Você está na página 1de 5

Identificação: PQO.

01
Revisão: 01
EMPRESA Sistema de Gestão da Qualidade
Página: 1 / 5
Data:
Título: Plano de Qualidade da Obra - Edificações Obra:

1. DADOS DA OBRA
Nome:
Descrição:
Endereço:
2. ESTRUTURA ORGANIZACIONAL
A estrutura e a autoridade das funções estabelecidas para esta obra estão representadas no seguinte
organograma:

As responsabilidades e autoridade de cada função que executa tarefas especificamente designadas na


obra estão definidas nos procedimentos operacionais listados como aplicáveis neste PQO.
As caixas pontilhadas identificam funções que podem ser ocupadas por funcionários terceirizados
(subempreiteiros).
Agentes envolvidos Responsabilidades
Construtora
Projetista
Clientes

Especificamente para a função de técnico de segurança, suas responsabilidades não estão


identificadas nos procedimentos, estando descritas a seguir: auxiliar o engenheiro nos treinamentos e
orientação do pessoal da obra nas questões da segurança do trabalho, além de acompanhar a
implantação do PCMAT da obra e demais exigências das normas regulamentadoras, como o caso da
NR-18.

3. LISTA DE MATERIAIS CONTROLADOS


Necessária
Documentos para adaptação?
Material
Controle do Material
sim não
FVM.01
Identificação: PQO.01
Revisão: 01
EMPRESA Sistema de Gestão da Qualidade
Página: 2 / 5
Data:
Título: Plano de Qualidade da Obra - Edificações Obra:

Descrição das adaptações:

4. Lista de serviços controlados


Necessária
Documentos para adaptação?
Serviço
Controle do Serviço
sim não
Locação de obra PES.01

Descrição das adaptações:

5. Lista dos processos relacionados à obra


Necessária
Documentos para adaptação?
Processo
Controle do Processo
sim não
Aquisição
Identificação: PQO.01
Revisão: 01
EMPRESA Sistema de Gestão da Qualidade
Página: 3 / 5
Data:
Título: Plano de Qualidade da Obra - Edificações Obra:

Auditoria interna
Atendimento ao cliente
Controle de materiais
Controle de produção
Controle de equipamentos de medição
Controle de projetos
Comercial
Entrega de obra
Equipamentos de medição
Inspeção final e entrega da obra
Planejamento de obra
Tratamento de não-conformidade e ações
de melhorias
Descrição das adaptações:

6. LISTA DE EQUIPAMENTOS DE PRODUÇÃO CRÍTICOS NA OBRA

Equipamento Responsável Cuidados ou manutenções necessárias


Guincho / elevador
Motor vibrador /
mangote
Serra circular e
policorte
Carrinho de mão
Ferramentas
manuais

7. DESTINO DOS RESÍDUOS PRODUZIDOS PELA OBRA

Resíduo Destinação e ações


Os materiais provenientes da escavação do terreno devem ser removidos e
Solo transportados até áreas estabelecidas no canteiro para bota-fora, ou a critério da
(terra, alteração de empresa contratada para os serviços de terraplenagem. Também é possível a
rocha, rocha,
sua incorporação às áreas de aterro.
camada vegetal
superficial) O solo proveniente de pequenas escavações (baldrames, poços caixas de
inspeções, etc.) poderá ser disposto nas caçambas contratadas pela empresa.
Entulho Os entulhos não poderão ser dispostos como resíduos urbanos, ou seja, em
(ferro, concreto, sacos de lixo para a coleta pelo serviço público de coleta de lixo.
argamassa, É proibida a queima de lixo ou qualquer outro material no interior do canteiro de
material de
obras.
acabamento, tijolo,
telha, manilhas, Todo entulho é coletado, armazenado e retirado em caçambas fornecidas por
espuma, borracha, empresa especializada que deve ser obrigatoriamente cadastrada na Prefeitura
tecidos podas, Municipal de Belém.
papelão, plásticos A disposição das caçambas no canteiro, bem como os métodos utilizados para a
Identificação: PQO.01
Revisão: 01
EMPRESA Sistema de Gestão da Qualidade
Página: 4 / 5
Data:
Título: Plano de Qualidade da Obra - Edificações Obra:

retirada do entulho devem evitar transportes excessivos e manter o canteiro


organizado, limpo e desimpedido, notadamente nas vias de circulação e
madeira) passagens.
Serão disponibilizados pelo almoxarife os equipamentos de limpeza necessários
à remoção de entulhos (vassouras, enxadas, carrinhos de mão, etc.)
Material
proveniente das Os resíduos gerados nas áreas de vivência devem ser colocados em recipientes
áreas de (cestos de lixo) e recolhidos e armazenados em sacos plásticos e dispostos em
vivências do local adequado para o recolhimento pelo serviço público de coleta de lixo.
canteiro Serão disponibilizados cestos de lixo com tampo, no escritório da obra, nos
(papel, recipientes, sanitários e nos refeitórios.
plásticos, trapos,
restos de alimentos)
Como a obra é térrea e as residências vizinhas ficam a uma longa distância, não
serão necessárias telas de proteção na fachada.
Serão disponibilizados pelo almoxarife os equipamentos de limpeza necessários
à remoção de poeira e resíduos leves (vassouras, enxadas, carrinho de mão,
Resíduos leves etc) nas frentes de serviços e nas áreas de vivência.
de construção Nos arruamentos e caminhos de circulação em que o solo estiver extremamente
(poeira e respingos seco deve-se regar a área para evitar o levantamento de poeira durante a
de argamassa, pó de circulação de caminhões e máquinas.
gesso, pó de terra) Durante a remoção de entulho, descarregamento e transportes de materiais
devem ser tomados cuidados de forma a evitar o levantamento excessivo de
poeira e os seus conseqüentes riscos.
As poeiras e resíduos leves devem ser removidos e armazenados em sacos
plásticos e posteriormente dispostos na caçamba contratada.
Os esgotos e águas servidas (pluviais, de escavações, etc.) deverão ser
coletados separadamente, através de sistemas próprios independentes.
Todo esgoto gerado pelo canteiro será coletado através de ligação provisória
Esgotos e águas realizada no início da obra pela concessionária de águas e esgotos local,
servidas conforme suas especificações.
Os vasos sanitários, lavatórios, mictórios e ralos serão ligados diretamente à
rede de esgoto com interposição de sifões hidráulicos atendendo às
especificações das concessionárias locais.

8. OBJETIVOS ESPECÍFICOS PARA A OBRA

Objetivo Indicador Meta

9. PROGRAMA DE TREINAMENTO DA OBRA


Os treinamentos na obra são realizados antes do início da cada etapa, conforme a evolução dos
serviços pelo engenheiro ou mestre da obra, que estão devidamente capacitados para tal e treinados
em todos os procedimentos aplicáveis à obra (PQO, PO, PES, FVS e DQ).
As demais funções têm treinamentos específicos definidos na matriz apresentada a seguir:
Identificação: PQO.01
Revisão: 01
EMPRESA Sistema de Gestão da Qualidade
Página: 5 / 5
Data:
Título: Plano de Qualidade da Obra - Edificações Obra:

Mestre de obra

Enc. Estrutura

Enc. Hidráulica

Equipe Pedreiros

Equipe Gesseiros
Engenheiro da obra

Técnico

Almoxarife

Enc. Armação

Equipe Estrutura

Equipe Esquadria

Equipe Armação
Documentos x Funções

PO.
Todas as FVMs
DQ.
PES.
PES.
PES.
FVS.
FVS.
FVS.

Novos funcionários contratados durante a execução dos serviços são treinados antes de serem
liberados para a produção.

10. PROJETO DE CANTEIRO


O projeto de canteiro para esta obra encontra-se anexo a este PQO.

11. OBSERVAÇÕES GERAIS


Não há.

12. TABELA DE MEDIÇÕES DE INDICADORES


A tabela de medição dos indicadores desta obra encontra-se anexo a este PQO

Aprovado por:

_____________________________
Nome