Você está na página 1de 3

INTRODUÇÃO A LOGÍSTICA

A globalização e o desenvolvimento dos produtos tornaram necessários novos


moldes logísticos. Clientes exigentes e mercado diversificado tornaram-se
necessário a otimização de custos. Economia, tecnologia, mercado e clientes
estão em constante transformação o que resultam em novos métodos que visão
reduzir custos e ampliação de mercado. A logística é a atividade essencial para
os avanços de mercado à medida que a simples existência de tecnologia, por
melhor que seja não significava que os produtos chegariam ao destino final na
mesma velocidade a que eram fabricados. Desta feita, a logística torna-se
atividade essencial na solução deste problema. Historicamente falando os
primeiros conceitos de logística partiram da segunda guerra mundial pelos
militares os anos se passaram e vários outros conceitos foram formulados.
Dentre as atividades chaves da logística as principais são: processamento de
pedido, gerenciamento de transporte, gestão de estoque, armazenagem,
movimentação dos materiais, embalagem, compras, planejamento da produção,
sistema de informação, transporte, gestão de estoques e gestão de centros de
distribuição. Uma das principais funções da logística é fazer com que os produtos
e serviços estejam disponíveis no local e no momento que a demanda ocorre os
objetivos são, fazer com que os transporte de materiais tenham o menor custo e
a maior segurança para atender as exigências.
GESTÃO DA CADEIA INTERNACIONAL DE SUPRIMENTOS
Com a globalização nos primeiros tempos após Segunda guerra Mundial, os
mercados altamente competitivos e rotativos o comercio funcionado a todo vapor
se faz necessário a entrega e o armazenamento dos produtos. Logo, com a
expansão do mercado surge a logística internacional; logística a arte de calcular.
A logística no começo do século estava envolvida com toda a questão do
armazenamento da mercadoria o transporte de forma segura e a forma de
pagamento. A busca pela velocidade na entrega e maior praticidade no
armazenamento, agilidade nas embalagens das mercadorias transportadas veio
a ideia do transporte em containers agora se torna mais fácil e pratico o
transporte das mercadorias internacionais. A satisfação do cliente agora está
atrelada ao custo e a velocidade da entrega, já que há o transporte aéreo,
aquático e ferroviário. Com todas as modificações e ajustes da logística agora
se defini a profissão logística na qual o profissional está voltado para os aspectos
físicos do transporte de mercadorias, do fornecedor para o consumidor. Essa
evolução da logística para Alfred Battagila, a função logística passou a incluir o
gerenciamento de matérias e a fabricação antes dos anos 1990. O que fica
evidente que a maioria dos profissionais de logística já se refere à sua profissão
como gerenciamento de cadeia de suprimentos no princípio de 2000, e todos o
fizeram em 2010. A logística internacional há suas especificações como o
ambiente já que se trata do ambiente estrangeiro, o transporte já que é uma
distância maior que a comum de se tratar e além dos riscos ao deslocamento
dessas viagens longas. Logo, a logística internacional é o processo de planejar,
implementar e controlar o fluxo e a armazenagem de mercadorias, serviços e
informações a elas relacionadas, do ponto de origem ao ponto de consumo,
localizado em outro pais.
A AMPLITUDE DA ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS
As administrações de materiais com as novas técnicas de manufatura implicaram
na adequação da política de estoques, motivo pela temos que entender os dez
mandamentos da boa administração segundo Marcelo Martinovich que seria: 1-
analise do mercado informações precisas sobre fornecedores e clientes, 2- perfil
público, identificar as necessidades dos consumidores, 3- compradores e
estoques, saber quando comprar e qual deve ser o seu estoque mínimo, 4-
custos e formação de preços, o preço ideal da venda do produto,5-fluxo de caixa,
movimentos de entrada e saída controle dos recursos,6-ponto de equilíbrio,
faturamento mínimo para pagamento das despesas,7-planejamento tributário, é
preciso saber quanto e quais impostos e tributos serão recolhidos ,8-estrtutura
comercial, estratégia de venda adotada pela empresa que defini a introdução do
produto no mercado,9-política de recursos humanos, divisão das atividades e
10-informatica, agilidade e dinamismo na empresa. A empresa também se faz
necessários dos recursos para realização das suas operações na qual elas
devem possuir pelo menos os recursos materiais, recursos financeiros, recursos
humanos, recursos mercadológicos e recursos administrativos para poder está
dentro de um mercado competitivo. Então o administrador de materiais ele deve
buscar os melhores resultados para o aumento da lucratividade e produtividade,
para isso ele tem os procedimentos na qual vai seguir como: o que deve ser
comprador, como deve ser comprado, quando deve ser comprado, onde deve
ser comprador, de quem deve ser comprado, por que o preço deve ser
comparado e em que quantidade deve ser comprador todas essas perguntas
para o maior controle e eficiência dos resultados. A amplitude da administração
de materiais segue um modelo seria incluir itens no estoque e pedidos de compra
na qual segue todo um processo para ser realizado passando por tais setores
como o cadastramento, gestão (equilíbrio entre estoque e consumo), compras,
recebimento( físico e contábil), almoxarifado e requisição de materiais.
HISTÓRICO E EVOLUÇÃO DA LOGÍSTICA – CONCEITOS ESSENCIAIS
O ajuste das empresas à realidade do consumidor é uma necessidade. O novo
padrão de consumo exige uma nova forma de administrar. Os padrões criados
ao longo dos anos estão sendo revistos, fato que gerou uma a necessidade de
quebrar paradigmas dando espaço à evolução, desconstruindo a longa
construção histórica, social e cultural. É interessante afirmar que a logística
sempre existiu, entretanto a sua evolução se deu de forma lenta. As formas de
administrar sofreram grandes evoluções, que foram diretamente impactadas
pelas mudanças ambientais rente as necessidades pretéritas e futuras. A
logística a partir da abordagem do Suppply Chain management- (SCM ou
Administração da Cadeia de suprimentos) é uma importante ferramenta para
suportar as vantagens mercadológicas decorrentes das pressões ambientais.
SCM possui várias concepções e o seu conceito e moderno e não é especifico
para atividades públicas e privadas. Trata-se da visão integradora de todos os
processos de gestão envolvendo todos os elos de uma cadeia produtiva. A
diferença entre logística “SCM” é que na logística é primariamente orientada aos
processos de uma só empresa e seus provedores logísticos, por outro lado o
SCM envolve o conjunto de processos e organizações desde a fonte primaria ate
o cliente final possuindo três objetivos que são: reduzir os custos, agregar valor
e obter vantagens estratégicas.