Você está na página 1de 34

Conhecimentos

Básicos de Aeronaves
Componentes do Motor
Instrutor:
Enildo Júnior Bernardes
Técnico em Manutenção de Aeronaves
Piloto Comercial
ejb777@gmail.com
Conteúdo Programático
● Motores aeronáuticos convencionais: características gerais
e principais componentes
COMPONENTES DO MOTOR
Componentes do motor
● Cilindro
● Cabeça e Câmara de Combustão
● Camisa ou Corpo
● Pistão
● Anéis de Segmento
● Biela
● Mancais de Biela, Pino de Pistão
● Eixo de Manivelas ou Virabrequim
● Mancais - Tipos
● Sistema de comando de válvulas
● Cárter – Seco e Molhado
● Berço e Coxins do Motor
Cilindro

•Cabeça de
Alumínio
•Bocal de
Admissão

•Bocal de
Escapamento

•Aletas de
refrigeração
•Camisa ou
Corpo
•Aço
Cilindro – Câmara de
combustão
•Furos das Velas de
ignição
•Válvula de
Admissão

•Válvula de
Escapamento
CILINDRO
● È ONDE A CARGA DE
COMBUSTÍVEL É ADMITIDA,
COMPRIMIDA E QUEIMADA.

● È FEITO DE MATERIAL
RESISTENTE, LEVE E BOM
CONDUTOR DE CALOR

● É COMPOSTO DE DUAS
PARTES:
● Corpo e cabeça
CORPO DO CILINDRO
CABEÇA DO CILINDRO
CÂMARA DE COMBUSTÃO
Pistão
Pistão – vista das guias dos anéis
PISTÃO OU ÊMBOLO
ANÉIS DE SEGMENTOS
Anéis de segmento
● Anéis de segmento:
1 – Anéis de compressão
Ficam na parte superior e servem para
vedação do cilindro. São em número
de 2
2 – Anéis de Lubrificação ou
Raspadores
Servem para distribuir a
lubrificação através da superfície
da camisa do cilindro
3 – Alguns motores tem um 4º anel
na saia do pistão (parte inferior)
Biela
BIELA
BIELA
Pistão e Biela
Eixo de Manivelas ou Virabrequim
Moente
Suporte

Contrapeso
Braço
EIXO DE MANIVELAS
Pistão, Biela e Eixo
Pistão, Biela e Eixo
Mancais - Tipos
1 - Rolamento ou
Esferas

2 – Rolamento
Cilindrico

3 – Rolamento
cônico

4 – Bucha

5 – Mancal Plano
Casquilho ou Bronzina
MANCAIS
Válvulas de Admissão:
● Forma de Tulipa
● Trabalha em regime mais frio pois é refrigerada pela
mistura combustível
● São geralmente fabricadas de aço cromo-níquel.
Válvula de Escapamento:
● Forma de cogumelo
● Trabalham em temperaturas altas;
● São construídas de de nicromo, silcrômo ou aço cobalto-
cromo.
● São ocas e possuem no seu interior um sódio-metálico
que se movimenta no interior da válvula e com isso drena
o calor da cabeça para a haste da válvula.
Válvulas
● Durante uma decolagem a 2700 RPM uma válvula abre e
fecha 22 vezes por segundo!!!
● No ponto onde as válvula promovem a vedação da
cabeça do cilindro chamado de sede, os ângulos podem
ser de 30º ou 45º.
● As válvulas trabalham dentro das guias de válvulas que
são construídas de material mais macio, geralmente
bronze fosforoso para não desgastar as hastes das
válvulas.
● A parte onde os balancins atuam as válvulas é também
endurecida para suportar as “marteladas” que ela recebe.
● Uma ranhura na haste permite a colocação das chavetas
que irão prender os pratos que seguram as molas.
● As molas, no mínimo duas, são enroladas em sentidos
contrários para não se embaraçarem.
Sistema de comando de Válvulas
● Durante o funcionamento do
motor, para permitir a
abertura coordenada das
válvulas, o eixo de manivelas
aciona as engrenagens do eixo
de comando de válvulas que
por sua vez empurra os tuchos
e/ ou varetas que depois
atuam os balancins que
finalmente acionam as
válvulas. O fechamento é feito
pelas molas.
● É a carcaça onde estão fixados os
cilindros o(s) eixo(s) e os acessórios.
É feito de liga de alumínio.
● É através do cárter {ou bloco =
Crankcase (ing)} que o motor é preso
a aeronave. Sendo assim é através
dele que a tração que que vem da
hélice passa pelo eixo é transferida ao
avião.
Berço do Motor
● É feito de tubos de aço, ou então são uma extensão integrada
da própria estrutura da aeronave.
● O aço utilizado é o mesmo das fuselagens tubulares (SAE
4130) constituido com a adição de cromo e molibdênio
garantindo elevada resistência e elasticidade.
● Onde o cárter se fixa ao berço existem Coxins de Borracha
que servem para amortecer vibrações.
BERÇO DO MOTOR
Materiais resistentes ao desgaste
● Para aumentar a dureza superficial são usados dois processos chamados
de Cementação (Carbono) e Nitretação (Nitrogênio).

● Na Cementação é utilizado o recurso do aumento de temperatura que


depois é gradualmente reduzida no processo também conhecido como
Têmpera causando o endurecimento pela ação do Carbono presente na
liga do Aço.

● Na Nitretação, como o nome diz, é usado o Nitrogênio que enriquece a


superfície do material produzindo elevada dureza.

● São aplicados na superfície interna dos cilindros, moentes, suporte dos


eixos de manivelas, aos ressaltos do eixo de comando e as superfícies
cônicas das cabeças das válvulas.

● Nos casos em que haja risco de atrito direto, um dos materiais é


construido com materiais mais macios e posteriormente substituidos a
cada revisão geral.
OBJETIVOS DO CAPÍTULO
● Motores aeronáuticos: nomenclatura e
características
● Motores aeronáuticos convencionais:
características gerais e principais componentes