Você está na página 1de 55

IRON

MINÉRIO DEORE BRAZIL


FERRO BRASIL

ERGONOMIA

Mineração e Pessoas que fazem a Diferença.


Ergonomia
FUNDAMENTOS DA ERGONOMIA
Origem e evolução da ergonomia
1) O que é ergonomia ?
(e não ergonometria e muito menos ergologia)
 Adaptação do trabalho ao ser humano:

O trabalho tem todo um pano de fundo de sofrimento:


* Em latim: trabalho = tripalium
trabalhar= tripaliare (torturar com o tripalium)
* Na bíblia: “ganharás o pão com o suor de teu rosto”
* Na Grécia antiga: duplo sentido: ponos = penalidade
ergon = criação

 No sentido etimológico do termo:

Ergonomia significa estudo das leis do trabalho.


FUNDAMENTOS DA ERGONOMIA
Origem e evolução da ergonomia

2) Evolução histórica

 Não existe ainda uma história, propriamente dita,


sobre ergonomia;
 Conjunto de conhecimentos referentes ao homem
em atividade de trabalho permitiu o surgimento
desta disciplina;
 Os primeiros estudos sobre o homem em
atividade profissional foram realizados por
engenheiros, médicos do trabalho e
pesquisadores de diversas áreas de
conhecimento.
FUNDAMENTOS DA ERGONOMIA

Origem e evolução da ergonomia

 O termo ergonomia foi utilizado pela primeira vez,


em 1857, pelo polonês W. J., que publicou um
artigo intitulado “Ensaio de ergonomia ou ciência
do trabalho baseada nas leis objetivas da ciência
da natureza”.
 Quase cem anos mais tarde, em 1949, um
engenheiro inglês chamado Murrel criou na
Inglaterra a primeira sociedade nacional de
ergonomia, a “Ergonomic Research Society”.
FUNDAMENTOS DA ERGONOMIA

Origem e evolução da ergonomia

 Posteriormente, a ergonomia desenvolveu-se em


numerosos países industrializados, como a França,
Estados Unidos, Alemanha, Japão e países
escandinavos.
 Em 1959 foi fundada a “International Ergonomics
Association”.
 Em 31 de agosto de 1983 foi criada a “Associação
Brasileira de Ergonomia”.
 Em 1989 foi implantado o primeiro mestrado do
país no PPGEP/UFSC.
FUNDAMENTOS DA ERGONOMIA
Origem e evolução da ergonomia
3) O desenvolvimento atual da ergonomia

Pode ser caracterizado segundo quatro níveis de exigências:

 As exigências tecnológicas: técnicas


de produção
 As exigências econômicas: qualidade
e custo de produção
 As exigências sociais: melhoria das
condições de trabalho
 As exigências organizacionais: gestão
participativa
FUNDAMENTOS DA ERGONOMIA

Conceitos de ergonomia

 Conceito da Ergonomics Research Society (U.K.):

“ A ergonomia é o estudo da relacionamento entre


o homem e o seu trabalho, equipamento e
ambiente, e particularmente a aplicação dos
conhecimentos de anatomia, fisiologia e
psicologia na solução surgida neste
relacionamento”.
FUNDAMENTOS DA ERGONOMIA
Conceitos de ergonomia
 Conceito da International Ergonomics Association (IEA):
“ A ergonomia é o estudo científico da relação entre o homem e
seus meios, métodos e espaços de trabalho. Seu objetivo é
elaborar, mediante a contribuição de diversas disciplinas
científicas que a compõem, um corpo de conhecimentos que,
dentro de uma perspectiva de aplicação, deve resultar em uma
melhor adaptação ao homem dos meios tecnológicos e dos
ambientes de trabalho e de vida”.
FUNDAMENTOS DA ERGONOMIA

Conceitos de ergonomia

 Conceito da Associação Brasileira de Ergonomia


(ABERGO):

“A ergonomia é o estudo da adaptação do trabalho


às características fisiológicas e psicológicas do ser
humano”.
FUNDAMENTOS DA ERGONOMIA

As diferentes abordagens em ergonomia

1) Quanto a abrangência:
 Ergonomia do posto de
trabalho: abordagem
microergonômica

 Ergonomia de sistemas de
produção: abordagem
macroergonômica
FUNDAMENTOS DA ERGONOMIA

As diferentes abordagens em ergonomia


2) Quanto a contribuição:
 Ergonomia de concepção:
 normas e especificações de projeto
 Ergonomia de correção:
 modificações de situações existentes
 Ergonomia de arranjo físico:
 melhoria de seqüências e fluxos de produção
 Ergonomia de conscientização:
 capacitação em ergonomia
FUNDAMENTOS DA ERGONOMIA
As diferentes abordagens em ergonomia
3) Quanto a interdisciplinaridade:
 Engenharia:
 projeto e produção ergonomicamente seguros
 Design:
 metodologia de projeto e design do produto
 Psicologia:
 treinamento e motivação do pessoal
 Medicina e enfermagem:
 prevenção de acidentes e doenças do trabalho
 Administração:
 projetos organizacionais e gestão de R.H.
FUNDAMENTOS DA ERGONOMIA

Os diferentes tipos de ergonomia

1) Ergonomia de projeto X Ergonomia industrial:

 Ergonomia de projeto:

 é a ergonomia preventiva no estágio de projeto

 Ergonomia industrial:

 é a ergonomia corretiva de situações existentes


FUNDAMENTOS DA ERGONOMIA

Os diferentes tipos de ergonomia

2) Ergonomia do produto X Ergonomia da produção

 Ergonomia do produto:

 é a ergonomia de concepção de um dado objeto

 Ergonomia da produção:

 é a ergonomia de chão de fábrica


FUNDAMENTOS DA ERGONOMIA

Os diferentes tipos de ergonomia

3) Ergonomia de laboratório X Ergonomia de campo


 Ergonomia de laboratório:
 é a pesquisa em ergonomia realizada em situação controlada
de laboratório;
 Ergonomia de campo:
 é a pesquisa em ergonomia realizada em situação real de
trabalho.
DOENÇA PROFISSIONAL
E
DOENÇA DO TRABALHO
CONCEITOS
DOENÇA PROFISSIONAL
“A produzida ou desencadeada
pelo exercício do trabalho
peculiar a determinada atividade
e constante da respectiva
relação elaborada pelo Ministério
do Trabalho e da Previdência
Social. ”
Lei 8.213, de 24/07/1991, Art. 20
DOENÇA DO TRABALHO
“A adquirida ou desencadeada
em função de condições
especiais em que o trabalho é
realizado e com ele se
relacione diretamente,
constante da relação
mencionada no inciso I.”
Lei 8.213, de 24/07/1991, Art. 20
CUIDADOS NO
DESLOCAR, LEVANTAR E
TRANSPORTAR CARGAS
MANUAIS
DESLOCAR, LEVANTAR E TRANSPORTAR
CARGAS MANUAIS
FORMA, PESO E VOLUME DAS CARGAS MANUAIS,
DETERMINAM CUIDADOS DIFERENCIADOS
DESLOCAR, LEVANTAR E TRANSPORTAR
CARGAS MANUAIS

DEFINIÇÃO
Deslocar, levantar e transportar cargas, define-se
como sendo os movimentos e esforços desprendidos
por uma ou mais pessoas, objetivando movimentar
cargas dos mais diversos tipos, formas ou tamanhos,
pelo processo manual.
DESLOCAR, LEVANTAR E TRANSPORTAR
CARGAS MANUAIS
OBJETIVO
Informar procedimentos básicos a serem seguidos
quando no deslocamento, levantamento e transporte
de cargas manuais, objetivando evitar acidentes e
conseqüentes
1 lesões.

3
DESLOCAR, LEVANTAR E TRANSPORTAR
CARGAS MANUAIS
LEGISLAÇÃO
 Portaria 3.214 do Ministério do Trabalho
 NR-09 - Programa de Prevenção de Riscos
Ambientais
 NR-11 - Transporte, movimentação, armazenagem e
manuseio de materiais
 NR-17 - Ergonomia

CAPACIDADE INDIVIDUAL DE CARGA


FAIXA ETÁRIA HOMEM MULHER
Menores de 16 anos PROIBIDO PROIBIDO
16 a 18 anos 16 kg 8 kg
Acima de 18 anos 40 kg 20 kg
DESLOCAR, LEVANTAR E TRANSPORTAR CARGAS
MANUAIS

RISCOS CONTEMPLADOS
 Esforço físico intenso;
 Levantamento e Transporte de peso;
 Postura Inadequada;
 Rítmos excessivos;
 Trabalhos em turnos e noturnos;
 Monotonia;
 Repetitividade;
 Jornada de Trabalho prolongada, etc.
DESLOCAR, LEVANTAR E TRANSPORTAR
CARGAS MANUAIS

ANATOMIA HUMANA
 CABEÇA
 TRONCO
 MEMBROS

COLUNA VERTEBRAL
A única estrutura óssea do
tronco
DESLOCAR, LEVANTAR E TRANSPORTAR CARGAS
MANUAIS

PROCEDIMENTOS BÁSICOS QUANDO LEVANTAR CAIXAS:

1 Usar o esforço das 3


pernas deixando-as Centralizar a carga...
com abertura
adequada...

2 4
Estender os braços... Mantê-la próxima
ao corpo.
DESLOCAR, LEVANTAR E TRANSPORTAR CARGAS
MANUAIS

PROCEDIMENTOS BÁSICOS QUANDO LEVANTAR SACOS:

1 Manter a cabeça e 3
costas em linha reta; Apoiar o saco sobre o
Segurar o saco com a ombro, e;
palma da mão;

2 Levantar com esforço 4 Segurar com firmeza e


das pernas, deixando- iniciar o transporte com
as com abertura as costas reta.
adequada;
DESLOCAR, LEVANTAR E TRANSPORTAR
CARGAS MANUAIS

LESÕES INCAPACIDADE
 Cortes/ Perfurações;  Parcial
 Dores lombares  Total
(lombalgias);  Temporária
 Entorse;  Permanente
 Distensões  Morte
musculares;
 Hérnias, ETC.
DESLOCAR, LEVANTAR E TRANSPORTAR
CARGAS MANUAIS
DESLOCAR, LEVANTAR E TRANSPORTAR CARGAS
MANUAIS

PROCEDIMENTOS BÁSICOS
OBSERVAR:
 Peso
 Forma
 Volume
 Tipo
 Condições gerais
 Trajetos: Distâncias DESCANSO
Adversidade TRABALHO ESTÁTICO
Portas TRABALHO DINÂMICO

DISTÂNCIA X
Escadas
PESO
Local da reposição ESFORÇO CARDÍACO
DESLOCAR, LEVANTAR E TRANSPORTAR CARGAS MANUAIS

PROCEDIMENTOS BÁSICOS
REGRAS GERAIS:
 Nunca dobrar as costas;
 Posicionar-se sempre próximo a carga;
 Não torcer o corpo para pegar ou movimentar cargas;
 Usar sempre a musculatura das pernas;
 Aproximar bem a carga do corpo;
 Centralizar a carga em relação as pernas;
 Observar quais Equipamentos de Proteção Individual que a carga exige;
 Jamais tentar transportar quando a carga tiver peso, tamanho ou forma
adversas;
 Lembre-se que outros colegas de trabalho, poderão auxiliá-lo quando
necessário, e;
 Existem limites para o deslocamento, levantamento e transporte de
CARGAS MANUAIS. Existem outros meios e máquinas disponibilizadas
para o transporte de cargas.
ATIVIDADE FÍSICA

ANTES, DURANTE

E DEPOIS DO

TRABALHO.
ERGONOMIA NO DIA-A-DIA

COSTAS E REGIÃO LOMBAR

Sente-se com as costas


apoiadas na cadeira, as
palmas das mãos repousadas
nas coxas e os pés
totalmente apoiados no chão.
Permaneça nesta posição por
10 segundos respirando lenta
e profundamente.
ERGONOMIA NO DIA-A-DIA

COSTAS E REGIÃO LOMBAR

Com as mãos atrás da


cabeça, os cotovelos bem
abertos e o tronco ereto,
tente trazer as omoplatas
uma de encontro a outra.
Mantenha-se nesta posição
por 10 segundos e relaxe
lentamente, respirando
profundamente.
ERGONOMIA NO DIA-A-DIA

COSTAS E REGIÃO LOMBAR

Sentado, com as pernas um


pouco abertas, deixe a cabeça
e os braços cairem
lentamente, por entre as
pernas, em direção ao chão.
Permanecendo assim por 10
segundos respirando
profundamente, para aliviar a
pressão na coluna. Ao voltar a
posição ereta, o faça
lentamente com as mãos
apoiadas nas coxas.
ERGONOMIA NO DIA-A-DIA

MÃOS

Leve o dedo polegar,


com a mão aberta, em
direção ao mínimo e o
mantenha aí por 10
segundos de cada mão.
ERGONOMIA NO DIA-A-DIA

MÃOS
Com a mão aberta
flexione o dedo
polegar em direção a
palma da mão
permanecendo assim
por 10 segundos em
cada mão.
ERGONOMIA NO DIA-A-DIA
MÃOS

Com as mãos
estendidas separe e
junte os dedos
lentamente respirando
profundamente por 10
segundos.
ERGONOMIA NO DIA-A-DIA

MÃOS

Com os braços para


baixo, os ombros e as
mão relaxadas sacuda-os
delicadamente
respirando
profundamente por 10
segundos para relaxar
toda esta região.
ERGONOMIA NO DIA-A-DIA

MÃOS
Junte as duas palmas
das mãos na altura do
peito e as separe lenta e
delicadamente, até que
os dedos comecem a se
separar, então páre e
permaneça por 10
segundos respirando
profundamente.
ERGONOMIA NO DIA-A-DIA
MEMBROS

Estenda um braço para


frente, puxe
delicadamente esta mão
pelo seu dorso em sua
direção durante 10
segundos respirando
profundamente, e após
isto, puxe a mesma mão
agora pela sua palma na
mesma direção e tempo,
repetindo a mesma
operação na outra mão.
ERGONOMIA NO DIA-A-DIA

MEMBROS
Apoiado em uma parede
com o corpo ereto,
segure o pé direito com
a mão direita puxe-o em
direção às nádegas
permanecendo nesta
posição por 10
segundos, respirando
lenta e profundamente e
repetindo o mesmo
movimento na outra
perna.
ERGONOMIA NO DIA-A-DIA
MEMBROS
Apoie-se numa parede com
uma das mãos estendendo
uma perna para trás e a
outra flexionada para a
frente em ângulo de 90
graus, mantendo os dois
pés paralelos e totalmente
assentados no chão, então
mantenha-se nesta posição
por 10 segundos
respirando lenta e
profundamente.
ERGONOMIA NO DIA-A-DIA

MEMBROS

Eleve os ombros fazendo


movimentos giratórios
para frente
e para trás lentamen-
te. Sempre respire
profundamente por 10
segundos.
ERGONOMIA NO DIA-A-DIA

OMBROS
Eleve os ombros
inspirando lenta e
profundamente e
os abaixe expiran-
do da mesma
maneira, mantendo
estes movimentos por
10 segundos sem
parar.
ERGONOMIA NO DIA-A-DIA

OMBROS

Empurre o cotovelo em
direção do ombro
oposto delicadamente
mantendo-o nesta
posição por 10
segundos para cada
braço, respirando
profundamente.
ERGONOMIA NO DIA-A-DIA

OMBROS

Projete os braços
para trás com os
cotovelos para cima
lentamente, quando
atingir o seu limite
mantenha-os nesta
posição por 10
segundos respirando
profundamente.
ERGONOMIA NO DIA-A-DIA

OMBROS

Com o braço atrás da


cabeça e a mão para
baixo, force o cotovelo
para baixo com a outra
mão lenta e
delicadamente,
mantendo-o por 10
segundos nesta posição
para cada braço
respirando
profundamente.
ERGONOMIA NO DIA-A-DIA

OMBROS

Estenda os braços para


cima e para trás com os
dedos entrelaçados e as
palmas das mãos viradas
para cima, mantendo-os
por 10 segundos
respirando lenta e
profundamente.
ERGONOMIA NO DIA-A-DIA

PESCOÇO

Soltando o ar
lentamente, abaixe a
cabeça mantendo-a
por 10 segundos
nesta posição,
voltando em seguida
à posição inicial.
ERGONOMIA NO DIA-A-DIA

PESCOÇO
Com a ajuda das duas
mãos, expire lentamente
e sem forçar, tentando
aproximar o queixo do
tórax. Páre na posição
alcançada e mantenha-
se nela por 10
segundos, respirando
profundamente.
ERGONOMIA NO DIA-A-DIA

PESCOÇO

Leve a cabeça para trás


expirando lentamente,
mantenha-se nesta
posição por 10
segundos respirando
profundamente.
ERGONOMIA NO DIA-A-DIA

PESCOÇO

Tente aproximar a orelha


do ombro lentamente com
o auxílio da mão,
inclinando a cabeça
lateralmente e
ligeiramente a frente
relaxando o ombro.
Mantenha-se na posição
por 10 segundos
respirando lenta e
profundamente para cada
lado.
ERGONOMIA NO DIA-A-DIA

PESCOÇO

Gire a cabeça
lentamente com o
queixo em direção
ao ombro,
mantenha-se por 10
segundos
respirando
profundamente para
cada lado.