Você está na página 1de 8

PE RGUNTA 1

1. A Figura 1 mostra um gráfico de controle para a fração de itens defeituosos em um


determinado processo. Para construir o gráfico, 2 amostras por turno (com a mesma
quantidade de observações) foram retiradas do processo para análise. Os parâmetros do
gráfico são:
Limite superior de controle (LSC) = 0,202
Linha central (LC) = 0,115
Limite inferior de controle (LIC) = 0,027
Sabe-se, também, que 275 itens foram classificados como defeituosos ao analisar todas as
amostras.

Figura 1. Gráfico de controle para a fração de itens defeituosos. Fonte: Autor


Considerando os dados acima e o conteúdo estudado sobre gráficos de controle para
atributos, analise as afirmações a seguir.

I. Cada amostra coletada do processo possui 120 observações


II. Para o gráfico que computa o número de itens defeituosos, LIC = 0
III. Para o gráfico que computa o número de itens defeituosos, LC = 13,75
IV. O processo está sob controle estatístico

Está correto apenas o que se afirma em:


II e IV.
II e III.
I e II.
I e III.
I e IV.

1 pontos
PE RGUNTA 2
1. Para analisar o desempenho do processo de produção de um determinado produto, 20
amostras (cada uma com 80 observações) foram coletadas em intervalos regulares para
análise. Os resultados obtidos (número de itens defeituosos e a fração de itens defeituosos)
são mostrados na Tabela 1.
Tabela 1. Dados do processo. Fonte: autor
Fração de
Número de Número de itens
Amostra itens
observações defeituosos
defeituosos
1 80 8 0,10
2 80 15 0,19
3 80 14 0,18
4 80 9 0,11
5 80 15 0,19
6 80 6 0,08
7 80 17 0,21
8 80 12 0,15
9 80 25 0,31
10 80 8 0,10
11 80 10 0,13
12 80 5 0,06
13 80 15 0,19
14 80 13 0,16
15 80 11 0,14
16 80 20 0,25
17 80 18 0,23
18 80 25 0,31
19 80 15 0,19
20 80 9 0,11
Total 1.600 270 3,375

Com base nos dados acima e no conteúdo estudado sobre gráficos de controle para
atributos, é correto afirmar que a linha central (LC), o limite inferior de controle (LIC) e o
limite superior de controle (LSC) do gráfico da fração de itens defeituosos (gráfico p) são:
LC = 0,16; LIC = 0,10; LSC = 0,28.
LC = 0,17; LIC = 0,04; LSC = 0,30.
LC = 0,17; LIC = 0,00; LSC = 0,31.
LC = 0,15; LIC = 0,06; LSC = 0,30.
LC = 0,16; LIC = 0,06; LSC = 0,31.

1 pontos
PE RGUNTA 3
1. Os quatro principais gráficos de controle para atributos são: gráfico u (número de defeitos
por unidade), gráfico p (fração de itens defeituosos), gráfico c (número de defeitos) e
gráfico np (número de itens defeituosos. Quando o processo está sob controle estatístico,
os dados nos gráficos u e c seguem uma distribuição de probabilidade ________, enquanto os
gráficos p e np seguem uma distribuição _______. Quando o tamanho das amostras é _______,
os gráficos u e p são opções adequadas.
Assinale a alternativa que preenche, correta e respectivamente, as lacunas do trecho
de Poisson ... binomial ... constante
Binomial ... de Poisson ... variável
Normal ... de Poisson ... constante
de Poisson ... binomial ... variável
Binomial ... de Poisson ... constante

1 pontos
PE RGUNTA 4
1. O gráfico u, também chamado de carta u, é um gráfico de controle para atributos utilizado
para monitorar a quantidade de defeitos por unidade.
Considere que, em uma linha de produção de computadores pessoais, amostras com 5
observações sejam inspecionadas em intervalos regulares e a quantidade de defeitos por
unidade seja registrada em um gráfico u.
Considerando os dados indicados e o conteúdo estudado sobre o gráfico de controle para o
número de defeitos por unidade, analise as afirmativas a seguir.
I. Para que o monitoramento do número de defeitos por unidade seja efetivo, é
necessário que o tamanho da amostra seja constante.
II. O número de defeitos por unidade em uma amostra pode ser obtido dividindo a
quantidade de defeitos na amostra pelo tamanho da amostra.
III. A linha central do gráfico u é obtida dividindo o número médio de defeitos por
unidade pela quantidade de amostras.
IV. Os limites inferiores de controle (LIC) e superior de controle (LSC) são simétricos
em relação à linha central do gráfico u.
Está correto apenas o que se afirma em:
II e III.
I e II.
I e IV.
II e IV.
I e III.

1 pontos
PE RGUNTA 5
1. Leia o trecho a seguir:
“Quando não existe especificação para a probabilidade de que um item produzido seja
defeituoso, o controle dessa probabilidade pode ser realizado exclusivamente através de
informações provenientes da amostra. Nesse caso, portanto, não se faz necessário utilizar
um valor especificado para p, pois essa probabilidade é estimada a partir de todas as
amostras disponíveis.”
L., LOUZADA, Francisco; DINIZ, Carlos A.R.; FERREIRA, Paulo H.; FERREIRA, E. Controle
Estatístico de Processos - Uma Abordagem Prática para Cursos de Engenharia e
Administração. Grupo GEN, 2013. [Minha Biblioteca]. Página 78

O trecho acima indica que é preciso estimar a probabilidade de um item ser defeituoso
quando esta não é especificada. Assumindo que o processo está sob controle estatístico,
essa probabilidade pode ser estimada a partir da proporção de defeitos da i-ésima amostra,
pi, por
, em que m a quantidade de amostras.

, em que n é o tamanho das amostras.

, em que m a quantidade de amostras.

, em que n é o tamanho das amostras.

, em que n é o tamanho das amostras.

1 pontos
PE RGUNTA 6
1. Como parte de uma iniciativa para aumentar a qualidade de um produto, uma equipe
decidiu monitorar a quantidade de não conformidades geradas durante um período de 10
semanas de produção. Para isso, 12 produtos por semana foram inspecionados. A Tabela 1
mostra o registro das não conformidades.
Tabela 1. Registro de não conformidades
Número total de
Tamanho da
Amostra não
amostra
conformidades
1 12 12
2 12 13
3 12 24
4 12 14
5 12 10
6 12 14
7 12 10
8 12 16
9 12 16
10 12 15
Total 120 144

Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre gráficos de controle para o


número de defeitos por unidade (gráfico u), assinale com V (verdadeiro) ou F (falso) as
afirmações abaixo.
( ) O número médio estimado de defeitos por unidade é igual a 1,2.
( ) O número de defeitos por unidade na semana 3 está acima do limite superior de
controle.
( ) As amostras 5 e 7 estão abaixo do limite inferior de controle do gráfico\ u.
( ) A maioria dos pontos do gráfico u está abaixo da linha central.
A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é
V–V–F–F
F–V–F–V
F–F–V–F
V–V–V–F
V–F–F–V
1 pontos
PE RGUNTA 7
1. Leia o trecho a seguir:
“O grá fico c é empregado no controle do nú mero de defeitos por item. É ú til quando cada
item produzido pode apresentar mais de um tipo de defeito ou repetiçõ es do mesmo
defeito. A unidade inspecionada muitas vezes consiste em um item caro, e tal inspeção
demanda o investimento de tempo e dinheiro, fazendo com que cada uma dessas unidades
seja considerada uma amostra.”
L., LOUZADA, Francisco; DINIZ, Carlos A.R.; FERREIRA, Paulo H.; FERREIRA, E. Controle
Estatístico de Processos - Uma Abordagem Prática para Cursos de Engenharia e
Administração. Grupo GEN, 2013. [Minha Biblioteca]. Página 97.
O trecho acima descreve as características do número de não conformidades, conhecido
como gráfico c. A Figura 1 mostra um exemplo desse tipo de gráfico.

Figura 1. Gráfico de controle para o número de não conformidades. LIC = limite inferior de
controle; LC = Linha central; LIC = Limite inferior de controle. Fonte: autor

Com base nas informações acima e no conteúdo estudado, é correto afirmar que:

as amostras devem ter tamanho variável para que a análise seja efetiva.
de acordo com o gráfico, o processo está sob controle estatístico.
a amostra 6 é um ponto fora de controle, pois está abaixo do LIC.
as amostras 6 e 14 são alarmes falsos e devem ser desconsideradas.
a amostra 6 é um ponto sob controle, mesmo estando abaixo do LIC.

1 pontos
PE RGUNTA 8
1. A Figura 1 mostra um gráfico de controle que monitora o número de defeitos por unidade
de um determinado produto. Para construir o gráfico, foram inspecionadas 30 amostras
(com 10 observações cada) a cada 60 minutos. Os parâmetros do gráfico para as primeiras
20 horas de produção são:

• Limite superior de controle (LSC): 3,54


• Linha central (LC): 2,15
• Limite inferior de controle (LIC): 0,76

Após 20 horas de produção, o processo foi ajustado.

Figura 1. Distribuições de frequência para os processos A, B e C

Com base nas informações acima e no conteúdo estudado, assinale com V (verdadeiro) ou F
(falso) as afirmações abaixo.

( ) Nas primeiras 20 horas o processo está sob controle estatístico.


( ) Houve um deslocamento da média do processo a partir do ponto 21.
( ) Os limites LIC e LSC devem ser mantidos após o ajuste do processo.
( ) Os dados mostram que há menos itens defeituosos após o ajuste do processo.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:


V–F–F–V
V–V–F–F
V–V–V–F
F–F–V–F
F–V–F–V

1 pontos
PE RGUNTA 9
1. Para analisar o desempenho de um processo, 100% dos itens produzidos em cada turno
foram inspecionados e os resultados (tamanhos das amostras, número de itens defeituosos
e fração de itens defeituosos) estão mostrados na Tabela 1.
Tabela 1. Dados para análise do processo
Número de
observações Fração de
Número de itens
Amostra na amostra itens
defeituosos
(quantidade defeituosos
produzida)
1 50 3 0,06
2 30 2 0,07
3 20 2 0,10
4 60 3 0,05
5 100 6 0,06
6 70 3 0,04
7 105 7 0,07
8 80 4 0,05
9 90 5 0,06
10 70 2 0,03
11 30 2 0,07
12 40 2 0,05
13 60 5 0,08
14 80 4 0,05
15 100 8 0,08
16 60 3 0,05
17 70 4 0,06
18 110 9 0,08
19 120 7 0,06
20 75 5 0,07

Com base nestas informações e no conteúdo estudado, analise as afirmações a seguir e a


relação proposta entre elas:

O gráfico do número de itens defeituosos (gráfico np) é adequado para monitorar o


desempenho do processo.
PORQUE
O gráfico np monitora o número absoluto de itens defeituosos em cada amostra.

Analisando estas afirmações, conclui-se que:


as duas afirmações são verdadeiras e a segunda justifica a primeira.
as duas afirmações são verdadeiras e a segunda não justifica a primeira.
as duas afirmações são falsas.
a primeira afirmação é falsa e a segunda é verdadeira.
a primeira afirmação é verdadeira e a segunda é falsa.

1 pontos
PE RGUNTA 10
1. Os dados utilizados no controle estatístico da qualidade podem ser de dois tipos: variáveis
contínuas ou variáveis discretas. Em geral, na prática, as variáveis contínuas (como
comprimento, volume etc.) são chamadas de variáveis e os dados discretos (como a
quantidade de defeitos, por exemplo) são denominados atributos.
Considerando as informações acima e o conteúdo estudado sobre tipos de variáveis, é
correto afirmar que uma variável aleatória que indica se um produto é conforme ou não
conforme segue a distribuição do tipo:
de Poisson.
contínua.
normal.
binomial.
de Weibull.