Você está na página 1de 1

Introdução à Física Clássica II (Prof.

Neemias Alves)
Provinha 4

Não amasse, rasure ou escreva nesta folha! Devolva-a no final da Prova!

Prefixos Interferência construtiva e interferência destrutiva


M = 106 , k = 103 , c = 10−2 𝑦1 = 𝐴𝑐𝑜𝑠(𝑘𝑥 − 𝜔𝑡 + 𝜙1 )
m = 10−3 , μ = 10−6 , n = 10−9 𝑦2 = 𝐴𝑐𝑜𝑠(𝑘𝑥 − 𝜔𝑡 + 𝜙2 )
Velocidade de propagação de uma onda ∆𝜙 = 𝜙2 − 𝜙1
transversal em uma corda homogênea ∆𝜙 1
𝑦 = 𝑦1 + 𝑦2 = 2𝐴cos( )𝑐𝑜𝑠[𝑘𝑥 − 𝜔𝑡 + (𝜙1 + 𝜙2 )]
𝑇 2 2
𝑣=√
𝜇 Ondas estacionárias

𝑀 𝑦1 = 𝐴𝑐𝑜𝑠(𝑘𝑥 − 𝜔𝑡 + 𝜙1 )
𝜇=
𝐿 𝑦2 = 𝐴𝑐𝑜𝑠(𝑘𝑥 + 𝜔𝑡 + 𝜙2 )
Onda harmônica (propagação para +𝒙) 1 ∆𝜙
𝑦 = 𝑦1 + 𝑦2 = 2𝐴 cos [𝑘𝑥 + (𝜙1 + 𝜙2 )] cos (𝜔𝑡 + )
𝑦(𝑥, 𝑡) = 𝐴𝑐𝑜𝑠(𝑘𝑥 − 𝜔𝑡 + 𝜙) 2 2
𝜕𝑦 Modos normais (corda esticada com extremidades fixas)
𝑣𝑦 = = 𝐴𝜔𝑠𝑒𝑛(𝑘𝑥 − 𝜔𝑡 + 𝜙)
𝜕𝑡
𝜕𝑣𝑦
𝑎𝑦 = = −𝐴𝜔2 𝑐𝑜𝑠(𝑘𝑥 − 𝜔𝑡 + 𝜙) = −𝜔2 𝑦
𝜕𝑡
𝑥 𝑡
𝑦 = 𝐴𝑐𝑜𝑠 [2𝜋 ( − ) + 𝜙]
𝜆 𝑇
2𝜋
𝑘= , 𝜔 = 𝑣𝑘 = 2𝜋𝑓, 𝑣 = 𝜆𝑓
𝜆
Potência de uma onda harmônica
𝜕𝑦 𝜕𝑦 2𝐿 𝑣 𝑇
𝑃(𝑥, 𝑡) = 𝑇𝑦 (𝑥, 𝑡)𝑣𝑦 (𝑥, 𝑡) = −𝑇 ( ) 𝜆𝑛 = , 𝑓𝑛 = 𝑛 , 𝑛 = 1,2,3, … (𝑣 = √ )
𝜕𝑥 𝜕𝑡 𝑛 2𝐿 𝜇
1 1
𝑃̅ = 𝜔𝑘𝐴2 𝑇 = 𝜇𝑣𝜔2 𝐴2
2 2 (Estas fórmulas não se aplicam quando a corda possui uma
extremidade livre!)