Você está na página 1de 2

Escola Bsica e Secundria de Muralhas do Minho Lngua Portuguesa

O Texto Potico Ficha de trabalho


Actividade 1: A slaba mtrica
Completa estes poemas com as palavras que aparecem mais abaixo, tendo em considerao que todos os versos so heptasslabos.

A abelha
Por que que esta _________________ tem um ar to _____________________? Porque se perdeu do _______________, ou porque vim um __________________, ali na pgina ao ___________________?
Jorge Sousa Braga, Herbrio, Ed.Assrio e Alvim,1999

O Cogumelo
Porque que o __________________ Nunca tira o ____________________? porque no tem _______________, Ou ser porque tem _____________, Que lhe cai em cima o ___________?
Jorge Sousa Braga, in ob. cit

. lado . apressado

.cu

.ciclame . cogumelo

. cabelo . abelha

. enxame . chapu

Actividade 2: A escanso (contagem das slabas mtricas) Faz a escanso dos versos que a seguir te apresentamos e classifica-os quanto ao nmero de slabas
Versos a. Teus belos / cabelos b. No negues confessa / Que tens certa pena ... c. No alto daquela serra/ Tem meu pai um castanheiro d. Aquela triste e leda madrugada e. Minha me! Minha me! Ai que saudade imensa N de slaba s Designao

Actividade 3: Esquema rimtico/ rima

A um poema de Sophia de Mello Breyner retiramos cinco versos, que baralhamos. Ordenaos correctamente, orientando-te quer pelo sentido quer pelo esquema rimtico. Nome________________________________________________ n ____ Data: ____/____/____ Avaliao: ____________________________ Corrector ________________________________

Ausncia
Num deserto sem gua ________________________ ________________________ ________________________ ________________________ ________________________ a a b a c a Ou numa terra nua Por maior que seja o desespero Numa noite sem lua Nenhuma ausncia mais funda que a tua. Num pas sem nome.

Sophia de Mello Breyner Andresen, No tempo dividido e mar novo,1 ed. , Ed Salamandra, 1985.