Você está na página 1de 6

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ

CENTRO DE TECNOLOGIA
DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA

Curso de Formação Complementar para Operadores de Campo da PORTO DE PECÉM GERAÇÃO


DE ENERGIA S/A
Módulo: Tecnologia Elétrica
Professor: Raimundo Furtado Sampaio
Aluno: Data: 12/04/2010

1. Questão: Marque segunda coluna de acordo com a primeira. (0,9 pontos)


(a) É uma unidade funcional, completa e distinta, que exerce uma ou mais ( ) Manobra
funções elétricas relacionada com geração, transmissão, distribuição e
utilização de energia elétrica, tal como, máquinas, transformadores,
dispositivos elétricos, aparelhos de medição, proteção e controle
(b) Mudança da configuração elétrica de um circuito, realizada manual ou ( ) Proteção
automaticamente
(c) Ação de estabelecer o funcionamento de equipamentos elétricos sob ( ) Comando
determinadas condições de operação. Automático
(d) Ação destinada a efetuar a manobra, que pode ser de desligamento, ligação ( ) Comando
ou variação da alimentação de energia elétrica de toda ou parte de uma Manual
instalação sob condições de funcionamento normal
(e) Ação automática provocada por dispositivos sensíveis a determinadas ( ) Controle
condições anormais que ocorrem em um circuito, afim de evitar danos as
pessoas e aos animais e evitar ou limitar danos a um sistema ou
equipamento elétrico.
(f) Atuação de um relé de proteção ou de uma função de religamento ( ) Comando
(g) Comando de abertura ou fechamento de um equipamento realizada no ( ) Equipamento
próprio equipamento ou remotamente a partir de um sistema SCADA ou de Elétrico
um relé.
(h) Sistema ao qual estão associados todos os equipamentos necessários para ( ) Relé de
detectar, localizar, iniciar e completar a eliminação de uma falta ou de uma Proteção
condição anormal de operação de um sistema elétrico (NBR 8769).
(i) São dispositivos que atuam, a partir da comparação das grandezas medidas ( ) Sistema de
no sistema elétrico com valores pré-definidos, comandando a abertura de Proteção
equipamento(s) de disjunção ou outros dispositivo(s)
2. Questão: Com relação ao sistema de proteção do Sistema Elétrico de Potência marque nos parênteses
abaixo com a letra V quando a afirmativa for verdadeira e F quando a afirmativa for falsa. (1,1 pontos)
() O sistema de proteção de um sistema elétrico de potência tem como objetivo apenas manter a
integridade dos equipamentos, do sistema elétrico e garantir a continuidade de serviço nas áreas
não afetadas pela falta.
() A proteção do sistema elétrico deve ser distribuída por zona de proteção para aumentar a área
do sistema elétrico que será desligado quando houver uma falta no SEP.
() Coordenação de um sistema de proteção é o relacionamento adequado entre as características e
os tempos de operação dos dispositivos de proteção de um sistema ou parte de um sistema
elétrico, ou de um equipamento elétrico de forma a garantir a seletividade
() A seletividade é a principal condição para assegurar ao consumidor um serviço seguro e
contínuo.
() A Proteção de retaguarda é o sistema ou parte do sistema de proteção do qual se espera a
iniciativa de operar em resposta a uma condição de falta, eliminando-a dentro de sua zona
protegida.
() Proteção de principal é o sistema ou parte do sistema de proteção destinado a operar como
substituto da proteção principal, quando uma falha desta, ou de sua incapacidade de operar
() Com relação aos relés de proteção é correto afirmar que os relés eletromecânicos e estáticos são
mais sensíveis que os relés numéricos.
() A função falha de disjuntor (50/62BF) de um relé de proteção atua sempre que o relé atuar e o
disjuntor não interromper a corrente de falta em um determinador tempo pré-estabelecido.
() A função carga fria, também conhecida como “cold load pick-up” impede que o relé atue
indevidamente após a energização de um circuito.
() Considerando funções similares, relés estáticos e digitais microprocessados apresentam, em geral,
tempo de atuação maior que os relés eletromecânicos. Isto ocorre porque estes últimos não
requerem cálculos numéricos para implementação de determinada lógica de acionamento.
() Os transformadores de potencial (TPs) e de corrente (TC) têm as funções de transformar sinais de
tensão e corrente, respectivamente, de níveis muito elevados para valores bastante reduzidos para
uso em instrumentos de medição, controle e proteção. Um dos problemas do uso destes
equipamentos é a falta de padronização das grandezas de tensão e corrente nos seus secundários.
3. Questão: Marque nos parênteses abaixo com a letra V quando a afirmativa for verdadeira e F quando a
afirmativa for falsa as alternativas em que você entende que o tipo de defeito ou falha poderá
proporcionar falha no sistema de proteção a ponto de impedir a interrupção da falta pela proteção
principal. (1,0 ponto)
() Falha do sistema de comunicação entre o relé e o sistema de automação da SE.
() Falha nas entradas analógicas do relé impedido a medição das grandezas elétricas provenientes dos
TCs e/ou TPs.
() Falta de alimentação do relé
() Falta de alimentação no sistema de controle do disjuntor
() Falha na bobina de abertura do disjuntor
() Sistema de proteção descoordenado
() Corrente de pick-up e tempo de atuação do relé maior que o do relé de retaguarda
() TC dimensionado somente pelo critério da corrente nominal
() Transformador de Serviços Auxiliares (TSA) fora de serviço por 6 horas e o banco de baterias por 2
horas, considerando que o banco de baterias tem autonomia de 10 h.
() Banco de baterias em manutenção.

4. Questão: Identifique a resposta que representa a numeração dos relés de proteção utilizados em sistemas
elétricos de potência. Relés de sobrecorrente temporizados e instantâneo de fase, relés de sobrecorrente
direcional de fase e de neutro, Relés de sobrecorrente temporizados e instantâneo de neutro, relé
diferencial, relé de distância, relé de sobretensão, relé de medição de ângulo de fase para proteção contra
falta de sincronismo, relé de sub/sobre freqüência, relé de religamento, relé de seqüência negativa
(desbalanceamento de corrente de fase), relé de proteção de terra (relé de carcaça), relé de perda de
excitação, relé direcional de potência, relé de sobreexcitação ou volts por hertz, relé auxiliar de bloqueio,
falha de disjuntor, relé de balanço de tensão/queima de fusíveis, rele de sincronismo. (1,0 pontos)
Assinale a alternativa CORRETA.
A( ) 67/67N, 51/50, 51N/50N, 87, 21, 59, 78, 81, 79, 46, 64, 40, 32, 24, 86, 50BF, 60, 25
B( ) 51/50, 67/67N, 51N/50N, 87, 21, 59, 78, 81, 79, 32, 24, 86, 46, 64, 40, 50BF, 25, 60
C( ) 51/50, 67/67N, 51N/50N, 86, 46, 64, 40, 50BF, 81, 42, 62, 21, 59, 78, 81, 25, 79, 60
D( ) 51/50, 67/67N, 51N/50N, 64, 40, 32, 24, 86, 87, 21, 59, 78, 81, 79, 46, 25, 50BF, 60
E( ) 51/50, 67/67N, 51N/50N, 87, 21, 59, 78, 81, 79, 46, 64, 40, 32, 24, 86, 50BF, 60, 25
5. Questão: Marque a segunda coluna de acordo com a primeira: (1,0 pontos)
(a) Relacionamento adequado entre as características e os tempos de operação ( ) Seletividade
os dispositivos de proteção de um sistema ou parte de um sistema elétrico, ou Lógica
e um equipamento elétrico de forma a garantir a seletividade
(b) Capacidade do sistema de proteção em discriminar e somente desconectar do ( ) Rapidez ou
sistema a parte atingida pelo defeito, isolando completamente o componente Velocidade
defeituoso, desligando a menor porção do SEP e mantendo a continuidade de
serviço.
(c) Recurso dos relés numéricos que proporciona coordenação entre funções de ( ) Curto-circuito
sobrecorrente instantânea (50/50N) sujeitos ao mesmo nível de curto-circuito,
sendo que a coordenação é obtida através do envio de sinais digitais de um relé
para o bloqueio da atuação de um outro relé.

(d) Capacidade de resposta dentro do menor tempo possível, de modo a garantir a ( ) Relé de
estabilidade do sistema. Este requisito da proteção contribui para manutenção Proteção
da estabilidade do sistema, minimizar os danos provocados pela falta no SEP e
nos equipamentos.
(e) Capacidade de resposta dentro de uma faixa esperada de ajuste ( ) Confiabilidade
(f) Requisito que abrange aspectos de segurança e disponibilidade e corresponde ( ) Sensibilidade
probabilidade de um componente, equipamento ou sistema funcionar
corretamente quando sua atuação for requerida e o grau de certeza de não
omissão de disparo.
(g) A aplicação destes dispositivos no sistema elétrico depende de um conjunto de ( ) Seletividade
características específicas do sistema ou equipamento a ser protegido, como
por exemplo, tamanho, configurações, condições operacionais, características
construtivas e quanto a evolução tecnológica são classificados em
eletromecânicos, estáticos. digitais e numéricos.
(h) Condição anormal e indesejável, porém inevitável, que causa elevação brutal ( ) Coordenação
da corrente e considerável queda de tensão, podendo causar danos nos
equipamentos e no sistema elétrico.
(i) São todos os defeitos provocados por um contato entre um condutor alimentado e a ( ) Corrente de
terra ou entre condutores e a terra ou entre condutores. Pick-up
(j) Termo genérico designado para a menor corrente de operação ajustada no relé que ( ) Curto-circuito

proporciona o fechamento dos seus contatos e o comando de abertura do disjuntor.


6. Questão: Marque com a letra ‘X’ a alternativa em que contam proteções intrínsicas do transformador de
potência: relé de gás (tipo Buchholz), temperatura do óleo, temperatura do enrolamento, nível do óleo,
válvula de alívio de pressão. (1,0 pontos)
(a) 26, 63, 49, 32, 63ª
(b) 26, 94, 49, 71, 63ª
(c) 63, 26, 51, 63A, 49
(d) 63A, 40, 71, 26, 63
(e) 63, 26, 49, 71, 63ª

7. Questão: Marque com a letra ‘V’ a afirmativa verdadeira e com a letra ‘F’ a afirmativa falsa (1,0 ponto)
() O relé 87 deve atuar somente para faltas na zona de proteção delimitada pelos TCs.
() O relé 87 não deve atua sob condições normais de carga.
() O relé 87 não deve atuar para faltas fora da zona protegida.
() O relé 87 para proteção de transformadores não deve atuar devido à correntes de magnetização.
() A margem de coordenação é o mesmo que tempo de atuação do relé.
() Relé de bloqueio utilizado na proteção de transformadores de potência tem a função de comandar a
abertura dos disjuntores e bloquear o fechamento dos mesmos.
() Múltiplo (M) é a relação entre a corrente de curto-circuito e a corrente de pick-up. O múltiplo do relé
indica o quanto a corrente de curto-circuito é maior do que sua corrente de ajuste.
Trip é o termo utilizado para designar o comando realizado por um relé de proteção através do
fechamento do seu contato de saída para comandar a abertura de um disjuntor.

8. Questão: Baseado na análise da configuração do sistema elétrico apresentado no diagrama unifilar da Figura 1,
especifique os relés na tabela abaixo indicando o nome do relé, os códigos ANSI e nomes das funções de
proteçãode cada relé: (1,0 pontos).

Barra A Barra B Barra C


69 kV 69 kV 13,8 kV

30/40MVA
TC1 LT1 TC2 TC3 TC4 TC5
52 52 52 52 R
Ri
R1 R2 R5

TP1 TP
R3
TSA

R4
Figura 1: Diagrama unifilar simplificado

Legenda Nome do Relé Funções do relé Nome da Função


R3
R4

Indicar todas as funções de


Ri proteção intrísecas do
transformador de potência

9. Questão: Baseado nos dados abaixo calcule o múltiplo do relé R1. (2,0 pontos)
Níveis de Curto-circuito: BarraA (Icc trifásico) = 12 kA e BarraB (Icc trifásico) = 8 kA .
Dados dos TCs: Fator de Sobrecorrente = F20, Classe B, Exatidão=10, TC1=1000-5.
Corrente Máxima de Carga = 800 A
Relé de Sobrecorrente função 51:
 Curva Normalmente Inversa
 Faixa de ajuste (TAP fase): 0,5 a 20 (variando 0,1)

Barra A Barra B 60MVA


69 kV 69 kV

TC1
D
30MVA
R1