Você está na página 1de 5

ESPRO - Associação de Ensino Social Profissionalizante

1o setor - Estado
2do setor - Empresas
3o setor Sem fins lucrativos

2001/2002

Estagiário ----> Aprendiz

Modelos

6 meses 1- 2 anos

Até 2002: Capacitação Básica para o Trabalho - CBT ---> Estágio na Empresa colaboradora
Atual: Capacitação Básica para o Trabalho - CBT ---> Aprendizagem na Empresa Parceira /
Capacitação Específica p/ o Trabalho

Legislação

Lei nº 10.097/2000
Portaria nº 20
Portaria nº 04
Portaria nº 702
Instrução Normativa nº 26
Resolução nº 74
Decreto nº 2.208
Nota Técnica nº 52/COPES/DEFIT
Resolução CMDCA 68/2003 - São Paulo Aprovação programas do ESPRO no D.O.M. Publ.
34/CMDCA/04, Res 03, 059 E 068M

A LEI DO APRENDIZ – Lei 10.097/2000

ONG ministra programas de aprendizagem.”S” – EXCELÊNCIA

Empresas: empregar número de aprendizes equivalente a 5% (mín), e 15%, (máx), dos


trabalhadores cujas funções demandem formação profissional. – A cota - OPORTUNIDADE

Características do contrato do aprendiz:

Garantir sua formação técnico-profissional metódica


Para maior de 14 anos e menor de 18 anos
O contrato no máximo de 2 anos
É obrigatório freqüentar o ensino regular.
Tem registro em Carteira de Trabalho e Previdência Social.
É garantido o salário mínimo, férias e 13o prop.
A alíquota do FGTS é de 2%
A jornada de 6 horas, ou 8 horas caso tenha completado
o ensino fundamental, incluindo as atividades teóricas.
MAIOR PROTEÇÃO

Para poder formar aprendizes e atender a Res. 068... a profissionalização da organização


- Adequação do projeto pedagógico aumento da carga horária de 540h para 1100 h.
Novos conteúdos, aumento dos espaços físicos; laudos de habitabilidade, segurança.

- Adequação logística de operação pedagógica – instrutores na base e nas empresas.


capacitação colaboradores – clientela exigente + qualidade

- Adequação da logística da gestão administrativa – registro em carteira 1050 apr.


software, instalações, treinamento.

- Legitimação institucional CNAS, CONSEAS, COMAS, CEAS, CMDCA, INSS, DRT,


GECTIPA, SERT, SAS, Utilidade Pública Fed, Est, Mun.

- Auditoria externa independente – transparência e procedimentos


Programa mais caro, preponderância aspecto educacional, redução jornada.

Capacitação Básica para o Trabalho - CBT

Desenvolver competências básicas compatíveis às exigências do mercado de trabalho

Apreender e praticar o comportamento de um cidadão responsável.

Disciplina Carga Total


Português 80 horas
Matemática 40 horas
Noções de Direitos e Cidadania 20 horas
Saúde e Segurança do Trabalho 20 horas
Relações Humanas 80 horas
Técnicas Administrativas 160 horas
Informática básica 100 horas
Telemarketing 24 horas
Laboratório 18 horas
Total 542 horas

Qualidade de vida
Trabalho em equipe
Tratamento de atitudes
Alfabetização emocional
Aprendizagem emocional
Apresentação pessoal
Aprendizagem permanente
Comunicação
Auto-estima
Ética

Capacitação Específica para o Trabalho


Projetos de aprendizagem registrados no CMDCA e depositadas na DRT

Técnicas Básicas de:

Seguro
Contabilidade
Monitoramento de Prática Esportiva
Editoração Eletrônica
Estatística
Informática
Atendimento ao Público
Comercio varejista
Telemarketing
Administração
Serviços Bancários

Acompanhamento, “a rede de proteção”

- Reuniões regulares com a coordenação dos aprendizes na empresa.

- Palestra(s) para os orientadores dos aprendizes

- Controle da freqüência escolar e acompanhamento dos resultados

- Reuniões regulares com a os aprendizes na empresa.

- Reuniões regulares com os pais dos aprendizes

- Assistência médica, odontológica e psicológica

- Aconselhamento para orientadores

- Auto-avaliação feito pelo aprendiz e avaliação feito pelo gestor

Estatísticas 2003 – 2004

Um reflexo do alinhamento com as políticas públicas


263 empresas colaboradoras

Os critérios para a seleção dos alunos

Conhecimento
Condição sócio-económica
Freqüência escolar
Distância
Idade
Motivação <--- Entrevista

? Jovens ---> 10.000 Jovens inscritos <---> 1300 Alunos <---> 1000 Aprendizes

Seleção feita pela Empresa


Mercado de trabalho

Os critérios para a seleção dos Aprendizes

Origem das receitas

Ensino Gratuito CBT <--- Atividade Fim ---> Contratos de Aprendizagem - CET

Custeio da operação <---> Infra-estrutura <--- Doações Taxas de Contribuição

Fase I: 5 Salas de aula + 1 Sala de Informática

03 de Fevereiro 2004
03 de Julho 2004
Projeto Parque Itaguaçu

Desafios e oportunidades

A obrigatoriedade da cota conforme art. 429 da CLT - potencial

Replicar o modelo para outras comunidades ou dentro da mesma empresa. Rio & BH

Interação com o programa do primeiro emprego

Troca de informações com o 1o Setor CMDCA – DRT

Desenvolver novos programas e parcerias de aprendizagem ( 1o e 2o Setor + Sistema “S”, Jovem


Cidadão)

Manter a auto-sustentabilidade

Desenvolver e implantar sistema de avaliações

Ativar e estimular o senso de Responsabilidade Social nas empresas colaboradoras

Muito obrigado!

R. Barão de Itapetininga 255, Cj. 614


CEP 01055-900 - Centro - São Paulo - SP
Telefone 3256-8399
Email: marinus@espro.org.br
Site: www.espro.org.br