Você está na página 1de 6

Métodos de separação das Misturas.

Um dos grandes desafios da Química sempre tem sido a obtenção de substâncias


“puras” a partir de misturas. Há vários métodos de purificação de misturas, e a escolha
depende:
Do tipo da mistura a ser separada.
Das condições materiais e econômicas.
Do tempo gasto na separação.

Misturas Heterogêneas.

A- DECANTAÇÃO método baseado na diferença de densidade entre os componentes da


mistura. Separa, principalmente, sólidos de líquidos ou misturas de líquidos imiscíveis. É
um método dependente da forca da gravidade.

B- CENTRIFUGAÇÃO É uma decantação a celerada por uma centrífuga, separa no


cotidiano, principalmente os componentes da mistura heterogênea do sangue.
C- DISSOLUÇÃO FRACIONADA Consiste em adicionar à mistura de sólidos um líquido
capaz de dissolver apenas um dos componentes da mistura heterogênea. Ë um método
seguido de vários outros processos, como a filtração e a evaporação.
D- FILTRAÇÃO Durante esse processo, são utilizados matérias porosos que permitem a
passagem de líquidos, mas não as partículas solidas. Pode ser dividida em filtração simples ou
a vácuo. O método baseia-se na diferença de tamanho dos componentes da mistura.

Filtração simples Dependente da forca da gravidade

Filtração a vácuo Acelerada pelo vácuo.


E- Imantação ou Separação Magnética Método baseado nas propriedades magnéticas de um
dos componentes da mistura podendo ser separado por um imã. Ë muito usado no processo de
reciclagem de metais.

F- FLOTAÇÃO Processo que separa misturas de solidos com densidades diferentes,


utilizando um líquido que não dissolva nenhum dos solidos e apresentando densidade
intermediaria aos sólidos. Com isso, após a adicao do liquido, o solido menos denso flutua
permitindo sua separacao da mistura.
G- Cromatografia Método baseado na diferença de afinidade do solvente por diferentes
sólidos formadores da mistura. Durante esse método o componente que formar com o solvente
as ligações mais eficientes alcançarão maior altura na coluna de corrimento e os de menor
afinidade permanecerão em pontos mais baixos.

H- ETA (Estação de tratamento de água) Um dos métodos de separação mais importantes


do nosso cotidiano, que tem por finalidade tornar a água de represas em condições de serem
usadas pela população. O método é baseado nas seguintes etapas:

Peneiração Remoção de objetos, galhos, animais maiores, garrafas de modo a impedir a


entrada na estação de tratamento.
Pré-cloração O cloro é usado para diminuir a quantidade de microorganismos existentes na
água, é um agente bactericida.
Floculação Adição de substâncias (Hidróxido de cálcio + sulfato de alumínio) formando-se
flocos de Hidróxido de alumínio que são insolúveis.
Decantação Devido à densidade, os flocos decantam e arrastam para o interior do recipiente
as impurezas em solução.
Filtração Remoção das impurezas decantadas no interior do recipiente e aquelas ainda em
suspensão.
Pós-cloração Ajuste da concentração do cloro, de modo a tornar a água em condições de
consumo. Nesta etapa pode ser usado também o ozônio.
Aeração, Controle da Acidez e Fluoretação São consideradas etapas opcionais,
destacando-se a adição de íons fluoreto (F- ) para reduzir cáries dentárias.

MISTURAS HOMOGÊNEAS

A- DESTILAÇÃO SIMPLES Separa misturas homogêneas de sólidos e líquidos


baseando-se na diferença de temperaturas de ebulição dos componentes da mistura.
Não é tão eficiente quanto a destilação fracionada, por isso normalmente os
componentes apresentam grande diferenças nas temperaturas de ebulição. Durante a
técnica ocorre um aquecimento gerando vapor que ira passar dentro de um tubo que
contem um envoltório com água fria chamado condensador. Essa água removera o
calor do vapor transformando-o novamente em líquido.
B- Destilação fracionada Método baseado nas mesmas técnicas da destilação
simples, entretanto mais eficiente devido ao uso da coluna de fracionamento que torna
o processo mais seletivo. Separam-se principalmente misturas homogêneas de
líquidos cuja temperatura de ebulição não são muito diferentes entre si. A principal
aplicação da técnica é na separação dos componentes do petróleo.