Você está na página 1de 38

Local: DSI| Campus de Azurém

3 de Setembro de 2009

AUTOR: Elizabeth Simão Carvalho


EMAIL: elizabeth.carvalho@ccg.pt

http://www.ccg.pt
31-08-2009

.: Conteúdo
 Definição: O que é?
 Ambiente
 Menus
 Decibéis e Áudio Digital
 Conversão Analógica/Digital
 Clipping
 Digital
 Compressão Digital/Áudio
 Áudio Digital: vantagens
 Exercitando…
 Conclusões

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
3
31-08-2009

.: Definição: O que é?
 O Adobe Soundbooth CS4 é um software intuitivo com várias
ferramentas incorporadas que permitem a edição de áudio
em filmes, vídeos ou outros meios de mídia;
 Esta nova versão inclui facilidades de multi-faixas – permite
trabalhar com várias faixas ao mesmo tempo;
 Combina diálogos, música e efeitos sonoros em faixas
separadas ou únicas, de forma a maximizar a versatilidade;
 Oferece um vasto conjunto de funcionalidades.

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
31-08-2009

.: Ambiente (i)

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
5
31-08-2009

.: Ambiente (ii)

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
6
31-08-2009

.: Ambiente (iii) Possíveis


formatos
 Menus

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
7
31-08-2009

.: Ambiente (iv)
 Menus

Necessita de algo estar


seleccionado

Necessita de
existir(em)
outra(s)
trilha(s)

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
8
31-08-2009

.: Ambiente (iv)
 Menus

Necessita de algo estar


seleccionado

Necessita de
existir(em)
outra(s)
trilha(s)

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
9
31-08-2009

.: Ambiente (iv)
 Menus

Necessita de
algo estar
Seleccionado, e
afecta a zona
de edição

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
10
31-08-2009

.: Ambiente (v)
 Menus

Necessita existir
Clip…

Ou

Copiar/Colar
para nova zona
de clip…

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
11
31-08-2009

.: Ambiente (vi)
Necessita ter
 Menus básicos algo
seleccionado
no ficheiro

Ou

Necessitam
ter algum
ficheiro
Carregado…

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
12
31-08-2009

.: Decibéis e Áudio Digital (i)

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
13
31-08-2009

.: Decibéis e Áudio Digital (i)


 Conversão Analógica/Digital
– A frequência de amostragem é o número de amostras do
sinal por segundo, e que traduz a resolução com que
vamos adquirir o sinal em termos da sua variação ao longo
do tempo;
– Tipicamente a frequência de amostragem utilizada no CD é
de 44kHz, no Dat 48kHz e 96kHz no DVD;
– A resolução de amostragem, é a quantificação
correspondente ao número de níveis de amplitude do sinal
(amostra/sample), num determinado instante;

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
14
31-08-2009

.: Decibéis e Áudio Digital (ii)


 Conversão Analógica/Digital
– Tipicamente quantifica-se o sinal utilizando 16 bits em
gravações com qualidade de CD (mas hoje em dia, grava-se
e edita-se a 20-24 ou 32 bits);
– Ao processo em que se executa a amostragem chama-se
Sampling;
– Sampler é um aparelho dedicado que executa amostragem
(sampling)

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
15
31-08-2009

.: Decibéis e Áudio Digital (iii)

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
16
31-08-2009

.: Decibéis e Áudio Digital (iv)


 Clipping
– Quando a amplitude do som excede o valor máximo da gama de
quantificação o sinal de som digitalizado vai tomar um valor
constante, correspondente ao valor máximo quantificável pelo ADC
(conversor analógico/digital).
– Este fenómeno é designado por Clipping. Na prática uma forma de
onda com Clipping parece ser cortada nos picos, resultando algumas
vezes ruído perceptível para o ouvido humano.

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
17
31-08-2009

.: Decibéis e Áudio Digital (v)


 Digital
– O áudio digital processa e cria ficheiros grandes que
requerem:
• Grandes sistemas de armazenamento;
• Rápidos sistemas de armazenamento;
• Processadores rápidos.

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
18
31-08-2009

.: Decibéis e Áudio Digital (vi)


 Compressão digital áudio
– A compressão é necessária em digital áudio dadas as
limitações de alguns sistemas….
• Satélite;
• Broadcast networks;
• Internet.
– Soluções
• Aumentar a largura de banda;
• Comprimir dados.

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
19
31-08-2009

.: Decibéis e Áudio Digital (vii)


 Compressão digital áudio
– Lossless compression
• Remove redundâncias;
• Totalmente recuperável;
• Não há perda de fidelidade.
– Lossy compression
• Remove dados que supostamente nós não ouvimos;
• Não é recuperável.

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
20
31-08-2009

.: Decibéis e Áudio Digital (viii)


 Compressão digital áudio
– Formatos Digital
• Wav. Files - default PCs
• AIFF files - default MAC
• PCM, descomprimido
• Facilmente transferíveis
• MP3
• Deriva de MPEG standards desenvolvido para vídeo digital
• MP3 é o layer #3 desenvolvido para áudio
• Utiliza lossy compression

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
21
31-08-2009

.: Decibéis e Áudio Digital (ix)


 Áudio digital - vantagens
– Maior Amplitude dinâmica
• 16 bit digital = 96 dB
• Analógico = 80 dB
– Resistente ao ruído
• Sem Interferência Electromagnética
• Sem Tape hiss (causado pelo efeito magnético)
– Resistência (ao tempo)
– Armazenamento e edição não-linear, acesso aleatório

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
22
31-08-2009

.: Decibéis e Áudio Digital (x)


 Áudio digital – vantagens
– Edição não destrutiva
• Não modifica o ficheiro de som original
• Habitualmente tem uma lista de edições
• Permite copiar, cortar, colar
• Permite automação
• Permite correcção de ritmo e altura (ritmo, pitch)
• Permite fazer Fades (aumento ou redução gradual do volume do
som) and crossfades (um som aumenta enquanto outro diminui)
• Permite fazer Processamento de Sinal

*Pitch = tom da música – função da frequência

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
23
31-08-2009

.:Exercitando…(i)
 Cenário:
– É de manhã e a sirene toca para que os cadetes da Academia Militar
se levantem.
– Eles saem em grupo e iniciam a sua rotina matinal de ginástica ao ar
livre. No final do treino, começa a chover.
– Após o término deste, todos vão tomar banho e seguem para o
refeitório para tomar o café da manhã. No final do café, seguem para
a biblioteca para estudar.
 Objectivo:
– Criar uma trilha sonora que contextualize esse cenário;
– Utilize para tal o ambiente Soundbooth, para criação da trilha –
ferramentas, efeitos, etc.

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
24
31-08-2009

.:Exercitando…(ii)
 Criação de multi-faixas com vários clips:
– File > New > Multitrack File
– No botão Tracks > Add Audio Track
– Adicionar várias faixas e inserir ficheiros com botão direito do rato >
Insert file ou no menu de Files importar (os ficheiros estão gravados
na pasta da aula)

Na área de edição

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
25
31-08-2009

.:Exercitando…(iii)
 Na primeira faixa inserida, vamos explorar algumas ferramentas
utilizando um clip de música:
– Accionar Edit, para editar apenas o clip na 1ª faixa (pode ser 2x sobre o clip)

– Seleccionar um trecho e aumentar o volume após fazer zoom

– Com a mão activada, deslocar o clip na timeline

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
26
31-08-2009

.:Exercitando…(iv)
 Desfazer tudo o que fez e agora, vamos explorar a visualização espectral
do som (por frequência)
– Activar a janela de espectro
– Abrir o separador Tasks: Time Selection, Frequency Selection, Marquee e
Lasso
– Activar cada uma das ferramentas e arrastar o rato na janela de espectro,
fazendo o Play e verificando o resultado em cada caso (utilizar os botões Play
e Stop)

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
27
31-08-2009

.:Exercitando…(v)
 Com o rato posicionado sobre a janela de espectro, premir o botão
direito do rato
– Explorar as opções e ir dando Plays…(botão na base da janela de edição)

Esquerda e
direita do
som em
estéreo

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
28
31-08-2009

.:Exercitando…(vi)
 Volte para a trilha em decibéis e altere a linha de volume com auxílio
do rato
– Pode inserir novos pontos de controlo, clicando 2x
– Pode move-los e moldar a curva…
– - Faça denovo play…

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
29
31-08-2009

.:Exercitando…(vii)
 Vamos agora explorar um pouco mais o Fade in e Fade Out
– Utilizar as marcas no alto e arrasta-las com o rato, deformando-as
– Dar play e ver o que acontece...
– Fazer o undo de tudo o que fez até agora!!! ☺

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
30
31-08-2009

.:Exercitando…(ix)
 Adicionando efeitos:
– EQ – Graphic e EQ – Parametric: servem para atenuar ou
enfatizar as diferenças de frequências num sinal
• Seleccionar uma trecho da música (com uma das ferramentas de
selecção e aplicar cada um desses efeitos
• Explorar as suas variações

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
31
31-08-2009

:.Exercitando… (x)
– Explorar ambas as versões – simples e avançada – o ideal é
trabalhar num ficheiro com voz humana…
– Interagir com os controles e fazer o Play para ver o que
acontece…alterar a forma da curva paramétrica também!

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
32
31-08-2009

:.Exercitando…(xi)
– Efeito Compressor – é um controlo “fade” automático
• Experimentar a versão mais simples e mais avançada também;
• Seleccionar um trecho da trilha sonora e aplicar, fazendo Play de
seguida…não esqueça também de explorar algumas das opções
Preset do efeito…(automaticamente configuram os valores ☺)

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
33
31-08-2009

:.Exercitando…(xii)
– Efeito Compressor – explicando melhor…
• Threshold – limita o valor da amplitude do sinal a qual o efeito é
aplicado, neste caso, o limite superior;
• Ratio – define o factor de compressão (ex. 3:7 significa que 7
sinais são convertidos em 3);
• Attack – controla a rapidez temporal em que é aplicado o
threshold ao sinal;
• Release, o mesmo, porém no sentido oposto, ou seja, deixa de se
aplicar o threshold ao sinal;
• Efeito Dynamics – agrega o compressor, o limiter e o gate
• No limiter, o threshold define o mínimo de amplitude de sinal a
considerar…;
• No gate, o threshold define a amplitude do sinal a considerar.

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
34
31-08-2009

.:Exercitando (xiii)
 Efeito Convolution Reverb
– Serve para simular a acústica de ambientes onde o som se propaga
– Seleccionar parte da trilha e escolher o efeito Endless Tunel
– Fazer o Play…alterar os valores para Damping (reduz a frequência baixa ou
alta – LF ou HF) e fazer novamente o Play

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
35
31-08-2009

.:Exercitando (xiii)
 Salvando o que foi feito…
– Até agora, tudo o que foi feito pode ser salvo apenas no projecto ou em
ficheiro a parte: File > Save as
– Podemos salvar como um documento SoundBooth – neste caso o ficheiro de
áudio original não é afectado…fica editável para as próximas vezes…
– Também podemos salvar num formato de áudio que não seja o mesmo do
original, ou simplesmente gravar no mesmo ficheiro…
 Edição
– Agora que já tem o seu projecto feito e salvo, abra-o novamente e insira
silêncios nos pontos estratégicos de sua trilha sonora
– Explore um pouco mais as outras opções existentes no menu de Edit…

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
36
31-08-2009

.: Conclusão
 O SoundBooth é um ambiente versátil para edição e criação de trilhas sonoras;
 Estas podem ser facilmente exportadas para vários formatos, e adicionadas a
filmes;
 Elimina ruídos ou outras anomalias da trilha sonora;
 O ambiente multi-trilhas permite a junção de vários clips de som de forma a
criar-se uma trilha sonora final;
 Cada clip por sua vez, pode ser editado (copiado, colado, cortado, etc.) e
aplicados filtros/efeitos sonoros variados nos clips, em selecções ou ainda na
trilha como um todo;
 Pode ainda gravar directamente a partir de qualquer dispositivo que seja ligado
a placa ou porta de som;
 Para mais informação e tutoriais: http://www.vtc.com/products/QuickStart!-
Adobe-Soundbooth-CS4-Tutorials.htm ☺
 Para mais ficheiros gratuitos: http://www.pacdv.com/sounds/index.html

Introdução ao Adobe Soundbooth CS4 Elizabeth Simão Carvalho


Academia Militar Elizabeth.carvalho@ccg.pt
37
Campus de Azurém
4800-058 Guimarães
Tel: +351 253 510 580
Fax: +351 253 510 581
URL: www.ccg.pt

Campus do ISEC
Rua Pedro Nunes
3030-199 Coimbra
Tel: +351 239 790 380
Fax: +351 239 790 381