MANUAL DO UTILIZADOR

YBR125ED
3D9-F819D-P1

INTRODUÇÃO
PAU10100

Bem-vindo ao mundo do motociclismo da Yamaha! Como proprietário da YBR125ED, está a beneficiar da vasta experiência da Yamaha e da mais recente tecnologia relativa a design e fabrico de produtos de alta qualidade, as quais concederam à Yamaha uma reputação de fiabilidade. Por favor leia atentamente este manual para que possa desfrutar de todas as vantagens da sua YBR125ED. O manual do proprietário não só lhe dá instruções relativas ao funcionamento, inspecção e manutenção do seu motociclo, como também lhe indica como se proteger a si próprio e aos outros de problemas e ferimentos. Além disso, as diversas sugestões apresentadas neste manual, ajudá-lo-ão a manter o seu motociclo nas melhores condições possíveis. Caso tenha quaisquer outras questões, não hesite em contactar o seu concessionário Yamaha. A equipa da Yamaha deseja-lhe muitas viagens seguras e agradáveis. Por isso, nunca se esqueça de que a segurança é o factor mais importante!

INFORMAÇÕES IMPORTANTES DO MANUAL
PAU10151

As informações particularmente importantes são distinguidas neste manual pelas notas seguintes: O símbolo de alerta relativo à segurança significa: ATENÇÃO! ESTEJA ATENTO! ESTÁ EM CAUSA A SUA SEGURANÇA! A não observância das instruções deste AVISO pode resultar em ferimentos graves ou na morte do condutor do motociclo, de uma pessoa que esteja por perto ou de uma pessoa que esteja a inspeccionar ou a reparar o motociclo. Uma nota de PRECAUÇÃO indica que devem ser tomadas precauções especiais para evitar danos no motociclo. Uma NOTA fornece informações importantes para tornar os procedimentos mais fáceis ou mais claros.

AVISO

PRECAUÇÃO: NOTA:
NOTA:

G Este manual deverá ser considerado uma parte permanente do motociclo e deverá permanecer junto a este, mesmo que o motociclo

seja posteriormente vendido.
G A Yamaha procura continuamente desenvolver o design e a qualidade do produto. Consequentemente, embora este manual conte-

nha as informações mais actuais disponíveis sobre o produto na altura da impressão, poderão existir ligeiras discrepâncias entre o seu motociclo e este manual. Caso surja alguma dúvida relativamente a este manual, por favor consulte o seu concessionário Yamaha.
PWA10030

AVISO
POR FAVOR LEIA ESTE MANUAL CUIDADOSAMENTE E NA TOTALIDADE ANTES DE UTILIZAR ESTE MOTOCICLO. *O produto e as especificações estão sujeitos a alterações sem aviso prévio.

Qualquer reimpressão ou utilização não autorizada sem o consentimento escrito da Yamaha Motor Co. Ltd. . Impresso na Holanda.. Ltd.. 1ª edição. estão expressamente proibidas.INFORMAÇÕES IMPORTANTES DO MANUAL PAU36390 YBR125ED MANUAL DO UTILIZADOR ©2006 pela Yamaha Motor Co. outubro 2006 Reservados todos os direitos.

...................................................3-6 Combustível ................................................ 6-7 Óleo do motor ............................................................................................. 6-9 Limpeza do elemento do filtro de ar ........................ 6-17 Ajuste do interruptor da luz do travão traseiro ................................3-3 Alavanca da embraiagem ............................................................ 6-20 Folga da corrente de transmissão .......3-4 Pedal de mudança de velocidades .... 6-12 Folga das válvulas ...................3-1 Interruptor principal/bloqueio da direcção ....ÍNDICE INFORMAÇÕES RELATIVAS À SEGURANÇA ...................................... 6-1 Jogo de ferramentas do proprietário . 6-6 Verificação da vela de ignição ... 6-18 Verificação das pastilhas do travão da frente e das sapatas do travão de trás ............................................................... 6-12 Ajuste da folga do cabo do acelerador ......................... 3-9 Sistema de corte do circuito de ignição ...........3-8 Porta-bagagem .................................................. 6-2 Remoção e instalação dos painéis ........... 6-13 Pneus ............................................................3-6 Conversor catalítico ........ 6-22 .............................. 6-18 Verificação do nível do líquido dos travões dianteiros .............................3-5 Alavanca do travão ....2-1 Vista direita........................... 6-15 Ajuste da folga da alavanca da embraiagem .......................2-2 Controlos e instrumentos............. 6-17 Ajuste da folga do pedal do travão ............... 6-19 Mudança do líquido dos travões ........................ 3-10 VERIFICAÇÕES PRÉVIAS À VIAGEM ....................................... 6-10 Verificação da velocidade de ralenti do motor ......................3-9 Prendedores da correia de bagagem .3-5 Tampa do depósito de combustível ................................. 5-1 Colocação do motor em funcionamento ................................3-3 Indicador de combustível ....3-3 Interruptores do guiador ..1-1 DESCRIÇÃO ................................................................................................................................... 5-3 Rodagem de amaciamento do motor .........3-2 Taquímetro ..................................................................... 3-9 Descanso lateral ......................................................................................3-5 Pedal do travão ............. 4-2 UTILIZAÇÃO E QUESTÕES IMPORTANTES RELATIVAS À CONDUÇÃO ...................................................................... 5-3 Estacionamento ......2-1 Vista esquerda.... 6-13 Rodas de liga ..... 5-4 MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES ............................ 6-16 Verificação da folga da alavanca do travão dianteiro ...........................................................3-2 Módulo de velocímetro ............. 6-21 Limpeza e lubrificação da corrente de transmissão . 4-1 Lista de verificação prévia à viagem .....2-3 FUNÇÕES DOS CONTROLOS E INSTRUMENTOS .................... 5-1 Mudança de velocidades ........ 5-2 Sugestões para a redução do consumo de combustível ....3-8 Ajuste dos amortecedores ... 6-1 Tabela de lubrificação e manutenção periódica ..............3-1 Indicadores luminosos e luzes de advertência ...3-7 Pedal de arranque .........................................................................................................

..............................................6-26 Verificação da direcção ....................... 6-38 CUIDADOS E ARRUMAÇÃO DO MOTOCICLO .................................. 7-1 Cor mate cuidado ........... 7-3 ESPECIFICAÇÕES ..........................................................................................................................6-23 Verificação e lubrificação dos pedais do travão e de mudança de velocidades ..................................6-24 Verificação e lubrificação do descanso central e do descanso lateral ..6-24 Verificação e lubrificação das alavancas do travão e da embraiagem . 7-1 Armazenagem ......6-28 Substituição da lâmpada do farol dianteiro ................ 6-33 Roda traseira .........6-25 Verificação da forquilha dianteira ..............6-32 Substituição da lâmpada dos mínimos . 7-1 Cuidados ............................................................ 6-32 Roda dianteira .............6-25 Lubrificação do pivôs do braço oscilante ..............................................................................................................................................ÍNDICE Verificação e lubrificação dos cabos ..6-27 Bateria .... 6-37 Tabela de detecção e resolução de problemas .............................................................................. 8-1 INFORMAÇÕES PARA O CONSUMIDOR ................. 9-1 Números de identificação ....................6-27 Substituição do fusível ................................. 9-1 ....6-26 Verificação dos rolamentos de roda ......................................................... 6-35 Detecção e resolução de problemas .........................6-31 Substituição de uma lâmpada do sinal de mudança de direcção ....6-29 Substituição da lâmpada da luz do travão/farolim traseiro ....................6-23 Verificação e lubrificação do punho e do cabo do acelerador .........

uma vez que estes são os locais mais prováveis para a ocorrência de acidentes com motociclos. • É importante que esteja qualificado para conduzir um motociclo e que só o empreste a outros condutores qualificados. TODOS OS CONDUTORES DEVERÃO TER CONHECIMENTO DOS SEGUINTES REQUISITOS ANTES DE CONDUZIR ESTE MOTOCICLO. G Este motociclo está concebido para transportar o condutor e um passageiro. muitos condutores envolvidos em acidentes nem sequer têm carta de condução de motociclos actual. Muitos acidentes são causados por automobilistas que não vêem o motociclo. Por isso: • Use um casaco de cor viva. pelo que é importante assegurar-se que seja visto para reduzir as hipóteses de ocorrência deste tipo de acidente. G O facto dos automobilistas não detectarem nem reconhecerem os motociclos no trânsito é a principal causa dos acidentes entre automóveis e motociclos. G Muitos acidentes são causados por um erro cometido pelo condutor do motociclo. 1-1 . Evite estar no ponto morto de outro condutor. ELE OU ELA DEVERÃO: G OBTER INSTRUÇÕES COMPLETAS DE UMA ENTIDADE COMPETENTE SOBRE TODOS OS ASPECTOS DA UTILIZAÇÃO DO MOTOCICLO. A SUA UTILIZAÇÃO E MANUSEAMENTO SEGUROS DEPENDEM DA ADOPÇÃO DE TÉCNICAS DE CONDUÇÃO ADEQUADAS. BEM COMO DA PERÍCIA DO CONDUTOR.INFORMAÇÕES RELATIVAS À SEGURANÇA PAU10281 1 OS MOTOCICLOS SÃO VEÍCULOS DE DUAS RODAS. Um erro tipicamente cometido pelo condutor é fazer uma curva fora-de-mão devido a VELOCIDADE EXCESSIVA ou a um ângulo de inclinação insuficiente em relação à velocidade. As verificações feitas com cuidado poderão ajudar a evitar um acidente. até que esteja bem familiarizado com o mesmo e com todos os seus mecanismos de controlo. G OBTER FORMAÇÃO QUALIFICADA SOBRE AS TÉCNICAS DE CONDUÇÃO CORRECTAS E SEGURAS. • Obedeça sempre ao limite de velocidade e nunca ande mais depressa do que o permitido pelas condições da estrada e do trânsito. G Muitos acidentes envolvem conduto- res inexperientes. • Conduza onde os outros condutores o possam ver. G OBSERVAR OS AVISOS E OS REQUISITOS DE MANUTENÇÃO APRESENTADOS NO MANUAL DO PROPRIETÁRIO. De facto. • Redobre a atenção ao aproximarse e ao passar por cruzamentos. • Conheça as suas capacidades e as suas limitações. Não tentar exceder as suas limitações é um factor que pode ajudá-lo a evitar um acidente. G OBTER SERVIÇOS TÉCNICOS PROFISSIONAIS TAL COMO INDICADO NO MANUAL DO PROPRIETÁRIO E/OU SEMPRE QUE SE TORNE NECESSÁRIO DEVIDO A PROBLEMAS MECÂNICOS. Condução segura G Efectue sempre as verificações prévias à utilização. • Recomendamos que pratique a condução do seu motociclo em locais onde não haja trânsito.

uma vez que estes ficam quentes e podem causar queimaduras. tenha bastante cuidado ao adicionar carga ou acessórios ao seu motociclo. G Nunca conduza sob a influência de álcool ou outras drogas.INFORMAÇÕES RELATIVAS À SEGURANÇA • Sinalize sempre qualquer mudança de direcção ou ultrapassagem. excepto se ele ou ela puderem colocar. botas. causando ferimentos ou até um acidente. G Nunca use roupas largas. O vento direccionado para os olhos desprotegidos pode contribuir para uma deficiência da visão que pode atrasar a visualização de uma situação de perigo. • Durante a condução. mantenha em mente o seguinte: 1-2 1 . Modificações As modificações feitas a este motociclo que não sejam aprovadas pela Yamaha. os tornozelos e os pés. Use sempre vestuário de protecção que cubra as pernas. Para evitar a possibilidade de um acidente. ou a remoção de equipamento original. calças e luvas resistentes. G Este motociclo está concebido para utilização apenas em estrada. o que pode causar ferimentos pessoais graves. Redobre o cuidado quando conduzir um motociclo que tenha mais carga ou acessórios. • Nunca transporte um passageiro. é um meio eficaz na prevenção ou redução de escoriações ou lacerações. G As precauções acima referidas aplicam-se também ao passageiro. G Use sempre um capacete aprovado. G Nunca toque no motor ou no sistema de escape durante ou logo após a utilização do motociclo. Assegure-se de que os outros condutores o conseguem ver. As modificações podem também colocar o seu motociclo em situação de ilegalidade. G Use uma viseira ou óculos protectores. Apresentamos a seguir algumas linhas de orientação para o caso de desejar colocar carga ou acessórios no seu motociclo: Carga O peso total do operador.. Carga máxima: 196 kg (432 lb) Quando carregar dentro deste limite de peso. e deve manter os pés nos apoios de pés para o passageiro. Carga e acessórios O acréscimo de acessórios ou carga ao seu motociclo pode afectar adversamente a estabilidade e o manuseamento se a distribuição de peso no seu motociclo for alterada. podem tornar este motociclo inseguro. caso contrário estas poderão prender-se nas alavancas de controlo. nos apoios de pés ou nas rodas. a fim de manter o controlo do motociclo. etc. o condutor deverá manter as mãos no guiador e os pés nos apoios de pés. na correia do assento ou na barra de manobra (se o veículo os possuir). G O uso de um casaco. • O passageiro deve segurar-se sempre no condutor. ambos os pés nos apoios de pés do passageiro. G A postura do condutor e do passageiro é importante para um controlo adequado. passageiro. com firmeza. Artigos de protecção A maioria das fatalidades ocorridas em acidentes com motociclos resultam de ferimentos na cabeça. O uso de um capacete de segurança é o factor mais importante para a prevenção ou redução de ferimentos na cabeça. Não de se destina a utilização todo-o-terreno. acessórios e carga não devem exceder o limite máximo de carga. com ambas as mãos.

1-3 . você será responsável pela selecção. Inspeccione cuidadosamente o acessório antes de o utilizar. G Nunca prenda artigos grandes ou pesados ao guiador. Estes acessórios também podem causar instabilidade ao ultrapassar ou ao ser ultrapassado por veículos de grandes dimensões. a qual pode causar uma perda perigosa de potência das luzes ou do motor. certifique-se de que os acessórios e a carga estão bem presos ao motociclo. G A deslocação dos pesos pode criar um desequilíbrio súbito. G Nunca instale acessórios nem transporte carga que possam prejudicar o desempenho do seu motociclo. devendo os mesmos ser colocados tão chegados ao motociclo quanto possível. ou este pode ficar instável em zonas com ventos cruzados. Se forem colocados acessórios na área do guiador ou da forquilha dianteira. estes devem reduzidos ao número indispensável e devem ser tão leves quanto possível.INFORMAÇÕES RELATIVAS À SEGURANÇA G A carga e os acessórios devem ser re- 1 duzidas ao mínimo indispensável. sacos grossos de lã ou tendas. • Os acessórios volumosos ou grandes podem afectar seriamente a estabilidade do motociclo devido aos efeitos aerodinâmicos. instalação e uti- lização adequadas dos acessórios de terceiros. Verifique com frequência os suportes dos acessórios e os prendedores da carga. Tenha muito cuidado ao seleccionar e instalar quaisquer acessórios. • Os acessórios instalados na área do guiador ou da forquilha dianteira podem criar instabilidade devido à distribuição de peso inapropriada ou alterações aerodinâmicas. à forquilha dianteira ou ao guarda-lamas dianteiro. Se os acessórios eléctricos excederem a capacidade do sistema eléctrico do motociclo pode ocorrer uma falha eléctrica. nem ocultar luzes ou reflectores. Estes artigos. Uma vez que a Yamaha não pode testar todos os acessórios que são disponibilizados no mercado. afectar a visibilidade para a estrada ou a visibilidade nas curvas. O vento pode fazer o motociclo levantar da estrada. tal como sacos-cama. podem criar um manuseamento instável ou uma fraca resposta da direcção. Quando montar acessórios. Tente distribuir o peso o mais uniformemente possível de ambos os lados do motociclo. mantenha em mente as seguintes linhas de orientação. pelo que tais acessórios não são recomendados. Acessórios Os acessórios genuínos da Yamaha foram especificamente concebidos para utilização neste motociclo. • Alguns acessórios podem deslocar o condutor da sua posição normal de condução. a fim de minimizar o desequilíbrio ou a instabilidade. G Tenha cuidado ao acrescentar acessórios eléctricos. de modo algum. incluindo alguma carga. bem como as apresentadas na secção “Carga”. Esta posição inapropriada limita a liberdade de movimentos do condutor e pode limitar a capacidade de controlo. limitar o percurso da suspensão. para se certificar de que este não vai. o percurso da direcção ou o funcionamento dos controlos. Antes de conduzir.

O motociclo só deve ser colocado em funcionamento em áreas com uma boa ventilação. Se o motociclo se inclinar. G Se engolir gasolina. tenha em atenção o seguinte: • O motor e o sistema de escape podem estar quentes. ou junto de uma chama desprotegida).INFORMAÇÕES RELATIVAS À SEGURANÇA Gasolina e gás de escape G A GASOLINA É ALTAMENTE INFLAMÁVEL: • Desligue sempre o motor quando estiver a reabastecer. G Quando transportar o motociclo num outro veículo. inalar muito vapor de gasolina ou lhe saltar gasolina para os olhos. Os gases do escape são tóxicos e podem causar a perda de consciência e a morte num curto espaço de tempo. Quando estacionar o motociclo. • Tenha cuidado para não derramar gasolina no motor ou no sistema de escape quando estiver a reabastecer. caso contrário pode tombar. certifique-se de que o mesmo é mantido na vertical. seja por quanto tempo for. desligue o motor e retire a chave do interruptor principal. G Nunca coloque o motor em funcionamento nem o faça trabalhar numa área fechada. caso contrário pode incendiar-se. G Sempre que pretender afastar-se do motociclo. • Não estacione o motociclo num declive ou num piso macio. Se saltar gasolina para a sua pele ou vestuário. consulte imediatamente um médico. lave imediatamente a área afectada com sabão e água e mude de roupa. pelo que deve estacionar o motociclo num local onde não exista probabilidade de os peões ou as crianças tocarem nestas peças quentes. • Nunca reabasteça enquanto estiver a fumar ou na proximidade de uma chama desprotegida.: um calefactor de querosene. • Não estacione o motociclo perto de uma fonte inflamável (por ex. 1 1-4 . a gasolina pode verter para fora do depósito de combustível.

DESCRIÇÃO PAU10410 Vista esquerda 2 1. 5. 7. 2. 6. Farol dianteiro (página 6-29) Fusível (página 6-28) Bateria (página 6-27) Jogo de ferramentas do proprietário (página 6-1) Prendedor da correia de bagagem (página 3-9) Anel ajustador de pré-carga da mola do amortecedor (página 3-8) Cavilha de drenagem do óleo do motor (página 6-9) Pedal de mudança de velocidades (página 3-5) 2-1 . 3. 8. 4.

DESCRIÇÃO PAU10420 Vista direita 2 1. 6. 5. 4. 3. 2. 7. Porta-bagagem (página 3-9) Elemento do filtro de ar (página 6-10) Tampa de enchimento de óleo do motor (página 6-9) Pedal do travão (página 3-5) Pedal de arranque (página 3-8) Anel ajustador de pré-carga da mola do amortecedor (página 3-8) Prendedor da correia de bagagem (página 3-9) 2-2 .

6. 8. Alavanca da embraiagem (página 3-4) Interruptores do punho esquerdo do guiador (página 3-3) Interruptor principal/bloqueio da direcção (página 3-1) Velocímetro (página 3-2) Indicador de combustível (página 3-3) Taquímetro (página 3-3) Interruptores do punho direito do guiador (página 3-3) Alavanca do travão (página 3-5) 2-3 9. 3. Punho do acelerador (página 6-12) 10. 7.DESCRIÇÃO PAU10430 Controlos e instrumentos 2 1. 4. 2. 5.Tampa do depósito de combustível (página 3-6) .

Assegure-se de que o veículo está parado antes de rodar a chave para “OFF” ou “LOCK”. Vire o guiador completamente para a esquerda. 2. A chave pode ser retirada. Mudança de direcção. PAU10660 1. Mudança de direcção. 1. PAU43140 3 O interruptor principal/bloqueio da direcção controla os sistemas de ignição e iluminação. A chave pode ser retirada. As várias posições são descritas a seguir. Para bloquear a direcção 1. PAU33590 BLOQUEIO (LOCK) A direcção está bloqueada e todos os sistemas eléctricos estão desligados.FUNÇÕES DOS CONTROLOS E INSTRUMENTOS PAU10460 Interruptor principal/bloqueio da direcção NOTA: O farol dianteiro acende-se automaticamente quando o motor é colocado em funcionamento e permanece aceso até a chave ser rodada para “OFF”. Com a chave na posição “OFF”. A chave não pode ser retirada. caso contrário os sistemas eléctricos serão desactivados. Retire a chave. e o motor pode ser colocado em funcionamento. 2. Premir. LIGADO (ON) Todos os circuitos eléctricos são alimentados. Introduza a chave e rode-a para “OFF”. em simultâneo. rode-a para “LOCK”. 3. empurre-a para dentro e. o que poderá resultar na perda de controlo ou num acidente. as luzes dos contadores. e é utilizado para bloquear a direcção. mesmo que o motor pare. Para desbloquear a direcção DESLIGADO (OFF) Todos os sistemas eléctricos estão desligados. PWA10060 AVISO Nunca rode a chave para “OFF” ou “LOCK” com o veículo em movimento. 3-1 . do farolim traseiro e dos mínimos acendem-se.

Quando isto acontecer. Luz de advertência de problema no motor “ ” Esta luz de advertência acende-se ou fica intermitente quando um circuito eléctrico de supervisão do motor apresenta problemas. Se a luz de advertência não se acender durante alguns segundos e depois apagar-se. 4. Indicador luminoso de mudança de direcção “ ” 2. Indicador luminoso de máximos “ ” 4. 3-2 . um conta-quilómetros e um contador de percurso. O contador de percurso pode ser utilizado para calcular a distância que pode ser percorrida com um depósito de combustível cheio. 2. Indicador luminoso de ponto morto “ ” 3. Velocímetro Conta-quilómetros Contador de percurso Botão de reinício do contador de percurso O módulo de velocímetro está equipado com um velocímetro. PAU11080 Módulo de velocímetro 3 Indicador luminoso de máximos “ ” Este indicador acende-se quando são utilizados os máximos do farol dianteiro. Esta informação permitir-lhe-á planear futuras paragens para abastecimento de combustível. PAU11500 1. 3. Luz de advertência de problema no motor “ ” PAU11020 Indicador luminoso de mudança de direcção “ ” Este indicador luminoso fica intermitente quando o interruptor do sinal de mudança de direcção é accionado para a esquerda ou para a direita. solicite a um concessionário Yamaha que verifique o circuito eléctrico.FUNÇÕES DOS CONTROLOS E INSTRUMENTOS PAU11003 PAU11060 PAU11630 Indicadores luminosos e luzes de advertência Indicador luminoso de ponto morto “ ” Este indicador luminoso acende-se quando a transmissão está em ponto morto. O contador de percurso mostra a distância percorrida desde a última colocação a zero com o botão de reinício. O circuito eléctrico da luz de advertência pode ser verificado rodando a chave para “ON”. O contaquilómetros mostra a distância total percorrida. solicite a um concessionário Yamaha que verifique o sistema de auto-diagnóstico. O velocímetro mostra a velocidade de condução. 1.

1. PCA10031 PRECAUÇÃO: Não utilize o motor na zona vermelha do taquímetro. 3-3 1. Interruptor de farol alto/baixo “ / ” 2. G O interruptor principal deve ser coloca- do em “ON” para que o indicador de combustível apresente uma leitura exacta do nível de combustível. existe aproximadamente 3.FUNÇÕES DOS CONTROLOS E INSTRUMENTOS PAU11851 PAU37051 PAU12347 Taquímetro Indicador de combustível Interruptores do guiador Esquerda 3 1. Zona vermelha: 10000 rpm e acima O indicador de combustível indica a quantidade de combustível que se encontra no respectivo depósito. reabasteça logo que possível. Interruptor da buzina “ ” Direita NOTA: G Não permita que o depósito de com- bustível fique totalmente vazio. Zona vermelha do taquímetro 1.79 US gal) (0. Se isto acontecer.0 L (0. Interruptor de arranque “ ” .gal) no depósito de combustível.66 Imp. Zona vermelha O taquímetro eléctrico permite ao condutor controlar a velocidade do motor e mantê-la dentro da gama de potência ideal. O ponteiro move-se para “E” (Vazio) à medida que o nível de combustível diminui. Quando o ponteiro chega à zona vermelha. Interruptor do sinal de mudança de direcção “ / ” 3. Taquímetro 2. Indicador de combustível 2.

Para desligar o sinal de mudança de direcção. Para engatar a embraiagem. puxe a alavanca em direcção ao punho do guiador.FUNÇÕES DOS CONTROLOS E INSTRUMENTOS PAU12400 PAU41700 PAU12820 Interruptor de farol alto/baixo “ Regule este interruptor para “ acender os máximos e para “ acender os médios. / ” ” para ” para A luz de advertência de problema no motor acende-se quando a chave é rodada para “ON” e o interruptor de arranque é premido. A alavanca da embraiagem está equipada com um interruptor. PAU12500 1. 3-4 . o qual faz parte do sistema de corte do circuito de ignição. mas isto não indica qualquer avaria. empurre este interruptor para “ ”. Assim que libertado. PAU12710 Interruptor de arranque “ ” Prima este interruptor para pôr o motor a trabalhar com o motor de arranque. liberte a alavanca. Para desengatar a embraiagem. para obter uma utilização suave da mesma. o interruptor volta para a posição central. A alavanca deverá ser premida rapidamente e libertada lentamente. Alavanca da embraiagem PAU12460 3 Interruptor do sinal de mudança de direcção “ / ” Para sinalizar uma mudança de direcção para a direita. prima o interruptor depois deste ter voltado para a posição central. PCA10050 A alavanca da embraiagem situa-se no punho esquerdo do guiador. (Consulte a página 3-10. Para sinalizar uma mudança de direcção para a esquerda. antes de colocar o motor em funcionamento.) PRECAUÇÃO: Consulte a página 5-1 para obter instruções relativas ao arranque. Alavanca da embraiagem Interruptor da buzina “ ” Prima este interruptor para buzinar. empurre este interruptor para “ ”.

pressione o pedal do travão. Pedal de mudança de velocidades 1.FUNÇÕES DOS CONTROLOS E INSTRUMENTOS PAU12870 PAU12890 PAU12941 Pedal de mudança de velocidades Alavanca do travão Pedal do travão 3 1. Alavanca do travão 1. Para accionar o travão traseiro. 3-5 . Para accionar o travão da frente. Pedal do travão O pedal de mudança de velocidades situase no lado esquerdo do motor e é utilizado em conjunto com a alavanca da embraiagem para mudar as velocidades na caixa de transmissão contínua de 5-velocidades instalada neste motociclo. puxe a alavanca em direcção ao punho do guiador. A alavanca do travão situa-se no punho direito do guiador. O pedal do travão situa-se no lado direito do motociclo.

3-6 Certifique-se de que existe combustível suficiente no depósito. certifique-se de que insere o bocal da bomba no orifício de enchimento do depósito de combustível e de que atesta o depósito até ao fundo do tubo de enchimento. G Evite derramar combustível no motor quente. Desbloquear. 1. Rode a chave no sentido contrário ao dos ponteiros do relógio em direcção à posição original e depois retire-a. 2. 1. caso contrário este pode transbordar quando o combustível aquecer e expandir. conforme ilustrado. PWA10880 AVISO G Não encha demasiado o depósito de combustível. . Instalação da tampa do depósito de combustível 1. A fechadura abrir-se-á e a tampa do depósito de combustível pode ser removida.FUNÇÕES DOS CONTROLOS E INSTRUMENTOS PAU13001 PAU13220 Tampa do depósito de combustível NOTA: A tampa do depósito de combustível não poderá ser colocada a não ser que a chave esteja na respectiva fechadura. Coloque a tampa do depósito de combustível. empurrando-a com a chave inserida na fechadura. Tubo de enchimento de depósito de combustível 2. Quando reabastecer. a chave não pode ser removida se a tampa não estiver devidamente colocada e fechada. PWA11140 Combustível 3 AVISO Certifique-se de que a tampa do depósito de combustível está devidamente instalada antes de conduzir o motociclo. Nível de combustível Remoção da tampa do depósito de combustível Introduza a chave na fechadura e rode-a 1/4 de volta no sentido dos ponteiros do relógio. Para além disso.

gal) PCA11400 PRECAUÇÃO: Para evitar um risco de incêndio ou outros danos. anéis do pistão. Se ouvir um som de batimento (ou sibilante). A utilização de gasolina com chumbo causará danos irreparáveis no conversor catalítico. uma vez que o combustível poderá deteriorar as superfícies pintadas ou plásticas. sistema de escape.43 US gal) (2.FUNÇÕES DOS CONTROLOS E INSTRUMENTOS PCA10070 PRECAUÇÃO: Limpe imediatamente qualquer combustível derramado com um pano macio seco e limpo. 3-7 .79 US gal) (0. nas válvulas.66 Imp. G Não permita que o motor fique demasiado tempo ao ralenti. PAU13441 Conversor catalítico Este veículo está equipado com conversores catalíticos na sistema de escape.0 L (3. A utilização de combustível sem chumbo prolongará a vida útil da vela de ignição e reduzirá os custos de manutenção. etc. Certifique-se de que o sistema de escape tenha arrefecido antes de efectuar qualquer trabalho de manutenção.86 Imp. G Nunca estacione o veículo junto de materiais que possam causar riscos de incêndio. utilize gasolina de uma marca diferente ou com um índice de octano superior.0 L (0. PCA10700 3 Combustível recomendado: APENAS GASOLINA SEM CHUMBO NORMAL Capacidade do depósito de combustível: 13. por exemplo. PRECAUÇÃO: Utilize apenas gasolina sem chumbo. PAU13320 O motor Yamaha do seu motociclo foi concebido para usar gasolina sem chumbo regular com um índice de octano obtido pelo método “Research” de 91 ou mais. A utilização de gasolina com chumbo provocará danos graves nas peças internas do motor como. deverão ser observadas as seguintes precauções: G Utilize apenas gasolina sem chumbo.gal) Quantidade da reserva de combustível: 3. tais como erva ou outros materiais que ardam facilmente. PWA10860 AVISO O sistema de escape fica quente depois da utilização do motociclo.

Pedal de arranque 1. tente utilizar o pedal de arranque.FUNÇÕES DOS CONTROLOS E INSTRUMENTOS PAU43150 PAU14880 Pedal de arranque Ajuste dos amortecedores Para aumentar a pré-carga da mola e assim tornar a suspensão mais dura. empurre-o para baixo suavemente mas com firmeza. Para reduzir a pré-carga da mola e assim tornar a suspensão mais mole. desdobre o pedal de arranque. mova-o lentamente para baixo com o pé até que a engrenagem engate e. caso contrário poderá resultar numa fraca capacidade de manobra e perda de estabilidade. depois. rode o anel ajustador em cada um dos amortecedores na direcção (b). recomenda-se que mude a transmissão para ponto morto antes de colocar o motor em funcionamento. PWA10210 Ponto de afinação da pré-carga da mola: Mínima (suave): 1 Normal: 2 Máxima (dura): 5 AVISO Ajuste sempre ambos os amortecedores de forma igual. 3 NOTA: Alinhe o entalhe adequado do anel ajustador com o indicador de posição no amortecedor. Ajuste a pré-carga da mola como se segue: 3-8 . Este modelo está equipado com um pedal de arranque primário que permite que o motor seja colocado em funcionamento em qualquer velocidade se a embraiagem não estiver engrenada e o descanso lateral estiver para cima. Cada um dos amortecedores está equipado com um anel ajustador de pré-carga da mola. Para colocar o motor em funcionamento. No entanto. Anel ajustador de pré-carga da mola 2. PCA10100 PRECAUÇÃO: Nunca tente rodar um mecanismo ajustador para além do ponto de afinação máximo ou mínimo. 1. rode o anel ajustador em cada um dos amortecedores na direcção (a). Indicador de posição Se o motor não arrancar quando premir o interruptor de arranque.

FUNÇÕES DOS CONTROLOS E INSTRUMENTOS PAU15110 PAU15190 PAU15301 Porta-bagagem Prendedores da correia de bagagem Descanso lateral O descanso lateral situa-se no lado esquerdo do chassis. que corta a ignição em determinadas situações. Existem quatro prendedores da correia de bagagem por baixo da parte traseira do assento. (Procure a seguir uma explicação sobre o sistema de corte do circuito de ignição. Por conseguinte. nem se o descanso lateral não puder ser devidamente recolhido para cima (ou não fique em cima). Suba ou desça o descanso lateral com o pé enquanto segura o veículo direito. caso contrário o descanso lateral pode entrar em contacto com o solo e distrair o condutor.) PWA10170 3 1. verifique este sistema regularmente conforme descrito abaixo 3-9 . O sistema de corte do circuito de ignição da Yamaha foi concebido para lembrar ao utilizador que lhe cabe levantar o descanso lateral antes de arrancar. resultando numa possível perda de controlo. Porta-bagagem 1. AVISO O veículo não deve ser conduzido com o descanso lateral para baixo. Prendedor da correia de bagagem AVISO G Não exceda o limite de carga de 3 PWA10240 kg (6. G Não exceda a carga máxima de 196 kg (432 lb)no veículo. NOTA: O interruptor incorporado do descanso lateral faz parte do sistema de corte do circuito de ignição.6 lb)no porta-bagagem.

PWA10260 G Caso se verifique uma avaria. o interruptor da embraiagem e o interruptor de ponto morto) apresenta as seguintes funções. mas o descanso lateral ainda está para baixo.FUNÇÕES DOS CONTROLOS E INSTRUMENTOS e. PAU43160 Sistema de corte do circuito de ignição O sistema de corte do circuito de ignição (composto pelo interruptor do descanso lateral. G Evita o arranque quando a transmissão está engrenada e a alavanca da embraiagem está a ser premida. o veículo deve ser colocado no descanso central. soli- cite a um concessionário Yamaha que verifique o sistema antes de conduzir o motociclo. Verifique periodicamente o funcionamento do sistema de corte do circuito de ignição em conformidade com o procedimento que se segue. solicite a reparação do mesmo a um concessionário Yamaha. 3-10 . G Evita o arranque quando a transmissão está engrenada e o descanso lateral está para cima. 3 AVISO G Durante esta inspecção. G Corta o funcionamento do motor quando a transmissão está engrenada e o descanso lateral está para baixo. mas a alavanca da embraiagem não está a ser premida. caso não funcione devidamente.

O motor começa a trabalhar? O interruptor do descanso lateral pode estar com problemas. SIM NÃO 3 Com o motor ainda a trabalhar: 5. Mova o descanso lateral para baixo. O interruptor de ponto morto pode estar com problemas. Prima o interruptor de arranque ou prima a alavanca do pedal de arranque.FUNÇÕES DOS CONTROLOS E INSTRUMENTOS Com o motor desligado: 1. 3. Prima o interruptor de arranque ou prima a alavanca do pedal de arranque. Rode a chave para “ON”. SIM NÃO O sistema está OK. O motor pára? SIM NÃO Depois de o motor ter parado: 9. 11. Engrene uma velocidade. Mova o descanso lateral para cima. 8. 3-11 . 6. 10. O motociclo não deverá ser conduzido até que seja inspeccionado por um concessionário Yamaha. O motociclo não deverá ser conduzido até que seja inspeccionado por um concessionário Yamaha. 2. O motociclo não deverá ser conduzido até que seja inspeccionado por um concessionário Yamaha. O interruptor da embraiagem pode estar com problemas. Mova o descanso lateral para baixo. O motor começa a trabalhar? NOTA: Esta verificação é mais fiável se for efectuada com o motor quente. 7. 4. Mantenha a alavanca da embraiagem puxada. Mude a transmissão para ponto morto. O motociclo pode ser conduzido. Mova o descanso lateral para cima. Mantenha a alavanca da embraiagem puxada.

e a segurança acrescida que a mesma lhe proporciona vale bem o tempo despendido para a realização da mesma. Por conseguinte. que se verifiquem os seguintes pontos antes de cada viagem. como resultado da exposição aos elementos). Essa inspecção pode ser efectuada rapidamente. NOTA: As verificações prévias à viagem devem ser efectuadas sempre que o veículo é utilizado. Os componentes vitais podem começar a deteriorar-se rápida e inesperadamente. 4-1 . Qualquer dano.VERIFICAÇÕES PRÉVIAS À VIAGEM PAU15592 O estado de um veículo é da responsabilidade do proprietário. mesmo que o veículo não esteja a ser utilizado (por exemplo. é muito importante. PWA11150 4 AVISO Se algum dos itens da lista de verificação prévia ao funcionamento não estiver a funcionar devidamente. solicite a sua inspecção e reparação antes de utilizar o veículo. fuga de líquido ou perda da pressão de ar dos pneus poderá ter consequências graves. para além de uma inspecção visual exaustiva.

• Se necessário. • Verifique se o sistema hidráulico apresenta fugas. solicite a um concessionário Yamaha que sangre o sistema hidráulico. • Se necessário. • Se necessário. Se necessário. PÁGINA 3-6 Óleo do motor 6-9 4 6-18. • Verifique a folga do pedal. substitua-os. • Se necessário. • Verifique o nível de óleo no motor. adicione líquido dos travões recomendado até ao nível especificado. • Verifique a folga do cabo. Verifique a folga da alavanca. • Verifique o funcionamento. • Verifique o funcionamento. • Se necessário. ajuste-a. lubrifique o cabo. • Se necessário. solicite a um concessionário Yamaha que ajuste a folga do cabo e lubrifique o cabo e o compartimento do punho. adicione óleo recomendado até ao nível especificado. • Certifique-se de que o funcionamento é suave. Se necessário. 6-18 Embraiagem 6-16 Punho do acelerador • Certifique-se de que o funcionamento é suave. • • • • Verifique o funcionamento. • Verifique se as pastilhas do travão apresentam desgaste. • Verifique o nível de líquido no reservatório. lubrifique-a. 6-23 Cabos de controlo 6-23 4-2 . • Se necessário. • Verifique se o tubo de combustível apresenta fuga. 6-19 Travão dianteiro Travão traseiro 6-17. ajuste-a. • Se o travão estiver mole ou esponjoso. • Verifique se o veículo apresenta fugas de óleo.VERIFICAÇÕES PRÉVIAS À VIAGEM PAU15605 Lista de verificação prévia à viagem ITEM Combustível VERIFICAÇÕES • Verifique o nível de combustível no respectivo depósito. reabasteça. 6-12.

lubrifique os pivôs. VERIFICAÇÕES PÁGINA Corrente de transmissão 6-21. Se necessário. lubrifique os pontos de articulação dos pedais. solicite a um concessionário Yamaha que verifique o veículo.VERIFICAÇÕES PRÉVIAS À VIAGEM ITEM • • • • • • • • Verifique a folga da corrente. • Certifique-se de que todas as porcas. Verifique se apresentam danos. ajuste-a. Se necessário. Se necessário. cavilhas e parafusos estão devidamente alinhados. aperte-os. luzes. • Se necessário. • Verifique o funcionamento do sistema de corte do circuito de ignição. • Certifique-se de que o funcionamento é suave. • Se o sistema estiver com problemas. • Se necessário. corrija. Verifique a pressão do ar. • Se necessário. • Certifique-se de que o funcionamento é suave. • Se necessário. • Se necessário. lubrifique-a. Verifique o estado da corrente. 6-24 6-24 6-25 4 Alavancas do travão e da embraiagem Descanso central. 6-22 Rodas e pneus 6-13. 6-15 Pedais do travão e de mudança de velocidade • Certifique-se de que o funcionamento é suave. lubrifique os pontos de articulação da alavanca. corrija. • Verifique o funcionamento. descanso lateral Fixadores do chassis Instrumentos. signais e interruptores Interruptor do descanso lateral — — 3-9 4-3 . Verifique o estado dos pneus e a profundidade da face de rolamento.

verifique o funcionamento do sistema de corte do circuito de ignição em conformidade com o procedimento descrito na página 3-10. resultando numa possível perda de controlo. tente utilizar o pedal de arranque. 5 PRECAUÇÃO: A luz de advertência de problema no motor deve acender-se quando a chave é rodada para “ON” e desligar-se após alguns segundos. PCA11040 NOTA: Quando a transmissão está em ponto morto. G Nunca coloque o motor em funcionamento nem o faça trabalhar numa área fechada seja por quanto tempo for. caso contrário solicite a um concessionário Yamaha que verifique o circuito eléctrico. Se a luz de advertência de problema no motor se acender ou ficar intermitente após o arranque. o indicador luminoso de ponto morto deverá estar aceso. G Antes de arrancar. Se o descanso lateral não estiver completamente recolhido. AVISO G Antes de colocar o motor em funci- onamento. NOTA: Se o motor não arrancar quando utilizar o interruptor de arranque. tem de haver conformidade com uma das seguintes condições: G A transmissão está em ponto morto. G Nunca conduza com o descanso lateral para baixo. PCA11370 controlos do funcionamento e respectivas funções antes de conduzir o motociclo. Cada tentativa de arranque deve ser o mais pequena possível para preservar a bateria. desligue imediatamente o motor e solicite a um concessionário Yamaha para verificar o sistema de auto-diagnóstico. G A transmissão está engrenada com a alavanca da embraiagem accionada e o descanso lateral para cima. aguarde alguns segundos e tente novamente. Se o motor não arrancar com o interruptor de arranque.UTILIZAÇÃO E QUESTÕES IMPORTANTES RELATIVAS À CONDUÇÃO PAU15950 PAU43180 PWA10270 AVISO G Familiarize-se bem com todos os Colocação do motor em funcionamento Para que o sistema de corte do circuito de ignição permita o arranque. Consulte um concessionário Yamaha relativamente a qualquer controlo ou função que não compreenda perfeitamente. Certifique-se sempre de que existe uma ventilação adequada. Os gases do escape são nocivos e a sua inalação pode causar a perda de consciência e a morte num curto espaço de tempo. Não tente fazer o motor arrancar durante mais de 10 segundos por tentativa. 2. certifique-se de que o descanso lateral está recolhido. solte-o. Rode a chave para “ON”. 5-1 PRECAUÇÃO: Para uma maior duração do motor. PWA10290 3. Coloque o motor em funcionamento. pode entrar em contacto com o solo e distrair o condutor. 1. nunca acelere profundamente com o motor frio! . premindo o interruptor de arranque ou carregando no pedal de arranque. Mude a transmissão para ponto morto.

5-2 . Uma lubrificação inadequada poderá danificar a transmissão. Ponto morto A mudança de velocidades permite-lhe controlar o nível de potência do motor disponível para o arranque. Mudança de velocidades PRECAUÇÃO: G Mesmo com a transmissão em pon- 5 1. G Utilize sempre a embraiagem para mudar de velocidade de modo a evitar danos no motor. finalmente. na transmissão e no sistema de transmissão. subida de encostas. pressione repetidamente o pedal de mudança de velocidades até este atingir o fim do percurso e. to morto. aceleração.UTILIZAÇÃO E QUESTÕES IMPORTANTES RELATIVAS À CONDUÇÃO PAU16671 PCA10260 NOTA: O motor está quente quando responde rapidamente ao acelerador. Pedal de mudança de velocidades 2. não deslize o motociclo durante longos períodos de tempo com o motor desligado e não o reboque durante grandes distâncias. etc. que não estão concebidos para suportar o choque de uma mudança de velocidade forçada. NOTA: Para colocar a transmissão em ponto morto. A transmissão é devidamente lubrificada apenas quando o motor está a funcionar. As posições das velocidades estão ilustradas na imagem. suba-o ligeiramente.

PCA10310 PRECAUÇÃO: G Não permita que a velocidade do 5 0–500 km (0–300 mi) Evite o funcionamento prolongado acima de 6000 rpm.UTILIZAÇÃO E QUESTÕES IMPORTANTES RELATIVAS À CONDUÇÃO PAU16810 PAU16830 Sugestões para a redução do consumo de combustível O consumo de combustível depende muito do seu tipo de condução. Durante este período. Rodagem de amaciamento do motor Nunca existe um período tão importante na vida útil do motor do seu veículo como o período entre os 0 e os 1000 km (600 mi). Uma vez que o motor é completamente novo. G Em vez de deixar o motor ao ralenti durante um longo período de tempo (ex. desligue-o. As diferentes peças do motor desgastam-se e obtêm um polimento por si próprias até que atinjam as folgas de funcionamento adequadas. em semáforos ou em passagens de nível). Por esse motivo.. deverá ler cuidadosamente o seguinte material. o óleo do motor deve ser substituído. não o sobrecarregue demasiado nos primeiros 1000 km (600 mi). G Caso surja algum problema no motor durante o período de rodagem do motor. Utilize livremente as velocidades do motor mas nunca utilize a aceleração máxima. PCA10280 PRECAUÇÃO: Após 1000 km (600 mi) de funcionamento. Não permita que o motor funcione com uma posição fixa do acelerador. solicite imediatamente a um concessionário Yamaha que verifique o veículo. desligue o motor e deixe-o arrefecer durante cinco a dez minutos. Varie regularmente a velocidade do motor. G Não embale o motor enquanto muda para uma velocidade inferior e evite velocidades elevadas do motor sem carga no mesmo. em engarrafamentos. 5-3 . Após uma hora de funcionamento. motor atinja a zona vermelha do taquímetro. PAU37250 500–1000 km (300–600 mi) Evite o funcionamento prolongado acima de 7500 rpm. 1000 km (600 mi) e mais O veículo pode agora ser utilizado normalmente. Considere as seguintes sugestões para reduzir o consumo de combustível: G Mude rapidamente para uma velocidade superior e evite velocidades elevadas do motor durante a aceleração. deve-se evitar o funcionamento prolongado em aceleração máxima ou qualquer condição que possa resultar no sobreaquecimento do motor.

estacione num local onde não haja probabilidade dos peões ou das crianças lhes tocarem. desligue o motor e retire a chave do interruptor principal. G Não estacione num declive ou num piso macio. PCA10380 PRECAUÇÃO: Nunca estacione num local onde existam perigos de incêndio. caso contrário o veículo pode tombar.UTILIZAÇÃO E QUESTÕES IMPORTANTES RELATIVAS À CONDUÇÃO PAU17212 Estacionamento Para estacionar. 5-4 . PWA10310 AVISO G Dado que o motor e o sistema de 5 escape podem ficar muito quentes. tais como erva ou outros materiais inflamáveis.

Consulte um concessionário Yamaha antes de tentar fazer alterações. 1. DO TERRENO. (Consulte a página 6-6. para realizar correctamente determinados trabalhos de manutenção. DEPENDENDO DAS CONDIÇÕES CLIMÁTICAS. Os intervalos especificados na tabela de lubrificação e manutenção periódica deverão ser apenas considerados como um guia geral em condições normais de condução. Jogo de ferramentas do proprietário AVISO Se não estiver familiarizado com o trabalho de manutenção. No entanto. solicite a um concessionário Yamaha que o faça por si. OS INTERVALOS DE MANUTENÇÃO PODERÃO TER DE SER REDUZIDOS. A inspecção. O jogo de ferramentas do proprietário situase atrás do painel B. PWA10350 AVISO As modificações não aprovadas pela Yamaha podem provocar perda de desempenho e tornar a utilização do veículo insegura.) As informações relativas à assistência incluídas neste manual e as ferramentas fornecidas no jogo de ferramentas do proprietário destinam-se a ajudá-lo na realização da manutenção preventiva e de pequenas reparações. tal como uma chave de binário. Os pontos mais importantes de inspecção. DA LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA E DA UTILIZAÇÃO INDIVIDUAL. No entanto. PWA10320 Jogo de ferramentas do proprietário NOTA: Caso não possua as ferramentas nem a experiência necessárias para um determinado trabalho. 6 6-1 . ajuste e lubrificação periódicos manterão o seu veículo no estado mais seguro e eficiente possível. poderão ser necessárias ferramentas adicionais. solicite a um concessionário Yamaha que o efectue.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES PAU17240 PAU17340 A segurança é uma obrigação do proprietário. ajuste e lubrificação são explicados nas páginas a seguir.

• Verifique o estado. • Substitua as sapatas do travão. o nível de líquido e se existem fugas de líquidos no veículo. • Ajuste. G Os itens marcados com um asterisco devem ser efectuados por um concessionário Yamaha na medida em que são necessárias ferramentas especiais. • Ajuste. G A partir dos 30000 km. • Substitua.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES PAU17710 Tabela de lubrificação e manutenção periódica NOTA: G As verificações anuais deverão ser efectuadas todos os anos. • Substitua. dados e capacidades técnicas. começando a partir dos 6000 km. 3 * Válvulas 4 5 Elemento do filtro de ar Embraiagem • Verifique a folga das válvulas.º ITEM TRABALHO DE VERIFICAÇÃO OU MANUTENÇÃO 6 2 Vela de ignição 6 * Travão dianteiro Sempre que estiverem gastas até ao limite √ √ √ √ √ Sempre que estiverem gastas até ao limite . LEITURA DO CONTA-QUILÓMETROS (× 1000 km) 1 1 * Tubo de combustível • Verifique se os tubos de combustível apresentam fendas ou danos. • Limpe. 6-2 √ √ √ √ √ √ √ √ √ √ √ √ 6 √ √ √ √ √ √ √ √ √ √ 12 √ 18 √ √ √ √ 24 √ VERIFICAÇÃO ANUAL √ N. • Limpe e corrija a distância. • Substitua as pastilhas do travão. • Verifique o funcionamento. excepto se for efectuada uma manutenção com base nos quilómetros percorridos. repita os intervalos de manutenção. 7 * Travão traseiro • Verifique o funcionamento e ajuste a folga do pedal do travão. • Verifique o funcionamento.

• Substitua. substitua-os. o alinhamento e o estado da corrente. descanso central Interruptor do descanso lateral 18 * Forquilha dianteira . • Verifique a folga. cavilhas e parafusos estão devidamente alinhados. • Verifique a folga dos rolamentos e se a direcção está dura.º ITEM TRABALHO DE VERIFICAÇÃO OU MANUTENÇÃO LEITURA DO CONTA-QUILÓMETROS (× 1000 km) 1 8 * Tubo do travão 9 * Rodas • Verifique se apresentam fendas ou danos. • Verifique o funcionamento.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES N. • Verifique o funcionamento. • Lubrifique com massa de lubrificação de sabão de lítio. • Verifique a profundidade da face de rolamento e se existem danos. 6-3 √ √ √ √ √ √ 6 √ 12 √ √ 18 √ √ 24 √ √ VERIFICAÇÃO ANUAL √ De 4 em 4 anos 10 * Pneus √ √ √ √ √ 11 * Rolamentos de roda 12 * Casquilhos do pivô do braço oscilante Corrente de transmissão Rolamentos da direcção √ √ √ √ √ √ √ √ A cada 50000 km A cada 1000 km e depois de lavar o motociclo ou de conduzir à chuva √ √ √ √ √ 6 13 14 * A cada 24000 km √ √ √ √ √ √ √ √ √ √ √ √ √ √ √ 15 * Fixadores do chassis 16 17 * Descanso lateral. • Se necessário. • Ajuste e lubrifique minuciosamente a corrente com lubrificante especial para correntes de anel de vedação em O. • Verifique se apresentam desgaste ou danos. • Verifique a pressão do ar. • Verifique o funcionamento e se apresenta fuga de óleo. • Lubrifique com massa de lubrificação de sabão de lítio. corrija. • Lubrifique. • Certifique-se de que todas as porcas. • Verifique se os rolamentos estão soltos ou se apresentam danos. • Se necessário. • Verifique se os casquilhos estão soltos.

• Verifique o nível do óleo e se o veículo apresenta fugas de óleo. • Ajuste o feixe do farol dianteiro. √ 6 Compartimento do pu24 * nho do acelerador e cabo √ √ √ √ √ 25 * Sistema de indução de ar Luzes. • Verifique se a válvula de corte de ar.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES N. • Verifique o funcionamento. caso seja necessário.º ITEM TRABALHO DE VERIFICAÇÃO OU MANUTENÇÃO LEITURA DO CONTA-QUILÓMETROS (× 1000 km) 1 19 * 20 * Amortecedores de choques Injecção de combustível Óleo do motor • Verifique o funcionamento e se os amortecedores têm fuga de óleo. ajuste da folga do cabo do acelerador. sinais e interruptores √ √ √ √ √ 26 * √ √ √ √ √ PAU18660 NOTA: G O filtro de ar exige uma assistência mais frequente se conduzir o veículo em áreas invulgarmente húmidas ou poeirentas. • Verifique o funcionamento. • Substitua eventuais peças danificadas. √ √ 6 √ √ √ 12 √ √ √ 18 √ √ √ 24 √ √ √ √ √ VERIFICAÇÃO ANUAL 21 Interruptores dos tra22 * vões dianteiro e traseiro 23 Peças de movimento e cabos √ √ √ √ √ √ √ √ √ √ √ • Lubrifique. • Verifique a velocidade de ralenti do motor. • Se necessário. • Verifique o funcionamento e a folga. • Lubrifique o compartimento do punho do acelerador e o cabo. a válvula por diapasão e o tubo possuem danos. 6-4 . • Mude.

e mude o líquido dos travões de dois em dois anos.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES G Assistência do travão hidráulico • Verifique regularmente e. • Substitua os tubos do travões de quatro em quatro anos e caso apresentem fendas ou estejam danificados. se necessário. • Substitua os componentes internos do cilindro mestre e pinça do travão. corrija o nível de líquidos do travões. 6 6-5 .

Parafuso 2. Consulte esta secção sempre que precisar de retirar e instalar um painel. Puxe a parte da frente do painel para fora e depois deslize-o para a frente. PAU36961 6 1. Painel A 2. Painel A Remoção do painel 1. Instale o parafuso. 1. Retire o parafuso. 1. Prenda a parte posterior do painel e depois empurre a parte da frente do mesmo para dentro. Abra a cobertura da fechadura do painel. para o soltar atrás. Painel B 6-6 . Instalação do painel 1. Painel B Remoção do painel 1.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES PAU18771 PAU37070 Remoção e instalação dos painéis Os painéis ilustrados têm de ser retirados para se efectuarem alguns dos trabalhos de manutenção descritos neste capítulo. introduza a chave na fechadura e rode-a 1/4 de volta no sentido dos ponteiros do relógio.

Retire a vela de ignição conforme ilustrado. 2.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES Instalação do painel 1. 2. Fixe a parte de trás do painel e depois empurre a parte da frente do mesmo para dentro com a chave introduzida na fechadura. 6-7 . 6 1. que é fácil de verificar. Uma vez que o calor e os resíduos provocarão a erosão lenta da vela de ignição. rode a chave no sentido contrário ao dos ponteiros do relógio para a posição original. Puxe a parte da frente do painel para fora com a chave introduzida na fechadura e faça deslizar o painel para a frente para o soltar atrás. a vela de ignição deverá ser removida e verificada de acordo com a tabela de lubrificação e manutenção periódica. Retire a tampa da vela de ignição. retire-a e feche a cobertura da fechadura do painel. Para além disso. Remoção da vela de ignição 1. com a chave de velas incluída no jogo de ferramentas do proprietário. 1. o estado da vela de ignição pode revelar o estado do motor. Cobertura da fechadura do painel 2. PAU19603 Verificação da vela de ignição A vela de ignição é um componente importante do motor. Tampa da vela de ignição 2. Desbloquear. Enquanto empurra o painel para dentro.

2. Distância do eléctrodo da vela de ignição Distância do eléctrodo da vela de ignição: 0. ajuste-a em conformidade com as especificações. Limpe a superfície da anilha da vela de ignição e a superfície correspondente. 1.7 mm (0. Verifique se o isolador de porcelana à volta do eléctrodo central da vela de ignição tem uma cor acastanhada média a leve (a cor ideal quando o veículo é conduzido normalmente).MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES Vela de ignição especificada: NGK/CR6HSA Instalação da vela de ignição 1. 6-8 .5 Nm (1.25 m·kgf. e depois limpe quaisquer impurezas existentes nas roscas da vela. NOTA: Se a vela apresentar uma cor claramente diferente. No entanto.024–0.0 ft·lbf) NOTA: Se não houver uma chave de binário disponível quando pretender instalar uma vela de ignição. 9. o motor poderá estar a funcionar de modo inapropriado. e substitua-a se necessário. Binário de aperto: Vela de ignição: 12. 1. solicite a um concessionário Yamaha que verifique o veículo. se necessário. Chave de velas 3. Meça a distância do eléctrodo da vela de ignição com um indicador de espessura do fio e. Não tente diagnosticar por si mesmo este tipo de problemas.028 in) 2. uma boa estimativa do binário correcto é 1/4–1/2 de volta além do aperto manual.6–0. a vela de ignição deverá ser apertada com o binário especificado logo que possível. 4. Instale a vela de ignição com a chave de velas e aperte-a em conformidade com o binário especificado. Verifique a vela de ignição quanto à erosão dos eléctrodos e excesso de carbono ou outros resíduos. Instale a tampa da vela de ignição. Em vez disso. 6 Verificação da vela de ignição 1.

adicione óleo suficiente do tipo recomendado para corrigir o nível. 5. Retire a tampa de enchimento de óleo e a cavilha de drenagem para drenar o óleo do cárter. Caso o óleo do motor se situe na marca de nível mínimo ou abaixo desta. Vareta medidora de nível 2. Tampa de enchimento de óleo do motor NOTA: Durante a verificação do nível do óleo. Introduza a vareta medidora de nível no orifício de enchimento de óleo e depois aperte a tampa de enchimento do óleo. 2. Tabuleiro de recolha do óleo 6-9 . introduza-a novamente no orifício de enchimento de óleo (sem a atarraxar). deixe-o aquecer durante alguns minutos e depois desligue-o. 1. 6 1.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES PAU37170 Óleo do motor O nível de óleo do motor deve ser verificado antes de cada viagem. Coloque o motor em funcionamento. retire a tampa de enchimento de óleo. e depois retire-a novamente para verificar o nível do óleo. Mudança do óleo do motor 1. 3. Verificação do nível de óleo do motor 1. certifique-se de que o veículo está numa posição totalmente vertical. 4. o óleo deve ser substituído nos intervalos especificados na tabela de lubrificação e manutenção periódica. Aguarde alguns minutos até o óleo assentar. Marca do nível máximo 3. Para além disso. Cavilha de drenagem do óleo do motor 2. Coloque o veículo no descanso central. deixe-o aquecer durante alguns minutos e depois desligue-o. Marca do nível mínimo 1. Uma ligeira inclinação lateral poderá resultar numa falsa leitura. Coloque o motor em funcionamento. 3. limpe a vareta medidora de nível. NOTA: O óleo do motor deverá situar-se entre as marcas de nível máximo e mínimo. Coloque um tabuleiro de recolha do óleo por baixo do motor para recolher o óleo usado. 2.

qt) PCA11620 G Certifique-se de que não entra ne- PAU37121 nhum material estranho no cárter. depois.00 L (1. Desligue o motor. 7. Limpeza do elemento do filtro de ar O elemento do filtro de ar deve ser limpo nos intervalos especificados na tabela de lubrificação e manutenção periódica. 6 PRECAUÇÃO: G Para evitar o patinar da embraia- gem (uma vez que o óleo do motor também lubrifica a embraiagem). não utilize óleos denominados “ENERGY CONSERVING II” ou superiores. 14 ft·lbf) 5. desligue imediatamente o motor e procure a causa. Caso haja uma fuga de óleo. Adicione a quantidade especificada de óleo do motor recomendado e. corrija-o.) 2. Coloque o motor em funcionamento e deixe-o ao ralenti durante alguns minutos enquanto verifica se existem fugas de óleo. 1.0 m·kgf. Quantidade de óleo de substituição: 1. Tampa da caixa do filtro de ar 3. Retire o elemento do filtro de ar. 6. verifique o nível do óleo e. Retire a tampa da caixa do filtro de ar.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES 4. Retire o painel A. Óleo do motor recomendado: Consulte a página 8-1.06 US qt) (0. Binário de aperto: Cavilha de drenagem do óleo do motor: 20 Nm (2. não misture quaisquer aditivos químicos. Não utilize óleos com a especificação para diesel de “CD” nem óleos de qualidade superior à especificada. Limpe o elemento do filtro de ar mais frequentemente se conduzir o veículo em áreas invulgarmente húmidas ou poeirentas. (Consulte a página 6-6. retirando os respectivos parafusos. Para além disso. . Parafuso 2. Instale a cavilha de drenagem de óleo do motor e aperte-a em conformidade com o binário especificado. se necessário. instale e aperte a tampa de enchimento de óleo do motor. 6-10 1.88 Imp.

MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES PWA10430 AVISO Utilize apenas um solvente próprio para a limpeza de peças. 6-11 . Para evitar danificar o material esponjoso. depois. PCA10480 6 PRECAUÇÃO: G Certifique-se de que o elemento do filtro de ar está devidamente fixo na caixa do filtro de ar. 5. caso contrário o(s) pistão(ões) e/ou cilindro(s) poderão desgastar-se demasiado. substitua-o. 8. Instale a tampa da caixa do filtro de ar. Limpe o material esponjoso com solvente. Retire o material esponjoso do elemento do filtro de ar. tal como ilustrado. Para evitar o risco de fogo ou explosão. manuseie-o com cuidado e não o torça. não utilize gasolina nem solventes com um ponto de inflamação baixo. espremendo depois o solvente remanescente. G O motor nunca deve ser colocado em funcionamento sem o elemento do filtro de ar instalado. 6. substitua-o. instale o elemento do filtro de ar na caixa do filtro de ar. Se o elemento do filtro de ar estiver danificado. Elemento do filtro de ar 4. PCA15100 PRECAUÇÃO: 1. e certifique-se de que o material esponjoso seca antes de o instalar no elemento do filtro de ar. utilize ar comprimido para eliminar o resto da sujidade do lado da rede. Se o material esponjoso estiver danificado. Material esponjoso 2. Bata levemente no elemento do filtro de ar de modo a remover a maior parte do pó e sujidade e. de seguida. 7. Instale o material esponjoso no elemento do filtro de ar e. Elemento do filtro de ar 1. colocando os respectivos parafusos.

Tampão do tubo de inspecção do filtro de ar O motor está quente quando responde rapidamente ao acelerador. Coloque o motor em funcionamento e deixe-o aquecer durante alguns minutos a 1000–2000 rpm.0 mm (0. 11. instale a presilha. PAU21310 PAU21370 Verificação da velocidade de ralenti do motor A velocidade de ralenti do motor deverá ser verificada do modo que se segue e. 1. A folga do cabo do acelerador deverá medir 3. Desaperte a contraporca. Instale o painel.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES 9. Velocidade de ralenti do motor: 1300–1500 rpm 1. Verifique periodicamente a folga do cabo do acelerador e. Porca ajustadora 10.12–0. se necessário. 6-12 . Folga do cabo do acelerador 2. se necessário. acelerando-o ocasionalmente para 4000–5000 rpm. Presilha 2. drene-o retirando o grampo e retirando depois o bujão. Contraporca 3.28 in) no punho do acelerador. Ajuste da folga do cabo do acelerador NOTA: 6 1. se necessário. Verifique se o tubo no fundo da caixa do filtro de ar possui pó ou água acumulados e. depois. ajustada por um concessionário Yamaha nos intervalos especificados na tabela de lubrificação e manutenção periódica. ajuste-a como se segue. NOTA: A velocidade de ralenti do motor deve ser devidamente ajustada antes de verificar e ajustar a folga do cabo do acelerador.0–7. Instale o bujão no tubo de inspecção e.

rode a porca ajustadora na direcção (b). ajustada antes de cada viagem. Para evitar que isto ocorra. Pneus Para maximizar o desempenho. 6 6-13 . PAU21401 PAU21561 Folga das válvulas A folga das válvulas muda com a utilização. a folga das válvulas deverá ser regulada por um concessionário Yamaha nos intervalos especificados na tabela de lubrificação e manutenção periódica. passageiro. quando a temperatura dos pneus é igual à temperatura ambiente). se necessário. 3. PWA10500 AVISO G A pressão de ar dos pneus deve ser verificada e ajustada com os pneus frios (isto é. rode a porca ajustadora na direcção (a). Para aumentar a folga do cabo do acelerador. Pressão de ar dos pneus A pressão de ar dos pneus deverá ser verificada e. tenha atenção aos seguintes pontos relativos aos pneus especificados. Para reduzir a folga do cabo do acelerador.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES 2. durabilidade e funcionamento seguro do seu motociclo. carga e acessórios aprovados para este modelo. Aperte a contraporca. G A pressão de ar dos pneus tem de ser ajustada de acordo com a velocidade de condução e o peso total do condutor. resultando numa mistura inadequada de ar/combustível e/ou ruído no motor.

80 kgf/cm²) Carga máxima*: 196 kg (432 lb) * Peso total com condutor. carga e acessórios condutor. Informações relativas aos pneus Este motociclo está equipado com rodas de liga e pneus sem câmara de ar. Flanco do pneu 2. caso contrário as características de condução do veículo não podem ser garantidas. Os pneus devem ser verificados antes de cada viagem.75 kgf/cm²) Trás: 200 kPa (29 psi) (2.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES Pressão de ar dos pneus (medida com os pneus frios): 0–90 kg (0–198 lb): Frente: 175 kPa (25 psi) (1. passageiro. Não transporte artigos mal acondicionados. solicite a um concessionário Yamaha que substitua o pneu imediatamente. passageiro. Profundidade do piso do pneu vem ser da mesma marca e modelo.06 in) G G G G NOTA: Os limites de profundidade do piso dos pneus poderão diferir de país para país. PWA10460 6 PWA11020 AVISO Uma vez que a carga tem um enorme impacto nas características de manobra.6 mm (0. Verifique o estado e a pressão do ar dos pneus antes de cada viagem. Cumpra sempre os regulamentos locais. 6-14 .75 kgf/cm²) Trás: 280 kPa (41 psi) (2. travagem. ou se o flanco estiver rachado. desempenho e segurança do seu motociclo. se o pneu tiver um prego ou fragmentos de vidro. carga e acessórios não excede a carga máxima especificada para o veículo. Acondicione bem os artigos mais pesados junto ao centro do motociclo e distribua o peso uniformemente em ambos os lados. os quais se possam deslocar durante uma viagem.00 kgf/cm²) 90–196 kg (198–432 lb): Frente: 175 kPa (25 psi) (1. Profundidade mínima do piso do pneu (frente e trás): 1. Se a profundidade da face de rolamento central atingir o limite especificado. deverá manter em mente as seguintes precauções: G NUNCA SOBRECARREGUE O MOTOCICLO! A utilização de um motociclo com excesso de carga pode resultar em danos nos pneus. Certifique-se de que o peso total do Inspecção dos pneus AVISO G Os pneus dianteiro e traseiro de- 1. Ajuste a suspensão e a pressão de ar dos pneus em conformidade com a carga. perda de controlo ou graves ferimentos.

MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES
G Após testes extensivos, apenas os

pneus indicados na lista abaixo foram aprovados para este modelo pela Yamaha Motor Co., Ltd. Pneu da frente: Tamanho: 2.75-18 42P Fabricante/modelo: CHENG SHIN/C-910 Pneu de trás: Tamanho: 90/90-18 57P Fabricante/modelo: CHENG SHIN/C-905
PWA10470

sionário Yamaha, que possui os conhecimentos e experiência profissional necessários.

PAU21960

Rodas de liga
Para maximizar o desempenho, durabilidade e funcionamento seguro do seu veículo, tenha atenção aos seguintes pontos relativos às rodas especificadas. G Antes de cada viagem, deverá verificar se os aros da roda apresentam fendas, dobras ou deformações. Caso encontre qualquer tipo de danos, solicite a um concessionário Yamaha que substitua a roda. Não tente fazer qualquer tipo de reparação na roda, por pequena que seja. Uma roda que esteja deformada ou rachada deverá ser substituída. G A roda deve ser equilibrada sempre que o pneu ou a roda sejam trocados ou substituídos. Uma roda desequilibrada pode resultar num fraco desempenho, características de manuseamento adversas e uma vida reduzida do pneu. G Após a substituição de um pneu, conduza a velocidades moderadas, uma vez que a superfície do pneu deverá primeiro ser “rodada” para que desenvolva as respectivas características óptimas.

AVISO
G Solicite

6

a um concessionário Yamaha que substitua os pneus excessivamente gastos. Para além de ser ilegal, utilizar o veículo com pneus excessivamente gastos diminui a estabilidade de condução e pode levar a perda de controlo. G A tarefa de substituição de todas as peças relacionadas com as rodas e os travões, incluindo os pneus, deve ser executada por um conces-

6-15

MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES
PAU22041

Ajuste da folga da alavanca da embraiagem

NOTA:
Se for possível obter a folga da alavanca da embraiagem especificada conforme descrito acima, aperte a contraporca e ignore o resto do procedimento, caso contrário prossiga como descrito a seguir. 3. Rode a cavilha ajustadora na alavanca da embraiagem totalmente na direcção (a) para desapertar o cabo da embraiagem. 4. Desaperte a contraporca situada no cárter.

6. Aperte a contraporca na alavanca da embraiagem e no cárter.

6

1. Contraporca 2. Cavilha ajustadora da folga da alavanca da embraiagem 3. Folga da alavanca da embraiagem

A folga da alavanca da embraiagem deverá medir 10.0–15.0 mm (0.39–0.59 in) como ilustrado. Verifique periodicamente a folga da alavanca da embraiagem e, se necessário, ajuste como se segue. 1. Desaperte a contraporca na alavanca da embraiagem. 2. Para aumentar a folga da alavanca da embraiagem, rode a cavilha ajustadora na direcção (a). Para reduzir a folga da alavanca da embraiagem, rode a cavilha ajustadora na direcção (b).

1. Contraporca (cárter) 2. Porca ajustadora da folga da alavanca da embraiagem (cárter)

5. Para aumentar a folga da alavanca da embraiagem, rode a porca ajustadora na direcção (a). Para reduzir a folga da alavanca da embraiagem, rode a porca ajustadora na direcção (b).
6-16

MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES
PAUT1220 PAU39811

Verificação da folga da alavanca do travão dianteiro

Ajuste da folga do pedal do travão

1. Porca ajustadora da folga do pedal do travão

1. Folga da alavanca do travão

1. Folga do pedal do travão

A folga da alavanca do travão deverá medir 0.0–7.0 mm (0.00–0.28 in) como ilustrado. Verifique periodicamente a folga da alavanca do travão e, se necessário, solicite a um concessionário Yamaha que verifique o sistema de travagem.
PWA10640

AVISO
Uma folga incorrecta da alavanca do travão indica uma condição perigosa no sistema de travagem. Não utilize o motociclo até que o sistema de travagem tenha sido verificado ou reparado por um concessionário Yamaha.

A folga do pedal do travão deverá medir 20.0–30.0 mm (0.79–1.18 in) na extremidade do pedal do travão conforme ilustrado. Verifique periodicamente a folga do pedal do travão e, se necessário, ajuste-a como se segue. Para aumentar a folga do pedal do travão, rode a porca ajustadora no tirante do travão na direcção (a). Para reduzir a folga do pedal do travão, rode a porca ajustadora na direcção (b).

6

6-17

MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES
PAU22291

Ajuste do interruptor da luz do travão traseiro

fazer com que a luz do travão se acenda mais tarde, rode a porca ajustadora na direcção (b). 3. Instale o painel.

PAU22380

Verificação das pastilhas do travão da frente e das sapatas do travão de trás
Deverá verificar se existe desgaste nas pastilhas dos travões da frente e nas sapatas dos travões de trás nos intervalos especificados na tabela de lubrificação e manutenção periódica.
PAU22430

Pastilhas do travão da frente
1. Interruptor da luz do travão traseiro 2. Porca ajustadora do interruptor da luz do travão traseiro

6

O interruptor da luz do travão traseiro, accionado pelo pedal do travão, está correctamente ajustado quando a luz do travão se acende imediatamente antes da travagem se concluir. Se necessário, ajuste o interruptor da luz do travão, como se segue: 1. Retire o painel A. (Consulte a página 6-6.) 2. Rode a porca ajustadora mantendo o interruptor da luz do travão traseiro no local. Para fazer com que a luz do travão se acenda mais cedo, rode a porca ajustadora na direcção (a). Para

1. Indicador de desgaste da pastilha do travão

Cada uma das pastilhas do travão da frente está equipada com ranhuras indicadoras de desgaste, que lhe permitem verificar o desgaste da pastilha do travão sem ter de desmontar o travão. Para verificar o desgaste da pastilha do travão, verifique as ranhuras indicadoras do desgaste. Caso uma pastilha do travão se tenha gasto até ao ponto
6-18

Um nível reduzido de líquido dos travões poderá indicar que as pastilhas do travão estão gastas e/ou fuga no sistema de travagem. Antes de conduzir. não se esqueça de verificar se as pastilhas do travão estão gastas e se existem fugas no sistema de travagem. Caso o nível de líquido dos travões esteja baixo. certifique-se de que o topo do cilindro mestre está equilibrado rodando o guiador. Para verificar o desgaste da sapata do travão. verifique se o líquido dos travões se encontra acima da marca do nível mínimo e reabasteça se necessário. PAU37001 Verificação do nível do líquido dos travões dianteiros Sapatas do travão traseiro 1. podendo torná-lo ineficaz. Marca do limite de desgaste da sapata do travão 2. PAU43170 ca do limite de desgaste. solicite a um concessionário Yamaha que substitua as pastilhas do travão como um conjunto. solicite a um concessionário Yamaha que substitua o conjunto das sapatas do travão. 6-19 6 . Marca do nível mínimo 1. verifique a posição do indicador de desgaste enquanto acciona o travão. Caso uma sapata do travão se tenha gasto até ao ponto em que o indicador de desgaste tenha atingido a mar- Um nível insuficiente de líquido dos travões poderá permitir a entrada de ar no sistema de travagem. Cumpra as seguintes precauções: G Ao verificar o nível de líquido.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES em que as ranhuras indicadoras de desgaste tenham quase desaparecido. Indicador de desgaste da sapata do travão O travão traseiro é fornecido com um indicador de desgaste. o qual lhe permite verificar o desgaste da sapata do travão sem ter de desmontar o travão.

NOTA: Se não tiver DOT 4 disponível. A mistura de líquidos poderá resultar numa reacção química perigosa e levar a uma má travagem. nos intervalos especificados a seguir ou sempre que apresentem danos ou fugas. tenha cuidado para que não entre água no cilindro mestre. solicite a um concessionário Yamaha que verifique qual a causa. mande substituir os vedantes de óleo do cilindro mestre do travão e da pinça. os vedantes em borracha poderão deteriorar-se. G Tubo do travão: Substitua de quatro em quatro anos. G À medida que as pastilhas do travão se desgastam. G Reabasteça com o mesmo tipo de lí- 6 quido de travões. G O líquido dos travões poderá deteriorar superfícies pintadas ou peças plásticas.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES G Utilize apenas líquido dos travões da qualidade recomendada. Para além disso. se o nível de líquido 6-20 . Contudo. Líquido dos travões recomendado: DOT 4 dos travões descer repentinamente. poderá utilizar DOT 3. caso contrário. PAU22720 Mudança do líquido dos travões Solicite a um concessionário Yamaha que substitua o líquido dos travões nos intervalos especificados na NOTA a seguir à tabela de lubrificação e manutenção periódica. é normal que o nível de líquido dos travões desça gradualmente. A água fará o ponto de ebulição do fluido descer significativamente e poderá resultar na formação de uma bolsa de vapor. G Vedantes de óleo: Substitua de dois em dois anos. provocando fugas e uma má travagem. G Durante o reabastecimento. Limpe sempre de imediato o líquido derramado. assim como os tubos dos travões.

PAU37112 Verificação da folga da corrente de transmissão 1. ajustada. PAU22792 Folga da corrente de transmissão: 20. Contraporca da polia da corrente 3. ajuste-a do modo que se segue. 6 1. rode a cavilha ajustadora em ambas as extremidades do braço oscilante na direcção (b) e. Folga da corrente de transmissão 1. Ajuste da folga da corrente de transmissão 1. Se a folga da corrente de transmissão estiver incorrecta. 3.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES PAU22760 Folga da corrente de transmissão A folga da corrente de transmissão deve ser verificada antes de cada viagem e. rode a cavilha ajustadora em ambas as extremidades do braço oscilante na direcção (a). Porca do tirante de binário do travão 5. certifique-se de que ambas as polias da corrente estão na mesma posição para obter um correcto alinhamento das rodas. de seguida. Coloque o motociclo no descanso central. se necessário. Rode a roda de trás várias vezes para localizar a parte mais esticada da corrente de transmissão. Desaperte a contraporca da polia da corrente em ambas as extremidades do braço oscilante. Desaperte a porca ajustadora da folga do pedal do travão. Porca do eixo 4. a porca do tirante de binário do travão e a porca do eixo. 4. empurre a roda de trás para a frente. 3. Para apertar a corrente de transmissão.79–1. Meça a folga da corrente de transmissão como indicado. 2. Mude a transmissão para ponto morto. Porca ajustadora da folga do pedal do travão 6-21 . NOTA: Utilizando as marcas de alinhamento situadas em ambos os lados do braço oscilante. Para desapertar a corrente de transmissão.0 mm (0. 2.0–30. Cavilha ajustadora da folga da corrente de transmissão 2.18 in) 5.

a alta pressão nem com solventes inapropriados. especialmente quando conduz o veículo em áreas poeirentas ou húmidas. . 2. Para evitar que isto ocorra. 3. Ajuste a folga do pedal do travão. aperte a porca do eixo e a porca do tirante de binário do travão em conformidade com os binários especificados. 4. 58 ft·lbf) Porca do tirante de binário do travão: 19 Nm (1. Limpe a corrente de transmissão com querosene e uma pequena escova macia.9 m·kgf. Contraporca da polia da corrente 3. verifique o funcionamento da luz do travão.) PWA10660 PAU23022 Limpeza e lubrificação da corrente de transmissão A corrente de transmissão deve ser limpa e lubrificada nos intervalos especificados na tabela de lubrificação e manutenção periódica. Cavilha ajustadora da folga da corrente de transmissão PCA10570 Depois de ajustar a folga do pedal do travão. Faça a manutenção da corrente de transmissão do seguinte modo: PCA10581 AVISO 1. assim como outras peças vitais do motociclo. e pode provocar patinagem ou quebra da corrente. Aperte as duas contraporcas e. mantenha a folga da corrente de transmissão dentro dos limites especificados. 1. 6-22 PRECAUÇÃO: Para evitar danificar os anéis de vedação em O. não lave a corrente de transmissao a vapor. Lubrifique minuciosamente a corrente de transmissão com lubrificante especial para correntes de anel de vedação em O. (Consulte a página 6-17. Marcas de alinhamento 2. Seque a corrente de transmissão. caso contrário gastar-se-á rapidamente. PCA11120 6 PRECAUÇÃO: Uma folga inadequada da corrente de transmissão sobrecarregará o motor. depois. PRECAUÇÃO: A corrente de transmissão deverá ser lubrificada após lavar o motociclo ou conduzir à chuva. 13 ft·lbf) 5.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES Binários de aperto: Porca do eixo: 80 Nm (8.0 m·kgf.

se necessário. Lubrificante recomendado: Óleo do motor PWA10720 Verificação e lubrificação do punho e do cabo do acelerador O funcionamento do punho do acelerador deverá ser verificado antes de cada viagem. Verificação e lubrificação dos cabos Antes de cada viagem. AVISO Os danos no revestimento exterior podem interferir com o funcionamento adequado do cabo e provocarão o aparecimento de ferrugem no cabo interior. Substitua um cabo danificado assim que possível para evitar situações de insegurança. 6 6-23 . pois estes podem conter substâncias que poderiam danificar os anéis de vedação em O. o cabo deverá ser lubrificado nos intervalos especificados na tabela de manutenção periódica. solicite a um concessionário Yamaha que o verifique ou substitua. deverá verificar o funcionamento e o estado de todos os cabos de controlo e. Além disso. deverá lubrificar os cabos e as respectivas extremidades.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES PCA11110 PAU23100 PAU23111 PRECAUÇÃO: Não utilize óleo do motor ou qualquer outro lubrificante para a corrente de transmissão. Se um cabo estiver danificado ou não se deslocar suavemente.

deverá lubrificar os pivôs dos pedais. deverá lubrificar os pivôs da alavanca. deverá verificar o funcionamento dos pedais do travão e de mudança de velocidades e. se necessário. 6-24 . Antes de cada viagem deverá verificar o funcionamento das alavancas do travão e da embraiagem e. se necessário.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES PAU23131 Verificação e lubrificação dos pedais do travão e de mudança de velocidades Lubrificante recomendado: Massa de lubrificação de sabão de lítio (massa para todos os fins) PAU23140 Verificação e lubrificação das alavancas do travão e da embraiagem Alavanca do travão 6 Alavanca da embraiagem Antes de cada viagem.

Lubrificante recomendado: Massa de lubrificação de sabão de lítio Antes de cada viagem. Lubrificante recomendado: Massa de lubrificação de sabão de lítio (massa para todos os fins) 6-25 . se necessário. deverá verificar o funcionamento dos descansos central e lateral e. deverá lubrificar os pivôs e as superfícies de contacto de metal com metal.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES Lubrificante recomendado: Massa de lubrificação de sabão de lítio (massa para todos os fins) PAU23211 PAUM1650 Verificação e lubrificação do descanso central e do descanso lateral Lubrificação do pivôs do braço oscilante Os pivôs do braço oscilante podem ser lubrificados nos intervalos especificados na tabela de lubrificação e manutenção periódica. solicite a um concessionário Yamaha que os verifique ou repare. PWA10740 6 AVISO Caso o descanso central ou o descanso lateral não se desloquem suavemente para cima e para baixo.

nos intervalos especificados na tabela de lubrificação e manutenção periódica. Coloque o veículo numa superfície nivelada e segure-o numa posição vertical. Segure as extremidades inferiores das pernas da forquilha dianteira e tente deslocá-las para a frente e para trás. solicite a um concessionário Yamaha que a verifique ou repare. danificados ou perdem óleo em excesso. PRECAUÇÃO: Se encontrar quaisquer danos na forquilha dianteira ou se esta não funcionar devidamente. 6-26 . 1. solicite a um concessionário Yamaha que verifique e repare a direcção. 2. Verificação do estado PWA10750 Verificação da direcção Os rolamentos da direcção gastos ou soltos podem provocar situações de perigo. AVISO Apoie bem o veículo para evitar o perigo deste tombar. Com o travão dianteiro accionado. 2. Coloque um cavalete por baixo do motor para elevar a roda dianteira do chão. PCA10590 PWA10750 AVISO Apoie bem o veículo para evitar o perigo deste tombar. o funcionamento da direcção deverá ser verificado do modo que se segue e nos intervalos de tempo especificados na tabela de lubrificação e manutenção periódica. Se sentir alguma folga. Verifique se os tubos internos estão arranhados. empurre várias vezes o guiador com força para baixo para verificar se a forquilha dianteira se comprime e recua suavemente. 6 Verificação do funcionamento 1.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES PAU23271 PAU23280 Verificação da forquilha dianteira O estado e funcionamento da forquilha dianteira deverão ser verificados como se segue. Portanto.

pois contém ácido sulfúrico. Bateria 2. • INTERNOS: Beba grandes quantidades de água ou leite e chame imediatamente um médico. PCA10620 PRECAUÇÃO: Nunca tente retirar as tampas dos elementos da bateria. o qual provoca queimaduras graves. • EXTERNOS: Lave com água abundante. Terminal de bateria positivo A bateria encontra-se por trás do painel B. Se houver uma folga no cubo da roda ou se a roda não virar suavemente. chamas. mantenha a bateria afastada de faíscas. G MANTENHA TODAS AS BATERIAS FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS. na tabela de lubrificação e manutenção periódica.) Este modelo está equipado com uma bateria blindada (MF) que não exige qualquer tipo de manutenção. 6 6-27 . G As baterias produzem hidrogénio explosivo. Terminal de bateria negativo 3.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES PAU23290 PAU23380 PWA10760 Verificação dos rolamentos de roda Os rolamentos de roda dianteiros e traseiros têm de ser verificados nos intervalos de tempo especificados. • OLHOS: Lave com água durante 15 minutos e procure imediatamente cuidados médicos. Bateria AVISO G O electrólito é venenoso e perigoso 1. Evite o contacto com a pele. uma vez que ao fazêlo poderá provocar danos permanentementes na bateria. e assegure ventilação suficiente quando a estiver a carregar num espaço fechado. Não é necessário verificar o electrólito nem acrescentar água destilada. os olhos ou o vestuário e proteja sempre os olhos quando trabalhar perto de baterias. etc. cigarros. solicite a um concessionário Yamaha que verifique os rolamentos de roda. (Consulte a página 6-6. Por conseguinte. Em caso de contacto. efectue os seguintes PRIMEIROS SOCORROS.

certifique-se de que os fios para bateria estão devidamente ligados aos terminais de bateria. Não se esqueça de que a bateria tende a descarregar mais rapidamente se o veículo estiver equipado com acessórios eléctricos opcionais. 1. 2. Guardar uma bateria descarregada poderá provocar danos permanentes na bateria. carregue-a totalmente. Caso não tenha acesso a um carregador de baterias blindadas (MF). verifique-a pelo menos uma vez por mês e. Caso não pretenda conduzir o veículo durante mais de um mês. é necessário um carregador de baterias especial (tensão constante). (Consulte a página 6-6. 3. solicite a um concessionário Yamaha que carregue a sua bateria. Após a instalação. Caso a bateria fique guardada durante mais de dois meses.) Para aceder ao fusível. Fusível 6-28 . Carregue totalmente a bateria antes de a instalar. PCA10630 G Para carregar uma bateria blindada PAU43211 (MF). Acondicionamento da bateria 1. 4. Substituição do fusível O fusível encontra-se por trás do painel B. A utilização de um carregador de baterias convencional danificará a bateria. Acoplador do relé do motor de arranque PRECAUÇÃO: G Mantenha sempre a bateria carre- gada. retire o acoplador do relé do motor de arranque. se necessário. 6 1. retire a bateria. carregue-a totalmente e coloque-a num local fresco e seco.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES Carregamento da bateria Solicite a um concessionário Yamaha que carregue a bateria o mais rapidamente possível se lhe parecer descarregada.

retirando os respectivos parafusos. 1. retire o relé do motor de arranque (em conjunto com o respectivo suporte) puxando-o primeiro para fora e virando-o de seguida. Retire o fusível queimado e instale um novo fusível com a amperagem especificada. 6-29 . para evitar provocar grandes danos no sistema eléctrico e possivelmente um incêndio. Rode a chave para “OFF” e desligue todos os circuitos eléctricos. Caso o fusível se volte imediatamente a queimar. solicite a um concessionário Yamaha que verifique o sistema eléctrico. 4. Rode a chave para “ON” e ligue os circuitos eléctricos para verificar se os dispositivos funcionam. Se a lâmpada do farol dianteiro se fundir.0 A 1. Fusível de substituição Se o fusível estiver queimado. PCA10640 PAU43190 PRECAUÇÃO: Não utilize um fusível com uma amperagem superior à recomendada. 2. Retire a unidade do farol dianteiro. substitua-a do modo que se segue. Fusível especificado: 15. Para aceder ao fusível de substituição. Retire a cobertura do receptáculo da lâmpada do farol dianteiro. 6 1. 1. Parafuso 2. 3. substitua-o do modo seguinte.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES O fusível de substituição encontra-se na parte de trás do suporte do relé do motor de arranque. Substituição da lâmpada do farol dianteiro Este modelo está equipado com uma lâmpada do farol dianteiro de quartzo.

Retire o receptáculo da lâmpada do farol dianteiro (em conjunto com a lâmpada). 1. 7. Receptáculo da lâmpada do farol dianteiro 6. 6-30 . rodando-o no sentido dos ponteiros do relógio. 1. a luminosidade da lâmpada e o seu tempo de duração serão adversamente afectados. utilizando um pano humedecido com álcool ou diluente. 1. Cobertura do receptáculo da lâmpada do farol dianteiro 6 3. empurre-a para dentro e rode-a no sentido dos ponteiros do relógio até que pare. PCA10660 PRECAUÇÃO: Não toque na parte em vidro da lâmpada do farol dianteiro para evitar que se suje com óleo. rodando-o no sentido contrário ao dos ponteiros do relógio. caso contrário a transparência do vidro. Retire a lâmpada defeituosa. mantenha os produtos inflamáveis afastados de uma lâmpada do farol dianteiro acesa e não toque na lâmpada até esta ter arrefecido. Lâmpada do farol dianteiro PWA10790 AVISO As lâmpadas do farol dianteiro ficam muito quentes. Instale o receptáculo (em conjunto com a lâmpada). empurrando-a para dentro e rodando-a no sentido contrário ao dos ponteiros do relógio. Instale a cobertura do receptáculo da lâmpada do farol dianteiro. 8. Por conseguinte.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES 4. colocando os respectivos parafusos. 1. Não toque na parte em vidro da lâmpada. Introduza uma lâmpada nova no receptáculo. Limpe minuciosamente quaisquer vestígios de sujidade e de marcas de dedos. Instale a unidade do farol dianteiro. 5.

PRECAUÇÃO: Não aperte demasiado os parafusos. PAU24131 Substituição da lâmpada da luz do travão/farolim traseiro 1.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES 9. empurre-a para dentro e rode-a no sentido dos ponteiros do relógio até que pare. caso necessário. empurrando-a para dentro e rodando-a no sentido contrário ao dos ponteiros do relógio. 4. PCA10680 6 2. Retire a lâmpada defeituosa. Introduza uma lâmpada nova no receptáculo. 1. Retire a lente da luz do travão/farolim traseiro. Lâmpada da luz do travão/farolim traseiro 1. Solicite a um concessionário Yamaha que ajuste o feixe do farol dianteiro. pois a lente poderá partir. 6-31 . Instale a lente. retirando os respectivos parafusos. Parafuso 3. colocando os respectivos parafusos.

Parafuso 2. 1. 4. PRECAUÇÃO: Não aperte demasiado o parafuso pois a lente poderá partir. puxando-o para fora. retirando os respectivos parafusos. Retire a unidade do farol dianteiro.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES PAU24202 PCA11190 PAU37270 Substituição de uma lâmpada do sinal de mudança de direcção 1. Substituição da lâmpada dos mínimos Se uma das lâmpadas dos mínimos se fundir. empurre-a para dentro e rode-a no sentido dos ponteiros do relógio até que pare. Introduza uma lâmpada nova no receptáculo. Parafuso 2. Retire a lâmpada defeituosa. substitua-a do modo seguinte: 1. removendo o respectivo parafuso. Retire a lente do sinal de mudança de direcção. colocando o respectivo parafuso. 3. 6-32 . empurrando-a para dentro e rodando-a no sentido contrário ao dos ponteiros do relógio. Instale a lente. Retire o receptáculo (em conjunto com a lâmpada). 6 1.

Receptáculo da lâmpada dos mínimos nário Yamaha a fazer a manutenção à roda. Retire as tampas de borracha das extremidades do eixo da roda. 2. 3.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES 6. Desligue o cabo do velocímetro na roda da frente. puxando-a para fora. 6 1. Lâmpada dos mínimos 4. Coloque o motociclo no descanso central. Instale a unidade do farol dianteiro. . empurrando-o para dentro. Cabo do velocímetro 3. puxandoas para fora. Retire a lâmpada defeituosa. G Apoie bem o motociclo para evitar o perigo deste tombar. Instale o receptáculo (em conjunto com a lâmpada). PAU24360 Roda dianteira PAU37041 Remoção da roda da frente PWA10820 AVISO G É aconselhável ser um concessio- 1. 5. colocando os respectivos parafusos. Introduza uma nova lâmpada no receptáculo. 6-33 1. 1.

Retire o motociclo do descanso central para que a roda da frente fique apoiada no chão. 1. 3. Retire a porca do eixo e a anilha. certificandose de que a anilha do lado esquerdo está instalada com o lado biselado virado para fora. caso contrário as pastilhas do travão serão forçadas a fechar. Aperte a porca do eixo em conformidade com o binário especificado e depois instale as duas tampas de borracha de modo que fiquem encaixadas por cima das anilhas. NOTA: Certifique-se de que existe espaço suficiente entre as pastilhas do travão antes de inserir o disco do travão e de que a fenda no 6-34 5. Introduza o eixo da roda. Tampa de borracha 2. Instale o módulo de engrenagens do velocímetro no cubo da roda de modo a que os prolongamentos se engrenem nas fendas. Tampa de borracha 2. 6 1.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES PCA11070 PRECAUÇÃO: Não accione o travão depois de a roda ter sido retirada juntamente com o disco do travão. PAU37030 módulo de engrenagens do velocímetro encaixa sobre o retentor na perna da forquilha. Porca do eixo 3. Anilha Instalação da roda da frente 1. 1. Anilha 2. Eixo da roda 3. e depois instale a porca do eixo. Retentor do módulo de engrenagens do velocímetro 4. Módulo de engrenagens do velocímetro 1. Levante a roda entre as pernas da forquilha. . 4. Puxe o eixo da roda para fora e retire a roda. 5.

Desligue o tirante de binário do travão da placa de sapata do travão. retirando o contrapino. 1. 4. Coloque o motociclo no descanso central. Retire a porca ajustadora da folga do pedal do travão e depois desligue o tirante do travão da alavanca do eixo de ressaltos do travão. 7. a porca e a cavilha. empurre várias vezes o guiador com força para baixo para verificar se a forquilha dianteira se comprime e recua suavemente. 43 ft·lbf) 6.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES Binário de aperto: Porca do eixo: 59 Nm (5. PAU25080 Roda traseira PAU37180 Remoção da roda de trás PWA10820 AVISO G É aconselhável ser um concessio- nário Yamaha a fazer a manutenção à roda. G Apoie bem o motociclo para evitar o perigo deste tombar. 2. Ligue o cabo do velocímetro.9 m·kgf. 1. 6 6-35 . 2. Com o travão dianteiro accionado. Desaperte a porca do eixo e a porca do tirante de binário do travão na placa de sapata do travão. Porca do eixo Tirante de binário do travão Contrapino do tirante de binário do travão Porca e cavilha do tirante do binário do travão 3. 4. 3.

Desaperte a contraporca da polia da corrente e a cavilha ajustadora da folga da corrente de transmissão em ambos os lados do braço oscilante.9 m·kgf. (Consulte a página 6-17.0 m·kgf. Instale a porca do eixo. Retire a porca do eixo e. Ajuste a folga do pedal do travão. 8. 7. 6-36 . Alavanca do eixo de ressaltos do travão 1.) 7. PAU37192 Instalação da roda de trás 1. 6. 58 ft·lbf) 9. NOTA: A corrente de transmissão não precisa de ser desmontada para remover e instalar a roda. Retire o motociclo do descanso central de modo a que a roda de trás fique apoiada no chão. Aperte a porca do tirante de binário do travão e a porca do eixo em conformidade com os binários especificados. Empurre a roda para a frente e retire a corrente de transmissão do carreto traseiro. Porca ajustadora da folga do pedal do travão 2. Binários de aperto: Porca do tirante de binário do travão: 19 Nm (1.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES 2. Ajuste a folga da corrente de transmissão. 8. inserindo o eixo da roda pelo lado esquerdo. puxe o eixo da roda para fora. Retire a roda. 13 ft·lbf) Porca do eixo: 80 Nm (8. 3. 10. 5. 4. Instale a roda. 6. instalando a cavilha e a porca. Instale o tirante do travão na alavanca do eixo de ressaltos do travão e instale a porca ajustadora da folga do pedal do travão no tirante do travão. Ligue o tirante de binário do travão à placa de sapata do travão. Instale a corrente de transmissão no carreto traseiro. Tirante do travão 3. depois. Eixo da roda 2. Cavilha ajustadora da folga da corrente de transmissão 6 5. Introduza um novo contrapino.) 1. (Consulte a página 6-21. Contraporca da polia da corrente 3.

possuem um tempo de duração mais curto e podem levar a despesas de reparação elevadas. Detecção e resolução de problemas Embora os motociclos Yamaha sejam submetidos a uma inspecção minuciosa antes do envio da fábrica. A seguinte tabela de detecção e resolução de problemas apresenta um procedimento fácil e rápido para verificar você mesmo estes sistemas vitais. caso o seu motociclo precise de qualquer reparação.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES PWA10660 PAU25850 AVISO Depois de ajustar a folga do pedal do travão. mas são frequentemente inferiores. experiência e conhecimentos necessários para assistir devidamente o motociclo. poderá provocar um fraco arranque e perda de potência. verifique o funcionamento da luz do travão. Qualquer problema nos sistemas de combustível. cujos técnicos habilitados possuem as ferramentas. compressão ou ignição. poderão ocorrer alguns problemas durante a sua utilização. por exemplo. Utilize apenas peças sobresselentes genuínas da Yamaha. No entanto. As peças não originais poderão parecer-se com as da Yamaha. leve-o a um concessionário Yamaha. 6 6-37 .

2. Combustível Verifique o nível de combustível no respectivo depósito. Solicite a um concessionário Yamaha que verifique o veículo. Há combustível suficiente. Verifique as ligações dos fios da bateria e. Accione o motor de arranque eléctrico. Verifique a ignição. Solicite a um concessionário Yamaha que verifique o veículo. Accione o motor de arranque eléctrico. A bateria está em boas condições. Solicite a um concessionário Yamaha que verifique o veículo. O motor não arranca.MANUTENÇÃO PERIÓDICA E PEQUENAS REPARAÇÕES PAUT1980 Tabela de detecção e resolução de problemas PWA10840 AVISO Mantenha afastado de chamas desprotegidas e não fume enquanto estiver a verificar ou a trabalhar no sistema de combustível. Compressão Há compressão. O motor não arranca. Seca Limpe com um pano seco e corrija a distância do eléctrodo da vela de ignição ou substitua a vela de ignição. 6 3. Accione o motor de arranque eléctrico. O motor não arranca. Verifique a compressão. Não há combustível. Verifique a bateria. se necessário. Verifique a compressão. 6-38 . Abasteça com combustível. 4. Não há compressão. Bateria O motor roda rapidamente. Ignição Húmida Retire a vela de ignição e verifique os eléctrodos. O motor roda lentamente. carregue-a. 1.

este influencia negativamente o aspecto geral de um motociclo. Evite utilizar panos ou esponjas que tenham estado em contacto com produtos de limpeza fortes ou abrasivos. incluindo a tampa da vela de ignição. especialmente em rodas de raio. Retire a sujidade extremamente entranhada. G Não utilize nenhum produto químico forte nas peças em plástico. produtos anti- 7 . Embora um tubo de escape enferrujado possa passar despercebido num carro. carenagens. Um cuidado frequente e adequado não só vai ao encontro dos termos da garantia. Limpeza PCA10770 PRECAUÇÃO: G Evite utilizar agentes de limpeza das rodas demasiado ácidos. de transmissão e eixos da roda. anilhas. torna-o também mais vulnerável. como por exemplo óleo queimado no cárter. carretos. painéis e outras peças plásticas. Utilize um pano ou esponja macia limpa com um detergente suave e água para limpar os plásticos. não deixe o agente de limpeza sobre a área afectada durante mais tempo do que o recomendado. com um desengordurante e uma escova. produtos químicos agressivos ou compostos de limpeza para limpar estas peças vai riscar ou danificar a superfície das mesmas. seque-a imediatamente e aplique um spray anti-corrosão. Também não deve aplicar cera em nenhuma peça com acabamento em cor mate. Consulte um concessionário Yamaha para obter conselhos sobre quais os produtos a utilizar antes de limpar o veículo. Certifique-se de que todas as tampas e coberturas. enxague minuciosamente a área com água. 2. aumentando o tempo de vida e optimizando o desempenho. Se este tipo de produtos for utilizado em sujidade de difícil remoção. Tape a saída do silencioso com um saco de plástico depois do motor ter arrefecido. mas nunca aplique este tipo de produto nos vedantes. Antes da limpeza 1. como também influencia na manutenção de um bom aspecto do seu motociclo. G Uma limpeza inadequada poderá danificar os pára-ventos. 3. Enxague sempre a sujidade e o desengordurante com água. estão bem fixos. corrente 7-1 PRECAUÇÃO: Alguns modelos estão equipados com peças com acabamento em cor mate.CUIDADOS E ARRUMAÇÃO DO MOTOCICLO PAU37833 PAU26001 Cor mate cuidado PCA15192 Cuidados Embora a concepção aberta de um motociclo revele o encanto da tecnologia. combustível (gasolina). Se utilizar uma escova. assim como todos os acopladores e conectores eléctricos. Poderá desenvolver-se ferrugem e corrosão mesmo que sejam utilizados componentes de alta qualidade. solvente ou diluente. Além disso.

enxague totalmente com água limpa. pois esta aumenta a acção corrosiva do sal. instrumentos. alumínio e aço inoxidável. (Mesmo a descoloração dos sistemas de escape em aço inoxidável induzida termicamente pode ser removida através de polimento. Teste o produto numa pequena parte oculta do pára-vento. 2. Após a limpeza 1. Utilize uma escova de dentes ou uma escova para limpar garrafas nas áreas de difícil acesso. líquido do travão. incluindo as cromadas e niqueladas.) 4. Limpe o motociclo com água fria e um detergente suave. 2. Para evitar a corrosão. uma vez que podem causar infiltração de água e deterioração nas seguintes zonas: vedantes (dos rolamentos da roda e do braço oscilante. G Para os motociclos equipados com pára-vento: Não utilize produtos de limpeza fortes ou esponjas duras. Utilize um produto de polir crómio para dar brilho a peças de crómio. para se assegurar de que não deixa ficar marcas. perto do mar ou em estradas nas quais foi espalhado sal Uma vez que o sal do mar ou o sal espalhado nas estradas durante o Inverno é extremamente corrosivo quando misturado com água. uma vez que podem causar perda de cor ou riscos. Seque o motociclo com uma camurça ou um pano absorvente. G Não utilize sistemas de lavagem a alta pressão ou dispositivos de limpeza a jacto de vapor. conectores. Se o pára-vento ficar riscado. Após a condução do veículo à chuva. 7 NOTA: O sal espalhado nas estradas durante o Inverno.CUIDADOS E ARRUMAÇÃO DO MOTOCICLO ferrugem ou de remoção da ferrugem. Utilize um óleo em spray como produto de limpeza universal para remover qualquer sujidade remanescente. Após a utilização normal Retire a sujidade com água morna. anti-congelante ou electrólito. poderá permanecer no piso até à Primavera. componentes eléctricos (acopladores. 7-2 . incluindo o sistema de escape. Aplique um spray anti-corrosão em todas as superfícies metálicas. finalmente. Alguns compostos de limpeza para plásticos podem deixar riscos no pára-vento. 1. utilize um composto de polimento de qualidade para plástico após a lavagem. 5. interruptores e luzes). Seque imediatamente a corrente de transmissão e lubrifique-a para evitar que enferruje. é recomendada a aplicação de um spray anti-corrosão em todas as superfícies metálicas. perto do mar ou em estradas nas quais foi espalhado sal. para evitar a corrosão. 3. incluindo as cromadas e niqueladas. um detergente suave e uma esponja macia limpa e. depois do motor ter arrefecido. forquilha e travões). tubos de respiração e respiradouros. PCA10790 PRECAUÇÃO: Não utilize água morna. realize os passos a seguir explicados após cada viagem à chuva. A sujidade de difícil remoção e os insectos serão facilmente removidos se a área for coberta por um pano húmido durante alguns minutos antes de fazer a limpeza.

G Nunca aplique óleo nem cera em peças de borracha e plástico. PWA11130 G Evite utilizar compostos de poli- PAU43200 mento abrasivos. G Caso necessário. enquanto este se encontra ainda molhado. se necessário. Longo prazo Antes de guardar o seu motociclo durante vários meses: 1. PCA10800 PRECAUÇÃO: G Aplique óleo em spray ou cera com mento com fraca ventilação ou tapá-lo com um oleado. e lave os pneus com água morna e um detergente suave. PCA10810 NOTA: Consulte um concessionário Yamaha para obter conselhos sobre quais os produtos a utilizar. evite caves húmidas. 7-3 . permitirá a infiltração de água e humidade. Armazenagem Curto prazo Guarde sempre o seu motociclo num local fresco e seco e. 8. etc. Siga todas as instruções da secção “Cuidados” deste capítulo. o que provocará o aparecimento de ferrugem. AVISO G Certifique-se de que não existe óleo ou cera nos travões ou nos pneus. pois estes desgastam a pintura. teste o motociclo quanto ao desempenho dos travões e ao comportamento nas curvas. estábulos (devido à presença de amónia) e áreas onde estejam armazenados químicos fortes. Deixe o motociclo secar completamente antes de o guardar ou tapar. G Para prevenir a corrosão.CUIDADOS E ARRUMAÇÃO DO MOTOCICLO 6. 7 moderação e certifique-se de que limpa qualquer excesso. 7. Antes de conduzir a altas velocidades. Encere todas as superfícies pintadas. trateas com um produto de tratamento adequado. Retoque pequenos danos na pintura provocados por pedras. limpe os discos PRECAUÇÃO: G Guardar o motociclo num comparti- do travão e os revestimentos do travão com um agente de limpeza de discos do travão normal ou acetona. utilize uma cobertura porosa para o proteger do pó.

de seguida. etc. Tape a saída do silencioso com um saco de plástico para evitar a entrada de humidade. c. 7-4 NOTA: Antes de guardar o motociclo. 5. rode um pouco as rodas todos os meses para evitar que os pneus se degradem num determinado ponto. 7 . Execute os passos que se seguem para proteger o cilindro. Para obter mais informações relativamente ao acondicionamento da bateria. Verta uma colher de chá de óleo do motor na cavidade da vela de ignição. Verifique e. Retire a bateria e carregue-a totalmente. deverá fazer todas as reparações necessárias. 6.) d. utilizando o motor de arranque. (Esta acção revestirá a parede do cilindro com óleo. 3. 7. Retire a tampa da vela de ignição e a vela. Coloque várias vezes o motor em funcionamento. e finalmente levante o motociclo de modo a que ambas as rodas fiquem afastadas do chão. instale a vela de ignição e a respectiva tampa. da corrosão. corrija a pressão de ar dos pneus. Como alternativa. Retire a tampa da vela de ignição e. os anéis do pistão. Guarde-a num local fresco e seco e carregue-a uma vez por mês. Não guarde a bateria num local excessivamente frio ou quente [temperatura inferior a 0 °C (30 °F) ou superior a 30 °C (90 °F)]. a. (Isto limitará a produção de faíscas durante o passo seguinte. Coloque a tampa da vela de ignição na respectiva vela e coloque a vela na cabeça de cilindros de modo a que os eléctrodos fiquem ligados à terra. 4. certifique-se de que liga os eléctrodos da vela de ignição à terra enquanto liga o motor. PWA10950 AVISO Para evitar danos ou ferimentos provocados por faíscas. b. Encha o depósito de combustível e adicione estabilizador de combustível (se disponível) para evitar que o depósito enferruje e que o combustível se deteriore. consulte a página 6-27. assim como do descanso lateral/descanso central. Lubrifique todos os cabos de controlo e pontos articulados de todas as alavancas e pedais.CUIDADOS E ARRUMAÇÃO DO MOTOCICLO 2. se necessário.) e.

gal) 8-1 .ª: 25/19 (1.6–0.00 L (1.0 × 54.0 L (0.13 × 2.024–0.00 :1 Sistema de arranque: Sistema de arranque eléctrico e a pedal Grau recomendado do óleo de motor: Tipo SG de Serviço API ou superior.400) Sistema secundário de redução: Transmissão por corrente Relação secundária de redução: 45/14 (3.79 US gal) (0. 5 velocidades Operação: Accionamento com o pé esquerdo Relação das velocidades: 1.06 US qt) (0. um veio de excêntrico em cada cabeça (SOHC) Disposição do cilindro: 1 cilindro inclinado para a frente Cilindrada: 123.7 mm (0.86 Imp. norma JASO MA Quantidade de óleo de motor: Sem substituição do cartucho do filtro de óleo: 1.qt) 8 Filtro de ar: Elemento do filtro de ar: Elemento seco Combustível: Combustível recomendado: Apenas gasolina sem chumbo normal Capacidade do depósito de combustível: 13.66 Imp.43 US gal) (2.214) Tipo de transmissão: Permanentemente engrenada.88 Imp.5 in) Altura do assento: 780 mm (30.gal) Volume da reserva de combustível: 3.9 in) Sistema de lubrificação: Cárter húmido Injecção du combustível: Fabricante: AISAN Modelo/quantidade: 1100-87H60/1 Óleo de motor: Tipo: SAE10W30 ou SAE10W40 ou SAE15W40 ou SAE20W40 ou SAE20W50 -20 -10 0 10 20 30 40 50 ˚C Vela(s) de ignição: Fabricante/modelo: NGK/CR6HSA Distância do eléctrodo da vela de ignição: 0.778) 3.0 mm (2.ESPECIFICAÇÕES Dimensões: Comprimento total: 1980 mm (78.ª: 32/18 (1.316) Peso: Com óleo e combustível: 124.643) 2.ª: 37/14 (2.7 in) Distância entre os eixos: 1290 mm (50.0 L (3.13 in) Relação de compressão: 10.0 in) Largura total: 745 mm (29.8 in) Distância mínima do chão: 175 mm (6. multi-disco Transmissão: Sistema primário de redução: Engrenagem helicoidal Relação primária de redução: 68/20 (3.0 kg (273 lb) Motor: Tipo: Arrefecido por circulação de ar a quatro tempos.3 in) Altura total: 1080 mm (42.028 in) SAE 10W-30 SAE 10W-40 SAE 15W-40 SAE 20W-40 SAE 20W-50 Embraiagem: Tipo de embraiagem: Em óleo.89 in) Raio de viragem mínimo: 1750 mm (68.7 cm³ Diâmetro × curso: 54.

0 mm (3. 5.00 kgf/cm²) Condição de carga: 90–196 kg (198–432 lb) Dianteiro: 175 kPa (25 psi) (1.875) Dianteiro: 175 kPa (25 psi) (1.ESPECIFICAÇÕES 4.85 Pneu dianteiro: Tipo: Sem câmara de ar Dimensão: 2.0 W/21.0 mm (4.75 kgf/cm²) Traseiro: 200 kPa (29 psi) (2.75-18 42P Fabricante/modelo: CHENG SHIN/C-910 Sistema eléctrico: Sistema de ignição: Ignição por bobina transistorizada (digital) Sistema de carregamento: Magneto de C. Roda traseira: Tipo de roda: Roda de liga Dimensão do aro: J18 x MT1. passageiro.A.72 in) Quadro: Tipo de quadro: Diamond Ângulo de avanço: 26.85 Pneu traseiro: Tipo: Sem câmara de ar Dimensão: 90/90-18 57P Fabricante/modelo: CHENG SHIN/C-905 Bateria: Modelo: YTX7L-BS Voltagem. consumo em watts × quantidade das lâmpadas: Farol dianteiro: 12 V. carga e acessórios) Travão traseiro: Tipo: Travão de tambor Operação: Accionamento com o pé direito Voltagem. capacidade: 12 V. 35 W/35.54 in) Suspensão traseira: Tipo: Braço oscilante Tipo de mola/amortecedor: Amortecedor a óleo/mola helicoidal Curso da roda: 105.045) 5.ª: 21/24 (0.0 Ah Travão dianteiro: Tipo: Travão de disco Operação: Accionamento com a mão direita Líquido recomendado: DOT 3 ou 4 8 Farol dianteiro: Tipo de lâmpada: Incandescência Carga: Carga máxima: 196 kg (432 lb) (Peso total com condutor. 6.0 W × 1 Luz do travão/farolim traseiro: 12 V.ª: 23/22 (1.80 kgf/cm²) Suspensão dianteira: Tipo: Forquilha telescópica Tipo de mola/amortecedor: Amortecedor a óleo/mola helicoidal Curso da roda: 120.0 mm (4.13 in) Roda dianteira: Tipo de roda: Roda de liga Dimensão do aro: J18 x MT1.0 W × 1 Pressão de ar do pneu (medida com pneus frios): Condição de carga: 0–90 kg (0–198 lb) 8-2 .33 grau Cauda: 90.75 kgf/cm²) Traseiro: 280 kPa (41 psi) (2.

0 W × 1 Indicador luminoso de máximos: 14 V.0 W × 1 Luz de advertência de problema no motor: 14 V.0 W × 1 Iluminação do contador: 12 V. 3. 3.7 W × 4 Indicador luminoso de ponto morto: 14 V. 10.0 A 8 8-3 .ESPECIFICAÇÕES Sinal de mudança de direcção dianteiro: 12 V.0 W × 1 Indicador luminoso de mudança de direcção: 14 V. 3. 3.0 W × 2 Mínimos: 12 V. 1. 10.0 W × 2 Sinal de mudança de direcção traseiro: 12 V.0 W × 1 Fusível: Fusível: 15. 5.

Registe este número no espaço fornecido para esse efeito neste manual e utilize-o como referência. NÚMERO DE IDENTIFICAÇÃO DA CHAVE: Número de identificação da chave Número de identificação do veículo 1. para que sirvam de auxiliares sempre que encomende peças sobresselentes a um concessionário Yamaha ou para referência.INFORMAÇÕES PARA O CONSUMIDOR PAU26351 PAU26381 PAU26400 Números de identificação Registe o número de identificação da chave. o número de identificação do veículo e a informação da etiqueta do modelo nos espaços fornecidos a seguir. Registe este número no espaço fornecido para esse efeito neste manual. O número de identificação do veículo está gravado no tubo dianteiro da direcção. 9 INFORMAÇÃO DA ETIQUETA DO MODELO: 9-1 . NOTA: O número de identificação do veículo é utilizado para identificar o seu motociclo e pode ser utilizado para registá-lo na direcção-geral de viação da sua área. caso o veículo seja roubado. para quando encomendar uma nova chave. Número de identificação do veículo NÚMERO DE IDENTIFICAÇÃO DO VEÍCULO: O número de identificação da chave está gravado na respectiva etiqueta. Número de identificação da chave 1.

INFORMAÇÕES PARA O CONSUMIDOR PAU36980 Etiqueta do modelo 1. (Consulte a página 6-6. 9 9-2 . Esta informação será necessária para encomendar peças sobresselentes a um concessionário Yamaha. Etiqueta do modelo A etiqueta do modelo está colocada no chassis por detrás do painel B.) Registe a informação constante nesta etiqueta no espaço providenciado para esse efeito neste manual.

........................ 6-26 Fusível................................... verificação e lubrificação .......... ajuste.................... 6-16 Alavanca do travão ............................. verificação..... 6-10 Especificações ... 3-2 Mudança de velocidades ......................... 3-8 Armazenagem...................... substituição .............................. 3-9 Detecção e resolução de problemas .................. 6-25 Pneus ... ajuste da folga.......... 3-4 Interruptor da luz do travão traseiro........6-13 Porta-bagagem ..........3-9 D Descanso central e descanso lateral................................. 7-1 Corrente de transmissão.. 4-2 Localizações das peças .............. 6-19 Número de identificação da chave....... 3-3 Interruptor principal/bloqueio da direcção.. 3-4 Interruptor de farol alto/baixo............ substituição .... substituição ......... 5-1 Combustível ...........................6-6 Pastilhas e sapatas dos travões.............. ajuste .......6-32 Líquido dos travões. 3-4 Interruptores do guiador ............................ 3-4 Alavanca da embraiagem................... 3-9 Prendedores da correia de bagagem......................9-1 Números de identificação................. 6-23 Colocação do motor em funcionamento ................ 3-1 M Módulo de velocímetro............................................ 1-1 Interruptor da buzina ... 7-1 N Nível de líquido dos travões......................... 6-25 Descanso lateral ......................... limpeza e lubrificação . 6-22 Cuidados..... verificação........ substituição ....... 6-31 Lâmpada de mínimos............. 3-7 Cor mate...................................... 6-13 Folga do cabo do acelerador...... 3-6 Consumo de combustível.......................................................... 3-5 Pedal do travão .......... 3-2 Indicador luminoso de mudança de direcção......................... 5-3 Conversor catalítico ..................... 6-18 Pedais do travão e de mudança de velocidades..9-1 Número de identificação do veículo ...... verificação e lubrificação ................... 6-1 E Elemento do filtro de ar..3-8 Pedal de mudança de velocidades .................................................................... verificação........................................... verificação e lubrificação ... lubrificação . 3-5 Alavancas do travão e da embraiagem...... 6-28 Lâmpada do farol dianteiro.. 6-21 Folga das válvulas............... 3-2 Indicador luminoso de máximos ........................................... 8-1 Estacionamento ..................... verificação ....... sugestões para a redução .............................. ajuste ....................................................... 5-4 Etiqueta do modelo ........ 6-17 Forquilha dianteira........ substituição......................... verificação e lubrificação.................................... cuidado................................................. 6-37 Direcção.................... 6-24 Amortecedores.................... 3-2 Indicador luminoso de ponto morto ......... 7-3 F Folga da alavanca do travão dianteiro........ 6-32 ..................... 6-27 I Indicador de combustível................................................. 6-26 J Jogo de ferramentas.................................... 5-2 C Cabos......................................................... 6-29 Lâmpada do sinal de mudança de direcção.................... remoção e instalação ............................................... 2-1 Luz de advertência de problema no motor............................................ ajuste ..... mudança ................ 9-1 O Óleo do motor .... 6-17 Folga da corrente de transmissão ........ 3-2 Informações relativas à segurança............................................................................................ 6-18 Interruptor de arranque.............. 3-5 Pivôs do braço oscilante.................. 6-24 Pedal de arranque............... 9-2 L Lâmpada da luz do travão/farolim traseiro.......................... 6-9 P Painéis. 3-2 B Bateria.......ÍNDICE REMISSIVO A Alavanca da embraiagem ............. 3-4 Interruptor do sinal de mudança de direcção....................... verificação......................................................................................................................... limpeza .................... 6-12 Folga do pedal do travão.... 3-3 Indicadores luminosos e luzes de advertência............6-20 Lista de verificação prévia à viagem ......................................

.... verificação ......... verificação ....... 6-12 ...... 6-33 Rodagem de amaciamento do motor ........ 3-10 T Tabela de detecção e resolução de problemas........................................... 5-3 Rodas .. 6-27 S Sistema de corte do circuito de ignição ........ 6-15 Roda (traseira)...........ÍNDICE REMISSIVO Punho e cabo do acelerador................................................................................................ verificação e lubrificação ........................ 6-7 Velocidade de ralenti do motor............................. 3-6 Taquímetro .......................... 6-2 Tampa do depósito de combustível.................... 6-38 Tabela de lubrificação e manutenção periódica... 6-23 R Roda (dianteira).................................................................................................. verificação ........ 6-35 Rolamentos de roda......... 3-3 V Vela de ignição.......

.

.

10 . PRINTED IN THE NETHERLANDS 2006. LTD..YAMAHA MOTOR CO.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful