Você está na página 1de 2

Um único condutor não blindado que carrega uma corrente alternada (ac) e tem

uma certa quantidade de resistência interna irradiará energia na forma de


ondas eletromagnéticas. A frequência das ondas irradiadas é igual à taxa de
oscilação da corrente alternada. Por exemplo, uma corrente alternada que
tenha elétrons se movendo para trás e para frente ao longo de um condutor a
uma velocidade de 100 oscilações por segundo irradiará ondas
eletromagnéticas a uma freqüência de 100 hertz (Hz).

Hertz é o termo usado para descrever a oscilação de elétrons, em oscilações


por segundo, ou o número de ciclos completos de uma onda eletromagnética,
em ciclos por segundo. Ciclos / segundo e hertz são usados de forma
intercambiável. As seguintes abreviaturas são usadas para descrever a
frequência:

Um ciclo é um comprimento de onda. A eficácia do elemento como radiador


(antena) de ondas eletromagnéticas depende do seu grau de ressonância na
freqüência oscilante. (A ressonância ocorre quando a energia injetada em uma
carga é absorvida pela carga porque as partículas que a carga é construída
oscilam na mesma freqüência que a energia injetada.)

Ondas eletromagnéticas são supostamente partículas muito pequenas


chamadas fótons (muito menores que um elétron) que viajam em um padrão
sinusoidal próximo através do espaço. Existem dois ramos da física complexa
que estudam a natureza do eletromagnetismo, da física de partículas e da
mecânica das ondas. Cada teoria estuda o fenômeno de uma perspectiva
diferente, às vezes com resultados bastante diferentes. Este livro evitará
qualquer envolvimento na longa e complicada matemática desses estudos,
aderindo às realidades mais práticas de trabalhar com o rádio.

Ondas eletromagnéticas podem ser representadas por um campo elétrico e um


campo magnético. O campo elétrico é produzido pelos elétrons em movimento
no condutor. O campo elétrico em si parece produzir um campo magnético
equivalente perpendicular ao campo elétrico. A figura 1.3 ilustra os
componentes de uma onda eletromagnética.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------
------------------------

O ESPECTRO DA RADIOFREQÜÊNCIA

No espectro de freqüência de rádio (Figura 1-2), a faixa de freqüência utilizável


para ondas de rádio se estende de cerca de 20 kHz (logo acima das ondas
sonoras) até acima de 30.000 MHz. Um comprimento de onda a 20 kHz é de
15 quilômetros de comprimento. A 30.000 MHz, o comprimento de onda é de
apenas 1 centímetro.
A banda HF é definida como a faixa de freqüência de 3 a 30 MHz. Na prática, a
maioria dos rádios HF usa o espectro de 1,6 a 30 MHz. A maioria das
comunicações de longa duração nesta banda ocorre entre 4 e 18 MHz.
Freqüências mais altas (18 a 30 MHz) também podem estar disponíveis de
tempos em tempos, dependendo das condições ionosféricas e da hora do dia.
(Veja o Capítulo 2.)

Nos primórdios do rádio, as freqüências de HF eram chamadas de ondas


curtas porque seus comprimentos de onda (10 a 100 metros) eram mais curtos
do que os das emissoras comerciais. O termo ainda é aplicado a comunicações
de rádio de longa distância.

Existem normas muito rígidas que governam o uso de várias partes do


espectro de freqüência de rádio. Seções específicas do espectro de freqüência
de rádio foram alocadas para uso público. Todas as freqüências são alocadas
aos usuários por um órgão regulador do governo. A Figura 1.6 ilustra as seções
típicas do espectro de rádio alocadas para uso público em todo o mundo. Cada
seção é referida como uma banda.

Certas seções dessas bandas terão sido alocadas especificamente para


sistemas de telemetria. Em alguns países, um ambiente de telecomunicações
desregulamentado permitiu que seções do espectro fossem vendidas a
grandes organizações privadas que gerenciam esse setor e, por sua vez,
vendem a usuários individuais (menores).

Uma aplicação é feita a um órgão governamental, ou grupos independentes


que detêm partes maiores do espectro para revenda, para obter uma licença de
freqüência, já que nenhuma transmissão é permitida em qualquer frequência, a
menos que uma licença seja obtida.