Você está na página 1de 11

144

7
Referências Bibliográficas

ADORNO, Theodor W. “Capitalismo tardio ou sociedade industrial”. In: COHN,


Gabriel. (org). Grandes cientistas sociais. São Paulo: Ática, 1986.
ADORNO, Theodor W.; HORKHEIMER, Max. Dialética do Esclarecimento. Rio
de Janeiro: Jorge Zahar, 1985.
ALBUQUERQUE, Paulo de Medeiros e. O mundo emocionante do romance
policial. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1979.
ALMANAQUE FOLHA, disponível em http://almanaque.folha.uol.com.br/, em
2008.
ALMEIDA, Marco Antônio de. Sangue, suor & tiros: a narrativa policial na
PUC-Rio - Certificação Digital Nº 0410448/CA

literatura e cinema brasileiros. Tese de Doutorado em Ciências Sociais,


defendida no Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, da Universidade
Estadual de Campinas, em 2002.
ALVES, Clara Ferreira. José Cardoso Pires. Documentário produzido para a
RTP em 1998.
ANDRADE, Fábio de Souza. “Rubem Fonseca tumultua lugares de fato e ficção
em ‘O Caso Morel’”, publicado na Folha de São Paulo, em 19/07/2003.
ANTUNES, António Lobo, Conhecimento do Inferno. Lisboa: Dom Quixote,
1983.
ARENDT, Hannah. A condição Humana. Rio de Janeiro: Forense, 1995.
____. Origens do totalitarismo. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.
ARISTÓTELES. A Poética. São Paulo: Nova Cultural, 1999.
ARQUIVO DA FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS. Disponível em
http://www.cpdoc.fgv.br/nav_fatos_imagens/htm/fatos/AI5.htm, em 2008.
AUDEN, W. H. Pistas para uma autópsia da narrativa policial. In: __
MATRAGA, n. 4-5. Rio de Janeiro: UERJ/IL, 1988. Quadrimestral.
AVERBUCK, Lígia (Org.) Literatura em tempo de cultura de massa. São Paulo:
Nobel, 1984.
145

BARADEZ, François, "O Labirinto" in Jornal Letras e Letras, n.º 45, Lisboa,
17/04/1991.
BARROS, R. S. Maciel de. Significado da Novela Policial. Jornal da Tarde, São
Paulo, 31/12/1998. Disponível em
http://www.jt.estadao.com.br/noticias/98/12/31/ar1.html.
BARSOTTI, Adriana. “Polêmica: Um jogo duro nos bastidores da guerra dos
best-sellers”. O Estado de São Paulo. São Paulo, 07/12/1988.
BARTHES, Roland. Aula. São Paulo: Cultrix, 1987.
BASTOS, Francisco Inácio. Borges e o conto policial. Rio de Janeiro: Instituto de
Letras da UERJ, 1998.
BAUDRILLARD, Jean. Senhas. Rio de Janeiro: Difel, 2001.
____. Tela total. Porto Alegre: Sulina, 1997.
BAUMAN, Zygmunt. Globalização. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1999.
____. O Mal-Estar da Pós-Modernidade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1998.
PUC-Rio - Certificação Digital Nº 0410448/CA

BELTRÃO, Luis. Sociedade de massa: comunicação e literatura. Petrópolis:


Vozes, 1972.
BENJAMIN, Walter. Obras escolhidas vol. I. São Paulo: Brasiliense, 1996.
____. Obras escolhidas vol. II. São Paulo: Brasiliense, 2000.
____. Obras escolhidas vol. III. São Paulo: Brasiliense, 2000.
BÍBLIA SAGRADA. Petrópolis: Vozes, 2000.
BLANCHOT, Maurice. O Espaço Literário. Rio de Janeiro: Rocco, 1987.
BOBBIO, Norberto. Os Intelectuais e o Poder. São Paulo: Unesp, 1997.
BOILEAU, Pierre; NARCEJAC, Thomas (BOILEAU-NARCEJAC). O romance
policial. São Paulo: Ática, 1991.
BORELLI, Silvia H. Simões. Ação, suspense, emoção. Literatura e cultura de
massa no Brasil. São Paulo: EDUC/Estação Liberdade, 1996.
BORGES, Jorge Luis. Cinco visões pessoais. Brasília: Universidade de Brasília,
1985.
____. “El cuento policial”. In Seis problemas para don Isidro Parodi. Barcelona:
Bruguera, 1982.
BOTTOMORE, T.B. Sociologia e Filosofia Social de Kart Marx. Rio de Janeiro:
Zahar, 1964.
BOURDIEU, Pierre. A economia das trocas simbólicas. São Paulo, Perspectiva,
1982.
146

____. As regras da arte. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.


____. O Poder Simbólico. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2004.
____. O império do jornalismo. Folha de São Paulo. São Paulo, 09/03/1997.
BUTOR, Michel apud TODOROV, Tzvetan. As Estruturas Narrativas. São
Paulo: Perspectiva, 1969.
CAIAFA, Janice. Nosso Século XXI: Notas sobre Arte, Técnica e Poderes. Rio de
Janeiro: Relume-Dumará, 2000.
CANCLINI, Nestor G. Culturas Híbridas. São Paulo: Edusp, 1998.
_____. Consumidores E Cidadãos: Conflitos Multiculturais de Globalização. Rio
de Janeiro: Editora UFRJ, 1995.
CANDIDO, Antonio. A personagem de ficção. São Paulo: Perspectiva, 1970.
CARPEAUX, Otto Maria. Destino do romance policial. Porto Alegre: Globo,
1946.
CASTELLS, Manuel. A Sociedade em Rede. São Paulo: Paz e Terra, 2000.
PUC-Rio - Certificação Digital Nº 0410448/CA

CHALENDAR, Pierrette e Gerard. "Da Balada da Praia dos Cães de José Cardoso
Pires" in Jornal Letras e Letras, n.º 45, Lisboa, 17/04/1991.
CHANDLER, Raymond. Pistas para uma autópsia da narrativa policial. In: __
MATRAGA, n. 4-5. Rio de Janeiro: UERJ/IL, 1988. Quadrimestral.
____. The Simple Art of Murder. New York: Vintage Books, 1988.
Chesterton, G.K. “A defence of detective stories (1901)”. Disponível em
http://chesterton.org/gkc/murderer/defence_d_stories.htm, em 2008.
COELHO, Celso Maduro. “O Caso Fonseca”. Dissertação de Mestrado defendida
na PUC-Rio, em 23/08/1996.
COELHO, Eduardo Prado, “O Círculo dos Círculos”. In PIRES, José Cardoso. O
Delfim. Lisboa: Dom Quixote, 1999.
____. “O Lugar do Crime”. Artigo publicado no jornal português Público, em
03/11/2007.
COMPAGNON, Antoine. O Demônio da Teoria. Belo Horizonte: UFMG, 2006.
COUTINHO, Afrânio. O Erotismo na Literatura. São Paulo: Cátedra, 1979.
COUTINHO, Sonia. Rainhas do Crime: Ótica Feminina no Romance Policial.
Rio de Janeiro: Sette Letras, 1994.
CRUZ, Liberto, José Cardoso Pires - Análise, Crítica e Análise de textos. Lisboa:
Arcádia, 1972.
ECO, Umberto. Obra Aberta. São Paulo: Editora Perspectiva, 1976.
147

DARNTON, Robert. História da leitura. In: BURKE, Peter (Org.) A escrita da


História. São Paulo: Edunesp, 1992.
DÉCIO, João, "Uma nova faceta da ficção de José Cardoso Pires" in jornal Letras
e Letras, n.º 45, Lisboa, 17/04/1991.
DEJOURS, Christophe. A banalização da injustiça social. Rio de Janeiro:
Fundação Getúlio Vargas, 1999.
DELEUZE, Gilles. Conversações. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1992.
____. A Imagem-Tempo. São Paulo: Brasiliense, 2005.
D'ONOFRIO, Salvatore. O conto policial de Edgar Allan Poe. In: ___. Teoria do
texto 1 - Prolegômenos e teoria da narrativa. São Paulo: Ática, 1995.
DOYLE, Arthur Conan. As Aventuras de Sherlock Holmes. Rio de Janeiro: Jorge
Zahar, s/d.
ENCICLOPÉDIA BRITÂNICA. Disponível em http://www.britannica.com, em
2008.
PUC-Rio - Certificação Digital Nº 0410448/CA

EMERY, Edwin. Introdução à comunicação de massa. São Paulo: Atlas, 1973.


FACINA, Adriana. Literatura e Sociedade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2004.
FIGUEIREDO, Vera Lúcia Follain. O Assassino é o leitor. In: __ MATRAGA, n.
4-5. Rio de Janeiro: UERJ/IL, 1988. Quadrimestral.
____. Crimes do Texto. Belo Horizonte: UFMG, 2003.
____. “O Romance Histórico Contemporâneo Na América Latina”. Disponível em
http://www.autores.com.br/content/view/5970/92/, em 2008.
FONSECA, Rubem. Agosto. São Paulo: Companhia das Letras, 1990.
____. O Cobrador. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1979.
____. A Coleira do Cão. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.
____. Contos Reunidos. São Paulo: Companhia das Letras, 1994.
____. A Grande Arte. São Paulo: Companhia das Letras, 1992.
____. Feliz Ano Novo. São Paulo: Companhia das Letras, 1993.
____. Lúcia McCartney-Os Prisioneiros (edição conjunta). São Paulo: Círculo do
Livro, s/d.
____. O Caso Morel. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.
____. O Romance Morreu. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.
____. Romance Negro e Outras Histórias. São Paulo: Companhia das Letras,
1992a.
148

FOUCAULT, Michel. Estratégia, Poder-Saber. São Paulo: Forense Universitária,


2003.
_____. Microfísica do poder. Rio de Janeiro: Graal, 1982.
_____. O que é um autor?. Lisboa: Vega, 2002.
GARCIA-ROZA, Luiz Alfredo. Entrevista disponível em
http://portal.rpc.com.br/jl/divirtase/conteudo.phtml?tl=1&id=732427&tit=G
arcia-Roza-e-a-essencia-do-crime, em 2008.
GAY, Rafael apud DUPONT, Wladir. “Rubem Fonseca, um escritor cult no
México”. Disponível em http://observatorio.ultimosegundo.ig.com.br/
artigos.asp?cod=383AZL001, em 2008.
GILSON, Etienne. Cultura e sociedade de massa. Lisboa: Moraes Editores, 1970.
GOMES, Renato Cordeiro. “Fotogramas, Vozes e Grafias: Lisboa e Rio de
Janeiro”. In Semear 3. Petrópolis: Vozes, 2002. Disponível em
http://www.letras.puc-rio.br/catedra.
PUC-Rio - Certificação Digital Nº 0410448/CA

GUERREIRO, António; LIMA, Rosa Pedroso, "Talvez compre um arranha-céus"


in Jornal O Expresso, Lisboa, 12/12/1997.
GUERREIRO, António, "A Morte Branca" in Jornal O Expresso, Lisboa,
24/05/1997.
HANNERZ, Ulf. Cosmopolitas e locais na cultura global. In: FEATHERSTONE,
Mike (org.). Cultura Global: nacionalismo, globalização e modernidade.
Petrópolis: Vozes, 1994.
HARVEY, David. Condição pós-moderna. São Paulo: Loyola, 1992.
HOBSBAWN, Eric. A Era do Capital. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1979.
___. A Era dos Impérios. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1989.
HORTA, Maria Teresa, "Há mais imaginação na Ciência" in Jornal Diário de
Notícias, Lisboa, 11/07/1997.
IANNI, Octavio. A Era do Globalismo. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira,
1996.
ISER, Wolfgang. O Ato da Leitura. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1996.
INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS DA UNIVERSIDADE DE LISBOA.
Disponível em http://www.ics.ul.pt/instituto/?, em 2008.
JAUSS, Hans Robert. A Estética da Recepção: Colocações Gerais. In A Literatura
e o Leitor. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1979.
149

JORGE, Lídia. “O Delfim: o romance”. Disponível em


http://www.madragoafilmes.pt/odelfim/index2.html#, em 2008.
JORNAL DE LETRAS. “Homenagem a Cardoso Pires”. Edição especial dedicada
a José Cardoso Pires, publicado em 3 de Abril de 2002. Disponível em
http://www.madragoafilmes.pt/odelfim/index2.html#, em 2008.
JOVCHELOVIT, Sandra. “Vivendo a vida com os outros”. In GUARESCHI,
Pedrinho, JOVCHELOVIT, Sandra. (org.). Textos em Representações
Sociais. Petrópolis: Vozes, 1995.
KOSHIBA, Luiz; PEREIRA, Denise. História do Brasil. São Paulo: Atual, 1987.
KOTHE, Flávio. A narrativa trivial. Brasília: Editora da Universidade de Brasília,
1994.
LEBRUN, Michel. Texto de apresentação de A Grande Arte. In FONSECA,
Rubem. A Grande Arte. São Paulo: Companhia das Letras, 1992.
LEPECKI, Maria Lúcia, Ideologia e Imaginário, ensaio sobre José Cardoso
PUC-Rio - Certificação Digital Nº 0410448/CA

Pires. Lisboa: Moraes Editores, Colecção Margens do Texto – I, 1977.


LEVINAS, Emmanuel. Entre Nós, ensaios sobre a alteridade. Petrópolis: Vozes,
1997.
LEVY, Pierre. A Inteligência Coletiva. São Paulo: Edições Loyola, 1998.
_____. O que é o virtual ?. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1996.
LIMA, Luiz Costa. História. Ficção. Literatura. São Paulo: Companhia das letras,
2006.
____. Dispersa Demanda. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1981.
LINS, Álvaro. No mundo do romance policial. Rio de Janeiro: Ministério da
Educação e Cultura (MEC); Serviço de Documentação, 1953.
LLOSA, Mario Vargas. A “Grande Arte” da paródia. Publicado no Jornal de
Letras, 09/02/1987.
LOURENÇO, Eduardo. O Paradigma Policial. JL, Lisboa, 04/11/1998.
LUCAS, Fábio. “Os Anti-Heróis de Rubem Fonseca”. Publicado no Jornal do
Brasil, em 20/12/69.
LUCAS, Jeane. “Bufo & Spallanzani”: entre a literatura de massa e a literatura
culta. Dissertação de Mestrado defendida na Universidade Presbiteriana
Mackenzie, em 2004.
MACHADO, Roberto. Foucault, a Filosofia e a Literatura. Rio de Janeiro: Jorge
Zahar, 2005.
150

____. “Introdução”. In FOUCAULT, Michel. Microfísica do poder. Rio de


Janeiro: Graal, 1982.
MAGALHÃES JR., Raimundo. O conto policial. In A arte do conto: Sua história,
seus gêneros, sua técnica, seus mestres. Rio de Janeiro: Bloch Editores,
1972.
MANDEL, Ernest. Cadáveres Esquisitos: História social do romance policial.
Lisboa: Cotovia, 1993.
MARCHAND, Marie. Les paradis informacionnels. Paris: Masson, 1986.
MARGATO, Izabel. “O intelectual em tempos difíceis”. In MARGATO, Izabel;
GOMES, Renato Cordeiro Gomes. (Org.). O Papel do Intelectual Hoje.
Belo Horizonte: UFMG, 2004.
____. “Narrar para Viver, Seduzir e Desencantar”. In Semear, n. 7. Petrópolis:
Vozes, 2002.
MARIZ, Dinarte. Entrevista ao jornal Folha de São Paulo, em 07/01/1977 e
PUC-Rio - Certificação Digital Nº 0410448/CA

publicada como apresentação de FONSECA, Rubem. Feliz Ano Novo. São


Paulo: Companhia das Letras, 1993.
MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. Sobre Literatura E Arte. Lisboa: Editorial
Estampa, 1974.
MARX, Karl. Apud BOTTOMORE, T.B. Sociologia e Filosofia Social de Kart
Marx. Rio de Janeiro: Zahar, 1964.
MELO, Filipa, "Da Morte Com Humor. O espanto oferecido." in Revista Visão,
Lisboa, 15/05/1997.
MENDES, Álvaro. Um conceito de civilização: Cardoso Pires. O Estado de S.
Paulo, São Paulo, 19/02/1984.
MORICONI, Ítalo. Os Cem Melhores Contos Brasileiros do Século. Rio de
Janeiro: Objetiva, 2001.
MOYA, Álvaro. Shazam. São Paulo: Perspectiva, 1970.
NARCEJAC, Thomas. La Novela Criminal. Barcelona: Tusquets, 1982.
NASCIMENTO, Manuel do, "Encontro com Cardoso Pires" in jornal O Primeiro
de Janeiro, Lisboa, 28 de Setembro, 1958.
NEGROPONTE, Nicholas. Vida Digital. São Paulo: Cia. das Letras, 1999.
OLIVEIRA MARQUES. A. H. de. Breve História de Portugal. Lisboa: Editorial
Presença, 1995.
____. História de Portugal. Lisboa: Palas, 1981.
151

ORTIZ, Renato. A moderna tradição brasileira. São Paulo: Brasiliense, 1989.


____. Cultura e Modernidade: a França no Século XIX. Rio de Janeiro:
Brasiliense, 2003.
ORWELL, George. 1984. São Paulo: IBEP, 2003.
PAES, José Paulo. A aventura literária: Ensaios sobre ficção e ficções. São
Paulo: Companhia das Letras, 1990.
PAZ, Octávio. Posdata. Cidade do México: Siglo Veintiuno, 1990.
PECHMAN, Robert Moses. In Semear, n. 3. Petrópolis: Vozes, 2002. Disponível
em http://www.letras.puc-rio.br/catedra/
PEDROSA, Celia de Moraes Rego. “O Discurso Hiperrealista (Rubem Fonseca e
André Gide)”, Tese de Mestrado defendida na PUC-Rio, em outubro de
1977.
PEREIRA, Celeste, "Sampaio e a Veia artística" in Jornal O Público, Lisboa, 5 de
Abril, 1998.
PUC-Rio - Certificação Digital Nº 0410448/CA

PETROV, Petar. O Realismo na Ficção de José Cardoso Pires e de Rubem


Fonseca. Lisboa: Difel, 2000.
____. “A Componente Ideológica em Balada da praia dos Cães de José Cardoso
Pires”. In revista Semear 11. Petrópolis: Vozes, 2005.
PIGLIA. Ricardo. Crítica e Ficção. Buenos Aires: Seix Barral, 2000.
____. O Laboratório do Escritor. São Paulo: Iluminuras, 1999.
____. Tres propuestas para el próximo milenio (y cinco dificultades). Buenos
Aires: Fondo de Cultura Económica, 2001. Disponível em
http://www.casa.cult.cu/publicaciones/revistacasa/222/piglia.htm, em 2008.
PIRES, José Cardoso. Balada na Praia dos Cães. Rio de Janeiro: Civilização
Brasileira, 1983.
____. A Cartilha do Marialva. Lisboa: Ulisseia, 1960.
____. A Cavalo no Diabo. Lisboa: Dom Quixote, 1994.
____. Dinossauro Excelentíssimo. Lisboa: Dom Quixote, 2000.
____. E Agora, José?. Lisboa: Moraes, 1977.
____. Jogos de Azar. Lisboa: Dom Quixote, 1999.
____. O Delfim. Lisboa: Dom Quixote, 1999a.
____. A República dos Corvos. Lisboa: Dom Quixote, 1988.
____. "Sebastião opus Night" in Jornal O Expresso, Lisboa, 21/09/1991.
152

PIRES, Fernando, "Ouvir os heróis da ‘Maria da Fonte’" in Jornal Diário de


Notícias, Lisboa, 27/01/1997.
POE, Edgar Allan. "Charles Dickens". In The Works of the Late Edgar Allan Poe.
Manhattan: Gramercy, 1990.
POMAR, Wladimir. Era Vargas: A Modernização Conservadora. São Paulo:
ÁTICA, 2000.
PORTELA, Artur. Cardoso Pires por Cardoso Pires. Lisboa: Dom Quixote,
1991.
RECCO, Cláudio Barbosa. “9 de julho”. Disponível em
http://www.historianet.com.br, em 2008.
REIMÃO, Sandra Lúcia. Cicatriz de viagem. A Literatura Policial Brasileira:
Presença do Cômico. Tese de Doutorado em Comunicação e Semiótica
defendida na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, em 1987.
___. Dupin, Holmes e Cia. Dissertação de Mestrado em Comunicação e Semiótica
PUC-Rio - Certificação Digital Nº 0410448/CA

defendida na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, em 1983.


___. Literatura policial no Brasil: Notas sobre uma transposição de modelos. Rio
de Janeiro: 34 Letras, 1989.
___. Observações sobre a nova literatura brasileira de entretenimento – o caso das
narrativas policiais (1992-2002). In: ADAMI, Antonio; HELLER, Bárbara;
CARDOSO, Haydée (Org.). Mídia, cultura e comunicação 2. São Paulo,
2003.
____. O que é romance policial. São Paulo: Brasiliense, 1983.
ROCHA, Clara. O Cachimbo de António Nobre e Outros Ensaios. Lisboa: Dom
Quixote, 2002.
ROSAS, Fernando. Pensamento e Acção Política. Lisboa: Editorial Notícias,
2003.
SAID, Edward W. Cultura e Política. São Paulo: Boitempo, 2003.
____. Orientalismo. São Paulo: Companhia das Letras, 1990.
SANTIAGO, Silviano. O Cosmopolitismo do Pobre. Belo Horizonte: Editora
UFMG, 2004.
____.Nas malhas da letra. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.
____. “Outubro Retalhado”. Comunicação apresentada durante o XI Seminário
Internacional da Cátedra Padre António Vieira, na PUC-Rio, em novembro
de 2003.
153

SANTOS, Roberto Corrêa dos. Modos de Saber, Modos de Adoecer. Belo


Horizonte: UFMG, 1999.
____. Para uma teoria da interpretação. Rio de Janeiro: Forense Universitária,
1989.
SANTOS, Rosa Maria dos. O conto policial em Poe e Fonseca. Dissertação de
Mestrado em Letras, defendida na UNESP, São José do Rio Preto, em 2008.
SARTRE, Jean-Paul. Em Defesa dos Intelectuais. São Paulo: Ática, 1994.
SCHNAIDERMAN, Boris. “Rubem Fonseca Precioso. Num Pequeno Livro”
publicado no jornal O Estado de S. Paulo, 27/9/80.
SIGHELE, Scipio. Romance Policial e a Psicologia do Criminoso. Salvador:
Governo do Estado da Bahia, 1954.
SILVA, Deonísio da. Rubem Fonseca. Rio de Janeiro: Relume-Dumará, 1996.
SILVA, Hélio. O Governo Provisório. Coleção História da República Brasileira.
São Paulo: Três, 1975.
PUC-Rio - Certificação Digital Nº 0410448/CA

SILVEIRA, Jorge Fernandes da. O Beijo Partido: Leitura de um beijo dado mais
tarde / Introdução à obra de Llansol. Rio de Janeiro: Bruxedo, 2004.
SPIVAK, Gayatri Chakravorty. Questions of Multi-culturalism. In The Post-
colonial critic. Interviews, Strategies, Dialogues. New York: Routledge,
1990.
SODRÉ, Muniz. Best-seller: A literatura de mercado. São Paulo: Ática, 1985.
____. Teoria da Literatura de Massa. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1978.
SÜSSEKIND, Flora. Papéis colados. Rio de Janeiro: Ed. UFRJ, 1993.
TADIÉ, Jean-Yves. A crítica Literária no Século XX. Rio de Janeiro: Bertrand,
1992.
TODOROV, Tzvetan. As estruturas narrativas. São Paulo: Perspectiva, 1969.
TRUEBA, Carmen. Ética e Tragédia em Aristóteles. Barcelona: Anthropos,
México: Universidade Autônoma Metropolitana, 2004.
VALENTE, Vasco Pulido, ROSA, Vasco, "O Último Escritor Português" in
Jornal O Independente, Revista Indy, Lisboa, 16/05/1997.
VÁLIO, Simone Cristina. A permanência da esfinge: o romance policial de
Rubem Fonseca: A Grande Arte. Dissertação de Mestrado. Universidade
Estadual de Campinas, em 2001.
VEJA. “AI-5”, reportagem, sem autoria, publicada na revista Veja, em 18 de
dezembro de 1968. Disponível em
154

http://vejaonline.abril.com.br/notitia/servlet/newstorm.ns.presentation.Navig
ationServlet?publicationCode=1&pageCode=1268&textCode=93653&date=
currentDate, em 2008.
VENTURA, Zuenir. “O Cotidiano Na Arte”, publicado na revista Visão, em
10/11/75.
VIDAL, Ariovaldo José. Roteiro para um Narrador. São Paulo: Ateliê Editorial,
2000.
VIEGAS, Francisco José, "José Cardoso Pires" in Jornal Diário de Notícias,
Revista Dna, Lisboa, 21/12/1996.
____. “O regresso do detective Jaime Ramos”. Entrevista publicada no jornal
português Público, em 28/10/2005.
WEFFORT, Francisco. “Apresentação”. In SARTRE, Jean-Paul. Em Defesa dos
Intelectuais. São Paulo: Ática, 1994.
PUC-Rio - Certificação Digital Nº 0410448/CA