P. 1
Apostila Estatatística Basica 29-08-2011 para Eng C&A

Apostila Estatatística Basica 29-08-2011 para Eng C&A

|Views: 21.945|Likes:

More info:

Published by: Guilherme Lima Barbarioli on Jul 18, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/20/2013

pdf

text

original

O coeficiente de variação de Pearson contorna as limitações de comparação de séries diferentes do
desvio padrão.

O Coeficiente de Variação de Pearson é a razão entre o desvio padrão e a média referente a dados
de uma mesma série:

(%)

100
.

x

s

CVP =

Exemplo:

Vamos tomar os resultados das estaturas e dos pesos de um grupo de indivíduos:

Tabela 5.8 Estaturas e pesos de um grupo de alunos

Qual das duas medidas, estatura ou peso, apresenta maior variabilidade?

Resposta:

Observe que não podemos compará-las, pois são séries diferentes; para resolver o problema, basta
calcular o CVP da estatura e o CVP do peso. O resultado maior será o mais heterogêneo (maior
dispersão ou variabilidade).

CVP estatura = ( 5 / 175 ) x 100 = 2,86 %
CVP peso = ( 2 / 68 ) x 100 = 2,94 %.

DISCRIMINAÇÃO

MÉDIA

DESVIO PADRÃO

ESTATURAS

175 cm

5,0 cm

PESOS

68 kg

2,0 kg

Logo, nesse grupo de alunos, os pesos apresentam maior grau de dispersão que as estaturas.
(Se tomássemos somente o desvio padrão para responder a pergunta, teríamos, com certeza, uma
resposta errada).

Observe! A série estatura apresenta maior desvio padrão; mesmo assim, é mais homogênea que a

série peso, que apresenta menor desvio padrão.

ATIVIDADE 5.4

1- A renda média mensal na localidade A é R$ 1.750,00 e na localidade B é R$ 1.500,00. Os
desvios padrões são R$ 100,00 e R$ 80,00. Faça uma análise comparativa quanto ao grau de
homogeneidade da renda nessas duas localidades.

2- Um grupo de 95 moças tem estatura média de 160,6 cm, com um desvio padrão igual a 5,97
cm. Outro grupo de 128 moças tem uma estatura média de 161,9 cm, com um desvio padrão
igual a 6,01 cm. Qual é o coeficiente de variação de cada um dos grupos? Qual o grupo mais
homogêneo?

3- Um grupo de 200 famílias tem renda média de R$ 1.063,8, com um coeficiente de variação de
4,3%. Qual o desvio padrão da renda desse grupo?

4- Uma distribuição apresenta as seguintes estatísticas: S = 2,6 e CVP = 1,9%. Determine a
média dessa distribuição.

5- Numa pequena cidade, 165 famílias têm a renda média de R$ 1.350,98, com um desvio padrão
de R$ 55,98. Qual a variabilidade relativa das famílias?

6- Ao se formar você obteve duas ofertas de empregos de empresas de informática . Qual a
empresa representa a melhor opção? Porque?

Empresa 1

Empresa 2

Média Salarial

R$ 3900,00

R$ 4500,00

Mediana

R$ 3500,00

R$ 2700,00

Desvio Padrão

R$ 117,00

R$ 225,00

ATIVIDADE 5.5

Após construir o histograma e a curva polida do seu trabalho prático, calcule a média, a mediana
e o primeiro, o segundo e o terceiro quartis; calcule também os percentis (P15,P25,P35,P50,P75 e
P80) e o coeficiente de variação de Pearson.

Chegamos ao final deste capítulo, em que aprendemos a calcular as medidas de variabilidade.
Observe, no exemplo mostrado no início do capítulo, envolvendo os tráfegos de dados de duas
redes de computadores, que temos:

Primeiro caso:

2 computadores que se comunicam a 49 Mbps e 51 Mbps

Velocidade média = 50 Mbps

e desvio padrão = 1 Mbps

Segundo caso:

2 computadores que se comunicam a 1 Mbps e 99 Mbps

Velocidade média = 50 Mbps

e desvio padrão = 49 Mbps

Ou seja, no primeiro caso teremos uma média de 50 Mbps com uma pequena variação de
velocidade (desvio padrão = 1Mbps), enquanto que no segundo caso temos também a mesma
média de 50 Mbps, só que neste caso com uma grande variação de velocidade (desvio padrão =
49 Mbps). Embora já no início, intuitivamente, você tenha percebido o conceito de
variabilidade, para esse exemplo simples, o desvio padrão na realidade quantifica a
variabilidade para qualquer série de dados, e aí sim você poderá comparar os dados.

Concluindo, a média não é uma medida suficiente por si só, necessita-se de mais informações
para se representar uma série de dados.

Vamos adiante!

Prof. Sebastião A. Carneiro

CAPÍTULO 6

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->