Você está na página 1de 16

EXERCÍCIO 1

A CIA ABC estima que conseguirá produzir e vender 12.000 unidades por ano, durante os próximos dois anos, ao
unidade.(Assuma que a produção anual ocorra no final de cada ano). Ao final desse período, o equipamento se

Os gastos médios incorridos na produção e venda de uma unidade de produto KL continuam sendo d
Considere taxa de juros de 10% ao ano
DADOS:
A unidades produzidas/vendidas AO ANO 12,000
B preço venda unitário 17.00
C gastos unitário (produção e venda) 13.00
D taxa de juros % ao ano 10%

RESOLUÇÃO:

PREÇO UNIT (-)


D VALOR EM USO UNITARIO = GASTOS UNIT 4.00
VALOR EM USO DA PRODUÇÃO TOTAL
E DO ANO = D*A 48,000.00

F TRAZER "E" A VALOR PRESENTE =


considerar n em anos (tempo de produção
até virar sucata) 1º ano 2º ano
1.00 2.00
m = c((1+i)^n) 43,636.36 39,669.42
Somatoria dos valores presentes calculados
para cada periodo (n) 83,305.79 =VALOR EM USO
ante os próximos dois anos, ao preço de de $ 17,00 a
sse período, o equipamento se reduziria a sucata.

produto KL continuam sendo de $ 13,00.


EXERCÍCIO 2

A Cia ABC está realizando, em 31/12/X1, o teste de recuperabilidade para o equipamento X, que apresenta
-- Valor original $ 200.000,00, com vida útil de 10 anos.
-- Depreciação acumulada : $ 120.000,00 em 31/12/X1
O valor de mercado para o equipamento X é de $ 75.000,00 na data do teste. Caso a Cia ABC vendesse o equipamento, na data do
no montante de $ 18.000,00.

O equipamento X é utilizado para fabricar apenas um produto, o KL. A empresa está enfrentado dificuldades no mercado, em virtude
similar, com preços bem menores.
Se o equipamento X continuar em uso, a empresa estima que conseguirá produzir e vender 10.000 unidades por ano, ao preço de $
a produção anual ocorra no final de cada ano). Ao final desse período, o equipamento se redu

Os gastos médios incorridos na produção e venda de uma unidade de produto KL são d


O custo de capital da empresa é de 10% ao ano.
A CIA ABC é sediada num paraíso fiscal; portanto, ignore qualquer tributo.

1) Segundo a Resolução CFC 1110/07, indique o valor da variação que deverá sofrer o resulta
A) Entre $ - 32.000,00 e $ - 18.000,01
B) Entre $ - 18.000,00 e $ - 4.000,01
C) Entre $ - 4.000,00 e $ - 0,01
D) Zero
E) Entre $ 0,01 e $ 18.000,00

DADOS:
A Valor original do equipamento 200,000.00
B vida útil 10 anos
C depreciação acumulada 31/12 120,000.00
D valor de mercado do equip 75,000.00
E gastos para a suposta venda 18,000.00

F unidades produzidas/vendidas AO ANO 10,000 unid/ano


G preço unitário 15.00
tempo de produção: anos até equipam
H virar sucata 4 anos
I gastos unitário (produção e venda) 13.00
J custo do capital (juros) em % 10%

RESOLUÇÃO:

K VALOR CONTÁBIL valor original (-) depreciação 80,000.00


valor de mercado (-) gastos com a
L VALOR DE VENDA venda 57,000.00

M VALOR EM USO UNITARIO = PREÇO UNIT (-) GASTOS UNIT = 2.00

VALOR EM USO DA PRODUÇÃO


N TOTAL DE CADA ANO = M*F 20,000.00
P TRAZER "N" A VALOR PRESENTE =
considerar n em anos (tempo de
produção até virar sucata) 1º ano 2º ano
1.00 2.00
m = c((1+i)^n) 18,181.82 16,528.93
VALOR EM USO TOTAL DO PERÍODO Somatoria dos valores presentes
O = calculados para cada periodo (n) 63,397.31

VALOR EM USO TOTAL


DO PERIODO
(-)
P TESTE DE RECUPERABILIDADE = VALOR CONTABIL (16,602.69)
(K - O)

SE O VALOR CONTÁBIL FOSSE M


NÃO HAVERIA PERDA: NÃO HAVE

Contabilização :

D – Perda com teste de recuperabilidade (resultado)................................16.602,69


C – provisão para perdas permanentes – teste de recuperabilidade (ativo)...16.602,69

valor em uso é o valor presente em fluxos de caixa futuros estimados, que devem resultar do uso de um
uma unidade geradora de caixa, whatever).

Assim, um equipamento que possa ser mantido em uso por dois anos, gerando anualmente receitas de 5.
de 4.000, o que resulta num lucro de 1.000, terá valor presente de seus fluxos de caixa futuros

1° ano: 1000/1,1= 909,09


2° ano: 1000/1,21= 826,45
----------
Total:--------- 1735,54

1 Para achar o valor em uso, temos de conhecer as receitas que serão esperadas pela ut
2 Desse valor subtraímos todos os custos que estejam relacionados às receitas.
3 Ainda dividimos esse valor pela taxa de juros.

A estimativa do valor em uso de um ativo envolve os seguintes passos:


(a) estimar futuras entradas e saídas de caixa decorrentes de uso contínuo do ativo e de
(b) aplicar taxa de desconto adequada a esses fluxos de caixa futuros.
para o equipamento X, que apresenta as seguintes características :
0, com vida útil de 10 anos.
$ 120.000,00 em 31/12/X1
vendesse o equipamento, na data do teste, incorreria em gastos associados a tal transação
$ 18.000,00.

do dificuldades no mercado, em virtude de um agressivo concorrente que fabrica um produto


s bem menores.
0.000 unidades por ano, ao preço de $ 15,00 a unidade, pelos próximos 4 anos.(Assuma que
desse período, o equipamento se reduziria a sucata.

a de uma unidade de produto KL são de $13,00.


presa é de 10% ao ano.
cal; portanto, ignore qualquer tributo.

a variação que deverá sofrer o resultado da Cia ABC :


00 e $ - 18.000,01
00 e $ - 4.000,01
0,00 e $ - 0,01
ero
e $ 18.000,00

"lucro" unitario

por ano ("lucro" por ano gerado com o equipamento)

3º ano 4º ano
3.00 4.00
15,026.30 13,660.27

que também será o novo valor contábil do bem


"lucro" do periodo remanescente de vida util (4 anos) gerado com o equipamento, trazido a valor presente

VALOR CONTABIL É MAIOR QUE O VALOR EM USO


HOUVE PERDA: CONTA REDUTORA DE ATIVO

E O VALOR CONTÁBIL FOSSE MENOR QUE O VALOR EM USO


ÃO HAVERIA PERDA: NÃO HAVERIA AJUSTE NENHUM A FAZER

.16.602,69

e devem resultar do uso de um ativo (ou de


ever).

ndo anualmente receitas de 5.000 e gastos


de seus fluxos de caixa futuros de:

e serão esperadas pela utilização do ativo NA VIDA ÚTIL REMANESCENTE.


nados às receitas.

s passos:
uso contínuo do ativo e de sua baixa final; e
valor presente
EXERCÍCIO 3

2) Indique o valor da depreciação do equipamento, para o ano


A) Entre $ 11.000,00 e $ 13.000,00
B) Entre $ 13.000,01 e $ 15.000,00
C) Entre $ 15.000,01 e $ 17.000,00
D) Entre $ 17.000,01 e $ 19.000,00
E) Entre $ 19.000,01 e $ 21.000,00

RESOLUÇÃO:

A depreciação sobre o valor original, antes do teste de recuperabilidade, era de 20.000 ao ano. Após o teste, deve ser calculad
acumulada (-) teste de recuperabilidade).
O equipamento ficou registrado, após o teste, pelo valor contábil de 63.397, com vida útil estimada de 4 anos. Se usarmos o
depreciado mais que o valor do equipamento.
Esta mudança no valor da depreciação está contemplada no Pronunciame
“60 Depois do reconhecimento de uma perda por desvalorização, a
depreciação, amortização ou exaustão do ativo deve ser ajustada em
para alocar o valor contábil revisado do ativo, menos seu valor residua
uma base sistemática sobre sua vida útil remanescente
Portanto, o valor da depreciação anual passa a ser : 63.397 / 4 = 15

VALOR ORIGINAL 200,000.00


DEPRECIAÇÃO ACUMULADA 120,000.00 (20 MIL POR ANO = JÁ SE PASSARAM
TAXA DEPRECIAÇÃO ANTES DO TESTE 10% AO ANO
VALOR DEPRECIAÇÃO
ANTES DO TESTE 20,000.00 AO ANO

NOVO VALOR CONTABIL DO BEM DEPOIS DO TESTE:


VALOR ORIGINAL (-) DEPRECIAÇÃO ACUMULADA (-) TESTE DE RECUPERABILIDADE(VALOR EM USO)

VALOR ORIGINAL 200,000.00


DEPRECIAÇÃO ACUMULADA (120,000.00)
VALOR EM USO (16,603) ANOS
NOVO VALOR CONTÁBIL DO BEM 63,397

NOVA VIDA ÚTIL REMANESCENTE DO BEM 4 ANOS

DEPREC 8º
DEPREC 6º ANO DEPREC 7º ANO ANO
15,849.33 15,849.33 15,849.33

VALOR DEPRECIAÇÃO
DEPOIS DO TESTE 15,849.33 AO ANO
epreciação do equipamento, para o ano de X2 :
ntre $ 11.000,00 e $ 13.000,00
ntre $ 13.000,01 e $ 15.000,00
ntre $ 15.000,01 e $ 17.000,00
ntre $ 17.000,01 e $ 19.000,00
ntre $ 19.000,01 e $ 21.000,00

ao ano. Após o teste, deve ser calculada com base no novo valor contábil do bem ( valor original (-) depreciação
ada (-) teste de recuperabilidade).
a útil estimada de 4 anos. Se usarmos o valor da depreciação anterior (20.000), ao fim de quatro anos teremos
o mais que o valor do equipamento.
ção está contemplada no Pronunciamento do CPC, confira :
ento de uma perda por desvalorização, a despesa de
xaustão do ativo deve ser ajustada em períodos futuros
isado do ativo, menos seu valor residual, se houver, em
mática sobre sua vida útil remanescente.”
ção anual passa a ser : 63.397 / 4 = 15.849 LETRA C

MIL POR ANO = JÁ SE PASSARAM 5 ANOS)

ATÉ O SEXTO ANO, QUANDO FOI FEITO O TESTE

RABILIDADE(VALOR EM USO)

DEPREC 9º
ANO (não são mais dez anos. Porque a vida util foi reestimada)
15,849.33
EXERCÍCIO 4

3) O valor contábil do equipamento em 31/12/X2 :


A) Entre $ 40.000,00 e $ 50.000,00
B) Entre $ 50.000,01 e $ 60.000,00
C) Entre $ 60.000,01 e $ 70.000,00
D) Entre $ 70.000,01 e $ 80.000,00
E) Entre $ 80.000,01 e $ 100.000,00

RESOLUÇÃO:

Esta ficou de graça. Mesmo quem errou o valor da depreciação ( e considerou 20.000) acertaria esta, pois

Mas o valor correto é 63.397 – 15.849(depreciação de X2) = 47.548 LET

(Vou mudar as faixas de resposta, para evitar esse problema.)

NOVO VALOR CONTABIL DO BEM DEPOIS DO TESTE:


VALOR ORIGINAL (-) DEPRECIAÇÃO ACUMULADA (-) TESTE DE RECUPERABILIDADE(VALOR EM USO)

VALOR ORIGINAL 200,000.00


DEPRECIAÇÃO ACUMULADA (120,000.00)
VALOR EM USO (16,603) ANOS
NOVO VALOR CONTÁBIL DO BEM 63,397

NOVA VIDA ÚTIL REMANESCENTE DO BEM 4 ANOS

DEPREC 8º
DEPREC 6º ANO DEPREC 7º ANO ANO
15,849.33 15,849.33 15,849.33

VALOR DEPRECIAÇÃO
DEPOIS DO TESTE 15,849.33 AO ANO

NOVO VALOR CONTÁBIL DO BEM 63,397 63,397


deprec acum 6º ano (15,849.33) (31,698.65)
VALOR LIQUIDO 47,547.98 31,698.65
o equipamento em 31/12/X2 :
.000,00 e $ 50.000,00
.000,01 e $ 60.000,00
.000,01 e $ 70.000,00
.000,01 e $ 80.000,00
000,01 e $ 100.000,00

onsiderou 20.000) acertaria esta, pois faria 63.397 – 20.000 = 43.397 Letra A.

849(depreciação de X2) = 47.548 LETRA A

sposta, para evitar esse problema.)

DADE(VALOR EM USO)

DEPREC 9º ANO (não são mais dez anos. Porque a vida util foi reestimada)
15,849.33

63,397 63,397
(47,547.98) (63,397.31)
15,849.33 -
Valor Contábil X Valor Residual de um bem depreciado
Valor contábil

Valor residual

Exemplificando valor contábil:

Um veículo comprado por R$ 10.000,00, sendo sua


depreciação de 20% ao ano, já foi depreciado por 3 anos,
teremos:
Custo de aquisição

Valor da depreciação acumulada dos 3 anos

Valor contábil do bem hoje

Detalhe: Passando mais dois anos, o bem será totalmente


depreciado ficando com um valor contábil igual a ZERO.

Exemplificando valor residual:


Um outro veículo comprado por R$ 10.000,00, sendo sua
depreciação de 20% ao ano, já foi depreciado por 3 anos, e
tem uma previsão (feita logo no primeiro ano de deprec) de
realização de R$ 1.000,00 ao final do seu período de
depreciação.
(+) Custo de aquisição

(-) Valor residual

(=) Base cálculo para calcular a depreciação

Valor da depreciação acumulada dos 3 anos

Valor contábil do bem hoje

Detalhe: O valor residual é o valor pelo qual se conseguiria


vender o bem após o seu prazo de vida útil dentro da empresa
(depois de totalmente depreciado).

EXERCICIO FORUM CONCURSEIROS

custo 10.000

entrou em operação em 01.01.2007

vida útil estimada em 5 anos - método linear (20% ao ano)


No início de 2010 a empresa constatou:

valor residual de 4.800 (é o valor que não será depreciado)

Como esse valor residual só foi constatado no início de 2010, até então o valor total vinha sendo deprec

3 anos de depreciação: 60% de 10.000 = 6.000

01.01.10

Bem: 10.000

Depreciação acumulada: (6.000)

Valor contábil: 4.000

Como o valor residual encontrado no início de 2010 é maior que o valor contábil, suspende-se a despes

Como o valor justo (valor de mercado) é maior que o valor contábil não há nenhum ajuste a se fazer.

(+) Custo de aquisição

Valor depreciação anual

(-) valor da depreciação acumulada até 1/1/2010

= valor contabil em 01/01/2010

valor residual constatado em 1/1/2010

VALOR CONTABIL JÁ É MENOR QUE O VALOR RESIDUAL = NÃO DEPRECIA MAIS NADA

PORTANTO, NÃO HÁ MAIS NENHUMA PERDA (DEPRECIAÇÃO)


É a diferença entre o custo de aquisição e a depreciação acumulada.

É o valor provável da realização do bem, após totalmente depreciado.

10,000.00

6,000.00

R$ 4.000,00                                                                                                

10,000.00

1,000.00

9,000.00

5,400.00
20% 1,800.00 5,400.00
R$ 3.600,00                                                                                                    
de 2010, até então o valor total vinha sendo depreciado desde 01.01.2007.

é maior que o valor contábil, suspende-se a despesa de depreciação.

e o valor contábil não há nenhum ajuste a se fazer.

10,000.00

2,000.00
20%
6,000.00

4,000.00

4,800.00
valor residual não será depreciado

o valor residual seria o "lucro" que se vai ter com a venda do ativo usado

ESIDUAL = NÃO DEPRECIA MAIS NADA COMPARE COM EX2

A PERDA (DEPRECIAÇÃO)