Você está na página 1de 7

PROCESSO SELETIVO DO FUNDO NACIONAL DA CULTURA

INFORMAÇÕES GERAIS E DICAS DE PARTICIPAÇÃO


O que é o Edital do FNC?
É um processo seletivo com objetivo de fomentar e incentivar ações da cultura
brasileira que atendam aos art. 4º da Lei 8313/1991 e 2º do Decreto 5761/2006,
com vistas ao conveniamento ou termo de cooperação.

Quando será utilizado termo de cooperação?


Será utilizado termo de cooperação como forma de transferência de crédito quando
o projeto for apresentado por órgãos ou entidades da Administração Pública
Federal da mesma natureza do órgão a que se apresenta a proposta, por
autarquias, fundações públicas ou empresas estatais dependentes.

Quando será utilizado convênio?


O instrumento jurídico do Convênio será utilizado para transferir recursos
financeiros quando o projeto for apresentado por órgão ou entidade da
administração pública estadual, do Distrito Federal ou municipal, seja ela direta ou
indireta, consórcios públicos, ou entidades privadas sem fins lucrativos, visando à
realização de projeto de comum interesse com o órgão ao qual se apresenta a
proposta.

Quem pode se inscrever no Edital?


Municípios, Governos Estaduais e Distrito Federal;
Autarquias, Fundações, Universidades e
Instituições Privadas sem fins lucrativos com natureza cultural

O que a Instituição Privada deve apresentar no momento ato inscrição?


Obrigatoriamente:
Anexo I do edital - planilha orçamentária do projeto e Estatuto Social comprovando
a natureza cultural.
Desejável:
Termo de Posse ou ata da eleição – comprovando a titularidade do responsável e
Relatório das atividades culturais da instituição dos últimos 03 anos, relatando
datas, local de realização, nome de participantes, matérias de jornais, revistas,
cartazes, etc.

O que Entes Federados devem apresentar no momento da inscrição?


Anexo I do edital - planilha orçamentária do projeto;
Publicação do extrato do acordo de cooperação Federativa do Sistema Nacional de
Cultura, se for o caso e
Publicação da Lei de instituição do Sistema Estadual ou Municipal de Cultura, se
for o caso.

2
Minha instituição/entidade precisa estar cadastrada no Portal dos
Convênios (SICONV) para participar do Edital do FNC?
Sim.

Como faço para cadastrar a minha instituição/entidade no Portal dos


Convênios (SICONV)?
O cadastramento é realizado por meio de unidades de credenciamento. Você deverá
acessar o seguinte endereço eletrônico:
https://www.convenios.gov.br/portal/unidadeCadastradora.html para localizar a
unidade cadastradora mais próxima.

De posse dos documentos listados no mesmo endereço eletrônico, você deverá


comparecer na referida unidade de credenciamento.

Observação: a documentação obrigatória varia conforme a natureza jurídica do


ente/instituição que vai se cadastrar.

Grupos não instituídos juridicamente poderão se inscrever?


Não, pois no ato do credenciamento/cadastramento, o proponente deverá
apresentar inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica - CNPJ.

Quais são as categorias previstas no Edital?

Categoria 1: Projetos que fomentem ou desenvolvam atividades voltadas para o


processo de criação, formação, promoção, difusão, produção, divulgação e circula-
ção, fruição de bens, serviços e expressões artísticas e culturais brasileiras.

Categoria 2: Projetos que fortaleçam espaços, redes e circuitos culturais, conside-


rando os seguintes eixos: a) Cultura e Diversidade; b) Cultura e Cidadania; c) Co-
municação e Cidadania; d) Gestão de Redes; e) Redes Criativas e Colaborativas; e
f) Redes de Cooperação e Sistemas Locais de Inovação.

Categoria 3: Projetos que visam implantar, ampliar, modernizar e recuperar es-


paços culturais de acesso público, por meio de construção, reforma, aquisição de
equipamentos e material permanente.

Categoria 4: Projetos que visam preservar, identificar, proteger, valorizar e pro-


mover o patrimônio cultural brasileiro, fortalecendo identidades e criando condi-
ções para sua sustentabilidade.

Categoria 5: Projetos voltados ao fomento de atividades, difusão de conteúdos e


estímulo à inovação audiovisual.

Instituições Privadas podem concorrer na categoria 3 do Edital FNC?


Não, pois Instituições Privadas não podem receber bens de capital.

3
Posso inscrever mais de um projeto no Edital do FNC?
Se forem projetos distintos em categorias distintas sim, caso contrário não.

Posso inscrever mais de um projeto na mesma categoria?


Não.

Se o meu projeto se enquadra em algum Edital vigente do Ministério da


Cultura posso participar do Edital do FNC?
Não.

Como saber se o meu projeto se enquadra em objeto de outro Edital em


vigência no MinC?
Por meio de consulta aos sítios do Ministério da Cultura. Para facilitar, o Ministério
da Cultura disponibiliza listagem dos editais vigentes no arquivo “Relação de
Editais MinC”

Vigência significa período de inscrição?


Não.

O que é entendido por vigência nos editais?


Vigência é o período de validade da seleção pública a contar da inscrição à
homologação do resultado final.

Qual deve ser o início da execução do projeto para concorrer ao Edital


do FNC?
O projeto deve ter metas previstas para iniciarem em dezembro de 2012, conforme
item 2.5 do referido Edital.

Qual o prazo para inscrição?


De 10 de agosto até às 23h59 de 24 de setembro de 2012.

Como são feitas as inscrições no edital?


As inscrições serão realizadas EXCLUSIVAMENTE por meio do sistema
SALICWEB, disponível no sítio eletrônico www.cultura.gov.br.

4
Quais são os procedimentos para conseguir realizar a minha inscrição?
Para se inscrever, você deve realizar cadastro no sistema SalicWeb.

Feito o cadastro, acesse o sistema SalicWeb e siga os seguintes caminhos:

1. Acesse a aba “proposta cultural”;


2. Selecione a opção “edital”;
3. Escolha a opção “novo”;
4. Declare ciência e concordância com os termos apresentado no sistema;
5. Selecione o edital (Processo Seletivo do Fundo Nacional da Cultura), na
opção “chamamento público”;
6. Preencha todo o formulário e insira, como anexo, o documento chamado
“Anexo I” do edital, que se refere a planilha orçamentária do projeto.

Há algum outro meio para fazer inscrição?


Não, os pedidos encaminhados fora do sistema SALICWEB serão desconsiderados.

Como posso acompanhar a situação da minha candidatura?


Para saber a situação de sua candidatura basta realizar consulta por meio do
sistema SALICWEB, disponível no sítio eletrônico www.cultura.gov.br.

O que é contrapartida?
São recursos próprios ou atividades a serem realizadas pelo beneficiário como
forma de retorno ao benefício recebido. Pode ser financeira ou apresentada através
de bens e serviços economicamente mensuráveis, de acordo com a legislação
vigente. Deverá estar relacionada às atividades apresentadas na proposta e atingir
valor mínimo de 20% do valor global do projeto.

É obrigatória a apresentação de contrapartida?


Sim, trata-se de atividade obrigatória (Lei 8313/91 – art. 6º e Decreto 5.761/06 –
art. 12) e deve ser apresentada no momento da inscrição.

O valor da contrapartida é determinado?


O valor mínimo da contrapartida deverá ser de 20% do valor total do projeto.

5
Como calcular o valor da contrapartida?
A contrapartida mínima, a ser aportada pelo proponente, deverá ser de 20% do
valor global do projeto. Os demais 80% do valor total do projeto serão financiados
pelo Ministério da Cultura - MinC.

Exemplo: caso o valor global do projeto seja de R$ 200 mil, a contrapartida deverá
ser de R$ 40 mil. Os demais R$ 160 mil ficarão a cargo do MinC.

Independentemente da categoria de sua inscrição, o valor a ser repassado pelo


MinC corresponderá a, no máximo, 80% do valor global do projeto.

Desse modo, o proponente sempre deverá acrescer o valor da contrapartida ao


valor de repasse.

Onde devo informar o valor da contrapartida?


O valor da contrapartida deverá constar do Anexo I do Edital, disponível no sítio
eletrônico do MinC (www.cultura.gov.br).

O que é custeio e o que é capital?


São naturezas da despesa.

Despesas de Custeio são denominadas “correntes” e destinadas a gastos com


pessoal, material de consumo, softwares, instalações, serviço de terceiros, encargos
e outros serviços. (Ex: Aquisição e Publicação de livros, Passagens, Transportes,
Hospedagens, Festivais, Eventos, Oficinas, Capacitações, etc).

Despesas de Capital são aquelas que contribuem diretamente para a formação ou


aquisição de bem de capital. Podem ser destinadas a aquisição de
equipamentos/materiais permanentes, construção, reforma, etc.

Em que consiste a fase de habilitação do Edital do FNC?


Fase de verificação da adequação da proposta às regras e condições do edital. Caso
a proposta seja considerada apta a tomar parte no processo seletivo, receberá
número de projeto (PRONAC) e será submetida à fase de seleção.

Em que consiste a fase de seleção do Edital FNC?


Fase na qual serão analisadas e pontuadas as propostas, de acordo com a categoria
escolhida.

Qual a pontuação mínima para seleção?


A pontuação final mínima exigida para classificação será de 14 pontos, sendo
desclassificadas as propostas com nota final inferior a este total.

6
Onde serão divulgados os resultados?

Fase de habilitação:
Os resultados preliminar e final da fase de habilitação serão divulgados no sítio
eletrônico do MinC (www.cultura.gov.br).

Fase de seleção:
O resultado preliminar da fase de seleção será divulgado no sítio eletrônico do
MinC (www.cultura.gov.br).

O resultado final da fase de seleção será publicado no Diário Oficial da União


(www.in.gov.br) e divulgado no sítio eletrônico do MinC (www.cultura.gov.br).

E se eu não concordar com a decisão, poderei solicitar reconsideração?

Sim. Você poderá recorrer apenas dos resultados preliminares, seja da fase de
habilitação, seja da fase de seleção.

Caso não tenha concordado, ou tenha se sentido prejudicado com a decisão, você
poderá enviar pedido de reconsideração, por meio do documento denominado
“Anexo II” do edital, disponível no sítio eletrônico do MinC (www.cultura.gov.br),
para o seguinte endereço de e-mail: editalfnc@cultura.gov.br

Qual o prazo para interposição de recurso?


Você dispõe de 2 dias úteis contados a partir do dia subsequente da divulgação do
resultado preliminar das fases de habilitação e de seleção no site do MinC.

Quando serão convocados projetos em lista de espera?


Caso haja desistência ou não cumprimento das exigências fiscais, legais e
documentais incidentes, serão convocados os projetos alocados em lista de espera,
respeitados os critérios de desempate estabelecidos.

Servidor do MinC poderá concorrer ao Edital FNC?


Não. Servidor do Ministério da Cultura ou de suas instituições vinculadas, ou
respectivo cônjuge, companheiro ou parente em linha reta, colateral ou por
afinidade, até o terceiro grau, não pode ser beneficiado.

Também não podem concorrer colaboradores, terceirizados, estagiários e


prestadores de serviço relacionados ao Ministério da Cultura, suas secretarias ou
instituições vinculadas, ou respectivo cônjuge, companheiro ou parente em linha
reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, não podem ser beneficiados.