Você está na página 1de 17
Sophie Calle cuide de você

Sophie Calle cuide de você

Recebi uma carta de rompimento. E não soube respondê-la. Era como se ela não me fosse destinada. Ela terminava com as seguintes palavras: “Cuide de você”. Levei essa recomendação ao pé da letra. Convidei 107 mulheres, escolhidas de acordo com a profissão, para interpretar a carta do ponto de vista profissional. Analisá-la, comentá-la, dançá-la, cantá-la. Esgotá-la. Entendê-la em meu lugar. Responder por mim. Era uma maneira de ganhar tempo antes de romper. Uma maneira de cuidar de mim.

Sophie Calle

de 10 de julho a 7 de setembro de 2009 sesc pompeia, são paulo

de 22 de setembro a 22 de novembro de 2009 museu de arte moderna da bahia, salvador

2
2

de irradiação da obra de Calle. Exemplo da mais conceituada produção atual,

a exposição é, ao mesmo tempo, um desafio ao preconceito que reputa a arte contemporânea como manifestação de difícil comunicação e acesso restrito

aos iniciados em seus códi- gos, práticas e personagens. Nascida de uma situação co- mum a todos – quem nunca sofreu uma desilusão amo- rosa? –, Cuide de você serve de introdução ideal à poética de uma importante artista. Para tirar partido da identificação imediata à qual o trabalho convida,

das ricas pistas que espalha sobre o papel da arte hoje e da sutil provocação

à expressão contida nele, um cuidadoso projeto educativo se constrói em

torno da exposição. O primeiro objetivo do trabalho é proporcionar ao pú- blico uma fruição qualificada, por meio de percursos mediados que o guiem pelas diferentes camadas formais que compõem o trabalho. Para além desse fundamento, o projeto se desdobra em um cardápio variado de atividades reflexivas e práticas, encontros e oficinas, debates e exercícios, que se servem

das construções da artista para levar a outros patamares a compreensão de sua obra, aprofundando, no processo, a formação de educadores e contami- nando criadores em potencial com suas práticas corajosas de arte e vida.

em potencial com suas práticas corajosas de arte e vida. o percurso traçado pela francesa sophie
em potencial com suas práticas corajosas de arte e vida. o percurso traçado pela francesa sophie

o percurso traçado pela francesa sophie calle nas últimas três décadas faz

dela um caso único no cenário da produção contemporânea de arte. Fruto

a um tempo de uma sofisticada elaboração conceitual e da necessidade de

satisfazer curiosidades e/ou transcender experiências pessoais dolorosas, porém comuns, sua obra toca tanto aqueles que dominam o repertório das

artes visuais quanto qualquer um

que se identifique com seus pon- tos de partida. A apoiar as narrativas que constrói com elementos literários, visuais e de performance, há sempre algo de demasiado humano para escapar

mesmo ao espectador menos familiarizado com as manifestações artísticas da contemporaneidade. Exibida pela primeira vez na Bienal de Veneza, em 2007, e, a seguir, na França, no Canadá e nos Estados Unidos, Cuide de você é um exemplo ex- pandido e grandioso de como se sobrepõem, no trabalho de Sophie Calle,

a experiência comum da vulnerabilidade

humana e uma proposição estética de traços únicos. Aqui, há todo um univer- so de discursos femininos, filtrados por óticas profissionais específicas – ora em análises extenuantes, ora em interpre- tações artísticas livres –, que se somam para esgotar, até a última minúcia, os significados por trás das palavras que compõem uma carta de rompimento. A sustentar tudo, há a dor universalmente identificável de uma perda amorosa. A escolha de Cuide de você para ocupar o SESC Pompeia e, a partir de se- tembro, o Museu de Arte Moderna da Bahia – dentro da programação do Ano da França no Brasil – considera as possibilidades criadas pelo amplo espectro

arte de amplo espectro

3
3

Danilo Santos de Miranda_Diretor Regional do SESC São Paulo

e Presidente do Comissariado do Ano da França no Brasil

Solange Oliveira Farkas_Diretora da Associação Cultural Videobrasil

e do Museu de Arte Moderna da Bahia

no Brasil Solange Oliveira Farkas _Diretora da Associação Cultural Videobrasil e do Museu de Arte Moderna
no Brasil Solange Oliveira Farkas _Diretora da Associação Cultural Videobrasil e do Museu de Arte Moderna
no Brasil Solange Oliveira Farkas _Diretora da Associação Cultural Videobrasil e do Museu de Arte Moderna
Da interpretação de Nathalie Franc, jogadora de xadrez
Da interpretação de Nathalie Franc, jogadora de xadrez

em 2005, a frança acolheu o brasil, com grande prazer e imenso sucesso, um Brésil-Brésils múltiplo, enraizado no presente e na modernidade, sem nada perder de sua influência sobre o imaginário. Em 2009, o Brasil abre generosamente suas portas à França. Algumas centenas de eventos estão sendo organizados por todo o país, em todas as áreas, refletindo uma sede de compreendermos, de trabalharmos, de criar- mos em conjunto. Mas qual França o Brasil vai receber? Uma França orgulhosa de sua memória, evidentemente, uma memória viva, que ela gosta de partilhar mui- to além de suas fronteiras. O Brasil, aliás, na sua

alegre antropofagia, buscou a França ao longo de toda a sua história, assimilando-a e metamorfoseando-a à sua maneira. Desse interesse que os países têm um pelo outro resulta o desejo de reencontrar as

ideias, as imagens e os sabores, para prolongar esta alegria de se conhecerem

e de se surpreenderem mutuamente.

A ambição do Ano da França no Brasil é também a de mostrar ima-

gens e proporcionar sensações de uma França diferente, mais contrastante

e aventureira do que poderíamos imaginar. Uma França que adora provar

outras culturas, explorar outros territórios. Uma França que se inquieta e se questiona, em constante mutação, ao ritmo da evolução de sua sociedade, que é tão diversa quanto a brasileira. Uma França que cria a partir de suas

interrogações, contemplando o mundo. Uma França, sobretudo, que olha para o Brasil com admiração, sabendo também o que ela ainda pode lhe oferecer. Uma França que, desde Jean de Léry até o rapper MC Solaar, passando por Blaise Cendrars e Claude Lévi-

Strauss, se nutre da cultura brasileira, multiplicando assim suas reflexões e seus impulsos.

O nome deste Ano é França.br 2009. A França é convidada a percorrer

o Brasil e seu imaginário tão rapidamente quanto nos permitem as navega-

ções na internet, e assim continuar a construir uma relação forte e ativa, per- mitindo que franceses e brasileiros atuem em conjunto sobre o mundo.

França.br 2009

5
5

Yves Saint-Geours_Presidente do Comissariado Francês Danilo Santos de Miranda_Presidente do Comissariado Brasileiro Anne Louyot_Comissária-Geral Francesa Embaixador Roberto Soares de Oliveira_Comissário-Geral Brasileiro

6
6

sophie calle é conhecida no mundo da arte e para além dele por uma obra

que despreza as fronteiras regulares entre ficção e realidade, público e priva- do, arte e vida. Literários na essência, ainda que usem meios diversos e tomem distintas formas, seus trabalhos nascem ora do exercício destemido de uma curiosidade sobre o outro que beira o voyeurístico (e, por vezes, o abusivo),

ora da vontade de transformar dores reais em uma sofisticada modalidade de catarse. De forma recorrente, ex- põem a vulnerabilidade humana sob

o signo do desejo. Nascida em Paris em 1953, filha de um médico que colecionava arte e

de uma jornalista que cobria literatura, Calle não tem formação em nenhum campo expressivo; escolheu a arte, con- fessadamente, “para seduzir” o pai. Nos anos 1970, de volta a Paris depois de viajar pelo mundo, sentindo-se só e desorientada, começa a seguir pessoas

na rua. “Como acordava de manhã e não conseguia decidir nada, pensei em deixar que elas decidissem por mim”, conta. Desses impulsos iniciais derivam seus primeiros trabalhos, nos quais já

é possível reconhecer traços característicos de sua produção. Como em Les

Dormeurs, Suite vénitienne e L’hôtel, sujeito e objeto da obra não se separam mais.

A vida da artista se converte em uma sequência de

performances – que, como num jogo, acontecem de acordo com um conjunto de parâmetros e regras autoimpostas. Esse traço evoca o Oulipo, movimento dos anos 1960 em que escritores como Raymond Queneau e Italo Calvino se propõem a criar a partir de regras restritivas. As narrativas que a artista constrói em torno desses jogos se expandem de um formato literário para incorporar objetos, imagens e outras evidên- cias de veracidade. Não sem um certo humor, explora gêneros do registro fotográfico, como a fotografia policial e científica. “A dimensão narrativa de suas instalações, misturando fotografia, textos e objetos, encontra sua filia- ção histórica na primeira metade da década de 1970, em que jovens artistas […] propuseram uma ‘arte narrativa’, uma arte das pessoas, das coisas e das situações, que abrange um vasto leque da vida cotidiana real ou imaginária”, escreve a crítica Cécile Camart. Movida pela necessidade de reconhecer e “esgotar” sua própria expe-

riência afetiva, sua arte avança por campos e gêneros: livros, cinema, inter- venção, instalação, textos em série para um jornal diário. “Calle sempre se sentiu mais segura fora do gueto dos museus e galerias. Desde os primeiros projetos, se esquiva dos quadrantes rarefeitos do mundo da arte em benefí-

O que diferencia muitos de meus trabalhos é o fato de que eles são, também, minha vida. Eles aconteceram. Isso me distingue e faz com que as pessoas gostem ou desgostem intensamente do que faço. É por isso, também, que tenho um público além do mundo da arte. sophie calle

sophie calle

7 sophie calle, na Bibliothèque nationale de France
7
sophie calle, na Bibliothèque nationale de France

cio das mídias de massa”, escreve o crítico Yve-Alain Bois em perfil na Art- Forum. “Apesar de, desde então, ter se tornado parte da cena internacional, expondo em lugares de respeito, ela continua a se mover rápido, atraindo novos públicos pelo caminho.” Difícil de separar da autora, impossível de classificar, a obra de Sophie Calle se impõe no circuito principal da arte contemporânea, em grandes re- trospectivas, em Kassel, em Veneza. Sobre a intervenção que fez em 1999 no Museu Sigmund Freud, em Londres, usando elementos significativos de sua vida afetiva e sexual, Ralph Rugoff escreve: “Seja ao fazer a crônica das me- mórias de uma infância erotizada ou de uma vida sexual adulta na qual fatos e ficção se misturam, Calle revela mais sobre as maquinações do desejo do que qualquer artista de sua geração”.

suite vénitienne [suíte veneziana]

1979

Depois

suite vénitienne [ suíte veneziana ] 1979 Depois de seguir um desconhecido pelas ruas de Paris,

de seguir um desconhecido pelas ruas de Paris, Sophie Calle é casualmente apresentada a ele em uma vernissage. Ao descobrir seus planos de ir a Veneza, na Itália, decide segui-lo até lá e espionar sua trajetória. Registra todo o processo em fotografias e anotações.

A ar-

1979
1979

les dormeurs [aqueles que dormem]

tista escolhe ao acaso 28 pessoas para dormir turnos consecutivos de oito horas em sua cama, por uma se- mana. Enquanto seus convidados dormem, ela os as- siste e fotografa. “Queria que a minha cama estivesse ocupada 24 horas por dia, como essas fábricas que nunca param.”

Calle pede à mãe

que contrate um detetive particular para segui-la por um dia, sem avisá-la sobre quando o faria. O trabalho final agrega as fotografias feitas pelo detetive e pela artista, e os relatórios e anotações de ambos. Em 2001, repete a experiência a pedido de uma galeria.

la filature [a perseguição]

1981

cronologia sário] 1981 1983
cronologia
sário]
1981
1983

le rituel danniversaire [cerimônia de aniver-

Entre 1980 e 1993, Calle recebia para jantar,

em seu aniversário, um número de convidados corres- pondente à idade que completava, sendo um deles um estranho escolhido por um dos convidados. Os presen- tes que recebeu no período foram guardados e viraram objeto de instalação.

le carnet dadresses [caderno de endereços]

Quando o jornal francês Libération a convida para

colaborar, a artista produz uma série de entrevistas com pessoas listadas em uma agenda telefônica que encontra na rua. A partir dos depoimentos, constrói o perfil do dono da agenda. O perfilado involuntário ameaça processá-la.

 
 

1983

Calle se emprega como ca-

 
 
 
  1983 Calle se emprega como ca-  
  1983 Calle se emprega como ca-  

lhôtel [o hotel]

mareira em um hotel de luxo em Veneza. Por três sema- nas, fotografa os quartos, os pertences dos hóspedes, as marcas que deixam e o lixo que produzem. Expõe fotos sobrepostas com textos nos quais tenta imaginar quem são aquelas pessoas.

9
9
douleur exquise [dor de cotovelo] 1984-2003 Um encontro amoroso frustrado, que aconteceria em Nova Délhi
douleur exquise [dor de cotovelo]
1984-2003
Um
encontro amoroso frustrado, que aconteceria em Nova
Délhi em 1984, é o centro da instalação, realizada em
2003. Calle reúne imagens de sua viagem à Índia, recria
o
quarto de hotel onde encontraria o amante e colhe
depoimentos de terceiros sobre as desilusões do amor.
no sex last night [sem sexo na noite passada]
1992
.
A
artista convida o então namorado, o americano Greg
Shephard, com quem já mal falava, a viajar de carro de
Nova York à Califórnia e fazer um filme. Os dois usam
câmeras separadas, que se tornam as “únicas confiden-
tes de nossas respectivas frustrações” e a quem contam
“secretamente tudo o que éramos incapazes de dizer
um ao outro”.
gotham handbook [o guia de gotham]
1994-2000 .

Calle se dispõe a repetir as experiências da artista Maria Turner, personagem criada à sua semelhança pelo escri- tor americano Paul Auster em Leviatã (1992). Uma delas

é manter uma cabine telefônica customizada em Nova York, com água, cigarros e flores.

le regime chromatique [dieta cromática]

1997 .

Em outro trabalho imaginado originalmente para Maria

Turner, o alter ego que Paul Auster criou para ela, a artis-

ta limita-se a comer alimentos de determinadas cores

em dias específicos. Às terças, por exemplo, só come legumes, carnes e frutas vermelhos, acompanhados de vinho tinto.

A ar-

tista instala uma cama no último andar da Torre Eiffel

e passa lá, em claro, a noite da primeira virada cultural

parisiense. Para manter-se acordada, pede aos visitantes que a ajudem, contando-lhe histórias.

chambre avec vue [quarto com vista]

2003

pas pu saisir la mort [impossível capturar a morte]

2007
2007

Por onze minutos, Monique Sindler, mãe da artis-

ta,

de ouvir dizer que os doentes costumam partir justa-

mente nos intervalos em que seus familiares se afastam.

O trabalho foi exibido na 52ª Bienal de Veneza, junto

com Cuide de você.

agoniza. Calle resolveu filmar esse momento depois

11
11
papagaia , Brenda atriz , Jeanne Moreau 12 em cuide de você , sophie calle
papagaia , Brenda atriz , Jeanne Moreau 12 em cuide de você , sophie calle

papagaia, Brenda atriz, Jeanne Moreau

12
12

em cuide de você, sophie calle convoca mais de uma centena de mulhe- res para analisar a carta de rompimento que recebera pouco antes de um homem. Como nas obras anteriores da artista, as regras aqui eram claras. “Pedi às participantes que analisassem a carta profissionalmente. A gramática teria de falar de gramática”, explica a artista. “Queria jogar com a frieza do vocabulário técnico, e não que as mulheres expressas- sem seus sentimentos por mim.” Escolhidas por suas profissões, 104 mulheres, além de duas ma- rionetes e uma papagaia, participam do trabalho, ainda que nem todas apareçam nas montagens da exposição. Algumas delas aplicam ao tex- to da carta um crivo analítico específico, às vezes

sobrepondo nele suas observações; outras criam movimentos, música, cenas e personagens a partir da mensagem. “Elas interpretaram a carta nos dois sentidos da palavra: ora analisando seu significado, ora atuando, de forma teatral, sobre ela.” A exposição se divide em módulos: interpretações textuais, que reú- ne ampliações de versões da carta comentadas por quarenta das mulheres participantes e/ou textos produzidos por elas acerca da mensagem (veja a listagem a seguir); documentos, com traduções da carta em braile, código Morse, estenografia, código de barras e outras linguagens gráficas; retra- tos de quarenta cantoras e atrizes; e filmes curtos e longos, que registram interpretações-performance da carta.

a exposição

interpretações-performance da carta. a exposição atriz , Maria de Medeiros atriz , Victoria Abril cantoras

atriz, Maria de Medeiros

da carta. a exposição atriz , Maria de Medeiros atriz , Victoria Abril cantoras e atrizes

atriz, Victoria Abril

cantoras e atrizes

clown, Meriem Menant atriz, Elsa Zylberstein primeira

bailarina da ópera de paris, Marie-Agnès Gillot atriz, Jeanne Moreau atiradora,

Sandy Morin cantora, Guesch Patti comediante, Luciana Littizzetto cantora de ópera, Natalie Dessay atriz, Amira Casar atriz, Miranda Richardson performer, Marie Cool atriz, Yolande Moreau música, Feist atriz, Emmanuelle Laborit cantora pop, Christina Rosevinge mágica, Elisabeth Amato cantora, Camille atriz, Arielle Dombasle marionete bunraku sophie, operada por Kiritake Kanjuro III compositora, Laurie Anderson dançarina de bharata natyam, Priyadarsini Govind cantora petroquímica, Poney P. (integrante do Les Georges Leningrad) atriz, Fatemeh Motamed Arya atriz, Michèle Laroque cantora de tango, Débora Russ atriz, Victoria Abril atriz, Maria de Medeiros cantora de ópera, Caroline Casadesus atriz, Ariane Ascaride cantora de

soul, Nicole Willis dj e vocalista, Miss Kittin cantora e atriz, Elli Medeiros

marionete do jardin dacclimatation, paris

Madelon atriz, Ingrid Caven

cantora eletroandaluza, Sapho

atriz, Ovidie

vocalista e compositora,

13
13

SussanDeyhim rapper,Diam’s cantora de fado,Misia atriz,DinaraDroukarova música, Peaches papagaia, Brenda

Da interpretação de Micheline Renard, pesquisadora de lexicometria

Da interpretação de Micheline Renard, pesquisadora de lexicometria

14
14

interpretações textuais

assistente social penitenciária, M. L. pesquisadora de lexi-

cometria, Micheline Renard criminologista, Michèle Agrapart-Delmas advogada, Caroline Mécary

compositora, C. Chassol contadora, Sylvie Roch adolescente, Anna Bouguereau delegada de polícia, F. G. estudante, Ambre jornalista de agência de notícias, Bénédicte Manier curadora, Christine Macel psiquiatra, Françoise Gorog cartunista, Soledad Bravi historiadora especializada

em século 18, Arlette Farge latinista, Anne-Marie Ozanam subeditora-chefe, Sabrina Champenois

vidente , Maud Kristen juíza , X. escritora de livros infantojuvenis , Marie Desplechin consultora de etiqueta e protocolo, Aliette Eicher, Condessa Von Toggenburg especialista em direitos da

01010011011011110111000001101000011010010110010100101100

010000110110010101101100011000010010000001100110011000010110100101110100001000000111010101101110001000000110110101101111011011010110010101101110011101000010000001110001011101010110010100

100000011010100110010100100000011101100110010101110101011110000010000001110110011011110111010101110011001000001110100101100011011100100110100101110010011001010010000001100101011101000010

000001110010111010010111000001101111011011100110010001110010011001010010000011100000001000000111011001101111011101000111001001100101001000000110010001100101011100100110111001101001011001

010111001000100000011011010110000101101001011011000010111000100000010001010110111000100000011011011110101001101101011001010010000001110100011001010110110101110000011100110010110000001101

000010100110100101101100001000000110110101100101001000000111001101100101011011010110001001101100011000010110100101110100001000000111000001110010111010010110011011101001011100100110000101

100010011011000110010100100000011001000110010100100000011101100110111101110101011100110010000001110000011000010111001001101100011001010111001000100000011001010111010000100000011001000110

010100100000011001000110100101110010011001010010000001100011011001010010000001110001011101010110010100100000011010100010011101100001011010010010000011100000001000000111011001101111011101

010111001100100000011001000110100101110010011001010010000001100100011001010010000001110110011010010111011001100101001000000111011001101111011010010111100000101110000011010000101001001101

011000010110100101110011001000000110010001110101001000000110110101101111011010010110111001110011001000000110001101100101011011000110000100100000011100110110010101110010011000010010110101

110100001011010110100101101100001000001110100101100011011100100110100101110100001011100000110100001010010000110110111101101101011011010110010100100000011101100110111101110101011100110010

000001101100001001110110000101110110011001010111101000100000011101100111010100101100001000000110101000100111011000010110110001101100011000010110100101110011001000000110110101100001011011

000010000001110100011011110111010101110011001000000110001101100101011100110010000001100100011001010111001001101110011010010110010101110010011100110010000001110100011001010110110101110000

011100110010111000100000010000110110111101101101011011010110010100100000011100110110100100100000011010100110010100100000011011100110010100100000011011010110010100100000011100100110010101

110100011100100110111101110101011101100110000101101001011100110010000000001101000010100111000001101100011101010111001100100000011001000110000101101110011100110010000001101101011000010010

000001110000011100100110111101110000011100100110010100100000011001010111100001101001011100110111010001100101011011100110001101100101001011100010000001010101011011100110010100100000011100

110110111101110010011101000110010100100000011001000010011101100001011011100110011101101111011010010111001101110011011001010010000001110100011001010111001001110010011010010110001001101100

011001010010110000100000011000110110111101101110011101000111001001100101001000000110110001100001011100010111010101100101011011000110110001100101001000000110101001100101001000000110111001

100101001000000111000001100101011101010111100000100000011100000110000101110011001000000000110100001010011001110111001001100001011011100110010000101101011000110110100001101111011100110110

010100101100001000000111001101101001011011100110111101101110001000000110000101101100011011000110010101110010001000000110010001100101001000000110110000100111011000010111011001100001011011

100111010000100000011100000110111101110101011100100010000001110100011001010110111001110100011001010111001000100000011001000110010100100000011011000110000100100000011100000111001001100101

011011100110010001110010011001010010000001100100011001010010000001110110011010010111010001100101011100110111001101100101001011000010000001100011011011110110110101101101011001010010000001

101010001001110110000101101001001000000111010001101111011101010110101001101111011101010111001001110011001000000110011001100001011010010111010000101110000011010000101001001100011011110111

001001110011011100010111010101100101001000000110111001101111011101010111001100100000011011100110111101110101011100110010000001110011011011110110110101101101011001010111001100100000011100

100110010101101110011000110110111101101110011101000111001011101001011100110010110000100000011101100110111101110101011100110010000001100001011101100110100101100101011110100010000001110000

011011110111001111101001001000000111010101101110011001010010000001100011011011110110111001100100011010010111010001101001011011110110111000100000001110100010000001101110011001010010000001

110000011000010111001100100000011001000110010101110110011001010110111001101001011100100010000001101100011000010010000000100010011100010111010101100001011101000111001001101001111010000110

110101100101001000100010111000100000001000000100101000100111011000010110100100100000011101000110010101101110011101010010000001100011011001010111010000100000011001010110111001100111011000

010110011101100101011011010110010101101110011101000010000000111010001000000110001101100101011011000110000100100000011001100110000101101001011101000010000001100100011001010111001100100000

011011010110111101101001011100110010000001110001011101010110010100100000011010100010011101100001011010010010000001100011011001010111001101110011111010010010000001100100011001010010000001

110110011011110110100101110010001000000110110001100101011100110010000000100010011000010111010101110100011100100110010101110011001000100010110000100000000011010000101001101110011001010010

000001110100011100100110111101110101011101100110000101101110011101000010000011101001011101100110100101100100011001010110110101101101011001010110111001110100001000000110000101110101011000

110111010101101110001000000110110101101111011110010110010101101110001000000110010001100101001000000110110001100101011100110010000001110110011011110110100101110010001000000111001101100001

011011100111001100100000011001100110000101101001011100100110010100100000011001000110010100100000011101100110111101110101011100110010000001101100001001110111010101101110011001010010000001

100100001001110110010101101100011011000110010101110011001011100000110100001010010010100110010100100000011000110111001001101111011110010110000101101001011100110010000001110001011101010110

010100100000011000110110010101101100011000010010000001110011011101010110011001100110011010010111001001100001011010010111010000101100001000000110101001100101001000000110001101110010011011

110111100101100001011010010111001100100000011100010111010101100101001000000111011001101111011101010111001100100000011000010110100101101101011001010111001000100000011001010111010000100000

011100010111010101100101001000000111011001101111011101000111001001100101001000000110000101101101011011110111010101110010001000000111001101110101011001100110011001101001011100100110000101

101001011001010110111001110100001000000111000001101111011101010111001000100000011100010111010101100101001000000110110000100111011000010110111001100111011011110110100101110011011100110110

010100100000011100010111010101101001001000000110110101100101001000000111000001101111011101010111001101110011011001010010000001110100011011110111010101101010011011110111010101110010011100

110010000011100000001000000110000101101100011011000110010101110010001000000111011001101111011010010111001000100000011000010110100101101100011011000110010101110101011100100111001100100000

011001010111010000100000011011010010011101100101011011010111000011101010011000110110100001100101001000001110000000100000011010100110000101101101011000010110100101110011001000000110010000

100111111010100111010001110010011001010010000001110100011100100110000101101110011100010111010101101001011011000110110001100101001000000110010101110100001000000000110100001010011100110110

000101101110011100110010000001100100011011110111010101110100011001010010000001110011011010010110110101110000011011000110010101101101011001010110111001110100001000000110100001100101011101

010111001001100101011101010111100000100000011001010111010000100000001000100110011111101001011011101110100101110010011001010111010101111000001000100010000001110011011001010010000001100011

011000010110110001101101011001010111001001100001011010010111010000100000111000000010000001110110011011110111010001110010011001010010000001100011011011110110111001110100011000010110001101

110100001000000110010101110100001000000110010001100001011011100111001100100000011011000110000100100000011000110110010101110010011101000110100101110100011101010110010001100101001000000111

000101110101011001010010000001101100001001110110000101101101011011110111010101110010001000000111000101110101011001010010000001110110011011110111010101110011001000000110110101100101001000

000111000001101111011100100111010001100101011110100010000011101001011101000110000101101001011101000010000001101100011001010010000001110000011011000111010101110011001000000110001011101001

011011101110100101100110011010010111000101110101011001010010000001110000011011110111010101110010001000000110110101101111011010010010110000100000011011000110010100100000011100000110110001

110101011100110010000001100010111010010110111011101001011001100110100101110001011101010110010100100000011100010111010101100101001000000110101000100111011000010110100100100000011010100110

000101101101011000010110100101110011001000000110001101101111011011100110111001110101001011000010000001110110011011110111010101110011001000000110110001100101001000000111001101100001011101

100110010101111010001011100010000000100000010010100010011101100001011010010010000001100011011100100111010100100000011100010111010101100101001000000110110010010010111010010110001101110010

011010010111010001110101011100100110010100100000011100110110010101110010011000010110100101110100001000000111010101101110001000000111001001100101011011011110100001100100011001010010110000

100000011011010110111101101110001000000010001001101001011011100111010001110010011000010110111001110001011101010110100101101100011011000110100101110100111010010010001000100000011100110010

011101111001001000000110010001101001011100110111001101101111011011000111011001100001011011100111010000100000011100000110111101110101011100100010000001110110011011110111010101110011001000

000111001001100101011101000111001001101111011101010111011001100101011100100010111000100000010011010110000101101001011100110010000001101110011011110110111000101110001000000100001100100111

011001010111001101110100001000000110110111101010011011010110010100100000011001000110010101110110011001010110111001110101001000000110010101101110011000110110111101110010011001010010000001

110000011010010111001001100101001011000010000001101010011001010010000001101110011001010010000001110000011001010111010101111000001000000110110111101010011011010110010100100000011100000110

000101110011001000000111011001101111011101010111001100100000011001000110100101110010011001010010000001100100011000010110111001110011001000000111000101110101011001010110110000100000111010

010111010001100001011101000010000001101010011001010010000001101101011001010010000001110011011001010110111001110011001000000110010101101110001000000110110101101111011010010010110101101101

111010100110110101100101001011100010000001000001011011000110111101110010011100110010110000100000011000110110010101110100011101000110010100100000011100110110010101101101011000010110100101

101110011001010010110000100000011010100010011101100001011010010010000001100011011011110110110101101101011001010110111001100011111010010010000011100000001000000111001001100001011100000111

000001100101011011000110010101110010001000000110110001100101011100110010000000100010011000010111010101110100011100100110010101110011001000100010111000100000010001010111010000100000011010

100110010100100000011100110110000101101001011100110010000001100011011001010010000001110001011101010110010100100000011000110110010101101100011000010010000001110110011001010111010101110100

001000000110010001101001011100100110010100100000011100000110111101110101011100100010000001101101011011110110100100100000011001010111010000100000011001000110000101101110011100110010000001

110001011101010110010101101100001000000110001101111001011000110110110001100101001000000110001101100101011011000110000100100000011101100110000100100000011011010010011101100101011011100111

010001110010011000011110111001101110011001010111001000101110001000000000110100001010010010100110010100100000011011100110010100100000011101100110111101110101011100110010000001100001011010

010010000001101010011000010110110101100001011010010111001100100000011011010110010101101110011101000110100100100000011001010111010000100000011000110110010100100000011011100010011101100101

011100110111010000100000011100000110000101110011001000000110000101110101011010100110111101110101011100100110010000100111011010000111010101101001001000000111000101110101011001010010000001

101010011001010010000001110110011000010110100101110011001000000110001101101111011011010110110101100101011011100110001101100101011100100010111000001101000010100100100101101100001000000111

100100100000011000010111011001100001011010010111010000100000011101010110111001100101001000000110000101110101011101000111001001100101001000000111001011101000011001110110110001100101001000

000111000101110101011001010010000001110110011011110111010101110011001000000110000101110110011010010110010101111010001000000111000001101111011100111110100101100101001000000110000101110101

001000000110010011101001011000100111010101110100001000000110010001100101001000000110111001101111011101000111001001100101001000000110100001101001011100110111010001101111011010010111001001

100101001000000011101000100000011011000110010100100000011010100110111101110101011100100010000001101111111110010010000001101110011011110111010101110011001000000110001101100101011100110111

001101100101011100100110100101101111011011100111001100100000011001000010011111101010011101000111001001100101001000000110000101101101011000010110111001110100011100110010110000100000011011

010110010100100000011101100110111101101001011100100010000001101110011001010010000001110011011001010111001001100001011010010111010000100000011100000110110001110101011100110010000001100101

011011100111011001101001011100110110000101100111011001010110000101100010011011000110010100100000011100000110111101110101011100100010000001110110011011110111010101110011001011100010000001

010110011011110111010101110011001000000111001101100001011101100110010101111010001000000110001101101111011011010110110101100101001000000110001101100101011101000111010001100101001000000110

001101101111011011100111010001110010011000010110100101101110011101000110010100100000011011100110010100100000011100000110010101110101011101000010000001110001011101010110010100100000011011

010110010100100000011100000110000101110010011000011110111001110100011100100110010100100000011001001110100101110011011000010111001101110100011100100110010101110101011100110110010100101100

001000000110100101101110011010100111010101110011011101000110010100100000001010000110000101101100011011110111001001110011001000000111000101110101011001010010000001110110011011110111010101

110011001000000111011001101111011110010110010101111010001000000111010001101111011101010110101001101111011101010111001001110011001000000100001000101110001011000010000001010010001011100010

110010000101001010010010000000001101000010100110010101110100001000000110001101101111011011010111000001110010111010010110100001100101011011100111001101101001011000100110110001100101001000

000010100011101001011101100110100101100100011001010110110101101101011001010110111001110100001011100010111000101110001010010010000000111011001000000110000101101001011011100111001101101001

001000000110101001100101001000000110111001100101001000000111000001101111011101010111001001110010011000010110100101110011001000000110101001100001011011010110000101101001011100110010000001

100100011001010111011001100101011011100110100101110010001000000111011001101111011101000111001001100101001000000110000101101101011010010010111000001101000010100100110101100001011010010111

001100100000011000010111010101101010011011110111010101110010011001000010011101101000011101010110100100101100001000000111011001101111011101010111001100100000011100000110111101110101011101

100110010101111010001000000110110101100101011100110111010101110010011001010111001000100000011011000010011101101001011011010111000001101111011100100111010001100001011011100110001101100101

001000000110010001100101001000000110110101100001001000000110010011101001011000110110100101110011011010010110111101101110001000000110000101110101001000000110011001100001011010010111010000

100000011100010111010101100101001000000110101001100101001000000111001101101111011010010111001100100000011100000111001011101010011101000010000011100000001000000110110101100101001000000111

000001101100011010010110010101110010001000001110000000100000011101100110111101110100011100100110010100100000011101100110111101101100011011110110111001110100111010010010110000100000011000

010110110001101111011100100111001100100000011100010111010101100101001000000110111001100101001000000111000001101100011101010111001100100000011101100110111101110101011100110010000001110110

011011110110100101110010001000000110111001101001001000000111011001101111011101010111001100100000011100000110000101110010011011000110010101110010001000000110111001101001001000000111001101

100001011010010111001101101001011100100010000001110110011011110111010001110010011001010010000001110010011001010110011101100001011100100110010000100000011100110111010101110010001000000110

110001100101011100110010000001100011011010000110111101110011011001010111001100100000011001010111010000100000011011000110010101110011001000001110101001110100011100100110010101110011001000

000110010101110100001000000111011001101111011101000111001001100101001000000110010001101111011101010110001101100101011101010111001000100000011100110111010101110010001000000110110101101111

011010010010000001101101011001010010000001101101011000010110111001110001011101010110010101110010011011110110111001110100001000000110100101101110011001100110100101101110011010010110110101

100101011011100111010000101110001000000000110100001010010100010111010101101111011010010010000001110001011101010010011101101001011011000010000001100001011100100111001001101001011101100110

010100101100001000000111001101100001011000110110100001100101011110100010000001110001011101010110010100100000011010100110010100100000011011100110010100100000011000110110010101110011011100

110110010101110010011000010110100100100000011001000110010100100000011101100110111101110101011100110010000001100001011010010110110101100101011100100010000001100100011001010010000001100011

011001010111010001110100011001010010000001101101011000010110111001101001111010000111001001100101001000000111000101110101011010010010000001100110011101010111010000100000011011000110000100

100000011011010110100101100101011011100110111001100101001000000110010011101000011100110010000001110001011101010110010100100000011010100110010100100000011101100110111101110101011100110010

000001100001011010010010000001100011011011110110111001101110011101010110010100100000011001010111010000100000011100010111010101101001001000000111001101100101001000000111000001110010011011

110110110001101111011011100110011101100101011100100110000100100000011001010110111000100000011011010110111101101001001000000110010101110100001011000010000001101010011001010010000001101100

011001010010000001110011011000010110100101110011001011000010000001101110011001010010000001101101011011110111010101110010011100100110000100100000011100000110000101110011001011100010000000

001101000010100100110101100001011010010111001100100000011000010111010101101010011011110111010101110010011001000010011101101000011101010110100100101100001000000110001101100101001000000111

001101100101011100100110000101101001011101000010000001101100011000010010000001110000011010010111001001100101001000000110010001100101011100110010000001101101011000010111001101100011011000

010111001001100001011001000110010101110011001000000111000101110101011001010010000001100100011001010010000001101101011000010110100101101110011101000110010101101110011010010111001000100000

011101010110111001100101001000000111001101101001011101000111010101100001011101000110100101101111011011100010000001110001011101010110010100100000011101100110111101110101011100110010000001

110011011000010111011001100101011110100010000001100001011101010111001101110011011010010010000001100010011010010110010101101110001000000111000101110101011001010010000001101101011011110110

100100100000011001000110010101110110011001010110111001110101011001010010000001101001011100100111001011101001011011011110100101100100011010010110000101100010011011000110010100100000011000

010111010100100000011100100110010101100111011000010111001001100100001000000110110111101010011011010110010100100000011001000110010100100000011000110110010101110100001000000110000101101101

011011110111010101110010001000000111000101110101011001010010000001101010011001010010000001110110011011110111010101110011001000000111000001101111011100100111010001100101001000000110010101

110100001000000110010001100101001000000110001101100101011011000111010101101001001000000111000101110101011001010010000001110110011011110111010101110011001000000110110101100101001000000111

000001101111011100100111010001100101011110100010000001100101011101000010000001110001011101010110100100100000011011010010011101101111011000100110110001101001011001110110010100100000011001

010110111001100011011011110111001001100101001000001110000000100000011000110110010101110100011101000110010100100000011001100111001001100001011011100110001101101000011010010111001101100101

001000000110010101101110011101100110010101110010011100110010000001110110011011110111010101110011001011000010000001100011011011110110110101101101011001010010000001100100011001010111001001

101110011010010110010101110010001000000110011101100001011001110110010100100000011001000110010100100000011000110110010100100000011100010111010101101001001000000110011001110101011101000010

000001100101011011100111010001110010011001010010000001101110011011110111010101110011001000000110010101110100001000000111001001100101011100110111010001100101011100100110000100100000011101

010110111001101001011100010111010101100101001011100000110100001010010010100010011101100001011101010111001001100001011010010111001100100000011000010110100101101101111010010010000001110001

011101010110010100100000011011000110010101110011001000000110001101101000011011110111001101100101011100110010000001110100011011110111010101110010011011100110010101101110011101000010000001

100001011101010111010001110010011001010110110101100101011011100111010000101110000011010000101001010000011100100110010101101110011001010111101000100000011100110110111101101001011011100010

00000110010001100101001000000111011001101111011101010111001100101110

01011000

A carta em sistema binário

mulher da onu , Françoise Gaspard escritora de palavras cruzadas , Catherine Carone jogadora de xadrez , Nathalie Franc escritora de cartas , Rafaèle Decarpigny oficial da inteligência francesa ,

Louise sexóloga, Catherine Solano tradutora, Adriana Hunter professora de crianças, Laure Guy revisora, Valérie Lermite diplomata, Leila Shahid etnometodologista, Barbara Olszewska

tradutora de linguagem sms, Alice Lenay escritora, Christine Angot headhunter, Christiane

Cellier mãe, Monique Sindler intérprete do talmude, Eliette Abécassis mestre em iquebana, Marette

Renaudin mediadora familiar, Maïté Lassime designer gráfica, Raphaëlle Pinoncély jornalista,

Florence Aubenas publicitária, Mercedes Erra designer, Wakako Kishimoto

15
15
16
16

o duo brasileiro radicado em londres retoma o projeto

Samba de Monalisa – Tetine vs Sophie Calle no show que abre a exposição Cuide de você, no SESC Pom-

peia, e em um workshop de improvisa-

tetine

ção musical que integra a programa-

ção educativa da mostra. Conhecidos pela fusão original de música eletrô- nica urbana, performance e arte visu-

al

que produzem desde 1995, o poeta

e

músico Bruno Verner e a artista

1995, o poeta e músico Bruno Verner e a artista Mixing It – Conhecendo lin- guagens
1995, o poeta e músico Bruno Verner e a artista Mixing It – Conhecendo lin- guagens

Mixing It – Conhecendo lin-

guagens é uma oficina de improvisa- ção musical que usa os conceitos de cut up ou mashup como matéria-prima para a criação de peças sonoras e performances. Coordenado pelo Te- tine, o trabalho parte do projeto Sam- ba de Monalisa – Tetine vs Sophie Calle e trabalha com a ideia de sampler de forma original, discutindo noções de autoria, copyright e performance no universo sonoro contemporâneo.

A oficina prevê a formação de

uma espécie de pequena orquestra experimental, baseada em cut ups sele- cionados pelos participantes. Bruno Verner e Eliete Mejorado serão os re- gentes e facilitadores dessa orquestra que gravará uma peça sonora desen- volvida pelos participantes a partir dos motivos sonoros e/ou ideias que

trouxerem:textospré-gravados,sons

oficina
oficina

Eliete Mejorado passaram pelo Vi-

deobrasil em 1998, apresentando a performance Música de amor. Em Samba de Monalisa, seu quarto disco, realizaram uma parceria remota com Sophie Calle, criando música a partir da desconstrução das falas da artista e de seu então namorado, o americano Greg Shephard, no filme No Sex Last Night (1992). O disco integra a série Melt, da Sulphur Records, baseada em reuniões inéditas de artistas. “Pensamos em Sophie Calle porque tínhamos muita empatia pelo traba- lho dela. Mas foi uma surpresa que ela tivesse se disposto

a conhecer nosso trabalho e aceitado”, conta Verner. O

filme foi enviado pela artista à dupla para servir de maté- ria-prima ao disco, gravado em dois dias em um estúdio londrino e lançado em 2002. As faixas nascem da mani- pulação das falas, num processo que subverte sua ordem e busca nelas novos sentidos. O resultado beira o dançável. “É como se passasse a ter havido sexo na noite passada”, explica Verner. Apresentado em museus e galerias europeias, depois da estreia na Whitechapel londrina, Samba de Monalisa – Tetine vs Sophie Calle tornou-se um cult e está esgotado. Desde então, o Tetine lançou CDs e cole- tâneas como Slum Dunk Presents Funk Carioca (2004).

ambientais, beats, ruídos, músicas.

A oficina se destina a pessoas in-

teressadas em música, literatura, per- formance e artes plásticas. Não re- quer conhecimento musical prévio.

Leia mais sobre a oficina à página 18

um vigoroso projeto de curadoria educativa cerca a temporada paulistana

da exposição Cuide de você. Ele foi desenhado para garantir que os públicos mais diversos tenham acesso à obra de Sophie Calle em toda a sua potência:

estudantes de escolas e universidades públicas e privadas, frequentadores do SESC São Paulo, interessados nas

artes. Atividades e percursos criam caminhos múltiplos – práticos, reflexivos, participativos – para ampliar a experiência da exposição, qualificar sua fruição e instigar os visitantes a produzir respostas poéticas à obra. Envolvendo uma equipe de educadores, pesquisadores e artistas, sob

a coordenação da educadora Valquíria Prates, o projeto tem como funda- mento os percursos mediados, disponíveis em horário integral durante toda

a temporada da exposição. São visitas comentadas por educadores, que se

ajustam aos repertórios de visitantes diversos para introduzir os conceitos fundadores de Cuide de você e da obra de Sophie Calle, acrescentando novas possibilidades à leitura do trabalho.

Para além dos percursos, um conjunto de atividades oferece diferentes modalidades de contato com a exposição: atendimentos semanais a profes- sores interessados em trabalhar temas e conceitos da obra com seus alunos; oficinas e aulas abertas que usam elementos do trabalho para aprofundar a vivência de linguagens como fotografia, vídeo e escrita; e palestras que partem de recortes de Cuide de você e da obra de

Calle para comentar aspectos da pro- dução de arte na contemporaneidade. O desejo de ampliar o repertó- rio do público e guiá-lo numa expe- riência de fruição mais completa se

desdobra no convite – explícito nas oficinas e aulas abertas, mas dirigido também ao público em geral – à produ- ção de respostas poéticas à exposição. Com computadores, área de trabalho

e uma biblioteca de obras de e sobre Sophie Calle, o Espaço Cuide de você

oferece meios para que essas respostas se concretizem e sejam compartilha- das. Visitantes interessados podem procurar um educador para registrar a sua resposta por escrito, em imagens, em vídeo; ou usar a página destacável deste programa para escrevê-la. As respostas serão compartilhadas em ex- posições no Espaço e no Blog do Videobrasil.

Ao exortar o público a criá-las, o programa quer irradiar a ideia, fun- damental em Sophie Calle, da expressão que transforma.

curadoria educativa

Eu não quero nada do público. Ele é livre para fazer o que quiser. Não posso precisar as regras do jogo e depois dar ao público uma bula. Isso não é mais problema meu. O trabalho é um território dele, não meu. sophie calle

17

percursos de mediação

18

Visitas mediadas por educadores para estu- dantes, famílias, grupos de até vinte pessoas a partir de catorze anos, pessoas com deficiên- cia e outros. Com duração de 45 minutos, são acompanhadas de conversas sobre conceitos, temas e práticas presentes na exposição. Ao fim dos percursos, os participantes serão con- vidados a criar respostas poéticas à exposição, em vídeo, fotografia, áudio e texto. datas_haverá educadores disponíveis duran- te toda a exposição. Grupos de estudantes podem agendar visitas.

Formação para proFessores

Aos sábados, professores interessados em planejar visitas com alunos à exposição e/ou trabalhar com desdobramentos da obra em sala de aula receberão orientações sobre te- mas e conceitos presentes na exposição. inscrições_30 minutos antes do início das aulas vagas_15 pessoas datas_18 e 25 de julho; 1, 8 e 15 de agosto horário_das 10h às 12h local_SESC Pompeia – Galpão

minicursos
minicursos

Voltados para artistas, escritores e estudantes que desenvolvem trabalhos nas áreas de artes, literatura, música, vídeo e fotografia, preveem a produção de trabalhos que serão expostos na área do Educativo ou publicados no Blog do Videobrasil. inscrições_a partir do primeiro dia útil do mês da atividade

improvisação musical_MIxING IT – CONhECENDO LINGUAGENS

Os conceitos de cut up ou mashup como ma-

téria-prima para a criação de peças sonoras e performances. Uma peça será desenvolvida a partir de textos, sons ambientais, beats e músi- cas trazidos pelos participantes. Com Tetine (Bruno Verner e Eliete Mejorado) vagas_15 pessoas datas_14, 15 e 16 de julho horário_das 19h às 21h30 local_SESC Pompeia – Oficinas de Criatividade

artes visuais_INVENTáRIOS DO EU – UMA INVESTIGAçãO AUTOBIOGRáFICA

Por meio da experimentação de processos de gravura em metal, os participantes serão con- duzidos em um percurso de exploração au- tobiográfica, tendo por referência a produção de Sophie Calle. Com Leya Mira Brander vagas_15 pessoas datas_4, 5 e 6 de agosto horário_das 19h às 21h30 local_SESC Pompeia – Oficinas de Criatividade

literatura_SOPhIE SOU EU – TERMINE SEU RELACIONAMENTO AQUI

Trabalha produções literárias a partir da lin- guagem do rompimento amoroso. Reflexão sobre o discurso amoroso; criação de respos- tas a confissões deixadas pelo público; leitura e discussão das produções. Com Andréa del Fuego vagas_20 pessoas datas_11, 12 e 13 de agosto horário_das 19h às 21h30 local_SESC Pompeia – Espaço de Leitura

vídeo_VIDEOGRAFIAS DE CONTATO

Partindo da reflexão sobre o uso de celula- res como ferramenta de produção e fruição de videografias poéticas/funcionais, o cur- so pretende criar desafios estéticos para a realização de videomensagens de rompimen- to amoroso. Prevê a exibição e debate dos trabalhos. Com Andre Costa vagas_20 pessoas datas_14, 21 e 28 de agosto horário_das 19h às 21h30 local_SESC Pompeia – Oficinas de Criatividade

FotograFia_O RETRATO:

FOTOGRAFIA, REGISTRO E ARTE

Reflexões e práticas do retrato na fotografia, de August Sander a Juergen Teller. As formas como o gênero foi explorado e compreendi- do em diversas épocas, seus desdobramentos na arte contemporânea e a obra de Sophie Calle nesse contexto. Com Beatriz Toledo vagas_15 pessoas datas_16, 23 e 30 de agosto horário_das 11h às 13h30 local_SESC Pompeia – Oficinas de Criatividade

aulas abertas

Voltadas ao público em geral e a iniciantes ou interessados em vídeo, fotografia e texto, partem da exposição para proporcionar um contato prático e reflexivo com estas lingua- gens. Resultarão em produções que serão pu- blicadas no Blog do Videobrasil ou expostas no local. inscrições_30 minutos antes do início das aulas

literatura_TChAU, SOPhIE

E se Sophie Calle, em vez de um email, tivesse

recebido um SMS? A aula explora formas sin- téticas de expressão, como o microconto, por meio de microtextos de Ernest hemingway, Franz Kafka, Machado de Assis, Dalton Tre- visan e outros. Com Samir Mesquita vagas_20 pessoas datas_19 de julho e 16 de agosto horário_das 15h às 17h30 local_SESC Pompeia – Oficinas de Criatividade

FotograFia_OBJETO RETRATADO:

RASTROS E NARRATIVAS

Aborda aspectos da produção de Sophie Calle com foco nas temáticas do retrato e da narra- tiva. Os participantes serão convidados a ela- borar retratos a partir de rastros e objetos. Com Beatriz Toledo vagas_20 pessoas datas_22 e 24 de julho horário_das 19h às 21h30 local_SESC Pompeia – Oficinas de Criatividade

vídeo_VIDEOGRAFAR PARA SEGUIR EM FRENTE

A partir de leituras mediadas do trabalho de

Sophie Calle, os participantes serão desafia- dos a construir discursos de rompimento amo- roso utilizando-se de câmeras de aparelhos celulares. Com Andre Costa vagas_15 pessoas data_30 de agosto horário_das 11h às 13h30; das 15h às 17h30 local_SESC Pompeia – Oficinas de Criatividade

19

20

encontros
encontros

Sophie Calle abre a série de palestras progra- madas pela Curadoria Educativa. A partir de reflexões acerca de Cuide de você ou de propo- sições anteriores da artista, convidados anali- sam aspectos da produção contemporânea. inscrições_a partir do primeiro dia útil do mês da atividade, exceto para a palestra de Sophie Calle, que terá ingressos disponíveis para o público, em quantidade sujeita à lota- ção do espaço, a partir das 10h do dia 11 de julho, na bilheteria do SESC Pompeia.

ABERTURA – CUIDE DE VOCÊ

Sophie Calle

A artista fala de sua trajetória e comenta o

processo de criação de Cuide de você. data_11 de julho horário_das 15h às 17h30 local_SESC Pompeia – Teatro

TETINE VS SOPhIE CALLE

Tetine

O duo brasileiro de música eletrônica, forma-

do por Bruno Verner e Eliete Mejorado, fala

do processo de criação do disco Samba de Mo-

nalisa – Tetine vs Sophie Calle, parceria remota com a artista francesa gravada em 2001. vagas_60 pessoas data_12 de julho horário_das 15h às 17h30 local_SESC Pompeia – Oficinas de

Criatividade

UMA CARTA? MUITAS DE

NóS TERÍAMOS ADORADO

Carla Rodrigues Mulheres submetidas ao silêncio, próprio ou do outro, são uma imagem emblemática do

desamparo. A palestrante trata do silêncio ao qual as mulheres foram relegadas ao longo da

história – em especial na política, no cinema

e na literatura.

vagas_60 pessoas data_30 de julho horário_das 19h30 às 21h30 local_SESC Pompeia – Auditório

RELATOS VERDADEIROS

DE VIAGENS INVENTADAS

Ronaldo Entler Ao viver intensamente os jogos que cria, Sophie Calle resgata de forma peculiar o valor da imagem como testemunho, aspec-

to renegado pela fotografia contemporânea.

Mais do que apreender o objeto de seu inte- resse, ela explora as incertezas geradas por

sua ausência ou distância. Resta em seus tes- temunhos uma lacuna que se abre à fantasia

e à ficção.

vagas_60 pessoas data_22 de agosto horário_das 15h às 17h30 local_SESC Pompeia – Oficinas de Criatividade

O VÍDEO E SOPhIE CALLE

Solange Oliveira Farkas

A curadora comenta o uso particular que So-

phie Calle faz do vídeo, sobretudo em Cuide de você, e relaciona a influência de suas pro- posições à obra de artistas brasileiros que se utilizam da imagem em movimento. vagas_60 pessoas data_29 de agosto horário_das 15h às 17h30 local_SESC Pompeia – Oficinas de Criatividade

ARTE PARA ALÉM DO GÊNERO

Suely Rolnik

A política de desejo inventada pela Europa

Ocidental encontra-se hoje na berlinda. Com ela, a negação do outro e seus efeitos sensí-

veis no corpo, disparadores da criação de si e do mundo. O que guia a subjetividade é seu lugar em um mapa classificatório que inclui o gênero. A arte é um dos mais poderosos antí- dotos para esta intoxicação histórica. vagas_60 pessoas data_5 de setembro horário_das 15h às 17h30 local_SESC Pompeia – Oficinas

de Criatividade

oFicina
oFicina

série de oficinas Olhares sobre o acervo do Vi-

deobrasil, coordenada por Eduardo de Jesus e que acontece no SESC Avenida Paulista, busca aproximar o público de uma coleção de arte e vídeo reunida ao longo de 25 anos. A edição de julho se pauta pela obra de Sophie Calle.

A

SOPhIE CALLE: TENSõES ENTRE AS IMAGENS DOMÉSTICAS E AS DE VIGILâNCIA

A oficina põe em diálogo a obra de Sophie

Calle e obras do acervo do Videobrasil que explicitam as relações de tensão entre ima- gens domésticas e imagens geradas por cir- cuitos de vigilância, como Volta ao mundo em algumas páginas, de Cao Guimarães e Rivane Neuenschwander. Com Gabriel Menotti vagas_20 pessoas datas_28, 29, 30 e 31 de julho horário_das 19h às 22h; inclui visita guiada pela exposição a agendar local_SESC Avenida Paulista

os orientadores

andréa del Fuego Escritora, é autora da tri- logia Minto enquanto posso, Nego tudo e Engano seu. Ga- nhou do Ministério da Educação o prêmio Litera- tura para Todos (2008). a ndre c osta Formado em cinema, mestre em arquitetura e urbanismo pela FAU-USP, professor universitário de cinema e de televisão na FAAP, pesquisador em linguagens au- diovisuais. Cineasta e documentarista. beatriz toledoFormadaemartesplásticasnaECA-USP

e em fotografia pela École Nationale Supérieure em

Arles, França, expôs em espaços como o Centro Maria Antonia e a Galeria Virgílio, em São Paulo.

carla rodrigues Mestre e doutoranda em filosofia pela PUC-RJ, é pesquisadora do Núcleo

de Estudos em Ética e Desconstrução (PUC-RJ) e jornalista do site Contemporânea (www.carlarodri- gues.com.br).gabriel menotti Integrante do coletivo Cine Falcatrua, produtor e curador inde- pendente, é mestre e doutorando em comunicação

e semiótica pela PUC-SP. l eya m ira b rander

Artista, explora com frequência as relações entre imagem e palavra em suas gravuras. Expôs na Gale- ria Vermelho e na Bienal de São Paulo. ronaldo entler Doutor em artes pela ECA-USP e pós- doutor em multimeios pelo IA-Unicamp, é profes- sor das faculdades de Artes Plásticas e Comunica- ção e Marketing da FAAP, e professor convidado

pelo IA-Unicamp. samir mesquita Escritor,

publicou Dois palitos (2007), caixa de fósforo com cinquenta microcontos, e 18:30 (2008), destaque da Mostra SESC de Artes. solange oliveira Farkas Dirige a Associação Cultural Videobrasil

e o Museu de Arte Moderna da Bahia. Curadora do

Festival Internacional de Arte Eletrônica SESC_

Videobrasil, realizou mostras na Europa, áfrica

e América do Sul. suely rolnik Psicanalista,

curadora e crítica de arte, é professora titular da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e en-

saísta. tetine Leia à pág. 16 valquíria pra-

tes (coordenação) Educadora, escritora, é mestre em educação pela USP e doutoranda na área de ação cultural e mediação pela ECA-USP. Elabo- ra projetos de curadoria sobre arte e literatura para crianças e jovens, e atua como consultora junto a museus, instituições e escolas.

21

Cuide de você é uma obra que suscita questionamentos, reflexões, emoções, con- siderações. Selecionamos alguns destes em forma de perguntas, que podem po- tencializar sua experiência com a obra:

22

propostas para reFlexão

por que sophie calle teria escolhido apenas mulheres para interpretar a carta de rompimento de x?

por que as interpretações foram solicitadas às mulheres a partir de suas profissões?

se a proposta inicial era explorar interpretações do email de rompimen- to a partir de um vocabulário técnico das profissionais, você acha que elas foram isentas de julgamento na interpretação do texto?

como você descreveria o vocabulário de uma dançarina? de uma musi- cista? de uma profissional da linguagem? do direito? da saúde? da área social? da literatura? do teatro? do esporte? da polícia? do jornalismo?

se você fosse comentar a carta tecnicamente, a partir de sua profissão, o que levaria em conta?

se você fosse amigo/a de sophie calle, o que diria a ela sobre a mensagem?

em sua opinião, o trabalho tem alguma relação com a ideia de vingança? por quê?

em algum momento específico, você achou a exposição engraçada? dra- mática? sofrida?

você se identificou com alguma das interpretações? qual?

ao ler o email recebido por sophie calle, você acha possível tentar des- vendar que tipo de pessoa o teria escrito?

conhece alguém que já viveu uma situação parecida?

você já terminou algum relacionamento por escrito? alguém já rompeu com você dessa forma?

quantas linguagens você pôde identificar neste trabalho?

observando as fotografias: o que podemos dizer sobre o olhar de sophie ao retratar as mulheres convidadas?

compare os retratos e os vídeos. qual a principal diferença entre eles?

qual sua percepção acerca do texto do email e suas interpretações impressas?

as interpretações acontecem a partir de diferentes línguas, linguagens e códigos. você consegue enumerá-los? percebe a diferença entre suas pos- sibilidades?

Use este espaço para responder, à sua maneira e a partir de sua vida, à experiência despertada por seu contato com a exposição Cuide de você. Se quiser compartilhar sua resposta, de forma anônima ou não, destaque esta página e deposite-a na urna do Espaço Cuide de você. Ela po- derá ser exposta ou publicada no Blog do Videobrasil.

termine aqui seu relacionamento

23

24

24 SOPhIE CALLE cuide de você www.sophiecalle.com.br 25 de 10 de julho a 7 de setembro

SOPhIE CALLE cuide de você

www.sophiecalle.com.br

25

de 10 de julho a 7 de setembro de 2009_sesc pompeia

Rua Clélia, 93, Pompeia, São Paulo, SP

Tel. [11] 3871 7700

VISITAçãO

De terça a sábado, das 10h às 21h_domingos e feriados, das 10h às 20h

CURADORIA EDUCATIVA

inscrições para minicursos, encontros e aulas abertas; agendamento de formação para professores Oficinas de Criatividade De terça a sexta, das 13h às 22h_sábados, domingos e feriados, das 9h às 18h

agendamento de percursos mediados para escolas e grupos e mais informações Central de Atendimento_tel. [11] 3871 7700 De terça a sexta, das 13h às 18h

inscrições nas oficinas olhares sobre o acervo do videobrasil SESC Avenida Paulista_Central de Atendimento Av. Paulista, 119_tel. [11] 3179 3700 De terça a sexta, das 9h às 21h_sábados, domingos e feriados, das 10h às 19h

Fax [11] 3865 0324

www.sescsp.org.br

de 22 de setembro a 22 de novembro_museu de arte moderna da bahia

Av. Contorno s/nº, Solar do Unhão, Salvador, BA

Tel. (71) 3117 6141

Fax [71] 3117 6133

www.mam.ba.gov.br

VISITAçãO

De terça a domingo, das 13h às 19h_sábados, das 13h às 21h

ATIVIDADES EDUCATIVAS

informações Tel. [71] 3117 6141

equipe videobrasil

direção

Solange Oliveira Farkas

produção executiva

Ana Pato

coordenação

de produção

Adriano Alves Pinto

logística e financeiro

Jô Lacerda

produção

Alita Mariah

Marina Torre

pesquisa

Rodrigo Novaes

assistente de produção

Tetê Tavares

identidade visual

Carla Castilho e Lia Assumpção

programa

edição e texto

Teté Martinho

projeto e design

Carla Castilho e Lia Assumpção

revisão

Regina Stocklen

produção gráfica

Sidnei Balbino

Website

programação e montagem

www.arteninja.com.br Cazuma Nii Cavalcanti Sílvia Oliveira

traduções e versões

Marcia Macedo

Gabriel Pomerancblum

textos expositivos

e legendas

tradução

Marcia Macedo

revisão

Regina Stocklen

comunicação

Teté Martinho

assessoria de imprensa

curadoria educativa

Valquíria Prates

formação dos educadores

Andre Costa

Ronaldo Entler

Stella Ramos

Tatiana Arantes

Valquíria Prates

supervisão

Stella Ramos

Tatiana Arantes

educadores

Fabio Tremonte Flavio Aquistapace Leandro Ferre Caetano Malu Andrade Marcela Pupatto Pablo Miranda Paulo Gallina Thelma Löbel

making oF

Gabriel Barros

FotograFia

Everton Ballardin

cenotecnia

Muxarabi Produções Artísticas

equipamento de vídeo

On Projeções

atendimento e acervo

Juliana Costa

banco de dados e pesquisa

Rafaela Mendes

administração

Glaucia Santana

equipe sophie calle

produção e cenograFia

AIA PRODUCTIONS

direção

Renaud Sabari

coordenação e produção

Alexandra Cohen

logística

Céline Marchand

agradecimentos
agradecimentos

Actes Sud André Vainer Anna Muylaert Carlos Murta Eduardo de Jesus Fernanda Consoni Flávio Moura John Zeppetelli Linda Kuriki Mai Carvalho Maiwenn Le Nedellec Marcos Farinha Marcos Moraes Maria Angelo Inácio Maria Helena Guimarães Maximo Carrara Monique Badaró Paula Drummond Paulo Fontes Pedro Farkas Phillipe Ariagno Rita Câmara Sarah Watson Sérgio Kalil Tatti Carvalho Thelma Ballielo

Sophie Calle agradece a CulturesFrance e às galerias Emmanuel Perrotin (Paris e Miami), Paula Cooper (Nova York), Arndt & Partner (Berlim) e Koyanagi (Tóquio).

créditos imagens
créditos imagens

Págs. 2, 3, 4, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15 e 27:

fotos © Sophie Calle, ADAGP 2009 Pág. 7: foto © Jean-Baptiste Mondino Pág. 16: fotos © Avelino Bezerra (jardim) e © Alexandre da Cunha (rua)

Arteplural Comunicação

Fernanda Teixeira

projeto e cenograFia

Isabelle Vartan

Caroline Carrion

coordenação

Adriana Balsanelli

de audiovisual

Ligia Azevedo

Roman Hatala e Damien Bailly

Renata Lopes

coordenação

agência

de montagem

SantaClaraNitro

Sandrine Calard

serviço social do comércio

 

administração regional no estado

de são paulo

 

presidente do conselho regional

Abram Szajman

diretor do departamento regional

Danilo Santos de Miranda

superintendentes

técnico social

Joel Naimayer Padula

comunicação social

Ivan Giannini

gerentes

ação cultural

Rosana Paulo da Cunha

adjunto

Simone A. Engbruch Avancini

assistentes

Cássio Quitério

Juliana Braga

difusão e promoção

Marcos Ribeiro de Carvalho

adjunto

Fernando Fialho

artes gráficas

Hélcio Magalhães

desenvolvimento de produtos

Marcos Lepiscopo

adjunto

Walter Macedo Filho

museu de arte moderna da bahia

direção

Solange Oliveira Farkas

assessoria artística

Stella Carrozzo

assessoria técnica

Luciana Moniz

secretária executiva

Carolina Câmara

coordenação do núcleo administrativo

Ronaldo Junqueira Rohrs

coordenação do núcleo de projetos e eventos

Dirlene Pimenta

coordenação do núcleo de arte-educação

Antonio Carlos Portela

coordenação do núcleo de museologia

Helder Bello de Mello

coordenação do núcleo de comunicação

Juliana Maia

web designer

André Bertotti

designer

Tainá Moraes

sesc pompeia

Marina Avilez

adjunto

Jayme Paez

coordenador de programação

Antonio C. Martinelli Jr.

Por Raphaëlle Pinoncély, designer gráfica
Por Raphaëlle Pinoncély, designer gráfica
realização
realização

associação cultural videobrasil

www.videobrasil.org.br

criada em 1991 para fomentar e difundir a arte contemporânea do circuito Sul do

mundo, a Associação Cultural Videobrasil realiza mostras, festivais, publicações

e outros produtos, sempre em parceria com o SESC São Paulo. Além da turnê

brasileira da exposição sophie calle cuide de você, suas ações para 2009 incluem nova edição da revista anual sobre arte contemporânea Caderno SESC_Videobrasil, sob o comando da curadora Lisette Lagnado; o sexto documentário da Videobrasil Coleção de Autores, sobre o grupo carioca Chelpa Ferro, com direção de Carlos

Nader; e uma residência brasileira da artista marroquina Bouchra Khalili, em par- ceria com a FAAP.

O Festival Internacional de Arte Eletrônica SESC_Videobrasil, que chegou à

16ª edição em 2007, volta a acontecer em 2011, depois de uma reestruturação que ajusta seu formato às transformações na produção contemporânea de arte.

sesc são paulo

www.sescsp.org.br

a ação do sesc – Serviço Social do Comércio – é fruto de um sólido projeto cultural e educativo que trouxe, desde sua criação pelo empresariado do comércio

e serviços, há sessenta anos, a marca da inovação e da transformação social. Ao longo dos anos, o SESC inovou ao introduzir novos modelos de ação cul- tural e sublinhou, na década de 1980, a educação como pressuposto para a trans- formação social. A concretização desse propósito se deu por uma intensa atuação no campo da cultura e suas diferentes manifestações, destinadas a todos os públi- cos, em diversas faixas etárias e estratos sociais. Isso não significa apenas oferecer uma grande diversidade de eventos, mas efetivamente contribuir para experiências mais duradouras e significativas.

O SESC desenvolve uma ação de educação informal e permanente com o

intuito de valorizar as pessoas ao estimular a autonomia pessoal, a interação e o contato com expressões e modos diversos de pensar, agir e sentir.

Ano da França no Brasil a exposição integra a temporada francesa do sesc sp realização

Ano da França no Brasil

a exposição integra a temporada francesa do sesc sp

realização

parceria

a temporada francesa do sesc sp realização parceria apoio cultural mecenato na frança Ano da França
a temporada francesa do sesc sp realização parceria apoio cultural mecenato na frança Ano da França

apoio cultural

francesa do sesc sp realização parceria apoio cultural mecenato na frança Ano da França no Brasil

mecenato na frança

do sesc sp realização parceria apoio cultural mecenato na frança Ano da França no Brasil apoio
Ano da França no Brasil apoio
Ano da França no Brasil
apoio
do sesc sp realização parceria apoio cultural mecenato na frança Ano da França no Brasil apoio
do sesc sp realização parceria apoio cultural mecenato na frança Ano da França no Brasil apoio
apoio cultural apoio
apoio cultural
apoio