Você está na página 1de 5

c  

  
   
            
  
    

O conceito de inflação está intimamente ligado ao aumento do nível de preços


que compõem uma determinada cesta de produtos.

A inflação oficial de um país é aquela que corresponde a alterações captadas


mensalmente nos preços de uma cesta padrão definida por critérios estatísticos
transparentes.

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), subordinado ao


Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, é o responsável por apurar o
IPCA (Índice Nacional de Preço ao Consumidor Amplo), que mede oficialmente
a inflação no nosso país.

Seu universo de pesquisa é composto por variações dos custos com os gastos
de famílias com rendimento de um a quarenta salários mínimos, qualquer que
seja a fonte, nas regiões metropolitanas de Belém, Belo Horizonte, Brasília,
Curitiba, Fortaleza, Goiânia (município), Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro,
Salvador e São Paulo.

O IPCA atualmente é o índice oficial do governo, sendo utilizado como


parâmetro para o sistema de metas inflacionárias desde julho/99. Sua
apuração é mensal, sendo que o seu período de coleta vai do primeiro aos
últimos dias do mês de referência.


h
 
       

            
 


Se os preços de uma cesta de produtos subiram 50%, a tentação é grande


para afirmarmos que o poder de compra caiu na mesma proporção, mas não é
verdade. Resista a esta tentação.

A resposta é simples, mas requer um entendimento da seguinte premissa: a


perda do poder de compra é inversamente proporcional ao aumento de preços.

Se os preços sobem, o poder de compra cai.

Se uma determinada cesta de produtos podia ser comprada por R$ 100,00 e,


após determinado período, a inflação foi de 50%, significa que, para que a
mesma cesta seja adquirida com os mesmos produtos e na mesma
quantidade, deve-se desembolsar o valor de R$ 150,00:

Esta linha de tempo ajuda a entender:

Sendo assim, se o efeito inflacionário reduziu o poder de compra, há que se


comparar não o efeito da taxa sobre o preço, e sim o preço anterior contra o
preço posterior:

 ! "   #$ 


 #   " 
%& '(& )h*" +    

A TBF (Taxa Básica Financeira) foi criada em 1995 com o objetivo de alongar o
prazo das aplicações em títulos e oferecer uma remuneração maior do que a
TR. Por este motivo só deve ser aplicada em captações de recursos com prazo
igual ou superior a 60 dias.

É calculada e divulgada diariamente pelo BACEN a partir da remuneração


mensal média dos CDB/RDB pré-fixados, com prazo entre 30 e 35 dias,
praticada por uma amostra das 30 maiores instituições financeiras em volume
de captação.
(
  !  
 


A TR (Taxa Referencial de Juros) é apurada com base na TBF (Taxa Básica


Financeira).

Para cada TBF obtida, o BACEN calcula a correspondente TR, pela aplicação
de um redutor (Art. 5º da Resolução CMN n° 3354/06, com alterações das
Resoluções CMN 3446/07 e 3530/08).

A TR é calculada e divulgada diariamente pelo BACEN. É a taxa que define o


rendimento das Cadernetas de Poupança e dos empréstimos do Crédito Rural
e do SFH (Sistema Financeiro de Habitação).

 ,c -(   "   .
    # $   
  
+  /        

A Taxa de Juros LIBOR (London Interbank Offered Rate) é a taxa de juros


praticada no mercado interbancário londrino. A Libor é normalmente utilizada
no Brasil nas operações financeiras internacionais e nas operações de
comércio internacional (trade finance), envolvendo importação e exportação de
bens e serviços.

% %  !       


"  
  
  
       

"Conta de Capitais" e "Conta Corrente" formam o "Balanço de Pagamentos" e


resumem com bastante propriedade as transações econômicas de um país.

Balanço de Pagamentos é um instrumento de contabilidade social que registra


o resultado das relações comerciais de um país com o resto do mundo.

O "Conta Corrente" registra as entradas e saídas correspondentes ao comércio


de bens e serviços. Indica o quanto um país concede ou toma de empréstimos
do resto do mundo. Quando positivo, indica que o país está em posição
credora.

A "Conta de Capitais" registra todas as transações resultantes de empréstimos,


transferências e fundos financeiros, inclusive os investimentos estrangeiros
diretos.


h
 $  $   
   
    
    0#
   

  

"Resultado Primário" é o saldo das contas do governo central (Tesouro


Nacional, Banco Central e Previdência), estados, municípios e empresas
estatais, que representa o total das arrecadações de i mpostos e contribuições
menos os gastos destes mesmos órgãos, sem levar em conta as despesas e
receitas financeiras.

Quando as receitas excedem as despesas fala -se em superávit primário, e


quando as despesas superam as receitas fala -se em déficit primário.

O resultado primário é utilizado nas análises que avaliam o equilíbrio fiscal de


um país.

&    %  


  /  #  
 
 " /  #       

A "Balança Comercial" mede o resultado das transações de bens entre o Brasil


e o resto do mundo. As exportações são os bens que vendemos ao exterior e
as importações são os bens que compramos do exterior.

O resultado das exportações menos as importações nos fornece o saldo da


balança comercial.

-    "  


+   1
 
+   
     

Os "Indicadores de Atividade Econômica" são utilizados para avaliar o


desempenho econômico do país. São eles: Produto Interno Bruto, Indicador de
Produção Industrial e Indicador de Desemprego.

Os "Indicadores Fiscais" são utilizados para avaliar a situaçã o das contas


internas do governo. Tratam da arrecadação de impostos e de contribuições
federais.

Os "Indicadores do Setor Externo" são utilizados para avaliar o desempenho do


país, no que diz respeito às suas trocas internacionais.

" .
  "       

Taxa nominal pode ser interpretada como aquela que é expressa em período
diferente da que é aplicada.

Se fizermos uma aplicação em um CDB pré-fixado, a taxa que nos será


oferecida pelo gerente do banco semp re nos será apresentada como uma taxa
anual. Por exemplo, 13%aa. Esta é a taxa nominal.
Se nossa intenção for aplicar por um período de 60 dias, a taxa anual deverá
ser convertida para este período de tempo. A conversão desta taxa anual para
a taxa de 60 dias resulta em uma "taxa efetiva" para 60 dias. Taxa real é a taxa
que desconta a inflação no período e é calculada sobre a taxa nominal.