ações em que se
situações em não reconhece a
que se não re- igual dignidade e a
conhece a igual igualdade de opor-
dignidade de tunidades a todos
todos os seres os seres humanos
humanos e a
decorrente
igualdade de
oportunidades.
(Comp. 5 e 9)

5. Interpretar criti-
camente episó-
dios históricos
e factos sociais
relativos a situ-
ações em que
se não reconhe-
ce a igual digni-

86
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

dade de todos
os seres huma-
nos e a decor-
rente igualdade
de oportunida-
des. (Comp. 6 e
9)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

6. Questionar-se, • O género:
com base no  Igualdade de
valor da justiça, oportunidades ho-
sobre situações mem/mulher: ape-
concretas de sar de ter havido
atropelo à um avanço em re-
igualdade de lação ao reconhe-
oportunidades cimento dos direi-
do ponto de vis- tos e do papel da
ta do género, mulher na socie-
equacionando dade, ainda se ve-
respostas ade- rificam dificulda-
quadas. (Comp. des:
2 e 3)  Acesso à esco-
larização bási-
7. Interpretar pro- ca e aos bens e
duções cultu- consequências
rais relaciona- sobre a saúde
das com situa- da família

87
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

ções de atrope-  Acesso ao ensi-


lo à igualdade no superior: si-
de oportunida- tuação global
des do ponto do mundo
de vista do gé-  O problema do
nero. (Comp. 5) acesso desi-
gual ao ensino
8. Interpretar criti- superior, nos
camente episó- países mais de-
dios históricos senvolvidos, e
e factos sociais da igualdade
relacionados entre homem e
com situações mulher, inter-
de atropelo à pretada rigida-
igualdade de mente, sem
oportunidades atender às di-
do ponto de vis- ferenças que
ta do género. advêm do pro-
(Comp. 6) cesso de cres-
cimento
 A questão sala-
rial
 Acesso ao
mundo do tra-
balho e con-
sequências so-
bre o bem-es-
tar de toda a
família
 Acesso a car-
gos de chefia
no emprego,
na sociedade e

88
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

na política
 Dupla tarefa e
dupla jornada:
dentro e fora
de casa
 Violência: muti-
lação genital,
violência do-
méstica, vio-
lência sexual,
tráfico para ex-
ploração sexu-
al…

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

9. Questionar-se  Construção de um
sobre os pro- estereótipo:
cessos de cria-  A mulher tem
ção de estereó- menos potenci-
tipos acerca do alidades do
papel e da fun- que o homem
ção da mulher  A identidade
na vida familiar da mulher limi-
e na sociedade, ta-se à capaci-
equacionando dade de procri-
respostas con- ação e mater-
vincentes. nidade
(Comp. 2 e 3)  A função da

89
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

mulher restrin-
10. Interpre- ge-se ao domí-
tar produções nio do privado
culturais relati- (a casa, a famí-
vas à constru- lia)
ção de estereó-  As diferenças
tipos a respeito homem/mulher
da função e pa- no plano psico-
pel da mulher lógico, compor-
na vida familiar tamental e no
e na sociedade. plano da visão
(Comp. 5) da realidade
são interpreta-
das como justi-
ficação de res-
trições ao pa-
pel da mulher

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

11. Interpre-  Perspectiva bíbli-


tar textos bíbli- ca sobre a condi-
cos sobre a ção feminina
complementari-  Complementa-
dade e unidade ridade e unida-
homem/mulher, de homem/mu-
reconhecendo lher: Mc 10,1-9
as suas implica-  Contexto social
ções na prática e ideológico e

90
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

da vida quotidi- repercussão


ana. (Comp. 23 sobre a situa-
e 24) ção da mulher
(cf. A mulher
adúltera: Jo
8,1ss)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

12. Interpre-  Exemplos de


tar e apreciar mulheres com
produções esté- papel relevan-
ticas, relativas te na constru-
a narrativas bí- ção da socie-
blicas e referen- dade nos tem-
tes ao papel re- pos bíblicos
levante de mu-
lheres na cons-
trução da socie-
dade. (Comp.
23, 25 e 26)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

13. Mobilizar  Tomar consciência


os valores da da dignidade da

91
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

igual dignidade mulher e de que


do homem e da os seus direitos
mulher, da jus- específicos devem
tiça, da coope- ser salvaguarda-
ração e da soli- dos
dariedade com  Construção de
vista a orientar uma sociedade
o comporta- fundada na igual
mento em situ- dignidade e igual-
ações de rela- dade de direitos e
ção entre os oportunidades
géneros. mas também no
(Comp. 9 e 10) reconhecimento e
valorização das
diferenças
 Prémio Nobel
da Paz de 2006
(Muhammad
Yunus): o mi-
crocrédito con-
cedido às mu-
lheres
 Homem e Mu-
lher: partilha
igualitária e
equilibrada de
funções e de
responsabilida-
des na esfera
pública e na
esfera privada
 Assunção de
tarefas pelos

92
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

homens no pla-
no da vida fa-
miliar
 Independência
económica das
mulheres
 Sistemas de
discriminação
positiva para
reequilíbrio das
desigualdades
 Os grandes
problemas do
mundo preci-
sam do contri-
buto tanto do
homem como
da mulher para
poderem ser
resolvidos: os
problemas am-
bientais, a
fome, a pobre-
za, os atenta-
dos aos direi-
tos humanos…

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

93
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

14. Questio- • A raça, etnia, cor ou


nar-se sobre a origem nacional
formação de  Um estereótipo
estereótipos re- criado em função
lacionados com da obtenção e
a pertença raci- manutenção do
al, étnica ou na- poder pelas raças,
cional, equacio- etnias ou nações
nando respos- com maior pre-
tas adequadas. ponderância
(Comp. 2 e 3)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

15. Interpre-  A situação mundi-


tar produções al
culturais relati-  A situação nacio-
vas a situações nal passada e pre-
de desigualda- sente: a questão
de baseadas na colonial, a emigra-
pertença racial, ção dos portugue-
étnica ou nacio- ses, a imigração
nal. (Comp. 4 e em Portugal, o
5) acesso ao empre-
go…
16. Interpre-
tar criticamente
episódios histó-
ricos e factos

94
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

sociais relativos
a situações de
desigualdade
baseados na
pertença racial,
étnica ou nacio-
nal. (Comp. 4 e
6)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

17. Interpre-  Dignidade dos es-


tar textos bíbli- trangeiros na Bí-
cos que reco- blia: Lv 19,33-34;
nheçam a digni- Nm 15,14-16; Dt
dade dos es- 10,17-19; 24,14-
trangeiros, re- 15; Sl 94(93),4-9;
conhecendo as Lc 17,11-19; Ef
suas implica- 2,11-22; Cl 3,10-
ções na vida 12
quotidiana.
(Comp. 14, 23 e
24)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

95
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

18. Mobilizar  Acções concretas


os valores da de valorização do
igual dignidade outro, provenien-
de todos os se- tes do reconheci-
res humanos e mento da sua
os valores reco- igual dignidade
nhecidos nas
declarações de
direitos com
vista à orienta-
ção de compor-
tamentos que
valorizem os
que pertencem
a grupos nacio-
nais, étnicos ou
raciais diferen-
tes dos grupos
maioritários.
(Comp. 1, 9, 10
e 12)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

• A idade
19. Questio-  O papel dos ido-
nar-se sobre a sos nas socieda-
mudança do des em vias de
papel do idoso desenvolvimento

96
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

ao longo dos e nas sociedades


tempos, equaci- mais desenvolvi-
onando as con- das:
sequências des-  O idoso como
sas alterações. memória do
(Comp. 2, 3 e grupo vs siste-
4) mas de acesso
à memória que
20. Interpre- dispensam os
tar produções idosos
culturais relati-  O idoso como
vas aos papéis sábio, cujo co-
dos idosos em nhecimento
vários momen- vem da experi-
tos e tipos de ência vs a efi-
sociedade. cácia especiali-
(Comp. 4 e 5) zada, aprendi-
da no sistema
21. Interpre- escolar que
tar criticamente dispensa a sa-
episódios histó- bedoria dos
ricos e factos idosos
sociais em que  O idoso como
a dignidade dos chefe do grupo
idosos não seja vs a inutilidade
respeitada. do idoso num
(Comp. 4 e 6) mundo direcci-
onado para a
22. Propor so- economia…
luções funda-  O idoso consi-
mentadas para derado empe-
situações onde cilho, cujo lu-
se manifeste o gar passa a ser

97
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

conflito entre fora do ambi-


valores éticos e ente familiar
valores de ou- (cf. o eufemis-
tra ordem, no mo da palavra
que se refere à «Lar»)
situação do ido-  A organização
so. (Comp. 9 e da sociedade
11) não cria condi-
ções para os
idosos se man-
terem no inte-
rior das famíli-
as
 O acesso ao
emprego de
pessoas mais
velhas vs o
acesso ao em-
prego de pes-
soas mais no-
vas: a situação
mundial e a si-
tuação nacio-
nal

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

23. Interpre-  Textos bíblicos: Sir


tar textos bíbli- 3, 12-13; Sir 8,9;

98
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

cos relaciona- Pr 17,6; Pr 20,29;


dos com o pa- 2Sam 19,2-40
pel dos idosos,
reconhecendo
as suas implica-
ções na prática
da vida quotidi-
ana. (Comp. 14,
23 e 24)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

24. Mobilizar  Valorização do pa-


valores éticos pel dos idosos ou
com vista à va- das pessoas mais
lorização dos velhas no empre-
idosos nas soci- go, na sociedade
edades moder- e na família
nas e à orienta-
ção do compor-
tamento pesso-
al na relação
com os mais
velhos. (Comp.
1, 4, 9, 10 e 12)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Conteúdos Experiências de Aprendizagem Avalia-

99
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

das Competências ção

25. Questio- • A deficiência


nar-se sobre o  Situação dos defi-
problema da in- cientes a nível
tegração dos mundial e a nível
deficientes e nacional: acesso à
equacionar res- educação escolar,
postas perti- ao emprego, à
nentes que te- prática desporti-
nham em conta va, etc. Condições
as consequênci- de acessibilidade
as das situa- nos espaços públi-
ções que se cos e privados,
pretende modi- etc.
ficar. (Comp. 2
e 3)

26. Interpre-
tar produções
culturais relati-
vas à situação
dos deficientes.
(Comp. 4 e 5)

27. Interpre-
tar episódios
históricos e fac-
tos sociais rela-
tivos à situação
dos deficientes.
(Comp. 4 e 6)

100
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

28. Organizar  Instituições de


um universo de apoio à integra-
valores com ção dos deficien-
base no princí- tes
pio da solidarie-
dade em rela-
ção aos defici-
entes, a partir
de uma visão
humanista que
afirme a digni-
dade integral
da pessoa com
deficiência.
(Comp. 1, 9 e
12)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

29. Interpre-  Cura do cego Bar-


tar textos bíbli- timeu: Mc 10,46-
cos que eviden- 52
ciem o amor e
a vontade salví-

101
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

fica de Deus
em relação à
pessoa defici-
ente, reconhe-
cendo as suas
implicações na
prática da vida
quotidiana.
(Comp. 8, 14,
23 e 24)

30. Interpre-
tar e apreciar
produções esté-
ticas que evi-
denciem o
amor e a vonta-
de salvífica de
Deus em rela-
ção à pessoa
deficiente.
(Comp. 25 e
26)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

31. Mobilizar  A integração dos


os valores da deficientes na es-
dignidade hu- cola (adaptação

102
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

mana, da igual- às condições dos


dade de oportu- deficientes e dife-
nidades, da so- renciação pedagó-
lidariedade e gica, atitudes pes-
da aceitação da soais de integra-
diferença para ção do outro, etc.)
a orientação do  Acolher os defici-
comportamento entes: atitudes e
em situações acções concretas
do quotidiano, em prol do seu
relacionadas bem-estar pessoal
com a integra- e social
ção da pessoa
deficiente.
(Comp. 1, 9, 10
e 12)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

32. Organizar • A religião ou crença


uma visão coe-  A multiplicidade
rente do mundo de crenças (pe-
que inclua as queno apanhado
crenças religio- informativo: as re-
sas e as suas ligiões, as igrejas,
principais insti- os novos movi-
tuições. (Comp. mentos religiosos,
4) os movimentos
dentro da Igreja

103
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

Católica, etc.
 Distribuição das
crenças religiosas
pelo planeta

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

33. Questio-  Tipologia das ati-


nar-se sobre as tudes dos grupos
atitudes, ates- religiosos maiori-
tadas diacróni- tários em relação
ca e diatopica- aos grupos religio-
mente, dos gru- sos minoritários
pos religiosos
maioritários em
relação aos gru-
pos religiosos
minoritários,
equacionando
respostas no
âmbito de uma
visão humanis-
ta da vida.
(Comp. 2, 3 e
4)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Conteúdos Experiências de Aprendizagem Avalia-

104
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

das Competências ção

34. Relacio-  O direito a ter


nar o funda- uma crença e a
mento religioso expressá-la
da liberdade re- (DUDH; DH)
ligiosa com as  Atitudes e com-
orientações éti- portamentos di-
cas propostas reccionados à in-
pela Igreja para tegração e desen-
o relacionamen- volvimento pleno
to com outras dos que têm pers-
confissões reli- pectivas religiosas
giosas. (Comp. diferentes
8, 9 e 14)  Limites à liberda-
de religiosa
35. Promover
o diálogo ecu-
ménico e inter-
religioso com
vista à criação
de sociedades
pacíficas que
respeitem a li-
berdade religio-
sa e a liberdade
de consciência.
(Comp. 19 e
20)

36. Mobilizar
os valores da
dignidade hu-

105
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

mana, da liber-
dade religiosa,
da solidarieda-
de, do respeito
pela diferença e
da igualdade de
oportunidades,
em ordem à im-
plementação da
justiça e à ori-
entação do
comportamento
para com gru-
pos religiosos
minoritários.
(Comp. 1, 4, 9,
10 e 12)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

37. Mobilizar • Limites no acesso a


valores e com- funções, cargos,
portamentos profissões, etc.
éticos em or-  Os limites não po-
dem à imple- dem ser estabele-
mentação da cidos a partir de
igualdade de estereótipos ou
oportunidades, preconceitos
sobretudo em  Os limites não po-

106
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

relação a gru- dem estar depen-


pos mais fragili- dentes da identi-
zados. (Comp. dade nacional, se-
1, 9 e 10) xual, racial, etc.,
ou proveniência
social
 Os mecanismos
de igualdade de
oportunidades
não estabelecem
limites
 Os limites defi-
nem-se em fun-
ção das capacida-
des/competências
de cada pessoa e
do seu mérito,
sem prejuízo de
eventuais medi-
das de discrimina-
ção positiva para
promoção da
igualdade, onde
se verificam dese-
quilíbrios

SUGESTÃO DE INTERDISCIPLINARIDADE: Antropologia 12.° ― Género e desigualdade, a etnicidade, etnocentrismo e racis-


mo, universalidade dos direitos humanos e multiculturalismo. Direito 12.° ― Direitos humanos. Economia C 12.° ― O desen-
volvimento e os direitos humanos. Espanhol Continuação 12.° ― Direitos e deveres. Filosofia 10.° ― Os direitos humanos e a
globalização, os direitos das mulheres como direitos humanos, racismo e xenofobia. Francês 12.° ― Droits de l’Homme. Histó-
ria A 12.° ― As transformações da vida urbana e a nova sociabilidade; a crise dos valores tradicionais; os movimentos feminis-
tas; os anos 60 e a gestação de uma nova mentalidade ― procura de novos referentes ideológicos, contestação juvenil, afirma-

107
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

ção dos direitos da mulher; a explosão das realidades étnicas; as questões transnacionais: migrações. Inglês Continuação 11.º
― Um mundo de muitas culturas (igualdade de oportunidades, igualdade de direitos, inclusão social/sócio-económica, discrimina-
ção e intolerância…). Inglês Continuação 12.º ― Cidadania e multiculturalismo (Declaração Universal dos Direitos do Homem,
conviver com a diversidade). Inglês Iniciação 12.º ― Cidadania e multiculturalismo. Literaturas de Língua Portuguesa 12.º
― Literatura angolana: «Vieira Luandino. s/d. Luuanda., Edições 70. Lisboa»; «NETO Agostinho.1974. Sagrada Esperança. Sá da
Costa. Lisboa». Literatura Portuguesa: [selecção de textos poéticos ou em prosa sobre temáticas desta unidade]. Ciência Po-
lítica 12.º ― A diversidade cultural: o fim do Estado-nação homogéneo (As sociedades contemporâneas; sociedades pluralistas:
minorias étnicas, minorias nacionais, outras minorias; legislação europeia sobre minorias; Portugal: país de emigrantes e de imi-
grantes; os direitos diferenciados de grupo e os direitos humanos; o multiculturalismo e os limites da tolerância). Sociologia
12.º ― Desigualdades e identidades sociais: classes sociais, mobilidade social e movimentos sociais; migrações, identidades cul-
turais e etnicidade; género e identidades sociais; pobreza e exclusão social.

A comunidade dos crentes em Cristo Ensino Secundário ― Unidade Lectiva 9


COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS: 1. Reconhecer, à luz da mensagem cristã, a dignidade da pessoa humana; 4. Organizar uma
visão coerente do mundo; 5. Interpretar produções culturais (literárias, pictóricas, musicais ou outras) que utilizam ou alu-
dem a perspectivas religiosas ou a valores éticos; 6. Interpretar criticamente episódios históricos e factos sociais, a partir
de uma leitura da vida fundada em valores humanistas e cristãos; 8. Relacionar o fundamento religioso da moral cristã
com os princípios, valores e orientações para o agir humano, propostos pela Igreja; 9. Organizar um universo coerente de
valores, a partir de um quadro de interpretação ética humanista e cristã; 10. Mobilizar princípios e valores éticos para a ori-
entação do comportamento em situações vitais do quotidiano; 12. Relacionar-se com os outros com base nos princípios de
cooperação e solidariedade, assumindo a alteridade e diversidade como factor de enriquecimento mútuo; 14. Identificar o
núcleo central constitutivo da identidade do Cristianismo, particularmente do Catolicismo; 23. Interpretar textos fundamen-
tais da Bíblia, extraindo significados adequados e relevantes; 24. Reconhecer as implicações da mensagem bíblica nas prá-
ticas de vida quotidiana; 25. Interpretar produções estéticas de temática cristã, de âmbito universal e local; 26. Apreciar
produções estéticas de temática cristã, de âmbito universal e local.

GESTÃO E PLANIFICAÇÃO
Blocos de tempo: ____
Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

1. Reconhecer a • A essência da Igreja

108
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

identidade da • A Igreja: povo de


Igreja Católica Deus, comunidade
e as suas carac- dos crentes…
terísticas es- • Una, santa, católica
senciais. e apostólica
(Comp. 14) • Carismas, funções e
estrutura hierárqui-
ca

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

2. Reconhecer a • A diversidade na
diversidade de Igreja: movimentos
espiritualidades e espiritualidades
e modos de vi-  Vida religiosa: S.
ver o Evange- Bento, S. Domin-
lho como factor gos, Sto. Inácio
de enriqueci- de Loyola, S.
mento da Igre- João de Deus,
ja. (Comp. 12 e Sto. Arnaldo
14) Janssen (Congre-
gação Missioná-
3. Interpretar e ria das Servas
apreciar produ- do Espírito San-
ções estéticas to)…
relativas à di-  Acção Católica,
versidade de Focolares, Equi-
espiritualidades pas de Nossa
e modos de vi- Senhora…

109
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

ver o Evange-
lho. (Comp. 25
e 26)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

4. Interpretar tex- • Fidelidade ao Evan-


tos bíblicos re- gelho: comunidade
lativos à acção solidária que promo-
evangelizadora, ve a dignidade da
comunitária e pessoa humana em
solidária da todas as suas di-
Igreja, reconhe- mensões (cf. Act
cendo as suas 2,42-46)
implicações na  O anúncio da pa-
vida quotidiana. lavra de Deus
(Comp. 12, 14,  A oração pessoal
23 e 24) e comunitária
 As obras de soli-
5. Relacionar o dariedade e pro-
fundamento da moção humana:
fraternidade os hospitais, o
cristã com a ac- acolhimento dos
ção solidária da pobres, a inte-
Igreja. (Comp. gração dos gru-
8, 9 e 12) pos minoritários
e discriminados,
6. Organizar um a associação Ca-
universo de va- ritas, as Casas

110
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

lores em torno do Gaiato, o mo-


da dignidade da vimento de Tere-
pessoa, da fra- sa de Calcutá, as
ternidade, da Escolas Católi-
cooperação cas, etc.
com os outros
em função da
construção de
comunidades
solidárias.
(Comp. 1, 9 e
12)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

7. Interpretar criti- • Exemplos de infide-


camente o fe- lidade:
nómeno das  As cruzadas
cruzadas, da in-  A inquisição e as
quisição, bem suas várias ver-
como outras in- tentes
tervenções da  A condenação
Igreja em con- dos direitos hu-
tradição com a manos e o apoio
mensagem do a regimes totali-
Evangelho tários
(Comp. 4 e 6)

8. Interpretar pro-

111
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

duções cultu-
rais relativas a
acções da Igre-
ja manifesta-
mente em con-
tradição com a
mensagem do
Evangelho.
(Comp. 4 e 5)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

9. Mobilizar os va- • A superação pela


lores da digni- Igreja dos exemplos
dade humana, anteriores e a cons-
do amor e da trução de uma Igre-
fraternidade ja mais conforme ao
universal para a Evangelho: um de-
orientação do safio a todos os
comportamento crentes
pessoal e das
decisões a to-
mar pelas es-
truturas hierár-
quicas da Igre-
ja. (Comp. 1, 9,
10 e 14)

112
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

10. Interpre- • O papel cultural da


tar produções Igreja: a relação
culturais que fé/cultura; a difusão
manifestem o da cultura pela Igre-
papel da Igreja ja…
na difusão da
cultura nas so-
ciedades.
(Comp. 4 e 5)

11. Interpre-
tar e apreciar
produções esté-
ticas que mani-
festem o papel
cultural da Igre-
ja e a sua rele-
vância social.
(Comp. 4, 25 e
26)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

12. Organizar • A Igreja e o mundo:


uma visão do corresponsabilidade

113
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

mundo que in- laical e relação da


tegre a relação Igreja institucional
dialógica e in- com as instâncias
terventiva da seculares
Igreja e dos
cristãos no con-
tacto com o
mundo para
inscrição dos
valores do
Evangelho na
comunidade
humana.
(Comp. 4)

13. Mobilizar
os valores do
Evangelho para
a construção de
uma sociedade
mais justa e
fraterna.
(Comp. 9 e 10)

SUGESTÃO DE INTERDISCIPLINARIDADE: História A 10.º ― O Império universal romano-cristão; a Igreja e a transmissão do


legado político-cultural clássico, a organização das crenças: o poder do Bispo de Roma na Igreja ocidental; o reforço da coesão in-
terna face a Bizâncio e ao Islão, as mutações na expressão da religiosidade: ordens mendicantes e confrarias; a expansão do ensi-
no elementar; a fundação de Universidades; Contra Reforma e Reforma Católica. Literatura Portuguesa: [selecção de textos
poéticos ou em prosa sobre temáticas desta unidade].

Arte cristã Ensino Secundário ― Unidade Lectiva 10


114
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS: 4. Organizar uma visão coerente do mundo; 5. Interpretar produções culturais (literárias,
pictóricas, musicais ou outras) que utilizam ou aludem a perspectivas religiosas ou a valores éticos; 14. Identificar o núcleo
central constitutivo da identidade do Cristianismo, particularmente do Catolicismo; 23. Interpretar textos fundamentais da
Bíblia, extraindo significados adequados e relevantes; 24. Reconhecer as implicações da mensagem bíblica nas práticas de
vida quotidiana; 25. Interpretar produções estéticas de temática cristã, de âmbito universal e local; 26. Apreciar produções
estéticas de temática cristã, de âmbito universal e local.

GESTÃO E PLANIFICAÇÃO
Blocos de tempo: ____
Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

1. Organizar uma • A representação ar-


visão do mundo tística, em geral, e a
que incorpore o representação artís-
significado da tica cristã
representação • Imagem vs icono-
artística, em clastia no Cristianis-
geral, e da re- mo
presentação ar- • Expressões artísti-
tística cristã, cas utilizados para
em particular. representar o misté-
(Comp. 4) rio cristão: expres-
são plástica (pintu-
2. Interpretar pro- ra, vitral, mosaico,
duções cultu- escultura), expres-
rais que ilus- são musical, expres-
trem as diferen- são literária, arqui-
tes concepções tectura…
do belo e as • A expressão do
suas manifesta- belo. Variação da
ções diacróni- sua compreensão,

115
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

cas e diatópi- tanto do ponto de


cas. (Comp. 5) vista diacrónico
como diatópico

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

3. Identificar o • O específico da arte


mistério cristão, cristã: a expressão
reconhecendo a do mistério e o sim-
necessidade do bolismo religioso
recurso ao sim-
bólico para a
sua representa-
ção. (Comp. 14)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

4. Interpretar e • Desenvolvimento
apreciar produ- das etapas históri-
ções estéticas cas da arte cristã:
representativas  Arte Paleocristã
dos períodos  Arte Bizantina
históricos da  Arte Românica
arte cristã.  Arte Gótica
(Comp. 25 e  O Renascimento
26)  O Barroco

116
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

 O Neoclassicis-
5. Interpretar pro- mo
duções cultu-  O Romantismo
rais contempo-  O apelo da visão
râneas, de te- cristã na arte
mática cristã. contemporânea
(Comp. 5)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

6. Interpretar tex- • Temáticas funda-


tos bíblicos que mentais na arte
serviram de su- cristã:
porte à repre-  Cenas da infân-
sentação artís- cia de Cristo (Mt
tica e cujo co- 1,18-2,23; Lc
nhecimento é 1,5-2,52)
fundamental  Cenas da Paixão,
para a interpre- Ressurreição e
tação das obras Aparições de
de arte em Cristo (Mt 26,1-
questão, reco- 28,20 e par.)
nhecendo as  Personagens:
implicações da Apóstolos, Evan-
sua mensagem gelistas, Virgens,
na vida quotidi- Mártires, Douto-
ana. (Comp. 23 res da Igreja…
e 24) (Cf. Act)
 Etc.

117
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

7. Interpretar e
apreciar produ- Nota 1: As várias ex-
ções estéticas pressões artísticas (a
relativas aos te- pintura, o vitral, o mo-
mas fundamen- saico, a escultura, a ar-
tais da arte quitectura, a música…)
cristã, com es- serão tidas em conta,
pecial incidên- de acordo com a sua
cia nos motivos relevância em cada pe-
do Natal e da ríodo e para cada tema
Páscoa. (Comp.
25 e 26)

SUGESTÃO DE INTERDISCIPLINARIDADE: Alemão Iniciação 10.°, 11.° ― A família: festas. Alemão Iniciação 11.° ― A esco-
la: festas. Filosofia 10.° ― A dimensão estética ― análise e compreensão da experiência estética, a obra de arte na era das in-
dústrias culturais. Grego 12.° ― Observação de traços da arte grega na pintura, escultura e arquitectura de várias épocas. Histó-
ria A 10.º ― Uma nova sensibilidade artística: o gótico; o renascimento, a reinvenção das formas artísticas: imitação e superação
dos modelos da antiguidade; a centralidade do observador na arquitectura e na pintura; a perspectiva matemática; a racionalidade
no urbanismo; a expressão naturalista na pintura e na escultura; a arte em Portugal: o gótico-manuelino e a afirmação das novas
tendências renascentistas. História da Cultura e das Artes 10.º, 11.º e 12.º ― O Canto Gregoriano (séc. ix-xii); a arquitectura
românica, a escultura românica, as artes da cor: pintura, mosaico, iluminura; a «Catedral de Notre-Dame de Amiens» (1220-1280),
a arquitectura gótica, a escultura gótica; a «Anunciação» (1475-1578) de Leonardo da Vinci (1452-1519); a pintura arquitectura e
a escultura renascentistas; a arquitectura, a escultura e a pintura barroca; música vocal religiosa no séc. xvi; cultura de salão: mú-
sica religiosa. Literatura Portuguesa: [selecção de textos poéticos ou em prosa sobre temáticas desta unidade].

O amor fecundo Ensino Secundário ― Unidade Lecti-


va 11
COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS: 1. Reconhecer, à luz da mensagem cristã, a dignidade da pessoa humana; 2. Questionar-se
sobre o sentido da realidade; 3. Equacionar respostas à questão do sentido da realidade, a partir da visão cristã do mundo;
4. Organizar uma visão coerente do mundo; 5. Interpretar produções culturais (literárias, pictóricas, musicais ou outras)

118
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

que utilizam ou aludem a perspectivas religiosas ou a valores éticos; 6. Interpretar criticamente episódios históricos e fac-
tos sociais, a partir de uma leitura da vida fundada em valores humanistas e cristãos; 7. Relacionar os dados das ciências
com a interpretação cristã da realidade; 8. Relacionar o fundamento religioso da moral cristã com os princípios, valores e
orientações para o agir humano, propostos pela Igreja; 9. Organizar um universo coerente de valores, a partir de um qua-
dro de interpretação ética humanista e cristã; 10. Mobilizar princípios e valores éticos para a orientação do comportamento
em situações vitais do quotidiano; 11. Propor soluções fundamentadas para situações de conflito de valores morais a partir
de um quadro de interpretação ética humanista e cristã; 14. Identificar o núcleo central constitutivo da identidade do Cris-
tianismo, particularmente do Catolicismo; 23. Interpretar textos fundamentais da Bíblia, extraindo significados adequados
e relevantes; 24. Reconhecer as implicações da mensagem bíblica nas práticas de vida quotidiana; 25. Interpretar produ-
ções estéticas de temática cristã, de âmbito universal e local; 26. Apreciar produções estéticas de temática cristã, de âm-
bito universal e local.

GESTÃO E PLANIFICAÇÃO
Blocos de tempo: ____
Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

1. Relacionar os • Significado das pa-


dados das ciên- lavras sexualidade,
cias sobre a se- erotismo, egoísmo e
xualidade hu- amor
mana com a in- • Presença ininterrup-
terpretação ta do impulso sexu-
cristã da reali- al (ao contrário do
dade sexual. que acontece com
(Comp. 7) os animais) que ori-
gina um excedente
que pode ser usado
para as mais varia-
das actividades, por
exemplo, para fins
culturais e criativos
(canalização do im-

119
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

pulso sexual)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

2. Reconhecer que • Instinto (animais) vs


a dignidade da liberdade na vivên-
pessoa humana cia da própria sexu-
se realiza atra- alidade
vés da liberda- • Possibilidade de se-
de e do seu uso paração do prazer,
responsável. do amor e da finali-
(Comp. 1) dade procriativa;
posição da Igreja so-
3. Relacionar o va- bre o assunto
lor do amor,
como funda-
mento da moral
cristã, com a vi-
vência da sexu-
alidade. (Comp.
8)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

4. Questionar-se • O estéril egoísmo


sobre o sentido  O eu é o centro

120
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

humano da re- em função do


lação egoísta, qual tudo existe:
equacionando satisfação de to-
respostas ade- dos os desejos,
quadas nos li- instintos e neces-
mites dos valo- sidades, como
res humanistas fuga à frustração
e cristãos. e sem atender ao
(Comp. 2, 3 e facto de o outro
4) ser sujeito e não
objecto
5. Interpretar pro-  O outro é entendi-
duções cultu- do como objecto
rais que reflic- ou instrumento
tam sobre for- (meio e não fim)
mas egocêntri- da satisfação do
cas de vivência desejo pessoal e
da sexualidade da obtenção do
(Comp. 5) prazer
 O egoísmo é esté-
6. Interpretar criti- ril: nada produz
camente episó- em termos huma-
dios históricos nos e deixa à sua
e factos sociais volta apenas o de-
onde se mani- serto nas relações
festa uma vi- interpessoais
vência egoísta  Formas egoístas
ou mesmo de- de vivência da se-
sumana da se- xualidade:
xualidade.  Erotização da
Comp. 6) sociedade (por
ex.: a publici-
7. Propor soluções dade, os fil-

121
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

fundamentadas mes, os jogos,


para situações etc.): factores
onde se apre- que a promo-
sentem confli- vem e suas
tos de valores consequências
no âmbito da  Irresponsabili-
vivência sexual dade e frivoli-
(felicidade indi- dade: uma re-
vidual vs felici- lação sem ob-
dade do outro; jectivos dura-
felicidade como douros, nem
prazer vs felici- construção de
dade como compromisso;
amor e dádiva o outro é um
de si; necessi- instrumento de
dade económi- prazer; a sexu-
ca vs prostitui- alidade é um
ção; escoamen- passatempo.
to de produtos  Sexualidade
no mercado al- vista como
tamente com- consumo, en-
petitivos vs uso tretenimento,
do corpo como jogo, sem co-
mercadoria pu- nexão com a
blicitária; etc). relação pessoal
(Comp. 11) (pornografia,
cinema erótico,
etc.)
 Prostituição: o
outro é objecto
do prazer
egoísta; violên-
cia; tráfico de

122
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

pessoas, inclu-
sive crianças e
adolescentes;
exploração da
sexualidade
para fins co-
merciais
 Pedofilia e abu-
so sexual de
crianças; abu-
so sexual de
adolescentes;
o uso da Inter-
net para esses
fins
 Etc.

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

8. Organizar um  Libertação sexual


universo coe- ou libertinagem?
rente de valo- A questão ética
res fundado na dos limites da ac-
dignidade da ção humana ao
pessoa humana que é verdadeira-
do qual deriva mente humano
o uso responsá-
vel da liberdade
entendida

123
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

como conjunto
de juízos e de-
cisões autóno-
mas de cada in-
divíduo, direcci-
onada para o
bem pessoal e
para o bem de
todos os outros.
(Comp. 1, 4 e
9)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

9. Interpretar tex- • O amor fecundo


tos bíblicos so-  Cântico dos Cânti-
bre o amor hu- cos: a sedução, a
mano, alicerça- paixão e o amor
do no amor in- humanos são can-
comensurável tados pela Bíblia
de Deus, reco-
nhecendo as
suas implica-
ções na vida
quotidiana.
(Comp. 14, 23 e
24)

10. Interpre-

124
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

tar e apreciar
produções esté-
ticas cristãs so-
bre o amor hu-
mano. (Comp.
25 e 26)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

11. Interpre-  O amor, ao con-


tar produções trário do egoísmo,
culturais que produz relação
reflictam sobre com os outros e
o amor como conduz à felicida-
forma autêntica de tanto aquele
de relação com que ama como
o outro. (Comp. aquele que é
1, 4 e 5) amado
 O amor como
12. Mobilizar emoção, senti-
os valores da mento, paixão,
dignidade hu- fruição da presen-
mana, da liber- ça do outro, von-
dade responsá- tade de querer o
vel e do amor bem do outro, etc.
para orientação  O amor como res-
do comporta- peito pela alteri-
mento em situ- dade, na sua iden-
ações vitais do tidade e intimida-

125
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

quotidiano de
(Comp. 1, 4, 9 e  O amor compro-
10) mete-se na rela-
ção: o amor será
eterno?
 Razões que con-
duzem à perda do
amor e ao desin-
teresse pelo outro
 O amor humano
como aprendiza-
gem, renúncia à
centração da vida
sobre si próprio
(egoísmo), ama-
durecimento
(aceitar os erros
do outro, ser ca-
paz de aceitar o
outro e perdoá-lo,
reatar a relação
depois de uma
ruptura, etc.)

SUGESTÃO DE INTERDISCIPLINARIDADE: Alemão Iniciação 10.°, 11.° e 12.° ― Amizades. Alemão Continuação 10.° ―
Camaradagem e amizade. Alemão Continuação 11.° ― O amor entre jovens. Alemão Continuação 12.° ― Novos amigos,
amigos virtuais: vantagens e inconvenientes. Espanhol Continuação 10.° e 11.° ― Juventude. Espanhol Iniciação 10.° ― O
‘eu’ e os outros: identificação e gostos pessoais. Espanhol Iniciação 11.° ― O ‘eu’ e os outros: descrição, interesses e preferên-
cias. Espanhol Iniciação 12.° ― O ‘eu’ e os outros: aspirações, emoções e sentimentos. Inglês Iniciação 10.º ― Convivências.
Literaturas de Língua Portuguesa 12.º ― Literatura moçambicana: «CRAVEIRINHA José. 1999. Obra Poética. Caminho, Lisboa»;
«COUTO Mia. 2000. Mar me Quer. Caminho, Lisboa». Literatura Portuguesa: [selecção de textos poéticos ou em prosa sobre te-
máticas desta unidade]. Psicologia B 12.º ― Eu com os outros: as relações precoces e interpessoais.

126
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

A dignidade do trabalho Ensino Secundário ― Unidade Lectiva 12


COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS: 1. Reconhecer, à luz da mensagem cristã, a dignidade da pessoa humana; 2. Questionar-se
sobre o sentido da realidade; 3. Equacionar respostas à questão do sentido da realidade, a partir da visão cristã do mundo;
4. Organizar uma visão coerente do mundo; 5. Interpretar produções culturais (literárias, pictóricas, musicais ou outras)
que utilizam ou aludem a perspectivas religiosas ou a valores éticos; 6. Interpretar criticamente episódios históricos e fac-
tos sociais, a partir de uma leitura da vida fundada em valores humanistas e cristãos; 8. Relacionar o fundamento religioso
da moral cristã com os princípios, valores e orientações para o agir humano, propostos pela Igreja; 9. Organizar um univer-
so coerente de valores, a partir de um quadro de interpretação ética humanista e cristã; 10. Mobilizar princípios e valores
éticos para a orientação do comportamento em situações vitais do quotidiano; 11. Propor soluções fundamentadas para si-
tuações de conflito de valores morais a partir de um quadro de interpretação ética humanista e cristã; 12. Relacionar-se
com os outros com base nos princípios de cooperação e solidariedade, assumindo a alteridade e diversidade como factor
de enriquecimento mútuo; 14. Identificar o núcleo central constitutivo da identidade do Cristianismo, particularmente do
Catolicismo; 23. Interpretar textos fundamentais da Bíblia, extraindo significados adequados e relevantes; 24. Reconhecer
as implicações da mensagem bíblica nas práticas de vida quotidiana; 25. Interpretar produções estéticas de temática cris-
tã, de âmbito universal e local; 26. Apreciar produções estéticas de temática cristã, de âmbito universal e local.

GESTÃO E PLANIFICAÇÃO
Blocos de tempo: ____
Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

1. Distinguir o tra- • Trabalho e emprego:


balho enquanto uma distinção ne-
realização hu- cessária
mana da sua
concretização
em emprego(s),
reconhecendo
os seus nexos

127
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

bem como as
suas tensões.
(Comp. 1, 4 e
9)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

2. Interpretar tex- • O trabalho: um di-


tos bíblicos que reito e um dever
evidenciem a (2Ts 3,7-15)
dupla face do
trabalho ― en-
quanto direito e
enquanto dever
da pessoa em
ordem à partici-
pação na cons-
trução da vida
social ―, reco-
nhecendo as
suas implica-
ções na vida
quotidiana.
(Comp. 14, 23 e
24)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Conteúdos Experiências de Aprendizagem Avalia-

128
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

das Competências ção

3. Questionar-se • Convenções e pac-


sobre a distân- tos internacionais
cia entre as sobre o direito ao
perspectivas trabalho e às condi-
apontadas pela ções de vida a ele
legislação inter- associadas
nacional sobre • Papel do Estado na
o trabalho e a promoção do direito
realidade dos ao trabalho, frente
factos, fazendo ao desemprego
o levantamento • O trabalho como di-
dos problemas reito exige políticas
e equacionando que visem acabar
respostas ade- com o desemprego
quadas. (Comp. • O trabalho precário
2, 3 e 4) e a insegurança
• Relação trabalho/ca-
4. Interpretar pro- pital: a exploração
duções cultu- do trabalho na pro-
rais que reflic- cura de níveis mais
tam sobre as altos de produtivi-
questões do dade
trabalho, nas
suas vertentes
mais desorgani-
zadoras da vida
pessoal ou co-
lectiva. (Comp.
1, 4 e 5)

5. Interpretar criti-

129
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

camente episó-
dios históricos
e factos sociais
que ilustrem a
difícil relação
entre o trabalho
e o capital.
(Comp. 1, 4 e
6)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

6. Questionar-se • Discriminação e
sobre o sentido atentados a direitos
da discrimina- humanos no campo
ção e dos vári- laboral
os atentados  A situação das
aos direitos hu- mulheres
manos no plano  O trabalho infantil
do trabalho, vs aprendizagem
equacionando do serviço e da
respostas fun- doação aos outros
dadas em prin- nas pequenas ta-
cípios humanis- refas domésticas
tas e cristãos.  Trabalhos força-
(Comp. 1, 2, 3, dos: as novas for-
4 e 9) mas de escravatu-
ra
7. Reconhecer que  Imigração/emigra-

130
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

o valor da dig- ção e trabalho


nidade da pes-
soa humana im-
plica a rejeição
de qualquer for-
ma de discrimi-
nação das pes-
soas com base
na raça, cor,
sexo, religião,
opinião política,
ascendência
nacional ou ori-
gem social no
âmbito da acti-
vidade profissi-
onal e no aces-
so à mesma.
(Comp. 1, 4 e
9)

8. Reconhecer que
o trabalho in-
fantil é contrá-
rio à dignidade
das crianças e
ao direito a
crescerem de
forma saudável.
(Comp. 1, 4 e
9)

9. Interpretar criti-

131
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

camente episó-
dios históricos
e factos sociais
relacionados
com o trabalho
forçado e ou-
tras formas de
escravatura,
com base no re-
conhecimento
do valor de
qualquer ser
humano.
(Comp. 1, 4, 6 e
9)

10. Interpre-
tar produções
culturais que
sirvam de su-
porte a uma re-
flexão sobre os
valores em cau-
sa em situações
de atentado
aos direitos hu-
manos, no pla-
no do trabalho
e da profissão.
(Comp. 1, 4, 5 e
9)

132
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

11. Interpre- • Relação


tar produções trabalho/descanso/v
culturais que ida familiar: concili-
ponham em ar a carreira com as
evidência as outras dimensões
consequências da vida
nefastas de • O direito ao descan-
uma má gestão so: tempo de rela-
do tempo no ção com Deus, com
que diz respeito a família e com os
à repartição en- amigos; tempo que
tre tempo do ajuda a preservar a
trabalho e tem- saúde; tempo de
po pessoal e fa- dedicação a activi-
miliar. (Comp. dades de lazer e de
1, 5 e 9) voluntariado em
prol dos mais neces-
12. Propor so- sitados
luções funda-
mentadas para
o conflito entre
os valores da
realização pro-
fissional, da
carreira, dos as-
pectos financei-
ros associados,
bem como do

133
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

nível de vida
por eles propor-
cionados e, por
outro lado, os
valores do tem-
po para os ou-
tros (amigos,
família, Deus).
(Comp. 9 e 11)

13. Mobilizar
os valores da
saúde, do lazer,
do voluntaria-
do, do tempo a
dedicar à famí-
lia e aos ami-
gos, bem como,
para quem é
crente, do tem-
po a dedicar a
Deus, por forma
a orientar a
vida no quotidi-
ano, conjugan-
do o tempo do
trabalho com o
tempo da vida
pessoal e fami-
liar. (Comp. 9,
10, 11 e 12)

134
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

14. Interpre- • A justiça, um valor


tar textos bíbli- central no campo do
cos que reflic- trabalho: o salário
tam sobre o va- justo, o descanso,
lor da justiça no as condições de tra-
mundo do tra- balho, etc. (Tg 5,1-
balho, reconhe- 6)
cendo as suas
implicações na
prática da vida
quotidiana.
(Comp. 1, 8, 14,
23 e 24)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

15. Mobilizar • Solidariedade entre


os valores da trabalhadores: orga-
solidariedade e nizações de repre-
da cooperação sentação dos traba-
com vista à de- lhadores (ordens,
fesa dos direi- sindicatos…)
tos dos traba-
lhadores, legal-
mente consa-

135
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

grados e funda-
dos no valor da
justiça social.
(Comp. 9, 10 e
12)

Blocos de tempo: ____


Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

16. Reconhe- • A dignidade do tra-


cer que o traba- balho: o trabalho
lho está direcci- não pode ser uma
onado à realiza- «actividade servil»,
ção e felicidade mas uma «activida-
humana, assu- de humana»
mindo apenas • As dimensões objec-
um valor instru- tiva e subjectiva do
mental em rela- trabalho (finalidades
ção à sua finali- do trabalho): conju-
dade última ― gação da realização
o bem pessoal pessoal com as ne-
e o bem social. cessidades do tra-
(Comp. 1, 4, 9 e balho a desenvolver
12) • Dimensão social do
trabalho: trabalhar
com os outros e
para os outros

Blocos de tempo: ____

136
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

Operacionalização Avalia-
Conteúdos Experiências de Aprendizagem
das Competências ção

17. Interpre- • Pôr os talentos a


tar textos bíbli- render: Mt 25,14-30
cos sobre a ne-
cessidade de
cada pessoa
desenvolver as
suas capacida-
des no trabalho
que lhe é dado
fazer, reconhe-
cendo as suas
implicações na
prática da vida
quotidiana, com
vista a fomen-
tar o gosto pela
realização de
trabalhos de
qualidade.
(Comp. 14, 23 e
24)

18. Interpre-
tar e apreciar
produções esté-
ticas sobre os
textos bíblicos
analisados.
(Comp. 25 e
26)

137
Gestão e Planificação - Educação Moral e Religiosa Católica Ano Lectivo: 20___/___

SUGESTÃO DE INTERDISCIPLINARIDADE: Alemão Iniciação 10.°, 11.° e 12.° ― O trabalho, o lazer. Alemão Continuação
10.°, 11.° e 12.° ― Vida profissional, o lazer. Espanhol Continuação 10.°, 11.° ― O trabalho, lazer. Espanhol Iniciação 10.°
― Serviços: trabalho e responsabilidade, os tempos livres: as festas e o desporto. Espanhol Iniciação 11.° ― Tempos livres, fé-
rias, música, cinema. Espanhol Iniciação 12.° ― Os tempos livres: colaboração em actividades de solidariedade ― ONG’s. Filo-
sofia 10.° ― O voluntariado e as novas dinâmicas da sociedade civil. Filosofia 11.° ― O trabalho e as novas tecnologias. Geo-
grafia C 12.° ― Um acesso desigual ao desenvolvimento: emprego e exclusão social, fome e má nutrição, pobreza e saúde. His-
tória A 11.° ― Séc xix, a condição operária: salários e modos de vida; associativismo e sindicalismo. História B 10.º ― O mer-
cado internacional e a divisão internacional do trabalho; a condição burguesa: valores e comportamentos; proliferação do terciá-
rio e incremento das classes médias; a condição operária: salários e modos de vida; associativismo e sindicalismo; as propostas
socialistas de transformação revolucionária da sociedade. Inglês Continuação 10.º ― Os jovens e o futuro: trabalho e lazer,
adaptabilidade, formação ao longo da vida. Inglês Continuação 11.º ― O mundo do trabalho. Inglês Iniciação 11.º ― A vida
profissional. Inglês Iniciação 12.º ― A vida profissional e a tecnologia. Literatura Portuguesa: [selecção de textos poéticos
ou em prosa sobre temáticas desta unidade].

138