Você está na página 1de 7

MATEMÁTICA FINANCEIRA – I

“DESCONTOS E AMORTIZAÇÕES DE DÍVIDAS”


A. Descontos

Desconto é uma operação inversa à Capitalização, ou seja, corresponde a trazermos um


valor futuro para a data presente, descontando os juros que estão incluídos no valor
futuro.

O Desconto propriamente ao abatimento obtido por se saldar uma dívida antes do vencimento.

Simbologia utilizada nas operações de desconto:

 N - Valor Nominal

 Dcs- Valor do Desconto Comercial


Simples

 Vcs- Valor Actual Comercial


Simples

 Drs- Valor do Desconto Racional


Simples

 Vrs- Valor Actual Racional


Simples

 Drc- Valor do Desconto Racional


Composto

 Vrc- Valor Actual Racional


Composto

 i- Taxa de Desconto

 n- Número de períodos que faltam


parao vencimento da dívida
Existem dois tipos básicos de descontos simples nas operações financeiras:

I. O Desconto Comercial (Por Fora), e


II. O Desconto Racional (Por Dentro)

Ambos podem ser utilizados tanto em Juros Simples quanto em Juros Compostos.

I. Desconto Comercial ou por Fora, na prática, o mesmo é utilizado somente


sob o regime de juros simples.

Esta modalidade de desconto é amplamente utilizada no mercado, principalmente em


operações bancárias e comerciais de curto prazo. A taxa de desconto neste sistema
incide sobre o montante ou valor nominal do título; em consequência disto gera-se um
valor maior e mais justo de desconto do que no sistema racional. Este desconto equivale
aos juros simples, onde o capital corresponde ao valor nominal do título. Assim temos:

FÓRMULAS DE DESCONTOS COMERCIAL

Dc Dc Dc
A. Dcs = N. i. n ….. N= i∗n …. i= N∗n … n= N∗i

B. N = Vcs + Dc … Vcs = N – Dcs … Dcs = N – Vcs

N N
Vc −1 −1
C. Vcs = N (1 – i + n) … N= 1−i+n … i= Vcs … n= Vcs
n i

Dc
D. Dcs = Dr (1+i*n) … Drs= 1+i∗n

Neste tipo de Desconto, a taxa de juros é aplicada sobre o Valor Nominal, vezes o
número de períodos que falta para o vencimento da dívida.

EXEMPLOS – DESCONTOS COMERCIAL OU POR FORA

1. Considere um título cujo valor nominal seja $10.000,00. Calcule o desconto


comercial a ser concedido para um resgate do título 3 meses antes da data de
vencimento, a uma taxa de desconto de 5% a.m.

2. Qual o valor actual comercial recebido pelo detentor de um título de $


4.000,00,descontados três meses antes do vencimento, a uma taxa de 7% a.m.

3. Uma duplicata de $ 180.000,00 foi descontada 4 meses antes de seu vencimento.


Considerando uma taxa de desconto simples de 60% ao semestre, calcule o
valordo desconto e o valor recebido pelo detentor da duplicata.

4. Um título a vencer em 120 dias, no valor de $ 13.000,00 foi descontado por $


11.400,00. Calcular a taxa anual de desconto comercial simples.
II. O Desconto Racional corresponde à verdadeira operação de Desconto.
Comercial nada mais é do que uma variação do Desconto Racional adoptada
pelo Mercado.

Desconto (Racional) Composto: A definição de desconto composto é a


mesma que do sistema de capitalização simples. O que diferencia um do
outro é justamente o sistema de capitalização, que neste caso é composto.

O desconto racional equivale aos juros simples, calculado sobre o valor actual do título.
Ou seja, é aquele em que a taxa de desconto incide sobre o valor líquido do título.

Assim temos:
N
n N N 1n log
A. N=Vrc ( 1+i ) … Vrc =
( 1+i )n
… i=( )Vrc
−1…
n=
Vrc
log(1+i)
B. N=Vrc + Drc … Vrc=N −Drc … Drc=N −Vrc
1
C. Drc=N ⌊ n
⌋ ou Drc=N ⌊ 1 ( 1+ i )−n ⌋
( 1+i )

EXEMPLOS:

1. Um título de $6.000,00 a ser descontado à taxa de 2,1% a.m. faltando 45 dias


para o vencimento do título, determine o desconto racional e o valor actual
racional.

2. Caso desconte um título de $ 35.000,00 15 dias antes do vencimento, a uma taxa


de 5,5% a.m., qual será a importância recebida?

3. Um título foi descontado à taxa de 2% a.m. Sabendo-se que o valor nominal era
$ 7.414,00 e o valor descontado racional $ 6.740,00, qual o prazo da
antecipação?

4. Uma promissória com valor nominal de $ 275.820,00 e vencimento para 75 dias


foi descontada à taxa de 90% a.a. Qual o valor do desconto racional dessa
operação?

Exemplos:

1. Calcular o desconto composto de um título de R$3.600,00, a taxa de 4,5%


a.m. e antecipado em 2 meses.

2. Um título de $10.000,00 será negociado em 3 meses antes do seu


vencimento, a taxa de 8% a.m. Determine o valor presente.

3. Caso desconte um título de $ 5.000,00 três meses antes do vencimento e


receba $ 4.380,00 qual é a taxa de juros compostos dessa operação?
Sistemas de Amortizações de Dívidas
Com frequência, os recursos necessários para realizar um projecto de
investimento são complementados com capital de terceiros. Esse capital complementar
é financiado através de contratos que estabelecem taxas, juros, correccão monetária e
outras condições, como taxa de cobertura de crédito, multas, juros de mora etc.

No estudo dos sistemas de amortização busca-se identificar, em qualquer época,


o estudo da divida, isto é, o valor da prestação, sua composição em termos de juros e
amortizações, e o saldo devedor imediatamente após o pagamento de cada prestação. É
importante identificar, em cada prestação, a parcela referente a juros, porque esse valor
é considerado despesa financeira no Demonstrativo de Resultado do Exercício,
diminuindo a Renda Tributável.

Importante:toda prestação é composta de duas parcelas: juro e amortização. Para o


efeito, a partir do valor financiado é obtido o valor da prestação por meio da seguinte
fórmula:

P∗i∗ (1+i )n
Prestação /PMT = n
( 1+i ) −1

Importante: qualquer problema de Cálculo (Matemática) Financeiro envolve


sempre três (3) variáveis:

1. Tempo.
2. Taxa de Juros.
3. Capital.

Taxas Juros: diferentes operações financeiras usam diferentes tipos de taxas. Existem
taxas de Descontos de duplicatas (letras), taxas de cartões de créditos, taxas para
financiamentos de curto prazo, taxas de financiamento de longo prazo, taxas mínimas de
retorno exigidas para diferentes tipos de investimentos etc. tendo em vista que a
Matemática financeira tem como informação básica a taxa de juro, sua especificação
rigorosa é fundamental para que se obtenham os resultados desejados.

Importante: Para alterar o período a que uma taxa se refere existem duas
operações: conversão de taxas nominais em taxas efectivas e
equivalência entre duas taxas efectivas.

OS SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO DE UM FINANCIAMENTO SÃO:

1. Sistema de Amortização de um financiamento PRICE (francês)


2. Sistema de Amortização Constante (SAC- americano)
3. Sistema de Amortização Misto (SAM)

Em qualquer sistema de amortização, a planilha Básica de Pagamentos tem a estrutura


mostrada a seguir:
Período Prestação Juros Amortização Saldo
(Ano) Devedor
0 P
1 P1 J1 A1 SD1
2 P2 J2 A2 SD2
3 P3 J3 A3 SD3
4 P4 J4 A4 SD4
5 P5 J5 A5 SD5
6 P6 J6 A6 SD6
7 P7 J7 A7 SD7

SISTEMA DE AMORTIZAÇÃO DE UM FINANCIAMENTO PRICE ( FRANCÊS)

Período Prestação Juros Amortização Saldo


(Ano) Devedor
0 P=SD0
1 P1 J1=i%*SD0 A1=P1-J1 SD1
2 P2 J2=i%*SD1 A2=P2-J2 SD2
3 P3 J3=i%*SD2 A3=P3-J3 SD3
4 P4 J4=i%*SD3 A4=P4-J4 SD4
5 P5 J5=i%*SD4 A5=P5-J5 SD5
6 P6 J6=i%*SD5 A6=P6-J6 SD6
7 P7 J7=i%*SD6 A7=P7-J7 SD7

O sistema francês de Amortização, também conhecido TABELA PRICE,


encontra vasta aplicação nas transacções financeiras e comerciais a prazo. A
característica básica desse sistema é ter prestações constantes, isto é: P1=P2=P3…Pn=P.

Nesse sistema, as prestações iniciais contêm mais juros do que as prestações


finais. O valor do juro decresce à medida que a dívida vai sendo amortizado. A parcela
de amortização, por sua vez, apresenta crescimento geométrico ao longo do período
financeiro.

SISTEMA DE AMORTIZAÇÃO CONSTANTE (SAC- AMERICANO)

Período Saldo Amortizaçã Juros Prestação


(Ano) Devedor o
0 SD0
1 SD1 A1=SD0/N J1=i%*SD0 P1=A1+J1
2 SD2 A2=SD1/N J2=i%*SD1 P2=A2+J2
3 SD3 A3=SD2/N J3=i%*SD2 P3=A3+J3
4 SD4 A4=SD3/N J4=i%*SD3 P4=A4+J4
5 SD5 A5=SD4/N J5=i%*SD4 P5=A5+J5
6 SD6 A6=SD5/N J6=i%*SD5 P6=A6+J6
7 SD7 A7=SD6/N J7=i%*SD6 P7=A7+J7

O Sistema de Amortização Constante (SAC) a sua característica básica é


apresentar amortizações constantes. Em função da amortização ser constante, o saldo
devedor, a cada prestação liquidada, decresce sempre segundo o mesmo valor.
Comparativamente ao Sistema Francês, o SAC apresenta prestações iniciais superiores
e, por consequência, o saldo devedor decresce mais rapidamente.

COMPARAÇÃO ENTRE OS DOIS SISTEMAS

Do ponto de vista do custo de capital os dois sistemas se equivalem. Pelo


conceito de equivalência de fluxos de caixa isso pode ser verificado. Dois fluxos de
caixa dizem-se equivalentes quando, ao serem descontados à uma mesma taxa, por um
mesmo período, produzirem o mesmo valor presente. Em ambos os sistemas, o valor
presente do fluxo de desembolsos será igual ao valor do financiamento, P.

Entre tanto, como assinalado, o Sistema de Amortização Constante envolve


amortização mais rápida da divida contraída e, portanto, do ponto de vista
contabilístico, menor pagamento de juros. Por seu turno, o Sistema Francês apresenta a
vantagem de pagamentos menores no início, o que pode ser muito importante para a
maioria dos empreendimentos.

SISTEMA DE AMORTIZAÇÃO MISTO (SAM)

Nesse sistema a amortização é calculada com base na média aritmética das


amortizações previstas na Tabela PRICE e no SAC.

ENTENDENDO O USO:

Sistema Price (Sistema Francês)

Todas as prestações (pagamentos) são iguais.

Uso comum: Financiamentos em geral de bens de consumo.

Sistema de Amortização Constante (SAC)

O devedor paga o Principal em “n” pagamentos sendo que as amortizações são


sempre constantes e iguais.

Uso comum: Sistema Financeiro da Habitação

Sistema de Amortização Misto (SAM)


Cada prestação (pagamento) é a média aritmética das prestações respectivas no
Sistemas Price e no Sistema de Amortização Constante (SAC).

Uso: Financiamentos do Sistema Financeiro da Habitação.