Você está na página 1de 3

AULA 05 – CÓDIGO / CONTROLADORIA

01. 01. A competência disciplinar é inerente ao cargo,


função ou posto, sendo autoridades competentes para 09. As ordens legais devem ser prontamente acatadas
aplicar sanção disciplinar o Governador do Estado: a e executadas, cabendo inteira responsabilidade à auto-
todos os militares do Estado sujeitos a este Código. ridade que as determinar, independente se cometidas
com excesso ou abuso.
( ) CERTO ( ) ERRADO
( ) CERTO ( ) ERRADO
02. Na aplicação das sanções disciplinares serão sem-
pre considerados a natureza, a gravidade e os motivos 10. . Hierarquia militar estadual é a ordenação progres-
determinantes do fato, os danos causados, a persona- siva da autoridade, em graus diferentes, da qual decor-
lidade e os antecedentes do agente, a intensidade do re a obediência, dentro da estrutura da Polícia Militar e
dolo ou o grau da culpa. do Corpo de Bombeiros Militar, culminando no Gover-
nador do Estado, Chefe Supremo das Corporações
( ) CERTO ( ) ERRADO Militares do Estado.

03. A prestação do serviço extraordinário, em razão de ( ) CERTO ( ) ERRADO


conversão em serviço extraordinário, não poderá ser
executada imediatamente após ou anteriormente a 11Constitui um dever do militar abster-se, ainda que na
este, ao término de um serviço ordinário, salvo quando inatividade, do uso das designações hierárquicas em
houver extrema necessidade de serviço. atividade político-partidária, salvo quando candidato a
cargo eletivo.
( ) CERTO ( ) ERRADO
( ) CERTO ( ) ERRADO
04. O limite máximo de conversão da permanência
disciplinar em serviço extraordinário é de 5 (cinco) dias, 12. Quando a ordem parecer obscura, dúbia ou não
salvo quando o militar não possuir sanções de nature- manifestamente ilegal, o subordinado, ao recebê-la,
za grave ou media, situação em que a conversão pode- deverá solicitar que os esclarecimentos necessários
rá chegar a 10 dias. sejam oferecidos de maneira formal.

( ) CERTO ( ) ERRADO ( ) CERTO ( ) ERRADO

05. . A reforma administrativa disciplinar poderá ser 13. A advertência poderá ser aplicada às transgres-
aplicada, mediante processo regular ao oficial julgado sões de natureza media e eventualmente às graves.
incompatível ou indigno profissionalmente para com o
oficialato, após sentença passada em julgado no Tri- ( ) CERTO ( ) ERRADO
bunal competente, ressalvado o caso de demissão.
14Em situações especificas a advertência poderá ser
( ) CERTO ( ) ERRADO publicada em boletim interno da corporação.

06. O militar do Estado que sofrer reforma receberá ( ) CERTO ( ) ERRADO


remuneração proporcional ao tempo de serviço militar.
15. Quando o militar chegar atrasado em sua OPM, ou
( ) CERTO ( ) ERRADO seja, quando cometer transgressão de natureza leve,
poderá ser punido com uma permanência disciplinar,
07. Os militares estaduais na inatividade, cuja conduta desde que seja reincidente e não ultrapasse cinco dias.
possa ser considerada ofensiva à dignidade da classe,
poderão ser, temporariamente, proibidos de usar uni- ( ) CERTO ( ) ERRADO
formes por decisão do Comandante-Geral, conforme
estabelece o Código Disciplinar. 16. . O militar que publicar, divulgar ou contribuir para a
divulgação irrestrita de fatos, documentos ou assuntos
( ) CERTO ( ) ERRADO administrativos ou técnicos de natureza militar ou judi-
ciária, que possam concorrer para o desprestígio da
08. . A demissão do militar estadual se efetua ex offi- Corporação Militar comete transgressão de natureza
cio, a pedido ou como recompensa. grave.

( ) CERTO ( ) ERRADO ( ) CERTO ( ) ERRADO


17. . O militar do Estado que sofrer reforma administra- 27. O recolhimento transitório constitui sanção discipli-
tiva disciplinar receberá proventos proporcionais ao nar e medida acautelatória da ordem social vigente.
tempo de serviço militar.
( ) CERTO ( ) ERRADO
( ) CERTO ( ) ERRADO
28. Sobre a advertência é correto afirmar que poderá
18. A proibição do uso do uniforme e da arma de fogo ser aplicada às faltas de natureza media, desde que
poderá ser aplicada ao militar do serviço ativo, situação seja de forma verbal.
em que o militar será retirado do serviço de rua, como
determina o código disciplinar, além de trazer-lhe preju- ( ) CERTO ( ) ERRADO
ízo pecuniário.
29. A repreensão poderá ser aplicada às faltas de natu-
( ) CERTO ( ) ERRADO reza leve.

19. promover ou participar de luta corporal com superi- ( ) CERTO ( ) ERRADO


or, igual, ou subordinado hierárquico configura trans-
gressão de natureza media punível com repreensão. 30. O superior hierárquico poderá ser responsabilizado
de forma solidaria quando presenciar o cometimento
( ) CERTO ( ) ERRADO da transgressão por seu subordinado e não intervir
para fazer cessar o agravo cometido.
20. Uma das possibilidades de análise da antiguidade,
independentemente de igualdade de Posto ou de Gra- ( ) CERTO ( ) ERRADO
duação, é a questão da maior idade.
31. Posto é o grau hierárquico dos oficiais, conferido
( ) CERTO ( ) ERRADO por ato do Governador do Estado e confirmado em
Carta Patente ou Folha de Apostila.
21. Passar à ausente configura transgressão de natu-
reza grave. ( ) CERTO ( ) ERRADO

( ) CERTO ( ) ERRADO 32. . As decisões de aplicação do recolhimento transi-


tório serão sempre fundamentadas, as quais são ime-
22. Deixar de prestar continência e outros sinais de diatamente comunicadas ao Juiz Auditor, Ministério
honra configura transgressão de natureza leve. Público e Controlador Geral de Disciplina dos Órgãos
de Segurança Pública e Sistema Penitenciário, mesmo
( ) CERTO ( ) ERRADO quando não se trate de crime, mas tão somente de
suposta prática de transgressão disciplinar.
23. Estão sujeitos ao código os militares do serviço
ativo e os da reserva remunerada. ( ) CERTO ( ) ERRADO

( ) CERTO ( ) ERRADO 33. Ao Militar estadual preso em recolhimento transitó-


rio é garantida a a ocupação da prisão conforme seu
24. O recolhimento transitório será publicado em bole- círculo hierárquico.
tim interno da corporação.
( ) CERTO ( ) ERRADO
( ) CERTO ( ) ERRADO
34. O recurso do recolhimento transitório será interpos-
25. Quanto ao recolhimento transitório, é correto afir- to perante o Comandante da Corporação onde estiver
mar que caso um cabo seja recolhido transitoriamente, recolhido o militar, que o encaminhará ao seu superior
um soldado poderá fazer a condução para que autori- hierárquico, que será responsável por proferir a deci-
dade competente determine o recolhimento. são.

( ) CERTO ( ) ERRADO ( ) CERTO ( ) ERRADO

26. O recolhimento transitório poderá ter mais de 5 35. A personalidade do agente não é fator determinan-
(cinco) dias como limite, desde que seja determinado te para o julgamento do processo e, consequentemen-
por autoridade judiciaria competente. te, para a aplicação de sanções disciplinares.

( ) CERTO ( ) ERRADO ( ) CERTO ( ) ERRADO


36. . No que pertine ao enquadramento militar, não há 21) ERRA DA. É necessário o interesse do militar na con-
necessidade de apontamentos acerca das alegações versão.
de defesa apresentadas pelo transgressor. 22) CORRETA. É possível sim.
23) CORRETA.
( ) CERTO ( ) ERRADO 24) E RRA DA. Se receber autorização não configura san-
ção. Art. 13, §2º Inciso XLV
37. O conluio de duas ou mais pessoas é considerada 25) ERRADA. Transgressão Media. Art. 13, §2º Inciso VII.
26) ERRA DA. Dever e não valor. Art. 8º do Código Disci-
uma circunstância agravante de transgressão discipli-
plinar.
nar.
27) ERRADA. Art. 2º do Código Disciplinar.
28) E RRA DA. Trata-se de um dever e não valor. Art. 8º do
( ) CERTO ( ) ERRADO Código Disciplinar.
29) E RRA DA. É PROIB IDO. Art. 8º, §1º do Código Disci-
38. A preservação da natureza e do meio ambiente é plinar.
considerado um valor militar insculpido no Código Dis- 30) E RRA DA. É necessário manter o dever de disciplina e
ciplinar. respeito à hierarquia.
31) CORRE TA. Media. 13, §2º, Inciso XLV III, do Código
( ) CERTO ( ) ERRADO Disciplinar.
32) CORRE TA. A transgressão de natureza leve se aplica
39. É um dever ético militar cumprir e fazer cumprir, tanto a advertência como a repreensão.
dentro de suas atribuições legalmente definidas, a 33) CORRETA. Media. 23, do Código Disciplinar.
Constituição, as leis e as ordens legais das autoridades 34) E RRA DA. Trat a-se de uma possibilidade e não de
competentes, exercendo suas atividades com respon- uma obrigação. Código Disciplinar.
sabilidade, incutindo este senso em seus subordina- 35) CORRETA. Art. 2º e 22, do Código Disciplinar.
dos. 36) ERRADA. Art. 2º do Código Disciplinar.

( ) CERTO ( ) ERRADO

GABARITO COMENTADO DA AULA 3

1) ERRADA. Trata-se de transgressão grave.


2) ERRADA.
3) ERRA DA. Demissão e não Reforma A dministrativa, art.
23 Código Disciplinar.
4) CORRE TA. Art. 13, §2º Inciso XLVI do Código Discipli-
nar.
5) CORRETA.
6) ERRADA. Art. 15, na verdade ocorrerá na m odalidade
verbal.
7) CORRETA. At. 20, §1º do Código Disciplinar.
8) CORRETA. At. 24, do Código Disciplinar.
9) CORRETA. At. 48, do Código Disciplinar.
10) CORRETA.
11) CORRETA. Art. 29 EMECE.
12) CORRETA. Art. 74 EMECE.
13) E RRA DA. Não existe demissão como recompensa,
muito menos a pedido.
14) ERRADA. Nem todo militar inativo pode ser punido.
15) ERRA DA. Art. 10 do Código Disciplinar, o excesso
cometido é responsabilidade do executante.
16) CORRETA. At. 3º, do Código Disciplinar.
17) ERRADA.
18) CORRE TA. At. 13, §1º, Inciso XXIII, do Código Disci-
plinar.
19) ERRADA. Grave e não media. Código Disciplinar.
20) CORRE TA. Media. 13, §2º, Inciso XXV II, do Código
Disciplinar.