Você está na página 1de 1
Géssica Oliveira da Silva 1 e Leonaldo Carvalho da Silva 2 1 , 2 Graduandos
Géssica Oliveira da Silva 1 e Leonaldo Carvalho da Silva 2 1 , 2 Graduandos

Géssica Oliveira da Silva 1 e Leonaldo Carvalho da Silva 2

1,2 Graduandos do Curso de Tecnologia em Gestão Ambiental, IFPA Campus Conceição do Araguaia-Pa. Av. Couto Magalhães, S/N, Setor Universitário; oliveiragessi@hotmail.com.br e leonaldo2690@hotmail.com

oliveiragessi@hotmail.com.br e leonaldo2690@hotmail.com Ao longo dos tempos o desenvolvimento de grandes núcleos
Ao longo dos tempos o desenvolvimento de grandes núcleos urbanos sem o devido planejamento tem
Ao longo dos tempos o desenvolvimento de grandes núcleos urbanos sem o devido planejamento tem
dificultado as ações de manejo de resíduos, ainda que se reconheça, a necessidade de disposição e
tratamento adequados por falta de recursos, sendo postergadas, causando a degradação no meio ambiente
e problemas de saúde nas populações. De acordo com Pereira et al (2003, pág. 2) “ao longo do
desenvolvimento do setor urbano, nem sempre as soluções encontradas para destinar seus esgotos
doméstico foram alternativas adequadas do ponto de vista sanitário e ambiental”. Segundo Zorrato (2006,
pág. 1) “a grande deficiência de saneamento básico em várias regiões brasileiras, em especial de esgoto
sanitário, impõe grande número de pessoas a riscos inaceitáveis de exposição”.
A Pesquisa foi realizada no Município de Conceição do Araguaia, no Bairro Centro, durante o
A Pesquisa foi realizada no Município de Conceição do Araguaia, no Bairro Centro, durante o mês de
maio de 2011 utilizando-se um questionário com questões a cerca de sistema de esgotamento sanitário, que
foi aplicado em 150 (cento e cinquenta) residências.
que foi aplicado em 150 (cento e cinquenta) residências. Sistema de Esgotamento Utilizado Gráfico 1 Sistema
Sistema de Esgotamento Utilizado Gráfico 1 Sistema de esgotamento sanitário utilizado nas residências Gráfico 2
Sistema de Esgotamento Utilizado
Gráfico 1
Sistema de esgotamento
sanitário utilizado nas
residências
Gráfico 2
Tipo do tratamento de esgoto
utilizado.
Gráfico 3
Problemas com o sistema de
esgoto utilizado
3%
3% 1%
1%
15%
40%
56%
97%
84%
COLETIVO
INDIVIDUAL
FOSSA
AMBOS
SUMIDOURO
NÃO TEM
NÃO TEM
MAU CHEIRO
OUTROS
1. Por não existir um sistema público de coleta de esgoto, percebeu-se diante da pesquisa
1. Por não existir um sistema público de coleta de esgoto,
percebeu-se diante da pesquisa que fica a critério
individual a forma de disposição dos efluentes,
causando assim um grande despejo destes resíduos no
solo, o que pode acarretar inclusive a contaminação do
lençol freático.
2. Constatou-se também a falta de esclarecimento da
população sobre o assunto em questão.
esclarecimento da população sobre o assunto em questão. FUNDAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE – FNS. Manual de
FUNDAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE – FNS. Manual de Saneamento. 3. ed. Rev. Brasília, 2004. ENGENHARIA
FUNDAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE – FNS. Manual de Saneamento. 3. ed. Rev. Brasília,
2004.
ENGENHARIA & PROJETOS. Manual de Saneamento Ambiental. Disponível em
<http://www.enge.com.br/manual_saneam_ambiental.htm>. Acesso em: 28 de
maio de 2011.
INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – IBGE. Pesquisa Nacional por
Amostra de Domicílios 2009. Disponível em:
<http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/trabalhoerendimento/pnad2
009/tabelas_pdf/sintese_ind_6_3.pdf>. Acesso em: 24 de maio de 2011.