P. 1
Tributacao Icms Pis Cofins

Tributacao Icms Pis Cofins

|Views: 403|Likes:
Publicado porFrance Penafort

More info:

Published by: France Penafort on Oct 28, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/01/2011

pdf

text

original

PRINCIPAL SERVIÇOS CLIENTES PARCEIROS ASSOCIADOS LINKS ÚTEIS Relacionamento Quinta-feira - 28 de Outubro de 2010 - 11:48:19 Empresa associada à

percentual varia de acordo com o lucro da exploração. 100% Aplicar-se-á. os acima. sendo que se presume um crédito de 6% sobre faturamento. (alíquota varia de 5 a 20%).65%. Redução da alíquota interna para 7%. II = 0% IPI = 0% ALIQUOTA DO ICMS Lei nº 2. Recolher em favor da UEA 1. COFINS 7. incide na entrada conforme mercadoria. 5. FMPE 6% do valor restituível do ICMS. • Máquinas de costura industrial.Notícias E-mail Localização Blog    REFERENTE  INCENTIVOS  FISCAIS  ZFM. II.826/03 • INDÚSTRIA DEC.5%. Para todas as modalidades. Redução da alíquota interna para 7%. II = 0% IPI = 0% • CORREDOR DE IMPORTAÇÃO. altera a Lei 1. ICMS IMPORTAÇÃO = 0% I. porém na apuração há restituição. • Bens de consumo industrializados destinados a alimentação.939/89 ICMS na entrada do Exterior 17%.25% .I = 0%. II = 0% IPI = 0% • INDÚSTRIA HANNAN – LEI Nº 2. FTI 0%. REF. LEI Nº 2. tipo “split”. • COMÉRCIO HANNAN – LEI Nº 2. nas importações. (alíquota varia de 10 a 20% ). sendo que na saída tributa-se 5 a 20% e recolhe a diferença na apuração do IPI. LEI 288/67 e 1. café torrado e moído. PIS 1.65% sobre faturamento COFINS 3% sobre faturamento OBS: Há Redução do imposto de renda de no Máximo 75%.COFINS 3% OBS. incide na entrada conforme mercadoria. Recolher em favor do FTI . ICMS na saída fora do Estado contribuinte 12% . vinagre. • Bens intermediários. sujeitos ao investimento compulsório em pesquisa e desenvolvimento tecnológico previsto em lei federal. OBS: Há Redução do imposto de renda de no Máximo 75%. • Placas de circuito impresso montados para produção de aparelhos de áudio e vídeo. • Auto – rádio. • Vestuário e calçados. com cessão de direitos quando aplicáveis fabricadas conforme o processo produtivo básico.Para os seguintes produtos. ICMS na saída 12%. nas vendas para fora do estado. 1. CONTRIBUIÇÃO P/ UEA 1. A tributação na saída Voltar para Notícias INCENTIVOS FISCAIS POLO INDUSTRIAL DE MANAUS Colaborou : José Luiz Silva . Recolher em favor do FMPE.310/04 I.6% sobre faturamento e importação.6% sobre faturamento e importação. FMPE 0%. percentual varia de acordo com o lucro da exploração. • Produtos agro industriais e afins. sobre faturamento bruto. considerar alíquota para não contribuinte de 17%. = 0% PIS. FTI 0%.FTI apenas na entrada 1% sobre o valor CIF IMPORTADO. Dentro do estado 17%. FTI 2% na entrada da mercadoria e 1 % sobre faturamento. do faturamento.084/91Alterada pela Lei 2. 6% sobre o ICMS restituível. • Monitor de vídeo para informática • Bens de informática e automação.390-96 ICMS na entrada 0% ICMS na saída 12 % . para as industrias incentivadas. ou seja: 90. • Fogões. ICMS na entrada Nacional 0%. CONTRIBUIÇÃO P/ UEA 10% DO CREDITO PRESUMIDO COFINS 3%. FMPE 0%. 55% .I e I.826/03 ICMS na entrada importação 7% ICMS na saída 7% . I. PIS 1.6% sobre faturamento e IMPORTAÇÃO.Para os seguintes produtos – bens finais • Bens industrializados de consumo não compreendidos como os anteriores. florestas e faunisticos. (Presumido) Recolher em favor do FTI. bolachas e biscoitos.390-96 Vendas no Amazonas ICMS na entrada importação 7% . PIS e CONFIS importação = 9.FMPE 00 . matérias primas produzidas no interior e ou oriundas da flora fauna regionais. sobre as operações realizadas a empresas comercias locais. 1. PIS. 1. Recolher em favor da UEA 1. dependendo da Região 7% ou 12%.Para os seguintes produtos. o nível de crédito estímulos correspondente a 100% dos produtos a seguir: • Embarcações • Terminais portáteis de telefonia celular. exceto placas de circuito impresso montadas para produção. PIS. PIS e CONFIS S/faturamento = 0% -art 2º Dec. sendo que se presume um crédito de 6% sobre faturamento.maçarão e demais massas alimentícias. = 0% PIS.Alterada pela Lei 2. Recolher em favor do FTI 1% sobre as compras de matériasprimas de outra unidade da federação.939/89 e 2. 2% sobre as importações de matérias primas etc.826/03. • Veículos utilitários.65% sobre faturamento e IMPORTAÇÃO. medicamentos. Recebe um Serviços On-line Área de Clientes Área Administrativa crédito como se devido fosse. BENS INTERMEDIÁRIOS. incide na entrada conforme mercadoria. Recolher em favor do FTI 1% sobre as compras de matérias-primas de outra unidade da federação.50% DO RESTITUIVEL COFINS 3%. 2% sobre as importações de matérias primas etc.  ANTERIOR  A  LEI 2. ICMS IMPORTAÇÃO = 0% OBS: Para todos os níveis de incentivo considerar alíquota interna de 17%.084/91 ICMS na entrada 6%.826/03 ICMS na entrada 6%. • Aparelho condicionador de ar. sendo seu vencimento 45 dias após a apuração. pescado industrializado e produtos de industria de base florestal. • Brinquedos. sobre valor apurado. ou seja. COFINS 7. FMPE 0%. II = 0% IPI = 0% • COMÉRCIO HANNAN – LEI Nº 2. para as industrias incentivadas. . • Mídias virgens e gravadas.COFINS 7. previsto em legislação federal.FTI apenas na entrada 1% sobre o valor CIF IMPORTADO. • Bens de capital • Produtos de limpeza. Recolher em favor do FTI. congeladores e refrigeradores. Na realidade o pagamento do ICMS fica de 6% sobre o faturamento. COFINS 7. percentual de acordo com o projeto aprovado. Recolher em favor da UEA 10%.I.I.ICMS na saída 7% . porém na apuração anulam-se. . exceto terminais portáteis de telefonia celular e monitor de vídeo para informática. Beneficio apenas p/ as vendas dentro do Estado. e distribuídas a partir da ZFM. a partir de 01 de abril de 2004. ficam isentos quando nas saídas internas de insumos produzidos no estado ou importados do exterior. 1. INCENTIVOS FISCAIS ZFM A PARTIR DE 01/04/2004 • CORREDOR DE IMPORTAÇÃO. conforme acima.P. 75% .I. II. lavadoras e secadoras de roupas e de louças. enquanto não forem restabelecidas as condições de competitividade.PIS 1.PIS 1. exceto placa de circuito impresso montada para produção de aparelhos de áudio e vídeo. O incentivo fiscal será concedido por produto.3%.P.65% .390/96. FTI 0%.25% REFERENTE EMPRESAS COMERCIAIS NA ZFM. 100% dos débitos. LEI Nº 2. Beneficio apenas p/ as vendas dentro do Estado.65% do faturamento. dentre outros. Na realidade o pagamento do ICMS fica de 6% sobre o faturamento. 1% sobre o faturamento bruto. Recolher em favor do FTI .65% sobre faturamento e importação. IPI. de aparelhos de áudio e vídeo.65% . ICMS na saída 12%. sobre ICMS restituível. quando a base de calculo fica reduzidas para 55%. sobre ICMS restituível.6% OBS. (alíquota varia de 10 a 20% ). sobre as operações realizadas a empresas comercias locais. sendo que na saída tributa-se 5 a 20% e recolhe a diferença na apuração do IPI. proporcionais cosméticos e produtos de perfumaria que utilizem. e I.FMPE 00 . . IPI.65% sobre faturamento e importação.I e I.P. 1% sobre o faturamento bruto. sendo seu vencimento 45 dias após a apuração. (alíquota varia de 5 a 20%). incide na entrada conforme mercadoria.390-96 .

IPI é suspenso na origem. sendo não cumulativo. na entrada das mercadorias neste são 5% das regiões norte. 72. COFINS p/ lucro presumido é 3%. 69. I. I e II do Decreto 4. lucro real 7. Tributação nas compras nacionais: Para comercialização interna (ZFM) o ICMS. lucro real 1. nordeste e Estado do Espírito Santo. II e III e art 71. bem como das notas fiscais. considerar alíquota para não contribuinte de 17%. CSL é 1. Para todas as modalidades.544/02 ICMS interno Decreto nº 20.20%.Todos os direitos reservados Goodsites . PIS p/ lucro presumido é 0.996/04.992/03 PIS e COFINS sobre compras art. PIS e COFINS é “0” na origem. conforme acima. podendo a empresa apropriar-se destes créditos. Base legal sobre O ICMS conforme convenio nacional nº 65/88. 2 º Lei 10.08%. visto distancia grande para nossa região. ICMS para fora do estado a alíquota é 12%. sendo não cumulativo.(vendas) é: ICMS dentro do estado alíquota é 17%. nas vendas para fora do estado. IPI conforme art. A diferença de alíquota cobrada pela SEFAZ – AM..60%. © Viaconta Contabilidade . para as demais regiões é 10%. diminuindo assim o custo.65%.65%. para compensar o frete. IRPJ é 1.686/99 e alteração no Decreto nº 23.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->