Você está na página 1de 5

CENTRO TERRITORIAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL RECÔNCAVO II

ALBERTO TORRES

LUCIANO CUNHA MOREIRA


ROBSON LUIS DA ROCHA PINTO

ENTENDIMENTO SOBRE OS TEMAS: GERÊNCIA DA MEMÓRIA


PRINCIPAL, GERENCIAMENTO DE ARQUIVOS, GERENCIAMENTO
DE PROCESSOS E GERENCIAMENTO DE ARQUIVOS DE ENTRADA
E SAIDA

Cruz das Almas , BA


2019
LUCIANO CUNHA MOREIRA
ROBSON LUIS DA ROCHA PINTO

ENTENDIMENTO SOBRE OS TEMAS: GERÊNCIA DA MEMÓRIA


PRINCIPAL, GERENCIAMENTO DE ARQUIVOS, GERENCIAMENTO
DE PROCESSOS E GERENCIAMENTO DE ARQUIVOS DE ENTRADA
E SAIDA

Para Disciplina de Sistemas Operacionais (S.O),com intuito


De obter a nota do curso de Técnico de Informática
da Instituição Centro Territorial De Educação
Profissional Recôncavo II Alberto Torres.

Orientadora: Prof. Adriana Santos

Cruz das Almas , BA


2019
Gerência Da Memória Principal:
Existe dois tipos de memória principal, sendo uma memoria logica e outra física. A
física fica localizado dentro da maquina, no caso na parte dos Hardwares, sendo o
tamanho da memória física menor que a da logica. Já a logica é manipulada pelos
softwares(programas no caso),ou seja quando um programa precisa guardar algo na
memoria ele guarda na logica, depois ele traduz o endereçamento que foi jogada
para a logica para poder ir pra física através do MMU(Gerenciamento de
Memória).Programas e dados ficam na memória principal antes que o Sistema possa
executa-las.
A função de gerenciar uma Memória é do S.O. A gerencia da memória virtual é
quando a memoria principal se junta com a secundária fazendo uma ilusão de que
ah muito mais memória do que realmente tem na memória física, fazendo os
programas e os dados dos programas não ficar limitado ao tamanho real da
memória física através do endereçamento para a memória secundaria.
Uma maquina que possui memória principal de 3GB de ram, ele não vem
exatamente os 3GB livre pois os Softwares do Sistema vem consumindo uma
determinada parte dessa memória, na maioria das vezes os softwares do sistema
vem consumindo em torno de 1.2 a 1.5 de memoria ram,depende muito do S.O que
está na maquina!

Gerenciamento De Arquivos:
Arquivos são mecanismo de abstração(é virtual), pois provêm uma forma de
armazenar informação em disco, para usá-lo depois, de tal maneira a esconder do
usuário os detalhes sobre de como e onde a informação foi armazenada e como o
disco funciona. Quando arquivo é aberto, o S.O usa o nome do caminho para
localizar a sua entrada no sistema de diretórios.
O Gerenciamento de arquivos pode fazer download e Upload de arquivos de sites,
pode renomear, mover, enviar, excluir e até mesmo criar pastas e arquivos, também
administra sites com o HTML. O gerenciamento de Arquivos é feito por
Softwares(Programas),ou seja o Gerenciamento de arquivos é feito virtualmente e
pode fazer por conexão via FPT. Como o nome já diz ele gerência , manipula os
arquivos pra fazer determinadas coisas como dito acima. Pode ser um
gerenciamento de um apk de um arquivo.exe ou até mesmo documentos. Regras
para dar nomes aos arquivos variam de um S.O para o outro, mais todos aceitam de
1 a 8 letras, alguns S.O distinguem entre letras maiúscula e minúscula, ou adicionar
atributos(@,&,! e outros) diferente.

Gerenciamento de processos
Um processo pode ser entendido como um programa que esta em execução.
Cada processo criado pelo sistema recebe uma identificação única, chamada
PID , que é representada por um número.
O processador é projetado apenas para executar instruções, não se
importando com qual programa esteja em execução ou qual o seu conteúdo.
O sistema operacional por sua vez, é o responsável por gerenciar qual
programa esta em execução e é, também, o responsável por controlar o uso
concorrente do processador.
A gerência de processos é uma das principais funções do sistema
operacional. Através dos processos, um programa pode mover recursos,
compartilhar dados, trocar informações, etc. Nos sistemas multiprogramáveis, os
processos são executados ao mesmo tempo, compartilhando o uso do
processador, da memória principal e os dispositivos de Entrada/Saída. Nos
sistemas com múltiplos processadores ou com vários núcleos, além da
execução de processos concorrentemente ocorre também a execução
simultânea de processos nos diversos processadores do sistema.
Cada processo possui seu próprio espaço de endereçamento, que deve ser
devidamente protegido dos demais processos.
Quando um processo esta em execução, o seu contexto de hardware está
armazenado nos registradores da CPU.
O processador executa o programa do usuário em um determinado intervalo
de tempo e, no instante seguinte, poderá executar outro programa, de outro
usuário. Um processo também pode ser definido como o ambiente onde o
programa é executado. Este ambiente, além das informações pertinentes a
execução do programa, possui também informações relativas aos recursos que
o programa pode utilizar como espaço de endereçamento, uso do
processador, área em disco, etc. Se um programa necessitar utilizar uma área
em disco superior ao seu limite estipulado, o sistema operacional interrompe a
execução do programa por falta de recursos.

Gerenciamento de entrada e saída


O gerenciador E/S é responsável por receber pedidos de operações de E/S e
repassá-los aos drivers. Como também tem objetivo de facilitar ao usuário o
acesso aos dispositivos, sem que ele tenha que se preocupar com detalhes de
funcionamento do hardware dos diversos dispositivos. Essa tarefa é bastante
complexa, devido ao grande número de dispositivos e as diferenças
eletromecânicas entre eles.
Os dispositivos de entrada e saída também são utilizados para permitir a
comunicação entre o sistema computacional e o mundo externo. Os
dispositivos de E/S podem ser classificados como de entrada de dados, como
CDROM, DVD, teclado e mouse, ou de saída de dados, como impressoras e
monitores. Também é possível que um dispositivo realize tanto entrada como
saída de dados, como placas de som, de rede, HDs, monitor touchscreen.
A transferência de dados pode ocorrer através de blocos de informação ou
caracteres, por meio de controladores dos dispositivos. Em função da forma
com que os dados são armazenados
O driver está integrado diretamente às funções do controlador, sendo o
componente do sistema que reconhece as características particulares do
funcionamento de cada dispositivo de E/S,
Os controladores são componentes de hardware responsáveis por manipular
diretamente os dispositivos de E/S. O sistema operacional, mais exatamente o
driver, comunica-se com os dispositivos através dos controladores. Ele deve
enviar comandos para os dispositivos, tratar erros, atender as interrupções e
fornecer uma interface simples e fácil de usar entre os dispositivos e o resto do
sistema. De maneira geral, gerenciar E/S é uma parte significativa do código do SO.