Você está na página 1de 1

Falar verdade a mentir de Almeida Garrett

Ler / compreender e escrever


O CMICO Falar verdade a mentir uma pequena comdia do bom, franco e jovial carcter antigo,
mas nos costumes actuais. O estilo, os modos, o tom do dilogo, a verdade dos costumes so tudo. Este o verdadeiro portuguesssimo quadro de gnero, como se diz, em que no h caricatura, mas to naturais semelhanas que ningum deixa de conhecer os originais e de rir com eles. Os originais, porm so tipos genricos bem conhecidos, sem de nenhum modo ser individualizados; so as feies de uma parte da sociedade, mas no as de nenhuma pessoa dela. A pea retrata a poca em que o autor viveu, sc.XIX, particularmente os hbitos de vida da burguesia lisboeta. O cmico est presente ao longo de toda a pea, tendo Almeida Garrett utilizado diferentes recursos cmicos: de linguagem o vocabulrio usado e o prprio discurso provocam o riso; de carcter - a maneira de ser e de se apresentar da personagem; de situao o que a personagem faz, as circunstncias da sua aco.

Actividades:
1.Selecciona alguns exemplos que comprovem a utilizao destes recursos cmicos. 2. Atenta nas frases: Joaquina Isto uma comdia ou ests a mangar comigo? Jos Flix Isto o drama das paixes, que o sentimento, a verdade 2.1 Descobre no dicionrio o significado de cada um dos termos. 3. O efeito surpresa tambm um elemento importante do cmico de situao. Como se consegue na pea esse efeito surpresa? 4. Escolhe as personagens que do teu ponto de vista so as mais cmicas e apresenta as caractersticas destas que conduzem a tal. 5. Comenta a afirmao seguinte: Duarte pode ser encarado como um espertalho que quer enganar meio mundo, mas faz figura de parvo ao ser apanhado de surpresa pelas verdades encenadas pelo criado . 6. Duarte apresentado como figura tpica de um meio social que se pretende criticar. 6.1 De que meio social se trata? 6.2 O que se pretende criticar?

Bom trabalho !!!!

A prof. Rosa Maria Mendes