Você está na página 1de 4

2º FANZINE DA CAMPANHA CONTRA OS MAUS TRATOS JUNHO 2011

MAUS TRATOS ,UMA EPIDEMIA !VAMOS AGIR CONTRA ELA


sta edição tem por objeti- Temos uma verdadeira epidemia de maus-tratos contra a criança e o adolescente, contra a
vo , levar nossa comuni- mulher, contra o idoso enfim , uma generalização dos maus tratos e da violência no Brasil e no
dade a refletir sobre os mundo. A violência é um problema geral, difícil de vencer e que conta com raízes profundas
maus tratos e a violência na cultura brasileira.
de uma maneira geral e tam- “Erradicamos a poliomielite e o sarampo no Brasil. Como? Identificando os inimigos, criando
vacinas e vacinando todo o Brasil. Ao declararmos guerra contra a violência é certo que, em
bém oferecer ferramentas que vez de lutar contra vírus, teremos de enfrentar nossos próprios conceitos, desejos egoístas e
nos ajudem a influenciar nos- maus hábitos. Esta é uma tarefa bem mais complexa, mas não há outro remédio!”
sas casas, ruas, vizinhança,
escolas, igrejas, locais de Como será a vacina contra os maus-tratos?
trabalho, nossos projetos soci- Um abraço e uma balinha ! Derrotamos maus-tratos com bons tratos! Te-
ais a serem lugares nos quais mos de encarar os bons tratos como meio de prevenção e proteção de nossa
as crianças e adolescentes sociedade. Para tanto, o primeiro passo é estudar a fundo o que são maus-
principalmente, mas todas as tratos. Como acontecem? O que fazer para diminuir sua prática?
pessoas de uma maneira geral
se sintam muito bem tratadas. O que são maus-tratos
Queremos que todos nós que Maltratamos um objeto quando deixamos que ele estrague. Não tomamos o
nos chamamos cristãos reco- cuidado para que ele não quebre, não desbote, não enferruje. Maltratar uma
pessoa é não perceber o seu valor, é desprezá-la, atitude muito pior que o des-
nheçamos a importância de
prezo por um objeto. Maltratar uma pessoa é tratá-la como se ela não existisse, falando por ela,
promover os bons tratos para olhando por cima dela, usando o toque para coagi-la, e não para expressar afeto. Maltratar uma
com o próximo em todas as pessoa é não perceber nela uma obra criada pelos dedos de Deus e a partir do seu coração.
formas. È possível . Boa Lei- Muitas vezes agimos assim sem intenção de maltratar, mas a verdade é que isto abre as portas
tura ...e seja um multiplicador para os maus-tratos intencionais. Estão criadas assim as condições para que o abuso e a violên-
dos Bons Tratos onde estiver ! cia se estabeleçam de forma perversa.

O que são bons tratos


Os bons tratos anulam os efeitos dos maus-tratos e minam a violência. Ao se tratar bem alguma coisa, cuidamos para que qual-
quer ameaça contra ela seja enfrentada. Fazemos isto porque reconhecemos o valor daquele objeto e desejamos preservá-lo. O
bom trato é sempre intencional.
Quanto às pessoas, o bom trato é um reflexo da nossa atitude para com Deus, e para com a sua obra prima, o ser humano. Trata-
mos bem uma pessoa porque reconhecemos nela o toque de Deus e a valorizamos, queremos o seu bem-estar. O bom trato para
com o outro é reconhecer em cada um, esta pessoa tocada de forma única pelo próprio Deus!
O bom trato implica na disposição em lutar pelos direitos de cada pessoa como parte do compromisso que temos em garantir uma
vida digna, uma vida plena para todos.
Como vacinar todo mundo?
Sendo os bons tratos a própria vacina contra os maus tratos, a nossa tarefa consiste em impregnar todos os ambientes sociais
com ela. Que fatores favorecem os bons tratos? Trabalharmos para transformar cada ambiente em um lugar acolhedor. Onde há
luz, não há trevas; onde há limpeza, a sujeira desaparece; onde se praticam os bons tratos, os maus-tratos se tornam impraticáveis.
A casa, a escola, as ruas , o projeto social e a igreja precisam da ação transformadora dos valores do reino de Deus. À medida que
estes valores ganham espaço, os conceitos que sustentam o comportamento agressivo são confrontados e banidos. Um aviso: este
trabalho é mais difícil do que parece. Valores e conceitos gostam de se esconder, intenções impuras preferem morar nas sombras.
Assim como na luta contra o sarampo ou a pólio, é preciso insistir, repetir e persistir na ação de combate!
Podemos e devemos impregnar todos os espaços com os valores do reino de Deus. E nestes ambientes as pessoas serão tratadas
com amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Portanto, mãos à obra!

BONS TRATOS! EU APOIO ESTA IDÉIA!


Por crianças e adolescentes em vulnerabilidade social

Esta edição está em harmonia com o esforço da Rede Mãos Dadas


de divulgar e mobilizar igrejas, organizações, homens e mulheres, jovens e crian-
ças em prol da Campanha Latino-americana pelos Bons Tratos da Criança e “Ame
o seu próximo”, promovido pelo Movimento Cristiano Juntos Por La Niñez.

mo e à
leva ao desâni
“ Focar o mal qu e olhar
enquanto
acomodação, espe ra nça
C ri st o ge ra uma
para ade.” “
s ar ra nc a da passivid
qu e no não re-
do ultrajado,
pois ele, quan maltra-
traje; quando
vidava com ul as en-
a ameaças, m
tado, não fazi a reta-
uele que julg
tregava-se àq
mente”

Para Navegar

www.maosdadas.org/bonstratos
Site brasileiro da Campanha Latino -
americana pelos Bons Tratos da Crian-
ça.
A TECNOLOGIA DO ABRAÇO !

O matuto falava tão você melhora junto também....


calmamente, que pa- Muita gente importante já tentou dar um
recía medir, analizar e jeito de saber por que que é que o abraço
meditar sobre cada tem tanta tecnología
palavra que dizia : Mas eu sei! O abraço é bom por causa do
É... Das invenção dos homens, a coração
que mais tem sentido é o abraço. Quando você abraça alguém, faz massa-
O abraço não tem jeito de um só gem no coração!...
aproveitar O coração do outro é massageado tam-
Tudo quanto é gente, no abraço, par- bém! Mas não é só isso, não....
ticipa uma beradinha.... Aqui tá a chave do maior segredo de tudo:
Quando você tá danado de saudade, É que, quando abraçamos alguém, nós
o abraço de alguém te alivia ficamos com dois corações no peito!...
Quando você tá com muita raiva, intonce...Um abraçu prô cê e ocê passa
vem um, te abraça e você fica até esse abraço bem gostoso pra frente .
sem graça de continuar com raiva.... Esse abraço é uma vacina danada de
Se você tá feliz e abraça alguém, es- boa sô!
se alguém pega um pouquinho da
sua alegria... Ah e se possive dá uma balinha também ,
símbolo da doçura que nóis precisa no
Se alguém tá doente, quando você dia a dia
abraça ele, ele começa a melhorar, e

Dia 19/06 - Domingo das 09h às 13h


Praça Dr. Augusto Silva
Vacinação em massa da população contra os maus tratos.
Toda a igreja está convidada a participar.
CERTIFICADO E COMPROMISSO

Eu fui vacinado contra os maus tratos e faço uma opção pelos bons tratos. Comprometo-
me a:
A prender a praticar o bom trato para com todos, todos os dias, em todos os lugares,
porque o comportamento violento ou o respeito pelos direitos dos outros começa no lugar onde estou.
Não discriminar porque não há diferenças entre o ser criança ou adulto, mulher ou homem, pobre ou rico, mas tratar a
todos com igualdade de direitos e oportunidades.
Não permitir que alguns tenham menos direitos do que outros por conta de sua posição social, econômica, ideológica ou
religiosa.
Ajudar, em vez de agredir ou discriminar, quando o outro mostra uma conduta problemática que nos preocupa ou pertur-
ba.
Resolver conflitos, parte integrante da vida, conversando, buscando acordos, e pensando juntos, porque é assim que to-
dos nós aprendemos.
Ser responsável pelo bem-estar de próximo, tentando sempre transformar o ambiente no qual estiver seja casa, rua,
vizinhança, escola, trabalho, igreja, lazer ou transito em um ambiente onde prevaleçam os bons tratos.
No que depender de mim o mundo vai ser um lugar melhor e sei que isso começa com gestos simples como um abraço,
um sorriso, uma gentileza, uma palavra boa.

SEGUNDA IGREJA PRESBITERIANA


UMA IGREJA QUE BUSCA AGIR COMO JESUS

1.Acolhendo e incluindo. Jesus incluiu todas as pessoas. Uma igreja amiga se preocupa com a pessoa em toda e qualquer cir-
cunstância em que viva, aceitando-a como se encontra e enfrentando qualquer obstáculo que exista no seu caminho para que ela
tenha condições de participar de forma plena.

2. Ouvindo. Jesus estava sintonizado com as pessoas, percebeu que queriam se aproximar. Ele sabia escutar com os ouvidos e
com o coração. As pessoas de uma igreja amiga têm a prática de ouvi-las (também com os ouvidos e coração). Ouvir uma pessoa
envolve prestar atenção em todo o seu comportamento, não apenas no que diz. A igreja amiga respeita o que a pessoa pensa e
valoriza seu discernimento espiritual porque entende que ela também tem acesso a Deus.
3. Trazendo cura . O toque de Jesus opera milagres na vida de uma pessoa. A igreja amiga reconhece isso e busca todas as ma-
neiras de ministrar esse toque curador na vida de cada pessoa. Isto significa trabalhar para fortalecer a família. Essa igreja se en-
volve no trabalho de fortalecimento e restauração emocional de famílias e dá atenção especial às que estão sofrendo, ou que fo-
ram vítimas de maus-tratos.
4. Abençoando . A igreja amiga abençoa as pessoas fazendo questão de reconhecer suas conquistas em público. Aloca recursos,
pessoal qualificado, para construir bons programas para cada faixa etária, e se esforça para fortalecê-las na fé e no conhecimento
de Cristo.
5. Incluindo na missão. A igreja amiga acredita que cada pessoa não só é capaz como também, quando lhe é dada a oportuni-
dade, traz grande entusiasmo para o serviço cristão. Nessa igreja as pessoas desfrutam do privilégio de abençoar os outros com

Jesus quando interrogado acerca do principal de todos os mandamentos respondeu:

“ O principal de todos os mandamentos é: O Senhor nosso Deus é o único Senhor. Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e
de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento.” Mc.12:29-30

“ E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes.” Mc.12:31

Este informativo está em conformidade com a CAMPANHA LATINO AMERICANA PELOS BONS TRATOS.
O Conteúdo do informativo e da campanha foi extraído e adaptado da Revista Mãos Dadas.
Iniciativa

Segunda Igreja Presbiteriana de Lavras


Av. Vaz Monteiro 179, Centro, Lavras, MG, 37200-000 Telefone : (35)3821-4703
iplavras@yahoo.com.br / blogdasegundaigreja.blogspot.com