Você está na página 1de 98

Capitulo 4: Sonhando Acordado

Imagine... despertar em Todo sábio possui conhecimen-


meio a um gramado verde, com to, mas nem todo conhecedor
cheiro úmido, observando as possui sabedoria. Ele cria o ce-
nuvens se moverem lentamen- nário e lhe concede à oportuni-
te no céu e finalmente entender dade de agir espontaneamente
que toda sua vida até aquele como em um teatro, agregando
momento era um sonho, um assim a experiência de estar lá.
fruto de sua imaginação base- Esta ferramenta com os anos
ado no furto de suas lembran- ganhou formas e diferentes ra-
ças. Assim como “A Origem” mificações, em nossa capa tra-
(Inception) que concorre o Os- zemos todo o universo RPG e
car para melhor filme (Pág.38), suas transformações no mundo
o RPG (Pág. 20) é o processo digital, um mundo já não mais
de criar e vivenciar. Uma ferra- seguro (Pág.18).
menta que simula a sabedoria. A matéria principal da re-
Conhecimento é uma informa- vista pode não ser a mais origi-
ção emprestada, seja de livros nal, mas sem dúvida lhe dará o
ou de terceiros, sabedoria é a conhecimento de que é possível
experiência de viver a situação. sonhar com sabedoria.

Boa Leitura.
Fernando Beker Ronque.
HawensCloud
Indice
Espaço do Leitor
Comentários da edição de Janeiro

Marcelo Ferrari algumas matérias tem nome assi-


Curitiba - Paraná nando e outras não tem?

Opa! Salve Gustavo, toda matéria


Senti falta de uma versão assinada pertence à um membro
para celular da revista, quem sabe da equipe editorial, jornalistas
um RSS apenas com textos seria que pertence a equipe Chapters,
legal. as matérias não assinadas são es-
Valeu! critas por Fernando Beker, toda
via para não se tornar repetitivo
Opa Marcelo, bem comen-
apenas destacamos as assinadas
tado, estamos planejando uma
por outros membros editoriais.
versão mobile para a nova atua-
lização do site e com isso iremos --------- @ ---------
incluir RSS e mobile version. Wendel
Abraço Tupaciguara - Minas Gerais
--------- @ ---------
Estou aqui apenas para para-
Gustavo benizar a equipe Chapters e dizer
São Paulo - São Paulo que gostei muito das duas edições
anteriores e as li inteiras e que con-
Bom dia, primeiro venho elo- tinuem com esse trabalho maravi-
giar a revista, muito boa qualidade lhoso que vêm realizando em que
mas to com uma dúvida, porque são únicos..

6 Janeiro/2011
Um grande abraço de um Oi Miriri, como está por ai?
fã..e aguardando ancioso pela edi- Obrigado pelo carinho e sempre
ção de amanhã.... que desejar se atualizar venha a
nossa revista e leia um conteúdo
Olá Wendel, obrigado pelo trabalho e didicado a vocês o/
Incentivo e espero que a revista
mantenha o padrão o qual lhe --------- @ ---------
agradou.
Edson Aguiar
--------- @ --------- P. Prudente – São Paulo
Roberto
Parabéns pela iniciativa,
Rio de Janeiro – Rio de Janeiro
adorei o formato da revista. Este
Revista muito boa mesmo, certamente foi o achado do ano
parabens a todos da equipe, como para mim. O conteúdo da revista é
faz para se fazer parte? tem que ter ótimo. Seria também interessante
experiencia? tem que ser formado? se uma parte da revista fosse de-
quais requesitos? parabens nova- dicada a ciência, inovações tecno-
mente. lógicas, astronomia. Se isso não
distorcer o conteúdo, claro. Enfim
parabéns.
Opa Roberto, caso tenha in-
teresse envie três textos de sua
Obrigado pela atenção Ed-
autoria para atendimento@chap-
son, é muito prazeroso saber que
ters.com.br, a equipe avalia a qua-
nosso trabalho resulta na sua
lidade de suas matérias e entra
atenção desta maneira.
em contato. O mesmo é modo de
Referente as pautas de ciên-
avaliação para diagramação.
cia, inovações e astronomia, real-
--------- @ --------- mente já estavamos pensando em
Miriri aglo do genêro, é sempre bacana
St Petersburg – Russia
ter esse tipo de conteúdo diver-
sificando cada vez mais a revista.
Oi Chapters :D, passando pra Porém ainda não temos nenhum
elogiar a matéria mangá de capa e especialista no assunto, mas obje-
mandar um abraço, revista excelente. tivamos acrescentar sim.
Janeiro/2011 7
Alessandro Silva Nadine Maciel
Porto Alegre – Rio Grande do Sul Curitiba – Paraná

Incrivel esse sistema de vota- Ola a todos da revista, estão


ção por pauta, quando li que você de parabéns essa edição esta otima!!
podia escolher a pauta estranhei =D Adorei a matéria sobre mangás,
mas achei muito show, nunca ti- conhecer os traços usados para cada
nha visto em nenhum lugar isso, tipo de publico, pois eu nem sabia
vocês toda hora estão tendo ideias que havia essa separação, e o traço
novas, conheci agora a revista e que eu mais gostei foi o “hentai” (6)
vou começar a acompanhar, exce- hahaha \o/ e o shoujo. Na parte da
lente ideia. TPM eu ri muito com as bobagens,
principalmente “Doritos = veneno
A idéia é torna-la cada vez pra otario” hahahaha curtii !!
mais interativa com o usuario, Estão de parabééns!! Um gran-
tendo em mente que ele escolhe de Beijo a todos e continuem assim :)
e opciona qual matéria deve ficar
ou não, a cada edição estamos Obrigado pelo carinho Na-
tentando criar cada vez mais essa dine, esperamos sempre fazer a
ideia de interatividade. melhor edição para ti e não tire
sarro dos outros!

Gostou desta edição?


Clica em “Like“ na página inicial

Quer aparecer no espaço do leitor?


Clica em “comente” na página inicial

8 Janeiro/2011
Faltam especialistas
em virtualização
O mercado de TI está com déficit de profissionais qualificados.
É o que comenta Ezequias Sena, presidente da Online Brasil. Segun-
do ele “o que contamos hoje são aventureiros que utilizam a tecno-
logia de forma amadora, confundindo muito o conceito de virtuali-
zação e consolidação, colocando muitos projetos em situações de
fracasso.”
O fato pode ser um problema para as empresas mas uma ex-
celente oportunidade aos profissionais que evoluem e buscam es-
pecialização na área. A virtualização já é uma realidade em inúmeras
empresas e 2011 é um ano de grande crescimento no setor isso é
uma grande vantagem ao mercado profissional, aquele que sair pri-
meiro terá a oportunidade de ganhar o mercado com facilidade.
Atualidades

Acompanhe
@Chaptersonline
Após quatro anos entre a preparação do
roteiro e a edição final, o filme de Bruna surfis-
tinha finalmente vai as telas de cinema no dia
25 de fevereiro. Interpretado por Débora Seco,
Bruna passa por todos momentos de sua vida,
desde antes de começar a escrever em seu blog.
Confira a seguir o trailer.

Google vai contratar 6,2 mil pessoas em 2011


A gigantesca Google conti- sênior de engenharia e pesqui-
nua sua grande conquista pelo sa, no blog do Google.
mercado online, para manter o No Brasil o Google conta
incrivel crescimento ela contará com 40 escritórios em São Pau-
com 6.200 vagas para o longo lo e 4 em Belo horizonte. Para
de 2011 em todo o mundo. concorrer a essas vagas basta
“A empresa pretende ba- se cadastrar na página de em-
ter um novo recorde com esse pregos do Google Brasil. Os cur-
volume de contratações” diz rículos devem ser redigidos em
Alan Eustace, vice-presidente inglês.
Robo com pele senssivel
Apesar de absurdo, o ti- foi capaz de “sentir” objetos
tulo é fato, pesquisadores da tão leves quanto uma borbo-
Universidad de Stanford desen- leta. Outro dispositivo feito na
volveram uma superfície eletrô- Universidade da Califórnia, em
nica de polímero contendo silí- Berkeley, usa transceptores em
cio, a qual tem 1000 vezes mais grades de nanofios possibilitan-
sensibilidade que a pele huma- do que a superfície identifique o
na. Nos testes a pele atificial sentir.

O Virus que salvou o mundo ?

Stuxnet, conhecido como a arma digital mais poderosa do mun-


do, seu mérito foi enfrentar o programa nuclear iraniano. Venceu,
mas salvou o planeta ou deu inicio a terceira guerra mundial? Ele inva-
de todos computadores da rede mas só ataca programas nucleares,
foi a arma mais violenta na primeira grande guerra digital porem em
contra ponto despertou agora combates violentos no mundo digital.

12 Janeiro/2011
Editoria em teste
Mitos da Internet
mitos@chapters.com.br

A internet foi criada para a guerra?


Enviado por: Henrrique Oliveira.

Li em um blog que falava que a internet foi criada para ajudar os


EUA a derrotarem a União Soviética. isso é verdade?

Olá Henrrique, sim é verdade, a base da rede foi financiada pelo


departamento de defesa dos EUA. Mas o espírito libertário dos aca-
dêmicos que criaram a Arpanet fez com que ela tivesse um uso maior
que a Guerra Fria.

A internet ta chegando no limite?


Enviado por: Clara Santos.
Verdade que a internet está chegando no limite da capacidade?
Que vai acontecer? D:

Oi Clara, sim, a internet está no limite de capacidade, alias,


discutimos esse assunto a pouco tempo entre nossa equipe, o que
acontece é que pelo padrão de endereços IPv4 o formato aceita 4,3
bilhões de pontos de rede simultâneos. Numero o qual já esta no
limite para ser superado, mas a rede está em transição para o IPv6,
com 340 undecilhões (34 seguido por 37 zeros!) de endereços. Então
sem desespero você vai poder continuar lendo a Chapters o/

Você quer que essa editoria permaneça?


Titulo: Shenlong the rainbringer
Diretor de Arte: Vampire Princess
Arte Digital • Photoshop

Artedigital@chapters.com.br
Passe o mouse
Inforgráfico • RPG

Você quer que essa editoria permaneça?


Desde a grande revelação
do WikiLeaks o hackativismo
Tecnologia • Guerra Cibernética

cresceu violentamente, mas


não é de hoje que os ataques
vem acontecendo, uma cortina
imensurável assombra forças
governamentais e grandes im-
périos, em reação praticamente
instantânea novos meios de de-
fesas foram criados em respos-
ta. Confira a seguir alguns casos
desse movimento:

Dia após dia a rotina se mantém igual, operacional.


Mas ali, naquele instante, no caminhar despercebido
das pessoas, está ocorrendo uma guerra, invisível
aos leigos, oculta dos atentos e infindáveis aos
guerreiros. A guerra cibernética é uma realidade.
Guerra invisível
Janeiro/2011 19
O escudo de aço reflete o bruxulear das chamas que queimam
voraz as tochas que iluminam a caverna. O bravo cavaleiro
com o escudo a frente e a espada em punho avança em
passos atentos sendo acompanhado em curta distancia por um
feiticeiro de manto negro e bastão de sorveira braba, dentro do
mesmo grupo um anão de martelo grotesco e exagerado ao
ombro ainda se incomoda com a presença do bardo loiro e
seu alaúde.

- Sugiro avançar, os inimigos desta caverna não são fortes e


a probabilidade de se encontrar um Dragão vermelho é de
0.002%. * O bardo gesticula de maneira gentil e a voz doce
cantiga involuntariamente a medida que fala.*

O cavaleiro abaixa o escudo, vira-se para o bardo com o


semblante envolvido por revolta e quase como cuspindo as
palavra diz:

- Vamos deixar as coisas claras, eu não sou otário, eu sei que


você está levando a gente para uma armadilha, eu só perdi no
teste de diplomacia.

RPG é:
“Um momento lúdico e
diferente onde podemos
entrar em um mundo
amigável para nossas
lembranças e imprevisivel

e trágico para nossas
emoções.
Equipe RPG Vale, Portal RPG Vale
Q uando se olha para o céu,
pensando além das nu-
vens ou do azul celestial,
se imagina outros mun-
dos. Quando o biologo marinho
balança os pés nas aguas transpa-
rentes enquanto aguarda sentado
na borda do barco, ele pensa além
das ondas, além do azul se imagi-
na outro mundo. Quando se ador-
mece, o corpo cede e a mente se
liberta do consciente, imaginamos
outro mundo. O rpg é o modo de
acessar esses outros mundos.
O que é o RPG? em termos
técnicos a palavra significa Roling
Play Game, em portugues pode
ser traduzido como “Jogo de in-
terpretação”. Hoje, extremamen-
te diversificado, RPG é separado
em cinco cenários: RPG Eletrô-
nico, RPG live action, RPG mesa,
MMORPG e RPG Fake Descrip-
tion. Cada uma das cincos serão
descritas e terão seus diferenciais
levantados ao longo da matéria
mas para avançarmos a um level
superior temos que compreender
a razão geral do RPG além dos ter-
mos técnicos.
O RPG clássico é como um nome, história, aparência e ex-
livro. O narrador, chamado na istência. Neste mundo você de-
mesa de mestre, é a mente que cide os caminhos que seu criação
constrói os cenários, o arquitéto. deve tomar. O objetivos são vari-
Somente ele tem conhecimento ados e pode ser jogado em grupo
de tudo e tem a voz de decidir ou apenas em duas pessoas. Em
os acontecimentos, você partic- cima desta base nasceram regras,
ipa como um personagem, cria sistemas e incontáveis histórias.

RPG de Mesa
Pai da imaginação, sen- como citado na gravata, para
hor do universo RPGístico e a o Bardo convencer o grupo a ir
origem de todo o universo, o para a armadilha ele foi obrigado
RPG de mesa é o mais fiel a idéia a fazer um teste, para esse foi
de origem do clássico. Não nec- utilizado dados. Os dados variam
essariamente jogado em mesa, do sistema utilizado. O jogador
esse estilo envolve um Mestre acompanha a evolução do per-
(Narrador) e um numero mínimo sonagem atraves de anotações
de jogadores, isso vai depender em uma ficha montada antes de
da trama criada. Se utiliza de liv- se iniciar a campanha. Em geral
ros base com raças, classes, ha- o jogo não tem limite, pode du-
bilidades, armas e extras. Neste rar duas semanas ou sete anos,
para envolver realidade em mo- depende do mestre e do grupo.
mentos de teste ou combate (mais do mestre! mas um joga-
se utiliza dados. Por exemplo, dor motivado influencia muito.)
RPG é:
“RPG é um jogo de contar
histórias fictícias, onde
todos são responsáveis pelo Cavaleiros
das Noites Insones
desfecho da história
Fernando “FenrirX” Afonso, Cavaleiros das Noites Insones

RPG Live action.


Surgiu a medida que o de
mesa se desenvolveu. É muito
similar a um teatro, seguindo Os duelos e ações
um roteiro e um narrador, mas se decidem em
o jogador interpreta e muitas partidas de Jokenpo
vezes se veste como o person-
agem. Os duelos e ações se de- (pedra-papel-
cidem em partidas de Jokenpo tesoura) ou cartas
(pedra-papel-tesoura) ou car- impares e pares
tas impares e pares. Uma regra
base desse estilo é o fato dos
jogadores não poderem se to-
car, isso é justamente para evi-
tar que exista brigas de verdade
em meio a mesa.
RPG Eletronico
Foi o grande arauto do mun- critico ou erro. A tabela de Skill
do RPGistico, divulgou e espalhou se tornava automatico e não ex-
o estilo toda via foi obrigado a iste mais o mestre ou a figura do
se reinventar praticamente para narrador, o campo é digital e vis-
poder da o suporte. Sem dados ual e você deve apenas seguir os
o sistema calcula através de var- comandos para continuar avan-
iáveis, dando um máximo e um çando até vencer o desafio final
mínimo para seu ataque e a me- já criado pelo game. Tendo esse
dida que você golpeia-se causava um inicio e fim.

MMORPG
A evolução do RPG eletro-
nico gerou o que se tornou
MMORPG, um mundo virtual no
qual os jogadores com seus per-
sonagens eletronicos se encon-

RPG é:
“RPG é um jogo coletivo e
cooperativo de interpretação
“ tram e executam suas missões
juntos, tendo poderes pré defi-
nidos e ações parcialmente pré
criadas mas com missões meno-
res e em numero muito maior.

ou representação de papéis
baseado na imaginação,
onde não há vencedores ou
perdedores.
Marcelo Telles, Rede RPG
RPG Fake Description
A globalização através da gras são pequenas e se baseiam
internet criou grandes meio de em encurralar o adversário, sem
contato entre pessoas que an- lhe dar opções de fuga. A partir
tes jamais sonhariam em se con- deste nasceram diversos clãs,
hecer. Em chats e foruns como união de vários jogadores em
esses que nos EUA por volta de um grupo único, objetivando
1987 iniciou campanhas de RPG exclusivamente a vitória supe-
de mesa com regras próprias. rior. Um exemplo clássico a ser
Os jogadores escolhiam o per- apontado é o Avengers, um dos
sonagem que desejavam e maiores clãs do gênero, é defi-
começaram a criar sobre este, nido a força de um clã baseando
o jogador interpreta similar ao nas dimensões que este pos-
personagem que possui e ad-
quire grande fama entre os de-
mais que fazem o mesmo. As re-

O melhor sitema de RPG é:


“Até mesmo pela
popularidade cremos que
o sistema d20 seja um dos
mais completos, assim
como o GURPS, que é
“ sui e no respeito que o mesmo
adquire a medida das interpre-
tações.

bastante modular e fácil


de ser adaptado
Vinicius Moes e Rafael Pessoa, Minas Morgul
Tendo conhecimento Hobbit”e o “Senhor dos An-
destes cincos estilos vamos eis”. A partir de suas criações
aprofundar nas origens bases um novo mundo foi criado e ali-
do RPG, não podemos avançar mentado por inúmeras mentes
sem dizer sobre Tolkien o an- criativas. O RPG ganhou a diver-
cião do RPG. J.R.R Tolkien, du- sificação em seu modo de jogar
rante períodos árduos e camin- através de sistemas, os quais
hos de dificuldades criou Arda, criavam maneiras diferentes de
o que viria ser palco de grandes jogar, entre eles os principais
aventuras retratadas em “The eram Daemon, D&D e Gurps.

Em pesquisa com uma amostra de 1000 jogadores se teve o seguinte cenário Brasileiro:

jogadores jogam D&D

dos jogadores jogam 3D&T

RPG é:
“RPG é um grande jogo,
uma grande diversão, que,
de quebra, desenvolve
20%

30%
“ Guardião
15%
dos jogadores jogam Gurps

35%
jogam outros sistemas variados.

nossa criatividade, do templo


amizade, raciocínio e
vontade de leitura.
Carlos Klein (Mr Red), Guardião do Templo
No Brasil os livros de RPG de inúmeros blogs e portais
sofreram limitações por idade, como: RPG Vale, RPG Brasil.Org,
o que deu uma quebra violenta Cavaleiros das Noites Insones,
no publico, com grande insistên- Guardião do Templo, Minas Mor-
cia o RPG ganhou seu auge na gul , e REDERPG.
época X, mas com grandes per- RPG Vale é um portal de
das de seus principais veículos informações e instruções, at-
de comunicação, como a Dragão ualmente expandem invadindo
Brasil, acabou se perdendo aos os Podcast. Já o RPG Brasil tem
poucos, mas ao contrario dos como grande projeto o cenário
principais comentários que ocor- Era aonde investe reformu-
rem ao redor, o RPG não mor- lações e Contos.
reu e jamais foi esquecido, em Os Cavaleiros das Noites
contra ponto ganhou a atenção

“Não existe um melhor


e mais completo,
existe uma questão de
gosto pela dinâmica

O melhor sitema de RPG é:
Insones está se focando em

do sistema.
Edson Lemes Júnior, RPGBrasil.Org
adaptações como a adaptação da Kobold Quarterly para o por-
do jogos de miniaturas Mage tuguês “, mantendo o fluxo de
Knight (WizKids) para o Dun- visitantes e fãs do portal.
geons and Dragons 4ª Edição. Além de projetos criados
O guardião do templo bus- para direcionamento único do
ca trabalhar no sistema Eras de jogo, como Terra Devastada.
Caeshyr, baseado no D20 System. O primeiro RPG de zumbi
Com o pessoal do Minas morgul criado no Brasil. Confira ma-
o trabalho é direto, envolvendo téria completa deste jogo na
pessoas que desconhecem o RPG Chapters edição de Março.
para o mundo fantastico. Nenhum RPG caira no es-
Segundo Marcelo Telles do quecimento enquanto viver
grupo REDERPG “Nossa mais nas mentes dos seus amantes,
recente iniciativa é a tradução sejam jogadores antigos ou a
e publicação dos artigos do site nova geração.

Confira matéria completa deste jogo na Chapters edição de Março


Chegamos ao segundo mês do ano, e ao fim
da temporada de prêmios do cinema. Após
diversos eventos e premiações, injustiças e
consagrações, chega a época mais esperada
para os amantes do cinema, a entrega dos
prêmios da Academia, o 83° Oscar.

A premiarão, que aconte-


ce em Los Angeles no dia
27/02, contará com apre-
sentação de James Franco
e Anne Hathaway, e é claro, com
a torcida de todo fã de cinema
pelo seu filme preferido.
Nós da Chapters resolve-
mos ir além de simplesmente
descrever os indicados, resolve-
Cinema• Oscar

mos ajudar nosso leitor a tirar


mais acertos naquele bolão tra-
dicional e compartilhar nossas
apostas e opiniões sobre cada
categoria.
Acompanhe agora nossas
apostas, e compartilhe a sua co-
nosco escrevendo para a gente.
Por: Alexandre Furtado
MELHOR FILME

A rede social O discurso do rei Cisne negro

O vencedor A origem Toy Story 3

Minhas
Bravura mães
indômita Inverno da
e meu pai 127 horas

40 Janeiro/2011
Quem vai ganhar:
A grande disputa é entre da obra, e o filme conta com
“A Rede Social” e “O Discur- trabalhos de elenco e direção
so do Rei”, mas o histórico da mais completos, e mais aptos
academia leva essa escolha a a levar a estátua se pensarmos
pender para o lado do drama em ganhadores passados como
épico tradicional de “O Discur- “Shakespeare Apaixonado”,
so do Rei”, afinal, a categoria “Amadeus” e até o atual vence-
é um prêmio pelo conjunto dor “Guerra ao Terror”.

Quem deveria ganhar:


Não dá pra discordar da su- consagrado como o melhor do
premacia de “O Discurso do Rei” ano. É um filme impecável, e, sur-
perante os outros candidatos. preendentemente simples, feito
Um filme que consegue trans- apenas com o objetivo de contar
formar algo como “falar” em uma história, sem nunca sequer
uma batalha épica, merece ser ter almejado ganhar prêmios.

Quem ficou de fora:


Desde que começaram a Se fosse para adicionar al-
ser indicados 10 filmes, ao invés guém a essa lista, sem dúvida se-
dos tradicionais 5, ficou mais di- ria a produção Espanhola/Mexi-
fícil alguma obra ser deixada de cana “Biutiful” do já consagrado
a alma lado, a premiarão passou a ser Iñárritu. O filme está recebendo
mais justa e lembrar de algum a atenção merecida, mas, em um
filme que mereceria o destaque, ano em que claramente, a acade-
mas foi esquecido. fica muito mia teve que realmente procurar
mais difícil, esse ano principal- filmes para indicar, poderiam ter
mente. trocado a vaga de “Inverno da
Alma” pelo favorito a filme estran-
Janeiro/2011 41
MELHOR DIRETOR

David Fincher Tom Hooper


“A rede social” “O discurso do rei”

Darren Aronofsky
“Cisne negro”

Joel e Ethan Coen David O. Russell


“Bravura indômita” “O vencedor”

42 Janeiro/2011
Quem vai ganhar:
Esse ano provavelmente o nhar um Oscar. O trabalho de
prêmio irá para David Fincher, Fincher é muito bom no filme
mas não por “A Rede Social”, e atual, mas é inferior ao de ou-
sim por uma carreira brilhante tros competidores, mas será
e pelo azar de sempre ter tido como um prêmio de consolação
competidores mais fortes em para poder entregar o prêmio
todas as suas tentativas de ga- principal a “O Discurso do Rei”.

Quem deveria ganhar:


Esse, mais do que em mui- gue causar um misto de emo-
tos outros, deveria ser um ano ções no espectador e transpor
de dobradinha. O trabalho de os sentimentos com planos sim-
Tom Hooper em “O Discurso do ples, clássicos e extremamente
Rei” é impecável e chama mais eficazes. Hooper é um diretor a
atenção ainda pela falta de ex- moda antiga, do tipo que preci-
periência do diretor. Ele conse- samos resgatar.

Quem ficou fora:


Essa foi a maior injustiça des- merece todo o reconhecimento.
se ano, ninguém conseguiu en- Mas a impressão que fica foi o
tender ainda por que Cristopher medo da academia de deixar de
Nolan não está concorrendo ao fora os Irmãos Coen, que já pos-
prêmio por seu trabalho em “A suem cadeira cativa nessa catego-
Origem”. Sua competência já é co- ria. Futuramente, Nolan ganhará
nhecida a anos e a maneira como um prêmio assim como Fincher
ele conduziu o entendimento de vai ganhar esse ano, por algum fil-
uma trama complexa e que teria me que não vai merecer, mas por
tudo para ser incompreendida uma carreira genial.

Janeiro/2011 43
MELHOR ATOR

Jesse Eisenberg Colin Firth


“A rede social” “O discurso do rei”

James Franco
“127 horas”

Jeff Bridges Javier Bardem


“Bravura indômita” “Biutiful”

44 Janeiro/2011
Quem vai ganhar:
Colin Firth é unanimidade britânica de levar o trabalho a um
por crítica e público nessa catego- nível excepcional. Não é a toa que
ria. O ator britânico teve poucas esse é o país que inventou a atu-
indicações em sua carreira, mas ação dramática como a conhece-
sempre demonstrou a tradição mos.

Quem deveria ganhar:


Nem é necessário dizer abraçar aquele monarca o tem-
que a atuação de Firth como o po todo. Sem falar que a dispu-
rei gago que precisa discursar ta não está tão pesada esse ano,
perante seus súditos merece pois dos outros concorrentes,
todos os prêmios que possa ga- apenas Jesse Eisenberg conse-
nhar. O sofrimento, nervosismo gue algum tipo de destaque,
e dificuldade que o ator passa mas ao mesmo tempo, ficando
fazem com que o público queira muito atrás de Firth.

Quem ficou fora:


Apesar de todos serem ter cadeira cativa no prêmio.
grandes atores está acontecen- Essa indicação não mudaria
do na categoria o mesmo que nada no resultado final, mas tra-
ocorreu na de diretor, Jeff Brid- ria o reconhecimento devido a
ges pega a vaga que deveria ser Wahlberg pela melhor atuação
de Mark Wahlberg, apenas por de sua carreira.

Janeiro/2011 45
MELHOR ATRIZ

Annette Bening Nicole Kidman


“Minhas mães e meu pai” “Rabbit hole”

Natalie Portman
“Cisne negro”

Michelle Williams Jennifer Lawrence


“Blue valentine” “Inverno da alma”

46 Janeiro/2011
Quem vai ganhar:
Natalie Portman já é consi- fugir dos padrões da academia,
derada uma grande atriz a mui- mas vai ser impossível negar o
to tempo, mas só agora atingiu prêmio para uma atriz que faz
a consagração nesse que foi o praticamente um trabalho 2 em
papel mais ousado de sua car- 1 em um filme que acompanha
reiro, e isso que a atriz já fez apenas ela, e nenhum outro
uma stripper em Closer. Seu personagem, e constantemen-
trabalho em Cisne Negro pode te em classe.

Quem deveria ganhar:


Após assistir Cisne Negro a escolas de atuação montando
sensação que fica é um misto de um personagem pelo qual você
temor e pena, e tudo isso graças se apaixona, e ao mesmo tem-
à atuação inspirada de Portman po morre de medo. Ela merece
que consegue romper todas as um suprimento de Oscar para o
barreirar e ir além de todas as resto da vida.

Quem ficou fora:


Vamos admitir, 2010 foi um mudar algo, no máximo pode-
ano dramaticamente fraco. Fa- ria ser adicionada a indicação
zer essa lista de 5 atrizes princi- de Anne Hathaway por “Amor
pais já deve ter sido muito difícil e Outras Drogas”, mas ainda as-
para a academia já que ficaram sim, seria impossível tirar algu-
faltando destaques e atuações ma dessas atrizes para dar lugar
além do normal. Se fosse para a uma nova indicada.

Janeiro/2011 47
MELHOR ATOR COADJUVANTE

Mark Ruffalo Geoffrey Rush


“Minhas mães e meu pai” “O discurso do rei”

John Hawkes
“Inverno da alma”

Jeremy Renner Christian Bale


“Areação perigosa” “O vencedor”

48 Janeiro/2011
Quem vai ganhar:
Essa virou a categoria de ringa em 2009, e o Coronel Hans
um único ator, não adianta. Se Landa no ano passado. Atores
tornou a nova tradição desde competentes concorrem, e con-
Heath Ledger de que um único correram, contra o ator desta-
ator fez uma atuação tão inten- que, mas Christian Bale garante
sa e memorável que é impossí- o Oscar dele nos 2 minutos ini-
vel tirar o prêmio dele. Foi o Co- ciais do filme.

Quem deveria ganhar:


E segue a lógica e o gos- o que todos já sabem desde
to, nesse que deve ser o Oscar O Império do Sol. De que ele
mais óbvio que já aconteceu é um ator completo, que vive,
para os atores. Christian Bale sua e dá sangue pela profissão,
faz um trabalho que só em- ou, nesse caso, emagrece pela
purra pela garganta da crítica arte.

Quem ficou fora:


Apesar do ótimo trabalho Garfield (“A Rede Social”), que
de John Hawkes em “Inverno apesar de jovem e ter um papel
da Alma” a impressão é de que digamos, “comum”, consegue
ele só esta concorrendo para transmitir intensidade e drama
tapar um buraco. Buraco esse em um nível muito maior do que
que deveria ser preenchido com seu parceiro de cena, indicado
uma indicação para Andrew na categoria principal.

Janeiro/2011 49
MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

Amy Adams Helena Bonham Carter


“O vencedor” “O discurso do rei”

Jacki Weaver
“Reino animal”

Hailee Steinfeld Melissa Leo


“Bravura indômita” “O vencedor”

50 Janeiro/2011
Quem vai ganhar:
Melissa Leo é uma coadju- aparência, fez praticamente tudo
vante veterana que finalmente que Christian Bale fez, mas com ex-
será reconhecida. Faz um papel periência de sobra. O prêmio é dela
forte, do jeito que os críticos gos- desde o momento em que acende
tam. Coloca drama, mudou sua o primeiro cigarro no filme.

Quem deveria ganhar:


A verdadeira dispusta aí seu trabalho e nos convencem
está entre Melissa Leo e Amy do papel. Esse ano o prêmio
Adams, ambas por “O Luta- merece ir para Melissa Leo, es-
dor”. Elas fazem duas mulheres pecialmente por que no ano
em conflito, dois opostos, e é que vem Amy Adams já estará
realmente muito difícil escolher no páreo novamente e ainda
entre uma delas já que ambas terá muitas chances de levar o
cumprem o que prometem em seu.

Quem ficou fora:


Mila Kunis nunca foi uma lizmente sua indicação por “Cis-
grande atriz. Nunca soube es- ne Negro” foi esquecida, mas o
colher papéis marcantes, mas mais importante é a impressão
quando apontou o dedo, esco- que ela deixou para público e
lheu o papel que vai levar sua crítica, a de que é uma atriz de
carreira para outro nível. Infe- verdade.

Janeiro/2011 51
Em Busca do Filme Perfeito
Por: Alexandre Furtado

Por toda a história do cine- A.I. e Indiana Jones e o Reino da


ma, vários diretores deixaram Caveira de Cristal.
sua marca, inclusive, aqueles que O importante é ver que nem
apenas “passeiam” pela sétima todo mundo é perfeito, e que às
arte, sem se aprofundar mais. vezes até o maior visionário pode
Quem nunca ouviu falar em Ku- errar. Mas e quando nos depara-
brick, Scorsese, Hitchcock ou mos com a exceção da regra?
Spielberg? E entre aqueles que Em 1992 um jovem diretor
podem ser considerados cinéfi- de videoclipes resolve se aven-
los, quem não conhece Bergman, turar no cinema, e começar a dar
Fellini, Truffaut ou Eiseinstein? seus primeiros passos em um
Todos grandes nomes que projeto ambicioso que poderia
contribuíram quadro a quadro, alavancar sua carreira, ou sepul-
em suas carreiras brilhantes, para tá-la para sempre. Esse projeto
inserir imagens eternas no imagi- foi Alien 3, e o diretor era o então
nário popular. Mas até os gran- jovem, David Fincher. Ele assumiu
des erram. o comando da franquia com o pe-
O que dizer de Agonia de sado fardo de sentar na cadeira
Amor, uma mancha na história que antes fora usada por James
de Hitchcock, ou de Os Vigaristas Cameron e Ridley Scott e mesmo
que pra sempre vai ser associado assim, deixar sua marca. E foi exa-
como o pior filme de Ridley Scott. tamente o que ele fez, criando o
Isso que estou evitando lembrar episódio mais caótico e pesado
alguns foras de Spielberg como da série de filmes ele criou ali
seu nome e mostrou que estava
pronto para assumir projetos ori-
ginais. E o que poderia ser melhor
do que um dos projetos mais ori-
ginais de todos os tempos?
Três anos depois viria Se-
ven – Os Sete Crimes Capitais, o
suspense que praticamente re-
definiu o gênero inserindo o ele-
mento surpresa anos antes de O
Sexto Sentido pensar em existir.
Com sua execução impecável,
cenas impactantes e um final a
ponto de deixar o espectador em
um tremendo baixo-astral digno
de Guilherme Karan, Seven levou
Fincher do status de “Bom Dire-
tor” para “Promessa”. Promessa
essa que iria se cumprir no está-
vel, porém ainda surpreendente
Vidas em Jogo.
Mas a sua estrela veio a bri-
lhar definitivamente em 1999,
quando David Fincher resolveu
adaptar o inadaptável livro de
Chuck Palahniuk sobre esquizo-
frenia, ócio, quebra de parâme-
tros e caos. Um dos projetos mais
corajosos, e incompreendidos atuações, tudo vai de encontro a
da história do cinema, o Clube da uma perfeição estética singular,
Luta. Foi a sua segunda parceria um momento em que pouquíssi-
com Brad Pitt e o filme acabou se mos diretores atingiram em suas
tornando o retrato de duas gera- carreiras (de cabeça só lembro
ções, a do ócio e conformismo, de Scorsese em Os Infiltrados). E
e a nova, da reação e do ataque. qual foi a recompensa de Fincher
Sua carreira seguiu sendo pelo “trabalho perfeito”? Nenhu-
impecável, idolatrada, mas ainda ma, ele seguiu sem o reconheci-
ignorada pela velha-guarda dos mento devido, e resolveu que seu
representantes das premiações. próximo projeto seria aquele que
Mais três anos se passaram até o traria um prêmio, seria O Curio-
o lançamento de Quarto do Pâni- so Caso de Benjamin Button, um
co, considerado por muitos como filme tão ousado como foi O Clu-
o mais fraco de sua carreira, mas be da Luta mas feito nos moldes
ainda assim, amado e muito bem da preferência da academia.
criticado, ou como disseram na Ele teve finalmente sua
época “Até no seu pior, Fincher primeira indicação, mas o que
ainda é o melhor”. Tecnicamente aconteceu? Aconteceu que
ele estava chegando no limiar da Danny Boyle, também injusti-
perfeição metódica, a sobriedade çado, fez um filme comoven-
de suas tomadas perfeitamente te que tocou a todos pela sua
calculados seriam apenas um en- simplicidade e carisma, foi o
saio para o seu filme tecnicamen- ano de Quem Quer Ser um Mi-
te impecável, Zodíaco de 2007. lionário, o ano em que nenhu-
Tudo em Zodíaco é calcu- ma grande produção poderia
lado, cada passagem de cena, tirar o Oscar dos becos e das
cada ângulo, cenários, locações, favelas.
E chegamos ao dia de hoje, quando for a vez de Cristopher
em que Fincher concorre pela Nolan ganhar o seu prêmio por
segunda vez, agora por A Rede algum filme que não vai mere-
Social. O seu filme mais simples, cer, mas sim, por uma carreira
mais pé no chão, tecnicamente injustiçada.
perfeito, é claro, mas um filme
comum, pequeno se comparado
com os anteriores de sua carrei- Nota: Na coluna do mês passa-
ra, e agora, ele é o favorito. do fiz a observação de que 2011
Muito provavelmente Fin- seria um ano com poucas conti-
cher vai ganhar o prêmio no dia nuações, em comparação com
27, mas não pela Rede Social, mas 2010. Mas no tempo de fecha-
sim por uma carreira brilhante, mento da edição até a prepara-
sem erros, e por todas as vezes ção dessa coluna foram confir-
em que engoliu seco e não recla- mados alguns filmes, e outras
mou pela falta de reconhecimen- estréias foram antecipadas,
to. Ele foi um bom menino e ago- fazendo assim com que 2011
ra vai receber a recompensa. tenha 27 sequências, entran-
E mais uma vez a academia do para a história como o ano
vai arrumar seus erros premian- com mais sequências da histó-
do artistas por suas carreiras ao ria do cinema. Somando a todas
invés de por suas obras indica- as adaptações, 2011 começa já
das, e isso acaba criando uma marcado como o ano em que a
cadeia de injustiças que quando originalidade acabou. E eu esta-
são arrumadas, acabam criando va tão otimista...
outras. Mas isso é assunto para
outra coluna, quem sabe eu to-
que novamente nesse assunto
A águia cruza as nuvens e no Final fantasy XI. O novo
Game• Final Fantasy XIV

em mergulho contra o joga traz a terra de Hydaelyn


mar, as asas em resan- como palco de grandes aven-
te mantem o vôo sobre turas. A versão para PC já es-
as águas límpidas dando se de tava liberada desde de setem-
encontro com a gigantesca ca- bro de 2010, com a versão de
ravela cortando os mares, luzes colecionador acompanhado
azuis incandecem do barco e de itens como o livro artes do
entre as chamas se vê inúme- Yoshitaka Amano.
ros viajantes em combates com A versão para PS3 já está
criaturas e monstros invasores, em ajustes finais, podendo já ser
bem vindo a Hydaelyn. adquirida. Ambas tem os trinta
O mais novo jogo da fran- primeiros dias gratuitos e depois
quia Final Fantasy veio para pago com o valor mensal de US$
superar as expectativas, como 13,00. Cada personagem adicio-
um segundo tiro na esperança nal custará o valor de US$ 3,00.
de se restabelecer no cenário Para participar basta acessar
MMORPG, território perdido o site www.finalfantasyxiv.com
O mais novo jogo
da franquia Final
Fantasy busca se
restabelecer no
cenário MMORPG,
Trazendo um
mundo fantastico.

Janeiro/2011 57
Of Zelda:Skyward Sword

Por: Moisés C. Freire

Lembranças do tempo de ouro, ou


melhor, dos tempos vermelho e azul da
era Pokemon, acompanhe detalhes
Red&Blue

da saga e caminho percorrido.

E
Legend

m 2011, tecnologia em não originam. Apesar da época


Pokémon

alta e indústrias de ga- dita “Old School” dos games ser


mes superando a de ci- considerada passado seus prin-
nema. A cada dia novos cipais representantes não mor-
Game• The

consoles, games e periféricos são reram, os clássicos ainda vivem


lançados, melhores e mais avan- e merecem seu destaque. Um
Games•

çados. Com tamanha tecnologia deles, é o responsável por um


os jogos de 10 anos atrás acabam verdadeiro fenômeno mundial
obsoletos em termos de gráficos que até hoje trás boas lembran-
e som. Porém, gráficos perfeitos ças aos velhos jovens e jovens
e incríveis cenas de CGs não tor- velhos, o RPG para Game Boy,
nam um jogo bom, ajudam, mas Pokémon Red&Blue.
Tudo começou quando Sa- Game Boy tirando proveito de seu
toshi Tajiri, um jovem e “respon- game link, que passava informa-
sável” japonês que abandonava ções de um gameboy para outro.
seus compromissos para jogar A idéia inicial do jogo era um RPG
fliperama, com o passar do tem- onde se poderia colecionar vários
po fundou uma revista intitulada monstrinhos e evoluir-los poden-
GameFreak, especializada em do até trocar com outros. Com
games, mesma que no futuro se dois meses de produção, vários
tornaria uma empresa subsidiária declínios e um verdadeiro dra-
da Nintendo. Com seu comparsa, ma, nasceu Pocket Monsters
o desenhista e designer Ken Sugi- Red&Blue, logo depois rebati-
mori, criaram um jogo de puzzle zado para Pokémon e lançado
conhecido como Quinty para o sob o título Red&Green para o
NES tendo sucesso em sua em- ocidente.
preitada. Porém a glória viria para Dentro do jogo o usuário
um portátil, um ano após seu pri- interpreta um jovem aventureiro,
meiro jogo a dupla resolveu que podendo ser menino ou menina
um jogo inovador deveria ser a escolha do próprio jogador, que
lançado para, o até então, novo esta prestes a iniciar sua jornada
como treinador na pequena ci- tros treinadores, ninguém sobre-
dade de Pallet, em Kanto, instruí- vive só de insígnias afinal. Ao lon-
do pelo Professor Oak, o famoso go da trama você como jogador
Professor Carvalho, o qual lhe dá também enfrenta seu principal ri-
a escolha de três pokémons bási- val, o neto de Professor Oak além
cos: Squirtle, Bulbassauro e Char- da infame Equipe Rocket, sempre
mander. Em sua jornada o jogador causando problemas, problemas
explora todos os pontos de Kanto em dobro.
defrontando-se com uma gran-
de variedade de pokémons, que
muda conforme o cenário, poden-
do capturar-los para fortificar seu
time. Enfrenta outros treinadores
que o desafiam e por fim embarca
nos ginásios pokémon espalhados
em cidades por todo o país, desa-
fiando seus mestres em troca de
insígnias...e dinheiro, o que você
também é obtido ao vencer ou-
O Poké-legado

Não é preciso dizer que games entre milhares de outros


Pokémon tornou-se uma das produtos que fizeram de Poké-
franquias mais famosas e lucrati- mon uma franquia multimilioná-
vas do mundo, um sucesso mons- ria, até aviões, carros e metrôs
truoso que virou mania mundial foram feitos especialmente em
no final dos anos 90 até por homenagem aos monstrinhos
volta de 2005 conquistando seu poderosos.
auge. Rendendo ainda outras 10 Porém o destaque maior vai
versões para portáteis contan- para o anime de Pokémon, sim,
do com dois remakes, entre eles o polêmico. O clássico exemplo
o primeiro FireRed&LeafGreen do episódio que causou ataques
remakes do Red&Green, que se epilépticos em massa; criticado
tornaram os melhores remakes e aclamado, o desenho que aju-
de todos os tempos, além de jo- dou definitivamente a consoli-
gos para outros consoles, card dar Pokémon como um sucesso
mundial ao redor do mundo teve
seu enredo baseado no Poké-

além da infame
Equipe Rocket, sempre
causando problemas,
problemas em dobro.
mon Red&Blue, aonde contava Pokémon pode não ser
a história de Ash Ketchum, um uma séria tão badalada como foi,
garoto de 10 anos residente da não na televisão, mais ainda sim
cidade de Pallet, exatamente é uma grande força nos games,
como no jogo; Ash é um tipo de como prova o primeiro jogo da
“versão ajustada” do protago- série, Pokémon Red&Blue, um
nista do jogo para GB apelidado simplista rpg que usava de um
de Red; que inicia sua jornada sistema de turnos com limites de
de maneira conturbada pela re- ataques, mais que ainda se mos-
gião de Kanto afim de conseguir tra bem na fita. Afinal, como foi
todas as insígneas e entrar para dito logo no começo, bons gráfi-
Liga Pokémon. A animação dura cos não fazem necessariamente
até hoje com 14 temporadas, bons jogos. Por isso desenterre
sempre explorando diferentes seu Game Boy e assopre a poei-
regiões do mundo pokémon ra do seu cartucho, afinal “Gotta
e com diferentes gerações de Catch ‘em All!”
pokémon, acompanhando os jo-
gos lançados para portáteis.

Janeiro/2011 63
“A culpa é minha e eu colo-
co ela em quem eu quiser!”
by Homer Simpson
Nightsy Comics
Game• The
Games• Legend
Pokémon Of Zelda:Skyward Sword
Red&Blue

B
Bouken Ou Beet
A era das trevas foi causada pelos demônios
Vandel, que pretendem extinguir com a
humanidade. Dias de trevas, mergulhada no
medo que não se sabe quando terminará.
Mas existe uma luz de esperança que
vai contra essa treva. Os guerreiros que
lutam corajosamente contra os Vandels...
conhecidos como Vandel Buster.

Introdução.

Janeiro/2011 67
B ouken Ou Beet é um ex-
celente anime de aven-
tura no estilo Shounen.
Em meio à era das tre-
vas criaturas e demônios chama-
dos Vandel comandam monstros
dários buster de Anclus. Cinco
guerreiros de incrível força. Ao
seu lado conta com a pequena
Poala, uma menina de cabelos
azuis que mora com Beet devi-
do o fato de seus pais adotarem
menores para atacar humanos. o menino.
Contra essa luta lendários guer- Durante um violento ata-
reiros conhecidos como Buster que à cidade Anclus, beet é
são a resistência humana.Um antingido e no fim do combate
verdadeiro Buster conta como os cinco buster reúnem seus
a prova de seu poder, sua arma poderes das Saigas e colocam
Saiga, arma especial que surge no corpo do rapaz para salva-lo
quando invocada com magia. da morte, com isso acabam de-
Neste universo quando um guer- cretando a própria morte. Tres
reiro vence um inimigo adquire anos se passam que Beet aban-
experiência a qual eleva seu ní- dona sua cidade e parte em trei-
vel e com isso adquire uma mar- namento para se tornar o mais
ca no peito, que contabiliza seu poderoso Buster e vingar seus
level. amigos, neste período Poala se
O protagonista desta saga torna uma buster forçada para
é Beet, um jovem órfão que poder proteger o vilarejo. Com
deseja se tornar um Buster e o retorno do corajoso Beet as
entrar para ao grupo dos len- aventuras criam sua face.
Personagens:
Personagens:

Poala
Amiga de infância de Beet, Poala
sempre esteva ao seu lado, de-
pois de sua partida esta decidiu
se tornar por conta própria uma
Buster para assim proteger a vila
de ataques dos monstros. Após
o retorno do amigo decidiu se-
guir com ele pois não suportaria
a dor de vê-lo partir.

70 Janeiro/2011
Beet
Protagonista da série, é um jovem órfão
que sempre desejou se tornar um Buster
assim como os cinco companheiros do
vilarejo, os lendários Buster que possuí-
am suas Saigas defendiam o vilarejo até
o dia que se viram obrigados a optar por
morrerem em troca de manter a vida de
Beet, este carregando o poder dos cin-
co decide limpar o mundo de toda a era
das trevas. Após três anos de treino ini-
cia sua viagem ao mundo para dar uma
alvorada pacifica ao mundo.

Janeiro/2011 73
O arco dev
som do vio
os sentidos
da banda
Música • Apocalyptica
vora as cordas a cada avançar, em uma batalha harmônica o
olino abraça o cello com uma composição magistral encanta
s e mergulha os sentimentos em outros planos. Essa é a musica
que irei apresentar a vocês, Apocalyptica.

A
pocalyptica é uma ban- Em 1996, fizeram seu pri-
da finlandesa formada meiro show, no Teatro Heavy
em 1993, criada por Metal Club. No mesmo ano,
três violoncelistas, e lançaram o seu primeiro álbum,
desde 2005, um baterista. Com Plays Metallica by Four Cellos,
o intuito de ser um cover da onde é possível encontrar ape-
banda Metallica e fazer arran- nas covers de Metallica.
jos como uma forma de diver- Em 1998, lançaram o seu
são suas músicas são fortemen- segundo álbum, Inquisition Sym-
te instrumentais, tendo como phony, que, novamente, contém
base o violoncelo ora também covers de Metallica. Porém, regra-
temas cantados. Suas músicas varam também músicas de “Faith
melodiosas, envolventes e dinâ- No More”, “Sepultura” e “Pante-
micas, conquistaram milhares ra”. Neste álbum a banda incluiu
de admiradores no mundo todo, também três faixas originais com-
tendo como especialidade o postas por Eicca Toppinen.
“cello metal”, tocando também Em 1999, Antero Manninen
música clássica. deixou o grupo e foi substituído

Por: Bárbara Lempp


por Perttu Kivilaakso. Em 2000, Em 2005, lançaram Apo-
a banda finlandesa lançou o ter- calyptica, que contou com a
ceiro álbum, Cult, contendo dez participação de Mikko Sirén
músicas originais e três covers. na bateria, e em Dezembro do
Em 2002, Max Lilja deixou o gru- mesmo ano este foi integrado
po e uniu-se a uma outra banda como membro oficial da ban-
finlandesa, os Hevein, deixando da. Este álbum teve como con-
os Apocalyptica apenas com vidados alguns músicos como
três membros. Ville Valo dos HIM, Lauri Ylönen
Em 2003, os Apocalyptica dos The Rasmus e, novamente,
lançaram o seu quarto álbum, Dave Lombardo dos Slayer.
Reflections, que contém apenas No dia 17 de Setembro de
músicas originais. Reflections ca- 2007 foi oficialmente apresen-
racterizou um som experimental, tado ao público o seu sexto ál-
ao invés do anterior estilo acústico bum Worlds Collide, onde os
encontrado em Inquisition Sym- Apocalyptica se transformaram
phony e Cult. Dave Lombardo, ba- num fenômeno internacional,
terista dos Slayer, tocou em cinco onde podiam contar com a par-
músicas deste álbum. ticipação de Dave Lombardo
dos Slayer na bateria de algu- ropa, o palco está preparado
mas canções, Corey Taylor dos para a 7h Symphony, o traba-
Slipknot, Cristina Scabbia dos lho mais eclético e inspirado
Lacuna Coil, Till Lindemann dos até à data, um trabalho que co-
Rammstein e Adam Gontier dos loca igual ênfase nas melodias
Three Days Grace. e ritmos pesados e inovadores.
Desde primeiro lançamen- “Trabalhamos muito para
to, venderam 300.000 cópias este disco e divertimo-nos
em todo o Mundo. O grupo sur- muito a fazê-lo” diz Toppinen,
preendeu a todos, unindo defi- “Acho que se gostam de instru-
nitivamente a música clássica e mentais, este vai ser o trabalho
o heavy metal. que vão preferir, e se gostam
Atualmente, possuem a de Rock, também vai ser este
seguinte formação: Eicca Toppi- seu favorito. Este álbum dos
nen, Paavo Lotjone, Perttu Kivi- Apocalyptica tem um pouco
laakso e Mikko Sirén. para todos.” Gostou? Então
Com uma tour de Verão não deixe de acompanhar a
planeada para os EUA e a Eu- banda.
Por: Moisés C. Freire

N os dias 29 e 30 de Ja-
neiro ocorreu em For-
taleza um evento que
certamente tem o que
mostrar. Sana Fest o “aque-
cimento” para o Sana ;(Super
jas da cidade e estados vizinhos
vendiam todo o tipo de produ-
to, mangás, peças para cosplay,
era só procurar .Um pequeno pal-
co para o animekê dava a chance
aos otakus, cantores de chuveiro,
Amostra Nacional de Animes) de soltarem a voz cantando sua
que ocorre em Julho; Realizado música favorita, tema de anime
no Centro de Convenções Uni- ou não, a qualquer um que qui-
for veio ao público Nordestino sesse ouvir, ou não. As salas de
prestigiando o 11° ano do even- exibições foram divididas em três
to, tornando-se o maior evento partes, animes mostrando as no-
do Norte/Nordeste e só supera- vas séries de animação japonesa,
do pelo Anime Friends, de São tokutasus com sua sempre cons-
Paulo, no quadro nacional. tante e bem humorada participa-
As atrações eram inume- ção por parte dos fãns de tokuta-
ras e ficar sem fazer nada era sus e nostalgia, trazendo animes
invalidez. Vários Stands de lo- e desenhos clássicos que marca-

78 Janeiro/2011
ram época, para o deleite dos jo-
vens velhos e velhos jovens. Sem
perder o gás com as atrações
o Sana Fest ainda contava com
uma tenda eletrônica, para dan-
çarinos em geral, bancas onde
qualquer um poderia ter seu ros-
to reproduzido em um desenho
ao estilo mangá. Não podendo
faltar, a parte de rpg e cardgames
ganhou um próprio espaço, com
salas inteiras dedicadas a com-
petições, troca e venda de cards
como Magic ou Yu-Gi-Oh, entre
todo tipo de rpg Gurps,3D&T e
D&D.
Ao anfiteatro foi reservada
a gincanas entre os fãns e apre-
sentações artísticas com os gru-
pos de dança e as apresentações

Evento • Sana Fest


de dança em dupla. O destaque
maior foi a seletiva para nada me-
nos, nada mais que o WCS, o con-
curso mundial de cosplay além
da eliminatória para o Cosplay In
Rio show que trará representan-
tes dos 5 estados para um super
evento no Rio de Janeiro.
Ainda entre os destaques
ressalta-se o pavilhão inteiro de-
dicado aos games, um imenso
espaço com games de todos os
tipos com direito a competições As bandas locais marcaram
e até a sorteios de prêmios nada presença novamente na tradicio-
modestos. Uma verdadeira Lan nal batalha das bandas que levou
House foi instalada ao fundo para bandas a tocarem grandes suces-
competições de Dota e Warcraft, sos no mundo otaku, um destaque
tudo acompanhado com uma especial para o palco que shows,
bela tela de Led’s. Além de tudo que recebeu um “upgrade” com
isso, algo que chamava mesmo a novos jogos de luzes e uma sono-
atenção logo após a entrada do rização melhor, o que tornou os
pavilhão era uma bela escultura shows ainda melhores. Outros a
do Hulk em tamanho real em uma marcarem presença no evento fo-
fantástica pose digna de meter ram os dubladores, algo que não
medo a qualquer vilão de argila. ocorria a um bom tempo. Foram
Tudo isso sob o comando da GRA- convidados dois para palestras so-
CON, uma escola de efeitos visuais bre seus trabalhos e estes foram
que marca presença nos últimos Wendel Bezerra, o grande dubla-
eventos e fez sua parte nesse. dor de Goku e Bob Sponja, entre

80 Janeiro/2011
outros e Angélica Santos, a voz Naruto em dois grandes sucessos
por trás de Chichi, Cebolinha e de gosto geral que nem precisa-
muitos outros, “ladical” hein? O -se comentar sob a voz de Ricardo
destaque maior do evento foram Cruz. E a parte principal de Yumi
para o show final, em grande no- Matuzawa teve seus sucessos de
vidade o Sana Fest de 2011 trouxe Buck, Cavaleiros do Zodíaco e Na-
aos fãns de Fortaleza uma atração desico cantados como só a inter-
internacional, que jamais tinha prete dessas canções pode fazer.
acontecido ao Sana Fest propria- Um destaque especial para o final,
mente dito até então, a eleita onde Yumi Matsuzawa juntamen-
para isso foi Yumi Matsuzawa que te com Ricardo Cruz juntaram-se
junto com Ricardo Cruz, do JAM em um dueto para cantar uma
Project, dividiram o palco em um música criada pelos dois especial-
super show que levou ao delírio os mente para o Sana Fest, realmen-
tantos fãns que ali estavam com te um final grandioso para aquele
músicas tema de Kamen Rider que, a consideração de muitos, foi
Black, Cavaleiro dos Zodíacos e o melhor Sana Fest.

Yumi Matsuzawa
junto com Ricardo
Cruz, do JAM
Project, dividiram o
palco em um super
show que levou os
fãns ao delírio

Janeiro/2011 81
Hora do Medo• Slender Man

“Nós não queremos ir, nós não


queremos matá-los, mas seus
braços estendidos persisten-
te em silêncio horrorizaste nos
consolou, ao mesmo tem-
po...” 1986, Marry Thomas,
desaparecida desde 13
de junho de 1986.
O
Medo B traz nesta edi- A história foi um sucesso
ção mais um novo con- e Victor a alimentou por algum
to que sua atemorizante tempo com algumas imagens
coletânea. Slender Man. editadas, aos poucos o mito ga-
Originalmente esse conto foi pu- nhou grande popularidade e em
blicado em 10 de Junho em 2008 12 de julho de 2009 foi refeito
em um fórum de ficção cientifica, por Awful com o nome de Lee-
durante um concurso de con- chCode5.
tos. Entre 2008 e 2009 a grande Até esse ponto tudo bem,
moda online era forjar com pho- o problema foi que após um pe-
toshop imagens com fantasmas ríodo começou a surgir imagens
e criaturas para credibilizar con- e fotos antigas com sua apari-
tos. O usuario Victor Surge, foi o ção. Em determinadas cidades
responsável pelo post com o titu- do interior dos Estados Unidos
lo “Slender Man”. a lenda já existia como “Lenda
Neste descrevia um ho- urbana” e de fato determina-
men de terno e gravata com das crianças desapareciam, não
capacidade de esticar os mem- somente elas mas adultos tam-
bros de maneira desumana. bém.
A criatura sempre se ocul- A informação foi questio-
tava em florestas e lugares do nada, pois poderia ser apenas
genero aonde praticamente se um modo de reviver a lenda e
camuflava. O grande X da ques- as imagens poderiam ser mon-
tão era o fato que a criatura rap- tagens. O caso foi deixado em
tava crianças e não podia ser vis- silencio quando se encontraram
ta ou percebida por adultos. os originais das fotos. n

84 Janeiro/2011
Para acompanhar mais
histórias de terror puro
não deixe de acompa-
nhar a galera do MedoB:

Janeiro/2011 85
A voz negra da aliança dos Goblinóides
devoram reinos a cada alvorada. Ator-
mentada por tempestades de sangue
e demonios o mundo se vê perdido na
Livraria• Tormenta

fração do segundo entre o caos e a


desgraça, e inerte, petrificada, a deu-
sa da humanidade chora em silencio
diante do entardecer turvo. Bem vindo
ao universo de Tormenta.
E
m geral, a cada edição san, iniciou publicações por vol-
buscamos trazer um li- ta de 2005 pela Jambo Editora.
vro nesta editorial, con- As lendas que ocorrem em
tando cada detalhes e tormenta giram entorno do palco
esmeros agregados a inúmeras chamado Arton, um continente o
páginas que guiam a esferas di- qual abrange todas as regiões co-
ferentes de pensamentos. Mas nhecidas. Este continente possui
nesta edição será aberto uma ex- terreno litorâneo baixo e pouco
cessão, além de trazer grandes navegável, montanhas sanguiná-
titulos como sugestão, vamos rias ao oeste e desertificação pró-
trazer o universo deste. ximo a região central, de maneira
Tormenta, o maior cenário geral lembra um pouco a nosso
de RPG do Brasil, um universo planeta se ignorássemos o fato
mágico com suas criaturas, suas de incontáveis criaturas mágicas.
características, seus apressos, O universo de tormenta e
seu mal. Entre cachoeiras e far- suas lendas aventureiras foram
falhos de copas verdes diversas registradas nos livros “Trilogia
histórias ocorrem dentro desse Tormenta”, “Área de Tormen-
mundo, criando livros, jogos, qua- ta” e “Guerras Táuricas”. Outras
drinhos. Cada um com suas carac- histórias que ocorrem dentro do
terísticas. mundo de Tormenta são “Holy
Criado por Marcelo Cassa- Avengers”, “Dungeons Crawler”
ro, Rogério Saladino e J.M. Trevi- e “Dragons Bride”

Confira a seguir a entrevista que


a Chapters fez com Marcelo Cassaro.
• Cassaro, você junto a
equipe da Dragão Brasil foram
pioneiros no mercado de RPG
do Brasil além de se tornarem
a revista mais notória nacional
do setor. Após 15 anos de exis-
tência, findou suas atividades
nos anos de 2008 e 2009. O que
houve para que isso ocorre-se?
O mercado de RPG no Brasil
enfraqueceu? Teve algum mo-
mento de auge? Quando?

A Dragão Brasil esteve


bem sediada na antiga Editora
Talismã durante onze anos. In-
felizmente, uma mudança de
administração criou problemas
entre seus editores (eu, Rogério
Saladino e J.M.Trevisan, hoje co-
nhecidos como “o Trio Tormen-
ta”) e a nova chefia. Sabendo da
tensão, o portal RedeRPG fez,
sem nosso conhecimento, uma
oferta clandestina à editora para
comandar a revista, e perdemos
nossos cargos. Como resultado,
a Dragão Brasil teve queda bru-
tal de vendas e foi cancelada.
Quanto a nós, começamos outra mos muitos jogos usando regras
revista, a DragonSlayer — que parecidas, facilitando o aprendi-
segue nas bancas até hoje, com zado e a entrada de novatos ao
uma nova (e desta vez honesta e hobby. Veio uma enxurrada de
competente) equipe. novos títulos D20, nacionais e
O mercado teve um importados.
“boom” no Brasil na metade da Ao longo da década de
década de 90. A Devir estava em 2010, o RPG brasileiro sofreu dois
seu auge com Gurps e o Mun- duros golpes. Um deles seria a
do das Trevas. Abril Jovem e a própria decadência e queda da
Ediouro trouxeram títulos fortes Dragão Brasil, um de seus prin-
— Advanced Dungeons & Dra- cipais veículos; outro, o fim de
gons e Shadowrun, respectiva- D&D 3ª Edição (substituído por
mente. Tivemos até mesmo uma uma estranha 4ª Edição, que hoje
boa safra de jogos nacionais: enfrenta vendas baixas nos EUA)
Arkanum, Defensores de Tóquio, e sua Licença Aberta. Por outro
Millenia, Invasão. lado, hoje, o surgimento de óti-
Um novo sopro viria com a mos blogs e revistas eletrônicas
virada do milênio. Dungeons & tem sido a mais poderosa ferra-
Dragons 3ª Edição trouxe a Licen- menta de divulgação do hobby.
ça Aberta D20, ou Open Game Houve uma retração nor-
License — em poucas palavras, mal, comum do mercado. Mas
permitia que outros autores ou chamar isso de “crise” tem sido
editoras usassem livremente pretexto de autores incompe-
as regras de D&D, o primeiro e tentes para justificar o fracasso
maior RPG do mundo. Assim, de seus projetos. Temos tantos
em vez de jogos diferentes com títulos por ano, hoje, quanto na
regras diferentes, agora tínha- década de 90.
• Holy Avengers foi uma cria-lo? O sistema utilizado,
revista de marco, dentro do 3D&T foi criado em que bases?
cenário de Tormenta ela se tor-
nou uma revista muito forte. A Nossa inspiração foi o
medida que conquistou espaço jogo Advanced Dungeons &
a revista ganhou um projeto de Dragons, AD&D. Somos todos
se tornar uma animação. O que jogadores antigos, fãs de títu-
houve com o projeto? Já traba- los como Forgotten Realms,
lhou com a reedição da revista Dragonlance, Ravenloft. Nosso
Holy Avenger devido o grande sonho sempre foi construir um
resultado que esta teve? Com cenário de campanha vivo e en-
as novas midias digitais tentou volvente como eles. Mas nunca,
trabalhar em continuidade de em nenhum momento, imagi-
Holy Avenger? namos queTormenta chegaria
a igualar ou ultrapassar esses
O projeto para uma anima- grandes clássicos no Brasil.
ção de Holy Avenger ainda exis- 3D&T, Defensores de Tó-
te, mas depende de captação de quio 3ª Edição, surgiu de uma
recursos. Quanto ao quadrinho necessidade diferente. Durante
original, é possível que ganhe anos a Dragão Brasil trabalhou
uma reimpressão em “versão com jogos feitos por outros —
definitiva” este ano. Não posso muitas vezes houve atrito com
falar ainda sobre mídia digital, a Devir Livraria, representante
mas também já existe esse pla- desses títulos no Brasil. Então
no. decidimos ter nosso próprio
• Tormenta, criado por jogo oficial. Um RPG com regras
você, Rogério Saladino e Trevi- simples e rápidas, ligado a ani-
san é um dos maiores cenarios me e mangá, ao gosto do joga-
de RPG do Brasil, um dos mais dor brasileiro. Novamente, não
jogados e mais conhecido. Qual imaginamos que o sucesso seria
foi a grande inspiração para tamanho.
• O Inimigo do Mundo, O criados na mesma linha? Hoje
crânio e o Corvo, são romances são publicados por qual meio?
criados dentro do universo de Como nós, leitores e fãs de seu
Tormenta. Quais outras obras trabalho podemos ter acesso?
relacionadas tiveram grande
destaque? Existe projetos para Uma nova HQ sediada
futuros romances? em Tormenta, com roteiro de
J.M.Trevisan e arte de Lobo Bor-
Na verdade esses dois tí- ges, está em andamento. Não
tulos terminam em O Terceiro posso ainda falar muito sobre
Deus, que juntos formam uma ela — nem mesmo seu títu-
trilogia. Esses romances marca- lo. Mas pelo que pude ver até
ram a chegada de Leonel Calde- agora, tem tudo para se tornar
la à equipe, um excelente autor tão bem-sucedida quanto Holy
que vem assinando alguns dos Avenger, se não mais.
melhores títulos para Tormenta.
Caldela agora trabalha em • O Universo Tormenta ao
uma nova saga, formada pelos longo do passar de anos sofreu-
livros O Caçador de Apóstolos e modificações? Atualizações? ou
O Deus-Máquina, mas desta vez sempre se manteve igual des-
sem ligação com Tormenta. En- de sua criação? se houve mu-
quanto isso, J.M.Trevisan está danças, poderia citar qual foi
organizando uma antologia de de maior importância? Existe a
contos, de diversos autores, ba- chance de colocar personagens
seados em Arton. de importancia como Vladislav
ou Katrabrok?
• Quadrinhos como Dun-
geons Crawlers, Holy Avenger Tormenta começou como
e Dragons Bride são inspirados um livreto-brinde na Dragão
no universo de Tormenta, exis- Brasil. Desde então ganhou
tem outros quadrinhos sendo milhares de páginas, ficou gi-
gantesco. Ao longo dos anos, tantes” deve diminuir, e alguns
algumas de suas tramas mais devem até mesmo sumir.
importantes foram soluciona-
das —a Libertação de Valkaria, • Lua dos Dragões e Espa-
o plano de Arsenal, o retorno da da Galáxia, são romances de
do Terceiro — enquanto outras alta qualidade, inclusive o Espa-
ainda aguardam sua resolução, da da Galáxia recebeu o prêmio
como a Aliança Negra dos Gobli- Nova na categoria de Ficção
noides. Longa Nacional. Existem novos
A própria Tormenta teve projetos da mesma linha? exis-
sua natureza enfim revelada tem outros trabalhos dentro do
e esmiuçada, na Trilogia Tor- universo da Espada da Galáxia?
menta e no acessório Área de
Tormenta. E o mais recente e Além de uma possível re-
polêmico evento, as Guerras edição de Espada da Galáxia,
Táuricas, chacoalhou a geopo- e dois ou três roteiros de HQs,
lítica do Reinado quando os não há até agora nenhum novo
minotauros atacaram e anexa- projeto nessa linha.
ram cinco nações a seu império
— ao mesmo tempo em que o • Hoje, quais projetos
deus Tauron tomou a liderança está trabalhando e criando?
do Panteão.
Aprendemos, com o tem- Por meu trabalho com
po, que os personagens prin- Holy Avenger, recebi um ines-
cipais em qualquer mundo de perado e irrecusável convite de
RPG devem ser os próprios jo- ninguém menos que Mauricio
gadores. Por isso, a incidência de Sousa: estou trabalhando,
de novos “personagens impor- com a roteirista Petra Leão, na
revista Turma da Mônica Jovem
— hoje a HQ de maiores vendas
no Brasil, se não no Ocidente.
Isso deixa pouco tempo para
projetos mais pessoais, mas ve-
nho tentando retomar alguns.

• Criar, escrever, dese-


nhar são realmente passos im-
portantes, mas e jogar RPG?
como continua a vida de rpgis-
ta? ainda permanece com gru-
pos de jogos? mestra campa-
nhas? ou abandonou os dados?

Ainda costumo rolar da-


dos com meu grupo de vetera-
nos (acredito que quase vinte
anos de jogo nos qualifica como
veteranos). Jogamos Pathfin-
der RPG, que substituiu — em
espírito e tradição — o Dunge-
ons & Dragons de que sempre
gostamos.
Mas mestrar exige prepa-
ração extra, e meu tempo livre
tem sido curto. Por isso prefiro
ser apenas jogador.
Cala a boca Galvão.
Por: Fernando Alencar

Todo mundo já teve, em al- exotérica, psicodélica, romanceada,


gum momento da vida, aquela en- ficcional e histórica (nossa, parece o
sandecida vontade de parar tudo livro que estou lançando prestes a
e gritar com alguém a famosa fra- lançar!!!) das nossas ações durante
se que rodou o mundo durante nossa vida de RPGistas.
a Copa do Mundo de Futebol de Depois de algum tempo jo-
2010: “CALA A BOCA GALVÃO!!!!!”. gando RPG, a gente acaba achan-
Mas já pararam para pensar do que sabe muito, se não tudo,
que, de repente, alguém pode sobre regras, personagens, cam-
querer gritar isso para a gente? panhas, espirros e espinhas dos
Pois é! Cientistas desocupa- personagens dos jogos.
dos e extremamente entediados Se um novo jogador quer
da cidade de Jijoca de Jericoacoa- aplicar um golpe tipo “Salto no
ra, no estado do Ceará, depois de Vácuo com Joelhada” (Vide dese-
longa e exaustiva pesquisa com nho animado da década de 80 –
mais de quatro voluntários, che- SAWAMU, basta procurar no you-
garam a incrível conclusão que: tube), ele não pode. Pois além de
Sim! Você pode ser vítima de um ser novo no grupo, ele criou um
“CALA BOCA GALVÃO!”. personagem guerreiro que não
Mas no que isso está liga- possui habilidade motora para do-
do aos textos que normalmente brar o joelho no vácuo... se fosse
mando para cá? Tudo! na água ele podia!!!!!
Vamos aproveitar o mo- Nesse momento, começa-
mento para fazer uma reflexão mos a dar aquela explicação ló-

94 Janeiro/2011
gica, com cara de entediado pela E finalmente...
falta de conhecimento regrística 3) Pegar todo mate-
do pobre coitado, sobre a versatili- rial de jogo que tem na frente e
dade e elasticidade das manobras enfia-lo goela abaixo do distinto
que o nosso personagem pode discursante. Gritar com um mega-
fazer, e depois de contar tudo tim- fone “CALA BOCA, GALVÃO!!!!” E
-tim por tim-tim, ainda entramos depois se enfiar debaixo da mesa
nos detalhes da especificidade fi- em posição fetal e chorar até que
logenética da composição clássica a mãe venha buscá-lo.
do vácuo. Por isso, meu caro e intrépi-
Resumindo: Falamos, fa- do jogador super-hiper-baguá de
lamos e falamos. E depois disso, expert no assunto, antes de dar a
falamos mais um pouco, demons- sua próxima “lição” no pobre neó-
trando toda nossa superioridade fito, pense duas vezes... A cena de
físico/intelectual sobre o coitado, um indivíduo de 17 anos de idade
que nessa hora já deve estar que- debaixo da mesa em posição fe-
rendo uma de três coisas. tal e chorando enquanto espera a
1) Se enfiar debaixo mãe vir buscá-lo, pode ser deveras
da mesa em posição fetal e chorar traumatizante.
até que a mãe venha buscá-lo. Isso, sem contar o fato que
2) Pegar todo material as opções 2 e 3 podem queimar
de jogo que tem na frente e enfia- teu filme com o resto do pessoal
-lo goela abaixo do distinto discur- que costuma frequentar tua casa
sante, depois se enfiar debaixo da para a sessão de jogos.
mesa em posição fetal e chorar
até que a mãe venha buscá-lo. Saudações do Patriarca Gallahad!

Janeiro/2011 95
Na próxima
edição
Mangá@chapters.com.br
Próxima Edição:
18 de Março