Você está na página 1de 2

Nome: Geovana Braz de Abreu 2251

Enfermagem

Romantismo na literatura Brasileira


O que foi o Romantismo no Brasil
O impulso do Romantismo surgiu como um contraponto da intensa
racionalização e mecanização provenientes da revolução industrial. Ele é
marcado por um ambiente intelectual de grande rebeldia, oposição à realidade
social e inconformismo às regras que determinavam o fazer artístico,
principalmente na literatura. Para explicar o que foi o Romantismo no Brasil,
primeiro vamos entender suas origens.
Com foco nas emoções e expressão da subjetividade, o Romantismo
literário abriu espaço para que o artista criasse livremente, o que também refletia
o cenário externo, aquilo que acontecia na esfera social. Originalmente surgido
na Alemanha, que estava se formando como nação, o Romantismo teve bases
nacionalistas e se mostrou como espaço para a religação à natureza e também à
essência humana.

Contexto histórico do Romantismo no Brasil


A melhor forma de conhecer uma escola literária é acompanhando o cenário da
época. Com o contexto histórico do Romantismo no Brasil, você percebe que
ele foi uma necessidade que caminhou ao encontro da independência do nosso
país. Após o grito da independência em 1822, surge uma nova mentalidade no
povo brasileiro, que deseja reforçar a nova realidade, negando tudo o que tinha
origem na cultura portuguesa.
Além disso, o país atravessava um momento marcado por reformas políticas,
ânimo de liberdade, necessidade de construção dessa nova nação e,
principalmente, destaque para o nacionalismo e valorização da nossa pátria.
Semelhante ao contexto histórico do Romantismo europeu, a situação, ao mesmo
tempo em que criava uma certa insegurança em relação ao novo modelo, também
inspirava com os novos ares.
Um marco que aponta para o início do Romantismo no Brasil foi o livro
“Suspiros Poéticos e Saudades” de Gonçalves de Magalhães, no ano de 1836.
Veja o trecho inicial do prefácio, que expõe como o Romantismo não está ligado
a um lugar ou vertente específica, mas principalmente ao compromisso do
escritor consigo, não podendo ser as obras julgadas pela forma e, sim, sentidas
pelo leitor.
Características do Romantismo no Brasil
Com relação aos aspectos que marcam a literatura desse movimento, podemos
destacar como principais características do Romantismo no Brasil:
 o rompimento com a cultura precedente, a escola literária do
Arcadismo com o predomínio da racionalidade, ciência e cultura pagã;
 a subjetividade e valorização das expressões dos sentimentos e
manifestações do eu;
 a arte voltada para o povo, surgimento de um público consumidor da
cultura (com o surgimento de tecnologias que agilizavam a produção,
surgiram os folhetins);
 a liberdade e originalidade, com a criação da forma livre de regras;
 a idealização da mulher, muitas vezes culminando no amor platônico;

Fases do Romantismo no Brasil


No Brasil, o Romantismo durou de 1836 a 1881, dividido em 3
gerações. Esse foi o primeiro movimento a autenticar a
literatura nacional brasileira, contribuindo para a criação de
uma identidade cultural própria do nosso país.

Romantismo no Brasil primeira geração


O Romantismo no Brasil, primeira geração, está muito ligado ao
ufanismo, uma vez que o país tinha se tornado independente
recentemente. Outra temática muito explorada nessa época é o
indianismo, apresentando o índio como elemento de ligação à
pátria e à natureza (e riquezas naturais) próprias do Brasil. O
foco foi um resgate da essência história e cultural do país.