Você está na página 1de 3

DADOS:

1. A Empresa SOL, constituída há alguns anos, tem por objecto a prestação de serviços
de organização de eventos. O Balanço reportado a 31 de Dezembro do ano N-1 é o
seguinte (valores em unidades monetárias (u.m.)):

BALANÇO EM 31 DE DEZEMBRO DO ANO N-1


ACTIVO NÃO CORRENTE CAPITAL PRÓPRIO E PASSIVO
CAPITAL PRÓPRIO
Activos fixos tangíveis 40 000 Capital realizado 30 000
Depreciações acumuladas - 4 000 Resultados transitados 3 100
36 000 Resultado líquido do período - 300
Total do capital próprio 32 800
ACTIVO CORRENTE PASSIVO
Inventários 150 Fornecedores 300
Clientes 550 O. contas a pagar:
Caixa e depósitos bancários 800 Fornecedores de investimentos 3 600
1 500 Credores por acréscimos de gastos 800
Total do activo 37 500 Total do passivo 4 700
Total do capital próprio e passivo 37 500

2. Relativamente aos factos ocorridos no ano N são conhecidas as seguintes


informações:
2.1. Serviços prestados no ano N 19 000 u.m.
2.2. Valor a receber de clientes no final do ano N 1 600 u.m.
2.3. Gastos com o pessoal relativos ao ano N 7 000 u.m.
Neste montante estão incluídas 900 u.m. cujo pagamento, de acordo com as
normas em vigor, só deverá ocorrer no ano seguinte. Os gastos com pessoal
referentes ao ano N-1, cujo pagamento ocorreu no ano N, foram de 800 u.m.
2.4. Pagamento de despesas com serviços diversos 3 400 um.
Neste montante estão incluídos 120 u.m. de uma renda referente a Janeiro do
ano seguinte, paga em Dezembro deste ano.
2.5. Pagamento a fornecedores de investimentos de uma prestação de capital e
juros, relativa ao empréstimo de médio prazo em curso, no valor global de
1 222 u.m., assim discriminadas:
capital: 1 200 u.m.
juros: 22 u.m.
2.6. Aquisição de matérias no valor de 2 900 u.m. No final do ano estavam em
armazém matérias no valor de 160 u.m.
2.7. No final do ano as dívidas a fornecedores eram de 320 u.m.
2.8. Depreciação do activo fixo tangível à taxa média anual de 10%.
2.9. IRC à taxa de 25%.
2.10. Ao longo do ano N não foram efectuadas quaisquer distribuições a sócios.

PEDIDOS:
1. Elaboração das seguintes demonstrações financeiras:
Balanço reportado a 31 de Dezembro do ano N
Demonstração dos resultados por naturezas relativa ao ano N
Demonstração dos fluxos de caixa relativa ao ano N
2. Admitindo custos fixos totais de 11 470 u.m. e uma margem de contribuição de
70%, qual o volume de negócios que permitiria obter um resultado operacional
nulo? Calcule a margem de segurança.
1
BALANÇO EM 31 DE DEZEMBRO DO ANO N
ACTIVO NÃO CORRENTE CAPITAL PRÓPRIO E PASSIVO
CAPITAL PRÓPRIO
Activo fixo tangível Capital realizado
Depreciações acumuladas Resultados transitados
Resultado líquido do período
Total do capital próprio
ACTIVO CORRENTE PASSIVO
Inventários Fornecedores
Clientes Estado e outros entes públicos-IRC
Diferimentos – gastos a reconhecer O. contas a pagar:
Caixa e depósitos bancários Fornecedores de investimentos
Credores por acréscimos de gastos
Total do activo Total do passivo
Total do capital próprio e passivo

DEMONSTRAÇÃO DOS RESULTADOS DO ANO N


RENDIMENTOS E GASTOS
Prestações de serviços
Custo das mercadorias vendidas e das matérias consumidas
Fornecimentos e serviços externos
Gastos com o pessoal
Resultado antes de depreciações, gastos de financiamento e impostos (EBITDA)
Gastos de depreciação
Resultado operacional (antes de gastos de financiamento e impostos)
Juros e gastos similares suportados
Resultado antes de impostos
Imposto sobre rendimento do período
Resultado líquido do período

DEMOSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA DO ANO N


ACTIVIDADES OPERACIONAIS
Recebimentos de clientes
Pagamentos a fornecedores
Pagamentos ao pessoal
Outros recebimentos e pagamentos 0
Fluxo das actividades operacionais (1)
ACTIVIDADES DE INVESTIMENTO
Pagamentos respeitantes a activos fixos tangíveis 0
Fluxo das actividades de investimento (2) 0
ACTIVIDADES DE FINANCIAMENTO
Pagamentos respeitantes a:
Financiamentos obtidos
Juros e gastos similares
Fluxo das actividades de financiamento (3)
Variação de caixa e seus equivalentes (1) + (2) + (3)
Caixa e seus equivalentes no início do período
Caixa e seus equivalentes no fim do período

2
BALANÇO EM 31 DE DEZEMBRO DO ANO N
ACTIVO NÃO CORRENTE CAPITAL PRÓPRIO E PASSIVO
CAPITAL PRÓPRIO
Activo fixo tangível 40 000 Capital realizado 30 000
Depreciações acumuladas - 8 000 Resultados transitados 2 800
32 000 Resultado líquido do período 1 431
Total do capital próprio 34 231
ACTIVO CORRENTE PASSIVO
Inventários 160 Fornecedores 320
Clientes 1 600 Estado e outros entes públicos-IRC 377
Diferimentos – gastos a reconhecer 120 O. contas a pagar:
Caixa e depósitos bancários 4 348 Fornecedores de investimentos 2 400
6 228 Credores por acréscimos de gastos 900
Total do activo 38 228 Total do passivo 3 997
Total do capital próprio e passivo 38 228

DEMONSTRAÇÃO DOS RESULTADOS DO ANO N


RENDIMENTOS E GASTOS
Prestações de serviços 19 000
Custo das mercadorias vendidas e das matérias consumidas - 2 890 150+2900-160
Fornecimentos e serviços externos - 3 280 3400-120
Gastos com o pessoal -7 000
Resultado antes de depreciações, gastos de financiamento e impostos (EBITDA) 5 830
Gastos de depreciação - 4 000 0,1 x 40000
Resultado operacional (antes de gastos de financiamento e impostos) 1 830
Juros e gastos similares suportados - 22
Resultado antes de impostos 1 808
Imposto sobre rendimento do período - 377 0,25 x (1808-300)
Resultado líquido do período 1 431

DEMOSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA DO ANO N


ACTIVIDADES OPERACIONAIS
Recebimentos de clientes 17 950 550+19000-1600
Pagamentos a fornecedores - 6 280 300+3400+2900-320
Pagamentos ao pessoal - 6 900 7000+800-900
Outros recebimentos e pagamentos 0
Fluxo das actividades operacio\nais (1) 4 770
ACTIVIDADES DE INVESTIMENTO
Pagamentos respeitantes a activos fixos tangíveis 0
Fluxo das actividades de investimento (2) 0
ACTIVIDADES DE FINANCIAMENTO
Pagamentos respeitantes a:
Financiamentos obtidos - 1 200
Juros e gastos similares - 22
Fluxo das actividades de financiamento (3) - 1 222
Variação de caixa e seus equivalentes (1) + (2) + (3) 3 548 4770 - 1222
Caixa e seus equivalentes no início do período 800
Caixa e seus equivalentes no fim do período 4 348 3548 + 800

Ponto crítico: 11 470/0,7 = 16 385,714


Margem de segurança = (19 000 – 16 385,714) / 19 000 = 0,137594