Você está na página 1de 9

Introdução

Um sistema linear com n equações e n variáveis, é usualmente escrito na forma:

Designando por A a matriz dos coeficientes, por X a das variáveis e por B a das constantes,

a 11 a12 .. . a1 n x1 b1
a
A = 21
[ a22
.. . . . .
am 1 am 2
.. . a2 n

] [] []
. . . .. .
. . . a mn
,X = x2
.. .
xn
b
e B= 2
.. .
bn
O sistema é equivalente á equação matricial.

A * X = B ou seja, X = A-1 * B, desde que a matriz A seja quadrada e seu determinante ≠ 0.

Método de Gaus-Jordan.

Um sistema linear será tanto mais simples de resolver, quanto maior for o número de zeros na sua matriz
ampliada. Dado um sistema linear S e, consequentemente sua matriz ampliada, devemos obter um novo
sistema S1 cuja matriz ampliada seja mais simples e tenha o mesmo conjunto solução. Isso poderá ser feito
utilizando operações elementares sobre linhas de uma matriz. O método de Gaus-Jordan consiste em
transformar a matriz dos coeficientes em matriz triangular superior, através de operações elementares sobre
as linhas da matriz, e depois usa-se o método de substituição.

Roteiro de resolução:

1) Escrevemos sua matriz ampliada A;

2) Encontramos uma matriz B escalonada, ou mesmo a matriz linha reduzida a forma em escada, que seja linha
equivalente a A;

3) Encontramos o conjunto solução do sistema cuja matriz B e a matriz ampliada e este será o conjunto
solução do sistema original.

Exemplo: Considere o sistema:

Considere o sistema: Escrevendo a matriz ampliada Vamos realizar operações de forma que
x+2 y +3 z=9 associada ao sistema: abaixo da diagonal fique somente zeros.

{ 2 x− y + z=8
3 x−z=3
[
1 2 3 9
2 −1 1 8
3 0 −1 3 ]
Multiplicar a primeira linha
por -2 e somar com a 1 2 3 9
segunda.
Multiplicar a primeira linha
por -3 e somar com a
[ 0 −5 −5 −10
0 −6 −10 −24 ]
terceira.

1
Dividindo a segunda linha 1 2 3 9
por -5,

Multiplicar a segunda linha


[ 0
0
1
1

2 3 9
1 2
−6 −10 −24 ]
por 6 e somar na terceira
linha.
Dividir a terceira linha por -4
[ 0
0
1
1 1 2
0 −4 −12
2 39
]
A Matriz está na forma x+2 y +3 z=9
[ 0
0
1 12
0 13 ]
Substituindo valor de z na segunda
simplificada, para resolver o
sistema original basta
resolver o sistema:
{ y+ z =2
z=3
equação, temos y + z = 2, y + 3 = 2
Y = -1

Substituindo o valor de y, z Solução do sistema: Conferindo:


na primeira equação, temos: x=2 2+ 2.(−1)+3.3=9
x + 2.(-1) + 3.(3) = 9
x = 9 +2- 9
x=2
{ y=−1
z=3 { 2.2−(−1)+3=8
3 .2−3=3

Resolvendo com Excel:

Sejam as matrizes: Queremos


1 2 3 x 9 A*X=B 0.05 0,1 0,25

[
A = 2 −1
3 0 −1 ] [] []
1 ;X = y e
z
B= 8
3
resolvendo a equação
-1
A *A*X = A *B
X = A-1 * B
-1
[
A-1 = 0,25 −0,5
0,15 0,3 −0,25]
0,25 ;

Solução do sistema:
x=2
{ y=−1
z=3

Resolvendo com Scilab.

Sejam as matrizes:

1 2 3 x 9

[
A = 2 −1
3 0 −1] [] []
1 ;X = y e
z
B = 8 Queremos A * X = B, onde X = A -1 * B
3

Resposta: x = 2; y = -1, z = 3.

Resolvendo por Gaus-Jordan, com Scilab, função rrot

--> // Resolvendo sistema pelo método Gaus-Jordan//


2
--> A = [1, 2, 3; 2, -1, 1; 3, 0, -1]

A =

1. 2. 3.

2. -1. 1.

3. 0. -1.

--> B = [9;8;3]

B =

9.

8.

3.

--> AB = [A B] //matriz completa ou ampliada, associada ao sistema AB//

AB =

1. 2. 3. 9.

2. -1. 1. 8.

3. 0. -1. 3.

--> //forma escalonada da matriz completa, comando rref//

--> rref(AB)

ans =

1. 0. 0. 2.

0. 1. 0. -1.

0. 0. 1. 3.

da equação 3, temos z = 3; substituindo z na equação dois, y = -1, substituindo y e z na equação 1, x = 2

Resposta: x = 2; y = -1 e z = 3.

Exercícios: Resolver os sistemas pelo método de Gauss-Jordan. Após a resolução, use Excel ou Scilab
3 x+ 2 y + 4 z=1
comparando os resultados. 1)
{ x + y +2 z=2
4 x +3 y−2 z=3
escrevendo a matriz ampliada Vamos trocar a segunda linha com a primeira .
1)
3 x+ 2 y + 4 z=1 3 2 4 1 1 1 2 2
{ x + y +2 z=2
4 x +3 y−2 z=3 [ 1 1 2 2
4 3 −2 3 ] [ 3 2 4 1
4 3 −2 3 ]
multiplicando a primeira linha por (-3) e somando com a multiplicando a primeira linha por (-4) e somando com a

3
segunda linha, terceira linha, temos:

1 1 2 2 (−3) 1 1 2 2 1 1 2 2 (−4)

[ 3 2 4 1 ┘
4 3 −2 3 . ] [ 0 −1 −2−5
4 3 −2 3 ] [ 0 −1 −2−5 .
4 3 −2 3 . ┘ ]
multiplicando a segunda linha por ( - 1 ) e somando com a Temos os sistema:

terceira linha, temos


1 1 2 2 x + y + 2z = 2

[ 0 −1 −2 −5
0 −1 −10 −5 ] [
1 1 2 2
0 −1 −2 −5
0 0 −8 0 ]
-y -2z = -5
- 8z = 0

De 8z = 0 temos z = 0
-y – 2z = -5; y=5 Solução: { -3, 5, 0 }
x + y + 2z = 2 x -3

No Excel
escrevendo a matriz ampliada e . . .
Seja a equação A * X = B
3 x+ 2 y + 4 z=1 3 2 4 x 1
{ x + y +2 z=2
4 x +3 y−2 z=3
A= 1
[ 1 2 ; X= y e
4 3 −2 z ] [] [] B= 2
3
A-1*A*X = A-1*B
X = A-1 * B

A X B
3 2 4 x 1
1 1 3 y 2
4 3 -2 z 3

Inversa de (A) X = inv(A) * B (matriz mult)


1,22222
2 -1,77778 -0,22222 -3 x = -3
2,44444 0,55555
-1,55556 4 6 5 y=5
0,11111 0,11111
1 1 -0,11111 0 z=0

Seleciona, fx, mat. Trigon, matrizinverso

No Scilab (usando matriz inversa)

No Scilab, encontrando a matriz completa na forma escalonada ( funão rref)

--> A = [3, 2 ,4; 1, 1, 2; 4, 3, -2] --> B = [1;2;3] --> AB = [A B] // matriz completa ou ampliada,
A = B = associada ao sistema AB//
4
3. 2. 4. 1. AB =
1. 1. 2. 2. 3. 2. 4. 1.
4. 3. -2. 3. 1. 1. 2. 2.
4. 3. -2. 3.
--> // Para utilizar o método de Gaus-Jordan, deve-se da eq(3) z = 0
encontrar a forma escalonada da matriz completa 1. 0. 0. -3. subst. (3) em (2) y = 5
através do comando (rref)// 0. 1. 0. 5. subst..(3) e (2) em (1), x = -3
--> rref(AB) // forma escalonada da matriz completa// 0. 0. 1. 0
ans = solução: x=-3; y = 5; z = 0

2a−5 b+7 c + 4 d +2e+1 f −9 g+h=10

{
4 a−2 b+2 c+ 4 d +2e+1 f −9 g+2 h=7
5 a−4 b+ 4 c + 4 d +2 e+1 f −9 g+2 h=10
1 a−6 b+5 c+ 4 d+ 4 e +2 f −9 g +2 h=18
2)
1 a+2 b+3 c +4 d−5e+1 f −2 g+ h=1
3 a+ 2b+ 1c +3 d −2e+1 f −3 g+2 h=7
4 a+3 b+ 2 c+ d−4e+3 f −2 g+h=6
5 a+ 4 b+3 c +2 d−e+5 f −4 g +3 h=31

screvendo a matriz dos coeficientes


2 -5 7 4 2 1 -9 1
4 -2 2 4 2 1 -9 2
5 -4 4 4 2 1 -9 2
1 -6 5 4 4 2 -9 2
1 2 3 4 -5 1 -2 1
3 2 1 3 -2 1 -3 2
4 3 2 1 -4 3 -2 1
5 4 3 2 -1 5 -4 3

Obs. Copio a tabela e limpo os números. AS anotações são referentes a tabela imediatamente
anterior. Quero 1 em a11 vamos permutar L1 com L4
L1 1 -6 5 4 4 2 -9 2 18
L2 4 -2 2 4 2 1 -9 2 7
L3 5 -4 4 4 2 1 -9 2 10
L4 2 -5 7 4 2 1 -9 1 10
L5 1 2 3 4 -5 1 -2 1 1
L6 3 2 1 3 -2 1 -3 2 7
L7 4 3 2 1 -4 3 -2 1 6
L8 5 4 3 2 -1 5 -4 3 31

Obs. Copio a tabela e limpo os números. AS anotações são referentes a tabela imediatamente anteirior.
Zerando todos elementos abaixo de a11.
L2 = oposto de a21*L1+L2.
L1 1 -6 5 4 4 2 -9
L2 0 22 -18 -12 -14 -7 27
L3 0 26 -21 -16 -18 -9 36
L4 0 7 -3 -4 -6 -3 9

5
L5 0 8 -2 0 -9 -1 7
L6 0 20 -14 -9 -14 -5 24
L7 0 27 -18 -15 -20 -5 34
L8 0 34 -22 -18 -21 -5 41

Obs. Copio a tabela e limpo os números. AS anotações são referentes a tabela imediatamente anteirior.
a22 tem que ser um. Vamos dividir L2 por 22, as demais linha permanecem iguais.
L1 1 -6 5 4 4 2 -9 2
L2 0 1 -0,818182 -0,545455 -0,636363636 -0,31818182 1,227272727 -0,272727273
L3 0 26 -21 -16 -18 -9 36 -8
L4 0 7 -3 -4 -6 -3 9 -3
L5 0 8 -2 0 -9 -1 7 -1
L6 0 20 -14 -9 -14 -5 24 -4
L7 0 27 -18 -15 -20 -5 34 -7
L8 0 34 -22 -18 -21 -5 41 -7

Obs. Copio a tabela e limpo os números. AS anotações são referentes a tabela imediatamente anteirior.
Zerando todos elementos abaixo de
a22.
L3 = Oposto de a32*L2 + L3; L4 = Oposto de a42 *L2 + L4; L5 = oposto de 52 * L2 + L5 . . .
L1 1 -6 5 4 4 2 -9
L2 0 1 - 9/11 - 6/11 - 7/11 - 7/22 1 5/22 - 3/11
L3 0 0 3/11 -1 9/11 -1 5/11 - 8/11 4 1/11 - 10/11
L4 0 0 2 8/11 - 2/11 -1 6/11 - 17/22 9/22 -1 1/11
L5 0 0 4 6/11 4 4/11 -3 10/11 1 6/11 -2 9/11 1 2/11
L6 0 0 2 4/11 1 10/11 -1 3/11 1 4/11 - 6/11 1 5/11
L7 0 0 4 1/11 - 3/11 -2 9/11 3 13/22 19/22 4/11
L8 0 0 5 9/11 6/11 7/11 5 9/11 - 8/11 2 3/11

Obs. Copio a tabela e limpo os números. AS anotações são referentes a tabela imediatamente anteirior.
a33 tem que ser um. Vamos dividir L3 por 3/11, as demais linha permanecem iguais.
L1 1 -6 5 4 4 2 -9
L2 0 1 - 9/11 - 6/11 - 7/11 - 7/22 1 5/22 - 3/11
L3 0 0 1 -6 2/3 -5 1/3 -2 2/3 15 -3 1/3
L4 0 0 2 8/11 - 2/11 -1 6/11 - 17/22 9/22 -1 1/11
L5 0 0 4 6/11 4 4/11 -3 10/11 1 6/11 -2 9/11 1 2/11
L6 0 0 2 4/11 1 10/11 -1 3/11 1 4/11 - 6/11 1 5/11
L7 0 0 4 1/11 - 3/11 -2 9/11 3 13/22 19/22 4/11
L8 0 0 5 9/11 6/11 7/11 5 9/11 - 8/11 2 3/11

Obs. Copio a tabela e limpo os números. AS anotações são referentes a tabela imediatamente anteirior.
Zerando todos elementos abaixo de
a33.
L4 = Oposto de a43*L3 + L4; L5 = Oposto de a53 *L3 + L5; L6 = oposto de 63 * L3 + L6 . . .
L1 1 -6 5 4 4 2 -9
L2 0 1 -0,818182 -0,54545455 -0,636363636 -0,31818182 1,227272727 -0,2727272

6
L3 0 0 1 -6,66666667 -5,333333333 -2,66666667 15 -3,3333333
L4 0 0 -0 18 13 6 1/2 -40 1/2
L5 0 0 -0 34 2/3 20 1/3 13 2/3 -71
L6 0 0 -0 17 2/3 11 1/3 7 2/3 -36
L7 0 0 -0 27 19 14 1/2 -60 1/2
L8 0 0 -0 39 1/3 31 2/3 21 1/3 -88

Obs. Copio a tabela e limpo os números. AS anotações são referentes a tabela imediatamente anterior.
a44 tem que ser um. Vamos dividir L4 por 18, as demais linha permanecem iguais.
-
L1 1 6 5 4 4 2 -9
L2 0 1 -0,818182 -0,54545455 -0,636363636 -0,31818182 1,227272727 -0,272727273
L3 0 0 1 -6,66666667 -5,333333333 -2,66666667 15 -3,333333333
L4 0 0 -0 1 13/18 13/36 -2 1/4 4/9
L5 0 0 -0 34 2/3 20 1/3 13 2/3 -71 16 1/3
L6 0 0 -0 17 2/3 11 1/3 7 2/3 -36 9 1/3
L7 0 0 -0 27 19 14 1/2 -60 1/2 14
L8 0 0 -0 39 1/3 31 2/3 21 1/3 -88 21 2/3

Obs. Copio a tabela e limpo os números. AS anotações são referentes a tabela imediatamente anteirior.
Zerando todos elementos abaixo de
a44.
L5 = Oposto de a54*L4 + L5; L6 = Oposto de a64 *L4 + L6; L7 = oposto de 74 * L4 + L7 . . .
L1 1 -6 5 4 4 2 -9
L2 0 1 -0,81818182 -0,54545455 -0,636363636 -0,31818182 1,227272727 -0,2727272
L3 0 0 1 -6,66666667 -5,333333333 -2,66666667 15 -3,3333333
L4 0 0 -3,7007E-16 1 0,722222222 0,361111111 -2,25 0,4444444
L5 0 0 0 0 -4 19/27 1 4/27 7
L6 0 0 0 0 -1 23/54 1 31/108 3 3/4
L7 0 0 0 0 - 1/2 4 3/4 1/4
L8 0 0 0 0 3 7/27 7 7/54 1/2

Obs. Copio a tabela e limpo os números. AS anotações são referentes a tabela imediatamente anteirior.
a55 tem que ser um. Vamos dividir L5 por -127/27, as demais linhas permanecem iguais.
-
L1 1 6 5 4 4 2 -9
L2 0 1 -0,81818182 -0,54545455 -0,636363636 -0,31818182 1,227272727 -0,27272727
L3 0 0 1 -6,66666667 -5,333333333 -2,66666667 15 -3,33333333
L4 0 0 -3,7007E-16 1 0,722222222 0,361111111 -2,25 0,444444444
L5 0 0 -0 0 1 - 31/127 -1 62/127 - 25/127
L6 0 0 0 0 -1 23/54 1,287037037 3,75 1,481481481
L7 0 0 0 0 - 1/2 4 3/4 1/4
L8 0 0 0 0 3 7/27 7 7/54 1/2

Obs. Copio a tabela e limpo os números. AS anotações são referentes a tabela imediatamente anteirior.
Zerando todos elementos abaixo de a55. ( as linhas anteiores permanecem iguais)
L6 = Oposto de 65*L5 + L6; L7 = Oposto de a75 *L5 + L7; L8 = oposto de a85 * L5 + L8.
7
-
L1 1 6 5 4 4 2 -9
L2 0 1 -0,81818182 -0,54545455 -0,636363636 -0,31818182 1,227272727 -0,27272727
L3 0 0 1 -6,66666667 -5,333333333 -2,66666667 15 -3,33333333
L4 0 0 -3,7007E-16 1 0,722222222 0,361111111 -2,25 0,444444444
L5 0 0 -0 0 1 - 31/127 -1 62/127 - 25/127
L6 0 0 -0 0 0 477/508 1 319/508 1 51/254
L7 0 0 0 0 0 4 319/508 - 251/508 1 229/254
L8 0 0 0 0 0 7 235/254 5 89/254 4 105/127

Obs. Copio a tabela e limpo os números. AS anotações são referentes a tabela imediatamente anteirior.
a66 tem que ser um. Vamos dividir L6 por 477/508, as demais linhas permanecem iguais.
-
L1 1 6 5 4 4 2 -9
L2 0 1 -0,81818182 -0,54545455 -0,636363636 -0,31818182 1,227272727 -0,27272727
L3 0 0 1 -6,66666667 -5,333333333 -2,66666667 15 -3,33333333
L4 0 0 0 1 0,722222222 0,361111111 -2,25 0,444444444
L5 0 0 0 0 1 -0,24409449 -1,488188976 -0,19685039
L6 0 0 -0 0 0 1 1 350/477 1 133/477
L7 0 0 0 0 0 4 319/508 - 251/508 1 229/254
L8 0 0 0 0 0 7 235/254 5 89/254 4 105/127

Obs. Copio a tabela e limpo os números. AS anotações são referentes a tabela imediatamente anteirior.
Zerando todos elementos abaixo de a66. ( as linhas anteiores permanecem iguais)
L7 = Oposto de 65*L5 + L6; L7 = Oposto de a75 *L5 + L7; L8 = oposto de a85 * L5 + L8.
-
L1 1 6 5 4 4 2 -9
L2 0 1 -0,81818182 -0,54545455 -0,636363636 -0,31818182 1,227272727 -0,27272727
L3 0 0 1 -6,66666667 -5,333333333 -2,66666667 15 -3,33333333
L4 0 0 0 1 0,722222222 0,361111111 -2,25 0,444444444
L5 0 0 0 0 1 -0,24409449 -1,488188976 -0,19685039
L6 0 0 -4,1419E-16 0 0 1 1,733752621 1,278825996
L7 0 0 0 0 0 0 -8 247/477 -4 8/477
L8 0 0 0 0 0 0 -8 62/159 -5 49/159

Obs. Copio a tabela e limpo os números. AS anotações são referentes a tabela imediatamente anteirior.
a77 tem que ser um. Vamos dividir L7 pelo no. Misto -2 35/53 , as demais linhas permanecem iguais.
-
L1 1 6 5 4 4 2 -9
L2 0 1 -0,81818182 -0,54545455 -0,636363636 -0,31818182 1,227272727 -0,27272727
L3 0 0 1 -6,66666667 -5,333333333 -2,66666667 15 -3,33333333
L4 0 0 0 1 0,722222222 0,361111111 -2,25 0,444444444
L5 0 0 0 0 1 -0,24409449 -1,488188976 -0,19685039
L6 0 0 -4,1419E-16 0 0 1 1,733752621 1,278825996
L7 0 0 -0 0 0 -0 1 141/299
L8 0 0 0 0 0 0 -8 62/159 -5 49/159

8
Obs. Copio a tabela e limpo os números. AS anotações são referentes a tabela imediatamente anteirior.
Zerando todos elementos abaixo de a77. ( as linhas anteiores permanecem iguais)
L8= Oposto do número misto -8 62/159 * L7 + L8.
-
L1 1 6 5 4 4 2 -9
L2 0 1 -0,81818182 -0,54545455 -0,636363636 -0,31818182 1,227272727 -0,27272727
L3 0 0 1 -6,66666667 -5,333333333 -2,66666667 15 -3,33333333
L4 0 0 0 1 0,722222222 0,361111111 -2,25 0,444444444
L5 0 0 0 0 1 -0,24409449 -1,488188976 -0,19685039
L6 0 0 0 0 0 1 1,733752621 1,278825996
L7 0 0 0 0 0 0 1 0,47157273
L8 0 0 0 0 0 0 0 -1 185/526

de L8 temos h= h= 2
subst. h em L7, temos g= g= 3
substi h, g em L6, temos f= f=4
substi h, g, f em L5, temos e= e=4
substi h, g, f,e em L4, temos d= d =3
subst h, g, f,e d em L3, temos c= c=2
subst h, g, f,e ,d,c em L2, temos b= b =1
subst h,g, f,e ,d,c,b em L1, temos a= a=1
Solução: a =1; b=1; c = 2; d = 3; e = 4; f = 4; g= 3; h = 2.

x+2 z−t=3
3)
{2 x−3 y +2 x+ z+t=3
3 x + y + z=8
2 x−3 z+2 t=3

x+ 2 y + z−w=2
4)
{2 x−3 y +2 w=−7
4 x−5 z−3 w=−6
3 x − y+ 4 z +2 w=1

¿ a+3 b +4 c−2 e=−1

5)
{ 2 a+b+3 c +d −2 e=−6
3 a+b−3 d−e=0
4 a+ 3 c−d +5 e=11
3 a−5 b−2 c+ 2 d+ e=−9