Você está na página 1de 54

Observe as substâncias presentes no nosso cotidiano

O Na Cl N N O
H H O O
Água Cloreto de sódio Nitrogênio Ozônio
(sal de cozinha)

Reflita: Porque ...

... nas substâncias os átomos estão unidos uns aos outros?

... na água há um átomo de oxigênio e dois átomos de hidrogênio?

... no cloreto de sódio há apenas um átomo de cada elemento?

... no ozônio existem três átomos do oxigênio?

... no nitrogênio temos dois átomos de nitrogênio?


LIGAÇÕES QUÍMICA
Os gasesou
Átomos nobres e a estabilidade
íons com esta configuração eletrônica são ESTÁVEIS

Os átomos dos GASES NOBRES são encontrados ISOLADOS na

na natureza e, isto se deve à sua configuração eletrônica.

2He 1s2

10Ne 1s2 2s2 2p6

18Ar 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6

36Kr 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d10 4p6

54Xe 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d10 4p6 5s2 4d10 5p6

86Rn 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d10 4p6 5s2 4d10 5p6 6s2 4f14 5d10 6p6

Com exceção do HÉLIO, todos têm na camada de valência

8 ELÉTRONS
Os átomos NÃO ESTÁVEIS se unem a outros átomos a fim de
adquirir essa configuração eletrônica ESTÁVEL
Essa é a TEORIA DO OCTETO

Nestas uniões os átomos devem ...

... ganhar ou perder elétrons de sua última camada

O SÓDIO PERDEU + – O CLORO GANHOU


ELÉTRON Na Cl ELÉTRON

... compartilhar elétrons de sua última camada

H H
OS ÁTOMOS DE HIDROGÊNIO COMPARTILHARAM ELÉTRONS
Os átomos com ...

... menos de QUATRO ELÉTRONS na última camada devem perder estes


elétrons formando um CÁTION estável.

11Na 1s2 2s2 2p6 3s1 Perde UM ELÉTRON

13A l 1s2 2s2 2p6 3s2 3p1 Perde TRÊS ELÉTRONS

... mais de QUATRO ELÉTRONS na última camada devem GANHAR


elétrons até completar o OCTETO formando um ÂNION estável.

16S 1s2 2s2 2p6 3s2 3p4 Ganha DOIS ELÉTRONS

17C l 1s2 2s2 2p6 3s2 3p5 Ganha UM ELÉTRON


TABELA PERIÓDICA E AS
LIGAÇÕES QUÍMICA
01) Para adquirir configuração eletrônica de um gás nobre, o átomo
de número atômico 16 deve:

a) perder dois elétrons.


b) receber seis elétrons.
c) perder quatro elétrons.
d) receber dois elétrons
e) perder seis elétrons

1s2 2s2 2p6 3s2 3p4 Ganha DOIS ELÉTRONS


02) (UCDB-MS) Um elemento de configuração 1s2 2s2 2p6 3s2 3p5
possui forte tendência para:

a) Perder 5 elétrons.
b) Perder 1 elétron.
c) Perder 2 elétrons.
d) Ganhar 2 elétrons.
e) Ganhar 1 elétron.

1s2 2s2 2p6 3s2 3p5 Ganha 1 elétron para completar o octeto
03) Em relação ao cálcio (Z = 20), elemento presente nas substâncias
carbonato de cálcio e sulfeto de cálcio, é correto afirmar que:

a) Se encontra no terceiro período da tabela periódica.


b) Possui quatro elétrons na camada mais externa.
c) Possui tendência a formar íons de carga positiva.
d) Pertence à família dos metais alcalinos.

1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2

 Se encontra no 4º período da tabela periódica.

 Possui dois elétrons na camada mais externa.

 Possui tendência a formar CÁTIONS.

 Pertence à família dos metais alcalinos terrosos.


04) Na ligação química de um átomo X, alcalino – terroso,
com um elemento Y, pertencente à família dos halogênios,
deverá haver a formação de cátion e ânion, respectivamente:

a) X+ e Y–.
b) X+ e Y–2.
c) X+2 e Y–. 2 perde DOIS ELÉTRONS X+2
d) X+2 e Y–2.
17 ganha UM ELÉTRON Y–
e) X+2 e Y–7.
LIGAÇÃO IÔNICA ou ELETROVALENTE

Esta ligação ocorre devido à


ATRAÇÃO ELETROSTÁTICA
entre íons de cargas opostas

Na ligação iônica os átomos ligantes apresentam uma grande


diferença de eletronegatividade ,
isto é, um é
METAL e o outro AMETAL
LIGAÇÃO ENTRE O SÓDIO (Z = 11) E CLORO (Z = 17)

Na (Z = 11) 1s2 2s2 2p6 3s1

PERDE 1 ELÉTRON

Cl (Z = 17) 1s2 2s2 2p6 3s2 3p5

RECEBE 1 ELÉTRON

+ –
Na Cl

CLORETO DE SÓDIO
Na Cl

sódio cloro

NaCl

CLORETO DE SÓDIO
Mg (Z = 12) K=2 L=8 M=2

Cl (Z = 17) K=2 L=8 M=7 Cl cloro

Mg

Cl
magnésio cloro

MgCl 2

cloreto de magnésio
UMA REGRA PRÁTICA

Para compostos iônicos poderemos


usar na obtenção da fórmula final o
seguinte esquema geral

x y
C A
01) O composto formado pela combinação do elemento X
(Z = 20) com o elemento Y (Z = 9) provavelmente tem
fórmula:
a) XY.
X (Z = 20) 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2
b) XY2.
c) X3Y. X perde 2 elétrons X 2+

d) XY3.
Y (Z = 9) 1s2 2s2 2p5
e) X2Y.
1–
Y ganha 1 elétron Y

2 1
X Y
02) Qual é a fórmula esperada para o composto formado pela união
de um elemento metálico A, do grupo 1, com um elemento não
metálico B, do grupo 15?

A perde 1 elétrons X1+

B ganha 3 elétrons Y 3–

1 3
A B
A B 3
03) Num composto é formado pelo cátion X e o ânion Y, com fórmula
química representada por X2Y3. A respeito desse composto, assinale
a alternativa correta.

a) O átomo X possui 2 elétrons na camada de valência.


b) O átomo Y possui 6 elétrons na camada de valência.
c) O átomo Y possui 2 elétrons na camada de valência.
d) O átomo X possui 6 elétrons na camada de valência.
e) O composto se estabiliza por ligação química covalente.

X 2Y 3

Perdeu 3 ELÉTRONS
tinha 3 elétrons na X3+ Y2– Ganhou 2 ELÉTRONS
tinha 6 elétrons na
camada de valência camada de valência
04) A camada mais externa de um elemento X possui 3
elétrons, enquanto a camada mais externa de outro
elemento Y tem 6 elétrons. Uma provável fórmula de
um composto, formado por esses elementos é:
a) X2Y3.
b) X6Y.
X perde 3 elétrons X3+
c) X3Y.
d) X6Y3. Y ganha 2 elétrons Y 2–

e) XY.
3 2
X Y
04)(UEG-GO) No final do século XVIII e início do XIX, graças ao
trabalho de vários cientistas, chegou-se à conclusão de que
qualquer tipo de material é formado por partículas extremamente
pequenas denominadas átomos.
Sobre um determinado elemento Y, o qual apresenta distribuição
eletrônica 1s2 2s2 2p6 3s2 3p5, considere as seguintes afirmativas:
I. Constitui um elemento representativo da classificação periódica.
II. Pertence à família dos calcogênios.
III. Forma com um elemento X, do grupo 2, o composto iônico de
fórmula XY2.
IV. Tem tendência a receber 2 elétrons e a formar um íon Y 2– .
V. Tem seus elétrons distribuídos em 5 níveis de energia.
Marque a alternativa CORRETA:
a) As afirmativas I e III são verdadeiras.
b) As afirmativas I, III e V são verdadeiras.
c) As afirmativas I, III e IV são verdadeiras.
d) As afirmativas I, IV e V são verdadeiras.
e) Apenas a afirmativa I é verdadeira.
06) Átomos do elemento X, da família 3A, combina-se com Y, da
família 5A. Sobre estes átomos temos que:
0 0 O elemento X possui na sua camada de valência 3 elétrons.
X  3A  possui 3 elétrons na camada de valência

1 1 O elemento Y possui na sua camada de valência 5 elétrons.

Y  5A  possui 5 elétrons na camada de valência


2 2 O composto formado possui fórmula X5Y3.
3 3
X Y simplificando XY
3 3 O elemento X forma o íon X 3+.

X perde 3 elétrons X3+


4 4 O elemento Y forma o ânion Y3 –.

Y Ganha 3 elétrons Y 3–
CARACTERÍSTICAS DOS COMPOSTOS IÔNICOS

Um composto IÔNICO apresenta as propriedades a seguir:

 alto ponto de fusão e ebulição.

 bom condutor de corrente elétrica no estado líquido ou em

solução aquosa.

 sólido à temperatura ambiente.


sal de cozinha
01) (Uema) Se comparado à água, o cloreto de sódio possui ponto de
ELEVADO FORTE ATRAÇÃO
fusão ..................., em conseqüência da .................................
SEUS ÍONS
entre ...................
Dados: Na (Z = 11); Cl (Z = 17).
Os termos que preenchem corretamente e ordenadamente as
lacunas acima são:

a) elevado, forte atração, suas moléculas. Pág. 195


Ex.29
b) mais baixo, fraca atração, seus íons.
c) mais elevado, fraca atração, seus átomos.
d) mais baixo, forte atração, seus íons.
e) elevado, forte atração, seus íons.
02)(PUC-RS) O elemento A tem número atômico 11 e o elemento B, 8.
O composto mais provável formado pelos elementos A e B será:

a) Líquido nas condições ambientes.


b) Um sólido com baixo ponto de fusão.
c) Bom condutor de eletricidade quando fundido.
d) Um composto de fórmula genérica AB2.
e) Insolúvel em água.

A (Z = 11) 1s2 2s2 2p6 3s1


A perde 1 elétrons A 1+

1 2
B (Z = 8) 1s2 2s2 2p4 A B
B ganha 2 elétrons B2 –

composto iônico
LIGAÇÃO COVALENTE ou MOLECULAR

Ocorre quando átomos que necessitam GANHAR ELÉTRONS

para se tornarem ESTÁVEIS se ligam entre si

Estes átomos COMPARTILHAM ELÉTRONS de sua última camada

Os elétrons passam a fazer parte


da camada de valência dos
ELÉTRONS dois átomos ligantes
COMPARTILHADOS

F F
FÓRMULAS DE UMA MOLÉCULA

H (Z = 1) 1s1

H H FÓRMULA ELETRÔNICA

H H FÓRMULA ESTRUTURAL PLANA

H H2 FÓRMULA MOLECULAR
N (Z = 7) 1s2 2s2 2p3

FÓRMULA ELETRÔNICA

FÓRMULA ESTRUTURAL PLANA

FÓRMULA MOLECULAR

2
Consideremos, como terceiro exemplo, a união entre
dois átomos do ELEMENTO HIDROGÊNIO e um átomo do
ELEMENTO OXIGÊNIO para formar a substância
COMPOSTA ÁGUA (H2O)

H (Z = 1) 1s1
O (Z = 8) 1s2 2s2 2p4

H O H FÓRMULA ELETRÔNICA

O
H H FÓRMULA ESTRUTURAL PLANA

H 2O FÓRMULA MOLECULAR
01) Nos compostos covalentes os átomos dos elementos se ligam
através de ligações simples, dupla ou triplas dependendo de suas
configurações eletrônicas. Assim, é correto afirmar que as fórmulas
estruturais das moléculas H2, N2, CO2 e F2, são:

a) H – H, N = N, O Ξ C – O, F – F.
b) H – H, N Ξ N, O Ξ C – O, F = F.
c) H – H, N Ξ N, O = C = O, F – F.
d) H – H, N Ξ N, O Ξ C – O, F – F.
e) H = H, N Ξ N, O = C = O, F = F.

H H N N O C O F F

H H NΞN O= C =O F F

Atividades da apostila:
Pág: 419 à 424
Questões: 1 a 16
02) Quando o elemento X (Z = 12) se combina com o elemento
Y (Z = 9), temos como resultado um composto que possui fórmula
e tipo de ligação, respectivamente:

a) XY – iônica. X (Z = 12) 1s2 2s2 2p6 3s2


b) XY – covalente.
Y (Z = 9) 1s2 2s2 2p5
c) XY2 – iônica.
X  possui 2 elétrons na camada de valência
d) XY2 – covalente.
e) X2Y2 – covalente. Y  possui 7 elétrons na camada de valência

X perde 2 elétrons X2+


Y Ganha 1 elétrons Y 1–

Ligação IÔNICA

2 1
X Y
03) Dois elementos químicos X e Y combinam-se formando uma
substância molecular XY3. X e Y podem ter números atômicos,
respectivamente:
a) 1 e 7.
X 1Y 3
b) 2 e 9. X ou
X
c) 13 e 16.
d) 15 e 35.
e) 20 e 36. Y ou
Y
Possui TRÊS ELÉTRONS
Possui UM ELÉTRON
desemparelhados
desemparelhado
e associados
e associado

X: 1s2 2s2 2p6 3s2 3p3  Z = 15

Y: 1s2 2s2 2p6Possui


3s2 TRÊS
3p 6 4s2 3d10 4p5  Z = 35
ou
Possui CINCO
UM ELÉTRONS
ou SETE ELÉTRONS
na última camada
na última camada
04) Os elementos químicos N e Cl podem combinar-se
formando a substância:
Dados: N (Z = 7); Cl (Z = 17)

a) NCl e molecular.
b) NCl2 e iônica. Cl N Cl
c) NCl2 e molecular.
d) NCl3 e iônica.
e) NCl3 e molecular.
Cl
N Cl 3
como os dois átomos são AMETAIS a ligação é molecular (covalente)

N (Z = 7) 1s2 2s2 2p3

Cl (Z = 17) 1s2 2s2 2p6 3s2 3p5


Vamos mostrar as ligações do dióxido de enxofre (SO2),
onde os átomos de oxigênio e enxofre possuem
6 elétrons na camada de valência

S O FÓRMULA ELETRÔNICA
O
Esta última ligação covalente tem os DOIS ELÉTRONS vindos
de um único átomos ligantes, esta ligação é chamada de
LIGAÇÃO DATIVA ou COORDENADA

S O FÓRMULA ESTRUTURAL PLANA

O
S O2 FÓRMULA MOLECULAR
EXERCÍCIOS EXTRAS
1) Ao se transformar em íon estável, um átomo de
magnésio (Z = 12) e um átomo de oxigênio (Z = 8),
respectivamente:
a) ganha e perde 1 elétron.
b) ganha e perde 2 elétrons.
c) ganha e perde 3 elétrons.
d) perde e ganha 1 elétron.
e) perde e ganha 2 elétrons.
2) Um átomo X apresenta 13 prótons e 14 nêutrons. A
carga do íon estável formado a partir deste átomo será:
a) – 2.
b) – 1.
c) + 1.
d) + 2.
e) + 3.
3) Os átomos pertencentes à família dos metais
alcalinos terrosos e dos halogênios adquirem
configuração eletrônica de gases nobres quando,
respectivamente, formam íons com números de carga:
a) + 1 e – 1.
b) – 1 e + 2.
c) + 2 e – 1.
d) – 2 e – 2.
e) + 1 e – 2.
4) Dadas às afirmações:
I. A camada de valência de um átomo é aquela onde
se situam os elétrons que participam de uma
associação com outro átomo.
II. O número de elétrons na camada de valência de
um átomo é igual ao número atômico.
III. O átomo de oxigênio possui 6 elétrons na camada
de valência.

Dessas afirmações, APENAS:


a) I é correta.
b) II é correta.
c) III é correta.
d) I e III são corretas.
e) II e III são corretas.
5) Os átomos de certo elemento químico metálico
possuem, cada um, 3 prótons, 4 nêutrons e 3
elétrons. A energia de ionização desse elemento está
entre as mais baixas dos elementos da Tabela
Periódica. Ao interagir com halogênio, esses átomos
têm alterado o seu número de:
a) prótons, transformando-se em cátions.
b) elétrons, transformando-se em ânions.
c) nêutrons, mantendo-se eletricamente neutros.
d) prótons, transformando-se em ânions.
e) elétrons, transformando-se em cátions.
6) Um elemento A, de número atômico 13, combina-se
com um elemento B, de número atômico 17. A fórmula
molecular do composto formado é:
a) AB2.
b) A2B.
c) A3B.
d) AB3.
e) A7B3.
7) Um elemento M do grupo 2 forma um composto
binário iônico com um elemento X do grupo 17.
Assinale, entre as opções abaixo, a fórmula do
respectivo composto:
a) MX.
b) MX2.
c) M2X.
d) M2X7.
e) M7X2.
8) Um elemento M da família dos metais alcalino-
terrosos forma um composto binário iônico com um
elemento X da família dos halogênios. Assinale, entre
as opções abaixo, a fórmula mínima do respectivo
composto:
a) MX.
b) MX2.
c) M2X.
d) M2X7.
e) M7X2.
9) O amianto, conhecido também como asbesto, é um material constituído por
fibras incombustíveis. É empregado como matéria-prima na fabricação de
materiais isolantes usados na construção civil, como fibrocimento. O uso
dessas fibras vem tendo queda desde a década de 1960, quando estudos
confirmaram os efeitos cancerígenos desse material, principalmente sobre o
aparelho respiratório.
Entre seus componentes, além do SiO2, estão o óxido de magnésio (MgO) e o
óxido de alumínio (Al2O3).
Em relação ao composto MgO, analise as afirmativas:
I. A ligação entre o magnésio e o oxigênio se dá por transferência de elétrons,
sendo classificada como ligação iônica.
II. Os átomos não alcançaram a configuração do gás nobre após a ligação.
III. Após a ligação entre os átomos de magnésio e oxigênio, há formação de
um cátion Mg2+ e um ânion O2–.

Dados: Mg (Z = 12); O (Z = 8)
Está(ao) correta(s) apenas:
a) I.
b) II.
c) III.
d) I e II.
e) I e III.
10) Dois átomos de elementos genéricos A e B apresentam as
seguintes distribuições eletrônicas em camadas: A  2, 8, 1 e B
 2, 8, 6. Na ligação química entre A e B,
I. O átomo A perde 1 elétron e transforma-se em um íon (cátion)
monovalente.
II. A fórmula correta do composto formado é A2B e a ligação que
se processa é do tipo iônica.
III. O átomo B cede 2 elétrons e transforma-se em um ânion
bivalente.

Assinale a alternativa correta:


a) Apenas II e III são corretas.
b) Apenas I é correta.
c) Apenas II é correta.
d) Apenas I e II são corretas.
e) Todas as afirmativas são corretas.
11) Uma ligação covalente normal é feita por:
a) elétrons de apenas um dos átomos.
b) um elétron de cada átomo.
c) pontes de hidrogênio.
d) partículas alfa.
e) transferência de elétrons.
12) Um átomo de um elemento da família 5A, do
sistema periódico, liga-se a outro átomo de um
elemento da família 7A ligação entre ambos é:
a) coordenada.
b) eletrovalente.
c) dativa.
d) covalente normal.
e) iônica.
13) Qual o número de ligações covalentes normais que
um átomo de número atômico 8 pode realizar?
a) 1.
b) 2.
c) 3.
d) 4.
e) 5.
15) O hidrogênio (Z = 1) e o nitrogênio (Z = 7) devem
formar o composto de fórmula:
a) N2H.
b) NH2.
c) NH3.
d) NH4.
e) NH5.
14) A fórmula N N indica que os átomos de nitrogênio
estão compartilhando três:
a) prótons.
b) elétrons.
c) pares de prótons.
d) pares de nêutrons.
e) pares de elétrons.
16) Para que um átomo neutro de cálcio se transforme em
Ca2+, ele deve:
a) receber dois elétrons.
b) receber dois prótons.
c) perder dois elétrons.
d) perder dois prótons.
e) perder um próton.
17. A fórmula entre cátion X 3 + e o ânion Y – 1 é:
a) XY.
b) XY3.
c) X7Y.
d) X3Y7.
e) X7Y3.
18. Os átomos dos metais alcalinos terrosos (M) apresentam
dois elétrons em sua camada de valência. É de prever os
óxidos e cloretos desses metais tenham, respectivamente, as
fórmulas:
a) MO e MCl2.
b) MO e MCl.
c) MO2 e MCl.
d) MO2 e MCl4.
e) M2O e MCl2.
19. Um átomo possui a seguinte distribuição eletrônica
3d10 4s2 4p5 . Esse átomo, ao se ligar a outros átomos
não-metálicos, é capaz de realizar:
a) somente uma ligação covalente simples.
b) somente uma ligação covalente dupla.
c) uma ligação covalente simples e no máximo uma
dativa.
d) uma ligação covalente simples e no máximo duas
dativas.
e) uma ligação covalente simples e no máximo três
ligações dativas.
20. Na fórmula do ácido sulfúrico (H2SO4), encontramos:
a) 6 ligações covalentes.
b) 8 ligações covalentes.
c) 2 ligações covalentes e 2 ligações dativas.
d) 4 ligações covalentes e 2 ligações dativas.
e) 6 ligações covalentes e 2 ligações dativas.