Você está na página 1de 8

Introdução

• Queda da contagem de plaquetas após uso de Heparina


• 1942: Copley e Robb descreveram o fenômeno em cães.
• 1958: Weissman descreveu a ocorrência de fenômenos
tromboemolicos
TROMBOCITOPENIA INDUZIDA POR HEPARINA
(TIH)
• Síndrome imune-hematológica que cursa com ativação de plaquetária
na presença de heparina, induzindo sua agregação e podendo
provocar graves complicações trombóticas.
• Frequencia < 15%
• Ocorre geralmente após 5 dias de uso da medicação
• Mais comum com uso de HNF do que HBPM
Tipo 1
• Trombocitopenia não imune
• Forma mais frequente: até 30% dos casos
• Surgimento nos 2 primeiros dias após inicio de terapia
• Raramente contagem < 100.000ml/m³
Tipo II
• Carater imunológica:
• Mediado por anticorpo fator 4 plaquetário
• Entre 5º e 14º dia de exposição
• Redução < = 50%
• Geralmente inferior a 100.000
• Pode estar associada a graves complicações trombóticas
Incidência de Trombocitopenia
pela Duração da Terapia
50 47 50
45 < 7 dias > 7 dias
40 40
35 31,5
29
30 30
25 20
20 20 17
15 11
10 10
5
0 0
HBPM HNF Ambas HBPM HNF Ambas

(n=358) (n=480) (n=62) (n=424) (n=593)


(n=92)

Oliveira G. AHA Scientific Sessions. Nov 7-10,2004;New orleans, AL


Eventos intra-hospitalar
25
Trombocitopenia
Sem Trombocitopenia
21
20
17

15
Diagnóstico Tratamento
12

10 Sorológico
5,6 6,3
Anticoagulação alternativa
5
Prova agregação
5,6
3 2,4
Plaquetas
1,5 <150.00 0 0,8
Bivalirudina
0  > 50% Hirudina
Morte IM ICC Choque Sang. >
Argatroban
>150.000 Febre, calafrios
taquicardia, dor
30’ IV torácica e
dispnéia
Lesão de pele
Oliveira G. AHA Scientific Sessions. Nov 7-10,2004;New orleans, AL
CONCLUSÃO
• Complicação presente em 5-15% dos pacientes em uso de heparina
• Associado a anticorpos antifator IV plaquetário
• Surge a partir do 5º dia
• Queda de pelo menos 50% na contagem (Geralmente 50.000-100.000)
• Pode ocorrer quadro de trombose venosa ou arterial em decorrência
da ativação plaquetária
• Suspensão imediata da droga
• Opções: Bivalirudina, Argatroban