Você está na página 1de 58

Guia básico para

entender o
Dicas de leitura deste eBook

Este eBook é interativo, ou seja, ao longo Além disso, propomos outros conteúdos
do texto você encontrará links e botões para aprofundar ainda mais o
que irão melhorar sua experiência de conhecimento sobre o assunto. Esses
leitura. conteúdos são disponibilizados por links
que te direcionarão ao tema.
No índice, você poderá navegar nos
assuntos que mais lhe chamarem a Boa leitura!
atenção. Assim, sua leitura será ainda
mais rica.

2
Índice
O QUE É O ESOCIAL? 4
OBJETIVO GERAL 5
ÓRGÃOS ENVOLVIDOS 6
EVENTOS INICIAIS 7
EVENTOS DE TABELAS 9
EVENTOS NÃO PERIÓDICOS 18
EVENTOS PERIÓDICOS 35
VOCÊ PRECISA SABER! 44
POR ONDE COMEÇAR? 58
ESOCIAL

O que é o eSocial?

É o projeto do governo federal que de empregados. Substituindo, portanto,


vai unificar o envio de informações gradualmente as obrigações acessórias
pelo empregador em relação aos seus atuais existentes no âmbito dos órgãos
empregados. Este, então, integra o participantes.
sistema público de escrituração digital –
SPED (decreto nº 6.022/2007).

Trata-se da geração digital da folha


de pagamento e demais informações
fiscais, previdenciárias, trabalhistas e
de apuração de tributos e do FGTS com
a padronização das rubricas da folha
de pagamento, de layout e de registro

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 4


OBJETIVO DO ESOCIAL

Objetivo geral
O eSocial, então, tem como objetivo • Livro de Registro de Empregado.
racionalizar e uniformizar as obrigações • Folha de Pagamento –
relativas à contratação e utilização Estabelecimentos/Obras.
de mão de obra onerosa, com ou sem • GFIP.
vínculo empregatício e também de outras • RAIS.
obrigações previdenciárias e fiscais. • CAGED.
• DIRF.
Através do cruzamento de dados, fiscaliza • Comunicação do Acidente de Trabalho
o cumprimento da legislação envolvendo (CAT).
a Receita Federal, o Ministério do • Perfil Profissiográfico Previdenciário
Trabalho, a Previdência Social e a Caixa (PPP).
Econômica Federal.

Algumas obrigações acessórias que serão


substituídas gradualmente:

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 5


TIPOS DE EVENTOS

Órgãos envolvidos

COMITÊ DIRETIVO DO COMITÊ GESTOR DO


O eSocial tem por objeto, informações
ESOCIAL: ESOCIAL: trabalhistas, previdenciárias, tributárias e
fiscais relativas à contratação e utilização
• Ministério da Fazenda. • Ministério do Trabalho e Previdência de mão de obra onerosa, com ou sem
• Ministério do Trabalho e Previdência Social. vínculo empregatício e também de outras
Social. • Secretaria da Receita Federal do informações previdenciárias e fiscais
• Secretaria da Micro e Pequena Brasil. previstas na lei n° 8.212, de 1991.
Empresa da Presidência da República. • Instituto Nacional do Seguro Social.
• Conselho Curador do FGTS, Estas informações podem ser
representado pela Caixa Econômica classificadas em quatro tipos:
Federal, na qualidade de agente
operador do FGTS. • Eventos iniciais
• Eventos de tabelas
Informações que devem ser geradas para • Eventos não periódicos
o eSocial: • Eventos periódicos

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 6


EVENTOS INICIAIS

Eventos iniciais

Os eventos iniciais são os que identificam


o empregador/contribuinte, contendo
dados básicos de sua classificação fiscal,
estrutura administrativa e respectivo
cadastramento inicial dos vínculos
(empregados ativos e afastados). Sendo
estes transmitidos primeiramente ao
eSocial.

É composto por:
• Cadastramento Inicial do Vínculo.
O cadastramento inicial dos vínculos
somente deve ser enviado após o
grupo de eventos de Tabelas.

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 7


EVENTOS INICIAIS

CADASTRAMENTO INICIAL DO VÍNCULO

São as informações dos trabalhadores As informações prestadas neste evento


com ou sem vínculos empregatícios podem ser alteradas no decorrer do
ativos/afastados no momento do envio tempo. Portanto, o evento específico
das primeiras informações cadastrais modificado deve ser encaminhado para o
para alimentar a base de dados do eSocial.
eSocial.
Composto pelo evento S-2200 –
Cadastramento Inicial do Vínculo.

Este evento contém:


• Informações de identificação do
Evento.
• Informações de identificação do
empregador.
• Informações pessoais do trabalhador.

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 8


EVENTOS DE TABELAS

Eventos de tabelas
São os eventos que montam as tabelas Tributárias.
do empregador, responsáveis por • S-1030 – Tabela de Cargos/Empregos
informações necessárias para validar os Públicos.
eventos não periódicos e periódicos. Estes • S-1035 – Tabela de Carreiras Públicas.
são fundamentais para a recepção dos • S-1040 – Tabela de Funções / Cargos
eventos do eSocial e cálculos corretos das em Comissão.
bases de cálculo e dos valores devidos, • S-1050 – Tabela de Horários /Turnos
devendo ser observados os respectivos de Trabalho.
tempos de vigência. • S-1060 – Tabela de Ambientes de
Trabalho.
SÃO COMPOSTOS POR: • S-1065 - Tabelas de Equipamentos de
• S-1000 – Informações do Empregador/ Proteção
Contribuinte/Órgão Público. • S-1070 – Tabela de Processos
• S-1005 - Tabela de estabelecimentos, Administrativos/Judiciais.
obras ou unidades de órgãos públicos. • S-1080 – Tabela de Operadores
• S-1010 – Tabela de Rubricas. Portuários.
• S-1020 – Tabela de Lotações

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 9


EVENTOS DE TABELAS

S-1000 S-1005
INFORMAÇÕES DO TABELA DE
EMPREGADOR/ ESTABELECIMENTOS,
CONTRIBUINTE/ÓRGÃO OBRAS OU UNIDADES
PÚBLICO DE ÓRGÃOS PÚBLICOS
Evento onde são fornecidas pelo O evento identifica os estabelecimentos As informações prestadas no evento são
empregador/contribuinte as informações e obras de construção civil da empresa, utilizadas na apuração das contribuições
cadastrais, alíquotas e demais dados detalhando as informações de cada incidentes sobre as remunerações
necessários ao preenchimento e validação estabelecimento (matriz e filiais) do dos trabalhadores dos referidos
dos demais eventos do eSocial, inclusive empregador/contribuinte, como: estabelecimentos e obras.
para apuração das contribuições.
Este é o primeiro evento que deve • FPAS/Outras Entidades e Fundos.
ser transmitido pelo empregador/ • Informações relativas ao CNAE
contribuinte. Preponderante.
• Alíquota GILRAT (Grau de Incidência
de Incapacidade Laborativa
Decorrente dos Riscos do Ambiente de
Trabalho).
• Indicativo de substituição da
contribuição patronal de obra de
construção civil.
GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 10
EVENTOS DE TABELAS

S-1010
TABELA DE RUBRICAS

Apresenta o detalhamento das eSocial. No entanto, caso o empregador/ software de RH e, para suprir essa
informações das rubricas constantes contribuinte desejar, poderá proceder a necessidade, contratam um escritório
da folha de pagamento do empregador/ uma readequação/depuração das suas contábil, além dos serviços de uma clínica
contribuinte/órgão público, permitindo a rubricas antes da utilização do eSocial. de saúde ocupacional, responsável pela
correlação destas com as constantes da emissão dos documentos de saúde dos
tabela de natureza das rubricas da folha Revisar as incidências das rubricas colaboradores.
de pagamento do eSocial. sobre o INSS, FGTS, IRRF e contribuições
sindicais de acordo com a legislação
As informações consolidadas desta tabela em vigor. Também, observar o
são utilizadas para validação do evento de relacionamento das rubricas da empresa
Remuneração dos trabalhadores. com as rubricas da tabela do eSocial.
transmissões de dados.
A empresa pode manter a sua própria
tabela de rubricas utilizada atualmente, Existem situações diferentes, por isso,
não sendo obrigatória a modificação devemos imaginar cenários distintos.
de sua nomenclatura para adesão ao Há empresas que não contam com um

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 11


EVENTOS DE TABELAS

S-1020
TABELA DE LOTAÇÕES
TRIBUTÁRIAS

O evento identifica a classificação da no método de cálculo da contribuição


atividade para fins de atribuição do/a: previdenciária para um grupo de
segurados específicos, não refletindo,
• Código FPAS. necessariamente, o local de trabalho do
• A obra de construção civil. empregado.
• O contratante de serviço ou uma
condição diferenciada de tributação. As informações consolidadas desta
• A condição diferenciada ocorre quando tabela são utilizadas para validação de
uma determinada unidade da empresa outros eventos do eSocial: admissão,
possui um código de FPAS/outras alteração contratual, remuneração,
entidades e fundos distintos. etc. Obrigatoriamente o empregador/
contribuinte deve ter pelo menos uma
Lotação tem conceito estritamente lotação tributária informada neste evento.
tributário e não físico. Lotação influi

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 12


EVENTOS DE TABELAS

S-1030
TABELA DE CARGOS/
EMPREGOS PÚBLICOS

São as informações de identificação do A empresa deve realizar uma análise do


cargo (inclusive carreiras e patentes), seu organograma e definição dos cargos,
apresentando código e período de obedecendo às normas trabalhistas e
validade. suas implicações. A estruturação da
tabela de cargos/Empregos Públicos
Este evento é utilizado por todos os pode ser feita com base nos dados
obrigados ao eSocial, para validação de da Tabela CBO. O código CBO deve
diversos eventos, como: ser informado no nível de Ocupação
existente na tabela de CBO, com 6 (seis)
• Cadastramento inicial. dígitos, e corresponder à principal
• Admissão. atividade do trabalhador.
• Alteração de dados contratuais.

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 13


EVENTOS DE TABELAS

S-1035
TABELA DE CARREIRAS
PÚBLICAS

São as informações relativas às • Planos de Cargos.


carreiras públicas em que os servidores • Carreiras e Salários adotados pelo
públicos estatutários enquadram-se, Órgão Público.
independentemente do tipo de regime • A utilização do evento S-1035 torna-se
previdenciário (RGPS ou RPPS). opcional para os órgãos públicos que
não possuam cargos estruturados em
As informações consolidadas nesta tabela carreiras.
serão referenciadas nos eventos S-2100 e
S-2200

IMPORTANTE:

As carreiras públicas informadas neste


evento não implicam reconhecimento e
validação dos:

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 14


EVENTOS DE TABELAS

S-1040 S-1060
TABELA DE FUNÇÕES/ TABELA DE AMBIENTES
CARGOS EM COMISSÃO DE TRABALHO

São as informações de identificação da As informações consolidadas desta tabela Fatores de Risco, no qual cada empregado
função, apresentando código e período de são utilizadas para validação do evento de será vinculado ao(s) ambiente(s) da
validade do registro. Condições Ambientais do Trabalho. empresa em que exerce suas atividades.

As informações consolidadas desta tabela Devem ser informados na tabela apenas Estas informações serão utilizadas para
são utilizadas para validação de outros os ambientes de trabalho que possuem elaboração do Perfil Profissiográfico
eventos do eSocial (admissão, alteração exposição aos fatores de risco constantes Previdenciário – PPP do empregado.
contratual,etc.). na tabela 23:

– Tabela de Fatores de Riscos Ambientais.

Tais ambientes serão utilizados para


o preenchimento dos eventos S-2240
– Condições Ambientais de Trabalho –

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 15


EVENTOS DE TABELAS

S-1065 S-1070
TABELAS DE TABELA DE PROCESSOS
EQUIPAMENTOS DE ADMINISTRATIVOS/
PROTEÇÃO JUDICIAIS

Este é um novo evento de SST no eSocial, Evento utilizado para inclusão, alteração eventos do eSocial e influenciam na forma
no qual o empregador deverá criar uma e exclusão de registros na Tabela de e no cálculo dos tributos devidos e FGTS.
tabela com todos os equipamentos de Processos Administrativos/Judiciais do
proteção coletivos (EPCs) e individuais empregador/contribuinte, de entidade Não devem ser cadastrados neste evento
(EPIs). Assim, ele obriga a geração de um patronal com representação coletiva, os processos trabalhistas do empregado
código para cada equipamento. de trabalhador contra um dos órgãos contra o empregador.
governamentais envolvidos no projeto
O equipamento de proteção deve ser e que tenha influência no cálculo das
descrito em até 999 caracteres e, no contribuições, dos impostos ou do FGTS, e
caso de EPI, o CA precisa ser informado. de outras empresas, quando influenciem
Entre as informações exigidas estão: data no cumprimento das suas obrigações
de validade das informações, descrição principais e acessórias.
do EPC/EPI e número do Certificado de As informações consolidadas desta tabela
Aprovação do EPI. são utilizadas para validação de outros

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 16


EVENTOS DE TABELAS

S-1080
TABELA DE OPERADORES
PORTUÁRIOS

Evento utilizado pelo Órgão Gestor de 9.719 de 27 de novembro de 1998.


Mão de Obra – OGMO. As informações O evento Tabela de Operadores Portuários
consolidadas desta tabela são utilizadas deve ser enviado antes do evento S-2300.
para: Também é necessário o preenchimento
da Tabela de Lotações Tributárias S-1020,
• Apuração da contribuição incidente com os dados dos operadores portuários
sobre a remuneração de trabalhadores e dos titulares de uso privativo.
avulsos.
• Financiamento dos benefícios
relacionados ao grau de incapacidade
laborativa decorrente dos riscos
ambientais do trabalho.

Está obrigado a declarar este evento o


Órgão Gestor de Mão de Obra, nos termos
da Lei 12.815, de 05 de junho de 2013 e

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 17


EVENTOS NÃO PERIÓDICOS

Eventos não periódicos

Os eventos não periódicos são as • S-2210 - Comunicação de Acidente de emprego/estatutário (início).


informações resultantes da relação Trabalho. • S-2306 – Trabalhador sem vínculo
jurídica entre o trabalhador e o • S-2220 - Monitoramento da Saúde do de emprego/estatutário - alteração
empregador durante todo o período Trabalhador. contratual.
laboral. • S-2230 - Afastamento Temporário. • S-2399 – Trabalhador sem vínculo de
• S-2240 - Condições Ambientais do emprego/estatutário (término).
SÃO COMPOSTOS POR: Trabalho - Fatores de Risco. • S-2400 - Cadastro de Benefícios
• S-2190 - Admissão de Trabalhador - • S-2245 - Treinamentos e Previdenciários.
Registro Preliminar. Capacitações. • S-3000 – Exclusão de eventos.
• S-2200 – Admissão / Ingresso de • S-2250 – Aviso Prévio.
Trabalhador • S-2260 - Convocação para Trabalho
• S-2205 – Alterações de Dados Intermitente
Cadastrais do Trabalhador. • S-2298 – Reintegração.
• S-2206 – Alterações de Contrato de • S-2299 – Desligamento.
Trabalho. • S-2300 – Trabalhador sem vínculo de

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 18


EVENTOS NÃO PERIÓDICOS

S-2190
ADMISSÃO DE
TRABALHADOR –
REGISTRO PRELIMINAR

Este evento é opcional, a ser utilizado É imprescindível o envio posterior do


quando não for possível enviar todas as evento S-2200 – Admissão / Ingresso
informações do evento S-2200 – Admissão de Trabalhador para complementar as
/ Ingresso de Trabalhador até o final do informações da admissão e regularizar o
dia imediatamente anterior ao do início da registro do empregado.
respectiva prestação do serviço.

Para tanto, deve ser informado:

• CNPJ/CPF do empregador.
• CPF do trabalhador.
• Data de nascimento do trabalhador.
• Data de admissão do empregado.

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 19


EVENTOS NÃO PERIÓDICOS

S-2200 S-2205
MONITORAMENTO DA ALTERAÇÃO DE DADOS
SAÚDE DO TRABALHADOR CADASTRAIS DO
TRABALHADOR
Este evento registra a admissão do Este evento registra as alterações de o envio dos eventos mensais de folha
empregado. Trata-se do primeiro evento dados cadastrais do trabalhador, tais de pagamento da competência em que
relativo a um determinado vínculo – como: documentação pessoal, endereço, ocorreu a alteração cadastral, para evitar
excetuada a situação prevista para o escolaridade, estado civil, contato, etc. inconsistências entre o cadastro e a folha
evento S-2190 – Admissão de Trabalhador de pagamento.
- Registro Preliminar, registrando as Deve ser utilizado tanto para segurados
informações cadastrais e do contrato de empregados, quanto para outros Antecipa-se o vencimento para o dia
trabalho. Pode ocorrer também quando o trabalhadores sem vínculo de emprego útil imediatamente anterior, quando não
empregado é transferido de uma empresa cuja informação foi enviada originalmente houver expediente bancário.
do mesmo grupo econômico ou em através do evento específico de S-2300 -
decorrência de uma sucessão, fusão ou Trabalhador Sem Vínculo - Início.
incorporação.
Deve ser transmitido até o dia 07
A transmissão deve ser anterior ao início do mês subsequente ao do mês de
da atividade do trabalhador. referência informado no evento ou até

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 20


EVENTOS NÃO PERIÓDICOS

S-2206
ALTERAÇÃO DE CONTRATO
DE TRABALHO

Este evento registra as alterações Substitui a anotação da ficha de registro matrícula do empregado/servidor.
do contrato de trabalho, tais como: dos empregados.
remuneração e periodicidade de As alterações de ficha funcional/contrato
pagamento, duração do contrato, local, Este evento não deve ser utilizado de trabalho devem ser transmitidas
cargo ou função, jornada,etc. para corrigir informações enviadas antes do envio do próximo evento de
incorretamente no evento de admissão do remuneração deste empregado/servidor,
Quem está obrigado a informar: trabalhador. Neste caso, deve ser enviado reportando-se à data do fato ocorrido.
Todo empregador/órgão público em arquivo retificador do próprio evento de
relação ao vínculo do empregado/servidor, admissão.
ou a empresa de trabalho temporário em
relação ao trabalhador temporário, cujo O objetivo é realizar alteração contratual
contrato de trabalho/ficha funcional seja relativa a um determinado vínculo,
objeto de alteração. identificado pelo número do CPF e da

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 21


EVENTOS NÃO PERIÓDICOS

S-2210
COMUNICAÇÃO DE
ACIDENTE DE TRABALHO

Evento a ser utilizado para comunicar • Órgãos Públicos para servidores


acidente de trabalho envolvendo vinculados ao Regime Geral de Na falta de comunicação por parte da
empregado e/ou trabalhador avulso, Previdência Social -RGPS. empresa, podem formalizar a CAT, não
ainda que não haja afastamento de suas • No caso de servidores vinculados prevalecendo nestes casos o prazo de
atividades laborais. ao Regime Próprio de Previdência envio:
Social – RPPS, o envio da informação
Quem está obrigado a informar? é facultativo. • O próprio acidentado.
• O empregador. • Seus dependentes.
• A cooperativa. A comunicação do acidente de trabalho • A entidade sindical competente.
• O sindicato de trabalhadores avulsos deve ser comunicada até o 1º dia útil • O médico que o assistiu.
não portuários. seguinte ao da ocorrência e, em caso de • Qualquer autoridade pública.
• O órgão gestor de mão de obra. morte, de imediato.

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 22


EVENTOS NÃO PERIÓDICOS

S-2220
MONITORAMENTO DA
SAÚDE DO TRABALHADOR

O evento detalha as informações de um empregado deve ser enviado no Também devem ser informados os
relativas ao monitoramento da saúde mesmo prazo de envio do correspondente demais exames obrigatórios previstos na
do trabalhador, durante todo o vínculo evento S-2200. legislação e os complementares.
laboral com o empregador/contribuinte/
órgão público, por trabalhador, no curso Os demais exames médicos devem ser O exame de retorno ao trabalho do
do vínculo ou do estágio. enviados até o dia 07 do mês subsequente trabalhador ausente, por período igual ou
ao da realização do correspondente superior a 30 dias por motivo de doença
Também detalha os exames exame. ou acidente de natureza ocupacional ou
complementares aos quais o trabalhador não, também deve constar no evento de
foi submetido. Devem ser obrigatoriamente informados monitoramento da Saúde do Trabalhador.
neste evento os exames previstos nos
Qual é o prazo de envio? quadros I e II da NR –07 do MTE, de Os exames periódicos de trabalhadores
O evento contendo as informações acordo com o risco ao qual o trabalhador portadores de doenças crônicas devem
relativas ao exame médico admissional está exposto. constar neste evento.

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 23


EVENTOS NÃO PERIÓDICOS

S-2230 S-2240
AFASTAMENTO CONDIÇÕES AMBIENTAIS
TEMPORÁRIO DO TRABALHO – FATORES
DE RISCO
Evento utilizado para informar os É utilizado para registrar as condições
afastamentos temporários dos ambientais de trabalho do:
empregados, por qualquer dos motivos • Empregado/servidor.
elencados na tabela 18 – Motivos de • Estagiário.
Afastamento, bem como eventuais • Trabalhador avulso.
alterações e prorrogações. • Cooperado de cooperativa de trabalho.
Indica a prestação de serviços pelo
Caso o empregado possua mais de um trabalhador em ambientes descritos
vínculo empregatício, é necessário o envio no evento S-1060.
do evento para cada um dos vínculos.
Veja no Manual de Orientação do eSocial, Esta informação somente produzirá
mais informações importantes sobre o efeitos a partir da obrigatoriedade do
evento S-2230. eSocial, sendo que, para o período
anterior, serão utilizadas as informações
encaminhadas via GFIP.

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 24


EVENTOS NÃO PERIÓDICOS

S-2245
TREINAMENTOS E
CAPACITAÇÕES

Este evento tem o objetivo de registrar


as informações referentes aos planos,
programas e documentos previstos nas
NRs, além de solicitar as informações
dos treinamentos dos colaboradores
previstos nestes planos, conforme Tabela
29 – Treinamentos, capacitações e
exercícios simulados de SST e Tabela 30 –
Programas, planos e documentos de SST.

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 25


EVENTOS NÃO PERIÓDICOS

S-2250
AVISO PRÉVIO

Este evento tem como objetivo registrar a apenas quando houver o cumprimento do
comunicação e o possível cancelamento aviso prévio, devendo ser enviado em até
do aviso-prévio de iniciativa do 10 (dez) dias de sua comunicação.
empregador ou do empregado.
Este evento também deverá ser enviado
Aviso-prévio é o documento de para CANCELAR a comunicação do aviso
comunicação, antecipada e obrigatória, prévio quando a empresa, após comunicar
em que uma das partes contratantes o AVISO PRÉVIO, seja ele de iniciativa da
(empregador ou empregado) deseja empresa ou do trabalhador, necessite
rescindir, sem justa causa, o contrato de torná-lo se efeito.
trabalho vigente.

O empregador deverá enviar este evento


sempre que ocorrer a comunicação da
rescisão do contrato de trabalho, sem
justa causa. Este evento deve ser utilizado

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 26


EVENTOS NÃO PERIÓDICOS

S-2260
CONVOCAÇÃO
PARA TRABALHO
INTERMITENTE

Este evento tem como objetivo registrar deve conter as seguintes informações: a) se a jornada for uniforme pelo período
a convocação para prestação de serviços • identificação do trabalhador convocado e os dias de prestação de
do empregado com contrato de trabalho convocado. trabalho forem contínuos, o empregador
intermitente. • código da convocação (atribuído pelo deve informar a jornada no campo
empregador). {codHorContrat} indicando o código do
Visa, portanto, formalizar e informar • data do início e do fim da prestação do horário cadastrado previamente na Tabela
ao eSocial os termos pré-pactuados serviço intermitente. de Horários/Turnos de Trabalho - S-1050.
de cada convocação para prestação de • jornada de trabalho a ser cumprida;
serviços. Deve ser enviado antes do início • local da prestação dos serviços. b) se, para o período convocado, a jornada
da prestação de serviços para a qual o for variável e/ou os dias de trabalho
empregado está sendo convocado. A jornada deve ser informada da seguinte forem descontínuos, o empregador
forma: deve descrever a jornada no campo
A convocação para trabalho intermitente {dscJornada}.

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 27


EVENTOS NÃO PERIÓDICOS

S-2298
REINTEGRAÇÃO

São as informações de reintegração de A reintegração por determinação judicial


empregado previamente desligado da requer o número do processo judicial.
empresa.
Cada situação que gera a reintegração
A reintegração ao trabalho é o ato está citada no manual e requer ações
que restabelece o vínculo de emprego diferentes por parte do RH.
tornando sem efeito seu desligamento.
Destaca-se que um dos efeitos da
reintegração é o pagamento das
remunerações e outros direitos
do período compreendido entre o
desligamento e a reintegração.

Na reintegração deve ser adotada a


matrícula anteriormente cadastrada no
eSocial.

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 28


EVENTOS NÃO PERIÓDICOS

S-2299
DESLIGAMENTO

São as informações destinadas a registrar seguintes à data do desligamento, S-1200, S-1202, -S-1207, S-2299 e
o desligamento do trabalhador da desde que não ultrapasse a data S-2399.
empresa. É nesse evento que a empresa do envio do evento S-1200 para • S-2220 – Monitoramento de Saúde do
deve informar os valores das verbas o trabalhador a que se refere o Trabalhador.
rescisórias, individualizando por itens da desligamento. • S-2400 – Cadastro de Benefício
remuneração do trabalhador que, por sua Previdenciário RPPS.
vez, devem estar de acordo com a Tabela Eventos que podem ocorrer após o
de Rubricas cadastrada pela empresa. Desligamento: Tratando-se de aviso-prévio misto,
parte trabalhada e parte indenizada, o
IMPORTANTE: • S-2298 – Reintegração. empregador deve:
Qual é o prazo para enviar este evento? • S-1200 – Remuneração, decorrentes • Enviar o evento S-2250, com a
As informações de desligamento devem de acordo, convenção ou sentença indicação da quantidade de dias a ser
ser enviadas até o 1º dia útil seguinte à normativa. trabalhada e a data prevista para a
data do desligamento, no caso de: • S-1200 – Remuneração, quando rescisão.
• Aviso-prévio trabalhado. decorrente de PLR. • Incluir no evento S-2299 o valor
• Término de contrato por prazo • S-1210 – Pagamentos de Rendimentos do aviso-prévio indenizado,
determinado. do Trabalho, quando decorrentes de correspondente aos dias indenizados.
Para os demais casos, até 10 dias remuneração informada nos eventos

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 29


EVENTOS NÃO PERIÓDICOS

S-2300
TRABALHADOR SEM
VÍNCULO DE EMPREGO/
ESTATUTÁRIO (INÍCIO)

Este evento é utilizado para prestar • Diretores não empregados. deve ser igual ou posterior a 02/06/1981.
informações cadastrais relativas a • Titular de firma individual (e os As informações referentes ao estagiário
trabalhadores que não possuem vínculo demais dispostos no inciso 5 do Artigo dizem respeito à natureza do estágio e
de emprego/estatutário com a empresa/ 11 da Lei n° 8.213/1991). ao nível escolar cursado no período do
órgão público. • Cooperados estágio e devem ser prestadas mesmo
• Servidores públicos indicados para que não seja remunerado.
Quem deve ser informado: Conselho ou Órgão Administrativo.
• Trabalhadores avulsos portuários e • Membros de conselho tutelar. O estágio tem natureza obrigatória
não portuários. • Trabalhadores cedidos.. quando a carga horária é requisito para
• Dirigentes sindicais. aprovação e obtenção de diploma.
• Estagiários. IMPORTANTE:
• Médicos residentes. Diretor não empregado no campo Optante
• Bolsistas da Lei 8.958/94. do FGTS: observar que a data de opção

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 30


EVENTOS NÃO PERIÓDICOS

S-2306
TRABALHADOR SEM
VÍNCULO DE EMPREGO/
ESTATUTÁRIO -
ALTERAÇÃO CONTRATUAL

São as informações utilizadas para Sempre que o arquivo for de retificação,


a atualização dos dados contratuais deve ser informado o número do recibo do
relativos aos trabalhadores que não arquivo a ser retificado e informações de
possuem vínculo de emprego/estatutário identificação do trabalhador sem vínculo
com a empresa/órgão público. (CPF e NIS, exceto estagiário).

IMPORTANTE:
As alterações nos dados pessoais do
trabalhador devem ser feitas através do
evento S-2205.

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 31


EVENTOS NÃO PERIÓDICOS

S-2399
S-3000
TRABALHADOR SEM
EXCLUSÃO DE EVENTO
VÍNCULO DE EMPREGO -
TÉRMINO
O eSocial é uma Evento utilizado para tornar sem efeito
São as informações utilizadas para o um evento enviado indevidamente. Deve
encerramento de contrato/prestação de nova obrigação da estar incluído entre as faixas S-1200 a
serviço/ cessão/ exercício do cargo em Folha de Pagamento S-2400.
comissão ou função com o trabalhador A regra de exclusão não se aplica para os
sem vínculo de emprego/estatutário. e, cada evento, deve eventos S-1298 e S-1299.
ser cumprido para
Neste evento são informadas as verbas A exclusão implica perda dos efeitos
rescisórias referentes ao término de não gerar multas! jurídicos relativos ao cumprimento da
contrato do TSV-Trabalhador sem Vínculo. obrigação de prestar informações ao
É obrigatório para as categorias código eSocial, dentro dos prazos estabelecidos.
721 –Diretor não Empregado com FGTS e
código 771 – Membro de Conselho Tutelar. Não é possível excluir nenhum dos
eventos periódicos relativos ao período de
Para os casos citados acima, as verbas apuração fechado (para o qual já exista
rescisórias devem ser informadas neste evento S-1299 e antes do envio do evento
evento e não no evento S-1200. de reabertura respectivo S-1298).

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 32


EVENTOS NÃO PERIÓDICOS

S-2400
CADASTRO DE
BENEFÍCIOS
PREVIDENCIÁRIOS

São as informações relativas ao cadastro IMPORTANTE:


dos benefícios previdenciários pagos Os órgãos públicos, responsáveis pelo
pelos entes federativos, diretamente pagamento de benefícios previdenciários,
ou por seus Regimes Próprios de deverão utilizar esse evento para
Previdência Social – RPPS, bem como o carregamento inicial da base de
as complementações de benefícios do benefícios previdenciários.
Regime Geral de Previdência Social -
RGPS.

Quem está obrigado: Todos os Órgãos


Públicos que efetuam pagamento de
benefícios previdenciários.

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 33


EVENTOS PERIÓDICOS

Eventos periódicos
Os eventos periódicos são os necessários • S-1260 - Comercialização da Produção
para compor a folha de pagamento digital, Rural Pessoa Física.
suas contribuições e outras informações • S-1270 - Contratação de
previdenciárias ou fiscais. Trabalhadores Avulsos Não
Portuários.
São compostos por: • S-1280 - Informações
• S-1200 – Remuneração do trabalhador Complementares aos Eventos
vinculado ao Regime Geral de Periódicos.
Previdência Social. • S-1295 - Solicitação de Totalização
• S-1202 – Remuneração de servidor para Pagamentos e Contingência
vinculado ao Regime Próprio de • S-1298 - Reabertura dos Eventos
Previdência Social. Periódicos.
• S-1207 – Benefícios previdenciários • S-1299 - Fechamento dos Eventos
RPPS. Periódicos.
• S-1210 - Pagamentos de Rendimentos • S-1300 - Contribuição Sindical
do Trabalho. Patronal
• S-1250 - Aquisição de Produção Rural.

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 34


EVENTOS PERIÓDICOS

S-1200
REMUNERAÇÃO
DO TRABALHADOR
VINCULADO AO REGIME
GERAL DE PREVIDÊNCIA
SOCIAL

São as informações da remuneração de pagamento (contracheque/holerites) Dissídio/Conversão de Licença Saúde


cada trabalhador no mês de referência. emitido no mês. em Acidente de Trabalho), deverão ser
Este evento deve ser utilizado para todos • A empresa deve atribuir um número lançadas informações relativas a períodos
os trabalhadores filiados ao RGPS a para cada demonstrativo em que ela anteriores na competência em que
serviço do empregador/contribuinte/ estiver informando a remuneração do ocorrerem.
órgão público, constantes na Tabela 1 – trabalhador.
Categorias de Trabalhadores. • Em cada demonstrativo do evento Para múltiplos vínculos devem ser
S-1200, a remuneração é discriminada informados o CNPJ do(s) outro(s)
Importante: por rubrica. empregador(es) e o valor da remuneração
No S-1200 podem ser informados: recebida na(s) outra(s) empresa(s) sobre
• Vários demonstrativos de pagamento. No caso de remuneração em períodos a qual houve desconto da contribuição do
• Informar cada demonstrativo de anteriores (Acordo/CCP/Convenção/ segurado.

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 35


EVENTOS PERIÓDICOS

S-1202
REMUNERAÇÃO DE
SERVIDOR VINCULADO
AO REGIME PRÓPRIO DE
PREVIDÊNCIA SOCIAL
São as informações da remuneração Pré-requisitos: o envio anterior dos emitido no mês.
de cada servidor/militar no mês de eventos S-2100, S-2200 e tabelas do • A empresa deve atribuir um número
referência. Este evento deve ser utilizado empregador/órgão público. para cada demonstrativo em que ela
para os servidores filiados ao RPPS estiver informando a remuneração do
pertencentes as categorias: Para cada Servidor deverá ser enviado trabalhador.
um único evento S-1202 no período de • Em cada demonstrativo do evento
• 301. apuração: S-1200, a remuneração é discriminada
• 303 (sub judice no STF para • Se, por exemplo, um servidor tiver 2 por rubrica.
parlamentares estaduais). cargos efetivos com o mesmo órgão • O Órgão Público deve atribuir um
• 305 (desde que seja servidor e no mesmo período de apuração, número para cada demonstrativo
público efetivo oriundo de ente que será enviado um único evento de em que ele estiver informando a
possua RPPS). Militar na Tabela 1 – remuneração para este servidor. remuneração do Servidor.
Categorias de Trabalhadores. • Deve informar cada demonstrativo de
pagamento (contracheque/holerites)

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 36


EVENTOS PERIÓDICOS

S-1207
BENEFÍCIOS
PREVIDENCIÁRIOS RPPS

São as informações referentes ao Na elaboração da Tabela de Rubricas,


pagamento das aposentadorias, pensões o Órgão Público deverá contemplar a
e demais benefícios dos segurados no situação do pagamento de benefício com
mês de referência. indicativo de isenção de IRRF.

Quem está obrigado: Todos os órgãos As complementações de benefícios, pagas


públicos que efetuam pagamento de pelos Órgãos Públicos decorrentes de
benefícios previdenciários no mês benefícios previdenciários concedidos no
de referência, inclusive os que não âmbito do RGPS (códigos 43 e/ou 44 da
mantenham mais RPPS. tabela 25), deverão ser informadas.

Importante:
Pré-requisito: o envio anterior do evento
S-2400.
Todo pagamento informado neste evento
deverá constar no S-1210.

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 37


EVENTOS PERIÓDICOS

S-1210
PAGAMENTOS DE
RENDIMENTOS DO
TRABALHADOR

São as informações prestadas relativas • Benefícios do RPPS.


aos pagamentos referentes aos: • Pré-requisitos para envio dos eventos:
• Rendimentos do trabalho com ou sem • S-1000.
vínculo. • S-1200 ou S-1202.
• Pagamento de PLR objeto de • S-2299 ou S-2399
negociação entre a empresa e seus
empregados. Veja no Manual de Orientação do eSocial,
• Aplica-se também aos benefícios mais informações importantes sobre o
pagos por RPPS. evento S-1210.

Está obrigado o empregador/contribuinte/


órgão público que pagou para
trabalhadores:
• Remuneração.
• Rendimento ou PLR.

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 38


EVENTOS PERIÓDICOS

S-1250 S-1260 S-1270


AQUISIÇÃO DE COMERCIALIZAÇÃO CONTRATAÇÃO DE
PRODUÇÃO RURAL DE PRODUÇÃO RURAL TRABALHADORES AVULSOS
PESSOA FÍSICA NÃO PORTUÁRIOS
São as informações relativas à aquisição São as informações relativas à São informações prestadas
de produção rural de origem animal ou comercialização da produção rural exclusivamente pelos tomadores de
vegetal decorrente de responsabilidade prestadas pelo produtor rural pessoa serviços de trabalhadores avulsos não
tributária por substituição a que se física e pelo segurado especial. portuários.
submete, em decorrência da lei, a As empresas tomadoras de serviços
pessoa física (o intermediário), a deverão informar:
empresa adquirente, consumidora ou • A remuneração recebida.
consignatária, ou a cooperativa. • 13º salário proporcional.
• As contribuições descontadas dos
trabalhadores avulsos não portuários.
Os sindicatos informarão a folha de
pagamento dos empregados para
alocação individualizada dos valores
para o fundo de garantia e previdência
social no evento S-1200.

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 39


EVENTOS PERIÓDICOS

S-1295 S-1298
SOLICITAÇÃO DE REABERTURA DOS
TOTALIZAÇÃO PARA EVENTOS PERIÓDICOS
PAGAMENTO EM
CONTINGÊNCIA
Evento destinado a solicitar a totalização Utilizado para reabrir movimento de um • S-1200 - Remuneração de Trabalhador
das Contribuições Sociais e do Imposto período já encerrado, possibilitando o vinculado ao RGPS.
de Renda, com base nas informações envio de retificações ou novos eventos • S-1202 - Remuneração de servidor
transmitidas para o ambiente periódicos. Não pode ser retificado nem vinculado a RPPS.
nacional, quando houver insucesso excluído. Caso existam informações • S-1207 - Benefícios Previdenciários
no encerramento normal dos eventos incorretas, o empregador/contribuinte/ –RPPS
periódicos (realizado pelo envio do evento órgão público deve fechar o movimento e • Ou mesmo retificar informações
S – 1299). enviar outro evento de reabertura. enviadas pelos eventos periódicos
S-1210 a S-1280.
Entre os dias 01 e 20 do mês subsequente É utilizado para reabrir um movimento
ao da apuração mensal e do mês de que necessita ser retificado após o envio
dezembro no caso da apuração anual do S-1299, para o período de apuração em
(Décimo-Terceiro). questão, serve para retificar os seguintes
eventos:

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 40


EVENTOS PERIÓDICOS

S-1299
FECHAMENTO DOS
EVENTOS PERIÓDICOS

É o encerramento da transmissão Havendo fatos geradores na competência,


dos eventos periódicos no período o envio é no respectivo evento (S–1200 a
de apuração. Neste momento são S-1280).
consolidadas todas as informações
prestadas nos eventos S-1200 a S-1280. Não é permitida a retificação e exclusão
deste evento.
A aceitação deste evento possibilita a
integração com a respectiva DCTF.
Neste momento, o contribuinte pode
gerar as guias de recolhimento.

O eSocial não apurará as contribuições


previdenciárias devidas aos RPPS para
fins de constituição de crédito e geração
de guias de recolhimento.

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 41


EVENTOS PERIÓDICOS

S-1300
CONTRIBUIÇÃO SINDICAL
PATRONAL
Este evento registra o valor a ser pago A identificação das entidades sindicais
relativo às contribuições sindicais e a beneficiárias da contribuição a ser
identificação dos sindicatos para os quais recolhida é feita mediante a informação
o empregador/contribuinte/órgão público dos CNPJ respectivos.
efetuará as respectivas contribuições.
Não havendo entidade sindical patronal
A contribuição a sindicato patronal beneficiária da contribuição sindical
prevista nos arts. 579 e 580 da CLT e prevista nos arts. 579 e 580 da CLT,
no Decreto-lei nº 1.166, de 15 de abril deverá ser informado CNPJ relativo ao
de 1971, é obrigatória e será objeto de órgão responsável pela administração da
informação. Conta Especial Emprego e Salário.

Informações que são facultativas:


• Mensalidade sindical.
• Contribuições assistenciais.
• Contribuições confederativas.

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 42


CONHECIMENTO

Você precisa saber!


Algumas dúvidas sobre o eSocial são
comuns. Por isso, listamos as mais
recorrentes para que você possa
ter o embasamento inicial para a
implementação do eSocial na sua
empresa.

Quer ver como grandes empresas, como


a farmacêutica Kley Hertz se adequaram
ao eSocial e potencializaram o RH a partir
de uma escolha bem sucedida? Assista
ao vídeo.

A seguir, confira as perguntas e


respostas mais comuns sobre o eSocial
que você precisa saber!

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 43


CONHECIMENTO

#01. #02.
QUAL É O CANAL OFICIAL EXISTE UM LAYOUT COM
DE INFORMAÇÕES SOBRE AS INFORMAÇÕES QUE
O ESOCIAL? DEVEM SER ENVIADAS AO
ESOCIAL?

O governo federal lançou em maio/2013 o Sim,e esse layout contém a especificação


Portal do eSocial, link http://www.esocial. técnica do que deve ser enviado sendo
gov.br Neste canal de comunicação são disponibilizado no site do eSocial, através
disponibilizadas informações gerais do link
como: http://www.esocial.gov.br/Leiautes.aspx

• Legislação. Deve-se acompanhar possíveis alterações


• Perguntas Frequentes. nesse layout.
• Notícias.
• Leiaute do eSocial – Manual de
Orientação do eSocial.

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 44


CONHECIMENTO

#03.
QUAL A LEI QUE
REGULAMENTA O
ESOCIAL?
O que regulamenta o eSocial é o decreto 2007 - Institui o Sistema Público de redação do parágrafo único do art. 7º da
nº 8.373. Tem como base as seguintes Escrituração Digital – Sped -Alterado pelo Constituição Federal para estabelecer a
emendas, leis e decretos: Decreto nº 7.979, de 8 de abril de 2013. igualdade de direitos trabalhistas entre
os trabalhadores domésticos e os demais
Resolução nº2 de 30 de novembro de 2017 Leiaute e tabelas: Resolução nº 12, trabalhadores urbanos e rurais.
- altera o cronograma das informações a de 18 de dezembro de 2017 (DOU de
serem enviadas para o eSocial. 18/12/2017). LEI Nº 5.859, DE 11 DE DEZEMBRO
DE 1972 - Dispõe sobre a profissão de
Decreto nº 8.373, de 11 de dezembro de Decreto nº 7.979, de 8 de abril de 2013 - empregado doméstico e oferece outras
2014 –Institui o Sistema de Escrituração Altera Decreto nº 6.022, de 22 de janeiro providências.
Digital das Obrigações Fiscais, de 2007, que instituiu o Sistema Público
Previdenciárias e Trabalhistas - eSocial e de Escrituração Digital – Sped.: LEI Nº 8.036, DE 11 DE MAIO DE 1990
dá outras providências. - Dispõe sobre o Fundo de Garantia
EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 72, do Tempo de Serviço e oferece outras
Decreto nº 6.022, de 22 de janeiro de DE 2 DE ABRIL DE 2013 - Altera a providências.

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 45


CONHECIMENTO

DECRETO-LEI N.º 5.452, DE 1º DE MAIO fiscalização, arrecadação e administração


DE 1943 - Aprova a Consolidação das Leis do Imposto sobre a Renda e Proventos de
do Trabalho. Qualquer Natureza.

LEI Nº 8.212, DE 24 DE JULHO DE INSTRUÇÃO NORMATIVA RFB Nº 971,


1991 - Dispõe sobre a organização da DE 13 DE NOVEMBRO DE 2009 - DOU
Seguridade Social, institui Plano de DE 17/11/2009 - Dispõe sobre normas
Custeio e oferece outras providências. gerais de tributação previdenciária e de
arrecadação das contribuições sociais
LEI Nº 8.213, DE 24 DE JULHO DE 1991 destinadas à Previdência Social e as
- Dispõe sobre os Planos de Benefícios destinadas a outras entidades ou fundos,
da Previdência Social e oferece outras administradas pela Secretaria da Receita
providências. Federal do Brasil (RFB).

DECRETO No 3.048, DE 6 DE MAIO Mais informações, acesse:


DE 1999 - Aprova o Regulamento da
Previdência Social e oferece outras https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/
providências. decreto/D3000.htm

DECRETO Nº 3.000, DE 26 DE MARÇO http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/


DE 1999 - Regulamenta a tributação, l8036consol.htm

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 46


CONHECIMENTO

#04.
COMO SERÁ A ENTREGA
DO ESOCIAL?

Está em desenvolvimento pela Receita deverão possuir serviços web de conexão


Federal do Brasil, um módulo completo webservice.
do eSocial. Neste, as empresas deverão
transmitir suas informações através Em resumo, o empregador poderá
de arquivos gerados em seus sistemas enviar os dados via conexão webservice.
de informática, utilizando layouts Após a verificação da integridade das
padronizados. informações, a Receita Federal do Brasil
vai emitir um protocolo de recebimento e
Haverá, então, integração direta entre o o enviará ao empregador.
sistema informatizado do empregador
e o ambiente nacional do eSocial As informações ficarão disponíveis para
para a transmissão dos arquivos, sem os entes após a sua transmissão ao
necessidade de preenchimento de telas Ambiente Nacional do eSocial.
na internet ou de programas geradores
de escrituração ou declaração. Para Veja na página a seguir uma ilustração
utilização dessa opção, as empresas deste modelo operacional:

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 47


CONHECIMENTO

Fonte: Portal eSocial


GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 48
CONHECIMENTO

#05. #06.
QUAL SERÁ A SEQUÊNCIA QUAIS SÃO AS
LÓGICA DA TRANSMISSÃO PRINCIPAIS NOVIDADES
DE ARQUIVOS? NA TRANSMISSÃO DO
ESOCIAL?
A transmissão dos arquivos do eSocial As principais novidades na transmissão em condições insalubres e/ou
deverá ser feita seguindo uma sequência do eSocial são: perigosas e avisos prévios de rescisão.
lógica, obedecendo a seguinte ordem: • O detalhamento mais minucioso das • A transmissão das informações
informações que já eram solicitadas mensais de trabalhador sem vínculos
1. Eventos Tabelas. anteriormente nas declarações atuais. empregatícios como, por exemplo, o
2. Eventos Iniciais. • Os prazos de transmissão serão estagiário.
3. Eventos Não Periódicos. menores que os mensais. Como os • As informações de todos os processos
4. Eventos Periódicos. eventos de admissão que deverão administrativos e judiciais.
ser antes do início da atividade do • Todos os dados dos tomadores de
contrato. serviços.
• A transmissão das informações de:
atestados de saúde ocupacional,
estabilidades, prestação de serviços

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 49


CONHECIMENTO

#07.
PARA A TRANSMISSÃO DE
ARQUIVOS AO ESOCIAL
É OBRIGATÓRIO O
CERTIFICADO DIGITAL?

Será obrigatório o uso de certificado as procurações emitidas pela CAIXA


digital ICP-Brasil: A1 ou A3 (PF e PJ). por meio da Conectividade Social e pela
As seguintes empresas poderão utilizar Receita Federal.
código de acesso:
• Empresas optantes pelo Simples Será ainda permitido ao outorgante
Nacional, pequeno produtor rural e CI repassar os poderes para transmissão de
equiparado à empresa, todos com até eventos do eSocial para um CNPJ ou CPF.
3 empregados. Deste modo, o outorgado poderá enviar
• MEI. todos os eventos do eSocial.
• Empregador doméstico.

O serviço de procuração eletrônica está


em fase final de definição. Serão aceitas

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 50


CONHECIMENTO

#08.
AS INFORMAÇÕES DOS ARQUIVOS TRANSMITIDOS
SERÃO VALIDADAS NO AMBIENTE NACIONAL DO
ESOCIAL?

Sim. Inclusive, as informações dos anteriormente o evento de admissão. de trabalhadores também serão objeto
Eventos Trabalhistas alimentarão uma de informações que alimentarão o
base de dados denominada RET – Outro exemplo, um evento de afastamento RET, como os: trabalhadores avulsos,
Registro de Eventos Trabalhistas. temporário somente será aceito se o dirigentes sindicais e algumas categorias
empregado já não estiver afastado. de contribuintes individuais como
Todos os arquivos de eventos, ao serem diretores não empregados e cooperados.
transmitidos, passarão por validação O RET também será utilizado para
e somente serão aceitos se estiverem validação da folha de pagamento, que
consistentes com o RET. só será aceita se todos os trabalhadores
constantes no RET como ativos constarem
Por exemplo, um evento de desligamento na mesma.
de empregado só será aceito se para
aquele empregado tiver sido enviado Além dos empregados, outras categorias

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 51


CONHECIMENTO

#09.
QUAL O PRAZO PARA
TRANSMISSÃO DOS
ARQUIVOS DE EVENTOS
NÃO PERIÓDICOS?
A definição dos prazos de envio dos Alteração de Contrato de Trabalho - de morte, de imediato.
eventos não periódicos respeita deve ser transmitido até o dia 07 (sete)
regras que asseguram os direitos dos do mês subsequente ao da competência Aviso Prévio - deve ser enviado em até
trabalhadores. informada no evento ou até o envio 10 (dez) dias de sua comunicação.
dos eventos mensais de folha de
Os eventos não periódicos sem prazo pagamento da competência em que Desligamentos - devem ser enviadas
diferenciado devem ser enviados, quando ocorreu a alteração contratual, para até o 1º dia útil seguinte à data do
ocorrerem, porém antes dos eventos evitar inconsistências entre o contrato desligamento, no caso de aviso
mensais da folha de pagamento. de trabalho e a folha de pagamento. prévio trabalhado ou do término de
Antecipa-se o vencimento para o dia contrato por prazo determinado. Para
EXEMPLOS: útil imediatamente anterior quando não os demais casos, até 10 (dez) dias
Admissão do Trabalhador - deve ser houver expediente bancário. seguintes à data do desligamento,
enviado até o final do dia imediatamente desde que não ultrapasse a data do
anterior ao do início da prestação do Comunicação do acidente de trabalho - envio do evento S-1200 -Remuneração,
serviço pelo trabalhador admitido. deve ser comunicada até o primeiro dia para o trabalhador a que se refere o
útil seguinte ao da ocorrência e, em caso desligamento.

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 52


CONHECIMENTO

#10. #11. #12.


QUAL O PRAZO PARA AS EMPRESAS SEM O SISTEMA DO ESOCIAL
TRANSMISSÃO DOS MOVIMENTO DEVERÃO CORRE O RISCO DE FICAR
ARQUIVOS DE EVENTOS TRANSMITIR O ESOCIAL? SOBRECARREGADO NO
PERIÓDICOS? DIA DO ENVIO DA FOLHA?
A folha de pagamento e outras Sim. Neste caso, a empresa deverá enviar Segundo previsão da Receita Federal,
informações previdenciárias, trabalhistas o evento S-1299 - “Fechamento dos todas as empresas brasileiras devem
e fiscais serão compostas de diversos Eventos Periódicos” com o indicador de gerar e enviar 200 milhões de arquivos
arquivos, cujo número vai variar de acordo “SEM MOVIMENTO”. por mês. A expectativa é que 50% deste
com o conteúdo a ser transmitido. volume mensal seja enviado perto do dia
de fechamento da folha de pagamento.
Os eventos periódicos devem ser
transmitidos até o dia 07 do mês seguinte, Para atender esta demanda estimada,
antecipando-se o vencimento para o dia a Receita Federal acredita que o
útil imediatamente anterior, em caso de sistema do eSocial estará preparado
não haver expediente bancário. tecnologicamente para receber este
volume de informações sem erro.

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 53


CONHECIMENTO

#13. #14.
COMO SERÁ A ENTREGA A UTILIZAÇÃO DO
DOS ARQUIVOS? CERTIFICADO DIGITAL NO
ESOCIAL SERÁ O MESMO
PADRÃO DA NF-E?
Não existirá um arquivo único em formato Sim, no padrão A-1 ou A-3.
texto da folha de pagamento. Logo, os
arquivos serão entregues no formato
XML.

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 54


CONHECIMENTO

#15.
QUAIS CONTRIBUINTES
PODERÃO ACESSAR
O ESOCIAL SEM
CERTIFICAÇÃO DIGITAL,
POR MEIO DE CÓDIGO DE
ACESSO?
As seguintes empresas poderão utilizar • Empregador doméstico - com até 7 Será ainda permitido ao outorgante
código de acesso: empregados. repassar os poderes para transmissão
• Pequeno Produtor Rural. de eventos do eSocial para um CNPJ ou
-Empresas optantes pelo Simples • Segurado especial. CPF. O outorgado, portanto, poderá enviar
Nacional, pequeno produtor rural e todos os eventos do eSocial.
contribuinte individual equiparado à O serviço de procuração eletrônica está
empresa, todos com até 3 empregados. em fase final de definição. Serão aceitas
as procurações emitidas pela CAIXA
• Micro Empreendedor Individual - MEI. por meio da Conectividade Social e pela
• Contribuinte individual equiparado à Receita Federal.
empresa.

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 55


#16.
COMO SERÁ O CANAL
DE COMUNICAÇÃO
ENTRE O ESOCIAL E OS
USUÁRIOS QUANTO AO
ENVIO, RECEPÇÃO E
CONSULTA DOS ARQUIVOS
TRANSMITIDOS?

Não haverá banco de dados com


informações completas dos arquivos.
Haverá apenas informações para
referência aos arquivos, que ficarão à
disposição do usuário para captura pelo
prazo de 30 anos.

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 56


Por onde começar?
E, então, conseguiu entender a
complexidade do eSocial? Ele é mais
uma obrigação que toda empresa,
independentemente do porte ou
segmento deverá cumprir. Aliás, cada
evento, além de prazos, pode causar
multas em casos de descumprimento.
Por isso, é fundamental conhecer muito
bem o eSocial.

A empresa farmacêutica Kley Hertz já


declara suas informações ao eSocial.
Quer entender como conseguiram se
adequar sem grandes impactos e como
está sendo essa fase? Assista ao vídeo!

GUIA BÁSICO PARA ENTENDER O ESOCIAL 57


A Metadados é uma empresa
especializada no fornecimento de
soluções tecnológicas e serviços de apoio
à gestão de recursos humanos para
empresas.

Há 32 anos, oferece soluções em:


• Administração de Pessoal
• Gestão de Pessoas
• Saúde e Segurança do Trabalho
• eSocial

Atende empresas de qualquer porte e em


qualquer segmento, contribuindo para a
excelência no desempenho das diferentes
tarefas dentro de uma organização.

www.metadados.com.br