Você está na página 1de 4

Informativo da Regional Pampulha

Ano 2 - N.º 9 - Edição especial para o mês da mulher Belo Horizonte, março de 2010

Pelos 100 anos de respeito aos direitos da mulher


As mulheres da Secretaria Regional Pampulha sabem ocupar seu lugar. Sabem promover e receber
homenagens. O exemplo vem da Gerência Regional de Políticas Sociais desta casa, onde a maioria dos
servidores é mulher. E é de lá que foram preparadas várias homenagens às colegas com uma programação que
se estendeu março afora, a partir do dia 8, o Dia Internacional da Mulher que completa 100 anos de
comemorações. Filme e palestra sobre sexualidade. Café da manhã. Concurso de poesia. Trato à saúde e à
beleza. Lei Maria da Penha em busca do viver sem violência. Maquiagem e penteado afro. Roda de Mulheres.
Mulher e poesia. A nova mulher: saúde com resultante do equilíbrio. Roda de conversa e a busca de uma vida
poética.
O que mais além desta intensa programação? O desejo da volta dos próximos meses de março para
novas reverências a este ser em que Deus colocou todo seu amor. Deste depósito de fé, a distribuição do carinho,
pois em cada pedacinho da vida a mulher está presente. A mulher é o ser da alegria, da paixão e da esperança.
Sem ela, o homem não se completaria. É por tudo isso que todas as mulheres, sem exceção, merecem carinho e
compreensão para a continuidade da vida com muita paz e amor. E nosso Pampulha Hoje se rende a todas as
mulheres de nossa Regional na comemoração universal de seu tempo que são todos.

Regional Pampulha homenageia Diversas atividades movimentam


imprensa feminina mês da Mulher na Pampulha.
pág. 2 pág. 3
2 PAMPULHA HOJE Belo Horizonte, março de 2010

GÊNERO: FEMININO
Regional Pampulha homenageia a mulher
EDITORIAL Por sua vez, o secretário
regional da Pampulha, Osmando
Ao ser criado o 8 de março Pereira da Silva, prestou
como o Dia Internacional da Mulher, homenagem a todas as mulheres da
não se pretendia apenas comemorar. Regional, representadas pelas
Na maioria dos países, realizam-se servidoras Ana Maria de Souza (BM
conferências, debates e reuniões cujo mais antigo), Eugênia de Jesus
objetivo é discutir o papel da mulher na Jornalistas recebem homenagem na Pampulha (Serviços Gerais) e Andréa Flávia
sociedade atual. O esforço é para “Nenhuma lei vai por fim à (Gerência de Comunicação Social,
tentar diminuir e, quem sabe um dia violência contra a mulher, pois a além da ciclista Áurea Suzuki, da
terminar com o preconceito e a questão é interna”. Assim a psicóloga União Ciclística Desportiva
desvalorização da mulher. Mesmo Regina Lacerda iniciou a conversa Recreativa de Minas Gerais, que
com todos os avanços, elas ainda com 150 mulheres presentes no promoveu a despichação de muretas
sofrem, em muitos locais, com auditório da Secretaria Regional de quatro mirantes na Pampulha.
salários baixos, violência masculina, Pampulha, na tarde de segunda-feira Parabéns a todas a mulheres
jornada excessiva de trabalho e (22/03). Ela destacou a importância da Pampulha, que fazem do dia-a-
desvantagens na carreira profissional. de garantir direitos iguais às dia sempre uma nova surpresa!
Muito foi conquistado, mas muito
mulheres sem a perda da identidade
ainda há para ser modificado nesta
feminina e mostrou como é
história.
fundamental que cada mulher esteja
atenta a saúde, e ao bem-estar dela e
Atenta a estas questões, a
da família.
Secretaria Regional Pampulha, por
A psicóloga falou também, de
meio da Gerência Regional de
modo especial, para as jornalistas
Políticas Sociais, vem participando
homenageadas que representavam
ativamente da construção de políticas
a imprensa feminina dos órgãos de
públicas de gênero em articulação
comunicação de Belo Horizonte. Regina Lacerda fala sobre o perfil da nova mulher
com a Coordenadoria dos Direitos da
Mulher (COMDIM).
CARTAS
Nádia Sueli Costa de Paula Alves
Gerente Regional de Críticas, sugestões e opiniões devem ser encaminhados à
Políticas Sociais Pampulha gercomp@pbh.gov.br

TELEFONES ÚTEIS EXPEDIENTE


Secretaria de Administração Regional Municipal Pampulha...............................................3277-7920
Informativo da Secretaria de Administração
Serviço de Atendimento Telefônico da Prefeitura de Belo Horizonte.............................................156
Regional Municipal Pampulha
Gerência Regional de Orçamento Participativo..................................................................3277-7927
Jornalista responsável: João Gabriel
Gerência Regional de Comunicação Social Pampulha......................................................3277-7889
Edição, revisão e produção gráfica: Assessoria
Conselho Tutelar Pampulha................................................................................................3277-7959
de Comunicação Social do Município - ASCOM.
Centro de Apoio Comunitário (CAC) São Francisco...........................................................3277-7992
Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Pampulha.............................................................3277-8441 Fotos: João Gabriel, Andreza Brito, Carine Fidelis
Procon Pampulha................................................................................................................3277-7423 e Andréa Flávia
Polícia Militar..................................................................................................................................190 Impressão: Gráfica da Prefeitura de BH
Bombeiros......................................................................................................................................193 Tiragem: 750 exemplares
SAMU.............................................................................................................................................192
Defesa Civil....................................................................................................................................199
Belo Horizonte, março de 2010 PAMPULHA HOJE 3
GÊNERO: FEMININO

Mês da Mulher na Pampulha

Descontração, música e poesias. Estes ingredientes fizeram parte do


café da manhã oferecido às funcionárias da Secretaria Regional Pampulha e
convidados, na manhã do dia nove, dando início às atividades em
comemoração ao Dia Internacional da Mulher. Aproximadamente 80 pessoas
se descontraíram com as canções de Luna Matos e o repertório suave de
música ambiente oferecido por dois integrantes da banda da Guarda
Municipal.

No CAC São Francisco, a homenagem à mulher misturou exemplos


de vida, teatro e conversa sobre os direitos da mulher. Além das
apresentações artísticas, uma linda colcha de retalhos costurada em conjunto
por várias mulheres, contou um pouco da vida de cada uma delas. Ao final, a
palestra “De Amélias a Maria da Penha”, ministrada por Isabel de Lima Lisboa,
trouxe muitos esclarecimentos sobre a referida lei.

Quem fez, aprovou. Nota dez para a oficina de penteados afro que
mudou o visual e o astral das mulheres na Regional. Tranças, tererês, dreads,
fitas coloridas e muito charme. Confira um dos resultados no look da nossa
colega Sângela e não deixe de participar da próxima!

Mesmo quem nunca se aventurou a escrever alguma rima ou um


simples versinho, pode encontrar um poeta dentro de si. Na oficina ''Elas, o
mundo'', os participantes soltaram a imaginação, expressando o que pensam
sobre o universo feminino. Ao lado, os poetas Rogério Salgado e Virgilene de
Araújo, coordenadores da oficina. Parabéns pela dedicação!

Muito samba e alegria na “Roda de Mulheres” realizada em parceria


com a escola de música Celinha Braga. O grupo, formado pelas cantoras
Celinha Braga, Alessandra Marques, Bernadete Orsini, Ambrosina Caldas,
Rafael Giácomo e Stefanni Lanza trouxe um repertório variado para animar o
público presente. Atendendo a insistentes pedidos, nosso colega Vlamir deu
uma canja pra alegria dos presentes. Valeu, pessoal!
4 PAMPULHA HOJE Belo Horizonte, fevereiro de 2010
SERVIDORA
Simpatia é a marca de Ana Maria
servidores possam dar continuidade aos
Turismo, que também foi extinto e,
então, criada a Belotur. trabalhos e ter um meio de executar os

Na Belotur, aprendi muito, projetos sustentáveis da Pampulha.


principalmente no Departamento de Marketing Conservar, reivindicar, defender nossos
onde era responsável pela comercialização do valores como cidadãos, salvar o meio
Guia Turístico de Belo Horizonte idealizado ambiente, ser ecologicamente correto, não
pelo ex-secretário George Norman. Fazia deixar que construam prédios em volta da
captação de clientes para o guia turístico,

Foto: GERJAV-P
nossa Orla da Pampulha que é o nosso
captação de eventos para cidade, participação patrimônio turístico tombado pela Unesco.
Servidora da PBH há 37 anos, Ana
em feiras, congressos, seminários, inventário
Maria de Souza está na Secretaria Regional Acho que tudo nesta vida é
da oferta turística em parceria com a Embratur
Pampulha desde 2005. É ela mesma quem passageiro; por isso, nesse cenário que foi
e ainda a edição do Calendário Nacional.
nos conta um pouco de sua tão rica montado, cada um tem que fazer bem o seu
Totalizei 25 anos na Belotur. Investí em minha
trajetória. papel. Minha dica pra todos é: evite a rotina,
carreira com recursos próprios, não fiquei
“Entrei na PBH como estágiaria
esperando alguém se lembrar de mim. mude o caminho de vez em quando, para não
técnica Contábil. Me formei como bacharel
Sobre a Regional Pampulha é preciso cair na mecanicidade. Vou me aposentar no
em Turismo e fiz um concurso interno da
Prefeitura na Secretaria Municipal de melhorar a parte interna do prédio, primeiro semestre deste ano, mas vocês ainda
Cultura, Turismo e Esportes, hoje extinta. reestruturar, ajudar a conservar, defender o vão me ver no coral da Pampulha e nos
Em 1980 trabalhei no Departamento de patrimônio para que futuramente os próximos trabalhos voluntários, quem sabe.”

Gente
Nossa Gente
O trajeto de Caroline Craveiro no universo literário
começou desde criança. De lá pra cá, a caneta da moça já
percorreu o papel retratando o universo feminino, relatando a
simplicidade do cotidiano da casa e também o dia-a-dia no
trabalho. Antes de chegar ao leitor, as observações feitas por ela
são compartilhadas com um amigo inseparável: um caderninho
para anotações, porque acha que, se o escritor pode prever como
terminarão as suas histórias, não pode determinar como e quando
elas chegarão a ele. Então é melhor estar sempre prevenida. legal da literatura é que cada leitor dá um caminho diferente para
Além dos versos que escreve que são como uma terapia aquilo que lê. Quando crescemos nos desencantamos um pouco.
para lidar com os sentimentos, Caroline também coloca a sua O bom de escrever é que você liberta a imaginação e encontra um
criatividade nos textos dos blogs da E.M. Paulo Mendes Campos, jeito de se encantar novamente, pois quem escreve também pode
onde é professora de Geografia, e no da Comforça. E ainda sobra guiar os próprios passos para diferentes rumos .''
tempo para brincar com a sonoridade das palavras fazendo O talento de Caroline já lhe rendeu bons frutos; entre

livrinhos artesanais para dar de presente. Mas de acordo com a eles, o terceiro lugar no I Concurso Cora Coralina de Poesias.
Parabéns, Caroline, continue encantando seus leitores!
professora, presente mesmo é a possibilidade de escrever. '’O