Você está na página 1de 2

O Grande Sumiço

Muita gente sumiu! Multidões desapareceram, nos Estados Unidos, bem como em todos os países do
Oriente e do Ocidente. Todos os governantes deram a mesma desculpa: “Essas pessoas desaparecidas
foram levadas para outro planeta, pois precisavam ser educadas, a fim de poderem viver neste novo
regime espiritualista, sob as doutrinas da Nova Era. Elas eram audaciosas, rebeldes e intolerantes, por isso
atrapalhavam o nosso crescimento na espiritualidade contemplativa, por causa do seu fanatismo”.

Muita gente vai aparecer confirmando esta explicação, inclusive os porta-vozes de Hollywood, agências da
mídia e líderes “cristãos” como Rick Warren, e todos os políticos que visam exclusivamente “a paz
mundial“.

As pessoas estão apavoradas, percebendo algo muito estranho no ar. Ora, se tudo que o governo diz é
verdade, por que as crianças e os bebês também sumiram, visto como não se encontram na categoria dos
rebeldes? O que aconteceu de fato?

Muitas pessoas fazem pesquisas na Internet, em busca de possíveis respostas, mas a Internet está
sobrecarregada e lenta demais, o que dificulta o acesso. Além disso, há rumores de que o governo
pretende bloquear o acesso à Internet, a fim de evitar especulações.

Vamos encarar a verdade! As estórias bíblicas que nossas avós nos contavam sobre o Arrebatamento,
quando nos embalavam ao colo, estão se cumprindo. Não eram apenas “estórias”, mas profecias bíblicas
escritas por homens inspirados pelo Espírito Santo. Os cristãos bíblicos sumiram! Os homens e mulheres
que aqui ficaram terão de enfrentar um tempo calamitoso! Este período da história vai perdurar por sete
anos, transformando a Terra num dantesco inferno de tribulação, especialmente na segunda metade, a
qual será chamada - A Grande Tribulação.

Quem lê e conhece a Bíblia está bem informado sobre o Apocalipse de João. Ele apresenta o Filho de Deus
como o Alfa e o Ômega, o único que pode nos salvar de tantas desgraças e nos conceder a vida eterna.
Quem não for arrebatado e permanecer na Terra, sem a presença do Espírito Santo, e quiser se entregar a
Cristo, terá de fazê-lo ao custo da própria vida, formando, então, a grande multidão de mártires que se
encontra sob o altar, conforme o Apocalipse 7:13-17. A lorota dos OVNIs acabou, pois Cristo veio,
pessoalmente, arrebatar os Seus santos. Os que ficaram para trás são os que ainda não eram salvos, antes
do Arrebatamento; por isso estão pagando agora o preço mais alto de suas vidas, comprando a salvação
com o próprio sangue, porque a Era da Graça acabou.

O Anticristo vai ser mais cruel com os seus escravos do que Hitler foi com os judeus, no tempo do regime
nazista. Quem ainda não se entregou a Jesus Cristo, que se apresse em fazê-lo. Satanás, o Anticristo e seus
agentes (satanistas, incrédulos, hereges, feiticeiros, liberais) vão martirizar os novos convertidos, embora
nunca possam liquidar as suas almas imortais. Quem não for arrebatado vai precisar de mais fé e coragem
do que nós, que agora somos perseguidos como fundamentalistas fanáticos, mas ainda somos protegidos
pela democracia social e religiosa.

O Apóstolo Paulo precisou encarar muitas dificuldades em sua vida de pregação do Evangelho da Graça e
acabou sendo morto pelos inimigos de Cristo. Ele morreu; porém, mesmo depois de morto, tem falado
mais do que Abel, através de suas epístolas, principalmente Gálatas, Efésios, Colossenses e Filipenses, as
quais nos ensinam a viver uma perfeita vida cristã. Vamos adquirir o saudável hábito de ler, diariamente,
as Epístolas de Paulo, para admoestação e esperança, pois... “Como está escrito: As coisas que o olho não
viu, e o ouvido não ouviu, e não subiram ao coração do homem, São as que Deus preparou para os que o
amam” (1 Coríntios 2:9 - ACF).

Mary Schultze, 01/05/2011 - www.maryschultze.com


Inspirado no texto de Grant Phillips - Multitudes Missing
“grantphillips@windstream.net”